Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Responder ao tópico

Santa Mônica

Compartilhe
Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Qui Set 15, 2016 3:14 pm

Diana Winters


A agente responde:

- Tem uma lanchonete ótima em Santa Mônica chamada Le Pie Tuts e não fica distante de onde você está agora, sabe onde fica?

Felizmente Diana já passara por aquela lanchonete antes, e de fato não era um lugar longe, apenas uns quinze minutos de caminhada ou cinco de ônibus, mas o que mais chamava atenção era a agente saber exatamente onde Diana estava.
Brujah Girl
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 577
Reputação : 16

Diana - Valkyrie

Mensagem por Brujah Girl em Qui Set 15, 2016 4:13 pm

A anjo não evita um arquear de sobrancelha ao ouvir : “… não fica distante de onde você está agora…”. Muito bem, sabia que a polícia podia perfeitamente rastrear ligações e telefones públicos não eram imunes a isto, e elas já tinham falado tempo suficiente para que isso fosse possível, mas algo lhe dizia que não era exatamente isso, de forma que ela responde:

– Pensei que ainda não tivesse começado o seu expediente de trabalho, agente Valkyrie…

Deixa a frase no ar, esperando pela reação de Valkyrie.


Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Qui Set 15, 2016 4:53 pm

Diana Winters


A agente imediatamente respondia seriamente, sem o tom amigável de antes, mas também sem vestígios de grosseiria:

- Meu expediente é de segunda a segunda, 24 horas por dia, srta. Winters.
Brujah Girl
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 577
Reputação : 16

Diana - Valkyrie

Mensagem por Brujah Girl em Qui Set 15, 2016 5:26 pm

Olhava ao redor procurando por alguém que pudesse estar observando-a, e ao ouvir a resposta de Valkyrie sente uma pitada de pena, afinal, que tipo de vida tinha alguém que só vivia para trabalhar? Really, really boring… Até ela que era uma anjo gostava de um tempo livro para fazer as coisas que curtia. Ela então responde, sem alterar seu tom de voz:

– Posso ver que sim, agente Valkyrie, já que meus passos parecem estar sendo muito bem vigiados, mesmo agora enquanto falamos, e isso é algo bastante desconfortável, já que não sou nenhuma criminosa…

Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Qui Set 15, 2016 5:38 pm

Diana Winters

A conversa ao telefone tomava um ar tenso e a agente prosseguia em mesmo tom enquanto Diana via que não havia ninguem suspeito por perto, embora fosse algo dificil de concluir já que graças ao horário o transito estava movimentado:

- Aos meus olhos não é, srta. Winters, mas como disse, o assunto é delicado e é melhor conversarmos pessoalmente.
Brujah Girl
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 577
Reputação : 16

Diana - Valkyrie

Mensagem por Brujah Girl em Qui Set 15, 2016 6:09 pm

Não estava gostando nada daquilo, mas se já tinha olhos sobre si por alguma razão desconhecida, não seria inteligente bater de frente, de forma que manteria a “cooperação”:

– Tudo bem, irei ao seu encontro, agente Valkyrie. Como já sabe, não demoro para chegar, e como também já me conhece, aguardarei por sua abordagem. Até logo.

Espera alguns instantes para ver se Valkyrie diria mais alguma coisa, e então encerraria a ligação.

A anjo respira fundo logo que desliga a chamada. Que diabos estava acontecendo? Agora, mais do que nunca, queria saber por quais motivos sua privacidade andava sendo violada pelo governo, e pior, como uma possível criminosa! Ou será que…? Não, não podia pensar nisso. Já tinham coisas demais acontecendo para ter que lidar com um problema como este.

Ela começa então a caminhar na direção do Le Pie Tuts. Como Valkyrie tinha ficado de falar com a capitã Starling, Sean também ficaria sabendo daquilo, de forma que pega seu celular e liga para ele. Deveria colocá-lo a par da situação enquanto seguia para o encontro.

Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 1288
Reputação : 196
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

Re: Santa Mônica

Mensagem por Luxi em Qui Set 15, 2016 10:58 pm



Jade não esperava toda aquela simpatia e recepção amigável por parte das pessoas da boate, embora soubesse que Ray era uma pessoa agradável e cheia dos bons contatos. Nisso pecava bastante em sua profissão, mas não se interessava em ser a miss simpatia do departamento.

Ela cumprimentou o homem com um meneio e um sorriso cordial leve, embora os olhos não acompanhassem a expressão agradável e continuassem sérios. Ela retribuiu o olhar do padrasto em seguida, era uma cena típica de gente que não podia ser importunada, como esperado.

A capitã examinou o tipo físico do segurança. Um brudamontes clássico que não era imune a balas, mas que era bom dar um tiro certeiro ou você provavelmente teria problemas sérios depois, era como classificava.

Em seguida, deu uma boa olhad no local, qusae riu ao pensar na universidade da prostituição com ironia, mas existir aquilo em "sua cidade" a incomodava o suficiente para que não o fizesse. A grande festa do crime que o bando de tarados no poder simplesmente não daria fim.

Então lá estava ela... Diva. Fazendo jus ao nome. Lançou um breve olhar para Ray, apenas para reforçar o quanto eram patéticos os homens num geral. Sem uma única palavra aquela mulher era capaz de dominar uma multidão. Ficou ali, em silêncio, esperando que o "velho amigo" a apresentasse como se não estivesse ali a trabalho. Ficou surpresa com a leveza com que o ex-policial conduzia a conversa após parecer tão arredio sobre o local e agradecia por tÊ-lo em sua companhia. Talvez não agisse da mesma maneira se estivesse só. Tinha que retribuir pelo menos um pouco do esforço dele.

Sorriu, tentando acompanhar o bom humor e a risada dos dois, embora quisesse acabar logo com isso.

- Olá, tudo bem? - respondeu com um sorriso de lado quando foi citada - Ele está exagerando - comentou para tentar manter a casualidade quando aqueles olhos examinavam através de suas manchas no rosto.

Cumprimentou em seguida, sem resistência. Odiava de verdade esse tipo de coisa, mas tentava manter uma atitude amigável.

- O prazer é meu. Ray é bem teimoso, você sabe, difícil de ouvir conselhos.

Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Sex Set 16, 2016 12:30 am

Jade Starling


As garotas continuavam dançando como se nada mais estivesse acontecendo ali, interruptivamente com seus corpos e rostos belos, jovens e sensuais.

O clima parecia ser de casualidades entre futuros parceiros de negócios, logo após a resposta de Jade, a bela mafiosa respondia:

- Ah desde que o conheço, querida...

Dizia olhando para Ray rindo suavemente, e depois tornando para os dois.

- Mas não deixemos as meninas novas ouvirem nossas conversas entediantes, vamos até meu escritório para conversarmos mais à vontade. Meninas, intervalo...

Dizia sem olhar para as belas moças que paravam de dançar e logo retomavam suas posturas normais para descer do palco.

- Me acompanhem por favor...

Assim, Diva tornava seus passos para a direita onde caminhava com um rebolado sensual e elegante até o bar da boate, era um bar grande, com certeza atrás daquela adega deveria ter muitos tipos de bebidas caros e exóticos, e embora Diva estivesse indo para o bar não era para lá que realmente rumava e sim uma porta escura bem escondida próxima do bar.

Jade podia notar que além do trio, o segurança brutamontes Max acompanhava logo atrás de Jade que era a penúltima no caminho. Diva abria a porta com uma chave e dava-se passagem para um ambiente mais claro, menos glamouroso e mais profissional.

Todos entravam no corredor e Diva fechava a porta, em seguida o grupo continuava a caminhar por ele, aquele ambiente possuía acesso a umas cinco salas, sendo que a ultima ao fundo era o escolhido por Diva. Eles adentram naquele ambiente escuro e Diva logo acendiam o interruptor, e todos podiam ver o ambiente que era um misto de sala de estar com escritório. Era maior do que ambos, talvez tivesse o tamanho de dois grandes cômodos onde haviam uma mesa bem moderna, grande o suficiente para acomodar três pessoas e um computador, havia também uma larga estante com livros, sofás e poltronas de veludo rubro que pareciam ser o repouso dos reis, havia também uma grande televisão de 52 polegadas, tela curva, decorações belas com quadros artísticos e naturais como algumas plantas, um grande tapete de pele de urso no meio da sala e uma mesa, além de claro, um pequeno bar particular e era diretamente para lá que a Diva se encaminhava.

- Meus amores, podem ficar a vontade, sintam-se em casa... O que gostariam de beber?

Claro que aquilo não incluía Max que estava parado que nem o armário que era, próximo à porta, e seu silêncio e discrição eram tantos que mal era notável sua presença a menos que olhassem para a direção onde estava.

Ray respondia sentando-se em uma das poltronas de veludo rubro:

- Ah eu vou aceitar um Gold Label, meu anjo, obrigado!

Cabia a Jade aceitar a bebida ou não, em todo caso, se aceitasse Diva levaria os copos em uma bandeja de prata legítima e servindo seus visitantes com cortesia. Diva nem de perto parecia o monstro que Ray estava tão preocupado em encontrar, nem mesmo parecia ter nenhum motivo para que Milton e Barry tivessem também receio de contar algo sobre ela, Diva era de fato uma pessoa agradável, cortes, linda, elegante e carismática, alguém que nem mesmo Jade podia negar que sentia algum agrado em tê-la como companhia.

Após servir seus convidados, Diva logo sentava-se em um dos sofás, até mesmo em seu aconchego era uma perfeita dama que sentava-se de modo casual mas elegante.

- Então meus queridos, agora podemos conversar mais à vontade... Então me digam, como eu poderia ter o prazer de ajudá-los?

Diva era direta, mas sem perder o carisma, algo que Jade certamente agradecia pois era de se supor que talvez fossem enrolar uma conversa fingida e sem objetivos para amansar o clima antes de partir para os negócios.
Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Sab Set 17, 2016 12:52 am

Diana Winters


Sem ver muita saída, Diana resolve consentir com o pedido da agente, enquanto ainda era um pedido. A ligação dá-se por encerrada quando a agente despede-se educadamente de Diana.

As ruas estavam movimentadas, muitos transeuntes nas calçadas, muitos carros, parecia um dia normal, mas para a anjo definitivamente não era. Sean saberia o que está acontecendo de um jeito ou de outro, mais cedo ou mais tarde, por Diana ou pela capitã Starling, sendo assim Diana optava por ser mais cedo e por ela mesma.

A anjo discava o número do celular e assim alguns toques depois, Sean atendia a ligação com uma voz casual:

- Hey amor, bom dia, dormiu bem?


Agora restava a Diana dar sequencia no diálogo iniciado enquanto caminhava para a lanchonete.
Brujah Girl
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 577
Reputação : 16

Diana - Sean (celular)

Mensagem por Brujah Girl em Sab Set 17, 2016 11:00 am

A loura não pode evitar um sorriso ao ouvir a voz de Sean. Ela responde enquanto permanecia atenta a possibilidade de estar sendo seguida por alguém, mesmo que não tivesse notado ninguém antes, agora que se movimentava, poderia reparar em algum rosto que já vira antes e que se movimentasse pelo mesmo caminho que ela faria:

– Good morning, baby! Impossível sem a nossa “conchinha”. Senti sua falta. Como é que você tá? Já tá se arrumando para o trabalho?

E após as primeiras respostas de Sean prosseguiria:

– Tô ligando pra avisar sobre algo. A Akasha já tá legal, mas eu vou ter que me encontrar com uma agente do governo que está procurando por mim, uma tal de Gabriella Valkyrie. Eu não sei qual é o assunto, ela não quis me adiantar nada por telefone, mas pediu que eu encontrasse com ela no Le Pie Tuts para conversarmos. Por acaso já ouviu falar nessa agente Valkyrie? Ela disse que entraria em contato com a capitã Starling para informar sobre o meu atraso desta manhã... Será que tô encrencada?

Faz a última pergunta num tom bem humorado, amenizando a própria preocupação que sentia.

Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 1288
Reputação : 196
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

Re: Santa Mônica

Mensagem por Luxi em Dom Set 18, 2016 2:45 am

Jade ficou mais aliviada de saírem daquele ambiente. Não porque se importava com as luzes e as mulheres dançando, mas porque tido aquilo era um território tão de Diva que era difícil pensar em discutir qualquer assunto que não fosse diversão. No "covil" especial dela sua dominância podia ser até mais forte, mas pelo menos o ambiente pedia por um papo mais sério. Mais sujo muitas vezes.

Esperava e até queria que o jeito descontraído da outra lhe caísse da cara ao atravessarem a porta oculta, mas não foi o caso. Dessa vez, seria ruim recusar.

- Eu aceito uma longneck - optou por uma cerveja logo pois tudo naquela sala extravagante a deixava incomodada. Sentou-se com alguma relutância e seu humor não estava melhorando. Definitivamente não estava lá para ficar imaginando as visitas de Ray aquele lugar. Ele fingia muito bem estar gostando daquilo tudo (e nem parecia um grande esforço)
Por outro lado, ao sentar-se, sentiu uma vontade de simplesmente ser... Parte daquilo. Não da sujeira ou do grupo de strippers, mas "amiga" de Diva. Ela era incrivelmente carismática, envolvente, convincente e... Deu um gole com gosto na bebida pois Diva era também magnificamente prática.
Sorriu. Assim estavam finalmente falando a mesma língua. Esse tipo de idioma ela sabia falar.
Deu uma olhada para Ray dando a ele sua primeira e unica chance de ser direto naquela conversa, conforme prometido para tranquiliza-lo
Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Dom Set 18, 2016 1:36 pm

Diana Winters

Diante das palavras carinhosas de Diana, Sean dizia:

- Pois é, você me deixou dormir com frio, também não tive essas maravilhas de noite. Já estou a caminho na verdade, estou indo mais cedo pra fazer o relatório de ontem.


E então contando com o assunto importante, Sean respondia preocupado e Diana não conseguia bem prestar atenção em um rosto particular enquanto caminhava, falava ao telefone e procurava por algo suspeito em meio a tantos possíveis suspeito ao mesmo tempo, o que fez ela acabar esbarrando em um pessoa sem querer, mas após os dois pedirem um breve "desculpa", seguiram seus caminhos.

- Nunca ouvi falar dessa Gabriella Valkyrie, assim que chegar eu vou procurar sobre ela nos registros, e eu duvido que esteja, você não faz nada de errado, mas talvez eles estejam querendo usar seu dom pra algum caso, mas não vou contar com isso. Espera eu chegar no departamento e vou fazer uma pesquisa dessa mulher, não encontre ela ainda!
Convidado
Convidado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Convidado em Dom Set 18, 2016 2:01 pm

Jade Winters


Assim, Ray dizia:

- Bem querida... Nós ham... Estamos procurando uma pessoa na verdade, um rapaz chamado Kevin Mason, e nós esperávamos que você pudesse nos ajudar.

Diva prestava atenção na conversa e assim, ela pondera breves segundos e respondia:

- Hum... E como esperam que eu os ajude?

Ray respondia novamente:

- Nós... Ham... soubemos que ele teve contato com você, não faz muito tempo... Esperavamos que você nos dissesse algo que pudesse nos ajudar.

Diva ponderava novamente e então responde:

- Sim, Ray...

Ela se levanta e com um andar sensual como de prache por sua pessoa, ela caminha até o bar enquanto continuava:

- O rapaz fez alguns trabalhos em meu nome, você também deseja saber isso?

Ray então olhava brevemente para o lado e continuava:

- Se isso for essencial para nos ajudar a encontrar o garoto...

Ray não terminava a frase, e breves segundos de silêncio se instauraram com a Diva ainda de costas pegando uma bebida a mais no bar, e ela dizia:

- Termine a frase, Ray.

E ray terminava:

-... Sim...

Diva então pegava algumas garrafas de bebida e punha em uma taça enquanto dizia:

- Antes de dizer a vocês se posso ou não ajudá-los, quero que me respondam duas coisas, primeiro: Quem lhes disse que o rapaz esteve comigo, e segundo: Para que fim estão o procurando?

Ray respondia em seguida:

- Foi o Milton e o Barry do Sinuca Bar em Downtown, e sobre a segunda pergunta, nós estamos querendo saber informações das ruas e o rapaz é um dos melhores contatos que se tem por aí.

Diva analisava Ray por breves instantes e tomava um drink de sua bebida, então respondia:

- Oh Ray... É claro que você sabe que eu preciso saber o que exatamente vai perguntar ao rapaz. Que ele é um otimo contato todos nós sabemos, mas você entende que não é uma boa ideia conflitarmos interesses, nossos, ou de pessoas mais poderosas que nós, não concorda?


OFF:
Como anteriormente... Se Jade for continuar deixando Ray falar e não fizer nada relevante, basta dar um toque que o narrador continua a cena

Rolagem:
2016-09-18 07:55:04 Ray rolls * dice to Manipulação + Labia [1 success]

2016-09-18 07:55:32 Diva rolls * dice to Empatia + Raciocinio [3 successes]
Brujah Girl
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 577
Reputação : 16

Diana - Sean (celular)

Mensagem por Brujah Girl em Dom Set 18, 2016 3:03 pm

O esbarrão inesperado faz Diana resolver parar a caminhada, e após se desculpar, recua até uma vitrine qualquer, e fica ali, como se observasse os itens expostos na mesma, enquanto seguia ouvindo Sean. Ela não podia negar que concordava com a ideia de Sean. A possibilidade de chegar no encontro com algum tipo de informação sobre Valkyrie poderia ser algum trunfo, de forma que ela responde:

– Entendido! Vou fazer hora pelo comércio enquanto espero seu retorno. Não sei se você vai encontrar algo sobre ela, mas qualquer coisa é lucro. Fico à espera. Até já.

E se Sean fosse apenas se despedir, encerraria a ligação e entraria em uma loja ou outra, para fazer hora.


OFF::

OFF: Não sei que horas são, por isso, se o comércio estiver fechado ainda, ela fica apenas olhando vitrines.
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 1288
Reputação : 196
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

Re: Santa Mônica

Mensagem por Luxi em Dom Set 18, 2016 11:36 pm

- Não pretendemos mudar nada da forma que está funcionando hoje em dia, não se preocupe. Falando honestamente, acho que ele conhece uma dessas... - pensou para não chamar de aberração - pessoas que tem sido chamadas de mutantes e eu gostaria muito de saber mais. - ela deu um gole generoso na bebida - Só estou investigando o que está descontrolado. O resto de nós vive em perfeita harmonia, não é mesmo?
Não havia ironia em suas palavras, era apenas um jeito seco de ver as coisas e o que tinha dito a Ray no começo da conversa. Não tinha por que mentir ou pressionar alguém como Diva, seria estupidez
Conteúdo patrocinado


Re: Santa Mônica

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Qua Out 18, 2017 12:59 pm