Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Compartilhe
Edu
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 6817
Reputação : 62

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Edu em Seg Dez 14, 2015 12:14 am

Sorrindo ela se aproxima do elfo ainda seguro por Elendil. Ela se abaixou perto do homem e falou:

- Você está muito estressado, não seria melhor descansar aqui um pouco, se acalmar. O que achas?
Melroc
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 931
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Melroc em Seg Dez 14, 2015 10:50 am

Elendil continua a segurar seu conterrâneo enquanto ele não demostrar que aceitou as palavras de Meliel.

Em elfico, o Feiticeiro ranger tenta acalmar o Lennoriano:

- "Lugn bron, jag fuorstan din nood. Jag vet att du gick igenom ofattbara svarigheten. Men vi aun haun foun att hjaulpa. En som du riktan dig aon inte en Minotaur aon en Tauron Praost ja, men med olika dogmen korrupta dogmen Tapista."

Tradução para o Valkar:
- Calma irmão, entendo sua aflição. Sei que passou por dificuldades inimagináveis. Mas estamos aqui para ajudar. Aquele que atacaste não é um Minotauro é um Clérigo de Tauron sim, mas com dogmas diferentes dos dogmas corrompidos de Tapista.
Colleen
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 438
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Colleen em Seg Dez 14, 2015 1:41 pm

Fico apenas ouvindo a conversa de Elendil com o homem.
John Corleone
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 134
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por John Corleone em Seg Dez 14, 2015 5:05 pm

-Também tive problemas com minotauros, assim como você. Eles mataram minha esposa, meus filhos e todos que eu conhecia, mas hoje eles estão como esse aqui... digo apontando para o crânio em meu ombro.

-Você deve ser o druida sobre o qual ouvimos falar, certo?
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2380
Reputação : 12
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg Dez 14, 2015 6:28 pm

- Nunca fui druida! Sou um mago artífice! E não revelarei nada, sei que vocês monstros estão junto com os goblinoides! Não ouso tuas mentiras, filho de Tapista e também não ouvirei nada que digam enquanto esse monstro corno estiver aqui!, berrava o homem. A sua posição contra Haldor parecia ser irredutível, pois, para ele, o clérigo é um minotauro.
Melroc
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 931
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Melroc em Seg Dez 14, 2015 6:43 pm

O Elfo artífice realmente estava tendo algum tipo de alucinação que o fazia ver Haldor como um minotauro. Elendil tentava enxergar além dos olhos para entender se era magia que nublava a visão de seu irmão longínquo.

OFF: TESTE:
Elendil realiza um teste de Identificar Magia
Colleen
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 438
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Colleen em Ter Dez 15, 2015 11:25 am

Olhando para Haldor me dou conta que seu elmo pode estar causando a confusão.

"Haldor, seu elmo... te faz ficar parecido com um minotauro. Tire-o por um momento!"
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2380
Reputação : 12
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter Dez 15, 2015 11:41 am

Apesar dos esforços, Elendil mostrava-se enferrujado em seus ensinamentos. Ele nada pode detectar. Todavia, em seu abraço, pode constatar que o irmão elfico estava muito quente, queimando de febre na verdade. E, nisso, o inesperado acontece.

Collen surge com um ótimo raciocínio, prova de um intelecto afiado. Mas, tarde demais para o plano do elfo insano e febril.

Em um breve momento, quando Elendil desatentou-se para olhar bem para o estado do conterrâneo, ao invés de concentrar-se em segura-lo, o arcano elfico realiza um gesto que é percebido por todos os companheiros do antigo filho de Lenorienn, que nada percebe por sua vez.

O resultado é que um laço groso se enforca no pescoço desprotegido do servo de Tauron. O objeto se trata de uma corda de sino, de clamar pela criadagem, que teriam percebido se ao menos um deles houvesse parado para investigar a sala, mas que resolveram ignorar.

Então, o elfo desconhecido imputa toda a sua força e liberta-se de forma ferrenha do patrulheiro.


Exceto por Elendil, muito surpreso, todos se põem a postos, mas são muito lentos para impedir o elfo, que já havia sacado uma perigosa adaga escondido, pois seus braços sempre estiveram livres enquanto era retido pelo ranger. Todavia, o elfo em frenesi concentrava-se apenas em Haldor, visto como um minotauro.

Um golpe cruel passa diretamente até o peito exposto do clérigo que, parcialmente imobilizado pela luta contra o estrangulamento, só podia contar com pouca proteção.

Com olhos esbugalhados, Haldor enxerga a adaga furar-lhe, mas ela entra apenas superficialmente, por pura sorte, mas o sangue verte deixando cerca de meia libra de músculo cortado lateralmente. No entanto, o alivio é momentâneo.

Logo, uma dormência começa a tomar o corpo do devoto, mas ele luta para fica com os olhos abertos, permanecendo acordado. E assim que vence a luta contra o sono, ele pode constatar que um inflamar doloroso começa na região da ferida, ameaçando a espalhar-se por todo o seu corpo e nublar-lhe os sentidos e a mente, mas Haldor persiste e sobrepuja os efeitos do veneno através da sua determinação: a mente bem preparada por anos de culto e auto-doutrina adquirida nas provações vence no fim.

Restava agora livrar-se do enforcamento.

Colleen
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 438
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Colleen em Ter Dez 15, 2015 12:09 pm

Ataco o elfo com o cajado.
Edu
Semi-Deus
avatar
Semi-Deus

Mensagens : 6817
Reputação : 62

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Edu em Ter Dez 15, 2015 6:53 pm

Meliel respirou fundo ao ouvir novamente toda aquela choradeira do elfo sobre os minotauros, o deus da força, Tapista e blá,blá, blá, já estava ficando insuportável já, não sabia se ia aguentar mais. A supresa veio rápido e mago biruta atacou Haldor, alias, foi uma arapuca que ele armou pro clerigo. Ficou até com vontade de aplaudir, mas obviamente não o fez. Felizmente a sua alegria não tinha ido embora finalmente ia poder bater em alguém.

Com muita agilidade e força ela segurou o seu Halberd e correu pro elfo pra enfia-lo nas suas costas.
Slink
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 856
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Slink em Qua Dez 16, 2015 1:34 pm

Theodor que estava ao lado de Meliel invocava uma criatura de chama que atacaria o elfo.

Spoiler:

Usei Animar Chama
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2380
Reputação : 12
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qua Dez 16, 2015 5:39 pm

Rápida, Colleen dá um golpe contra a cabeça do elfo de capa verdejante com o seu cajado. A pancada ressoa enquanto o mesmo trinca os dentes com dor e desorientação. Por sua vez, Meliel age de forma mais impiedosa, mirando rasgar o elfo febril com seu halberd. Ela golpeia.

No entanto, no momento em que o elfo agacha pela dor do golpe provido por Colleen, a lâmina pesada passa por cima sem almejá-lo, indo de encontro a pessoa mais próxima e parcialmente imobilizada e indefesa: HALDOR.

O clérigo impõe toda a força que tinha abençoada pelo seu patrono divino e liberta-se a tempo de ver o elfo abaixando-se pela dor e a colega de asas emplumadas avançando com sua grande arma de haste.

Habilmente, o clérigo do Deus da Força desvia para o lado, deixando que a arma abra um grande talho na madeira atrás de si, mas não tocando nenhum um fio de cabelo dele.

O som do sino ressoou pela casa, livre da garganta do clérigo ao qual sua corda havia sido amarrada de forma sufocante.

Em meio ao caos, Theodor profere um encanto contra qualquer chama próxima para essa fosse lançada contra o mago elfo.

Infelizmente, o wu jen não atentou-se que na sala não existia chama de tipo algum, ficando a magia sem um alvo, tendo a mesma ineficácia de lançar-se um encantamento de pessoa em qualquer pessoa numa sala vazia; o que não existia nos documentos arcanos de forma alguma. Primeiro se escolhia o alvo do encantamento, depois proferia-se os gestos e demais requisitos para lançar o feitiço. Ele já devia saber muito bem disso, mas havia perdido-se no caos da confusão que estava participando involuntariamente.

Sendo um dos poucos que aparentava enxergar a razão em meio aquilo tudo, Atlas ergueu os braços e tentou chamar a atenção de todos para que se contenham, suas pois ações impensadas estavam agitando o mar e o tornando bravio.

E próximo, já recuperado da surpresa inicial, Elendil estava preparado para agir.

E o elfo mago também, pois ele ergueu seus olhos para o membro extra-planar nativo do grupo que acabara de tentar acerta-lo de forma mortal, não o acertando por pura sorte.

O mago responde com outro gesto rápido e Meliel agora estava paralisada, totalmente imóvel e vulnerável.

O elfo a ataca com a adaga de forma desesperada e frenética, quase derrubando a lâmina. Ele nunca a teria acertado se a mesma n ão estivesse imóvel pela magia.

A lâmina passa pela coxa esquerda da mulher emplumada, deixando um corte inclinado na carne, que passou a verter grande quantidade de sangue. O choque do ataque libertou Meliel no mesmo instante, mas as consequências não se resumiam a apenas isso.

Um mero instante depois, a extra-planar nativa sentiu seus sentidos sendo nublados e despencou inconsciente no chão da sala, seu halberd pendendo por baixo do seu corpo inerte.

Spoiler:
Haldor está livre para agir, assim como Elendil e Atlas.

Meliel caiu inconsciente, ela também perdeu 3 pvs.

Colleen
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 438
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Colleen em Qua Dez 16, 2015 10:52 pm

Ataco com o cajado de novo.
Melroc
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 931
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Melroc em Qui Dez 17, 2015 11:08 am

Elendil dá um soco no elfo.
Slink
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 856
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Slink em Qui Dez 17, 2015 4:34 pm

Ataca com sua besta.
Charles Darren
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 905
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Charles Darren em Qui Dez 17, 2015 9:08 pm

O lugar se tornou agitado.

Atlas tentou distrair seu companheiros para que parassem de bater no homem, porém, eles continuaram e por estar em maior numero, ele tinha ideia de que não seria nada bom para o elfo.

Atlas usou sua agilidade e se postou a frente do homem para receber todos os ataques direcionados a ele  e com o próprio corpo, tentaria desviá-los.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2380
Reputação : 12
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex Dez 18, 2015 11:12 am

O grupo estava sendo dominado por um único oponente: um mago elfo sofrendo de grave alucinação febril. Isso se dava com algo com que Kss e Drent os avisara sobre a armadilha que o grupo deles havia caído antes, mas ninguém parecia se importar em lembrar-se dos importantes avisos dados.

Meliel havia caído inconsciente ao chão após um corte da adaga do elfo contra a sua coxa esquerda. O que seria melhor que o resto dos que se encontravam capacitados evitasse. O próprio Haldor já sentira os efeitos nocivos daquela arma.

A luta prosseguia.

Na urgência de derrubar logo o oponente insano, Theodor busca sua besta de mão, mas nada encontra. Ele esquecera que quase todas as armas e as capas do grupo foram guardadas pelo mordomo ancião antes deste os deixar.

Os demais atacam o agressor do seu colega clérigo como podem. Todavia, como um monge que versava sobre a paz e soluções melhores para os conflitos, Atlas se joga no caminho das investidas , desviando cada ataque com suas palmas nuas e calejadas.

Tanto ele quanto o elfo com febre saem ilesos.

No breve momento em que os demais ficam de olhos questionadores para o monge, mas não muito, uma vez que já sabiam de sua índole pacifista, o mago age mirando seu ódio contra o minotauro responsável por separa-lo de sua progenitora (Haldor, na realidade).

O elfo mago começa a entoar um canto e uma chuva quente e aconchegante começa a tomar conta da sala, o que teria sido prazeroso se todos estivessem ocupados em relaxar com um bom banho quente e não enfrentando um elfo maluco em busca de vingança contra os minotauros que raptaram a sua mãe.

A água morna não parece ser o suficiente para despertar Meliel, que estava profundamente na inconsciência. Provavelmente, ela precisaria de algum tratamento ou magia de socorro.

Off:
Todos na pequena sala estão encharcados e aquecidos.
Colleen
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 438
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Colleen em Sex Dez 18, 2015 11:45 am

Frustrada por se ver em desvantagem em uma situação tão absurda, e agora ainda por cima molhada, lamento por não ter nenhuma magia preparada capaz de nos ajudar nesse momento... simplesmente não contava em me deparar com surrealismo tamanho e ainda por cima com os companheiros desarmados.

Jogo o cajado para Elendil dizendo "acerte ele com isso" e preparo minha besta para tentar atirar no elfo.

"Monge, você está atrapalhando minha pontaria"

off:
Não sei se é possível atirar nesse mesmo turno, então não vou fazer as rolagens, mas se for possível peço para o Necro fazer as rolagens para mim.
Necromancer Ignaltus
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2380
Reputação : 12
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Seg Dez 21, 2015 10:02 pm

Spoiler:
Todos no recinto estão ensopados.

Colleen consegue mira e dispara com segurança para seu colega monge, que se colocava entre o alvo e os colegas, e a seta voa contra o elfo louco. Porém, a ponta apenas pega-o de raspão, abrindo um rasco numa manga de sua roupa e tirando um pequeno respingo de sangue. Seria um bom aviso para que ele deixasse de gracinhas, mas este sujeito claramente não estava com as ideias em bom estado.

Após a frustração inicial, Theodor correu para a colega que caiu desfalecida. E num instante sacou de seu cinto uma de suas eficientes posologias: um antidoto. Ele derramou isto pela garganta da amiga afligida. Assim, num instante, ela começou a tossir e a despertar, meio desorientada.

Por um instante parece que a sua visão ira se turvar, com um calor que ameça tomar-lhe a clareza de sua razão, mas tudo se esvai rapidamente. Meliel podia agradecer a presteza do mago, tanto quanto a sua herança. Exceto ao céu, não, como poderia, em seu sangue corria a fonte do seu poder. Um grande poder.

Spoiler:
Meliel está desperta e já pode agir normalmente, o envenenamento também foi curado.

Atlas, com seus olhos de gato ainda se interpunha entre o elfo, aparentemente inocente da insanidade que o afligia. O monge insistia que seus colegas encontrassem outra forma de litar com este incerto oponente.

Procurando uma abertura que os permitisse alcançar o elfo louco, Haldor atacava com punhos pesados, em estilo box, enquanto Elendil desferia golpes de cima para baixo com o cajado. cedido por Colleen a pouco.

Atlas não pode desviar os golpes certeiros dos colegas, ambos eram adversários formidáveis, mesmo que estivessem sendo passíveis em relação a ele e agressivos contra o louco. O monge não feriu-se, mas o elfo atrás de si sim.

Com um passo largo, o clérigo deu um pulo na distância que separava seu alvo dele. O punho pesado acertando o elfo num dos rins, tirando-lhe ainda mais a consciência já debilitada pela febre.

O patrulheiro por sua vez também conseguiu golpeá-lo, a haste longa passando por cima do colega monge e chegando ao seu destino planejado. A madeira soou ao atingir o ombro do elfo arcano, fazendo com que este largasse em dor a adaga que usara contra Meliel.

Acuado, o febril alucinado correu com seus pés élficos leves para a porta que estava escancarada ali perto e sem guarda, chegando ao outro lado facilmente.

Ele virou-se no último momento e, longe do piso molhado, proferiu uma nova sentença arcana, com o indicador do braço bom contra a superfície molhada.  Com uma faísca uma corrente elétrica serpenteou da porta e se espalha como uma onda, atingindo a todos.

Spoiler:
Todos sofrem 12 pontos de dano elétrico.

O elfo febril continua à porta, na distância de ataque.
Slink
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 856
Reputação : 0

Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Slink em Seg Dez 21, 2015 11:00 pm

Slink (Theodor) sentia-se mais do que feliz devido ao seu feito. Então o mago com ambos os punhos juntos atacava o elfo com todo o seu poder.
Conteúdo patrocinado


Re: HERANÇA MALDITA: ENGANANDO A TODOS

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Sab Out 21, 2017 8:24 am