Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    #Prólogo - O Cavaleiro

    Compartilhe
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Seg Ago 10, 2015 1:49 pm






    Após executar o movimento giratório com a espada, Lanthys pode notar que surge um círculo mágico luminoso acima de sua cabeça, ao redor deste haviam diversas inscrições em uma linguagem ancestral e em seu interior, algo como um rasgo dimensional se forma. A armadura que estava diante de Lanthys então se desmonta e desaparece de onde se encontrava, ao mesmo tempo, um forte brilho se propaga do círculo acima do jovem guerreiro, encobrindo-o em meio a luminosidade. Logo em seguida, as peças da armadura metálica são projetadas para fora do círculo, rapidamente se acoplando ao corpo de Lanthys até se reagruparem completamente, parecendo ajustar-se perfeitamente ao guerreiro, transformando-o no que se assemelhava a um homem-lobo metálico.

    Lanthys sentia sua força física se ampliar, assim como seus reflexos, por um momento seu corpo parecia se incendiar com a infusão de poder, mas ele podia dizer que tudo aquilo ainda era apenas uma fração das capacidades daquela armadura lendária, seu verdadeiro potencial era bem maior e o jovem cavaleiro já compreendia que caberia a ele despertar todo este poder durante sua jornada que estava apenas começando. Apesar do aspecto enegrecido e até mesmo enferrujado da armadura, Lanthys podia dizer que esta não se tratava de algo mundano, tendo sido utilizada para se derrotar males muito maiores do que ele podia imaginar neste momento.

    Leviathan, que até então apenas observava visivelmente orgulhoso seu discípulo, dá um passo a frente e aponta sua espada em direção ao cavaleiro diante dele.

    - Lanthys, a promessa que lhe fiz há dez anos quando o encontrei está finalmente cumprida! Hoje te tornas apto a combater os mesmos horrores que tiraram-lhe aqueles que mais amava, tenho certeza de que eles estão orgulhosos de ti e, assim como eu, sabem que trilharás um caminho de conquistas sem igual!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Seg Ago 10, 2015 2:26 pm

    Lanthys empunha a espada desta vez trajando a lendária armadura Garou... Ele olha para si mesmo, observa as feições e detalhes da mesma, cerra seus punhos e sente o poder que fluía em seu corpo naquele instante... Ele dá um passa para trás e executa movimentos com a espada e com o corpo, desenhando no ar todos os movimentos e técnicas que Leviathan e Naberius o ensinaram e culmina, com a espada apontada a frente, na direção de Leviathan, a alguns centímetros de distância, quando então o cavaleiro recolhe sua espada, a colocando com a ponta ao chão e, com as duas mãos ao cabo da mesma, se ajoelha por detrás dela...

    Lanthys: " - Espíritos Heroicos... Meus mestres Leviathan e Naberius... Pai e mãe... Hoje começa novamente minha história... O coração de leão renasce em formato de lobo, e as presas desse lobo irão rasgar as trevas deste mundo... Assim eu juro... Assim eu prometo!"

    Lanthys se ergue novamente, coloca a espada em sua bainha fazendo um ressoar quando a mesma se encerra dentro da capa protetora e parado fica a frente de Leviathan, pois retirar aquela armadura era algo que ele ainda não queria, se esforçou muito para conquistá-la, era recompensante estar envergando a grande armadura lendária...

    Lanthys: " - Espíritos Heroicos... Meu mestre... Digam-me, qual o legado que devo carregar a partir de agora por estar trajando a mais lendária das vestes Garou?"

    Lanthys fica observando seu mestre para tomar noção de como seriam seus dias a partir de agora...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Seg Ago 10, 2015 3:57 pm






    Após o surto de poder sentido pelo jovem cavaleiro, este se põe a falar e logo nota que sua voz se propagava no ambiente com o mesmo timbre metálico característico das vozes dos espíritos heroicos. Apesar de aparentar ser apenas uma armadura encobrindo todo seu corpo, ao executar diversos movimentos com a espada Garou, Lanthys tinha a sensação da mesma fazer parte de si mesmo, como uma extensão de seu corpo. No entanto ele podia sentir que não poderia traja-la por longos períodos, pois todas as armaduras tinham um tempo máximo de utilização de pouco mais de um minuto, informação esta a qual o jovem já havia tomado ciência durante seus treinamentos.

    Logo após as palavras do jovem cavaleiro, as vozes metálicas uma vez mais ressoaram por todo o ambiente, respondendo o chamado.

    - Lanthys LionHeart, tu fora reconhecido como merecedor da armadura e espada lendários nas condições em que estas se encontram hoje, mas não te enganes, tu será apenas reconhecido como um legítimo cavaleiro dourado quando restaurar o brilho perdido da mesma!

    - Isto só será possível provando teu valor, demonstrando força, determinação e coragem, vencendo as diversas provações que surgirem em teu caminho!
    - fora dito pela segunda voz.

    - Saiba que esta armadura tem o potencial de se tornar a mais poderosa entre todas, todavia, hoje seu poder está tremendamente reduzido, sendo inclusive mais fraca comparando-a com as vestidas pelos demais cavaleiros em atividade.
    - complementou a terceira voz.

    Olhando de modo determinado para o jovem cavaleiro, Leviathan complementa as colocações dos espíritos heroicos, abaixando sua espada e apoiando-a contra o solo.

    - Mesmo que tenhas de enfrentar diversas provações, estou certo de que conseguirás triunfar e restaurar a armadura lendária, te tornando também reconhecido como um legítimo cavaleiro dourado, assim como aqueles que trajaram essa mesma armadura em eras remotas!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Seg Ago 10, 2015 8:29 pm

    Lanthys se levanta segurando sua espada dentro da bainha com o braço direito... Ele olha para cima enquanto cerra o punho do braço esquerdo dizendo em bom tom...

    Lanthys: " - Espíritos, eu já fui reconhecido com bem mais do que achei que conseguiria, então envergar esta armadura a qual consideram sem brilho, para mim e como estar vestindo o próprio astro rei... Se é demonstrando o melhor de mim que a farei brilhar aos seus olhos novamente, tenham certeza, isto será feito e por mais que seu poder seja reduzido hoje, ela ainda está anos luz do poder que eu já consegui em todos os anos que aqui estive..."

    Lanthys leva a espada a frente do corpo, baixa levemente sua cabeça sem desviar o olhar de Leviathan e se concentra, fazendo sua armadura se soltar do corpo e voltar ao circulo de onde veio, afinal, ele estava para extrapolar o tempo permitido de uso da mesma... Já sem ela, ele pára bem próximo a Leviathan e completa...

    Lanthys: " - Você cumpriu sua promessa mestre, agora eu cumprirei a minha... Tenha certeza, não importa qual a provação, eu a irei superar e me tornarei um exemplo em seu nome... Tenha certeza!"

    Lanthys baixa a cabeça em sinal de respeito ao seu mestre Leviathan...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Ter Ago 11, 2015 10:20 am






    Confiante e com a aprovação de seu mestre e dos espíritos heroicos, Lanthys se tornava um cavaleiro Garou destinado a trilhar um caminho de provações, no intuito de restaurar o brilho perdido da armadura lendária. Muitas provações deveriam surgir em seu caminho daqui pra frente, mas junto destas, viria o poder para fazer justiça.

    Ao remover a armadura, o jovem cavaleiro nota que a espada havia mudado seu formato para o de uma simples espada longa de cabo e bainha brancos, bem mais estreita e mais leve do que sua forma original. Além disso, enquanto olhava seu mestre com ar de determinação, Lanthys percebe que havia algo de estranho preso ao dedo médio de sua mão esquerda, aparentava ser um grande anel de metal prateado, com um formato que lembrava um crânio humano com traços bestiais e diversos detalhes gravados em sua superfície. Aparentemente o anel estava preso à armadura, tendo permanecido com o jovem cavaleiro quando este a removeu.

    Imagem:


    Enquanto Lanthys observava o estranho objeto, as chamas ao redor dos cavaleiros se extingue, Leviathan então guardou sua espada na bainha, prendendo-a novamente ao cinturão, em seguida passou uma faixa de tecido em volta do próprio torso, estancando o sangue que escorria do pequeno corte sofrido durante o ritual, vestindo novamente a parte superior de sua armadura casual, preparando-se para deixar o local.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Ter Ago 11, 2015 11:11 am

    Lanthys então fica confuso e meio sem saber o que fazer, quando em uma batalha, ele tinha total certeza de como agir, mas as vezes, nas coisas triviais, ele se perdia... Um anel estranho em sua mão, sua espada mudou, Leviathan prepara-se para sair, os espíritos poderiam requerer alguma espécie de reverência mais respeitosa ao sair, as chamas se apagaram, Lanthys olha para tudo isso com extrema rapidez e decide ir seguindo Leviathan, meio receoso de que algum espírito lhe gritaria "ei seu moleque insolente, como sai sem se ajoelhar ao chão e implorar nossa misericórdia", afinal, eles eram os espíritos heróicos...

    Ele então, quase na saída, vira-se, faz uma leve reverência olhando para o alto e vira-se novamente, seguindo seu mestre, quando olha para o anel estranho em sua mão e dá-lhe um pequeno toque, na gíria comum, chamado de "cascudo" para ver que tipo de som saía dele, assim tentando entender do que aquilo era feito...

    Lanthys: " - Do que será que isso é feito? Mestre Leviathan, o que é este anel?"
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Ter Ago 11, 2015 2:04 pm






    Após se preparar para deixar a torre, Lanthys bate seu punho contra o anel para ver se algo de estranho acontecia, mas ouve apenas um som de baixa intensidade gerado pelo impacto. Em seguida o jovem questiona seu mestre a respeito da estranha joia. Leviathan que já deixava a câmara onde fora realizada a Provação das Chamas se vira, observando o anel por alguns segundos.

    - Posso estar enganado, mas segundo as lendas, o cavaleiro dourado original sempre fora acompanhado por um aliado inseparável, que lhe guiava e auxiliava em suas decisões... acredito que este aliado se trata deste anel mágico, que é semelhante às joias autoconscientes que no passado acompanhavam os cavaleiros de renome. O conhecimento para se fazer estas joias fora perdido ou abandonado, sendo estas substituídas pelos rastreadores que hoje nos auxiliam...

    O cavaleiro então levou a mão direita até o estranho anel, tocando-o por alguns instantes, em seguida complementando o que dizia.

    - Talvez ele esteja demasiadamente envelhecido ou tenha sido danificado no passado, mas posso sentir uma fraca presença se manifestar. Talvez seja possível repará-lo, mas apenas alguns poucos sacerdotes devem ter o conhecimento necessário para fazê-lo... Mesphito talvez saiba algo a respeito, o aconselho a levar o anel até ele quando puder.

    Após as palavras, Leviathan reverenciou os espíritos heroicos, deixando a torre em seguida, porém antes que Lanthys também deixasse o interior da mesma, este pode ouvir uma vez mais as vozes metálicas ressoando pelo ambiente.

    - Lanthys LionHeart, acompanharemos tua jornada e tuas ações.

    - Aja como o cavaleiro dourado que pretendes te tornar, ou seremos obrigados a retomar as relíquias que lhe foram confiadas.
    - fora dito pela segunda voz.

    - E que da próxima vez que tu venhas até aqui, que tenhas restaurado o brilho da armadura lendária, pois não aceitaremos menos de ti!
    - complementou a terceira voz.

    Logo em seguida, a abertura no topo da torre se fechou, fazendo desaparecer o brilho dourado que se propagava, demonstrando que não havia mais o que ser dito pelos espíritos heroicos presentes na torre...




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Ter Ago 11, 2015 4:38 pm

    Lanthys fica a observar o anel... Ele vai o observando e caminhando enquanto tece considerações...

    Lanthys: " - Mestre... Se houver uma chance dele ser consertado, é necessário fazê-lo... Imagine o quanto pode ser descoberto sobre o passado, as experiências que eles viveram juntos, as batalhas e os inimigos que enfrentaram... Além de trazer uma "vida" de volta, teremos um grande acesso aos combates que culminaram nessa grande organização onde estamos..."

    Lanthys segue caminhando e interessado no anel...

    Lanthys: " - Acha que seria possível falar com senhor Mesphito neste momento? ou ainda estamos de noite... Parecem que foram meses dentro da torre na verdade... E como está seu ferimento mestre, não foi profundo certo? E sobre revigorar a armadura mestre, somente minhas atitudes serão suficiente ou preciso fazer algum tipo de ritual, levar a alguém para que a possa restaurar, eu entendi a parte de minhas atitudes, mas fiquei um pouco curioso se somente isso será o bastante... Aliás..."

    Lanthys pára um pouco suas perguntas pois uma mais forte lhe ecoou na mente naquele instante...

    Lanthys: " - Mestre... O que acontece agora? Eu conquistei a armadura, consegui quebrar sua defesa e tingir a espada com seu sangue... Qual é o próximo passo que devo dar senhor?"

    Lanthys fica a observar seu mestre enquanto passa o dedo indicador da mão direita sobre o anel que carrega consigo desde o final do teste... Lanthys parecia estar transbordando de energia, resultado talvez do excesso de adrenalina do teste justamente contra seu mestre e ainda precisando feri-lo...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Ter Ago 11, 2015 5:50 pm






    Ao sair da torre, a passagem aberta inicialmente se fecha, os dois cavaleiros vão deixando a gruta que dava acesso a misteriosa passagem. Leviathan seguia com passos largos, ao contrário de Lanthys que estava pensativo, tendo de alcançar seu mestre para questioná-lo, bombardeando-o com uma série de indagações que lhe afligiam naquele momento. O cavaleiro de cabelos compridos e acinzentados se vira e sorri gentilmente, em seguida colocando a mão direita sobre o ombro do rapaz, buscando acalmá-lo.

    - Acalme-se Lanthys, sei que muitas coisas ocorrem e que tens ainda muito a compreender, mas para se chegar ao topo da escadaria é preciso subir degrau por degrau! Muita pressa pode fazê-lo tropeçar... e não te preocupes com meu ferimento, fora apenas um pequeno corte que deve cicatrizar rapidamente com o uso de algumas ervas medicinais.

    Leviathan olhou novamente em direção ao anel misterioso que estava deixando Lanthys inquieto, refletindo por alguns instantes, em seguida opinando a respeito.

    - Com certeza este pode ser um aliado valioso e conter conhecimento que venha a ser útil não só em teu caminho, mas também para a ordem. No entanto, não cabe a ninguém decidir o destino deste anel, a não você mesmo, que herdara o legado do cavaleiro dourado. Todavia, por hoje tu deves descansar, também não acredito que encontres Mesphito a esta hora, tente dormir um pouco quando voltarmos... Assim que possível também conversarei com Lilith a respeito de teu sucesso na Provação das Chamas e providenciaremos tua formatura com a maior brevidade.

    Retomando sua postura e preparando-se para continuar a caminhada de volta ao centro das instalações do CABAL, Leviathan ainda complementou, comentando a respeito das provações de Lanthys.

    - A respeito da restauração da armadura lendária, não te preocupes em demasia por hora. Quando chegarem os momentos adequados, provações devem ser lhe repassadas para que demonstre teu valor como legítimo merecedor do título de cavaleiro dourado!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Ter Ago 11, 2015 9:11 pm

    Lanthys: " - Mestre..." Respirando mais calmamente já, as palavras de Leviathan e o passar do tempo, faziam a adrenalina voltar ao nível normal e Lanthys começava a ser mais comedido outra vez...

    Lanthys: " - Porque com o passar de tantos anos de CABAL, nunca ninguém tentou restaurar a armadura lendária? A pergunta mais correta, seria... Porque eu mestre?"

    Lanthys tinha em sua feição estampada a ideia de que muitos melhores que ele já passaram e ainda passam por ali, então, porque um jovem e inexperiente cavaleiro para tomar conta de algo tão precioso...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qua Ago 12, 2015 8:41 am






    Os dois cavaleiros já aproximavam-se das instalações centrais do CABAL quando Leviathan se vira novamente em direção ao discípulo ao ser questionado por este, em seguida o cavaleiro aponta em direção a espada que o jovem trazia consigo.

    - Lanthys, tu deves achar isso estranho, mas eu já sabia que tu seria aquele que restauraria a armadura lendária há algum tempo... acredito que os espíritos heroicos sentiram o mesmo quando tu adentrou na torre. E nossas suspeitas foram confirmadas no momento que tu ergueu a espada Garou...

    Leviathan olha diretamente nos olhos de Lanthys, o cavaleiro demonstrava estar falando sério e deixava isso bem claro.

    - Não lhe disse isso antes para que esta verdade não pesasse sobre ti durante a Provação das Chamas, mas a verdade é que a espada Garou só pode ser empunhada por aquele que for merecedor da mesma... nenhum outro cavaleiro antes de ti conseguira erguê-la de seu altar como tu fizera com tamanha naturalidade...

    O cavaleiro então se aproxima do jovem, em seguida colocando sua mão sobre o peito do mesmo.

    - Ser merecedor de empunhar esta espada não é apenas uma questão de força, habilidade e eficiência em combate... o segredo está em teu coração!

    Leviathan sorriu e apoiou sua mão direita sobre o ombro do rapaz uma vez mais, em seguida despedindo-se do mesmo. A partir deste ponto Lanthys já podia seguir para seus aposentos e Leviathan provavelmente tinha alguns assuntos a tratar ainda hoje.

    - Descanse, pois amanhã deverá ocorrer tua formatura! Farei todo o possível para que tu receba autorização para dar início a tua jornada o quanto antes!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qua Ago 12, 2015 11:03 am

    Lanthys fica olhando para a espada que segurava... As palavras de Leviathan ecoavam em sua mente... "Ser merecedor de empunhar esta espada não é apenas uma questão de força, habilidade e eficiência em combate... o segredo está em teu coração!"... Ele até então se via como um órfão correndo atrás de uma vingança sinistra no entanto hoje, em apenas um dia, tudo havia mudado... Escolhido pelo cavaleiro lendário... Capaz de empunhar uma espada que nem mesmo seu mestre fora capaz... Era algo utópico na mente do jovem cavaleiro...

    Lanthys olha Leviathan indo embora, sua expressão transmitia um gigantesco "obrigado por tudo mestre" e novamente volta a olhar para a espada e então se põe a caminho de seu local de repouso... Lanthys estava satisfeito, ele havia cumprido tudo que lhe fora solicitado até aqui, ele havia como um leão resistido e se tornado forte em meio a tempestade que é o decorrer de anos de vida... O jovem coração de leão chega ao seu local de descanso, um banho longo e demorado lhe tiram os odores e os resquícios da batalha... Uma cama simples e segura era como um paraíso para ele agora... Um pedaço de pão e suco de fruta o aguardavam e após devidamente ingeridos, o jovem se recosta e fica a observar o céu de sua janela, pois de sua cama, com a mesma aberta, se avistava o céu estrelado e lindo como ele se lembrava...

    Lanthys adormece e sonha com seus pais... Ambos sorriem, ambos festejam e Leviathan e Naberius aparecem no sonho, lhe acenando timidamente com a cabeça, o que era suficiente para que se sentisse enormemente abraçado pelos mestres... O guerreiro dorme profundamente, aguardando o inicio do dia seguinte, a espada a seu lado, suas mãos sobre o peito sendo que a mão direita, repousava sobre o anel que agora existia em sua mão esquerda...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qua Ago 12, 2015 3:32 pm






    Um novo dia amanhece e Lanthys desperta com o sol já alto no céu azulado. O jovem havia dormido um pouco mais do que o normal, provavelmente por ter se deitado bem tarde, além do fato de ter se submetido à Provação das Chamas no dia anterior. O rapaz mal acreditava em tudo que havia ocorrido, mas a espada ao seu lado não o deixava duvidar da veracidade dos fatos.

    Após realizar suas atividades matinais costumeiras e alimentar-se de frutas e pães que eram servidos na entrada do dormitório, Lanthys é abordado por um guarda que lhe repassa um recado de Naberius. O lobo branco o estaria aguardando no mesmo local onde se encontraram com Leviathan dois dias atrás, no pátio principal ao centro das construções do complexo.

    Seguindo até o local, de longe Lanthys pode avistar Naberius dialogando com alguns jovens e, assim que percebe a aproximação do jovem cavaleiro este se vira, em seguida despedindo-se dos garotos que se curvam brevemente se retirando. Naberius se volta novamente para Lanthys, o cumprimentando e parabenizando-o com um grande sorriso no rosto.

    - Lanthys! O mais novo cavaleiro Garou! Leviathan me informou de sua performance durante a Provação das Chamas! Meus parabéns!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qui Ago 13, 2015 9:08 pm

    Lanthys chega próximo a Naberius, faz uma leve, mas respeitosa reverência e então ergue a espada a frente do corpo, mostrando ao mestre com satisfação!

    Lanthys: " - Veja mestre, eu consegui... Seus treinamentos e ensinamentos, de você e mestre Leviathan, me levaram a isso... Finalmente! Só tenho a agradecer por seu esforço e por nunca terem desistido de mim mestres... E mais... Mestre Leviathan me relatou que esta espada nunca pode ser empunhada por ninguém antes... Tudo isso é muito incrível mestre..."

    Lanthys baixa a espada e então olha para sua mão esquerda, observa o anel em sua mão e aponta ele na direção de Naberius como o mostrando ao mestre completando...

    Lanthys: " - E acredito ter ganho ainda um aliado... Ao que tudo indica e contam as lendas, ele seria companheiro de aventuras do Cavaleiro Lendário e acreditamos estar... Desacordado ou algo similar... Aliás, preciso falar com senhor Mesphito sobre este anel, assim me aconselhou mestre Leviathan... "

    Lanthys volta o punho em direção ao seu rosto novamente e fica observando o anel como se tentasse decifrá-lo sem sucesso...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Sab Ago 15, 2015 5:35 pm






    Ao observar a espada empunhada por Lanthys, Naberius mantém o sorriso em seu rosto, acenando positivamente para o rapaz em seguida, demonstrando aprovar a conquista do mesmo. O instrutor então ouve as palavras do jovem cavaleiro enquanto observa o estranho anel que este trazia consigo.

    - Hmm, então este é o anel mágico que Leviathan mencionou. Apesar de estar há tanto tempo inativo, está em excelente condição... acredito que haja um modo de fazê-lo voltar a atividade! E... por falar em Mesphito, Leviathan me pediu que o acompanhasse até o centro das sacerdotisas, onde estão suas novas vestimentas! Receberá uma armadura trabalhada em couro e uma capa com encantamento de proteção que certamente serão úteis nas suas batalhas, pois como tem conhecimento, não podes manter sua armadura Garou por muito tempo... sua formatura ocorrerá ainda hoje meu caro, então me acompanhe que não temos tempo a perder!

    O instrutor acompanhou Lanthys enquanto atravessaram as construções até chegarem ao centro onde treinam as sacerdotisas, era apenas a segunda vez do rapaz naquele local, pois a entrada de cavaleiros em treinamento era geralmente restringida. Adentrando em uma das maiores construções do local, os dois cavaleiros encontram-se com a sacerdotisa Astaroth que os recebe com grande simpatia. A mulher cumprimenta Lanthys e o parabeniza por sua recente conquista, em seguida convidando-o a acompanhá-la até um pequeno aposento onde haviam diversas vestimentas e peças de armadura dispostas sobre mesas de madeira e cabideiros. Astaroth revela que a visita anterior do jovem cavaleiro e seu mestre serviu também para que a mesma observasse as proporções do rapaz, preparando suas vestes adequadamente.

    Lanthys então recebe uma armadura justa em couro negro formada por três peças, jaqueta, calças e botas, decoradas com diversos detalhes em couro e reforçadas com pequenas placas de metal que pouco alteravam suas estruturas, mantendo o conjunto leve o bastante para não interferir com seus movimentos. Além do conjunto, o jovem recebeu também uma elegante capa branca, a ser vestida como um grande casaco, apesar da tamanho e do material de construção deste ser também em couro, quando vestido o casaco demonstra ser extremamente leve, dando a impressão de sequer estar sendo utilizado. Assim como a armadura, haviam diversos detalhes e símbolos espalhados por toda a capa, demonstrando o refinamento com o qual esta fora feita.

    Imagem:


    Após o jovem cavaleiro trocar suas vestes deixando o pequeno aposento, Astaroth e Naberius o observam por alguns instantes, o cavaleiro parecia orgulhoso ao ver o jovem e a sacerdotisa sorriu demonstrando estar satisfeita pelo fato das vestimentas lhe servirem perfeitamente.

    - Pela matriarca! Ficou perfeito em você, parece que você foi feito para usar estas vestes e não o contrário!

    Apesar dos longos cabelos brancos da sacerdotisa, Astaroth possui aparência jovial e não aparenta ter mais do que algo em torno de 30 anos, estando em boa forma física. A boa aparência da sacerdotisa, combinada aos trajes que de certo modo valorizam seus atributos, contribuíam para deixar o jovem cavaleiro um tanto constrangido com o elogio proferido pela mulher.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Dom Ago 16, 2015 8:40 am

    Lanthys imediatamente com as duas mãos, arremessa a parte debaixo de sua capa para trás, agachando-se instantaneamente e segurando a espada com a mão direita, a coloca sobre o piso, de forma paralela ao seu corpo, apoia-se com a mão esquerda espalmada ao chão... Com o rosto vermelho, principalmente porque tinha tido o descuido de observar a excelente forma física de Astaroth e ficar impressionado com sua beleza, Lanthys se esforça para não gaguejar e ainda agachado responde...

    Lanthys: " - Me alegras mais do que mereço minha senhora... Com certeza ficou tão perfeito devido ao trabalho impecável e detalhado que somente as sacerdotisas seriam capazes de conseguir... Eu lhe agradeço por me ajudar a estar preparado para minha jornada e agradeço aos espíritos heroicos por termos a vocês como nossas aliadas..."

    Lanthys se ergue logo após suas palavras e lembra-se que Astaroth também havia recebido muito bem a seu mestre Leviathan e em respeito a isso, por achar que algo poderia haver entre os dois, se recriminava por ter se maravilhado com a beleza da mestra a sua frente e evitava olhar diretamente para ela em sinal de respeito... Curiosamente ele puxa o anel a frente de seu rosto e fica o observando novamente, ele parecia ter sentido o anel se mexer, mas, com certeza deve ter sido impressão... Ele aproveita isso como distração para olhar para qualquer lado, menos diretamente para Astaroth...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Dom Ago 16, 2015 5:23 pm






    Astaroth é surpreendida pelo agradecimento formal proferido pelo jovem cavaleiro, por um momento demonstrando certo desconforto, mas a sacerdotisa logo se recompõe e vai até uma onde havia uma pequena bancada, sobre esta havia uma pequena garrafa de vidro, devidamente fechada com rolha. Astaroth apanha o recipiente e caminha novamente em direção à Lanthys, entregando a pequena garrafa ao rapaz.

    - Você vai precisar disso também para sua formatura! E não precisa agradecer-me pelas vestimentas, é apenas natural que façamos o melhor por nossos companheiros, certo?

    Astaroth sorriu novamente mantendo a simpatia enquanto observava a reação do rapaz, mas Naberius se levantou indo em direção aos dois, o instrutor olhava em direção a pequena garrafa de vidro que acabara de ser entregue à Lanthys. O rapaz podia notar que em seu interior havia um líquido incolor, porém antes de questionar a respeito, Naberius fez questão de esclarecer.

    - Oh, esta é a poção que você deve ingerir antes da cerimônia de formatura! Te permitirá ver algumas coisas que não podemos enxergar em condições normais com nossos sentidos mundanos!... Bom, agora que está devidamente bem vestido e portando a poção, podemos ir até Mesphito, onde poderá questioná-lo a respeito deste anel que está o deixando visivelmente intrigado!

    Naberius sorriu apoiando a mão direita sobre o ombro de Lanthys, em seguida o cavaleiro virou-se em direção a Astaroth curvando-se brevemente em sinal de agradecimento, também se despedindo. A sacerdotisa retribuiu da mesma maneira, em seguida executando uma breve reverência em direção ao jovem cavaleiro.

    - Foi um prazer revê-lo Lanthys, espero que retorne para que apreciemos um chá de ervas em breve. Certamente Leviathan está muito orgulhoso de formar um discípulo tão promissor!

    Após a breve despedida, Naberius se pôs a caminhar para a saída do local, aguardando que Lanthys o acompanhasse até onde Mesphito poderia ser encontrado.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Seg Ago 17, 2015 12:16 pm

    Lanthys então sorri, agradece com sua expressão a gentileza e trabalho de Astaroth e segurando a espada na mão direita e a garrafa na mão esquerda, faz uma reverência curta mas respeitosa a dama a sua frente e dando um passo para trás, vira-se rapidamente fazendo sua capa balançar com o movimento, dizendo enquanto se vira...

    Lanthys: " - Será sem dúvida um prazer minha nobre senhora!"

    O guerreiro então segue determinado os passos de Naberius agora observando a garrafa em sua mão, com um ar curioso... Ele a ergue, dá uma leve sacudida para sentir sua viscosidade e segue seus passos, observando enquanto caminha o local por onde passa, quem ele observa, o que existe no lugar, pois aquele lugar era quase tão agradável quanto ele lembra de ser sua antiga morada com seus falecidos pais... Enquanto realiza tudo isso, ele questiona...

    Lanthys: " - Senhor Naberius... Devo beber isso agora ou no jantar?"

    Lanthys segue os passos do mestre rumo a Mesphito e o que ele puder lhe dizer sobre o anel em sua mão!
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Seg Ago 17, 2015 2:17 pm






    Deixando a construção onde havia recebido suas novas vestimentas, Lanthys e Naberius atravessam um pequeno pátio embelezado por algumas pequenas árvores floridas que decoravam o solo com as pétalas que destas se soltavam, sendo carregadas ao vento e dispostas por todo o caminho como se tivessem sido ali deixadas propositalmente. Ao chegarem em uma nova construção, semelhante a um pequeno tempo, os dois cavaleiros adentram em um local amplo com diversos equipamentos estranhos dispostos ao redor do ambiente, desde grandes tubos metálicos e jarras de vidro sobre diversas mesas de madeira a indecifráveis aparatos metálicos espalhados por toda a parte, havendo até mesmo uma pequena fornalha numa das extremidades.

    Inicialmente nenhuma pessoa fora avistada no interior do ambiente, mas assim que os cavaleiros adentram, escutam um timbre de voz masculino balbuciar algumas frases incompletas e sem muito sentido. Buscando a origem do som, ambos podem observar sobre uma plataforma suspensa no alto que estava posicionada em frente a uma grande abertura lateral, um homem de cabelos grisalhos, porém bom porte físico. O homem estava agachado com o rosto próximo de um estranho aparato metálico retangular de pouco mais de 30 centímetros, apoiado em um tripé de madeira sobre a plataforma.

    - Pedra estúpida... não vê que tá no caminho!!... se eu chegar mais pra esquerda talvez... oh! tem mais uma vindo... hehehehehe

    O homem parecia tentar mover o estranho aparato à frente dele como se tentasse ver algo dentro ou através do mesmo, no entanto, ao invés de ficar apenas observando, Naberius deu um passo a frente e bateu a palma da mão direita sobre uma das mesas gerando um grande estalo que imediatamente fez com que o homem no alto da plataforma se assustasse, se desequilibrando e despencando da plataforma, caindo por sobre uma das mesas de madeira que se vira por sobre ele.

    Naberius então inflou os pulmões, impostando sua voz grave e fazendo-a se propagar pelo ambiente num tom que misturava ironia e repreensão.

    - Andas muito assustadiço caro Mesphito!! Ou estava a fazer alguma coisa inapropriada para um homem respeitável como você?!

    Após alguns instantes o estranho homem de cabelos grisalhos apoia uma das mãos na lateral da mesa a retirando de cima dele, começando a se levantar apoiando-se na mesma enquanto mantinha um misterioso sorriso no rosto.

    - Inapropriado eu? Estava apenas concentrado em meu trabalho cavaleiro! Mas é algo que um guerreiro como você não entenderia, então nem adianta eu tentar lhe explicar!! hahaha!!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Seg Ago 17, 2015 2:57 pm

    Lanthys após observar toda a cena, pára, pensa um pouco consigo mesmo e articula... A menção de "tem mais uma vindo" acompanhada de uma risada satisfatória, estando eles na área das sacerdotisas o faz cogitar que senhor Mesphito gostava de aproveitar as "maravilhas naturais" do local... Lanthys pensa em se aproximar de Naberius e comentar algo, mas prefere ficar onde estava e observar o desenrolar das coisas, afinal, parecia que seu mestre não aprovava o comportamento de senhor Mesphito e isso lhe indicava mais ainda que o homem estava a espiar as sacerdotisas em alguma situação mais íntima!

    Lanthys: " - É um prazer conhecê-lo senhor Mesphito!"

    O jovem guerreiro curva-se levemente em sinal de respeito ao proprietário do local e fica aguardando o desenrolar de tudo, enquanto observa os itens pendurados por todo o ambiente... Parecia que senhor Mesphito entendia de muitas coisas e isso deixava Lanthys com expectativas muito boas a respeito de como restaurar o anel em sua mão. Ainda com a garrafa numa mão e a espada na outra, ficou alguns passos atrás de Naberius para não ser intrusivo, afinal, eles não haviam sido convidados a entrar e Naberius, bem, ele era Naberius, entraria onde quisesse, tinha moral e autonomia para isso, mas Lanthys deveria ainda se manter como o novato que era, principalmente diante de pessoas importantes como a que ele visitava agora...
    Conteúdo patrocinado


    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Nov 19, 2017 4:59 am