Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Compartilhe
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 673
    Reputação : 10

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por TheDuck em Sex Jul 22, 2016 10:28 am

    Josh estava sentado em sua velha cadeira, rangendo os pés de madeira balançantes enquanto Mashka dava a ideia de ir falar com um trollóide conhecido. Isso caia como uma luva, já que batia com a ideia dele de se informar nos bordeis da cidade.

    Cobiças, um lugar que cheirava a porra de todos os tipos, misturado com suor e álcool. Não era um lugar agradável de se entrar, sóbrio. Josh tirou seu chapéu e entrou quieto com Mashka logo atrás, tão logo entraram e uma gobber veio se esfregando nas pernas de Josh, dizendo fazer mil maravilhas com gosma de sapo na boca.

    Um arrepio correu pela espinha de Josh ao imaginar aquela cena em sua cabeça. Josh apenas polidamente agradeceu e continuou andando. Acabaram achando uma mesa com um sofá sujo, que antes de sentar verificou se não tinha nada branco e grudento no estofado.

    Sentou ao lado de Mashka em um ângulo onde ambos estivessem olhando a todos.

    - E então Mashka vamos beber uma para aquecer? O que deseja?

    - Acho que tomarei um Whisky, aceita um?

    Disse ele levantando o dedo para a garçonete que passava no corredor.

    Josh fazia tudo parecer tão natural, quase imperceptíveis. Eram apenas clientes, ou um casal curioso querendo alguma "aventura" excêntrica? Quem sabe, o detetive sabia como brincar com as dúvidas e julgamentos do ambiente. Pelo menos era o que sempre pensara e convincentemente permanecia.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Aythusa em Seg Jul 25, 2016 6:21 pm

    Delinger e Perona adentraram a Cobiçosas naquela noite. Como sempre o ambiente era degradante e Josh se esforçava, possivelmente mais que Mashka, para agir natural e educadamente.
    Quando se sentaram, Mashka ficou de olho para ver se Punho de Aço estava entre os clientes daquela noite enquanto Josh pedia o seu Whisky.

    Quando o investigador chamou a garçonete para fazer seu pedido, uma jovem iosana com menos idade do que deveria para estar trabalhando naquele lugar hediondo, ele avistou Izabella D'holker, uma das prostitutas humanas que trabalhava no Cobiçosas, vendendo mais informações que seu corpo, sendo uma das mulheres que levava mais homens para o quarto, porém que raramente negociava sexo dentro do lugar.

    Lá ela era conhecida como Delilah. Estava ela sentada na bancada do bar, com um corpete que cobria seu ventre e seios da cor rubra, uma saia marfim, não muito longa, mas lhe cobria os joelhos, com várias dobras nela que dava volume dando um contorno belo para a jovem. Sua pele era branca e, diferente das outras meninas, ela não possuía nenhum hematoma, seu cabelo negro e sua maquiagem estavam impecáveis. Parecia que acabara de se arrumar para o "trabalho".

    A jovem Iosana levou para Josh e Mashka suas bebidas, com um ar levemente triste por ter que trabalhar naquele lugar. Suas roupas pareciam de escrava, não possuia jóias ou ornamentos e suas roupas eram rasgadas e desbotadas. Sujas.
    Não disse nada para eles e foi logo puxada para o colo de um homem, levemente bêbado, que foi logo pedindo algo para beber nela.

    Mashka tentava se concentrar em não bater nos imbecis daquele lugar, especialmente no que estava assediando a jovem Iosana que parecia severamente triste em estar lá naquele lugar e ficou pálida de medo quando o homem começou a colocar a mão por dentro de suas poucas roupas...

    Nesse momento, a porta do Cobiçosas abriu-se e entrou um Trollóide grande, com várias cicatrizes, com os punhos envoltos em faixas brancas. Era Throner, Punho de Aço, o contato da ogrum.
    Ele pegou uma caneca de bebida de uma mesa aleatória, cheirou e esvaziou-a. O homem que era dono da bebida simplesmente lhe ofereceu uma outra rodada... Afinal todos conheciam a reputação do trollóide e ninguém desafiava sua paciência.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1430
    Reputação : 341
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Luxi em Ter Jul 26, 2016 7:49 am

    Mashka fazia algum esforço para não ficar olhando em volta enquanto seu companheiro fazia tudo tão naturalmente. Tinha vontade de avisar aquelas moças que não estavam ali a passeio e, por ela, seriam bem mais diretos. Mas nesses casos sempre respeitava as decisões de Josh e geralmente acompanhava seus movimentos. Até para pedir bebidas.

    - Cerveja - respondeu.

    Quando o copo chegou, ela acabou observando a iosana por um tempo. Sua tristeza transbordava do corpo, fazendo até a ogrum sentir um certo desconforto. Mashka olhou Josh, enfezada, queria dividir com ele aquela frustração de não poder simplesmente rodopiando uma alabarda no lugar. Ele era o humano da situação, cabia a ele pagar de herói do cavalo branco. Mas esse definitivamente não era a tarefa deles no local.

    - Se ela tivesse um machado, resolveria o problema - comentou, obviamente sabendo que não era tão simples assim, mas consciente de que para ter algum sucesso no mundo ou você sabia lutar ou tinha dinheiro para contratar quem o fizesse. - Mas *eu* tenho um... - comentou como quem não quer nada, mostrando as presas bastante incomodada com o homem nojento que mexia na garota. Só queria conferir se realmente não estava liberada para um servicinho extra.

    - Chegou - disse ao avistar o trollóide. Ela deu um generoso gole em sua cerveja e fez menção de se levantar para resolver logo isso e de forma bem direta. Não era exatamente a criatura mais paciente do lugar, que já a estava dando nos nervos.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 673
    Reputação : 10

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por TheDuck em Ter Jul 26, 2016 8:51 pm

    Josh pegou o Whisky da mão da iosana com um sentimento de amargor, ser servido por seu próprio povo naquele lugar, isso nunca teria passado por sua cabeça.

    Ao avistar Delilah se animou, sabia que estava no lugar certo, além de Punho de Aço poderia ir além. Sua alegria terminou ao ver que a jovem iosana havia sido puxada por um gordo bêbado, não que isso não fosse normal no Cobiçosas, estar ali era estar aberto a esse tipo de situação, mas aquilo foi realmente desagradável. Isso por que Mashka e Josh não viram o famoso número da casa, chamado de Gruda Parede, a garota que conseguia arrecadar a maior quantia em dinheiro na casa era felizmente comemorada com uma chuva de líquidos masculinos misturados a champanhe e seu dinheiro da comissão da noite.

    Josh percebe a inquietação que Mashka tem sobre aquela situação, e antes que ela pudesse se levantar, Josh o fez. Colocou seu chapéu na mesa e se dirigiu ao gordo bêbado.

    Pegou a Iosana pelo braço, deu um leve puxão, apenas para retirar ela do colo daqueles imbecis e discretamente disse.

    - Senhor, desculpe pela indelicadeza mas ao servir minha mesa primeiro aquela jovem Ogrum ali. - Apontou para Mashka que em sincronia estava com as presas para fora na direção do homem - já havia contratado seus serviços antes, então desculpe frustra-lo, espero que entenda e aguarde sua vez ou sua noite. Muito Obrigado. Disse polido, respeitoso mas firme.

    Josh levou a jovem Iosana para a mesa e a sentou do lado de Mashka, para parecer convincente. Josh falou baixo a jovem.

    - Seu serviço hoje é ficar sentada aqui e beber conosco, e irei lhe pagar por isso. Não se preocupe.


    - Mashka, quem sabe você não a ensina a usar um machado hein, ou quem sabe a ganhar dinheiro. Assim ela pode não trabalhar aqui. Seria bem interessante não? Disse cruzando as pernas tão logo interrompido pelo tom mais alto do "Chegou" de Mashka.

    Tentou continuar seu movimento não parecendo ansioso, e já percebendo que era Punhos de Ferro. E tentou acalmar a ansiedade de Mashka.

    - Calma, ele é tão ansioso quanto você e seja sincera o que você faria se ao acabar de entrar num bar alguém fosse lhe torrar as paciência sobre trabalho? Hã? Deixe-o beber mulher.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Aythusa em Qui Jul 28, 2016 11:19 pm

    Josh estava incomodado, impaciente e talvez Mashka o tivesse incentivado. Ao seguir até a mesa dos homens e puxar a menina, retirando-a do colo do homem e aninhando-a em seus braços, um dos homens na mesa ergueu-se nervoso e levemente bêbado:


    - ESCUTE AQUI SEU….


    Mas Josh o interrompeu explicando que ela havia sido contratada. Um dos homens ofereceu mais pagamento para a menina ficar com eles, mas Josh a segurou firme e falou por ela, para que a jovem não precisasse se preocupar.
    O homem que havia puxado a Iosana para o seu colo acalmou o seu companheiro de bebedeira, que sentou-se irritado e xingando Delinger abertamente. Porém ele não fez nada. Apenas acenou para ele poder levar a garota.

    Mashka estava quase levantando-se para ir até Throner, no entanto nesse exato momento Josh fez com que a menina se sentasse no colo da ogrum.
    Ambas ficaram catatônicas por um momento. Até Josh explicar o que estava acontecendo e a menina conseguiu relaxar o suficiente para lhe permitir o alívio inundando seu corpo.

    - Vocês não vão… querer que eu…. Digo… que eu e vocês….?


    Ela disse em iosano e apenas Josh conseguiu entender, pois Mashka mal entendia o idioma do amigo. Ignorando a conversa que eles estavam travando.

    Punho de Aço sentou-se de frente para Mashka Perona, de forma que a confrontasse a ir falar com ele. Uma pequena provocação natural entre os dois, quase um ritual de quando se viam. Pediu sua bebida e ficou lá, apenas observando a ogrum, o iosano e o ambiente “acolhedor” do Cobiçosas.

    Enquanto isso, Dalilah simplesmente encarava Josh, sentada no balcão.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1430
    Reputação : 341
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Luxi em Sex Jul 29, 2016 7:40 am


    Quando Josh se levantou, a ogrum abriu um sorriso selvagem e seus olhos deram total atenção à cena. Seu parceiro não a decepcionava nunca! Soltou um gruninho baixo de satisfação e levantou-se, esperando que aquela atitude traria grandes confusões. Estava lá para protegê-lo se fosse o caso.

    Ela até incentivou o olhar agressivo e as presas naquela direção. Seu papel era intimidá-lo - e nem estava atuando.

    Sua vontade era aplaudi-lo. Admirava como ele resolvia tudo com algumas palavras sem violência, mas ainda queria arrancar a cabeça do outro com as mãos.

    Passada a surpresa, Mashka tentou sorrir para a jovem a seu lado, mas acabou que mais pareceu um rosnado.
    - Isso seria bem interessante - seus olhos brilharam - Mas ela é um pouco pequena para um machado. Além de fraca. Teria que aprender com você a fazer as coisas de forma discreta.

    Agora estava empolgada com aquele caso e tinha se esquecido completamente do trolloide.

    - O que ela falou aí? Olha, você pode me dizer quem eu devo matar para te libertar daqui, estou de bom humor e... olha só quem me viu. - Ao notar o trolloide a encarando, lembrou-se do motivo de estarem ali, mas simplesmente perdera o interesse. Resmungou baixo. - Agora não quero mais ir até lá... Tenho mesmo? Ah, está bem, está bem. Você cuida da pequenina aí, vou resolver o nosso assunto. Volto logo.

    Mashka levantou-se fazendo algum barulho com a cadeira, agora com o rosto voltado a Punho de Aço, desafiadora. Não deixou a oportunidade de fiscalizar se mais alguém estava "indignado" com Josh por ter levado a garota para fora, encarando se fosse o caso. Ela parou na frente de sua mesa.

    - Há quanto tempo, Punho de Aço.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 673
    Reputação : 10

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por TheDuck em Sex Jul 29, 2016 8:39 am

    - Nada disse jovem, como a bela Mashka disse, apenas queremos te ver livre e digna do povo que é.

    Disse Josh com a mesma língua iosana.

    Quando Josh foi responder a amiga o que ela tinha dito, Mashka em um sobressalto olhou para Punhos de Aço, então Josh preferiu deixar passar, já se tornara desinteressante para amiga o que ela havia dito.

    Josh então deu mais um gole em seu whisky, e seu olhar por cima do copo fitava os olhos de Dalilah, no término de sua bebericada acenou com o copo como em "saúde" aguardando que fosse retribuído, quem sabe um primeiro contato para iniciar uma conversa interessante.

    E sem tirar os olhos da Dalilah, Josh continuou conversando naturalmente com a garçonete que estava ali.

    - Me conte jovem, qual seu nome? Quando chegou e por que diabos você veio parar num lugar desse? Me conte, e me conte em voz baixa mesmo em nossa língua. Fique a vontade e seja discreta.

    Dizia Josh com o copo como se fosse beber mais um gole, para não deixar que lessem seus lábios.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Aythusa em Ter Ago 02, 2016 3:25 am

    A ogrum, ao se levantar, trocou a pequena Iosana de colo, colocando-a de uma forma levemente brusca sobre as pernas de Josh Delinger. Claro que ela não queria parecer rude, mas é difícil para alguém de sua raça ser delicado, e Mashka estava mais interessada em terminar o serviço e martelar ela mesma aquele trollóide que estavam caçando.

    Caminhou diretamente até Throner, que continuou sentado. Eles eram bons amigos, apesar dele ser um bandido reconhecido na cidade. Eles mantinham um acordo e enquanto valesse tudo estaria bem para ambos.

    - Senta aí e pede uma bebida, Mashka.

    Depois que ela se sentou, Throner disse-lhe:

    - Antes de falar de trabalho, vamos ver como estão esses músculos! Hahahaha!

    Dito isso, Throner pousou o cotovelo imenso – para um humano seria enorme, mas Mashka o achava relativamente normal – chamando-a para um Braço de Ferro. Ele sempre a saudava assim quando estava de bom humor, seguido de alguma piada sobre sua força e depois de beber, falariam sobre os negócios.

    ~*~

    Josh, por sua vez ofereceu um brinde em silêncio para Delilah, que lhe devolveu com um sorriso e uma jogada de cabelos. Era uma bela humana, isso nem mesmo o iosano poderia contrariar. Mas naquela parte da cidade, todas as criaturas tinham preços mais alto do que o ouro.

    A menina – agora em seu colo – ficou um pouco confusa com a pergunta do iosano.


    - Me chamo Nerwen, e eu nasci nessas terras. Minha mãe não possuía marido e depois de passarmos muita fome ela conseguiu trabalhar aqui… fez um acordo com a dona. Ela cobriria os custos trabalhando… bem, o senhor sabe. E eu com as louças e mesas. Todos me conhecem por aqui, senhor… Mas agora que meu corpo não é mais de criança, querem que eu seja como minha mãe.


    Delilah sustentava o olhar ininterrupto de Delinger nela, tão séria como uma árvore centenária. Esse olhar deixou o investigar com uma leve suspeita: a mulher não costumava olhá-lo assim...
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1430
    Reputação : 341
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Luxi em Ter Ago 02, 2016 8:47 am

    A ogrum esqueceu-se completamente da iosana naquele instante em que lhe foi oferecida uma bebida. Deu um largo sorriso e sentou-se sem modos.

    - Uma cerveja! - gritou em direção ao balcão, para ninguém em especial - Ah, agora sim! - ela apoiou o cotovelo imenso na mesa de sopetão, mechendo os dedos grossos para "aquecer" - Tem certeza, Throner? Vão parar de te respeitar nesse lugar - provocou, iniciando a tradição do braço de ferro. Para ela, apesar de ser uma brincadeira, não deixava de ser um desafio e ela dava tudo de si. Não raro quebravam uma mesa naquele lugar. Mas no fim, ela acabava levando na esportiva, xingando-o caso vencesse ou gargalhando caso ela fosse vitoriosa.

    Mashka deu um generoso gole na cerveja, fazendo barulho ao beber e limpando a boca grosseiramente.

    - Muito bem. Eu ficaria a tarde toda aqui, mas você sabe que tenho que trabalhar... Conhece Darius Backbreak? É um "dos seus" que não é tão esperto quanto você e acabou incomodando os outros a ponto de ganhar um nome na taverna. Meu machado tá a fim de encontrar a cabeça dele.

    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo: Uma Reunião de Caçadores.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 12:47 pm