Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    #Prólogo - O Cavaleiro

    Compartilhe
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Seg Ago 17, 2015 9:42 pm






    Naberius sorriu com o último comentário de Mesphito, mas mantinha um ar de seriedade enquanto observava o alquimista se reerguer, em seguida cruzando os braços, rapidamente retrucando a colocação.

    - É mesmo? Gostaria que tentasse me explicar quando estivesse menos ocupado meu caro!! Posso ser bem mais perceptivo do que imagina! Mas como podes ver, venho até aqui com um convidado!! Este é Lanthys LionHeart, discípulo de Leviathan e mais novo cavaleiro da ordem!!

    O cavaleiro inclinava o rosto lateralmente na direção de Lanthys, que acabava de cumprimentar Mesphito cordialmente, mantendo a pequena garrafa em sua mão, a mesma contendo a poção que deveria ser ingerida pouco antes da cerimônia de formatura se iniciar, de acordo com o que Naberius mencionou rapidamente enquanto se dirigiam até o laboratório.

    Mesphito observa o rapaz por alguns instantes e inclina levemente a cabeça o cumprimentando, em seguida caminha lentamente se aproximando, sentando-se casualmente sobre uma das mesas que se encontrava próxima de Lanthys e Naberius, cruzando então os braços enquanto mantinha um leve sorriso no rosto, demonstrando bom humor apesar da queda sofrida instantes atrás.

    - Hum, discípulo do Levi é? A que devo a 'honra'? Não vai me dizer que estão querendo arrumar uma namorada pro Levi e querem que eu faça uma poção do amor? Isso é contra as regras do CABAL!! Além do mais, um homem deve conquistar uma mulher naturalmente para merecê-la!!

    Mesmo buscando-se manter sério, Naberius acaba soltando uma pequena risada com a insinuação de Mesphito, logo se recompondo, porém demonstrando estar mais a vontade diante do estranho alquimista.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Seg Ago 17, 2015 11:28 pm

    Lanthys observa os dois mestres a conversarem e percebe que existe um clima de brincadeira entre ambos apesar de Naberius reprovar a atitude de Mesphito. Lanthys ouve as colocações do alquimista e desconsiderando as menções ao mestre Leviathan, ele seriamente dá alguns passos a frente ficando bem próximo de Mesphito, explicando e resolvendo a questão da presença dele ali...

    Lanthys: " - Senhor Mesphito... Meu mestre acredita que o senhor pode ajudar a recuperar este anel... Acreditamos que ele tenha algo como "vida própria" ou alguma coisa similar, mas que devido ao tempo inativo, esteja como posso dizer... Sem forças... Há algo que o senhor possa dizer ou fazer sobre este item senhor?"

    Lanthys fica com a mão esquerda a frente, punho fechado mostrando o anel a Mesphito, segurando firmemente a garrafa para que não caísse, na esperança de que o mestre a sua frente fosse tão bom em aparelhos misteriosos quanto parecia ser.
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Ter Ago 18, 2015 1:56 pm






    Mesphito mudou a expressão em seu rosto ao ver o misterioso anel do jovem cavaleiro, inicialmente demonstrando estar surpreendido, refletindo em silêncio por alguns instantes enquanto coçava o queixo com as pontas dos dedos de sua mão direita.

    - Hummm... isso é... um anel mágico, ou melhor, um anel espiritual! Deve ser bem antigo, pois esses anéis não são forjados há muito tempo!! Mas... como é que conseguiu um desses?? Que eu saiba apenas cavaleiros de eras passadas usavam estas joias!! Isso devia estar guardado como relíquia!! Deve valer uma pequena fortuna!!

    O alquimista se levantou enquanto concluía sua colocação, parecendo interessar-se pela joia de imediato, segurando o punho de Lanthys com uma das mãos, apontando com a outra em direção ao anel.

    - Já entendi o que deseja!! Pode deixar o anel comigo que o revenderei e dividiremos os lucros!! Você receberá 25% do total, pois tenho de pagar meu agente, custos de locomoção, lubrificação e polimento do anel...

    O alquimista já tentava remover o anel de Lanthys quando Naberius segura uma das mãos de Mesphito, fazendo-o olhar em direção à ele, que parecia um tanto impaciente.

    - Não diga besteiras Mesphito! Este rapaz recebeu a espada e  armadura Garou lendárias que se encontravam na Torre dos Espíritos Heróicos!! O anel é uma das relíquias utilizadas em eras remotas pelos últimos descendentes do cavaleiro dourado!! Caberá a Lanthys restaurar a armadura e, para fazer isso, precisará deste anel em pleno funcionamento, pois não se trata de uma simples joia, mas sim de um poderoso aliado!!

    Apesar do ar de seriedade do cavaleiro, não havia agressividade em seu tom de voz, este apenas buscava elucidar o motivo da visita e da importância do anel. Após ouvir as palavras de Naberius, o alquimista coçou a cabeça, olhando para Lanthys com uma de suas sobrancelhas arqueadas, em seguida se pondo a falar.

    - Humm, entendi... então vocês tão querendo é reparar o anel para que ele volte a funcionar como há séculos atrás?... se é isso posso dar uma olhada nele, mas não garanto nada. Anéis espirituais alimentam-se da vitalidade do próprio usuário com que formam um contrato... e como este passou tanto tempo sem alguém pra fornecer energia pode ter se 'desligado' pra sempre e talvez tenha de ser reforjado.

    Mephisto se ergueu, em seguida caminhou ao redor da mesa, se posicionando atrás dela, apoiando as duas mãos em sua superfície, voltando então a encarar Lanthys e Naberius.

    - Um anel espiritual não é exatamente um ser vivo, mas sim um construto que carrega a alma de uma criatura demoníaca pacificada. Apesar de serem do mesmo 'grupo' de criaturas que vocês combatem, estes espíritos não podem ser considerados bons ou maus, mas sim neutros. Eles podem auxiliar se receberem algo em troca, do contrário apenas agem como bem quiserem, mas não atacam seres humanos, contentando-se em sobreviver com uma pequena parcela da energia vital do portador.

    O homem de cabelos grisalhos voltou a se erguer, olhando fixamente na direção do jovem cavaleiro, agora com uma expressão bem mais séria, demonstrando estar sendo sincero, concluindo sua explanação com uma indagação.

    - Tem certeza de que deseja recuperá-lo mesmo sabendo disso?




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Ter Ago 18, 2015 4:14 pm

    Lanthys LionHeart, puxa sua mão de volta e cerra o punho a frente do seu rosto, olhando bem para o anel... Ele então baixa seu punho novamente e olhando seriamente a Mesphito responde com convicção...

    Lanthys: " - Eu vi minha família morrer de uma forma brutal para uma criatura com o mesmo espírito que o senhor diz, poder talvez ainda habitar este anel... Mais do que ser justo, que alguém desta raça tente reparar o mal que seus iguais fizeram, é ver um espírito desse porte aceitar trabalhar por uma causa justa mesmo que em sistema de troca... Vejo esta situação como a nós que precisamos nos alimentar para viver, não matamos muitas vezes criaturas para nosso sustento? Ele está se dispondo ao invés de seguir a linhagem sanguinária de sua raça, a tentar combater o mal que causam, em troca somente de alimento... Se esse é o único preço que tais espíritos pacificados cobram para fazer o bem, eu considero mais do que justo e estou totalmente disposto a pagar o preço pela sua existência em contrato comigo, com toda a certeza!"

    Lanthys então dá mais um passo a frente chegando a mesa de Mesphito, mas ainda assim demonstrando respeito embora estivesse determinado e completa...

    Lanthys: " - Mas muito além de tudo isso senhor Mesphito... Se esse anel ajudou o cavaleiro lendário a livrar seu mundo do mal e fundar o CABAL, ele merece esse esforço de nossa parte pois se estamos aqui hoje, considerando as lendas como verdadeiras, em muito devemos a este espírito pacificado pelo que conseguimos conquistar para tentar parar essas crias das trevas!"

    Lanthys então em um movimento rápido e preciso, baixa sua cabeça, colocando sua visão em direção a mesa a frente deles e em tom respeitoso diz...

    Lanthys: " - Eu encarecidamente lhe peço que tente senhor Mesphito... Por favor...

    Lanthys mantém a cabeça baixa em sinal de respeito e aguarda a resposta do mestre a sua frente...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Ter Ago 18, 2015 5:31 pm






    Mesphito ouviu as colocações de Lanthys em silêncio, esboçando um leve sorriso quando o jovem cavaleiro concluiu, pedindo-lhe que tentasse restaurar o anel espiritual. O alquimista então ajeitou suas vestimentas, em seguida estalando os dedos das mãos.

    - Hummm... muito bem, se está decidido, posso dar uma olhada no anel, mas... mesmo que o restaure você terá ainda de fazer o contrato com ele. Recuperar o anel não quer dizer que este já o servirá de imediato... cada uma dessas joias era geralmente forjada pra acompanhar um cavaleiro, melhor dizendo... um cavaleiro que vestisse uma armadura específica, provavelmente você terá de provar de algum modo que merece tê-lo como aliado...

    O homem de cabelos grisalhos deu um passo a frente, dando um pequeno suspiro, em seguida tornou a sorrir, mas demonstrava seriedade em seu olhar.

    - Você terá de deixar o anel aqui pelo menos até amanhã, pois vou precisar analisá-lo por algumas horas, como falei ele pode ter se desativado em definitivo, talvez seja necessário reforjá-lo... só vou saber exatamente o que deve ser feito analisando-o minuciosamente... ah, pode ficar tranquilo que não vou vendê-lo!! Hahahaha!!

    Mesphito soltou uma gargalhada que ecoou no laboratório, mantendo-se fiel ao seu bom senso de humor. Naberius então se aproximou de Lanthys apoiando uma das mãos nos ombros do rapaz, em seguida gesticulando a cabeça de modo afirmativo, demonstrando que apesar de tudo, confiava no estranho alquimista.

    - Tenho certeza de que se alguém pode consertar o anel, esse alguém é Mesphito meu caro! Ele pode parecer um tanto excêntrico, mas suas habilidades são formidáveis! Você poderá deixar o anel com ele e retornar amanhã, após sua formatura... ao menos saberá se há a possibilidade de restaurá-lo ou não.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Ter Ago 18, 2015 5:40 pm

    Lanthys olhando para Naberius, acena positivamente com a cabeça e olha então para Mesphito... Ele solta a garrafa sobre a mesa, retira o anel e o entrega ao mestre alquimista lhe dizendo com tom confiante...

    Lanthys: " - Além de confiar em meus mestres Naberius e Leviathan, o senhor parece ser muito mais que demonstra mestre Mesphito... Eu confio em suas capacidades e estarei com pensamentos positivos quanto a possibilidade de restauração deste anel... Caso eu não seja digno dele, poderei pelo menos encontrar alguém que o seja e lhe dê uma nova chance perante o CABAL de ser a lenda que todos contam que ele foi! Obrigado senhor Mesphito!"

    Lanthys faz uma pequena reverência, apanha novamente sua garrafa e então dá dois passos atrás ficando novamente um pouco depois de Naberius aguardando por seu mestre para seu próximo passo! Enquanto aguardava, Lanthys de forma cuidadosa para não perceberem que ele procurava por isso, tenta ver se em sua capa existem bolsos onde ele pudesse guardar a garrafa para não andar com a mesma na mão durante todos os trajetos...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qua Ago 19, 2015 9:23 am






    Mesphito apanha o anel, erguendo-o em frente ao rosto por alguns instantes, observando-o de perto, em seguida o alquimista volta sua atenção à Lanthys, ouvindo suas colocações e respondendo ao rapaz.

    - Ok, ok. Pode deixar que eu e o seu anel vamos nos entender por aqui. Depois você me agradece com uma garrafa de vinho de Allocen...

    Mesphito sorriu e guardou o anel no bolso lateral de sua camisa, em seguida acenando com o dedo polegar da mão direita. Naberius inclinou levemente a cabeça despedindo-se do alquimista, rumando para a saída do laboratório parecendo satisfeito com a resolução do dialogo, olhando de lado na direção do jovem cavaleiro enquanto falava rapidamente com o mesmo.

    - Vamos Lanthys, você deve se preparar para a formatura!

    Lanthys também nota que em sua capa haviam alguns compartimentos nos quais ele poderia guardas objetos de diversos tamanhos de forma discreta. Antes do rapaz deixar o laboratório, Mesphito se despede também inclinando brevemente a cabeça.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qua Ago 19, 2015 1:49 pm

    Lanthys faz uma leve reverência inclinando o corpo levemente, apenas o suficiente para disfarçar que guardava a garrafa dentro de sua capa, sem que percebessem que ele não havia notado ainda os compartimentos, afinal, erros, principalmente quando inofensivos, são melhores que não sejam vistos, assim pensa o jovem guerreiro!

    Ele então vira-se para seguir Naberius e sua capa acompanha o movimento, era visível que Lanthys se sentia bem dentro de sua armadura conquistada e isso refletia em sua determinação! Ele ainda tinha um grande passo pela frente, sua formatura, e ele não era bom em multidões... Ao mesmo tempo ele cogitava, será que haveriam mais pessoas ou a formatura seria algo reservado? Ele nunca havia assistido uma formatura de cavaleiro ainda, sentia uma grande curiosidade

    Lanthys: " - Mestre, pode me adiantar algo do que acontece na formatura, do tipo, como são os procedimentos, que tipo de cerimônia é realizada, enfim, como é o processo geral de uma formatura de Cavaleiro Garou?"

    Lanthys segue caminhando enquanto aguarda a resposta de Naberius...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qua Ago 19, 2015 3:19 pm






    Enquanto seguem de volta para a área destinada ao treinamento dos cavaleiros, Lanthys questiona Naberius a respeito da formatura. Sem desviar sua atenção do caminho, o lobo branco responde ao jovem de forma sucinta.

    - Não há nada com o que tenha de se preocupar em relação a cerimônia de formatura meu caro. Você apenas receberá teu medalhão e será reconhecido como membro efetivo do CABAL, ganhando autorização para deixar a ilha acompanhado de outros investigadores. É possível que outros atendam a formatura, sejam sacerdotisas ou rastreadores, pois a cerimônia não é diferente para cada uma das escolas, nem tem de ser individual.

    Após alguns passos e segundos em silêncio, o lobo branco olhou em direção ao jovem, interrompendo a caminhada enquanto completava.

    - Você também será apresentado à Lilith, a matriarca do CABAL... prefiro não adiantar nada sobre Lilith, mas talvez ela o impressione. Só o aconselho a não fazer nenhum questionamento a respeito dela durante a cerimônia.

    O instrutor voltou a caminhar, deixando em aberto suas observações a respeito da matriarca. Lanthys tinha conhecimento de que apenas membros reconhecidos tinham a oportunidade de falar diretamente com a matriarca, mas o jovem cavaleiro não sabia o real motivo até então, restando a ele apenas imaginar como a matriarca deveria se parecer e a razão por esta nunca deixar o templo central. A única certeza do rapaz era a de que em breve a encontraria e quem sabe, teria algumas de suas dúvidas sanadas.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qua Ago 19, 2015 3:31 pm

    Lanthys fica a cogitar tudo que Naberius fala sobre a formatura, mas o que mais lhe chama a atenção e deixa curiosidade é realmente sobre a matriarca... Lanthys se recorda das palavras de Mesphito sobre o anel que ele agora estava ligado e cogita se a matriarca não poderia estar qualificada dentro do mesmo sentido...

    Lanthys: " - Um espírito das trevas pacificado ou melhor, purificado... Talvez nascido pura, uma "ovelha branca" entre seus iguais... Isso seria belo como poesia mestre... Eu não me surpreenderia e também não seria diferente da união entre o anel e o cavaleiro lendário... Além disso, algo tão lendário como a união entre o cavaleiro e o anel, poderia ser digno de ser considerado o topo do CABAL..."

    Lanthys segue caminhando sem questionar Naberius com suas suposições, apenas as segue tecendo como se falasse consigo mesmo para tentar formular uma base do que poderia encontrar em sua formatura... Lanthys então olha para Naberius e completa...

    Lanthys: " - Fique tranquilo mestre, não serei inconveniente seja o que for que encontrar em minha formatura, tem minha palavra!"
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qua Ago 19, 2015 5:32 pm






    Naberius seguiu até o pátio principal onde havia sido encontrado inicialmente por Lanthys, em seguida repassando as últimas instruções antes da formatura do jovem cavaleiro.

    - Bom, encerramos os preparativos pra tua formatura meu caro. Você pode descansar até o fim da tarde, quando deve voltar aqui e se encontrar com Leviathan que o acompanhará até o templo carmesim!

    Naberius sorriu, uma vez mais apoiando sua mão direita sobre o ombro do rapaz, passando-lhe confiança.

    - Obviamente estarei presente na cerimônia! Faço questão de vê-lo receber teu medalhão meu caro!! Após a formatura teremos algumas festividades também! Então prepare-se que a noite será longa!!

    Observando a posição do sol, Lanthys já notava que haviam passado toda a manhã resolvendo os preparativos, restando-lhe apenas algumas horas para que realizasse quaisquer outras atividades que desejasse antes da cerimônia de formatura. Conforme informado pelo lobo branco que se despedia do jovem cavaleiro, Leviathan o encontraria neste mesmo local ao início do anoitecer.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qua Ago 19, 2015 8:22 pm

    Lanthys então faz uma leve reverência a Naberius, o agradece pela companhia e por tê-lo ajudado com todos os preparativos e principalmente, por o ter auxiliado com Mesphito e se retira do local indo para seus aposentos novamente... Ele retira sua capa, sua armadura e os acomoda sobre a cama... Cuidadosamente ele revisa tudo, verifica se existe alguma sujeira, tanto nas vestes quanto em sua espada e deixa tudo devidamente acomodado...

    Muito preocupado com higiene, Lanthys toma um banho novamente, deseja estar de alma e corpo limpo para o grande momento do início de sua verdadeira vida... Ele termina seu banho, come frutas e bebe água e então, cerimoniosamente se veste novamente, revisa cada detalhe de sua vestimenta, coloca sua capa com orgulho, ajeita tudo devidamente em seu corpo e então, pega novamente sua espada...

    Ele a tira da bainha, a observa de cima a baixo, a coloca novamente na bainha e então, jogando sua capa para trás com as mãos, em meio ao seu aposento, ele se ajoelha com a perna esquerda ao chão e a direita com o pé plantado ao solo... Seu rosto baixa e ele então fala...

    Lanthys: " - Pai... Mãe... Onde quer que estejam, quero que saibam... Senti e muito sua partida, mas... Nunca em nenhum momento fiquei desamparado... Eu senti sua falta e até hoje o que mais eu desejaria é receber o carinho de mamãe e seu abraço forte e amigo pai... Mas quero que tenham essa certeza e essa convicção, mesmo com sua partida, já haviam me ensinado o suficiente para nunca me sentir abandonado ou perdido... Leviathan foi um grande amigo e um excelente tutor e me ensinou tudo que vocês não tiveram tempo, então... Por favor... Pai e mãe... Não quero que chorem por sua partida terrível e abrupta, não quero que chorem pela nossa separação, foi difícil, mas cá estou e continua a ser seu filho amado, por isso... Estejam hoje comigo, estejam ao meu lado no meu momento de triunfo, pois tudo que conquistei aqui, foi graças ao meu treinamento, mas não somente o que recebi aqui e sim, do que recebi de vocês desde que nasci... Respeito... Coragem... Determinação... Honestidade... E bondade no coração!"

    Lanthys se levanta, coloca a espada ao lado de seu corpo muito bem segura por sua mão direita... Verifica para se certificar de que a garrafa com o líquido está em um dos compartimentos dentro de sua capa e no rosto uma expressão determinada e feliz... Ele começa a sair do aposento em direção ao local onde Leviathan já o deve aguardar e confiante diz, enquanto se dirige para o momento tão esperado...

    Lanthys: " - Venham comigo pai e mãe... Sigam em meu coração e sorriam neste momento tão único e tenham a certeza de que mestre Leviathan e todos os outros lapidaram esta pedra rochosa, mas foram vocês dois que a moldaram e a deram a devida estrutura para resistir até este dia... Hoje, nós 3 somos os formandos, pois conseguimos vencer uma etapa a mais em nossa vida de família!"

    Lanthys LionHeart dirigi-se até onde Leviathan o aguarda!
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qui Ago 20, 2015 2:25 pm






    Após concluir toda sua preparação emocional para sua formatura, Lanthys segue para o local combinado, logo avistando Leviathan no pátio principal de entrada do complexo dos cavaleiros. O cavaleiro de cabelos acinzentados percebe a aproximação do rapaz, cumprimentando-o cordialmente.

    - Lanthys! Em teu semblante demonstras estar completamente preparado pra tua formatura! Além disso, tenho de admitir que está muito bem em sua nova armadura! Estive resolvendo alguns assuntos urgentes durante o dia e não pude acompanhá-lo mais cedo, mas tenho certeza de que Naberius o guiou da melhor maneira possível!

    O cavaleiro sorriu, em seguida olhando em direção a lua que já se erguia no céu acinzentado. A grande esfera prateada parecia brilhar de forma mais intensa hoje, marcando o início de um novo ciclo que estava prestes a começar. Após alguns instantes em silêncio, Leviathan virou-se novamente em direção ao discípulo, dessa vez expressando grande determinação em seu olhar.

    - É chegada a hora de subires os mil degraus até o templo carmesim pela primeira de muitas vezes! Lilith o aguarda para te tornar oficialmente um investigador do CABAL, empunhando tua espada para cortar a escuridão que devora a luz da vida e esperança! Vamos, cavaleiro predestinado a brilhar!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qui Ago 20, 2015 2:46 pm

    Lanthys sorri, olhando firmemente para Leviathan, a satisfação e ansiedade eram visíveis em seu rosto, mas a determinação igualmente se fazia presente. Colocando a mão no ombro de seu mestre como tantas vezes ele já havia feito consigo, Lanthys completa...

    Lanthys: " - Estarei um passo depois de você mestre!"

    Lanthys então retira a mão do ombro de Leviathan e ajusta sua roupa novamente, se sentia orgulhoso e muito com o que conquistara e então comenta sobre o ocorrido com Mesphito...

    Lanthys: " - Sim, sim, mestre Naberius foi grande companhia para a manhã de preparativos, mas... Senhor Mesphito é um tanto estranho e parece ser bem pervertido para os padrões que encontrei até hoje no CABAL mestre... Eu tenho quase certeza de que estava a espiar as sacerdotisas em algum momento de intimidade... Mestre Naberius o chamou à razão, mas pareceu não surtir muito efeito... Mesmo assim, eu confio que ele é capaz de restaurar o anel do cavaleiro lendário... Acha que estou apostando errado mestre?"

    Lanthys então confere novamente a garrafa em seu compartimento e pergunta por via das dúvidas...

    Lanthys: " - Isto deve ser ingerido na frente da matriarca? Alguém me dirá o momento de beber, como em uma solenidade? Devo entrar com ela em mãos ou deixo-a guardada até que me peçam algo? E a armadura, irão me pedir para envergá-la em frente a todos ou não será necessário?"

    Lanthys chega a coçar a nuca em visível confusão sobre o que deveria fazer e quando para não cometer gafes em sua formatura, muito menos envergonhar Leviathan!
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Qui Ago 20, 2015 3:36 pm






    Leviathan se vira em direção à escadaria que levava até o templo carmesim, a maior e mais impressionante construção na ilha, porém antes de iniciar sua caminhada, o cavaleiro sorri ao ouvir o comentário de Lanthys a respeito de Mesphito.

    - Não te preocupes com Mesphito! Ele pode parecer irresponsável às vezes, mas sempre demonstrou bom senso quando se fez necessário. Tenho certeza de que cuidará bem do anel e fará todo o possível para restaurá-lo!... Apesar de sermos todos comprometidos com nossas atividades, todos somos também humanos em primeiro lugar, tendo nossas virtudes e defeitos, personalidades únicas e individualidades. Sendo assim, Mesphito só continua a ser ele mesmo, cumprindo suas obrigações e sempre fazendo o seu melhor, mesmo que à sua maneira!

    O cavaleiro acenou positivamente com a cabeça, demonstrando confiar nas capacidades de Mesphito, mesmo desaprovando algumas das suas características individuais. Leviathan começou então a caminhar enquanto respondia a nova indagação do jovem cavaleiro, a respeito da garrafa que trazia consigo, a qual o rapaz já havia checado algumas vezes por precaução.

    - Não há nenhum procedimento especial para a ingestão da poção. Podes ingeri-la agora inclusive, pois seu efeito perdura por algumas horas e a cerimônia não deve se alongar por mais de uma hora. Afirmo inclusive que este é um bom momento para que dê início ao efeito da mesma, pois poderá visualizar algo certamente impressionante!




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Qui Ago 20, 2015 3:45 pm

    Lanthys então acena positivamente com a cabeça para Leviathan, pára de se mover para evitar tropeçar e quebrar a garrafa... Ele a retira de sua capa, retira a rolha, olha para o líquido por alguns instantes e então a ingere por completo... O guerreiro tenta sentir o gosto do líquido enquanto fecha a garrafa com a rolha novamente, a colocando outra vez dentro de sua capa, ficando apenas com sua espada em mãos e prestando atenção no que começaria a mudar em seu campo de visão...

    Lanthys: " - O efeito é imediato mestre?"

    Lanthys recomeça sua subida a escadaria observando tudo a volta para ver o lugar por completo, principalmente porque iriam subir muito alto e a visão deveria ser bem diferente de lá de cima...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Sex Ago 21, 2015 10:00 am






    Ao ingerir o líquido insípido, inicialmente Lanthys não sente nada de diferente, a impressão inicial era a de que a poção tratava-se apenas de uma porção d'água, deixando o jovem cavaleiro um tanto confuso.

    - O efeito é praticamente imediato Lanthys... teus sentidos irão se aguçar rapidamente permitindo-lhe ver algumas coisas escondidas sob o véu de nossa realidade.

    Olhando em direção à Leviathan, que subia os degraus à sua frente, Lanthys começa a notar algo diferente no instrutor e no ambiente ao redor. A claridade ambiente parece aumentar subitamente e, sobre um dos ombros da fera ancestral, o jovem podia observar uma esfera brilhante que ali repousava. Passados alguns segundos, a esfera sobe afastando-se de Leviathan, em seguida movendo-se rapidamente na direção do templo. Olhando na direção de onde esta se movia, Lanthys observa dezenas de outras pequenas esferas brilhantes se movendo em direção ao templo carmesim, dando a impressão de adentrarem neste através do topo da estrutura.

    A cada passo dado pelos cavaleiros, o imponente templo crescia ficando mais visível ao jovem cavaleiro que poucas vezes havia chegado tão perto do mesmo. Atrás dos portões principais já se podiam ser observados diversos instrutores adentrando na estrutura principal, sacerdotes, cavaleiros e rastreadores, todos ali se encontravam para acompanhar a cerimônia que estava prestes a se iniciar.

    Imagem:





    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Sex Ago 21, 2015 12:39 pm

    Lanthys como que cerra os olhos, a claridade pareceu intensa de momento mas logo seus olhos adaptaram-se ou pelo menos ele assim pensou... Ele observa as esferas, ele fica maravilhado com o que vê, mas sua curiosidade com certeza falou mais alto e por não saber quem poderia ouvi-lo ele se aproxima de Leviathan e em tom baixo pergunta...

    Lanthys: " - Mestre... O que são essas esferas... São a energia espiritual dos medalhões?"

    Enquanto faz a pergunta ele tenta se observar para ver se alguma esfera partiu dele, como ele cogita serem as forças vitais dos medalhões, é provável que dele nada deva partir, pois ele ainda não possui um, mas ao mesmo tempo ele cogita, logo após a pergunta a Leviathan...

    Lanthys pensando alto: " - Seriam espíritos guardiões ao nosso lado o tempo todo?"

    O cavaleiro segue seu caminho logo atrás de Leviathan maravilhado e curioso com as novas cenas apresentadas a ele após a ingestão do líquido da garrafa...
    Darkwes
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1390
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Darkwes em Sex Ago 21, 2015 2:45 pm






    Enquanto adentrava pelos portões, Leviathan cumprimentava todos que ali se encontravam, cruzando o pátio em frente ao templo e se aproximando da entrada principal. O cavaleiro escuta os questionamentos de seu discípulo, virando-se para o rapaz ao respondê-lo.

    - Sim Lanthys, estás certo ao assumires que as esferas que tu pode ver tratam-se da energia espiritual presente em nossos medalhões, mas este fenômeno não se resume a apenas estes. Dentre estas também existem outras formas de vida que se encontram nesta ilha e podem se manifestar dessa maneira. Criaturas espirituais ou que se originem em outros planos, invisíveis ao nosso olhar mundano, mas que nos auxiliam e nos protegem também se encontram dentre estas. Mas o mais importante, é que todas estas manifestações espirituais estão se agrupando no templo carmesim, atendendo ao chamado de Lilith, para que também possam acompanhar e prestigiar a formatura daqueles que concluem seu treinamento hoje, assim como você!

    Após ouvir as palavras de seu mestre, Lanthys pode avistar a sacerdotisa Astaroth acompanhada de duas jovens, além destas, o rapaz também observa se aproximar uma mulher de cabelo avermelhado e roupas negras, acompanhada de um jovem com vestimentas semelhantes. Apesar de não poder afirmar com certeza, Lanthys podia presumir que a mulher se tratava da instrutora dos rastreadores, a qual ele já havia ouvido falar, Kimaris, também conhecida como víbora negra. Ao contrário dos demais membros, estes permaneceram do lado externo até que todos os demais adentrassem, assim como Leviathan que aguardava ao lado de seu discípulo.

    Passados alguns instantes, aqueles que haviam permanecido do lado externo escutam um som metálico e grave ressoar no interior do templo, sinalizando o início da cerimônia. Leviathan deu um passo à frente, curvando-se brevemente em direção aos demais, em seguida posicionando-se na entrada do templo. O instrutor olhou novamente em direção ao jovem cavaleiro, seu olhar demonstrava determinação, mas o cavaleiro também esboçava um leve sorriso.

    - Vamos Lanthys, é chegada a hora de receber teu medalhão!

    De onde se encontrava, Lanthys pode observar que no interior do templo havia um corredor muito bem iluminado, de tal maneira que não se podia ver o que havia além deste.




    *Off: ...


    Lanthys
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 0

    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Lanthys em Sex Ago 21, 2015 4:27 pm

    Lanthys sente a adrenalina em seu corpo, era chegado o momento mais incrível de todos e ele estava ali para vivenciar isto... Queria ele que as esferas de energia, as forças vitais que ali circulavam... Que duas das que ali estivessem fossem seus amados pais, vendo naquele momento seu triunfo maior que ele dedicava a eles também...

    Lanthys: " - Porque a vida precisa continuar a ser protegida!"

    Lanthys dá um passo a frente e aproxima-se de Leviathan e enquanto faz este movimento, ele visualiza a cada um que ali se encontrava com ele, fazendo um leve aceno de cabeça e sorrindo, na tentativa de dizer "eu sou Lanthys, é um prazer estar aqui com todos", virando-se logo em seguida para Leviathan, se concentrando totalmente em sua formatura que estava começando! Ansiedade, curiosidade, novidade, Lanthys havia sem dúvidas atingido o ápice de sua vida... Até aquele momento...
    Conteúdo patrocinado


    Re: #Prólogo - O Cavaleiro

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Nov 18, 2017 11:03 pm