Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Compartilhe
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Soviet em Ter Dez 08, 2015 3:58 pm

    13 de Mirtul de 1372 CV

    A carroça arrastava-se sobre a estrada de terra, chacoalhando por causa dos sulcos feitos pelas rodas de muitas outras carroças e pelos desníveis naturais a esse tipo de estrada. O sol estava alto no céu, uma esfera dourada de calor insuportável. O cabelo ruivo de Jorün estava pesado por causa do suor, colado contra a testa e a nuca da aasimar, que vertiam gotas salgadas de desgosto. Logo a caravana faria sua pausa para o almoço, mas Jorün não sentia fome alguma, apesar de já fazer algumas horas que teve o desjejum. A paisagem era agradável; a irregular e escarpada Costa da Espada e o oceano sem fim à direita e o bucolismo das montanhas e florestas com seus homens do campo à esquerda, mas a barda já estava começando a ficar cansada daquilo.

    Não foi difícil para a aasimar conseguir uma carona para o sul. Sendo belíssima e carismática, saber cantar e tocar seu alaúde foram apenas detalhes, e Jorün sabe disso. Não bastou mais do que alguns minutos de observação para constatar que era uma das poucas mulheres no comboio de oito carroças. Ali havia apenas a esposa e a filha do líder da caravana, Lasar Queryor, duas mercenárias contratadas para proteger as vidas e as mercadorias transportadas – e elas, dentro do grupo mercenário, eram as únicas mulheres em doze pessoas – e Jorün. Antes do final do primeiro dia de viagem a barda já tinha se tornado amiga das duas mercenárias, Ammij e Seluue, e dividia a barraca com elas. Enquanto uma cumpria seu turno de vigia, Jorün e a outra mercenária dormiam. A aasimar, que não teria aonde dormir e ficaria vulnerável às investidas noturnas de homens solitários e bêbados, conseguiu remediar os dois problemas com apenas uma solução.

    Encontrar uma solução para o terceiro problema talvez seja mais complicado. Viajar com uma caravana era um exercício de paciência, já que eles seguiam viagem muito devagar, avançando poucos quilômetros a cada dia; e Achazriel já estava com um dia de vantagem, sozinha e à cavalo. De Águas Profundas até o Vau da Adaga existem 193 quilômetros de estradas ruins e belas paisagens e, depois de três dias de viagem, o comboio tinha percorrido pouco mais da metade do caminho, deixando a Floresta Ardeep para trás apenas no dia anterior. Jorün precisava de uma forma mais rápida para viajar ou teria que começar a aceitar a ideia de que talvez perdesse o rastro de sua irmã. Também havia toda a conversa sobre o exército que se formava em Águas Profundas para lutar contra as criaturas que foram libertadas. Alguns diziam que isso era culpa dos vultos que tinham surgido naquela cidade voadora sobre o Anauroch, outros que era culpa da ganância de alguns homens. Independente do responsável, todos estavam apreensivos com esta situação.
    Colleen
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 438
    Reputação : 0

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Colleen em Qua Dez 09, 2015 10:55 am

    Conforme o sol sobe e o calor aumenta, prendo meu cabelo bem alto na nuca em um rabo de cavalo, usando uma tira fina de couro para isso.

    A extrema lentidão da viagem não apenas é entediante, como também começa a me deixar preocupada pela possibilidade de chegar tarde demais ao Vau da Adaga.

    Sentada na carroça, dedilho distraidamente o alaúde, de maneira aleatória, sem chegar a tocar nenhuma música, enquanto olho ao redor considerando minhas opções. Roubar um dos cavalos do grupo durante a noite não seria justo com essas pessoas, além de ser arriscado demais. Partir andando na frente nunca iria funcionar, pois sem uma montaria eu não poderia andar muito mais rápido do que já estava avançando e ainda ficaria cansada da caminhada. Minhas poucas moedas de ouro são insuficientes para conseguir um cavalo (ainda mais a essa altura), mas talvez... hm... uma ideia mais plausível começa a se formar em minha cabeça. Olho ao redor examinando os viajantes que possuem uma montaria própria (ou mais de uma).

    'Talvez um desses cavaleiros também esteja entediado, ou com pressa. Talvez um desses homens possa ser convencido a partir na frente, me levando consigo... talvez minhas poucas moedas sejam o bastante para comprar esse lugar na garupa, ainda que eu não possa comprar um cavalo... talvez aquele rapaz que insiste em me lançar sorrisos nem sequer precise de moedas para me levar...'

    Tento identificar o melhor alvo do grupo para ser convencido a partir na frente me levando. Excluo todos os que não tem uma montaria própria (e os que tem montarias adicionais ganham 'pontos extras'). Levo em conta que os que viajam sozinhos tem mais chances de aceitar, pois outros não vão querer se separar de seus próprios grupos. Para convencer a pessoa estou disposta a usar lábia, minha simpatia (que pode incluir desde simples sorrisos, até olhares provocadores, dependendo da pessoa em questão), rações de viagem, ou algumas moedas de ouro – nessa ordem. Vou evitar ao máximo escolher um alvo que possa se tornar perigoso quando nós dois estivermos sozinho.

    off:
    Não sei que jogadas eu precisaria fazer para identificar o melhor alvo... com a última frase o que eu estou tentando é encontrar pessoas que devam ter alinhamento 'bom', ou pelo menos 'leal e neutro'.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Soviet em Qui Dez 10, 2015 1:03 pm

    Jorün olha ao redor, prescrutando e pesando as possibilidades na sua cabeça. O rapaz que sempre sorria para a barda estava fora, pois ele era um dos mercenários. Havia um halfling que viajava sozinho com um cavalo, grande demais para ele, por isso ele seguia viagem a pé, enquanto o cavalo seguia amarrado à uma das carroças centrais. Também havia um outro homem que viajava sozinho. Este tinha em torno de 30 verões, era alto e tinha uma boa constituição, além de uma barba castanha espessa e olhos azul-escuros duros. Das duas opções, o halfling parecia uma muito mais interessante em todos os aspectos.
    Colleen
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 438
    Reputação : 0

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Colleen em Sab Dez 12, 2015 1:55 pm

    Preparo-me mentalmente para abordar o halfling antes de partir em direção a ele, deixando o alaúde largado sobre a carroça. ‘Shaundakul, me ajude a convencer esse pequenino a partir na frente comigo. Ou terei que tentar a sorte com o homem de barba...’, penso comigo mesma.

    “Como vai mestre halfling!”, digo me aproximando, com um sorriso animado. “Vejo que você não se cansa de andar, mesmo caminhando a maior parte do tempo. Isso é de se admirar, ainda mais considerando o calor que está fazendo...” deixo a frase no ar permitindo que ele faça algum comentário enquanto agito os cabelos afim de me refrescar um pouco, antes de prosseguir com o diálogo. “Mesmo assim, não estamos nem perto de chegar ao Vau da Adaga. Nesse ritmo, essa viagem irá durar pra sempre. Eu estava pensando... o que o senhor acha de nós dois partirmos na frente? Podemos ir no seu cavalo e em troca eu divido com você minhas rações de viagem?...”. Termino de falar lançando a ele um olhar meigo e suplicante.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Soviet em Qua Dez 16, 2015 2:28 am

    O halfling olhou para Jorün de baixo, mas pareceu que os dois são da mesma altura. O pequeno parecia estar na meia idade, pois algumas rugas cortavam sua testa e faziam volume sob os olhos, e um punhado de fios brancos surgia da cabeleira negra. Ele se vestia bem, apesar da simplicidade das roupas.

    - Eu gosto de andar, é uma das qualidades do meu povo - A voz aguda lembrou uma criança à Jorün - Mesmo com este calor.

    O halfling ouve a proposta com olhos astutos e orelhas erguidas. Imediatamente depois da barda concluir, ele continua.

    - Não posso partir com você, mas posso lhe vender o cavalo, caso esteja interessada - O pequeno olha para as vestes da barda, para sua cintura e de novo em seus olhos - 50 peças de ouro pelo cavalo selado.
    Colleen
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 438
    Reputação : 0

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Colleen em Qua Dez 16, 2015 12:14 pm

    Deixo que meu rosto responda por mim quando o halfling acaba de falar e minha expressão está dizendo 'não posso pagar esse valor...'. Minha espada de qualidade acima da média deve ter dado a impressão de que possuo recursos.

    "Mestre halfling, não possuo 50 peças. De fato não possuo quase nenhum dinheiro... há algo mais que eu possa fazer para convencê-lo a ir comigo?"

    Caso a resposta dele seja não (como já estou esperando que seja), direi com cautela, escolhendo bem as palavras: "Nesse caso senhor, bom... vou ver se há alguma outra pessoa nessa caravana que possa se interessar em partir na frente, mas se eu não encontrar ninguém... você poderia talvez aceitar algum objeto de valor como pagamento pela montaria? Como minha besta e virotes?"

    Espero pela resposta dele e vou ter com o homem de barba. Solto meus cabelos no trajeto; porém, ao invés de me aproximar do homem com sorrisos, utilizo uma expressão mais séria e ponderada, falando num tom negociador.

    "Bom dia, senhor. Estou achando essa viagem extremamente lenta e começo a pensar que vou chegar ao Vau da Adaga tarde demais para meus objetivos... estava pensando se você não compartilha da minha impaciência. Vi que você possui uma montaria e queria saber se você aceitaria partir na frente da caravana me levando consigo em troca de algumas rações de viagem e moedas que possuo... Não parece uma boa ideia?"

    Pisco os olhos na expectativa da resposta e mantenho um olhar muito atento à reação do homem, procurando qualquer traço de malícia em seu rosto que possa me alertar de que ir com ele é má ideia.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Soviet em Sex Dez 18, 2015 3:32 pm

    Jorün despejava as alternativas sobre o halfling, que apenas observava. Talvez fosse a ansiedade em chegar logo no Vau da Agada, talvez o desespero em não ter o ouro para comprar o cavalo, mas antes mesmo que o halfling pudesse dizer algo, a barda foi ter com sua outra opção. O homem era alto e redondo, com uma ampla barriga por baixo da camisa simples, mas os braços grossos indicavam que ele já foi alguém musculoso um dia, e que com certeza ainda conservava muita da força de sua juventude. Vendo-o de perto, a aasimar notou que ele era mais velho, beirando os 40 anos mas, apesar dos olhos indicarem a idade e experiencia do homem, seu cabelo e barba eram impecavelmente negros. Ele estava distraído quando Jorün se aproximou dele, mas logo toda a sua atenção era da bela e jovem mulher que vinha conversar com ele.

    - Parece uma excelente ideia! - O sorriso do homem cortava sua barba no meio - Será muito bom viajar com uma pessoa tão agradável. Deixa eu preparar o cavalo, nós podemos partir agora.

    O homem imediatamente foi até seu cavalo e começou a selá-lo, e Jorün não notou segundas intenções nele, apesar do que falara e da forma como o fizera. Enquanto pensava se esta seria ou não uma boa opção, a barda sente um cutucão num dos joelhos. Quando se vira, assusta pensando na possibilidade de ser algum animal, Jorün vê o halfling, que agora ria.

    - Vocês sempre se assustam com isso! -
    Ele falava entrecortando as palavras com risos - Você não me deixou falar antes de vir falar com aquele sujeito. Eu tenho uma proposta para você em troca do cavalo. Faça uma entrega para mim no Vau da Adaga e você pode pegar o meu cavalo. Mas você precisa deixá-lo no lugar onde fizer a entrega, ele é muito importante pra mim! O que me diz?
    Colleen
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 438
    Reputação : 0

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Colleen em Seg Dez 21, 2015 11:30 pm

    "Mas é claro, Mestre Halfling! Isso seria ótimo! Sim", digo com um enorme e genuíno sorriso e então lembro do homem barbudo. "Vou avisar àquele senhor que não preciso mais da garupa dele e arrumar minhas coisas e então pego com você o cavalo!", digo ao pequeno a minha frente e espero pela resposta dele.

    Somente após essa resposta é que vou procurar o homem barbudo, que deve estar se aprontando para sair. "Senhor, me desculpe, mas eu mudei de ideia! De qualquer modo agradeço muito que tenha se disposto a me ajudar!"

    Após me desvencilhar da ajuda de meu plano B vou organizar minhas coisas da maneira mais discreta possível afim de deixar a caravana de fininho, sem ser muito notada.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Soviet em Sex Jan 22, 2016 11:32 pm

    O halfling sorri.

    - Maravilha! Vou buscar a encomenda.

    Jorün foi até o homem barbado e lhe disse que tinha mudado de ideia. A decepção ficou clara em seu semblante e ele ficou parado olhando para a aasimar com os estribos na mão. A decepção se tornou uma ira contida e ele jogou os estribos dentro de sua carroça. - Faça como quiser!

    A barda em seguida arruma suas coisas e, com a mochila nas costas, se aproxima do halfling que colocava um pacote no alforje que o cavalo carregava. Ao ver Jorün se aproximar, o pequeno pegou outro pacote que estava no degrau da carroça ao lado dele. O ritmo lento da caravana não atrapalhava o halfling em nada.

    - Este pacote deve ser entregue no Templo da Colheita, no Vau da Adaga. Qualquer pessoa pode recebê-lo. Depois disso, peça para guardarem meu cavalo e avise que eu chegarei em alguns dias - O pequeno também coloca este pacote no alforje - Antes que se vá, não posso deixar de me apresentar à senhorita. Meu nome é Horian Pena Branca, escriba e devoto de Yondalla - Horian faz uma leve reverência apenas com a cabeça, sem deixar de andar - É um prazer conhecê-la...
    Colleen
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 438
    Reputação : 0

    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Colleen em Seg Jan 25, 2016 11:56 pm

    "Ora essa! O prazer é todo meu!", exclamo e então, sem dobrar as pernas, abaixo meu rosto até a altura do halfling e dou um demorado beijo no rosto dele.

    Lanço um olhar discreto para o homem barbudo torcendo para que ele não esteja reparando e volto a minha posição ereta. "Meu nome é Jorün, a... vermelha", digo, improvisando o epiteto. "Vou conduzir seu cavalo e sua encomenda ao templo de Chauntea, senhor Horian. Espero que faça uma boa viagem junto a caravana."

    Sem perder mais tempo coloco meus equipamentos no cavalo e monto nele. "Como devo chamá-lo?", pergunto a Horian, me referindo à sua montaria e então me afasto trotando.

    Tento fazer isso sem ser notada pelo homem que aceitou me conduzir na garupa e se ele notar, vou olhar várias vezes sobre o ombro, até ter certeza de que ele não está me seguindo.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Uma Viagem Lenta e Tediosa

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 7:12 pm