Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Compartilhe
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Ter Jun 07, 2016 7:40 pm

    Vendo as agulhas de trevas vindo em sua direção, Abu saltava em um movimento acrobático para trás, girando dois mortais no ar com seu corpo leve e flexível,  pousando agachado sobre um dos joelhos. Levantando o olhar novamente, via que as sombras se moviam rapidamente e aquele homem parecia ser poderoso demais para todos enfrentarem, ainda mais por ele utilizar um tipo de magia obscura que acabara de conjurar. Seu pescoço nesse momento dava uma pequena agulhada e ele se lembrava que ainda não estava completamente curado, foi então que aproveitando que as sombras estavam se distraindo com sua parceira de luta, Abu correra alguns metros até alcançar um pedaço de madeira que estava pegando fogo o pegando em suas mãos, como uma tocha. “O melhor jeito de combater a escuridão é com a luz”. Ele então ia em direção a garota e parava ao seu lado, enquanto tentava golpear uma das criaturas das sombras balançando o sabre flamejante no ar, com sua tento na outra mão, mas na passiva.

    - É hora de deixar esse acampamento para trás garota, vamos dar o fora daqui antes que seja tarde demais! - Abu falava sussurrado em meio aos estalos do acampamento em chamas, sua voz saindo um pouco mais bestial do que ele queria, mas sua anatomia não permitia uma fala mais gentil.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Qua Jun 08, 2016 1:19 pm

    Em meio à batalha, Anemona pode observar o estilo de luta do estrangeiro e agradecia mentalmente por essa ajuda, ao mesmo tempo que o forasteiro era seco e direto ao sugerir a partida do acampamento. A jovem dançarina sentiu as pernas bambearem, abandonar tudo nunca tinha lhe passado pela cabeça.

    - Abandonar o acampamento? – disse no mesmo tom de sussurro usado pelo estranho e não conseguiu disfarçar o desespero em sua voz – não posso abandonar minha família e amigos, eles ainda estão lá. E meu pai foi arrastado pelas sombras naquela direção – apontou com o olhar no sentindo em que as criaturas haviam arrastado seu pai – você não pode me ajudar a resgata-los? – suplicou ao forasteiro surgido da escuridão do deserto – Por favor!
    spectro
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2950
    Reputação : 70

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Qua Jun 08, 2016 1:58 pm

    Monastério Biron / Siara

    Siara se preparou para o combate mas não quis iniciá-lo, a sua imagem foi primeiro, ela correu e se posicionou na frente da felina, se abaixou com ferocidade, a falsa Siara tentou uma rasteira, a verdadeira saltou para trás, o que ela não esperava foi o que seguiu, a falsa felina se levantou rápido e voou para cima dela com um chute voador giratório, o corpo de Siara girou no ar, a inimiga continuou, foram três golpes no abdômen de Siara, a menina caiu pesadamente no chão. A vilã pousou no chão sobre um dos joelhos e olhou para ela desafiadoramente.

    O golpe doeu Siara ficou um tempo no chão, com dificuldade se levantou, mas novamente o inimigo não perdoaria, chute giratório por cima, Siara abaixou, tentou usar suas garras, a cópia desviou, uma, duas, três vezes, ela girou, segurou Siara pelo pescoço por trás, pressionou tentando sufocar a felina.

    Siara segurou ela por trás do pescoço e arremessou a falsa oponente, ela girou no ar ficou em pé ao bater no chão, um movimento acrobático e ela já estava na cola de Siara novamente, foram vários golpes que sucederam, socos no rosto, Siara recebeu os golpes e sem consciência acabou dando passos para trás, a inimiga deu saltos para a retaguarda esperando a reação da jovem.

    Siara ficou de joelhos, o rosto machucado, a lembrança de Hana falando que ela não poderia enfrentar o mundo lá fora veio a sua mente, estava perdendo o combate, nem sequer conseguiu acertar um golpe, a oponente da felina sorria, ela tinha uma técnica letal, batia pra valer, parecia que não tinha sentimentos, não se cansava fisicamente, talvez não sentisse dor também.

    A falsa Siara avançou e golpeou muitas vezes a menina, foram muitos golpes, barriga peito rosto, Siara não pôde fazer nada, apenas perdeu o fôlego e seu corpo caiu no chão…

    Tudo ficou escuro…

    - Acho que ainda não está pronta para vencer a você mesma garotinha, os Pumas são um povo forte, porém é muito difícil vencer a si mesmo. Você entende o que isso significa? Vou lhe explicar.

    A voz anterior que Siara tinha ouvido mas não identificado continuou, parecia ser de um velho.

    - Nós podemos enfrentar até múltiplos oponentes, no entanto tentar ou vencer a si mesmo é uma tarefa quase impossível, nós temos a tendência de fazer o que é errado, constantemente somos sugados pelo lado negro, enfrentar a si mesmo é fazer com que o abismo do mal chegue mais perto de nós. Temos de fugir ou mesmo evitar chegar perto do abismo, pois se não estivermos perto do Abismo ele nunca nos tragará, entendeu Siara?

    Siara sentiu seu corpo flutuar, a dor dos golpes ainda reverberava em seu corpo, ela não conseguia se mexer, sua oponente havia desaparecido, e apenas aquela voz existia ali em meio a escuridão.

    - Jovem Siara você ainda não é capaz de vencer a si mesma, mas não se preocupe, são raros as pessoas que conseguem este feito.

    Off Game:
    Gakky por azar seu você errou o golpe e recebeu 2 ataques críticos total 46 pontos de vida você zerou e perdeu a luta, a voz tem algo importante a dizer então pode conversar com ela. È uma voz masculina de um velho.


    ________________________________________________________________________________________________________________

    Planícies Desérticas / Anemona Abu & Lexus

    A voz de Anemona foi abafada pelo som da onda de energia feita pelo homem de preto, Abu tentava afugentar as Shadows com uma tocha improvisada.

    O Homem de Preto fez sua bola de energia negra se tornar uma cúpula que envolveu os dois, as Shadows se mesclaram ao chão e saíram do domo, a energia negra envolveu Abu e Anemona, um vendaval de dentro começou a soprar forte, a chama que havia na ponta da tocha de Abu se apagou, as vozes dos dois que gritaram lá dentro não foi ouvida pelos de fora, as vozes e euforia dos de fora não fora ouvida pelo casal dentro do domo negro.

    A energia mística envolveu o casal, fazendo-os gritar ainda mais…

    Lá fora Lexus segurou o jovem Shino, correram até o acampamento ao chegar viram pessoas correrem de um lado para outro, ThunderRoar não entendeu, viu pequenos seres de sombra atacarem as pessoas, pegou Shino no colo e viu que o olhar do jovem não era mais o mesmo, não eram os de uma criança comum, havia magia, um olhar estranho, algo mágico, Shino levantou-as mãos, dois círculos mágicos apareceram em suas palmas, o garoto colocou as mãos em Lexus e uma onda energética percorreu seu corpo, o aprendiz de mago gritou, sentiu-se como se o seu corpo fosse esmigalhado em mil pedacinhos. Lexus desaparecia, mas não antes de ver o Homem de Preto, dando risada o acampamento haveria de ser destruído.

    Os três, Abu, Anemona e Lexus então desmaiaram e apenas a escuridão surgiu em um sonho sem fim.

    Anemona sentia um calor e ouvia um crepitar, um,barulho de madeira sendo queimada, ao abrir os olhos a garota nota que havia uma fogueira a sua frente, ela estava deitada, em um local que parecia uma caverna, dava para ver o lado de fora, era noite e o vento soprava forte, Anemona não estava só, havia mais duas pessoas, Lexus ela reconheceu e o outro homem que a havia ajudado no combate contra as sombras.

    No fundo da caverna estavam os três, apenas Anemona acordara, os dois estavam dormindo, ou desmaiados. Não havia mais ninguém ali.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Qua Jun 08, 2016 10:56 pm

    Mal tinha acabado de pedir ajuda para o estranho e ambos foram envolvidos pela energia macabra do vilão parado diante deles. Um desespero desmedido tomou conta da jovem, pois  percebeu que aquilo dificultaria ainda mais as chances de salvar sua família.
    Assim como o forasteiro, ela também gritava muito, mas era tudo em vão, o som parecia sólido lá dentro.
    De repente, o breu...


    Ela não sentia frio, mas nada como o calor aconchegante de uma fogueira para aplacar a dor e o cansaço. Ela despertava devagar, tentando entender o que acontecia ao seu redor. Piscou várias vezes e esfregou os olhos, percebeu que estava em uma gruta e no fundo dela brilhava uma fogueira. Olhou em volta e temporariamente tranquilizou-se ao ver que não estava sozinha, Lexus e o estrangeiro estavam ali também, adormecidos.
    Aproximou-se de Lexus e o sacudiu, na esperança de que acordasse logo.

    - Lexus! Lexus, acorde – o sacudia pelos ombros – por favor! Fez o mesmo com o outro rapaz de preto – moço? Moço acorda... acorda!

    Procurou para ver se ainda estava com sua faca e mesmo assustada com a situação, caminhou com cuidado até a entrada da caverna para tentar ver onde estava. Estava receosa de o monstro estar por perto.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Sex Jun 10, 2016 9:03 pm

    Dor, física e mental. Ser derrotada por sua própria cópia não era algo fácil de aceitar. O sentimento é de me entregar ao destino, seja ele a morte ou o que fosse. Lembro das palavras do sensei, talvez eu não voltasse viva. Eu sentia vergonha, eu tinha falhado, mas eu não podia, eu quero ajudar os outros, quero impedir o mau.

    Ouço o que a voz tem a me dizer, ele parecia saber muito sobre mim, até demais. Me sinto vulnerável, como se fosse de carne transparente. Presto atenção ao que ele me diz. Ficar fora do abismo... Era estranho admitir existir um abismo, mas não tenho muito o que fazer, então guardo o conselho para mim.

    Sinto o corpo flutuar, me pergunto onde eu estava. Não consigo me mexer, fico imaginando como estaria as condições de meu corpo. Seriam muitos hematomas? - Penso. Novamente a voz fala. Não compreendo, se é raro alguém vencer a si mesmo, então não sei o que fazer.

    - Não posso deixá-los, quero ajudar eles - Digo para voz - O que devo fazer? Não sou digna dessa missão? Vou morrer aqui? Mestre Taigan... Ele irá conseguir alguém melhor?
    spectro
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2950
    Reputação : 70

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Sab Jun 11, 2016 11:26 am

    Monastério Biron / Siara

    O desejo da garota era forte:

    - Taigan... Está preocupada com ele, mas não devia, aquele urso é forte, seu espírito mais ainda! Quer ajudar? Então terá de fazer algo, embora você tenha perdido o combate o seu poder combativo é muito alto sabia? Vamos começar pela técnica que Taigan lhe mostrou, a Spirit Ball.

    Uma esfera de energia branca apareceu diante de Siara. Suas mãos quase não conseguiram se mexer para tampar os olhos do brilho da esfera.

    - A Spirit Ball é uma técnica que precisa de controle de espírito, para invocá-la você precisa mais do que poder combativo. Mova suas mãos pegue isto...

    A bola de energia branca ficou menor, do tamanho de um melão, Siara teve dificuldades de erguer os braços e pegá-la. A energia estava instável, ao tocá-la a felina percebeu que a qualquer momento ela poderia escapar de sua mão, ou até mesmo explodir.

    - Sua vida depende de controlar esta esfera, deus sabe o que poderá acontecer se algo der errado, vamos Siara, se quer ajudar seus senhores deve controlar a Spirit Ball. O fracasso não será perdoado aqui.

    A esfera tentava escapar, e o suor desceu pelo rosto da jovem, era difícil controlar a energia, muito difícil até.

    - Enquanto tenta, vou lhe dizer algo, já ouviu falar em um jogo chamado xadrez? O xadrez é um jogo que reflete uma guerra entre dois exércitos inimigos, o que acontece em Midgard não passa de um reflexo do que acontece no Éden a morada celeste. Os Overlords também jogam xadrez, mas as apostas são bem maiores...


    Teste:
    Gakky Siara fará 5 testes com o valor de porcentagem do seu atributo espírito vc tem 5 chances de acertar pelo menos 1. Seu espírito tem apenas 19% é pouco boa sorte... 5 testes com o D100 vc deve tirar 19 ou menos para passar.
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Sab Jun 11, 2016 7:53 pm

    Uma voz feminina distante foi se aproximando cada vez mais da consciência de Abu e, aos poucos, seus olhos amarelados foram se abrindo. Após sua visão se estabilizar, pode ver a garota que tentara ajudar se afastando, possivelmente fora ela que o acordara daquele sono forçado. Um flashback rápido dos últimos eventos passara por sua mente, mas Abu não conseguia encontrar uma lógica nos fatos, já que nunca tivera contato com magia tão poderosa como aquela conjurada por aquele homem.

    Se levantando lentamente, o Youkkai se certificava que seu rosto ainda estava coberto pelo lenço e, vendo que sim, caminhava lentamente até onde a garota estava, aproveitando para observar a caverna em que estavam e o outro homem caído no chão, que parecia anda não ter acordado.

    - Sinto muito pelo seu acampamento. - Abu falava saindo das sombras da caverna quase como uma aparição, seu andar era completamente silencioso, algo que adquirira durante os anos de experiência em seu ofício. - Creio que não poderíamos salvá-lo de um jeito ou de outro... - Fazia uma pausa tentando tornar o comentário o mais respeitoso possível. - Você faz ideia de onde estamos? - Questionava a garota sem olhá-la diretamente, pois seus olhos estavam percorrendo toda a extensão fora da caverna, em busca de identificar o que estava do lado de fora.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Sab Jun 11, 2016 11:33 pm

    Enquanto inspecionava a saída da caverna, Anemona leva um susto com a voz do estrangeiro que surgia das sombras, achando espantoso tamanho silêncio.
    Agora sem toda a pressão do combate, ela observa-o com estranheza, um homem magro e de olhos amarelos e com o rosto coberto, não conseguia nem imaginar de onde ele era.  Foi triste para ela ouvir aquelas palavras proferidas por ele, mas mesmo assim não acreditava na morte de todos seus amigos e familiares. Ficou aliviada ao ver que Lexus estava lá também, mesmo sem saber por que só ele.

    - Obrigada pela ajuda, moço – falou por fim, tinha os olhos marejados apesar de não estar chorando – me chamo Anemona e você? – suspirou profundamente e prosseguiu – eu não acredito que estejam mortos. Tenho esperanças – e sorri.

    Ela tinha a mesma dúvida do homem, não sabia onde estava.

    - Não sei que lugar é esse e porque ou como viemos parar aqui. Nem quem é você.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Dom Jun 12, 2016 8:06 pm

    A luz da bola de energia iluminava o meu rosto deixando-o quase branco. Era difícil olhar para ela. Com dificuldade movo os meus braços para pegá-la. A energia era muito forte, sinto que ela pode escapar a qualquer momento, era tão suave.

    Ouço a voz e fico nervosa, não havia mais espaço para o fracasso. As batidas do meu coração ficam pesadas e tensas, era como se tivesse algum cronometro contando quanto tempo faltava para eu fracassar ou vencer. As gotas de suor que escorriam pelo rosto pinicavam.

    A bola de energia ia para um lado e para o outro em minhas mãos, não era pesado, mas era extremamente difícil controlar. Tento controlar minha respiração ofegante para não atrapalhar, que aflição controlar algo tão imaterial. Os segundos pareciam demorar horas. No meio do silêncio escuto aquelas palavras, os overlords estavam jogando? Me pergunto confusa. Mas não falo nada, estou concentrada em realizar a tarefa e incrivelmente eu estava conseguindo.
    spectro
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2950
    Reputação : 70

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Ter Jun 14, 2016 3:49 pm

    Local Desconhecido - Caverna / Anemona Abu & Lexus

    Anemona havia acordado o Youkai, mas Lexus ainda estava desacordado, ela verificou sua respiração, ele estava vivo, sem muitos ferimentos também, estava bem, somente dormindo, Abu e a garota miraram o lado de fora da caverna, aos poucos deram passos até a entrada e também única saída dali, Abu viu a noite, o vento soprava forte, algumas folhas de árvore entraram na caverna e pelo barulho do vento nas folhas havia mesmo árvores do lado de fora.

    O vento forte entrou no corredor da caverna, a luz da fogueira balançou de um lado para outro, o fogo assumia formas distintas, parecendo um espectro flamejante, a pergunta de Anemona acerca de quem era o Youkai ficou no ar, Abu ficou atento por um momento ao lado de fora, ele no entanto sentiu um cheiro, um cheiro conhecido das regiões desérticas das imensas planícies, seria possível que ainda estivessem perto das regiões das planícies desérticas.

    Um bater de asas foi o próximo som ouvido pelos dois, e depois um piado de uma coruja vindo do lado de fora.


    Off Game:
    Caso vcs apenas conversem podem postar sem problema, mas se fizerem ações esperem por mim.


    __________________________________________________________________________________________________________________

    Monastério Biron / Siara

    A felina conseguiu controlar a energia, a esfera estava controlada em sua mãos. A voz continuou:

    - Parabéns!!! Esta tarefa esta cumprida, agora você terá de arremessar a bola de energia e tentar controlar em que direção ela deve seguir, mas primeiro devo te dizer algo...

    O chão se tornou um tabuleiro quadriculado de ladrilhos brancos e pretos, algumas peças de pedra caíam no chão, eram maiores que Siara e cada vez que caíam o solo estremecia.

    - Existe um jogo sendo realizado, você precisa encontrar as peças e levar para o jogador, as peças são de extrema importância e você menina Siara também é uma peça importante. Você é a "Torre". A torre é uma peça de extremo poder ofensivo e defensivo, capaz de desbaratar exércitos enfileirados, possui uma muralha impenetrável, um coração indomável e uma potência infinita.

    Siara viu uma enorme torre transcorrer pelos ladrilhos em preto e branco, e assim se posicionar a sua frente, sua presença era imponente, mas aos poucos a torre se rachou e se despedaçou, uma nova peça passava pelo tabuleiro.

    - O escudeiro, o peão, a infantaria, parece a peça mais fraca, mas é a única peça capaz de ser promovida, no jogo de xadrez é a peça de menor poder, mas não a menos importante por causa da excelência do jogo. O peão é muito importante, você deve encontrá-lo.

    O peão passou por Siara rapidamente, logo uma nova peça se posicionou a sua frente:

    - Esta é uma peça de valor nobre, porém pode ser feito grandes estratégias com ela. O bispo, o poder da magia, ela pode ser a diferença que um exército necessita para a vitória, sem a magia os guerreiros são poderosos, com ela são imbatíveis. Ache o bispo e o leve para o jogador e assim as chances serão maiores.

    O bispo emitiu uma energia relampejante e se desintegrou:

    - A Rainha, ela sem dúvida também é uma peça importante, com ela exércitos podem se render, reforços podem ser solicitados, para defender um reino é necessário o braço forte da Rainha. Querida Siara vou revelar minha identidade e assim a sua tarefa começará, você deve achar as peças necessárias para ajudar o jogador a vencer o jogo, meu nome é Biron e você deve percorrer as Planícies desérticas e ir em direção a Torre da Maldição, lá estará o seu destino.

    Novo Poder Spirit Ball:
    A Spirit Ball foi adquirida por Siara, para utilizar basta usar uma quantidade de Magic Points que quiser, quanto maior a quantidade usada mais alto será o dano, a usuária lançará o poder contra o inimigo usando como forma de ataque a precisão mágica para acertar (isso eu faço o cálculo). Caso o adversário esquive Siara poderá controlar a energia lançada imediatamente no próximo turno para tentar acertar novamente (sem gastar nenhuma MP) Seria igual ao ataque do Yancha em Dragon Ball. Assim...



    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Qui Jun 16, 2016 5:50 pm

    Minha autoconfiança volta a aparecer após eu conseguir realizar o teste com a bola de energia. Um sorriso escapa de meus lábios.

    - Mais? - Pergunto, mas logo sou interrompida pela modificações que ocorriam ao redor.

    Observo tudo isso como se fosse um sonho, não compreendo como seria possível que tudo se transformasse tão rápido. Levo pequenos sustos quando as peças caem no chão. Olho para ao redor como uma gata perdida, porém tento prestar atenção as palavras.

    "Eu era a torre?" - Me questiono em pensamento.

    Minha atenção logo se volta para a torre que parou bem na minha frente, parecia tão forte, mas logo se despedaçou. Sinto um frio no estomago. Logo uma nova peça surge, não consigo compreender agora quem seria o peão.

    Em seguida observo o bispo, de fato suas palavras faziam sentido. Porém ainda tento entender o que era tudo isso. Instintivamente vou para trás quando o bispo se desintegra. Continuo prestando atenção até que o autor da voz é revelado. Meu coração gela, era quase inacreditável! Biron estava falando comigo!

    - Mestre Biron!

    Se eu puder vou fazer uma reverência, no chão mesmo, com as mãos apoiada no chão.

    - Planícies desérticas e Torre da Maldição - Repito como se ajudasse a decorar - Essas peças estarão lá?
    spectro
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2950
    Reputação : 70

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Sex Jun 17, 2016 10:35 am

    Cena Especial / Siara

    - Mas é claro que estarão, o jogador estará esperando por você há muito tempo, ao achar as peças você deve levá-las a Torre junto da Jóia do Destino, aqui é um mundo abstrato, tudo ocorre dentro de sua mente Siara! Eu lutei no passado com forças sombrias que decidiram retornar para uma vez mais tentar a conquista do mundo médio. As peças do jogo dos tempos de hoje serão necessárias.

    Uma imagem apareceu preenchendo o cenário de escuridão, era realmente impressionante o quanto parecia real, Siara estava agora em cima de um rochedo em uma montanha contemplando a beleza do local, Biron não era mais do que uma silhueta distorcida, não dava para ver sua imagem plenamente, era como se fosse um fantasma.

    Cenário Local:

    - Seu coração é forte garota, mas você vai precisar de ainda mais força, coisas difíceis ocorrerão, bem Siara chegou a hora de voltar, você pode achar que não foi testada, mas foi sim, e o teste final ainda está por vir, vamos terminar a última parte do teste por aqui, você tem uma tarefa extremamente importante...

    Biron continuou a treinar com Siara, depois de um tempo a felina saiu da sala da escuridão, Taigan e Gen, se despediram dela três dias depois, ela juntou ração para viagem água e tudo mais para enfrentar as regiões das Planícies, Taigan também se foi, em busca de informações e ajuda do irmão de Gen, Songi já havia partido junto de alguns aliados do monastério.

    Taigan dera a Siara uma capa e seu bastão junto de sua garrafa, isso deveria ajudá-la em sua jornada e faria com que a menina sempre lembrasse dele, Siara então partiu sozinha...

    Uma pessoa andava pelas planícies desérticas, as planícies não tinham este nome por causa de areia ou algo do tipo, o seu nome se dava a falta de animais, não eram abundantes ali, animais carnívoros não apareciam por causa da falta de presas, o solo não era tão produtivo, no entanto havia pequenos lagos de tempos em tempos pelo caminho.

    Andou alguns dias diante das planícies...

    A pessoa ia encapuzada pela trilha tortuosa, sua capa a protegia dos raios nocivos do sol, não se importava muito com o calor, em sua mão direita usava um bastão, neste bastão uma garrafa de madeira pendurada na ponta, a pessoa pegou a pequena garrafa da ponta e sorveu um gole de água que estava dentro, havia acabado de passar por um pequeno corpo de água e enchera seu cantil.

    Andou mais, viu uma nuvem que vinha acima, ela tampou a luz do poderoso símbolo de Azgher, estava passando agora por um campo gramado, havia flores dos dois lados do campo, flores amarelas, uma leve brisa bateu nas flores e espalhou os polens que elas continham, assim nasceriam novas flores daqui a alguns meses.

    O nômade encapuzado viu corpos no chão, no meio do gramado, parou e desviou seu caminho andando até o primeiro deles, uma pessoa desacordada, o nômade sorriu, parece que sua visão estava correta, eles estavam sendo postos no tabuleiro, as peças do jogo, não era um jogador mais cabia o trabalho de levar as peças ao verdadeiro jogador, ali começava tudo.*


    Siara sabia do que se tratava, sentia em seu coração, as peças do jogo estavam ali, ela não sabia explicar, mas aqueles ali presentes eram as peças.

    Ela os levou até uma gruta no pé de uma montanha, teve um pouco de dificuldade para levar, pois teve de carregar um de cada vez, e quando caíra a noite fez uma fogueira, atrás daquelas montanhas estaria a Torre Da Maldição, estavam perto, Siara então saiu para procurar água e comida e deixou os três desacordados dentro da caverna.
    __________________________________________________________________________

    * Este trecho se refere ao paragrafo do interlúdio da página 4 mensagem de número 100.


    Off Game:
    Bem Gakky agora que percebeu vc encontrou os três Anemona, Lexus e Abu caídos no chão nas planícies e pode então chegar na caverna em qualquer momento interagindo com eles, caso tenha lido o que aconteceu com eles vai saber porque estão ali. O nômade descrito no texto é Siara que pressentiu que aqueles ali teriam um destino similar ao seu.
    Seria melhor deixar eles postarem primeiro pra saber suas reações e atitudes O climax deste episódio está chegando com todos juntos.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Sex Jun 17, 2016 10:04 pm

    Parada próxima à entrada da caverna, Anemona ainda pensava no acontecido no acampamento, seria difícil esquecer.

    - Quem era aquele homem? – ela fala, mas parecia que apenas tinha pensado alto. Ela volta-se para o youkai e indaga – você sabe quem é?  Eu... eu já o tinha visto de relance a alguns dias atrás, lá em Vannu e ele me deu arrepios. O que ele iria querer com um circo? – tentando entender, ela gesticulava – somos só artistas. Ah, quando eu o vi, ele conversava com o dono do circo. Talvez tivessem assuntos em comum.

    Ela para e pensa mais um pouco e prossegue com sua fala:

    - Eu e Caim tínhamos encontrado o chefe morto no trailer dele, faria sentido o monstro querer nos matar, mas porque o pessoal do circo? – ela olha para Lexus adormecido – aquela esfera era para nos matar e agora estamos aqui, mas como? Será que foi o Lexus que nos salvou? Ele disse que é mago, sabe, mas nunca vi nenhum truque dele. Olhe como ele dorme... talvez ele tenha feito uma magia muito poderosa para nos salvar e a magia deve dar muito cansaço, por isso esse sono tão pesado -  sorriu ao final da frase.

    Num momento onde só havia dúvidas, qualquer explicação era plausível.

    Assim que terminou de falar, o bater de asas de uma coruja lhe causou arrepio, não sabia o que pensar, já que sua mãe sempre dizia que corujas davam azar e seu pai acreditava que corujas eram símbolo de sorte.

    - O que foi isso? – ela volta para junto de Lexus, por via das dúvidas, ele era o único conhecido ali – acorda logo Lexus – e deu mais um safanão nele.
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Seg Jun 20, 2016 10:15 am

    Enquanto a garota falava, Abu continuava a fitar o horizonte, o cheiro desértico em suas narinas o deixava encabulado de onde poderiam estar.

    - Alguns fazem o mal só pelo fato de serem maus, outros por necessidade. Mas aquele homem parecia não só querer destruir seu acampamento parecia querer algo mais, mas que não faço ideia do que possa ser ainda... - Após completar sua fala, Abu enfiava a mão no bolso e retirava o pequeno símbolo do corvo de olhos avermelhados que carregava. Sua missão agora parecia tão distante que ele nem sabia por qual caminho percorrer para chegar até a bruxa que deveria caçar, tão pouco sabia se seus comparsas haviam conseguido escapar dos elfos e a dúvida quanto aquele pingente que aparecera em sua capa antes de tudo isso ainda passava por sua cabeça já estabilizada após a tontura que o acompanhara até a entrada daquela caverna.

    Vendo a garota se retirar para acordar o outro homem, Abu respirava o ar da noite com os braços cruzados quando o som da coruja o retirara de seus devaneios e ele então focava de onde o som vinha e caminhava lentamente até o animal místico, com passos leves para não assustá-lo.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Seg Jun 20, 2016 2:59 pm

    Enquanto eu procurava água e comida, me lembro bem das palavras de Biron. Meu coração estava determinado a encontrar as peças, nos últimos dias parecia impossível encontrá-las, mas agora estavam bem ali na caverna.

    Só que que havia um desafio a ser cumprido, a parte social. Será que aqueles três me aceitariam? Será que eu os convenceria a seguir comigo? - Eram perguntas que passavam pela minha mente. Eu não era boa com estranhos.

    Pensativa, me abaixo para coletar água na garrafa. Talvez fosse a hora de voltar, não quero que meus convidados fujam. Espero não ter que usar a força para fazê-los aceitar, não é fácil dizer que para alguém Biron falou comigo. Provavelmente me achariam louca.

    Suspiro e volto para caverna, ainda estou usando o capaz da capa. Percebo que dois haviam acordado, eu me aproximo, tiro o capuz e me apresento:

    - Sou Siara, eu os trouxe até aqui.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 673
    Reputação : 10

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Seg Jun 20, 2016 3:12 pm

    Lexus acordava com leves tapas em sua face dados por Anemona. E via a sua frente um local completamente diferente. Anemona olhava para ele enquanto via uma sombra de um ser bestial a sua frente.

    - Anemona, onde estamos? E o Shino?

    Dizia o humano matusquela, tentando sair do sono profundo. E voltava a ficar sonolento fechando os olhos.


    Off:
    Depois de tanto tempo dormindo (sem postar) tenho que entrar na brincadeira né? hahahha. Mazl galera a correria ta grande.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Sab Jun 25, 2016 2:46 pm

    - Não, não, não – dizia a jovem enquanto sacudia, agora com força, o mago dorminhoco – você não vai dormir outra vez. Não sei onde estamos, em uma caverna é só o que sei. Aparentemente não estamos presos. Shino não está aqui!

    Outro aperto teve seu coração.

    - Lexus, o Shino não estava com você? Você viu meus pais antes de nos salvar? Foi você que nos salvou né?

    Anemona ira falar mais coisas, mas foi interrompida por uma voz feminina e parou para ver de onde vinha e foi surpreendida, uma mulher felina era a dona da voz. Não parecia agressiva no momento, talvez não fosse uma carcereira. Ela se apresenta, o que fez com Anemona se acalmasse, mas ela observa a reação do estrangeiro também.

    - Sou Anemona. Onde estamos e porque estamos aqui?
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Ter Jun 28, 2016 9:28 pm

    Respiro fundo antes de começar a falar, tento usar uma estratégia, começando a falar coisas simples, talvez desse certo:

    - Eu os encontrei deitados e desmaiados, então eu os trouxe até esta caverna. Espero que estejam melhor. Estamos nas planícies desérticas...

    Olho para todos os que estão na caverna e espero para ver a reação deles.

    - Agora sobre o motivo de estarem aqui, é uma longe história... - Digo parecendo preocupada - Eu não sei exatamente porque, mas muitas coisas aconteceram comigo. Talvez seja o mesmo motivo de vocês três. Mas não se preocupem, eu não sou inimiga.

    Respiro fundo mais uma vez.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1890
    Reputação : 107
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Qua Jun 29, 2016 12:05 pm

    Ainda estranhado a situação, Anemona não baixa a guarda, mas ouve com atenção a sua interlocutora, a estranha mulher de traços felinos.

    - Planícies desérticas? Então ainda estamos perto do acampamento – ela fala alto, apesar de ser mais para si do para a mulher-gato – Nós fomos atacados, eu estava com um circo e minha família está lá. Você os viu? Digo, qualquer pessoa do circo, por favor – ela tinha preocupação e também esperança no olhar e na voz.

    A estranha fala de seus motivos para estar ali e para a dançarina tudo aquilo não fazia o menor sentido. Fazer parte de algo maior? Como assim? Ao menos o fato da moça falar que não era inimiga já era um conforto. Aquelas últimas hora já foram ruins e emocionantes o suficiente para a jovem.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1647
    Reputação : 226
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Qua Jun 29, 2016 3:47 pm

    - Eu não vi nenhum circo... Na verdade estamos fora das planícies já. Atrás dessa montanha fica a Torre da maldição. Acabamos de sair das planícies.

    Olho para todos na caverna, eu não queria assustá-los, mas precisava contar do mesmo jeito. Então digo:

    - Eu vim do monastério de Biron para cumprir uma missão importante. Vim derrotar o mal e proteger nosso mundo. Talvez esse mal que os atacou seja o mesmo que eu procuro derrotar. Sei que parece difícil de crer, mas Biron falou comigo. Ele disse que eu encontraria três peças que me ajudariam na missão. Algo em meu coração diz que vocês são esses três, eu tenho certeza. Preciso de vocês para derrotar nosso inimigo. Só assim aqueles que amamos poderão ficar a salvo.

    Olho mais uma vez para eles com receio de que não tinham entendido.

    - Vocês compreenderam?
    Conteúdo patrocinado


    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Abr 25, 2018 3:27 pm