Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Compartilhe
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2175
    Reputação : 143
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por shamps em Seg Abr 18, 2016 10:41 pm

    Quando Bob se aproximou da mesa e se apresentou ao rapaz, Anemona deu um beijo no rosto do pai e ficou abraçada a ele.

    - Sim, esse é o meu paizinho - ela sentia orgulho de seus pais – e aquela é minha mãe – e aponta para a mulher em outra mesa, logo volta-se para seu próprio jantar e continua comendo, alheia às outras coisas a sua volta.

    Assim que termina se volta para Caim:

    - Ei, me deixa ver o que tem ali na mochila. Pensei em misturar as ervas com cera e fazer uma pomada. Acho que vai durar mais na perna do Covarde. Se não tiver tudo, o Lexus pode ajudar com o que falta, certo? Ela fuça a mochila do colega para ver se tinha o que precisaria – pai, antes de ir me deitar, tenho que tratar do cavalo. Ele tem que estar bem para a viagem.

    Bob continua conversando com o forasteiro e Anemona se intromete várias vezes:

    - Sabe Lexus, se você não acordar cedo, o Bob te joga água fria hahahahah! Eu falo com conhecimento de causa -  ela ria, era exagero dela, mas tinha um fundo de verdade – será uma viagem ótima!
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Ter Abr 19, 2016 9:19 am

    A dor acompanha a luta ferroz
    O Sangue escorre sobre as feridas
    Tempos Sombrios aproximam-se

    Cansada, ferida, faminta e ainda sim tinha que fazer algo. Não era possível acreditar que tudo aquilo não teria um fim. Hana não conseguia pensar muito, seu corpo parecia agir em um modo quase automático, fazendo com que muito dos ensinamentos de seu sensei se perdessem. Golpeava quase a esmo, lembrava mais uma criança segurando uma espada do que uma pessoa treinada.

    Atacava inconstantemente, golpes horizontais, verticais e tentava naquele instante apenas terminar com aquilo. Sua respiração pesada, seu fôlego ia se esvaindo a cada golpe, assim como o sangue de seus ferimentos e sua vida...
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3413
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Ter Abr 19, 2016 10:20 am

    Arredores Do Monastério Biron / Siara & Hana


    Os Shadows começam a rodear o grupo, as sombras entram no chão e saem constantemente de modo a evitar os golpes de Hana e de Siara.

    Shadow Moviment:


    Hana tirava forças de onde não tinha mais, seria uma guerra se manter de pé, imagina lutar ao mesmo tempo.
    Os monstros fazem um ataque combinado novamente, dois deles se fundem e se tornam um tornado negro que gira em direção a Siara, a menina é atingida na barriga e jogada em uma árvore que estava atrás dela, um baque surdo se ouve.

    Siara fica no chão alguns segundos.

    Os Shadows se dispersam novamente e um deles tenta acertar Hana, os vários ataques com as garras são desviados constantemente, a cabeça de ketsueki era o alvo, mas o treinamento que recebera ainda preenchia seu corpo de modo que o corpo respondia aos movimentos dos inimigos.

    O Shadow subiu em uma árvore e tentou um ataque aéreo, neste momento a garota de vestes rasgadas pôde ver no alto dos céus algo os espionando, era...



    Algo mágico, não era uma borboleta real, pelo menos não parecia, as garras do inimigo chegavam perto de Hana poderia ser o golpe fatal caso a mesma não contra-atacasse.

    Off Game::
    Off: Hana errou o ataque e os Shadows também.
    Siara recebeu 13 de dano por um ataque do Shadow ainda possui 33 pontos de vida.
    Turno De Siara depois Hana.
    Bem adiantei pq tava sem nada pra fazer kkkk aproveitei...
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Ter Abr 19, 2016 6:01 pm

    Abu anotava mentalmente todos os dados de ambas as missões que havia recebido. Seu sangue já havia parado de ferver e seus olhos haviam voltado para a coloração amarelada de costume. “Preciso continuar tentando me controlar... Hoje poderia ter sido minha morte, mas serei mais forte que a besta que corre em meu sangue”. A reflexão se concluiu com o ardor que veio de suas costas, mas logo se recuperaria e ninguém precisaria saber daquele imprevisto.

    Analisando o mapa da missão, Abu também somente concordava com a cabeça com Baldur’s e se retirava para seu aposento juntamente com seus colegas baderneiros. Antes de ir, passava pelo vendedor dali e adquiria alimentos para aquela noite e para algumas semanas de viagem, assim como equipamentos básicos para percorrer aquela longa distância como corda, cantil, lamparina, saco de dormir, etc. Também adquiria alguns itens básicos para que pudesse tratar sua ferida, evitando assim complicações.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Ter Abr 19, 2016 9:29 pm

    Esses monstrinhos realmente eram muito rápidos, percebo que preciso ter cuidado ao lutar com eles. Respiro com força, ainda estou em posição predadora. Fico preocupava e surpresa ao ver que a mulher ainda tentava lutar mesmo ferida e visivelmente cansada. Com certeza devia ser uma mulher de honra. Porém ela não podia mais lutar, precisava parar, penso.

    Ao ver a sombra saindo e voltando do chão, emito um rosnado baixo e mostro os caninos. De repente sou surpreendido pelo tornado negro, sem tempo nem para piscar, sou atingida na barriga e arremessada contra uma árvore. Caio no chão de joelhos, isso realmente doí, vou levantando a medida que consigo e volto para a postura ameaçadora.

    Vou avançar contra a sombra que pretende atacar a desconhecida (Hana) e fazer um golpe especial, com as mãos faço um movimento rápido ensinado por Taigan, um braço gira juntando-se com o outro e indo pra frente juntos para causar o dash no inimigo. É um movimento rápido, nem todos conseguem acompanhar com o olhar. Solto um grito breve ao fazer o golpe:

    - Hai!

    Depois vou gritar para a desconhecida:

    - Afaste-se! Vai se matar desse jeito! Deixe eles comigo!

    Taigan vê que Hana está ferida e usa sua habilidade de cura nela. (Lembra, posso dizer o que Taigan faz)
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Qua Abr 20, 2016 9:57 am

    Uma Flor caindo
    Retornando a seu galho
    A borboleta voltando

    Hana não conseguia golpear e em um instante sofria diversos ataques, porém ainda sim conseguia esquivar. A vontade de ferro dela e o treinamento infernal de seu mestre tinham dado algum efeito. No meio daqueles golpes ela viu as asas da borboleta sobrevoando. As mesmas asas que tinha visto antes e a arrastaram de onde estava.

    Aquilo tinha que estar ligado, ela então sabia o que fazer. Um jorro de força voltava a seu corpo, restaurava seu físico. O Panda dera a ela mais um momento para lutar. Ela saltava com uma força maior do que tinha apresentado até agora e golpeava a borboleta. Seu movimento não seria desperdiçado ali. Seu retorno ao chão seria visando uma das sombras.

    Off:
    Inicialmente Hana vai atacar a borboleta, caso não ocorra nada, ela irá descer contra uma das sombras na próxima ação.
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3413
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Qua Abr 20, 2016 11:36 am

    Solde / Prólogo Abu

    Abu havia se direcionado aos seus aposentos, o grupo havia preparado tudo, com mais alguns custos eles se equiparam de protetores para as mãos pés e corpo além é claro da cabeça, armaduras de cunho leve para dar maior mobilidade, os básicos como alimentação e água estavam garantidos e o Youkai de olhos exóticos já havia checado seus pertences.

    Matar uma bruxa poderia ser complicado, não sabiam de que tipo de poderes mágicos ela dispunha, os contos de trovadores a respeito destas feiticeiras das trevas sempre falavam de vassouras voadoras e narizes grandes com verrugas enormes. Mas isso não passava de contos infantis, a realidade seria muito pior, ainda havia o tal caso dos sequestros de elfos nas redondezas.

    Isso reforçaria a segurança e os soldados do Reino, os chamados soldados eternos estavam de plantão.

    A noite era tranquila lá fora, o sono de Yassir veio acompanhado de um sonho, nele o Youkai estava diante de uma garota de cabelos dourados, sua pele era branca e seus olhos possuíam uma expressão de autoridade, a aparência de jovem e rebelde estava estampada em seu rosto, a menina saltou de uma torre e caiu no chão em pé, depois sacou uma espada de lâmina fina, a arma tinha um formato de cruz. Ela desferiu um golpe em um soldado e depois saltou para trás atacando um outro inimigo que iria golpeá-la, seus pés acertaram os ombros do oponente e quando a menina caiu por trás do elemento ela desferiu um golpe pelas costa em estocada.

    Embora os soldados estavam feridos ela não havia golpeado para matar, apenas estavam inutilizados no momento.

    A garota foi até Yassir que estava parado ao vê-la:

    - Você finalmente veio até mim...

    O interessante é que as pessoas esquecem algumas partes do sonho, e com ele não foi diferente, não lembraria o que aconteceu depois disso, ao acordar o grupo estava se preparando.
    Yassir colocou seu capuz e braceletes além de uma proteção para o corpo que Jack havia comprado com os donativos do grupo, com estas vestimentas estaria bem mais protegido de danos sérios.

    Lá fora estariam esperando os Chocobos que eram aves de tamanho suficiente para suportar o peso de um adulto, essas aves eram usadas para montaria, muito comumente até.

    Chocobo:

    Então partiram, o grupo saiu pelos portões de solde com suas montarias, a morte os acompanhou, a ceifadora era companheira do grupo, bastava decidir de que lado ela estaria hoje.

    Percorreram o caminho com o sol escaldante batendo em suas cabeças, protegidas apenas pelos capuzes, ao chegar em uma determinada parte da região das Planícies desérticas aconteceu uma batida de elfos, alguns soldados os pararam.

    Baldur's fez sinal para o grupo se submeter, não haveria necessidade de combater os soldados, os Elfos queriam revistá-los, haviam recebido uma mensagem anônima de que os sequestradores estariam por aquela região.

    Começaram a revistar o grupo, acharam as armas mas não fizeram caso, naquele tempo armas brancas poderiam ser apenas para proteção, animais selvagens habitavam as regiões.

    Ao chegar a vez de Abu o Youkai cedeu a vontade do líder, os Elfos o revistaram, o Youkai havia usado uma poção para curar seu ferimento, e com certeza havia dado resultado a ferida nem sequer doía.

    O elfo no entanto encontrou algo, era um broche que os elfos costumavam usar, um broche com uma folha prateada, símbolo de um grupo de virgens de um templo, o elfo arregalou os olhos e mostrou o broche aos outros membros de seu grupo que sacaram suas armas.

    - Eles!!! são eles...

    Gritava o soldado.

    Abu viu aquilo preso em sua capa, como poderia, aquele broche não era conhecido por ele.
    O grupo de Baldur's não teve tempo de se explicar, os elfos partiram pra cima sem conversa, e os Corvos fizeram o mesmo, a região era totalmente ampla, planícies para todos os lados onde a vista alcançava, somente a muitos metros dali existia uma madeireira talvez até desativada.

    Baldur's gritava:

    - Malditos não fizemos nada, bastardos desgraçados não vamos arregar diante de um combate...

    As lâminas tocavam umas as outras com ferocidade, Abu viu Jack ser ferido na perna enquanto outros membros tentavam defendê-lo.

    Os chocobos se alarmaram...

    - Abu pegue! Continue a missão. Pegue minha montaria e vá, nós cuidaremos disto aqui!!!

    O líder dos corvos jogou o contrato com o mapa para o Youkai pois a luta ali seria feroz, poderiam não sair vivos, caso isso ocorresse o contrato teria de ser cumprido nem que fosse realizado por um único membro.

    Off Game::
    Zasalamel eu equiparei em seu Personagens alguns equipamentos que seu grupo comprou, o seu dinheiro será usado então vou computá-lo aqui mesmo seus gastos foram de:
    690 Gil é alto mas estou computando comida e água também. Seu Hp está totalmente recuperado...


    ______________________________________________________________________________________

    Arredores do Monastério Biron / Siara & Hana

    Taigan foi rápido usou sua energia em Hana dando um novo fôlego para a jovem, a energia Ki percorreu o corpo da jovem que deu um salto para o céu infinito, a sombra se interpôs em sua frente e foi jogada para longe, o salto da garota foi algo impressionante.

    Hana voou e iria golpear a criatura alada, ela notou algo muito importante, a borboleta era na verdade uma espécie de fada que com seu poder e para surpresa da jovem, jogou uma espécie de pólen em seu rosto, Ketsueki se protegeu mas lá do alto não pôde evitar a queda. Ela se recuperou e desceu em um golpe vertical para acertar o Shadow, o monstro foi cortado ao meio e a garota caiu com um dos joelhos no chão e a outra perna fazendo um ângulo de 90º graus.

    Siara golpeou o monstro com seu golpe veloz, das suas garras uma luz feita de ki atravessou a criatura, o monstro tentou atacá-la, mas ele já havia sido golpeado e se desintegrou ao tentar tocá-la, o Shadow havia sido destruído, restava apenas um. Este Taigan se encarregou de eliminar.
    O Kemono parou atrás do Shadow e aplicou um golpe em sua cabeça, cortando-a, mais uma vez a sombra se desintegrou.

    - Estão todas bem?

    O tornado se dispersava e a fada no ar desapareceu, possivelmente uma espiã, tão calmo ficou o lago como era antes, parecia que nada tinha acontecido, a fonte do vendaval era mesmo mágica.

    Taigan se aproximou da jovem estranha, queria respostas, mas o que mais lhe intrigou foi outra coisa, a técnica da menina.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 746
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por TheDuck em Qua Abr 20, 2016 12:00 pm

    Lexus sentiu o peso da mão de Bob em seu ombro. Olhou para ele e agradeceu a oferta.

    - Poxa, adoraria viajar com vocês, adoro coisas novas e aprender mais sobre as coisas. Com certeza estarei de pé logo cedo.

    Lexus se vira para Anemona e o pequeno garoto.

    - Opa, me deixo a disposição para encontrar os itens, por sinal se eu puder observar a Srta Anemona fazendo a poção, gosto muito de aprender. Smile

    Lexus fazia uma leve reverência

    - Sou grato pela hospitalidade e abertura com esse viajante desconhecido.
    zasalamel
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1040
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por zasalamel em Qui Abr 21, 2016 8:55 am

    Com o corpo já coberto por areia misturada com suor, Abu esquivava em movimentos rápidos dos ataques, através de saltos e rolamentos. Via seus colegas sendo golpeados e não tinha muito tempo para refletir em como aquela luta havia começado e argumentar algo. Seu coração começava a pulsar forte novamente com o calor da batalha, porém não cometeria o mesmo erro, a missão deveria ser cumprida.

    Passando correndo por entre o som das lâminas se chocando, Abu se dirigia até Baldur's e, após se esquivar de dois ataques de espada, conseguia chegar até o líder da trupe. Ouvindo as palavras gritadas dele, Abu queria permanecer na batalha, mas sabia que caso fossem presos alguém precisaria tirá-los da cadeia. Focando nisso, o Youkai agarrava o contrato e o mapa, enfiando-os de qualquer maneira por dentro dos bolsos e perseguia um Chocobos que começava a bater em retirada, saltando sobre ele ainda em movimento e saindo disparado em direção ao seu objetivo.

    Eu irei completar a missão e honrar o nome dos Corvos, depois tirarei satisfação com esses elfos..
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Qui Abr 21, 2016 3:39 pm

    Finalmente o silencio noturno,
    A chama da vela que corta a sombra,
    São vaga-lumes ao luar

    Após a queda, Hana vê os outros dois lutadores eliminando as sombras restantes. Com o olhar percebe que a "borboleta" se foi. Apenas o Panda e a outra lutadora. Ela levanta-se da posição, calmamente vai até uma arvore próxima e senta, quase que desabando de cansaço. Sua respiração era dificil, mesmo tendo recebido uma certa cura.

    Ela ouvia o Panda perguntar se estava tudo bem e com a cabeça fazia um sim. Então lembrando de algo ela abaixa a cabeça, colocando na boca um pequeno lenço de seda e rapidamente limpa a adaga antes de embanha-la.

    cena:

    Após isso, ela se permite a descansar um pouco....
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Qui Abr 21, 2016 8:23 pm

    Fico boquiaberta com o salto da desconhecida (Hana), que movimento incrível! Eu que gosto muito de acrobacias, fico impressionada. Depois de destruir o monstro, volto-me para o Sifu. Porém logo me acalmo ao ver que ele tinha terminado com o último inimigo. Com o perigo passando, volto a postura normal e mais relaxada. Vejo que a desconhecida estava sentada, era bom que estava viva.  

    - Eu estou bem, não sei a outra - Respondo a Taigan.

    Percebo que o clima ficou calmo, provavelmente aquela sombra era a culpada pelo tornado. Ainda bem que tudo tinha passado, ao menos desta vez. Me viro para a jovem estranha, também queria respostas. Eu a observo limpar sua adaga, mas me pergunto o motivo de tanta urgência em fazer isso. Depois de me aproximar da desconhecida, vou perguntar:

    - Vejo que gosta muito de sua adaga... Está mesmo bem? Não há nenhum ferimento profundo aberto?

    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Qui Abr 21, 2016 9:45 pm

    Palavras sussurradas
    Brisa que carrega pétalas
    Interlúdios e Prelúdios


    Hana levantava os olhos para a jovem, media ela e dava um leve sorriso quando ouviu a frase. Entendia a preocupação aparente mas ela sabia que aquele momento era uma pausa na correria.

    "- Desculpem trazer essas sombras a porta de vocês." - Hana levantava-se com uma certa dificuldade e em seguida, curvava-se em respeito aos dois - "- Muito obrigado pela assistência contra eles porém, devo partir..."

    Começava a caminhar, um pouco baqueada, porém nada que um galho de uma arvore não fosse ajudar ela. Apoiada nele observava o melhor caminho para sair daquele local e ao encontrar começava a andar. Contudo antes de sair virou para a jovem monja e falou:

    "-Não se guarda uma arma suja de sangue, ela pode emperrar na bainha no momento em que você mais precisa.."
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 22, 2016 2:05 pm

    Fico surpresa com a reação da desconhecida. Observo enquanto ela fala e se curva, minha surpresa me deixa sem reação por algum tempo. "Como assim ela iria embora? Precisa dar explicações e se cuidar." - Penso. Percebo também que quando ela caminhava, tinha dificuldades, devia ser realmente uma moça bem teimosa. Não que eu não fosse.

    Cruzo os braços, meu pelo ainda estava molhado, eu não nadei atoa para ela ir embora assim e se matar pelo caminho. Olho para o sifu, em seguida corro até a desconhecida e impedindo seu caminho falo:

    - Espere, não pode ir assim. Você disse que trouxe essas sombras até aqui, queremos explicações. As pessoas daqui correm perigo, e se o tornado voltar? Agora que fomos envolvidos, quero saber o que são essas coisas. Há algo errado acontecendo, nós protegemos este lugar, preciso saber o que houve. Além disso, vai ter que parar alguma hora para cuidar dos ferimentos... O corpo tem limites, se o corpo falhar vai perder a sua jornada. Se não quer fazer isso por nós, então faça por você mesma ou por agradecimento...

    Vou olhar para a desconhecida e depois para o Sifu, espero que ele concorde comigo.
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Sex Abr 22, 2016 3:23 pm

    Espero que entenda
    As duvidas que tenho sobre mim
    Não são ingratidão

    Hana parava um instante. Ouvia tudo o que a garota falava, sobre o perigo que era ficar ali mais tempo. Tempo. Essa era uma palavra que Hana sempre pensava sobre. Se tivesse tido mais tempo de treinar, se tivesse chegado a tempo no dojo, se tivesse tempo para descansar, o tempo fosse outro...

    Com o olhar meio perdido ela faz um meneio com a cabeça, entendendo a preocupação e volta a falar, sua voz não mudou o tom em nenhum momento. Não tinha quase emoção na voz, soava até um pouco vazia mas, sincera.

    "- Agradeço a preocupação porém, como você mesmo disse as sombras podem voltar e elas estão atrás de mim, não de vocês e do vilarejo. Por isso preciso sair o quanto antes. - Hana observa melhor o lugar e percebe que aquela paz poderia durar muito pouco se continuasse ali - "- Não foi um tornado e sim uma fada, ela provavelmente está com as sombras e isso é o perigo maior. Agora, com licença e volte a viver sua vida pacifica....

    A jovem aspirante a samurai, virava-se e saia, indo embora, apoiada em um galho como muleta/bengala, saia com a velocidade que conseguia daquele lugar, indo embora e deixando aqueles dois em seu ambiente de paz. Aquele lugar e Hana nunca combinariam...
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 22, 2016 7:41 pm

    Percebo que a desconhecida não iria tão longe com tantos ferimentos, pela menos ela não podia sair de nossas vistas tão rápido, eu não sou do tipo que desiste fácil. Quero saber o que aconteceu, quero saber se isso ameaçará a todos nós. Olho para o Sifu como se insistisse para que ele fizesse alguma coisa:

    - Sifu...

    Sem esperar nem um segundo, grito para a mulher enquanto ela caminhada demoradamente:

    - Têm certeza que isso só envolve você? Acha mesmo que tudo isso foi só para te pegar? Deve ser alguém importante...

    Suspiro, me questiono se ela era alguém do submundo. "Não consigo acreditar que eles só queriam ela. Ah não ser que ela estivesse devendo algo as sombras. Aqui no monastério sempre aprendi que mesmo no desespero nunca devemos recorrer ao inimigo" - Penso. Depois desses breves pensamentos, eu volto a falar gritando:

    - Se for para uma causa maior, não seria melhor ter ajuda? E se você falhar na sua jornada? Acha que não acontecerá nada de ruim a algum inocente? Não tem ninguém que queira proteger? Se falhar esse alguém pode sofrer... Devia se fortalecer antes de continuar...

    Suspiro mais uma vez, nem mesmo sei porque estou dizendo isso. Não sou boa em convencer as pessoas, mas era melhor conhecer o inimigo antes dele voltar. A verdade é que estou chutando teorias e tentando ver se alguma delas faz sentido para a desconhecida, assim pretendo colher um pouco da verdade. Também não quero perder nenhuma pista do que aconteceu aqui. Volto a falar:

    - Meu nome é Siara! Por que não fica e pensa na resposta dessas questões... É claro se o Sifu deixar... Mas que fique claro que sou forte suficiente para me defender, o Sifu também. Além disso, não há somente nós dois aqui.

    Agora dou chance para que eles respondam, tanto o Sifu quando a desconhecida. Espero não levar um sermão depois disso. Talvez não fosse sábio falar tantas palavras a uma desconhecida, mas também havia a possibilidade de ser o certo a se fazer.
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Sab Abr 23, 2016 11:29 pm

    Palavras são flechas
    Alvos são memórias distantes
    Intenções são armas

    Hana parou por um instante, media a jovem de ponta a ponta ouviu em silencio todas as palavras e por fim fez um meneio com a cabeça. Não modificou a expressão em nenhum instante. Calmamente respondia tudo aquilo.

    "-Siara-san, cuidado como fala. Eu não sou ninguém mesmo, mas fui aluna de alguém. As sombras mataram meu mestre, meus amigos e tudo o que eu tinha como sagrado." - Ela parava, um instante, observava ao redor, vendo se alguma sombra crescia ou se pessoas estranhas se aproximavam. "- Minha jornada não tem causa maior, não tem falhas, ela termina com a morte, de um jeito ou de outro. E eu realmente não quero colocar mais vidas perdidas na minha consciência..."

    A jovem respirava um pouco fundo, depois de falar demais até, virou-se e saiu sem olhar para trás...
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3413
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh43.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por spectro em Seg Abr 25, 2016 11:05 am

    Vannu / Anemona & Lexus

    Depois da janta Anemona se dirigiu aos aposentos para fazer a poção, Shino e Lexus a acompanharam e Caim foi buscar o cavalo, ao verificar a mochila de itens viu que lá estavam os ingredientes necessários, ervas verdes e água, o suficiente para criar as Potions.

    Anemona se concentrava ao realizar o trabalho, Lexus prestava atenção a tudo, ela misturou as ervas em um pequeno recipiente, com um pilão feito de madeira que cabia em suas pequenas mãos ela amassava as ervas e adicionava água aos poucos, até que uma mistura de coloração verde bem claro se fez. Lexus ajudou na dosagem do líquido.

    Ambos levaram a solução para o “covarde” o cavalo de Caim e colocaram em sua pata dianteira. Ao terminarem foram dormir.
    Lexus teve de dormir nos fenos dos cavalos, infelizmente às vezes não tinham locais confortáveis para todos, Shino dormia em uma cama e Caim em uma rede perto de seu cavalo.

    Anemona sonhou, ela estava em um local escuro, percebeu que o chão era feito de um líquido negro, água, viu seu reflexo nela, depois algo estranho, o reflexo não era mais seu e sim de um reino que não sabia qual era, em todas as viagens não lembrava de um local como aquele, o Reino pegava fogo e criaturas sombrias envolviam o local como que festejando a sua queda.

    O sonho se escondeu nas profundezas da mente da menina, e de madrugada ela acordou, Lexus olhou para o horizonte, uma escuridão total sem o parecer do sol, ainda estava escuro, mas o movimento no circo era intenso, houve pessoas que sequer dormiram desmontando as lonas, a viagem prosseguiria.

    Caim trouxe suas coisas, elas foram acomodadas na carroça de Bob, Shino acordara sem muito entusiasmo e por varias vezes foi pego dormindo encostado em alguma coisa, hora nos mastros e as vezes nas carroças.

    Tudo estava pronto seguiriam até as Planícies Desérticas rumo a Solde.

    Off Game: Duck e Shamps:
    Shamps vc pode realizar 3 testes da criação das poções – o teste envolve ofícios perícia baseada no atributo magia, seu teste magia é de 31% +10% da perícia oficio + 20% de bônus de sua habilidade que torna o teste simples total 61% de chance de sucesso só rolar 1D100 pra saber. Lembre-se que serão 3 testes então 3D100. 1D100 para cada teste.

    Duck o seu personagem testará sua sorte na viagem, a sorte é testada com o atributo espírito, seu teste deste é de 40% então sua chance de achar um item na viagem é de 40% role 1D100.


    ___________________________________________________________________________________________________________________


    Planícies Desérticas / Abu

    Um dos elfos gritou, o idioma antigo não foi entendido pelos bandidos, Abu claro não se importou, pegou sua montaria e galopou, um dos elfos fez o mesmo, ele o perseguia e de perto não iria deixá-lo fugir tão cedo.

    Os Chocobos davam tudo de si numa corrida frenética e mortal, se Yassir perdesse a concentração o Elfo iria alcançá-lo, as aves corriam e corriam, foi quando emparelharam, o Elfo tirou sua espada da bainha e tentou golpear o bandido, que conseguiu bloquear com sua lâmina, a Tanto recebeu todo o impacto por três vezes, Abu sabia que não poderia continuar assim para sempre.

    Disputaram forças entre si, os dentes do Youkai se serravam o Elfo grunhia como um animal feroz.

    Logo a frente Abu viu a madeireira desativada, uma trave de madeira estava suspensa no caminho, se continuassem combatendo os dois poderiam se chocar de cara com a madeira, a velocidade dos bichos não poderia ser desacelerada agora, mudar de direção seria possível, se não fosse o embate com o inimigo que dificultaria as coisas, Abu teria de saltar, o Chocobo conseguiria passar por baixo.

    Off Zasalamel:
    Haverá bastante testes agora Zasalamel o primeiro teste de força, calculando as forças opostas Elfo (34%) Abu (25%) cálculo de Abu como fonte ativa:
    25+50= 75 – 34= 41% / O Elfo é mais forte por isso Abu tem 41% de chance de repelir as investidas do inimigo role 1D100.
    Segundo teste: Acrobacia para evitar ser atingido pela trave de madeira. Abu não possui a perícia então terá de usar apenas a habilidade chave que é Agilidade seu teste de Agi é de 40%, caso vc tenha vencido a disputa de força adicione +20% a esta chance como bônus. Role 1D100.
    3º Teste – Cavalgar: Abu também não possui esta perícia vamos tentar se virar com o atributo chave agilidade 40% de chance de sucesso 1D100 novamente.


    ______________________________________________________________________________________________________________


    Arredores Do Monastério Biron / Siara & Hana

    Taigan escutou a conversa das duas, ficou pasmo ao escutar que o mestre da garota estranha havia morrido, ela havia falado que todos seus amigos haviam morrido, não haveria solução, era algo mais grave do que tinha imaginado, as sombras eram só o começo, aquele estilo de combate Taigan conhecia, mestre Yu Lao, ensinava seu estilo a jovens, era hábil com armas brancas e seu Dojo muito acolhedor.

    Com os olhos cheios de lágrimas ele pronuncia palavras que chegam aos ouvidos da garota de cabelos cor de rosa:

    - Ramina kyōfū... Isso quer dizer que... Yu Lao! Mestre Yu Lao morreu?!!

    Siara viu a expressão de seu mestre mudar, as sombras estavam atrás da garota, agora o Panda sabia que as sombras não estavam atrás dela e sim de algo maior, não que menosprezasse a vida, para Taigan a vida era algo maior, no entanto, se a menina presente ali fora a única sobrevivente, ele sabia que algo lhe fora confiado.

    - Espere!!! Você não pode ir...

    Taigan fez uma pose ofensiva, Siara nunca tinha visto aquela pose.

    - Estilo Ar! Rugido das sombras!!!!

    A voz dele ecoou pela floresta parecia um vendaval e atingiu a garota com força, Siara ficou boquiaberta ao ver que seu mestre atacava a menina, e com uma velocidade impressionante apareceu a trás da desconhecida e aplicou um golpe no ponto certo da nuca para desmaiá-la.
    Para Hana apenas a escuridão...

    Taigan e Siara levaram a jovem para o monastério, ao chegar lá ela foi acomodada em uma cama confortável, Siara ficara no quarto com ela até que a mesma acordasse.

    O Kemono mestre de Siara não queria machucá-la, mas sabia que a menina não o escutaria ali.
    Enquanto Siara esperava a menina acordar Taigan se reunia com Songi e outros monges do local, se Mestre Yu Lao estava morto só poderia ter acontecido uma coisa...

    Songi era um dos professores do monastério, tinha a fama de ser bem rigoroso nos treinos e não era muito dado a brincadeiras, diziam que pouco sorria, aliás ninguém ainda o vira sorrir.

    Siara estava no quarto com a jovem desacordada, havia preparado um banho para quando ela acordasse, e caso a menina despertasse com fúria as armas haviam sido retiradas do local.

    Ketsueki Hana viu seu mestre Yu Lao em um sonho, ele mostrava o objeto confiado a ela atrás dele uma névoa e o Dojo intacto:

    - Quanto tempo leva para uma flor se desabrochar? Você deve despertar 3 virtudes, paciência, espírito de luta e força de vontade, quando alguém esta preso é necessário a chave para se libertar, você tem a chave... A escuridão avança e precisamos da luz para combatê-la... Contamos com você... hana

    O nome da garota mencionado por último saiu inaldível, e aos poucos Hana recuperou sua consciência acordando de seu sono.
    A sua frente estava uma figura felina, sentada em um banquinho de pernas cruzadas e mãos no joelho, era Siara, estava apreensiva, a segurança no monastério Biron fora reforçada, mas para rechaçar invasores e conter a visitante.

    Na viagem de volta Siara soube que Yu Lao o mestre do estilo da garota desconhecida, era um dos conhecidos do monastério.
    Um amigo de longas datas, Taigan dissera...

    Siara sabia que deveria apenas contê-la até que a reunião terminasse, se depois disso a garota quisesse ir embora não poderia fazer nada.
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Seg Abr 25, 2016 12:15 pm

    As estrelas estilhaçam
    Um milhão de falsas esperanças, sonhos corridos,
    Acorde criança cega

    As palavras do grande panda atingiram Hana mais forte do que quaisquer oponente. Ela levantou a cabeça espantada quando o rugido atingia ela de forma estrondosa. Logo caíra abraçada a escuridão. O sonho na sequencia foi muito difícil para a garota e o despertar em um sobressalto. Sentia-se melhor, renovada porém envergonhada de um ataque assim ter atingido ela. Seu mestre nunca permitiria-se ser atacado assim.

    "-Isso realmente doeu muito..."-Hana levantava-se calmamente esfregando o lugar que tinha sido atingida - "- Se você aprender com ele esses truques será uma lutadora forte."

    As ultimas palavras dirigidas para Siara, a jovem aprendiz sabia que não teria escolha no momento e que ela estava "presa" no quarto. Revirava seus parcos pertences, e retirava do kimono uma pequena caixa de madeira preta, nela havia um pequeno caximbo o qual Hana arrumava. Depois em cima da cama ela sentava-se e virava-se para a jovem felina.

    Hana:

    "- Já que vou ficar presa aqui por um tempo, porque você não me conta um pouco de você..."
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1660
    Reputação : 227
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Gakky em Seg Abr 25, 2016 4:10 pm

    Suspiro quando a desconhecida segue o seu caminho após todas as minhas tentativas. Eu só esperava pela resposta de Taigan e pelo que ele faria. E foi o que aconteceu. Dessa vez eu fico apenas em silêncio, tudo que eu podia fazer,  já havia feito. Era intrigante saber que o Sifu conhecia a história que a desconhecida contava e triste saber que ele perdeu um amigo. Me assusto quando Taigan ataca a garota e de um jeito incrível. Minhas orelhas ficam até em pé com o susto! Eu jamais teria pensando em atacar a moça, mas eu confiava em sifu, sabia que ele não iria fazer as coisas por mal. Quanto ao golpe, Taigan não era de viver se gabando por suas habilidades, talvez por isso eu não tinha visto essa pose. As palavras ficaram memorizadas em minha mente: "estilo do ar".

    - Sifu... Eu nunca teria pensando nisso... O senhor é realmente sábio. - Comento surpresa após o nocaute da desconhecida - - Espero aprender isso um dia.

    Ajudo a levar a desconhecida para o monastério e fico no quarto com ela. Mesmo tendo nadado mais cedo, o meu pelo agora estava seco e macio como antes. No quarto fico pensando sobre a situação, não sei se era uma boa ideia, da ultima vez eu não havia conseguido convencê-la a ficar. A moça não parecia alguém fácil de se lhe dar, tinha ideias convictas e parecia ter um espírito solitário. De qualquer forma, eu começo a preparar um banho para ela no ofurô.

    Quando estou terminando de encher a banheira, vejo que a desconhecida acordou. Eu ainda não falo nado, a observo para saber o que vai fazer. Vejo que tirou uma caixa curiosa de seu kimono, esperava que não fosse uma arma. Ainda bem que era só um cachimbo, embora não poderia ter imaginado que ela gostasse disso. Fico surpresa com a última frase dela, não parecia a mulher que vi mais cedo, agora parecia mais calma. O ambiente estava silêncio e tranquilo também.

    - Pelo que conheço o sifu, ele deve ter tido uma boa razão para te golpear... Agora sobre mim... Já disse o meu nome... Podia me contar qual é o seu. Como pode ver, te preparei um banho... Estava entediada, então enchi o ofurô.

    Fico olhando para desconhecida e para a porta, receio que ela possa tentar fugir.
    Rodrigo Naga
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 189
    Reputação : 0

    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Rodrigo Naga em Seg Abr 25, 2016 4:59 pm

    Sussurros e palavras doce
    Sinceridade é como chuva de verão
    Inocência se esvai


    "- Pode me chamar de Hana, fica mais facil assim..." - terminando de dar uma leve tragada ela observa bem a jovem e volta a falar. "- Todos tem algum motivo para tudo e vocês querem tanto que eu fique aqui... Não vou fugir ou lutar contra vocês."

    Hana levantava-se, batia as cinzas em uma pequena parte da caixinha e metodicamente limpava o pequeno cachimbo. Depois viu o ofurô e ouviu a jovem falando que estava entediada. Vagarosamente tirava o kimono, dobrando ele com cuidado e escondendo a joia. Seu corpo coberto por cicatrizes tinha uma certa beleza selvagem porém, era triste ver o quanto já havia sofrido.

    Não tinha um dos braços, onde estava ligado uma corrente com uma garra na sua ponta. Ela separava aquela parte e ficava completamente nua. Não tinha vergonha de si ou de quem era, ela sabia disso e afinal já passara por tantos problemas na vida. Sofrerá por ser diferente, por ter gostos diferentes, por querer ser uma guerreira ao invés de uma serva, sofrera por muito já.

    "- Se está entediada, tome um banho comigo." - falava Hana enquanto entrava no ofurô

    Off:
    Como nada foi dito sobre a mesma, vou entender que eu ainda tenho ela
    Conteúdo patrocinado


    Re: Mythology - Capítulo 1 / Efeito Borboleta

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Dez 16, 2018 6:16 am