Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Compartilhe
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 743
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Ter Abr 12, 2016 11:59 pm

    O jovem rapaz via a figura do trovador sair pela porta pulando na carroça, era nítido a frustração de Lexus, estava em sua cara. Ele põe a mão no queixo, pensa por um momento sobre o que o corvo significava ou se era apenas um adorno qualquer.

    *Hummm, o que será que era aquilo? Estranho.* Pensava ele. * Bom, vamos ao circo.*

    Pegou seu chapéu, pagou o alimento e seguiu contente para a tenda. Lá sentiu o cheiro do picadeiro e via deslumbrado os números, um deles lhe chamou a atenção. A senhorita do arco em chamas era deverás linda e sabia o que estava fazendo, era cada movimento mais gracioso que o outro e tudo calculado de uma forma leve e delicada, sendo executado pelo delineado corpo daquela artista.

    Lexus, via a magia percorrer os passos dela, era como fazer poções ou como a energia mágica era criada, a arte então era algo que se podia modelar. *Que belo. pensou Lexus.


    Lexus ainda viu alguns outros números, os palhaços o animaram, uma piada o fez cuspir as pipocas de sua boca, meio mastigadas e babadas, seguidas de uma gargalhada. Um mágico foi o mais tedioso, nada de novidades para Lexus, alguns truques banais e sem sentido. Naquele pequeno momento de tédio Lexus decide ir procurar a senhorita das argolas, ele havia ficado intrigado e muito maravilhado com seus movimentos artísticos, queria aprender mais sobre.

    Foi então que se levantou e saiu, procurando por ela nos arredores do circo.
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3347
    Reputação : 97

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Qua Abr 13, 2016 6:57 pm

    Vannu - Circo Kiss / Cena Especial - Lexus e Anemona

    Começaram a comer, Caim comia as batatas com vigor, Shino lambuzava as mãos com o frango assim as bordas de sua boca ficaram com uma coloração alaranjada:

    - Ane depois do jantar pode fazer uma daquelas poções para mim, na verdade eu vou usar no “Covarde” acho que sua pata não está totalmente curada. – Disse Caim.

    Covarde era um cavalo de porte pequeno, não era usado para o Show e sim para carga, estava com o acampamento já a algum tempo.

    - Eu trouxe os ingredientes, suficiente até para que fabrique algumas para você. Amanhã levantaremos acampamento e não quero forçar demais a pata do animal, vou ter de colocar as minhas malas na carroça de outra pessoa.

    Caim apontou para uma bolsa no canto da mesa, provavelmente ali estavam os ingredientes da poção, os outros na mesa falavam que o Senhor Cobalt, o Dono do Circo deve ter ganho muito dinheiro, pois não foi visto durante um tempo, poderiam até ganhar um bônus extra alguns cogitavam. Enquanto conversavam uma pessoa se aproximava, era Lexus Thunder Roar, com seu manto surrado pelo tempo, ele havia saído da tenda principal depois de terminar os Shows, disposto a encontrar a linda jovem que se apresentava.

    Sua sede do saber parecia ser insaciável, a sua curiosidade era tamanha, assim como era desastrado, foi por estas duas últimas qualidades citadas que fora expulso de uma guilda de alquimistas, ele se aproximava devagar olhando a mesa com alguns ali presentes, observou que ao fundo sentado com um jovenzinho e um adolescente estava a garota dos aros de fogo. Bem pelo menos parecia ser ela, na apresentação estava muito maquiada, ali, se via uma garota do mesmo porte físico.

    Ele vinha tentando buscar em sua mente o que poderia significar aquele corvo, o pássaro que estava no broche do trovador, ainda não descobrira, mas sabia que já o tinha visto em algum lugar, bem agora sua mente não estava suscetível àquela lembrança, então, por enquanto deixou pra lá.

    Voltou a atenção para sua frente onde um grupo de pessoas se alimentava.

    Lexus estava ainda a uma certa distância e a garota ainda não tinha observado a presença dele, nem os outros membros da mesa.


    Off Shamps e Duck:
    Shamps role por favor 1D12 para eu calcular seu Mp e 1D8 para eu calcular seu Hp. Seu Bõnus de dinheiro falhou, mas vc ganhou 700 gil do Senhor Cobalt que Caim lhe trouxe.
    Duck seu teste de conhecimento falhou então durante um bom tempo não poderá fazê-lo de novo.


    ____________________________________________________________________________________________________

    Em Algum Lugar De Dipan / Prólogo Hana


    Hana e o Shadow se tocaram por um breve instante, os dois permaneceram parados um tempo, a garota segurava a adaga com força, já o monstrengo tinha suas garras sujas de um líquido vermelho, a menina havia sido golpeada, e do ombro dela saiu uma rajada de seu sangue.

    O Shadow não havia sido tocado, por uma fração de segundo a criatura se esquivou e golpeou-a, o ferimento no ombro da menina latejava de dor, mas ainda o combate não havia acabado, estava apenas começando.

    Uma forte rajada de vento se iniciou no local, a mudança de clima parecia acompanhar a ferocidade com que seria a batalha.
    O Shadow saltou e uma rajada de chuva negra saiu do bicho, os ataques atingiram apenas as árvores, Hana conseguiu bloquear alguns com sua arma da qual até saíram faíscas e outros ela esquivou com sua agilidade.

    Um ataque frontal com garras se aproximou apenas tocando os cabelos cor de rosa da menina, o Shadow havia errado o ataque, era hora do contra ataque.

    Off Game: Naga:
    Rodrigo preciso que role 1D12 para eu calcular o Hp e 1D8 Para eu calcular o MP.

    Sua chance de acertar o Shadow é de 56% (69% de sua precisão – 13 da evasão do bicho = 56)

    Você recebeu 16 de dano. Pode realizar um novo ataque.



    _____________________________________________________________________________________________________

    Dipan - Arredores do Monastério Biron / Prólogo Siara

    Taigan olha para a garota atentamente:

    - Sim, mas isto é outra história, deixemos para lá, veja serviram, deixe-me ver, hum... Faltou um pequeno ajuste, mas serviu.

    No ínterim um vendaval furioso começou a atravessar o lugar onde estavam os dois, isto fez com que o grande Kemono segurasse seu chapéu, então ele amarrou o cordão debaixo de seu queixo para que o chapéu não voasse para longe:

    - Mas que diabo?! De onde veio esta ventania?

    As nuvens negras se acumularam no céu rapidamente como que por passe de mágica, o vento girava como que formando um tornado diante do lago que estavam pescando.

    - Droga!!! Cuidado Siara!!! Segure-se!!!

    A voz de Taigan foi abafada pelo som do vendaval que estava se formando, a cada segundo o poder dos ventos ficava mais forte.
    Foi quando se estabilizou por um momento, do outro lado do lago havia uma elevação, um precipício para quem ficasse do lado de cima, ela formava uma parede de pedras e terra que desembocava no lago em questão, do alto da mesma parecia cair um corpo, sim alguém começava a cair em direção ao lago, e foi caindo, e caiu. Splash...

    Uma pessoa havia caído no lago e seu corpo começou a boiar, Siara e Taigan ficaram boquiabertos, não sabiam o que tinha acontecido.

    Então uma sombra negra apareceu no céu, vindo do alto do precipício. A sombra flutuava em circulo.

    - SIARA! VOCÊ ESTÁ BEM? O que aqui está acontecendo afinal?



    ________________________________________________________________________________________________


    Solde / Prólogo Abu

    Abu foi até o local do “Depósito” entregou os pertences e assim saiu com um broche especial exclusivo, era o item que dava direito a recolher o material, um corvo com olhos vermelhos estava gravado em alto relevo no emblema.

    Voltando o mais rápido que pôde pelas ruas escuras, o soldado das sombras ansiava usar suas habilidades para algo mais sombrio, entrou em becos para cortar caminho, foi quando esbarrou em uma pessoa.

    - Olha por onde anda seu imbecil!!!!

    Bradou uma voz grossa. Fatti sentiu-se batendo em uma parede de tijolos.

    Barbaro:

    Era um homem alto e forte com pinta de bárbaro, por um momento ficaram se encarando.

    - O que foi fedelho... Vai ficar me encarando? Vai pra casa enquanto eu estou de bom humor...

    O bárbaro ergueu uma das sobrancelhas, ele era mais alto que Yassir, os músculos dele intimidavam. Já as pernas Fatti Fukki percebeu que não eram tão malhadas quanto o resto do corpo do mal encarado.

    A luz da lua naquela noite não brilhava dentro daquele beco, um local escuro dentre casas, um local de morte, um cheiro de urina infestava o lugar, não era um local bonito.

    O beco era longo de uns 50 metros, já a largura devia ter uns 10 metros, o barulho da taverna estava bem ao longe, o silencio ali era abundante, apenas um latido de cachorro a mais de três quadras dava para se escutar, se caísse uma agulha no chão Yassir escutaria.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2099
    Reputação : 133
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Qua Abr 13, 2016 10:02 pm

    Já mais relaxada, Anemona comia com gosto o javali – e não comia pouco não – e a salada, o suco de abacaxi descia refrescando a garganta.
    O frescor da juventude emanava dela, que vestia um vestido leve e florido e sapatilhas, o cabelo tinha ajeitado em um simples rabo-de-cavalo. Ela ria e conversava com os amigos, então Caim fala do cavalo:

    - Claro que faço – ela tinha certa sensibilidade para juntar ingredientes e criar elixires maravilhosos, coisas simples que ajudavam bastante – não vou deixar nosso amigo sofrendo ne – ela olha a mochila e pensa – pode por na nossa carroça se quiser. Faço hoje mesmo e amanhã nosso “alazão” estará firme e forte.

    Serviu-se de mais um pouco de suco quando se lembrou do fato curioso da tarde, que ela tinha esquecido já que não levava preocupações para o palco.

    - Ah, Caim – começa de súbito, após bebericar o suco – e Shino, vocês que andam por aí, não viram um figurão estranho com um narigão, cabelo e barba vermelho? Com um manto? Ele tinha a pele escura... Sinistro, me deu um arrepio quando vi. Foi naquela hora que você pediu para eu tirar uma carta... Aliás, qual foi? Não vi... Ah! – ela emenda um assunto no outro – ele estava conversando com o patrão, sabe? Ah, outra coisa bizarra... quando eu estava brincando nos espelhos malucos, vi atrás de mim um pássaro preto, quando olhei para trás... nada – enfatizou – estranho, não é? Devia estar voando, mas não tinha nada. Rapidinho fiz um pedido para a deusa – e apontou para o broche que Shino usava.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 743
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Qui Abr 14, 2016 10:21 am

    Lexus caminhava nos arredores do circo, o cheiro de pipoca se misturava as fezes dos animais que ali estavam, guardados e bem alimentados. Lexus percebia que aquele circo era sério e não maltratava seus animais.

    Isso se confirmou ao longe ouvindo a conversa animada de uma mesa, aparentemente estava se alimentando, provavelmente era algum grupo do circo, Lexus se animou e foi em direção a mesa, ouviu de longe o assunto sobre ingredientes, cavalo e poções. Aquilo animou mais ainda o alquimista fajuto, itens era algo que sempre lhe chamava a atenção.

    Lexus foi se aproximando  vagarosamente e e sua animação virou seriedade, ouviu-se da voz feminina, citar o pássaro preto. *O CORVO* - Espantado, Lexus pensou em foz alta, entregando sua posição de onde vinha caminhando. Todos olharam para ele e ele com as mãos atrás da cabeça e um olhar envergonhado diz:

    - Errrr, boa noite. Algum de vocês é a dançarina do espetáculo? ^^
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Qui Abr 14, 2016 10:26 am

    Sorrio ao ver que a luva havia servido. Não vejo a hora de poder usá-la em algum treino, fecho as mãos como se me preparasse para dar um soco. Dou alguns golpes do ar só para verificar como ficariam com as luvas. De repente me assusto com o vendaval, o vento tremula os pelos da minha cabeça. Quando o mestre pergunta de onde vem o vento, olho para cima e percebo que havia muitas nuvens negras e que um tornado se formava. Meu coração começa a disparar e sinto um frio percorrer a espinha. Não sabia o motivo, mas entendia que o que viria não seria bom. O grito do sifu me desperta, paro de olhar e corro para me agarrar em alguma árvore. Uso as garras para me prender melhor ao tronco.

    Olho ao redor tentando procurar a causa de tudo isso e também para ver se o sifu estava bem. Quando de repente tudo fica calmo, vejo aquele corpo cair em direção ao lago. Minhas sobrancelhas franzem quando tento compreendo o que seria aquela sombra, mas não consigo entender. Me desperto de meus pensamentos quando Taigan grita. Solto a árvore que eu estava me segurando e vou na direção do corpo boiando, ao mesmo tempo respondo ao sifu:

    - Estou bem! Eu não sei... Mas vamos descobrir...

    Vou tentar puxar o corpo boiando para a borda do lago se possível e tentando colocá-lo na margem. Espero que o vendaval não volte tão cedo.
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Qui Abr 14, 2016 11:20 am


    Guardando o importante broche cautelosamente no bolso esquerdo da calça, Abu mantinha o olhar fixo nos do homem. Devido a sua raça demoníaca, as cavidades oculares do Youkai eram preenchidas somente por duas esferas completamente amareladas, não apresentando a anatomia dos humanos, o que muitas vezes até dificultava para outra pessoa saber para onde Abu estava olhando.

    Abu era reservado exatamente por seu temperamento explosivo, que muitas vezes vinha acompanhado de sua vontade psicótica de matar. Com o choque ocasional naquele local ermo e escuro, seguido das provocações do estranho, a natureza de Abu se manifestava rapidamente e ele sentia o sangue correr quente por entre suas veias, ao passo que seus olhos amarelados começavam a ser tingidos por um líquido vermelho fluorescente, que surgia a partir de um ponto central em cada olho e ia crescendo na forma de uma mancha uniforme, até preencher toda a esfera ocular. Acompanhado disso, Abu soltava sons de uma respiração ofegante e animalesca, enquanto seu corpo arqueava um pouco e ele pegava sua lâmina na cintura. Sem dizer uma única palavra, partia para cima do homem que despertara seus instintos primitivos, indo com a lâmina em direção ao seu joelho esquerdo.


    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Qui Abr 14, 2016 2:36 pm

    Ela encontrava-se nas nuvens,
    Dia e Noite
    Fazendo chover Sangue negro

    O deslizar da lamina de Jana havia errado, e custado caro, seu braço ferido, tinha poucas forças para carregar a adaga. Em pouco tempo a criatura já voltava a contra atacar em altíssima velocidade, saltava chovendo uma espécie de agulhas negras que foram repelidas por sua adaga ou desviadas enquanto aquela dança da morte continuava.

    Num instante a criatura continuou sua trajetória e Hana, por baixo dela havia passado, num instante rápido, prendia a adaga na garra do braço e girava seu corpo, logo saberia, se seria punida por tal manobra ou se venceria. Ela saltou tentando cortar a criatura no meio, com um golpe seco.

    golpe:

    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3347
    Reputação : 97

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Sex Abr 15, 2016 1:14 pm


    Vannu / Anemona & Lexus

    Shino e Caim não sabiam nada sobre o homem misterioso, mas também acharam estranho o caso do pássaro, acharam até que Anemona poderia estar nervosa por causa do Show e por isso começou a imaginar coisas. Quanto à carta Caim dissera que era apenas um número que ele estava treinando, tinha algo haver com adivinhação.

    Foi quando apareceu o jovem vindo das sombras, com as mãos para trás o rapaz dizia envergonhado:

    - Errrr, boa noite. Algum de vocês é a dançarina do espetáculo? ^^

    Todos olhavam agora para ele, Lexus virou o centro das atenções ali na mesa, Caim olhou para o aprendiz de Alquimista desconfiado, Shino o garotinho mais jovem do grupo ali presente, apontou para Anemona sem largar o frango que estava em sua mão.

    - É ela!!! – Disse o garotinho.

    E assim todos olharam para Anemona.

    Caim levantou de seu acento e direcionando a voz ao recém-chegado fala:

    - O que deseja amigo?

    A sua voz soou com certo ciúme, ele permaneceu perto da mesa com uma das mãos sobre ela, Shino continuou a comer sua coxa de frango, sem se importar com os acontecimentos.

    Off::
    Caso vocês dois apenas conversarem podem postar a vontade sem precisar de mim...

    ________________________________________________________________________________________________


    Arredores do Monastério Biron / Prólogo Siara

    Siara foi rápida nas ações, vendo um corpo boiando na água, ela pula no lago enfrentado o vendaval que a pouco se acalmava, ela nada até o corpo com eficácia, era uma boa nadadora.

    Ao chegar até o corpo percebe que era uma mulher, estava desacordada, a volta não seria tão fácil, estaria levando um corpo, a mulher estava viva porém, se o tornado virasse a coisa poderia ficar feia.

    Taigan ameaçou ajudar Siara, mas logo parou e sua feição ficou séria, uma sombra negra que circulava no ar avançou contra ele envolvendo todo o seu corpo, ele gritava tentando se desprender da coisa.

    Siara ouviu seus gritos de ferocidade, no entanto a menina tinha que sair da água, ela ainda estava no meio do lago nadando de volta, e o vento começava a ficar mais forte, ondas se formavam no lago e nadar ficava cada vez mais difícil.

    A sombra negra engalfinhava-se com o Kemono Panda, de relance Siara viu as garras de seu professor perfurarem as sombras, ele lutava incansavelmente para superar a armadilha.

    Foi quando ela percebe que o corpo forte de Taigan parava de lutar, as sombras engoliam cada vez mais o Gorpo grande de seu mentor, logo a coisa tinha feito uma esfera em volta do corpo que não se mexia mais, Siara não conseguia vê-lo, pois ele estava dentro da esfera.


    Testes:

    Teste de Natação Dificuldade 47% role 1D100 se for 47 ou menos vc consegue superar o vendaval e levar a garota até a margem e assim pode até fazer o teste antes e se vc passar narre a vontade.

    Caso falhe Siara ainda permanecerá na água carregando a jovem.



    __________________________________________________________________________________________


    Em algum lugar de Dipan / Prólogo Hana

    O golpe de Hana foi mortal, a adaga feriu o monstro cortando seu corpo ao meio, as sombras que envolviam o corpo do bicho se dissiparam, e assim como os outros de antes desapareceu.

    Hana suspirou, as criaturas não falavam, por tanto não conseguiriam dar respostas a ela.
    O Sangue escorria de seu ombro, ao olhar o ferimento descobriu que iria sobreviver, aquilo não era algo para se preocupar, ela sentiu algo, ao pegar a sua joia que estava guardada viu que ela brilhava, era um brilho intenso, a garota nunca tinha visto algo do tipo.

    Ao voltar seus sentidos para a floresta em que estava ela percebeu que algo estava se aproximando, um terremoto, um vendaval, não dava para saber, mas viu algumas árvores caindo e folhagens serem arremessadas para longe.

    Tudo começou a tremer, um terremoto, seguido de um vendaval, Hana mal conseguia respirar com a força do tufão, ela conseguiu ver apenas uma enorme sombra vindo em sua direção como um touro furioso.

    Ketsueki apenas conseguiu ver algo estranho no meio das sombras, a figura de asas de borboleta.


    Off Naga:

    Testes possíveis.

    Correr velocidade 40%
    Saltar 44%

    Caso for fazer outra coisa fique a vontade.

    Naga verifiquei que cometi um erro com você, eu já tinha rolado um ataque adiantado e depois rolei outro ataque que ocasionou em um acerto, bem fico te devendo um ataque extra logo pagarei. Quando você enfrentar um novo oponente deixo vc atacar duas vezes.

    _________________________________________________________________________________________________



    Solde / Prólogo Abu



    Abu avançou sem pestanejar, a sua tanto iria acertar com violência a perna do inimigo, mas o Bárbaro sacou seu machado ao mesmo tempo e com um golpe de baixo para cima conseguiu cruzar armas com o Youkai, o pesado machado poderia ter vantagem, mas Yassir se esforçava para segurar o impacto.

    O musculoso fez mais força e conseguiu repelir para longe o adversário, estavam a uns 6 metros um do outro agora, Yassir percebeu que em termos de força física o Bárbaro era mais forte.

    - Meu nome é Angus o Aniquilador, e logo você saberá o porquê deste nome. Huhuhuhum...

    Ele girava sua arma e sorria diante da luta, era experiente no combate, dava pra ver, seria um páreo duro. A lâmina do machado reluzia diante do ébano do local, Abu sentiu o cheiro de sangue vindo da arma de seu adversário.

    Angus também parecia possuir um vigor físico considerável e em velocidade, os dois eram compatíveis, tudo isso foi percebido pelo Youkai.

    O som dos metais de suas armas ainda ecoavam no beco, o aniquilador Angus contra o sanguinário Yassir, um dos dois não sairia vivo dali, uma ave pousou no teto de uma casa ali perto, os dois continuavam a se encarar, analisando detalhes um do outro, quando o bicho grasnou, o combate teve inicio novamente.


    Off Zasalamel:


    Zasalamel eu rolei iniciativas e ataques, empatamos em iniciativa e ambos acertamos os golpes, decidi então que ninguém levaria dano assim vamos rolar iniciativa de novo e vc mesmo pode rolar seus dados, visto que não gosto de rolar pro jogador gosto de deixá-lo com essa responsa...

    A tanto possui dano de 2x força + D8.

    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Sex Abr 15, 2016 2:33 pm

    Tentar escapar do passado esquecendo
    Correr do presente que chega
    Em Asas de Borboleta


    Hana conseguira eliminar seus oponentes, tinha conseguido um instante tão breve quanto aquela luta. Ventos fortes sopravam, logo um tufão se criava, com o bater das asas da criatura. Ele virou-se para o lado oposto e tentava correr novamente. Sem folego, ferida e ainda sim, tentava correr. Suas pernas cediam a cada passo, seu corpo estava exausto e sua mente começava a cansar.

    Nada saberia sobre a pedra e a criatura, porém ela continuava tentando correr, porém era como se algo enrolasse nos pés dela e criar um peso. Ela não sabia o que era, se apenas o cansaço ou se era apenas a presença da criatura...
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 15, 2016 4:13 pm

    Assim que entro no lago, sinto a água gelada, um braço na frente do outro, dedos perfuram a água a cada braçada. As pernas batem em um ritmo controlado e rápido. Ao ver que era uma mulher, fico curiosa, porém agora não era hora de pensar. Preciso tirá-la o quanto antes da água. Mas é mais difícil nadar resgatando outra pessoa. Passo meu braço por baixo da axila da vítima até o seu queixo, mantendo sua cabeça acima da água. Agora eu só tinha um braço e as pernas para nadar.

    Com meu braço hábil, vou nadando de volta em direção a margem torcendo para que a ventania não voltasse a piorar. Vejo Taigan vindo em minha direção e me desespero ao perceber que a sombra o envolvia. Solto um rugido mostrando meus caninos afiados, tento nadar o mais rápido possível para a margem. O vento piora, as ondas ameaçavam interromper meu objetivo, a agitação da água faz eu engolir um pouco de água, meu nariz arde por causa da entrada de água, mas não paro.

    Meu coração começa a bater mais acelerado, não podia perder o sifu assim. Preciso ajudá-lo! Quando aquela sombra engole meu mestre, sinto a espinha congelar e solto um grito:

    - Nãooo! Sifu!!!

    Solto mais um rugido e continuo nadando mais bravamente ainda, nenhuma dor ou cansaço iria me fazia parar, embora o meu corpo pedisse isso. A água espirrava em meu rosto, os olhos ardiam. Pensamentos do pior começavam a surgir na minha mente. Sifu estaria morto? Não podia ser... Quero matar aquela maldita sombra!! Continuo dando braçadas ferozes até chegar a beira do lago. Quando chegar correrei em direção a sombra.
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3347
    Reputação : 97

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Sex Abr 15, 2016 7:25 pm

    Arredores Do Monastério Biron / Cena Especial Siara & Hana

    Hana correu o máximo que pôde, mas a sombra das trevas a alcançou, jogando-a longe, a jovem de cabelos cor de rosa era jogada de um lado para outro e assim o tufão negro a fez voar, seu corpo girava com força, suas vestes rasgavam, seu braço de ferro rangia seu corpo parecia que iria ser partido ao meio.

    Inúmeras memórias vieram a mente da garota, o Dojo e seus habitantes haviam morrido, imergido nas chamas de um dia macabro, desde então Hana não tinha para onde ir, seu objetivo era apenas sobreviver, coisa que agora parecia impossível.

    Ela poderia descansar agora, cair no sono profundo da morte e apenas desaparecer, se haveria de ter outro mundo depois da morte estava prestes a descobrir.

    Hana continuava sendo empurrada e por seu azar o tufão a levou até um precipício, não conseguira vê-lo antes por causa das árvores e da densa floresta, agora fora jogada do ponto alto do precipício e caiu até o destino final...

    Ela ficou desacordada e caiu em um lago... Por algum momento ficou boiando no lago sem consciência, quando alguém conseguiu segurá-la e tentava tirar a menina da água.

    Siara desesperadamente conseguiu forças do âmago de seu espírito, agora chegara a beira do lago, a tempestade irrompia atrás dela, enquanto a menina só pensava em uma coisa, se seu mentor estava vivo.

    Ela correu deixando a menina na beirada para que não se afogasse, a esfera negra estava a sua frente e ao chegar perto ela explodiu jogando Siara para longe, a garota bateu as costas em um árvore e caiu no chão, ficou um pouco sem ar com a pancada e forçou a visão para ver o que tinha ocorrido ao seu mestre.

    Taigan havia Expulsado as sombras em volta dele, Siara viu que a posição em que ele estava era familiar, era a mesma da grande estátua que havia no monastério, a estátua do Grande Biron, antigo mestre do local.

    Posição - Estátua:

    Taigan falava de maneira calma agora:

    - Hoje e o que seremos amanhã depende de nossos pensamentos.
    Se Procedo mal, sofro as consequências, se procedo bem, eu mesmo me purifico.
    Não vou ser maculado por algo do tipo, não hoje, NÃO AGORA!!!!


    Taigan saiu de sua pose e abriu os olhos até então fechados, as sombras se dividiram em 3 partes e logo se transformaram em criaturas pequenas humanoides.

    Shadow:

    - Siara prepare-se! Vamos lutar!

    Neste momento eles ouviram a garota desconhecida tossir, um brilho vermelho envolvia seu corpo, ela parecia bem e os monstros agiam de modo hostil contra os três. Seus cabelos cor de rosa maltratados agora molhados davam a mulher uma aparência selvagem, suas roupas estavam parcialmente rasgadas e a Kemono pôde observar seu ombro machucado.

    Taigan se aproximou de sua pupila com um salto acrobático, o vigor do Kemono ainda estava no auge. Então falou olhando a sua volta:

    - Não sei quem é esta menina Siara, mas já sabemos quem é o inimigo aqui.

    Off Gakky:
    Taigan não lutará plenamente ele apenas dará suporte, ele poderá fazer as seguintes ações:

    - Curar – Taigan usará a habilidade Wish e poderá curar um aliado em 10 Pvs.

    - Heal: Habilidade que permite o personagem concentrar sua energia e anular os efeitos dos status negativos: Blind, Silence e Poison, os efeitos cessam na hora.

    - Cover: Taigan se interpõe na frente do aliado recebendo todo o dano, o aliado sai ileso. Esta habilidade vale para o próximo ataque do oponente.

    Taigan pode ser usado apenas 5 vezes e somente Gakky determina quando, Gakky informe em Off quando for usá-lo e em quem vai ser usado. Isto de chamar um npc para ajudá-los é chamado Strike.

    O Dano de sua Leather Glove é de 2x Força +1D6.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2099
    Reputação : 133
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Sab Abr 16, 2016 12:09 am

    E que delícia estava aquele jantar, animado e amistoso, porém a jovem ficou pensativa com as respostas dos amigos.

    - Acho que vocês tem razão. Devia ser uma mancha distorcida pelo espelho e eu estava tão nervosa que nem pensei que pudesse ser isso – e voltou a comer. Caim não quis dizer que carta era então ela não insistiu e apenas perguntou se tinha dado certo o truque.

    Ela ia dar mais uma garfada quando foi interrompida por um rapaz envergonhado e assim como todos da mesa, olhou para ele. Depois todos olharam para ela, que apenas encolheu os ombros e disse:

    - Calma gente, tem as meninas do pompom – ela aponta para cinco moças que jantavam em outra mesa. Elas eram dançarinas e faziam um número que abria a noite de espetáculo – só depois que entrava o mestre de cerimônia- e o número de encerramento. – Mas se for a dança com as argolas sou eu mesma – e ficou na dúvida se sorria ou não. Ele não estava com cara brava então talvez não fosse uma bronca que levaria e resolveu sorrir para o estranho.  
    Caim ficou desconfiado e ela tentou amenizar as coisas.

    - Tá tudo bem Caim – ela se levanta e fala baixo próxima ao ouvido do amigo – ele é um espectador. Em que posso ajuda-lo? O forasteiro podia notar uma coisa peculiar na jovem, a cor dos seus olhos, que eram de um violeta muito claro, como ametista transparente e cintilante, uma cor nunca vista. Talvez tivessem olhos lilases por aí, mas nenhum tão claro como os dela.
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Sab Abr 16, 2016 7:50 am

    Abu se impressionava um pouco com as habilidades do guerreiro que enfrentava, mas isso só fazia com que seu lado racional fosse tomado um pouco mais por uma besta interior que brandia pelo sangue do inimigo.

    Abu vinha de terras distantes e vivia entre uma tribo sanguinária de Youkais, basicamente assassinos e ladrões que eram completamente sem escrúpulos. Com o aumento dos crimes causados por eles no oriente, uma seleta equipe foi montada para combatê-los, o que ocasionou a morte de vários parentes de Abu em uma batalha sangrenta sobre as areias do deserto. Alguns conseguiram escapar ainda vivos, assim como Abu, mas todos continuam sendo foragidos e possivelmente caçados.

    Após ouvir as palavras desafiadoras do bárbaro, Yassir batia sua lâmina contra a parede e soltava um urro rouco e monstruoso em direção ao homem, em seguida corria em sua direção e com sua arma, apunhalava-o entre os músculos definidos de seu abdômen.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1658
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Sab Abr 16, 2016 3:19 pm

    Estou ofegante e com medo de perder Taigan, meu coração gela de receio. Largo a mulher na beira do lago. Meu pelo está encharcado de água, corro desesperada para a direção da esfera negra. Porém algum tipo de força me lança para trás quando a esfera explode. Dor foi o que senti ao bater as costas na árvore.

    Minha visão está turva e a respiração ofegante. Pisco algumas vezes na tentativa de enxergar melhor e meu coração salta ao ver Taigan inteiro e aparentemente bastante vivo. Sua posição é emocionante, a mesma da estátua do Grande Biron, sinto um arrepio, isto era incrível. Estou tranquila e orgulhosa por saber que meu mestre era muito mais forte do que eu pensava. Mas estou sem fôlego para gritar agora. Enquanto ele pronunciava aquelas belas palavras, vou me levantando devagar, estico as costas e alongo o corpo e o pescoço. Respiro fundo para recuperar o fôlego.

    Quando Taigan me chama para lutar, sinto minha força de vontade aumentar. Aperto os dedos das mãos contra minha palma, posso sentir as pontas das minhas garras na pele. Meu olhar se desvia um pouco para a tosse da mulher. Aquele brilho vermelho era muito estranho e aquele machucado devia ser tratado. Mas volto a atenção para as criaturas, sifu tinha razão, sabemos quem era nosso inimigos.

    - Sim! - repondo a Taigan - Eles não são bem vindos aqui!

    Com os caninos a amostra e a postura de uma predadora, corro em direção a criatura mais próxima e lhe ataco com um soco certeiro vindo de baixo. Se puder, Taigan vai entrar na minha frente quando outra criatura vier me atacar.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 743
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Dom Abr 17, 2016 11:32 am

    Lexus olhava desconcertado por atrapalhar um jantar tão animado, fixou o olhar na possível dançarina que acabou por nem perceber a pergunta do rapaz, desligado como sempre Lexus acaba olhando para baixo com vergonha após fitar os olhos lilases da garota, respondendo apenas a sua pergunta.

    -  Então. - Começou dizendo e de repente a vergonha passou para uma euforia estranha em Lexus, ele avança e segura a mão da garota balançando e parabenizando a menina.

    - Meus parabéns, mas meus parabéns. Você foi absolutamente sensacional no picadeiro, com certeza uma obra de arte foi feita ali, eu pude sentir a magia sendo transformada em seus passo, em cada movimento, aquilo me intrigou, me animou, me deixou eufórico a ponto de admirar a bela dança que fazia. Fiquei estasiado, deslumbrado, desbundado, de fato foi a coisa mais bela que vi hoje aqui nessa feira, eu vim aqui mesmo para dizer-lhe isso e que está de parabéns, meus  parabéns.  

    Lexus desembesta a falar de uma forma onde era difícil de ser interrompida, era nítido o quanto ele havia notado e gostado da apresentação.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2099
    Reputação : 133
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Dom Abr 17, 2016 12:32 pm

    O rapaz envergonhado olha para chão, deixando Anemona um pouco desconcertada, ela olha sem entender nada para Caim e nesse momento de distração nem percebe que o visitante pega em sua mão para parabeniza-la. O moço a balança com entusiasmo e começa a falar sem parar, deixando-a sem graça com tantos elogios.
    Era a primeira vez que tinha uma recepção tão efusiva. No meio daquele falatório ela sorri e olha algumas vezes para Caim e Shino.
    Tentou algumas vezes interromper o rapaz, mas não conseguiu, então decidiu esperar ele parar de falar.

    - Puxa, muito obrigada! Nunca foram tão entusiasmados ao falarem comigo – mesmo sem graça ela sorria feliz – eu só fiz o que gosto de fazer e dei o meu melhor. Não tem nada de mágico nisso, só paixão mesmo. Fico feliz que tenha causado essa reação – ela estava empolgada – que bom que gostou. Espero que tenha gostado dos outros espetáculos também, temos artistas maravilhosos aqui no circo – e apontou para o resto da mesa – viram só? Alguém reconheceu meu talento – ela faz uma pose de convencida, mas todos ali naquela mesa eram amigos, e apesar da rivalidade natural no meio artístico, um reconhecia o trabalho do outro e sabiam que a jovem era bastante animada e que ela estava brincando com eles ao fazer aquela cara.

    - Posso dizer então que temos um cliente cativo agora? – e encara o rapaz com um enorme sorriso, o frescor da juventude escapando da brancura do riso e a alegria estampada no olhar ametista.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 743
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Dom Abr 17, 2016 6:10 pm

    O rapaz retira o chapéu.

    - Poxa q indelicadeza. Meu nome é Lexus. Sou um viajante e olha posso dizer q provávelmente sim. Adorei mesmo o show.

    Lexus olha para todos nesse momento de apresentação e fala cordialmente.

    - Gostei de vários espetáculos, são todos excepcionais. Mas senhorita, devo admitir que há sim magia em sua apresentação. Um talento único.

    Lexus sorria ao dizer sobre magia, isso era algo que ele se sentia apaixonado. Magia e a sua manifestação nas diversas formas. Ele aproveita a oportunidade e gentilmente oferta sua ajuda.

    - Por sinal, me desculpem mas não deixei de ouvir na necessidade de alguns itens. Se precisarem posso ajudar a encontra-los.

    Finalizava Lexus com seu semblante calmo.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2099
    Reputação : 133
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Dom Abr 17, 2016 9:41 pm

    A dançarina faz uma mesura para o visitante quando ele se apresenta e faz o mesmo:

    - Meu nome é Anemona, senhor Lexus, mas creio já saiba, pois ele foi anunciado lá no picadeiro. Prazer em conhecê-lo! Também sou uma viajante, hahahaha – ela ri da piadinha -  que bom que gostou do show. Ah, só um instante – ela sai e se dirige até um pequeno balcão e pega um flâmula, dessas dadas como lembrança para os visitantes e volta saltitando – aqui, pegue uma lembrança do circo Kiss.

    A facilidade com que a jovem sorria só demonstrava o quanto ela era feliz ali no circo e o quanto ficava a vontade com seus colegas.

    - Se você diz que é magia, tudo bem então! Eu acho que é muito treino mesmo, não fiz nada de mais no palco. Pelo visto você gosta muito de magia né?

    Foi fácil notar o quanto o rapaz se encantava com magia e ela sorriu ao ver tanta paixão, ela entendia esse sentimento de gostar tanto algo ao ponto de se dedicar de corpo e alma àquilo.

    - Eu amo tanto a dança quanto você ama magia, acho que agora consegue entender o que faço no palco – senta-se à mesa outra vez.

    Lexus oferece sua ajuda e Anemona olha para Caim:

    - Não vi o que tem na bolsa para fazer o elixir, mas se faltar algo certamente aceitaremos sua ajuda.
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Seg Abr 18, 2016 11:27 am

    A tempestade chega
    Como noite fria como um lago no inverno
    Trazendo o inesperado.

    Um turbilhão de coisas haviam ocorrido em poucos instantes, Hana sentia seu corpo ser jogado na margem, ensopado e frio. Levantava os olhos e via a cena de um enorme panda gigante expulsando sombras de seu corpo. Uma "monja" preparando para lutar contra as malditas sombras que vinham perseguindo ela. O ombro latejando de dor, sabia que aquilo uma hora tinha que acabar...

    Off:
    VOu dar aquele cash-in na minha ação dupla agora!

    Levantava-se com certa dificuldade, ela agora era a tempestade. Corria em direção a uma das sombras enquanto seu braço como corrente, parecia ter vida própria enquanto em uma das mãos a adaga que servia de espada. Hana fazia algo pela primeira vez, uma técnica de seu antigo mestre, um golpe duplo.

    "- Estilo Ramina kyōfū, Take no bunkatsu..."

    Hana correndo:

    Ela corria, próximo de seu adversário girava o corpo de lado, para tentar pega-lo de surpresa com a espada descendo, tentando literalmente parti-lo ao meio enquanto seu braço iria certeiro no oponente mais afastado...

    golpe:
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3347
    Reputação : 97

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Seg Abr 18, 2016 5:47 pm

    Vannu / Anemona & Lexus

    Caim fica contrariado pela presença do rapaz, o pai adotivo de Anemona se levanta e coloca as mãos no ombro do rapaz recém-chegado e diz:

    - Eu sou Robert!!! Pode me chamar de Bob, eu sou o pai de Anemona, bem se quiser pode se sentar a mesa, no entanto amanhã partiremos, você mencionou que é um viajante, amanhã cruzaremos as Planícies Desérticas em direção a Solde.
    Se quiser pode nos fazer companhia nesta viagem...


    Caim abriu sua boca para falar algo diante da situação, não queria que o misterioso rapaz viajasse com eles, mas ficou quieto, e voltou a sentar-se para a janta.

    Shino não esboçou nenhuma reação, exceto que ao acabar a sua coxa de franco pegou o seu copo de suco e bebeu de uma vez, o garoto era pequeno, mas era um saco sem fundo como costumavam dizer.

    Bob continuou:

    - Lexus seu nome né? Bem só que amanhã acordaremos bem cedo.

    A viagem seria longa, as Planícies eram uma região com uma estrada de terra de muitos Quilômetros de distância, poderiam até ter que dormir na rua durante o trajeto, embora a caravana seguiria com algumas carroças, alguns teriam que ir a pé e alguns animais de porte grande não eram tão rápidos.

    ______________________________________________________________________________________________________

    Solde / Abu

    Abu atingiu o grande guerreiro, o golpe atingiu o abdômen do Bárbaro rasgando-o, o sangue jorrou, o contra-ataque do bruto foi mais perigoso, o poderoso machado atingiu as costas de Yassir em cheio, o bárbaro sorriu, lutar era prazeroso para ele.

    No vamente Angus girava o corpo para golpear o inimigo, mas uma luz arroxeada impediu os dois de se matarem, as mãos de Angus e Abu ficaram paralisadas e uma voz de trás do Youkai foi ouvida por ambos.

    - Angus pare!!! Não temos tempo para isso.

    Abu tinha o corpo envolto por uma energia mística que o paralisou por alguns segundos, ao ficar liberto ele olhou para trás e viu a figura que o impedia de lutar.

    Àgora:

    - Ágora!!! Era só mais um ataque e ele cairia morto aos meus pés...

    - Não seja estúpido, o seu adversário exala a sangue, é um lutador experiente, provavelmente se matariam... Vamos não temos tempo...

    - Você teve sorte, mas nos veremos novamente fedelho!!!

    Angus recolhia seu machado, foi assim que Fatti Fukki percebeu!  Estava tão absorto no combate que não havia percebido antes, havia sombras nos tetos das casas, o bárbaro não estava sozinho, fazia parte de um grupo, o Youkai não poderia com todos, talvez umas 5 pessoas ali.

    As sombras iam desaparecendo a medida que iam se afastando, Abu teria de se contentar com um empate neste momento, mas o convite de Angus o Aniquilador pairava no ar, um dia a batalha dos dois teria um final mais claro.
    “mas nos veremos novamente”

    O Youkai voltava para a taverna, ao chegar notou o nobre saindo do local, ele reconheceu Fatti e foi em sua direção.

    - Você era aquele membro do Corvo que saiu com uma mala quando eu entrei, eu gostaria de lhe oferecer um bônus, quero que faça um trabalho extra além daquele que eu pedi para seu chefe, além de fazer o trabalho em grupo você terá uma tarefa individual com o qual eu pagarei uma parte adiantada.

    O Nobre estalou os dedos e um servo lhe trouxe uma bolsa de dinheiro.

    - Aqui está! Pegue você apenas terá de fazer o seguinte...

    Depois de falar o que o Youkai precisava fazer ele se despediu.

    Na bolsa de dinheiro o Nobre havia deixado 1000 Gils com o sombrio guerreiro.
    Ao entrar na taverna Baldur’s estava conversando com o grupo:

    - Sente-se Abu, a nossa missão é o seguinte... Nós vamos até um local longínquo, teremos de matar uma bruxa alojada em uma torre. Aqui neste pergaminho, temos o contrato e a localização da bruxa.

    O líder da gangue abriu o pergaminho com o mapa, para que todos os membros olhassem.

    - Jack você consegue lutar deste jeito? Vai ser uma viagem longa, partiremos amanhã. Farei o pagamento quando completarmos a missão.

    Jack fez que sim com a cabeça.
    Ainda não tinha visto o ferimento de Fatti que o mesmo cobrira com um manto.


    _____________________________________________________________________________________________


    Arredores do Monastério Biron / Siara & Hana

    O Combate se iniciou, Hana logo se apercebeu que duas pessoas estavam ali lutando contra as criaturas sombrias, o inimigo de meu inimigo é meu amigo, assim empenhou-se em atacar as criaturas.

    Sua técnica rasgou o ar, no entanto os Shadows são capazes de ficar intangíveis em solo, o golpe da flor de sangue apenas atingiu o chão fazendo uma ranhura espessa.

    Siara investiu com suas garras, mas a velocidade dos monstros era algo de se elogiar, dois monstros tentaram combinar forças para destruí-la, suas garras cortaram o ar visto que com uma acrobacia e salto para trás ela conseguiu escapar dos danos.

    Taigan ficou na frente entre Siara e os monstros, que com um rugido repeliu as criaturas.

    Hana também foi atacada, mas a garota estava cansada, havia acabado de cair no lago e mesmo assim tentou lutar, as garras do Shadow tocaram uma de suas coxas, Hana Recebeu mais dano e quase caiu. O cansaço da jovem era visível.

    Iniciativas e danos:
    Iniciativas:
    1 - Hana
    2 - Shadow
    3 - Siara
    Hana recebeu 11 de dano total 27 ainda restam 19 pontos de vida. Turno de Hana.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Set 19, 2018 2:05 am