Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Compartilhe
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Dom Dez 27, 2015 3:28 am

    O guarda ficou pensativo, mas por fim deixou que Ilyana se aproximasse. O prisioneiro estava totalmente ferido, de modo que suas palavras saíram de forma embolada. O guarda riu quando o cativo tentou se levantar, obrigando-o a dar um chute no jovem, o qual acabou caindo de novo.

    Em meio ao sangue e ferimentos, o prisioneiro olhou nos olhos de Ilyana e cuspiu uma frase cheia de ódio.

    - Você quer acordar o dragão? - Ele ficou em silêncio por um longo tempo, mas depois gargalhou alto. Metade de seus dentes estavam quebrados, mas o prisioneiro parecia não se importar com aquilo. - Essa ilha fede a bosta de carneiro. Se não jurarem a espada a mim, juro que trarei sangue e fogo para esse lugar.

    Ele não respondeu diretamente a Ilyana, mostrando que a aparência mística da mulher não havia impressionado-o. Ele claramente não era daquele loca, pois a pele era branca, quase translúcida.  Enquanto ele se debatia e tentava se soltar, Ilyana pôde ver que se tratava do homem de sua visão. A profetisa podia sentir uma fúria gigantesca dentro do prisioneiro.

    Spoiler:

    Enquanto isso, vários lingotes de ouro eram colocados em caixotes no centro da vila, onde Teryn bebia cerveja e ria ruidosamente.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Dom Dez 27, 2015 9:58 am

    Ilyana aproximou-se e viu de perto o prisioneiro e sentiu um misto de surpresa, reconhecimento e por fim lástima para então dizer - Um dragão? Se você tivesse um agora não estaria assim meu caro. O augurio de meu Deus não deve ser ignorado e você tem sorte de estar nele. - Diz e joga um pouco do liquido da cabaça de agua abençoada no homem e diz - Queres viver mais do que um dia? Então aquieta-te por agora e verei o que posso fazer. -Foi falar com o guarda ela então vira-se para o guarda/torturador - É o que me basta. Tirarei o fardo de vossas mãos, veja a quem sirvo e reconheça. O senhor sob as ondas demanda que eu leve esse homem daqui então mantenha vivo por agora. -

    Ilyana dirige-se a Teryn - Vamos levar o prisioneiro também, a visão mostrava várias coisas e ele faz parte do vaticínio de senhor sob as ondas e não seria sábio ignora-lo - E vira-se para o líder de Volmark - Sua custódia sob aquele homem terminou. Limpe-o, trate de suas feridas e mantenha o vivo não e não estou pedindo por mim. - Diz apoiando-se no cajado de madeira de naufrágios e podia-se jurar que uma onda bateu sob um rochedo fazendo barulho bem nessa hora conveniente.
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Dom Dez 27, 2015 1:11 pm

    Spoiler:
    Teste de Vontade ( Você tem 2 Dados ) com dificuldade 9 para impor a sua vontade de pegar o prisioneiro para si.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Dom Dez 27, 2015 1:40 pm

    Certo novamente porque não saiu nada antes gaijin386 efetuou 2 lançamento(s) de dados (d6.) :
    3 , 2
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Dom Dez 27, 2015 2:00 pm

    O guarda não respondeu nada, apenas assentiu com a cabeça. Ele ficou parado ainda segurando o prisioneiro. Outros homens se aproximaram da dupla, zombando do homem ferido. Ilyana então foi até o centro da ilha de Volmark, onde se encontrava uma fogueira e vários caixotes com lingotes de ouro, os quais se tratavam do pagamento para a tripulação de Teryn ir embora sem causar uma devastação na ilha.

    Teryn e o líder de Volmark conversavam. Eles não falavam como amigos e sim como homens que se odeiam mas que estavam sob trégua. A sacerdotisa então falou para Teryn e logo depois para o líder. Eles se entreolharam por alguns segundos. Teryn parecia concordar, mas sua expressão dizia que ele pouco se importava com um prisioneiro. O líder de Volmark aproveitou a brecha e começou a dizer desconfiado.

    - Nosso tratado foi apenas que vocês deixariam a ilha em troca de ouro. Eu não me lembro de concordar em entregar o prisioneiro. - Ele fez uma pausa, lançando um olhar a Ilyana, como se suplicasse por ela entender a sua última frase. - Volmark foi ofendida por aquele homem, é por isso que ele deve ficar aqui. Estamos em uma situação tão ruim que um homem não pode dar fim a vida de alguém que o insulta?

    Teryn ficou em silêncio e deu de ombros, claramente pouco interessado com o futuro que aguardava o prisioneiro.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Dom Dez 27, 2015 2:21 pm

    A sacerdotisa respirou fundo para responder pragmaticamente não impondo seus termos, mas explicando-os - Digamos que a presença dele causa incomodo a você e os seus então não é de vosso interesse que o incomodo deixe sua comunidade restaurando a paz novamente? E quanto a punição... se eu o levar foi porque o deus afogado assim o quis, mas o senhor sob as ondas ainda não revelou qual será o destino dele existem coisas piores do que a morte caro lider de Volmark pode estar certo disso. - Diz fitando com seus olhos violáceos e distantes.

    Ela balançou a túnica e se apoiou novamente no cajado - E agora vocês estão sob a proteção da casa Greyjoy e qual não seria o melhor primeiro ato disso do que restaurar a sua tranquilidade novamente e lembrar de quando nossas hostes balançarem sob Westeros que esta ilha, este lugar, que Volmark será lembrado na ajuda, presteza e também nas recompensas que virão - diz numa sentença explicativa para vantagens que Volmark irá ter futuramente embora esteja causando custos agora.
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Dom Dez 27, 2015 3:25 pm

    O homem cuspiu perto do pé de Ilyana, a saliva era amarelada e grossa. Seria um insulto ou apenas a falta de gentiliza de um homem que vivia em uma ilha afastada? Ele pareceu tranquilo, não demonstrando qualquer reação. Ele apenas ficou ouvindo que a sacerdotisa tinha a dizer, concordando com a cabeça em algumas ocasiões. A mulher misteriosa havia tocado em um ponto importante, todos temiam os Greyjoys. Dessa forma, Ilyana viu o homem mudar de opinião.

    - Por mais que eu o queira morto, acho que você tem toda razão. Espero que o Deus Afogado faça bom uso dele, esse homem é uma pária. - Ele ficou parado, mas depois decidiu que não precisa mais se manter em silêncio a respeito de quem o homem era. - Ele diz que seu nome é Viserys e que veio de Essos em busca de espadas para sua causa. - Ele deu uma risada, achando graça daquilo. Teryn o acompanhou. - Ele se diz rei por direito de toda Westeros, e no entanto, está aqui em Volmark suplicando que não o afoguemos. Esse sem dúvida é um rei de nada. - Ele pareceu satisfeito em ofender o prisioneiro. - Alguns pescadores da ilha viram um barco com uma proa em formato da cabeça de um leão. Estamos preocupados que eles tenham vindo em busca de Viserys, então tomem cuidado no mar. Nós íamos mata-lo para não nos preocupar com esse navio, mas creio que essa tarefa é de vocês agora.

    O líder então esperou a resposta enquanto seus homens bebiam e arrumavam o tributo, o qual já estava próximo de ser empilhado em sua totalidade prometida.


    Spoiler:
    Apenas lembrando que o seu personagem não sabe quem é Viserys.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Dom Dez 27, 2015 8:48 pm

    - O levaremos e vocês ficarão em segurança. - Se esse Viserys conseguiu atrair o interesse dos Lannister para sua pessoa talvez aja algo mais do que um maluco gritando de Essos. - Que as ondas prosperem a Volmark. Afinal o que já está morto nunca morrerá... - Virando-se para Teryn - Você ouviu isso? Será que os leões nadam tão bem quanto rugem? Se eles querem o prisioneiro talvez ele tenha seu valor. - Diz Ilyana ainda curiosa sob o que ouvira e bem apreensiva sem demonstrar já que os inimigos estão a espreita.
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Seg Dez 28, 2015 3:54 pm

    Teryn ficou apreensivo, mas tentou não demonstrar seus pensamentos.

    - Eu não acredito que os leões estejam vindo até o norte. Eles enfrentam uma guerra, se desfazer de um navio de guerra seria uma perda muito grande para sua frota. Acredito que se trate mais de piratas do que os próprios leões. - Ele fez uma pausa, olhando para Ilyana. - Talvez esse prisioneiro seja um presente de nosso deus, podemos conseguir algum ouro com ele.

    Com isso, o líder de Volmark entrou na conversa, informando que o tributo já estava empilhado e que toda a situação fora resolvida em paz. Dessa forma, o ouro foi levado em direção ao Fúria do Sol, aonde os tripulantes se preparavam para um novo desafio, o qual era retornar aos Greyjoy em segurança. Viserys fora trazido pelo líder de Volmark preso em uma corrente, mas assim que ele viu que o navio já estava pronto para zarpar, ele entregou-o para Teryn.

    Teryn o amarrou em uma parte da proa, de modo que todos os homens pudessem vê-lo. Era justamente o local que a sacerdotisa costumava viajar. Era onde a profetisa se encontrava. E dessa forma, o navio deixou a segurança da terra e começou a se mover pelo mar, trazendo um curioso espólio em sua proa.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Seg Dez 28, 2015 10:27 pm

    - Talvez tenha razão Teryn, mas seja como for que o senhor sob as ondas nos conceda uma viagem segura e ventos favoráveis.  Se tudo o que disseram sob o Fúria do Sol se comprovar nenhum outro barco nos alcançará. -
    Ilyana vai seguir a viagem como no inicio observando o mar e bem farei uma prece para ventos favoráveis. - Senhor, lorde dos salões sob as ondas e guardião do inexorável destino dos homens que vê e sabe conceda a estes pecadores uma viagem prospera e segura de volta para casa. - Diz em meio ao rito que envolvia passos e giros circulares onde a agua da cabaça fazia um circulo ao redor de Ilyana que no momento se ocupou com este procedimento, embora tivesse um ou dois questionamentos ao prisioneiro. Parte da visão se manifestara o que mais viria a seguir?
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Sab Jan 02, 2016 5:21 pm

    O Fúria do Sol se afastou da costa, entrando em alto mar. O prisioneiro que estava amarrado a proa ficou em silêncio durante todo o dia, recusando-se a falar com qualquer pessoa que tentasse iniciar uma conversa, até mesmo Ilyana. Pelo menos, a sacerdotisa tivera êxito em sua oração, uma vez que o mar parecia calmo, significando que logo chegariam em casa. Um grande engano.

    No fim do primeiro dia, quando o sol começava a aparecer perto da borda do mar sem fim, Ilyana pôde ver algo que todos ali temiam. Era algo vermelho que cruzava o mar em direção ao Fúria do Sol, a proa em formato de leão era inconfundível. Somente Ilyana havia visto até o momento, mas enquanto ela observava da proa, o prisioneiro riu e cuspiu na madeira.

    - Ótimo. Agora morrerei dentro dessa maldita caixa de madeira. Um fim indigno para um rei como eu. - Ele riu, claramente achando graça da situação. - Eu já vi esse navio antes, eles estavam me perseguindo. É um navio muito veloz, feito para saquear e fugir. Nem mesmo todo o esforço que for desprendido irá nos salvar. Eu fui para ilha de Volmark justamente para me esconder deles, mas pelo visto eles não decidiram. Malditos leões, mataram toda minha família e agora estão atrás de mim.

    Enquanto o homem falava, Ilyana retornou ao seu mundo interior. Ela recordou todo o sonho novamente, observando as ondas gigantes que destruiriam tudo. E quando ela retornou para a visão real, ela percebeu que o céu estava se tornando negro. Uma grande tempestade se formava naquele dia.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Sab Jan 02, 2016 6:46 pm

    Ilyana olhou para o mar em processo de revolta e viu as nuvens negras que se formavam ao mesmo tempo que o barco se aproximava estava surpresa que o homem de vigia alto do cesto da gávea ainda não tivesse percebido a aproximação. Virou-se para o prisioneiro e disse - O senhor das ondas não costuma ficar impassivo frente a quem se interpõe contra a sua vontade e o que sabem os leões? QUE SABEM SOBRE A VONTADE DO DEUS AFOGADO! AQUI É O SEU DOMÍNIO, SUA CASA! - Bate com o cajado no chão do barco e grita para que para o marinheiro mais próximo - AVISE A TERYN QUE TEMOS COMPANHIA. -

    A sacerdotisa faz um pequeno corte na mão e mistura com a agua salgada para recomeçar a dança e orações - Meu senhor nos ajude... -  Então Ilyana olha fixamente para o mar e tempestade revoltar para começar um mantra diferente do que tinha feito até agora, pois até então solicitava coisas boas e bênçãos, mas agora a voz assumira uma tonalidade diferente e o que se ouvira era maldições para contra aquilo que estava a vir:


    -A fúria do senhor das ondas não tem a piedade.
    A piedade do senhor das ondas não é para os orgulhosos.
    A força do senhor das ondas não é para os fracos.
    De sua morada ele ergue a mão que se interpõe sob os inimigos.

    Infinito é seu domínio.
    Inexorável é seu poder.
    Aterrorizante é sua raiva.
    Malditos sejam aqueles que ousam a desafia-lo.
    Eterno é seu nome e o que está morto nunca morre apenas levanta-se mais forte.  -


    Certo espero que telefone divino não esteja ocupado Razz.
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Dom Jan 03, 2016 3:57 am

    O prisioneiro riu com desdém, mas logo ficou quieto quando escutou as estranhas orações da profetisa. O marinheiro que estava mais perto correu para avisar Teryn e os outros homens. Dessa forma, um estado de alerta foi tomando conta de todos os homens, os quais pareciam ansiosos para se ver livre do navio vermelho.

    O sangue da profetisa se misturou com a água salgada, pintando levemente a proa quando o líquido era derramado na madeira. Os homens pareciam temê-la, Ilyana podia sentir os olhares nervosos cercando-a. Até mesmo o prisioneiro parecia temer o que a mulher falava naquele dia.

    As orações em tom destrutivo de Ilyana tiveram um efeito, mas um efeito diferente do esperado. Pode alguém domar o mar? Pode alguém direcionar a fúria do deus afogado? Ilyana era uma sacerdotisa, cujo poder ainda se mostrava desconhecido, mas a cada dia que se passava Ilyana tornava-se mais forte. A magia parecia cada vez mais forte dentro da mulher. Mesmo assim, havia algo no mar naquele dia que transcendia qualquer tentativa de magia. Ilyana pôde sentir um frio nos ossos, como se uma grande força estivesse pronta para despertar. O mar seria imparável naquele dia.

    Ilyana teve uma visão, complementando as outras que ela já havia visto. Na visão, o mar havia se transformado em sangue e havia uma fúria contida dentro da água, a qual provocava onda vermelhas de um tamanho assustador. Tudo que era atingido pelas ondas, inclusive navios, era destruído. A única coisa que permanecia incólume era uma pessoa de cabelos prateados.

    E como um efeito contrário na realidade após a oração, uma chuva forte começou a cair.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Dom Jan 03, 2016 9:31 am

    Ilyana olhou para o efeito da prece e agradeceu, mas apesar de ter o favor não podia impor quando e como seu Deus agiria apenas solicitar a sua intervenção e nesse momento sentiu-se abençoada, pois ele havia respondido não como o esperado, mas mesmo assim respondido.

    Ela se volta para o prisioneiro e diz com um sorriso contrafeito - Está feito. - vira-se para um dos marujos e diz para levarem o prisioneiro para dentro, pois não seria de utilidade ele estar no convés numa batalha. Ilyana se junta a Teryn perto do leme e diz - Ele ouviu, mas devemos ser merecedores. -
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Seg Jan 11, 2016 9:45 pm

    Teryn tentava mostrar que não tinha medo algum, mas Ilyana sempre fora habilidosa em perceber as nuances de uma pessoa. O capitão do navio Fúria do Sol tentava se mostrar inabalável, a fim de que seus homens não temessem o que estava por vir. Isso no entanto, pouca coisa adiantava, uma vez que grande parte da população era composta de homens acostumados com o mar, e por isso, sabiam muito bem o perigo de uma grande tempestade em alto mar.
    Teryn olhou para Ilyana, assentindo enquanto gritava com alguns homens que se preparassem para ventos fortes.

    - Nós sempre merecemos, somos homens das Ilhas de Ferro.
    - Ele deu uma risada. – Além do mais, estamos carregando uma boa quantidade de ouro, de modo que os homens farão o melhor.
    E dessa forma, a chuva torrencial caiu sobre o navio.

    Primeiro veio o vento, logo em seguida as ondas aumentaram, chocando-se contra o casco do Furia do sol. Ilyana pôde sentir que o mar se assemelhava com a sua visão. Em então veio o primeiro contratempo. Uma onda muito grande se chocou na lateral do navio, fazendo com que alguns remos se quebrassem, o Fúria do Sol perdia velocidade em meio as grandes ondas. A sacerdotisa podia ver que o navio inimigo se aproximava cada vez mais, em breve os dois navios se encontrariam, será que o mar ficaria vermelho como nas visões da profetisa?
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Seg Jan 11, 2016 10:06 pm

    Ilyana não respondeu mas pensou Mereçam ou pereçam Olha para o barco adversário -Que os leões também sejam testados nos domínios do senhor sob as ondas. - Checou seu cajado e o punhal que carregava, podiam ser necessários logo em breve, enfaixou o ferimento da mão com panos que carregava. - A hora da verdade se aproxima. -
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Ter Jan 12, 2016 1:49 pm

    As ondas continuaram e a tempestade ganhou volume, tornando aquele dia em uma noite escura e perigosa. Um longo tempo se passou com todos tentando se manterem a salvos, mas o navio vermelho havia emparelhado com o Furia do Sol. Ilyana podia ver os homens no navio adversário, podia ver a fúria que eles possuíam. A maioria carregava longas espadas e outros ousavam carregar machados, todos estavam a espera do momento em que as proas se chocariam.

    O Furia do sol não era um navio indefeso, Teryn havia ordenado que seus homens preparassem uma defesa, de modo que os inimigos enfrentariam uma fileira de homens assim que pulassem para dentro da embarcação. Seja como for, a luta começou em segundos.

    Houve um grande ruído de madeira se partindo quando os dois navios se chocaram, e logo o primeiro homem pulou de um barco para outro. Teryn o matou, movendo-se de uma maneira impressionante para um homem corpulento. Não havia tempo para comemorar uma morte, pois mais homens pulavam a cada segundo dentro do navio. Barulho de espadas competiam com o barulho das águas, tamanha era a ferocidade da batalha. Enquanto Ilyana assistia aquele combate mais afastada, ela viu dois homens com elmos de leão romperem a linha de defesa, e assim, caminharem em direção a sacerdotisa. Ela podia ver o desejo de sangue que eles possuíam ao andar.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Ter Jan 12, 2016 10:57 pm

    Ilyana não esmorece e seriamente encara seus inimigos com seu cajado em punho e a cabaça de água sagrada em mãos ela faz nova oração em novos passos rituais circulares como uma dança e novos cânticos são entoados.
    Senhor sob as ondas...

    Onde sou fraca, mostre-me força
    Onde sou forte, me mostre à fraqueza
    Onde sou tola, mostre-me sabedoria
    Onde nada vejo, mostre-me onisciência


    Ela coloca um pouco da água na boca e cospe e termina a prece

    O seguirei até as profundezas e aos salões
    Onde não terei fome novamente
    Não me afogarei novamente
    Meu sangue derramaria para nadar no eterno mar

    Não terei outros deuses além de você o que já está morto não poderá morrer, mas se ergue mais forte

    Segura o cajado em desafio e acredita na sua causa e que não foi abandonada na hora em que mais precisa.
    Vinah
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1340
    Reputação : 0
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Vinah em Qua Jan 13, 2016 1:03 pm

    Os cantos de Ilyana ecoam pela proa do navio, mas o som se propaga de maneira débil devido ao barulho do aço chocando-se contra aço. A batalha estava ficando cada vez mais intensa, parecia que o exército dos leões era inesgotável. Homens lutavam ferozmente em meio a sangue, sal e água.

    Os dois inimigos ainda caminhavam em direção a Ilyana, um dos homens possuía uma espada suja com o vermelho de sangue. E ao que tudo parecia, ele ainda parecia ter apetite para mais uma morte. Enquanto eles se aproximavam, uma onda chocou-se na lateral do navio, fazendo o mesmo balançar repentinamente. Um dos perseguidores de Ilyana se desequilibrou sobre a amurada do navio, e logo depois este caiu no mar agitado. Agora restava apenas um homem, e ele se aproximava cada vez mais. Ilyana podia sentir o hálito quente com cheiro de cerveja que saía da boca do homem.
    gaijin386
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1663
    Reputação : 0

    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por gaijin386 em Qua Jan 13, 2016 2:03 pm

    Ilyana não se move do circulo que traçara ao redor de si, mas se posiciona ameaçadoramente e entoa novos cânticos

    Senhor, guardião das tempestades e o açoite dos temerosos marinheiros, novamente eu lhe contemplo em oração...
    No coração da fúria que está em no seu eterno domínio. Das profundezas do mar que você testa a todos os mortais e deles dispersa tudo que é precioso...
    Por sua inigualável sabedoria e sua piedosa caridade eu sobrevivi e prosperei, embora não sendo digna de ambas as graças. Por tudo isso e muito mais eu sou eternamente grata...
    Se não fosse o vosso ínfimo esforço minha inevitável ruína estaria selada. Possa eu nunca falhar e servi-lo a contento meu senhor, que sua fúria possa estar para sempre em meus pulmões...
    Que eterno seja seu nome.  Eterno seja o seu domínio. E eternamente eu servirei...
    Que vossa vontade seja feita...
    A moda dos piratas eu coloco a faca na boca e a seguro nos dentes enquanto seguro o cajado em desafio para que o mesmo adentre minha área delineada.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Ilyana, A Profetisa - Gaijin386

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Ago 19, 2017 8:03 am