Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Compartilhe
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Aythusa em Ter Ago 07, 2012 9:30 am

    Era um dia radiante e repleto de alegria no Reino do Oeste.
    O sol brilhava dentre as árvores, iluminando cada casa, cada construção do reino. Todos os prédios eram simples e com cores vivas.

    Na praça central na cidadela do reino, viam-se sempre muito decorada, com barracas coloridas, artistas fazendo brincadeiras, como se todo o dia fosse dia de festa.

    As pessoas do reino sempre cumprimentavam todos sorrindo e fazendo gestos espalhafatosos, e, ao passarem próximo de uma música, dançavam e cantarolavam.
    Haviam aqueles mais sérios, sim, mas sempre passavam o dia treinando, estudando, caminhando... Eram estudiosos de alguma arte, adoradores de outras coisas, caracterizavam a honra no reino, sempre andando com postura mais séria, disfarçando seu lado "divertido".

    Gorus, Arzamarr e Tarcio chegaram ao Reino logo pela manhãzinha, e passaram o dia conhecendo a cidade, pois o Rei e a Rainha estavam em uma espécie de reunião e não podiam atendê-los de imediato.
    Passaram a manhã inteira perambulando o reino.

    Gorus se divertia na praça central, tentando aprender os segredos dos truques de mágica que alguns faziam ali, via animais voando saindo debaixo da saia de umas moças e se encatava com aquilo, tudo parecia surreal para ele. Cantava, comia, bebia... se inturmou facilmente na cidade, até melhor que em seu próprio reino.

    Tarcio passou grande parte da manhã recolhido junto dos guardas do castelo, vendo-os treinar. Alguns chamava-o para participar, mas ele não se sentiu muito a vontade de ir mostrar suas habilidades, era um pouco tímido para isso.

    Arzamarr por sua vez, passou a manhã pesquisando e quase interrogando todos os cidadãos que ele caracterizava como "suspeito", além, é claro, de provar de todas as comidas que poderia, beber a cerveja deles que não o agradou muito. Sentia falta da cerveja feita por sua raça.

    Já era metade da tarde, e todos estranharam por não terem sido chamados pelo Rei Euthuriel e a Rainha Mircéa para irem ao palácio. Se reuniram e decidiram por tentar ir novamente bater à porta do castelo.
    Dessa vez foram conduzidos ao Rei e a Rainha.

    O salão era elegante, cheio de cores espalhando alegria, mas nada muito colorido, mantendo a combinação perfeita de ordem e diversão.
    Haviam dois tapetes vermelhos, com margem dourada, um ao lado do outro conduzindo quem chegasse até a os tronos.
    O Rei estava com uma belíssima armadura, com ombreiras grandiosas e magestosas descendo uma longa capa vermelha, possuía uma postura imponente e um olhar firme, escondendo o sorriso nos lábios.
    Já a Rainha, estava trajada com longos vestidos branco perolado, inclusive um pouco transparente, com bordados dourados e uma linda jóia em seu pescoço. Sua mãe esquerda pousava na mão direito do Rei, sentado no trono ao lado.

    Os três representantes se apresentaram. Em seguida, após um tenso minuto de silêncio, a Rainha se levanta num salto, bate palmas e diz: "Isso é motivo de festejos! Os quatro reinos reunidos para um bem maior! Mandem entrar Tuffo, vamos começar com os festejos!"

    O Rei acompanha as palmas de sua rainha, parecia aprovar a ideia, mas não dizia nada. Mantinha sua postura, mas não escondia mais o sorriso no rosto.

    Tuffo entrou, fez uma reverência e logo começou a contar piadas, A Rainha pegou sua flaut transversal e começou a tocar uma melodia muito alegre enquanto todos preparavam o salão para a festa que estava começando. Mesas recheadas de comida vinham entrando de repente, musicos, casais, servos do castelo se aproximavam cantando, dançando e já festejando. Erguiam os três representantes que ficaram pasmados com tudo aquilo repentino e ainda estavam ajoelhados, os serviam bebidas e ofereciam frutas para saciá-los.

    Gorus já estava entrelaçando-se com uma das moças que trabalhava no castelo, cortejando-a quando de repente ouve-se a porta abrir, fazendo um grande barulho.

    - Disse que devia se apresentar antes de entrar no salão! Desculpe majestade, não pude evitar...o...o cavalo...ele... - Tentava explicar o soldado.

    Entrara no salão Beijamim, montado em seu corcel negro, representando as sombras.
    O Rei e a Rainha se assustaram ao vê-lo e, logo a Rainha gritou do outro lado do salão:

    - Está tudo bem, querido, era o convidado que estava faltando! Venha cavaleiro, traga seu cavalo até aqui e apresente-se formalmente. Depois poderá desfrutar desta festa. Agora sim, os Cindo Reinos estão reunidos.

    OFF:
    Podem fazer as suas interpretações, falarem o que quiserem. Fiquem todos a vontade.
    Tuffo ainda não sabe que será represetante do Reino do Oeste, mas pode agir também.
    Felarhix
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1754
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Felarhix em Ter Ago 07, 2012 10:24 am

    Tuffo havia sido chamado e sua roupa o deixava em destaque onde quer que fosse, mas para ele era normal e para os que o viam sempre também.

    Assim que foi avisado de que uma festa estava para acontecer ele chegou com piruetas e começou a contar piadas e brincar com os convidados.

    Com Arzamarr ele abaixou-se a altura do anão como se fingisse ser daquela raça, abraçou lateralmente o anão e gritou:

    CADE A CERVEJA! QUERO UMA LEGÍTIMA COMPETIÇÃO DE BEBEDEIRA COM MEU NOVO AMIGO AQUI!

    Antes do anão se dar conta o bardo se levanta em um salto e vai até o próximo convidado. Desta vez a vítima era Tarsio.

    Ele pára logo a sua frente. E retira de sua mochila uma Rabeca, era inacreditável como uma mochilinha daquela era pudesse caber algo daquele tamanho. O bardo então diz:

    Qual é seu nome?! Vou tocar uma música para você.

    Neste instante algo quebra um pouco o clima e um cavalo negro entra e ele aguarda a reação da rainha para saber do que se tratava.

    Mas logo quando vê que tudo se normalizou volta sua atenção para Gorus.

    Já vi que gostou das nossas dançarinas! Tome cuidado rapaz, você não faz idéia do que pode sair daí debaixo! diz ele se referindo aos truques feitos pelas moças.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7214
    Reputação : 81

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Edu em Ter Ago 07, 2012 12:40 pm

    Tarsio olha encantando para as dançarinas, musica toda e a festa. Não sabia que haveria tanta alegria assim quando chegassem, afinal o motivo da viagem era algo muito serio. Na hora que o bardo vem brincar com ele, entra o membro do reino das sombras num corsel negro. Tarsio olha desconfiado, não confiava em nada que vinha do reino das sombras. Sua atenção entretanto fica por pouco tempo no misterioso clerigo se mais uma vez para as dançarinas. Fica observando elas sem se mexer e nem falar nada.
    Glemilson
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Glemilson em Ter Ago 07, 2012 3:16 pm

    Beijamim aceita o Cavalo que a Rainha Namish lhe ofereceu e o batisa de Fúria Negra. Ele vai até o Templo de Nerull, prepara suas coisas e segue caminho até o Reino do Oeste.
    Chegando no reino ele procura de imediato o castelo do Rei Euthuriel, causando um pouco de medo e desconfiança na quela pacata cidade cheia de cores muito diferente do Reino das Sombras onde a Noite reina eterna.
    Chegando ao castelo ele deveria ir com Fúria Negra já o animal simbolizava o seu Reino e assim seria mais fácil de ser reconhecido pelo Rei e outras pessoas que tivessem o mínimo de conhecimento sobre o Reino das Sombras.

    Ele chega de rompante na sala de audiência onde parecia está havendo uma festa "Tolos dançando em suas próprias tumbas". Mircéa a Rainha dirige a palavra a Beijamim, ele soube de imediato de quem se tratava pelas suas veste e a sua fala mansa. Ele se aproxima do Rei e da Rainha, desce do Fúria Negra, ainda segurando as rédeas do animal que era um pouco arisco e poderia escoicear e até morder.

    Beijamim é um homem alto com veste negras assim como o seu cavalo, percebe-se pelo contorno do manto que lhe cobre que o homem usava uma armadura e um longa Foice nas costas capaz de degolar uma garganta facilmente, mas era impossível ver qualquer traços da pele do homem, devido ao manto, luvas e o capuz alem de uma mascara negra opaca que parecia sugar a luz.

    o Homem faz uma reverencia ao Rei e à Rainha retira o capuz que lhe cobre a cabeça e mostra-se um homem vigoroso de pele clara e cabelos loiros e de olhos azuis, estes eram possível ser vistos devido a fenda da mascara, por onde onde o homem olhava e então se apresenta.
    - Eu sou Beijamim, Beijamim das Sombras e como sabem sou o representante da Rainha Namish, mas não acho que este seja um momento para festejar nada, Rainha Mircéa a não ser que estejam festejando seus últimos dias de vida... a situação é crítica ele vai acordar em algumas luas, devemos nos apressar.
    A expressão de Beijamim é neutra devido a mascara, mas a sua voz é firme e determinada
    Pac Fawkes
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Pac Fawkes em Ter Ago 07, 2012 3:23 pm

    Apesar de por tempos o anão procurar por alguma cerveja que fosse superior a feita pela sua raça, não conseguia, e não estranhava o fato, aliás, se orgulhava disso.

    Já dentro do salão, o rei ganhava a admiração de Arzamarr no momento em que o anão vê a armadura grandiosa dele, admiração que não queria dizer absolutamente nada na verdade, talvez o anão não lhe desse uma martelada caso faltasse respeito com ele por uma vez.

    A rainha por outro lado, que roupa era aquela, o anão quase que teve de ajeitar a parte inferior da armadura que começava a incomodar, era bem animadinha e logo iniciou uma festa.

    Era muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, banquetes sendo servido, dançarinas entrando, a rainha começava a tocar um instrumento e alguns servos já começava a cantar e... MEEU DEUUUUS!.... Uma criatura surge na sua frente querendo o alegrar, abraçar e... Que isso!, o anão tenta resistir ao abraço do maluco que logo em seguida o desafia pra uma competição de bebedeira... O anão tenta segurar o riso mas não consegue. - HA HA HA HA!!!... Traz um jarro bem cheio pra mim!...Mas logo a criatura pula sabe lá pra onde.

    Poucos instantes depois, com o alarme de um soldado, entra o representante das sombras. O anão enrijece seu rosto, a expressão que fazia era muito séria e um tanto furiosa, nem mesmo Gorus havia visto no rosto do anão aquela expressão no pouco tempo que viajou com o anão.

    Imediatamente o anão segura com as duas mãos o martelo e caminha em direção daquele ser das trevas... Mas infelizmente a rainha interrompe quando estava a poucos passos de mandar a cabeça para a lua...

    - Foi por pouco rapaz! Exclama Arzamarr ao representante do reino das Sombras.



    Felarhix
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1754
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Felarhix em Ter Ago 07, 2012 3:55 pm

    Tuffo havia ouvido tudo o que o jovem que chegara de rompante dizia e não gostou nada. Assim, ele se tornou seu próximo alvo, arrancou risadas gargalhada até do anão e o próximo seria aquele mascarado.

    O bardo rodopia mais uma vez no ar e pára logo a frente do mascarado.

    Oi! Beijamim Beijamim das Sombras. Estou um pouco cansado da minha sombra, será que teria uma outra para me vender? A minha está um pouco gasta e sem cor, olhe! Diz o Tuffo apontado para sua sompra que trepidava atrás dele com a luz dos castiçais a sua frente.

    Em mais um movimento rápido ele pára atrás de benjamim com outro movimento que parecia mágica levanta o manto que o cobria e retira a aste de sua rabeca como se tirasse de algum lugar mais escuro que a mente do clérigo (se é que vcs me entendem).

    Então ele grita:
    Olhem garotas! Ele também sabe fazer os seus truques. Diz se referindo aos truques de sair coisas por debaixo das saias.

    Os movimentos haviam sido muito rápidos para dar tempo dele expressar qualquer reação. E Tuffo já voltava a sua atenção mais uma vez para o anão.

    Onde haviamos parado mesmo novo amigo?! Ah, sim! Uma competição de bebedeira eu dizia, prepare-se para perder ein?!
    Pac Fawkes
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Pac Fawkes em Ter Ago 07, 2012 10:57 pm

    O bobo da corte faz uma de suas piadas ao representante das sombras e outra vez a criatura espalhafatosa vem em sua direção com o papo de competição de bebedeira, mas desta vez o humor do anão não era o mesmo, nem mesmo uma bebedeira melhoraria seu humor.- Agora não!...

    Ele se esquiva do rapaz e se dirige ao tal de Beijamim, sem muita educação, pois aquele ser provavelmente não merecia, soltando o verbo.
    - Criatura das Sombras... Me diga você... O que sua rainha está tramando dessa vez!... FALE CRIATURA...!

    Sem esperar resposta de Beijamim, o anão se dirige desta vez ao rei, supostamente o avisando que seria um erro confiar naquele ser.
    - Vossa Graça... Se me permite... Esse ser não está aqui pra nos ajudar... Eles não conseguiram guardar em segurança o objeto, por que eu acreditaria que ele seja útil pra recuperá-lo?... Com todo respeito, tenho certeza que eu e você temos a mesma visão quando tratamos de honra, e sabemos que esses seres nem conhecem essa palavra... Não passa de um espião!

    Logo depois de falar alguma das coisas que tinha para falar ao rei, o anão dá dois passos em direção ao Beijamim novamente e cospe perto de seus pés, deixando claro seu repudio a ele, ao seu reino e a sua rainha.
    Glemilson
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Glemilson em Qua Ago 08, 2012 1:31 am

    Beijamim olha de canto de olho para o palhaço e o ignora, pouco tempo depois um anão rabugento qualquer se aproxima e falar qualquer merda, mas Beijamim o ignora totalmente e continua olhando para o Rei e a Rainha e fala:
    - Rei e Rainha do Oeste podemos conversar em algum lugar longe da criadagem, insisto que a situação é séria e essa criadagem mal-educada só atrapalha. Beijamim faz um movimento com uma das mãos tangendo os dois seres insignificantes, a que não estava segurando as rédeas do Fúria Negra e continua falando:
    - Se isto acontece-se com um dos convidados da Rainha Namish ela arrancaria até a sua sombra. Beijamim diz isso olhando, apenas por um breve momento, para o palhaço, quanto à criaturinha pequena e peluda que mais parecia um filhote de urso Beijamim não se deu nem o trabalho de olhar.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7214
    Reputação : 81

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Edu em Qua Ago 08, 2012 4:42 am

    Tarsio não parecia ter sido notado, pelo membro do reino das sombras. Ficava só observando, suas atitudes. Era estranho pensar assim, Beijamin era o membro do reino das sombras mas que usava as sombras pra se esconder agora era o ranger.
    - Engraçado, falta de educação e rudeza. Porque esperar outra coisa de um membro do reino das sombras? Você reclama da festa do rei e rainha, mas devia agradecer por não recepcionado pelo machado do carrasco vil criatura - Fala Tarsio saindo das sombras.

    Aproxima-se do clerigo e olha com desprezo.
    - Se você acha que isso tudo o atrapalha, bem o busque sozinho. Alias já ia me esquecendo, Tarsio do reino do sul - Termina de falar com um sorriso de sarcasmo.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Aythusa em Qua Ago 08, 2012 8:44 am

    O Rei que até o momento apenas olhava a todos, sentado em seu trono com sua postura impecável levanta-se e fala alto, fazendo com que todo o salão emudeça e lhe dê atenção:

    - Não estão em seus reinos para imporem seus desejos e vontades. São soldados enviados para uma causa e confio na liderança dos outros reinos para com seus enviados. Arzamarr, você compara sua honra com a minha, mas desconfio que nem sequer sabe o que significa, visto que não demonstra o mínimo de respeito com o convidado e soldado dos Reino das Sombras, lembre-se que é do respeito que nasce a honra! Beijamim, sei muito bem o perigo da situação, sei também que temos poucos dias para resolvermos isto antes que "ele" desperte, não me chame de tolo ou de ignorante! Está no MEU reino e, aqui, comemoramos cada situação e, sim, se tivermos que morrer, morreremos festejando e divertindo uns aos outros, pois a diversão é uma das forças deste reino.
    A Rainha ordena que a festa
    volte a acontecer como normalmente e, ainda, chama Tuffo para junto da conversa com os representantes do reino:

    - Tuffo, querido, venha cá, sim!? Alguns membros dos outros reinos precisam rir um pouco, nos ajude com isto está bem? Ah, Beijamim... Não prefere que o pequeno Fúria fique em nossos estábulos, temos uma égua que lhe faria companhia...

    Gorus apenas olhava tudo o que acontecia, para ele tudo aquilo apontava para uma coisa: confusão na certa. Aparentemente teriam problemas com o grupo e ele não sabia o que faria a respeito e apenas lembrava das palavras de seu rei "Confio em você, Gorus, para o sucesso desta missão".
    O jovem mago era sempre muito brincalhão, diferente dos demais magos que ele conhecia, mas ele concerteza analisava tudo e todos, prestando atenção em tudo.

    Gorus aproxima-se, ainda abraçado com uma das dançarinas, e diz à Tuffo:

    - Mais tarde irei descobrir o que pode sair daqui debaixo...

    Ele sorri e solta uma gargalhada enquanto continua andando, pára ao lado do jovem Beijamim, estende sua mão direita ao jovem, enquanto a outra abraçava a cintura da dançarina, cumprimentando e apresentando-se ao rapaz, cortando o comentário de Tarcio sobre "buscar sozinho":

    - Sou Gorus do Norte. Sou enviado para juntar o grupo e dar as informações importantes da missão. Embora já deva saber de várias, tanto quanto eu... Discutiremos muito até a Lua Cheia, não acha?

    Ninguém, ao não ser os dois, sabiam sobre a Lua Cheia. Gorus permanecia olhando atentamente e firmemente para os olhos do enviado das sombras, mostrando firmeza, respeito e, principalmente, que não o temia como os outros poderiam temer.
    Felarhix
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1754
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Felarhix em Qua Ago 08, 2012 9:15 am

    Tuffo não tinha medo do enviado das sombras e nem de ninguém isso ele havia aprendido com a Rainha, para fazer o humor é preciso saber brincar com respeito, deixando claro que é, de fato, uma brincadeira.

    Ele percebe que a Rainha o chamava e em piruetas vai até ele, afinal, era mais fácil vê-lo se movendo em piruetas do que normalmente (com os pés no chão).

    Sim, minha Rainha. O que precisa que eu faça? Uma piada, uma boa canção? O que sugere?
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Aythusa em Qua Ago 08, 2012 9:22 am

    A Rainha responde à Tuffo, rindo meigamente por suas piruetas:

    - Faça o que achar melhor, mas acredito que uma canção seria mais apropriado à ele, quem sabe não o anima a se divertir em nossa festa. Esta será sua missão agora, Tuffo, animá-lo a divertir-se!

    Ela termina a frase olhando nos olhos de Beijamim, sorrindo docemente.
    Felarhix
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1754
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Felarhix em Qua Ago 08, 2012 10:28 am

    Tuffo ao ouvir o que a Rainha dizia ele finge que desmaia.

    -Sério?! É muita emoção. Adeus mundo cruel...

    Em mais uma movimento rápido ele tira sua rabeca da mochila e diz:

    Tenho uma canção excelente para isso. Me acompanhe rainha em Sol Maior...

    Hoje acordei mais cedo
    Com uma estranha dormência no Dedo,
    Estiquei o como quem não quer nada,
    Com o positivo, dei a primeira gargalhada.


    Era o meu corpo me pedindo pra sorrir,
    Porque as vezes não sabemos pra onde ir
    No sono tudo é muito incerto,
    Então quando acordar, fique esperto.

    A festa estava para começar
    E todos reunidos no nosso lar
    Norte, Sul, Leste e Sombra
    Sim, hoje teremos uma festa de arromba!


    Tragam-nos mais cerveja
    O banquete será servido na mesa.
    Veja, consegui um amigo anão!
    Falta-lhes altura, mas sobra no coração.


    Do sul veio Tarsio
    Para percebê-lo não será muito fácil
    Pouco ele fala e muito ele olha
    O destino de seus olhos seria a linda Aurora? (uma das dançarinas)


    Do sul iremos direto para o norte
    Será que foi muita sorte?
    Gorus parece gostar da magia
    Ou será que gostou de onde ela viria?


    Das sombras apareceu o mascarado
    Parecia triste, nervoso ou seria preocupado?
    Nada de piada, nada de brincar!
    Até quando ele irá suportar?

    E eu Tuffo Makrena a vocês irei me juntar,
    Sorrindo, brincando e cantando...
    E entre mortos e feridos todos, eu disse todos, irão se salvar. (esse últma parte será recitada e não cantada)


    Após a canção ele curva-se para frente em cumprimento ao público.















    Pac Fawkes
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Pac Fawkes em Qua Ago 08, 2012 2:28 pm

    Arzamarr escuta a "bronca" do rei em silêncio, apesar de sua cabeça estar fervendo e visivelmente vermelho de raiva, altamente incomodado com aquela situação.

    Sem conseguir ficar no mesmo local que o imundo do ser das sombras, o anão some daquele lugar, os servos do rei, dançarinas, cozinheiras, todos saem da frente do furioso anão que que adentra outro comodo, iria procurar um tanque e lavar seu rosto, talvez iria se acalmar, mas como o bom anão que ele é, voltaria ainda mais furioso.

    Voltando ao salão, Tuffo, o rapaz mais serelepe do reino, cantava uma canção, ou recitava algo, que seja, o anão não manjava daquilo, mas por incrível que pareça, o som era agradável até aos ouvidos do anão, que começava a acalmar-se lentamente.

    Nitidamente mais calmo, Arzamarr se encosta na parede de braços cruzados, ao lado da entrada do salão, onde ficavam alguns dos soldados do Rei, pensava no que o Rei falava anteriormente, discordando de alguns pontos. "Esse humano querendo ensinar honraria a um anão!... Pffff! Pensava o anão, longe da multidão que estava concentrada mais ao centro do salão.

    Dali o anão ficava observando cada passo de Beijamim, cada gesto, cada palavra que saia de sua boca... Estava voltando a ficar tenso com a criatura. Ao menos Tarcio parecia ser prudente também, o jovem ganhava algum crédito com o anão pelo fato de não se curvar diante daquela criatura, como o alegrete Gorus fazia.
    Glemilson
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Glemilson em Sex Ago 10, 2012 1:55 am

    Beijamim ouve as palavras do Rei, mas percebe que não havia nada de interessante no que o homem dizia e não o responde, em seguida um esquecido sulista fala qualquer asneira e Beijamim retruca:
    - É melhor assim, um homem que se esquece até do seu próprio reino pouco utilidade tem... pouco tempo depois um homem chega perto de Beijamim e se identifica como Gorus, um enviado do Norte, aparentemente menos hostil que os outros. Beijamim retribui o cumprimento ao homem e fala:
    - É talvez sim, ao menos tem alguém aqui que reconhece o perigo se aproximando...

    beijamim olha para o Rei e fala:
    - Majestade, receio não ter o mesmo gosto por festas como vossa graça e se me permite pretendo me retirar.

    Beijamim pensa em dá uma volta pela cidade trajado de um morador da região, para ir em uma taverna ou algo espera ter mais sorte aqui do que no castelo de Namish.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Aythusa em Sex Ago 10, 2012 9:27 am

    A Rainha se encanta, assim como Gorus, pela musica cantada pelo rapaz.
    Ela imediatamente bate palmas em sua homenagem enquanto Tuffo volta a dar piruetas pelo salão, ao sacudir suas mãos aos ares com o bater de palmas, a Rainha move o vesstido deixando ver seus contornos por debaixo dele, mas foi breve o movimento.

    O Rei ouve o jovem se pronunciar, ele entendia a posição do rapaz e, por respeito à ele e ao seu reino de origem, o rei permite que ele não fique na festa.

    - Tudo bem Beijamim, pode ir. Mas cuidado com o que vai dizer ao meu povo dentro ou fora de meu castelo, certo? Ninguém está ciente desta situação. Embora preferisse que fossem todos juntos...

    - Majestade - interrompe Gorus - Se me permite dizer, esta festa está magnífica, mas sinto que os representantes não estão acostumados com tantos festejos e não estão a vontade com tudo isso. Agradeço à esta festa, mas acredito que seja melhor todos nós nos reunirmos na taverna mais popular do reino e conversarmos por lá. Afinal tavernas é um ótimo lugar para obter informações.

    - Han, certo... Por mim, Gorus, está tudo bem. Mircéa, querida, o que acha?

    - Acedito que a diversão tenha que andar com eles. São grandes soldados, pode-se perceber por sua postura, mas precisam unir-se mais, se divertirem... Querido, e se Tuffo os acompanhar?

    Se faz um minuto de silêncio, Gorus olha de soslaio para Tuffo que rodopiava a saia de uma das dançarinas para espalhar as aves que estavam por debaixo dela e que logo se rodopiava para outro lugar.

    Pac Fawkes
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Pac Fawkes em Sex Ago 10, 2012 4:22 pm

    Seria muita burrice do Rei deixar Beijamim caminhando livremente pelo seu reino, a figura do rapaz assustou um de seus soldados, imagine a reação dos habitantes... Sem contar que em pouco tempo já teria gente caçoando o rapaz com piadinhas infames, não o culparia se arrancasse a cabeça de um desses sendo o que ele é.

    Ir a taverna não era uma ideia tão má assim, ao menos beberia de monte enquanto os outros tratavam de obter informações, se tivesse sorte, encontraria um anão por lá pra fazer uma disputa de bebedeira ou uma queda de braço.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7214
    Reputação : 81

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Edu em Sex Ago 10, 2012 8:01 pm

    - Pra mim tanto faz, o que me preocupa é membro do reino das sombras andando livremente pelo reino. Entretanto se ele fizer alguma besteira é ele que vai ter que se acertar com a Namish, então.... tanto faz tambem - Dá um sorriso ironico novamente.
    Seria triste pra ele se afastar daquelas maravilhosa dançarinas, mas tudo bem. Haveriam outras oportunidades.
    Glemilson
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1460
    Reputação : 0

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Glemilson em Sab Ago 11, 2012 4:58 pm

    Beijamim faz uma breve reverencia ao Rei a Rainha e saí levando o seu Fúria Negra para o estabulo, mas não gostou nenhum pouco da ideia que os outros tiveram de também ir a uma taverna, mas não era necessário que seja a mesma então tudo bem para o Jovem.

    Chegando no estabulo Beijamim acomoda a sua montaria e sai andando pela cidade esperando encontrar um lugar solitário para que ele possa usar sua mascara tranquilo e em seguida se dirige para as tavernas mais baratas do lugar às de quinta categoria, perguntando sobre o "Verdadeiro Rei" do Reino das Sombras.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Aythusa em Ter Ago 14, 2012 8:47 am

    De fato, todos estavam liberados para vasculharem o reino, o Rei faz apenas um gesto e a festa termina da mesma forma que começou: de repente.
    A Rainha manda Tuffo junto, visto que ninguém pareceu estar contra a presença de mais um membro, por mais estranho que ele seja, no grupo.

    A noite estava vindo e com ela a alegria e festejos do reino apenas aumentava. Podia-se ver várias tavernas sendo lotadas, pessoas na praça comercializando e dançando como se o mundo fosse acabar em breve,talves acabaria, mas o povo não desconfiava do perigo que corria.

    Todos os cinco cavaleiros param em frente da praça central e então Gorus quebra o silêncio:

    - E então amigos, para onde iremos agora? Acredito que estão com muitas dúvidas sobre a missão e eu tenho que passar à todos. - vira-se para Beijamim e diz olhando para ele, mas dirigindo suas palavras à todos- Beijamim também tem muitas coisas para nos contar. Meu Rei disse que o enviado das sombras teria informações preciosas para esta missão...han... - o rapaz tosse como se não se sentisse confortável com suas próximas palavras - Quanto ao enviado das sombras, quero que todos o respeitem e não o julguem. Confiem nos seus Reis que confiaram na Rainha Namish ao enviar Beijamim. Sei que ele parece suspeito, mas afinal, nestas situações, todos nós também somos, não acham?

    Off:
    Podem interagir um pouco, conversem sobre o que farão agora, para onde irão para conversar sobre a missão.
    Podem ir à tavernas como sugerido antes, procurar o barbaro e o humano que encontraram na floresta (ou conversarem sobre ele), podem ficar na praça e tentar descobrir algo com o povo de lá.
    "Que os jogos comecem. Façam suas escolhas."
    Conteúdo patrocinado


    Re: Cinco reinos unidos: O início da missão.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Dez 15, 2018 4:41 am