Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A Trupe Desocupados

    Compartilhe
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Qua Ago 31, 2016 7:20 pm

    Daphnne recebeu sua parte da arrecadação da sua apresentação e mal conseguiu conter a alegria de ver tantas peças prateadas e acobreadas juntas... Guardou-as em um saquinho de tecido que veio junto de seu vestido quando o comprou com Acognir feliz.

    Parou para olhar seu novo amigo lutar. Não gostava de lutas e violência, ao não ser para se defender, mas alí estavam dançando e não lutando.. E pareciam ser bons nisso.
    A cada golpe, ela prendia a respiração e não sabia por quem torcer.

    Foi quando viu uma mulher com longos e encaracolados cabelos ruivos com um falcão... um falcão de verdade. Por um momento a jovem esqueceu completamente da luta e ficou admirando o animal... quando, para sua surpresa, a moça veio até ela e lhe abraçou.

    - Oh querida, você tem uma doce voz! Até Zion se emocionou! - O falcão piou como que concordando com a afirmação da moça e voou contornando a menina, arrancando risinhos felizes de Daphnne. - Me chamo Shilla, também trabalho na trupe. E você como se chama?

    Nesse momento Bella veio abraçá-la. A jovem corou com o elogiu que a menina lhe dera sobre sua canção.
    A jovem Arabella era muito bonita e um pouco mais alta que Daphnne, que pensou em como seria ter uma irmã mais velha... seus pais não viveram tempo suficiente para lhe darem um irmão.

    - O-obrigada - agradeceu Daphnne às duas enquanto acariciava as penas de Zion que pousou em um toco de madeira ali perto, na frente do palco - Me chamo Daphnne... - Disse, respondendo à pergunta de Shilla e a posterior pergunta de Bella.

    Então a plateia vibrou após uma investida de Bonzor em Radin, e a atenção da menina foi novamente levada à apresentação. Ela mordera o lábio com um sobressalto de preocupação para com seu amigo, mas ele se saíra bem escapando do golpe. Então ouviu a voz de Bella novamente e virou-se para ela, respondendo:

    - Ele é bom comigo, o conheci faz poucas horas.... Ele me ajudou. - Disse virando-se para Bella e sorrindo timidamente. Depois de tudo o que aconteceu ela não se lembrava mais o que era ter amigos... - Veja, ele quem me deu esse vestido! - comentou alegre, esticando a saia do vestido marrom com pitas bege e pérolas, com algumas rendas delicadas em algumas partes. Ela girou, como quem quisesse mostrar todo o vestido para as duas.

    Depois do giro, ela parou de frente para Bella e deu um leve sorriso.


    - Bella é um nome bonito. Seus olhos também são belos... parece que eles estão sorrindo.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Ago 31, 2016 8:46 pm

    Bella não se importava com a apresentação de Bonzor com o meio-elfo. Ela desviava o olhar para luta apenas em momentos que não tinha nada para dizer, mas seus olhos não se focavam exatamente no que acontecia em cima do palco. Sua mente estava voltada à tudo o que vira de estranho naquela noite, e ao que a bela garota Daphnne tinha a dizer.  Ela sorriu quando a menina elogiou os seus olhos, pois ela mesma gostava muito deles. Eram olhos da cor de mel.

    - Obrigada. Os seus também são bonitos - disse Bella, sendo sincera e educada ao mesmo tempo. Ela se deu um tempo para reparar no vestido de Daphnne. Pegou com a mão a ponta da saia e sentiu o material que ele fora feito. Não parecia haver nada de errado com o 'presente' do meio-elfo. - É um belo vestido, Daphnne. Mas não é estranho a pessoa acabar de te conhecer e te dar um vestido desses? O que você estava usando antes dele te presentear com isso?
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Qua Ago 31, 2016 8:55 pm

    Daphnne mordera o lábio... Não queria pensar no passado, estava tão feliz ali, sem pensar em como tudo acontecera.
    Ela abaixou a cabeça, pegando o tecido.... não era o melhor tecido de algodão, sequer era macio como deveria ser... a linha não fora curtida tempo o suficiente e a cor dele não era tão viva, mesmo assim... era melhor do que os trapos que usava antes. Olhava para ele, distraída, sem imaginar que o presente lhe fora estranho...

    - Eu.... - começou a jovem, mas sua voz falhara e ela buscou alguma coragem dentro dela para falar com Bella. Porque ela parecia tão desconfiada? Radin fora bom pra ele, assim como Acognir também o fora. Não sentia a maldade neles, ao contrário dos homens que destruíram seu vilarejo e matara seus pais...

    - Eu usava trapos. - Disse em um ímpeto, mas baixo... como se não houvesse força em sua voz. - Eu sou....eu era....eu estava.... Radin me ajudou, e não vejo aquela escuridão nos olhos dele como os que havia naqueles homens...

    Ela olhava para Zion, e fugia dos olhares curiosos de Bella e Shilla.
    A feiticeira, por sua vez, ficou alí sem fazer perguntas... deixaria que Bella cuidasse disso enquanto ela apenas pensava em uma forma de trazer o sorriso de volta aos lábios da criança.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Ago 31, 2016 9:07 pm

    Partiu um pouco o coração de Bella ver a dificuldade da menina de falar o que sentia. "Eu sou..." O que ela era, afinal? Aquilo ficou martelando na cabeça de Bella durante os momentos seguintes. Sentindo compaixão com a garota, Bella se abaixou para ficar da mesma altura que ela e colocou uma mão do lado de sua cabeça, mexendo carinhosamente em seus cabelos e olhando em sua direção, tentando atrair a atenção da menina para que ela parasse de fugir de seu olhar.

    - Ei, não precisa dizer mais nada, tá bom? - disse Bella com a sua voz mais doce. - Não se você não quiser. Eu consigo imaginar algumas coisas horríveis pelas quais você possa ter passado, mas o que importa é que você tá bem agora, e tá com a gente! Eu e a Shilla vamos cuidar de você, tá bom? Não tenha medo nem receio de nós, somos suas amigas de agora em diante.

    Bella desliza a mão para o rosto de Daphnne, acariciando agora a sua bochecha, tentando trazer-lhe algum conforto com o seu toque macio.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Qua Ago 31, 2016 9:35 pm

    Bella, ao abaixar-se, viu a imensidão azul acinzentada que eram os olhos da menina. Por um momento, pensou que estivesse olhando para uma chuva torrencial à sua frente.
    Daphnne olhou Bella bem pŕoximo dela e ficou tímida, especialmente com a mão em seu rosto. Lembrou de sua mãe, mas não lhe sobraram lágrimas para derramar... Era uma felicidade lembrar de sua mãe, e não uma tristeza...

    - Seu cabelo... tem cheiro de flores... - Disse baixinho, corando, para Bella depois que ela terminou de falar.

    A menina não sabia o que pensar quando a menina disse que cuidariam dela. Se sentiu segura, acolhida novamente... Parece que depois do seu encontro com Acognir, sua sorte estava mudando.

    - Eu te conto de onde eu vim, se prometer que não vai me levar de volta....

    Disse a menina, levemente séria e ainda tímida e temerosa. Já não tinha o ar alegre e infantil de antes, de quando descera do palco.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Pallando em Qui Set 01, 2016 11:36 am

    A primeira tentativa de Radin fora frustrada por uma esquiva precisa do adversário, que com um mortal para trás o evitou. O meio-elfo surpreendeu-se, não por esperar que o ataque fosse efetivo, mas pela rápida resposta do palhaço com um movimento que servia de alerta, pois Bonzor mostrava-se mais habilidoso do que Radin julgara inicialmente. O palhaço não pouparia esforços para fazer o espetáculo render.

    Sem contra-ataque imediato para detê-lo, o segundo golpe, o corte vertical de cima para baixo, foi desferido contra o palhaço, que conseguiu bloqueá-lo fazendo uso dos dois sabres. Em seguida, fez pressão e empurrou a lâmina de Radin para cima, repulsando-o para trás.

    Felizmente para o meio-elfo, sua postura e 'comportamento' em combate salvaram-no mais uma vez do que poderia ter terminado com Radin desequilibrado e vulnerável para o contra-ataque após ter sido empurrado. Radin manteve-se de guarda alta a espera do ataque que não demorou a vir.

    Bonzor então avançou com uma técnica misteriosa. Seus braços moviam-se de uma lado para o outro criando extrema dificuldade de previsão para seu adversário, que perdia-se entre as rápidas vezes em que seus sabres se cruzavam.

    Quando chegou a sua área de alcance, o sabre direito ergueu-se e involuntariamente sua atenção focalizou-se naquela arma, mas sua defesa para aquele foi conscientemente travada. Quando o sabre esquerdo aproximou-se em linha reta, Radin permitiu-se levar pelos reflexos e, empunhando sua espada com as duas mãos devido ao susto, esquivou-se para direita com o que pareceu um pequeno salto, e golpeou o sabre na lateral com sua lâmina, rebatendo-o para o lado oposto.

    Quando seus pés voltaram a se firmar no chão, Radin atacou novamente tentando aproveitar-se do fato de o adversário já estar próximo. Voltou a empunhar a espada com uma única mão e desferiu um rápido corte horizontal visando do tórax para acima, obviamente estando sempre pronto para interromper o ataque.


    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 02, 2016 10:02 am

    A menina parecia ter ficado mais calma. Bella continuou agachada, mantendo o seu olhar na mesma altura do que da garota.

    - Eu às vezes prendo alguma flor em meu cabelo, especialmente rosas. Amo rosas - disse com um sorriso largo no rosto. - E você, gosta de flores?

    A garota de fato lembrava muito uma Bella mais nova. Era uma menina de coração bom e doce com as palavras, mas que provavelmente tivera uma infância mais sofrida. Bella sentia compaixão com a menina, e isso a fazia querer saber mais de sua vida. A relação com o meio-elfo já não importava mais tanto, ela só queria saber sobre o passado de Daphnne e em como poderia ajudá-la daquele momento em diante.

    - Nós prometemos que não iremos te levar para nenhum lugar que você não queira ir. Somos amigas agora, lembra? Eu e a Shilla só queremos o seu bem.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Ter Set 06, 2016 3:47 am

    Daphnne estava com menos medo de revelar a verdade à Bella. Era jovem e inocente, não adquirira ainda o hábito de suspeitar do que as pessoas lhe diziam e não desconfiou de Bella. Afinal, quem tão linda, doce, gentil e que enfeita os cabelos com flores pode ser ruim?

    - Sim, eu gosto de flores. Especialmente as que são bem coloridas!

    Respondeu a garota. Era tão viva quanto poderia ser e, apesar dos seus olhos esconderem algo sombrio, nunca deixava de ser uma criança gentil.
    Respirou fundo, acariciou Zion que estava no braço de Shilla - que também agachara perto da menina - e lhe incentivava completando o que Bella falava com alguma frase meiga.


    Radin, de cima do palco, podia ver Daphnne conversando com as duas jovens que trabalhavam para a trupe. Não podia se distrair na menina enquanto encenava com o palhaço, mas não deixava de prestar atenção onde a criança estaria... Afinal, se alguém a reconhecesse como sendo uma escrava que fugira poderia ela ter que voltar ao leilão.

    Daphnne decidiu contar à Bella:

    - Uns homens do mar vieram no meu vilarejo uma noite. Invadiram, queimaram e...ma-mat-mataram todos os que não poderiam ser vendidos depois... - começou ela. De repente ela deixou o sorriso morrer em seus lábios e seus olhos ficaram tão negros quanto a escuridão de uma noite sem lua. Um arrepio percorreu o braço de Bella e ela notou o quanto a criança ficara fria, como se toda a felicidade que a aquecia sumisse enquanto contava.

    - Eu os vi em casa. Os vi atravessarem meu pai, e fizeram minha mãe gritar muito... me obrigaram a ver, me disseram que se eu não obedecesse fariam algo pior e, por isso, obedeci. O grito de minha mãe era ainda pior do que o som e o barulho de tudo sendo queimado e saqueado... - Ela balançou a cabeça, como se afastasse uma lembrança ruim, mas sem sucesso. - Não sei quanto tempo fiquei lá no navio deles... Fiz amizades com alguns ratos, eles eram bons mesmo quando me mordiam. Eram os melhores que eu tinha... na verdade, eram os únicos que eu tinha alí.

    Ela fez um silêncio e ouviu, sem emoção agora, a euforia do público assistindo ao combate. Olhou para o palco, mas não os via... era como se tivesse uma lente em seus olhos que a impedia de ver qualquer outra coisa que não fosse suas lembranças.
    Suspirou profundamente:

    - Eu fui vendida como escrava no leilão de hoje. Eu não sei explicar como aconteceu, só sei que um homem estranho me ajudou a fugir... Ele era um bom homem, mesmo com aquela mão estranha, deveria ser alguma brincadeira dele... ninguém tem mãos daquela forma. Ele me ajudou a fugir e me apresentou à Radin que me acolheu e me prometeu que me tiraria daqui da cidade logo.

    Ela parou e tentou sorrir para Bella quando disse:


    - Com ele, poderei conhecer os rios... e até as montanhas!
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6982
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Lyvio em Ter Set 06, 2016 8:41 am

    O combate com o meio-elfo estava bem complicado, ele era bem habilidoso e rápido para o tipo de arma que empunhava, a estrategia de Bonzor de finta-lo por pouco não funcionou, mas o espadachin foi esperto e bloqueou a sabre esquerda de Bonzor abrindo em parte sua guarda, o palhaço ainda poderia desferir seu ataque com a sabre direita vindo de cima, mas seria atingido pelo golpe lateral do homem o quer geraria uma rendição dupla...algo bem interessante pra um espetáculo desses.

    O raciocínio de Bonzor era rápido, ele conseguia unir a concentração no combate e o que poderia fazer nas circunstâncias para agradar a população tudo isso em poucos segundos, então ele julgou a melhor opção a rendição dupla.

    O palhaço desce sua sabre direita rente ao pescoço do Meio-elfo e pelos seus cálculos ambos chegariam a rendição praticamente no mesmo momento, agora ele aguardava que o espadachim pensasse como ele e parasse o ataque para o bem de sua integridade física.

    Era arriscado, mas valeria a pena pelas moedas que poderia arrecadar.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Pallando em Ter Set 06, 2016 10:41 am

    Inteligentemente agindo em prol do espetáculo, Bonzor não deteve seu sabre que vinha por cima, aceitando assim a entrada do contra-ataque do meio-elfo. Foram poucos instantes que teve, mas Radin assimilou rapidamente a ideia do palhaço e a comprou. O público provavelmente gostaria de ver aquilo, geraria expectativa e prenderia-lhes a atenção, e Radin poderia ajudar a estranha trupe do palhaço a realizar um show memorável.

    Interrompendo seus ataques praticamente ao mesmo tempo, os duelistas chegaram então à dupla rendição. Radin imediatamente baixou a espada e mais uma vez reverenciou o palhaço em sinal de respeito, enquanto voltava a tomar distância com alguns passos para trás e aproveitava a pausa para dar mais atenção ao que acontecia com a pequena Daphnne.

    Como prometera, não a havia perdido no meio da multidão nem por um segundo, sempre mantendo uma boa noção de exatamente onde a menina estava. Sentiu um certo alivio e alguma desconfiança ao ver que ela ainda conversava com duas mulheres da trupe.
    Não conhecia a menina nem a um dia, mas já conseguia distinguir muito bem o comportamento da pequena quando alegre, como realmente estava minutos atrás, e quando acanhada, falando sobre o que preferia esquecer ou não falar, como estava naquele momento. Não sabia do que se tratava a conversa que as duas mulheres levavam com ela, mas não havia gostado nenhum pouco de ver que a felicidade da criança para com o espetáculo parecia ter desaparecido.

    Não tinha mais tempo a perder com aquele espetáculo. A canção de Daphnne e o duelo iniciado haviam chamado muita atenção indesejada, por que seja o "antigo mestre" da ex-escrava quem for, ele provavelmente ainda a procurava por fazer somente algumas horas desde a fuga.

    Mais uma vez recordou-se do maldito Acognir e o seu "cuide da menina, sim?", vindo-lhe à mente sempre acompanhado da imagem de Daphnne na fila de escravos naquela manhã, observando os pergaminhos enquanto caminhava.

    Radin sentia a extrema necessidade de acelerar o fim do duelo, mas não seria injusto a ponto de deixar Bonzor sem um desafiante e seu número final. Optou por atacar, mais uma vez tomando a dianteira do "round", dando para o público algo que seja belo aos olhos, mas dificilmente efetivo
    Empunharia a espada com as duas mãos, avançaria rapidamente "deslizando" os pés da mesma maneira de antes e, ao chegar perto o suficiente, saltaria na direção de Bonzor com uma série de leves e velozes estocadas. Um ataque carregado de atuação que provavelmente não representaria desafio para o adversário, dando ao palhaço a chance de obter sua segunda rendição.







    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 09, 2016 9:37 am

    Bella percebeu que seria uma história triste antes mesmo da garota começar a contá-la. Ela pegou nas mãos de Daphnne e entrelaçou-as nas suas mãos, querendo transmitir alguma segurança. Bella era uma boa ouvinte, de modo que não interrompia a garota e sempre expressava os seus sentimentos conforme a história contada. Os seus sentimentos variaram de surpresa, ódio, compaixão, pena, lamentação e uma tristeza profunda.

    - Eu sinto muito por tudo que aconteceu - disse Bella, com olhos pesarosos. - Você é uma menina forte, sabia? Outros não teriam dado conta de tanta tragédia.

    Ela não se deu conta, mas estava chorando, com lágrimas a descer-lhes por suas bochechas rosadas. Bella se imaginou na situação da garota, se aquilo tivesse acontecido com Vila Nova, se no lugar da mãe de Daphnne fosse a sua a sofrer nas mãos dos saqueadores. Era tudo muito triste. Bella não conseguia conceber que existissem pessoas tão ruins assim no mundo. Talvez Rádin, o meio-elfo, não fosse alguém ruim, porém...

    - Esse homem que você disse que a ajudou... como era a mão dele? - Bella perguntou. Ela tinha uma sensação ruim sobre isso, sobre esse homem ser o homem da mão de ossos que vira há pouco. E se fosse ele, por que ele ajudara Daphnne?
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Seg Set 12, 2016 5:44 pm

    Bonzor e Radin duelavam teatralmente e a plateia parecia estar realmente animada. Uma animação que o jovem ferreiro não proporcionara anteriormente.

    A primeira rendição foi seguida de um minuto tenso e silencioso da plateia que depois desabou em aplausos fervorosos quando os dois pararam as laminas de suas armas na garganta um do outro. Foi uma cena impactante.

    Logo os duelistas se separaram e voltaram a atacar, buscando um desempate ou mesmo outra estouro de ânimo do publico. Com certeza bonzor ansiava mais pelo segundo, pois renderia mais moedas ao final.

    Radin, preocupado com Daphnne, decidiu agilizar as próximas rendições para assegurar que a menina ficasse bem rapidamente. Por isso, optou por uma performance mais teatral segurando sua arma com as duas mãos, saltando e estocando o palhaço. Não fora tão veloz quanto antes e Bonzor notara isso.
    O palhaço podia facilmente desviar e parar o golpe, porém teria que usar das duas mãos para fazê-lo. Ele então barrou uma estocada com as duas sabres que estava usando e, com o pé, empurrou o meio-elfo para longe dele, dando a ele espaço para um contra golpe...


    ~*~

    Shilla se ajoelhou no chão, tocou a Terra e fez nascer alí com magia uma pequena flor, parecida com uma margarida, com as pétalas brancas. Ela a pega e entrega para a jovem junto com mais algumas palavras de conforto à ela.
    Daphnne fica encantada. Sabia como curar as pessoas, mas não a fazer esse tipo de magia. Ela abraça Shilla e depois volta a sua atenção à Bella, prendendo a flor ao cabelo.

    - Eu sou um pouco… quebrada por dentro. Era o que o senhor no barco dizia pra mim. Era um outro escravo e ele dizia que minhas escolhas eram muito poucas. A melhor que consegui fazer foi a de sobreviver…

    Ela mordeu o lábio, pensando naquele senhor. Sequer conseguiu ver se ele sobrevivera naquela confusão no armazém.

    Depois ouviu a outra resposta de Bella e continuou:

    - Ele tinha uma mão estranha… Era só o osso, sem carne nem nada. Acho que era algum tipo de truque, mas ele nunca me disse, apesar dele sempre falar muito. - ela riu – Ele me deixava zonza de tanto que falava.

    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Set 14, 2016 7:53 pm

    "Então é o mesmo cara! O que tem a mão de osso!"

    Bella se espantara com aquela descoberta, pois lhe deixava mais dúvidas do que respostas, mas ela não deixou transparecer o seu espanto para Daphnne e ao invés disso segurou com mais firmeza as mãos da garota nas suas.

    - Nunca deixe que ninguém diga o que você é ou o que precisa fazer. Você é uma garota livre agora, e o mundo a sua volta é fantástico, há muitos lugares incríveis para explorar e visitar. Olha... - Nesse instante Bella lançou um olhar em direção ao Bonzor, que seguia duelando com o meio-elfo, e se perguntava se o palhaço concordaria com o que ela ia dizer em seguida. - Você é muito talentosa, Daphnne, e eu tenho certeza de que há espaço para você em nosso grupo. Veja, nós somos uma trupe itinerante, viajamos de cidade em cidade apresentando as nossas mais variadas artes e dons, ganhando algum trocado em troca, sim, mas o mais incrível de tudo isso é a oportunidade de explorar e aprender com a cultura de cada lugar. É incrível fazer parte disto, pois somos uma verdadeira família.

    Bella olhava ansiosa para a pequena garota, aguardando por sua resposta.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6982
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Lyvio em Qua Set 14, 2016 10:49 pm

    Com o meio elfo segurando a espada com as duas mãos a defesa dele tornaria mais lenta e difícil, explorando esse momento o palhaço avança num passe de esgrima buscando a rendição final com sua sabre direita.

    Foi um golpe frontal e preciso na altura do estômago, restava agora saber se o meio-elfo conseguiria bloquear.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Sex Set 23, 2016 3:55 am

    Radin não fez grandes esforços para bloquear o ataque de Bonzor. Estava preocupado em voltar a se juntar com Daphnne. A frase que o homem com a mão de osso lhe dissera lhe soava no ouvido como um zumbido atordoante e, embora a menina agora estivesse aparentemente melhor, ele não queria que ela voltasse a se entristecer… Ele não permitiria que houvesse uma chance para que isso voltasse a acontecer nos olhos da menina.

    Então, com uma salva de palmas, Bonzor conseguira a última rendição. O público parece ter se encantado com toda a apresentação, muito mais do que antes. O palhaço estendeu a mão para Radin e juntos foram até a frente da platéia, Bonzor fez uma mesura intensa e exagerada, quase encostando o nariz no chão enquanto Radin apenas agradecia breve e singelamente, com um olho sob Daphnne que ainda conversava com as duas mulheres e acariciava um falcão.

    Bonzor passaria por elas quando fosse recolher o pagamento pela apresentação no meio da multidão.

    Daphnne ouvira o que Bella dizia e encarou-a com os olhos muito abertos. Se estava assustada, surpresa, maravilhada ou feliz era difícil de dizer. Talvez todas as emoções juntas. Shilla olhou para Bella e sorriu, dando à garota o seu consentimento pelo o que ela propusera.
    O talento para o canto que a menina tinha era indiscutível e imaginar como seria as duas cantarem era um sonho. Provavelmente Bonzor não se oporia, só de pensar no ouro que as duas juntas renderia.

    Daphnne começou a trocar o peso de uma perna para outra, pensando aparentemente incomodada com alguma coisa. Ela havia combinado com Radin que eles explorariam o mundo juntos… Mas a menina Bella era tão encantadora e maravilhosa, e achou tão mágico e alegre tudo naquela trupe que realmente desejava viajar com eles.

    “Se pelo menos Radin pudesse vir conosco… tenho certeza que ele também se divirtiria muito com a trupe e o palhaço...”, pensou.

    Ela olhou para ele quando tudo se encerrou… Tinha total consciência de Bella alí agachada encarando-a com seus intensos e maravilhosos olhos. Ela abriu a boca para reponder:

    - E-eu… Obrigada… nunca disseram que sou talentosa, mas também eu nunca cantei muito na minha vida, pelo menos não em público como hoje. Parece emocionante tudo isso… e eu adoraria… m-mas…

    Ela parou. Não sabia como dizer aquilo. Será que Bella se ofenderia? Será que Shilla se magoaria?

    Nesse instante Radin desceu do palco e ia vindo em sua direção… Assim como Bonzor passava por eles com o chapéu começando a tilintar de moedas.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6982
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Lyvio em Sex Set 23, 2016 10:26 am

    Após agradecer ao público Bonzor olha para as meninas e a criança da "voz celestial", sim, esse foi o apelido que Bonzor pensou sobre a garota Daphne, ele vai até as meninas e a garota com um saquinho de moedas, era a parte da menina por seu canto:

    -Tome, você fez a plateia se emocionar e por isso pagaram bastante, gostaram muito de você criança! Mas como prometido essa é sua parte.


    Encerrava ele sorrindo entregando a garota.

    -Tem uma boa quantia aí que pode ser muito útil a você.


    Dito isso o palhaço começou a circular pelo meio da plateia com seu chapéu já esvaziado da outra apresentação para que as pessoas pagassem mais e pelo que ele percebeu o lucro dessa vez ia ser bem melhor. Ele não escondia o entusiasmo, já pensava em reformar a grande carruagem-palco e implantar muitas melhorias, trocar as armas por melhores dentre muitas outras coisas que tornariam suas apresentações ainda mais atraentes ara o público.



    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Seg Set 26, 2016 9:55 pm

    Bella tinha os olhos concentrados na encantadora garota à sua frente, mas os seus ouvidos perceberam a agitação das pessoas ao seu redor com o fim do duelo entre Bonzor e o misterioso meio-elfo. Bella virou rapidamente o rosto na direção do palco, abrindo um sorriso com a vitória do seu amigo palhaço.

    "Se tivermos problemas com o meio-elfo, já sabemos que Bonzor pode lidar com ele", pensou a garota, que de forma alguma supunha que Rádin tivesse facilitado o término do embate.

    Voltando-se à Daphnne, disse falando baixo:

    - Você pode contar sempre comigo e com Shilla para qualquer coisa. Estaremos dispostas a ajudá-la. - Com a aproximação de Bonzor e de Rádin, Bella ergueu-se e cumprimentou o amigo pela vitória, fingindo um entusiasmo como quem tivesse assistido todo o duelo e achado o máximo. - Você foi incrível, Bonzor. O melhor espadachim de todos os cantos deste mundo.

    Bella não queria ainda comentar nada na frente de Rádin, então ela ficou ao lado do seu amigo palhaço, felicitando-o pelo combate, mas com um olho sobre o meio-elfo, analisando-o.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Pallando em Ter Set 27, 2016 10:37 am

    O duelo chegou ao fim com boa aprovação por parte do público, dando ao meio-elfo a certeza de que cumprira bem seu papel ali. O palhaço Bonzor logo caiu nas graças das pessoas que assistiram, enquanto Radin apressou-se em deixar o palco após um breve agradecimento.

    Estava particularmente feliz com sua participação, surpreso por ter se divertido mais do que esperava com todo o espetáculo que aceitara assistir e participar somente para alegrar a pequena Daphnne. Agora o meio-elfo esforçava-se para encontra-la e chegar até ela sem esbarrar em muitas pessoas, curioso para saber a razão do aparente desconforto que notara nela de cima do palco e torcendo para que nenhum imbecil a tivesse reconhecido como escrava. Ex-escrava.

    Ficou aliviado ao ver que estava acompanhada pelas mesmas duas mulheres, pois não enxergava intenções ruins nelas. Pareciam estar encantadas com Daphnne devido à apresentação e nada mais, não havia razão para que desconfiasse delas.
    Diminuiu o passo e assistiu à chegada de Bonzor que entregava para Daphnne a parte do lucro que lhe cabia, sem deixar de notar que algo parecia incomodar a criança. Não tinha ideia do que seria esse algo, o que o incomodava, mas pensava que o comportamento dela indicava indecisão ou talvez pressa.

    - Penso que tenha sido um bom espetáculo visto daqui.- Comentou como se ainda analisasse o duelo, aproximando-se com passos forçadamente lentos.- Pois é..não sai com a vitória, mas tenho certeza de que superei o garoto ferreiro que lutou antes.- Sorriu de canto na esperança de tirar um pouco da tensão que Daphnne parecia carregar.

    Encarou a pequena em mais uma tentativa de descobrir a razão de seu aparente desconforto, mas também deixando transparecer sua costumeira serenidade para deixa-la confortável para dizer o que quisesse.
    Buscou nas duas mulheres por alguma pista do que deixara Daphnne incomodada e , claro, não deixou de cumprimenta-las também. Tentava jamais deixar os bons costumes sociais de lado.

    - Prazer poder conhece-las. Sou Radin, andarilho.- Cumprimentou-as com breves reverencias, estrategicamente dando tempo para Daphnne sentir-se livre para dizer o que queria, caso já não o tivesse feito.- Ei, Daphnne...está tudo bem, pequena? Pareceu-me desconfortável de lá de cima...mas pensando bem eu também ficaria desconfortável no meio de toda essa gritaria.- Brincou.


    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 30, 2016 11:13 pm

    Bella cumprimentou o suspeito meio-elfo com um sorriso. Nunca dei um sorriso mais falso que esse em minha vida, pensou. Eu ainda vou descobrir qual é a dele. A garota não enxergava maldade em Rádin, mas seus amigos sempre diziam para ela parar de ver só as coisas boas nas pessoas, que isso um dia poderia levá-la para um mau caminho. Bella ainda não se acostumara com a maldade que havia espalhada no mundo.

    - Eu sou Arabella - respondeu a garota, sem muita cerimônia ou simpatia dessa vez.

    Enquanto ela continuava ao lado de Bonzor, jogando conversa fora com o seu amigo, os seus ouvidos estavam atentos para escutar a conversa entre Rádin e Daphnne.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Aythusa em Seg Out 03, 2016 12:15 pm


    Bonzor estava muito empolgado com o que conseguiram render nas apresentações. Aparentemente, todas as pessoas daquela cidade estavam bem dispostas a pagar por qualquer coisa, e pagavam bem. Precisaria se lembrar de sempre passar por aquela cidade naquela época do ano.

    Bella havia acabado de dizer algumas palavras para a menina e ido abraçar seu amigo, dando-lhe felicitações pela performance dele.
    Bonzor, depois, entregou um saquinho amarrotado com as moedas para Daphnne, lhe elogiando e dando-lhe a parte prometida.
    A menina pegou o pacotinho e percebeu como estava pesado. Abriu-o e viu várias moedas de prata e cobre, e uma ou duas moedas de ouro. Ela não lembrava de ter visto tanto dinheiro junto em suas mãos antes.

    Ela sorriu, apertou o saquinho contra o peito animada e correu abraçar o palhaço. Como era pequena, não ultrapassou sua cintura, pousando a cabeça um pouco abaixo da altura do coração.


    - Muito obrigada, “Seu” Palhaço!


    Foi tudo o que conseguiu dizer à Bonzor enquanto o abraçava, antes que ele partisse para a plateia recolhendo mais moedas.
    Fora um bom lucro e a noite – o verdadeiro espetáculo – ainda nem chegara.

    Nesse momento Radin chegou até onde estava – que não era nenhum pouco longe do palco ou no meio da multidão -, Daphnne foi até ele e o abraçou também.

    - O senhor foi muito bom! Fico feliz de ter amigos fortes como você!

    Bella e Shilla estavam perto ouvindo e assistindo à sinceridade no sentimento da menina ao falar com o meio-elfo. Shilla olhou para Bella, com um ligeiro ar de dúvida… A menina seria ingênua o suficiente para acreditar em Radin ou será que elas eram quem julgavam mal Radin?

    Embora Radin observasse atentamente Daphnne, Shilla e Bella, ele não conseguiu ler, nelas, nada que explicasse o que incomodou e entristeceu a menina. As duas mulheres da trupe era lindas, especialmente Bella, e certamente sabiam atuar para esconder qualquer rastro do que ele poderia procurar nelas, e Daphnne era uma criança envolta em muitas emoções para transparecer uma específica de tempos atrás.

    Ele se apresentou para as duas e, depois de Bella se aprensentar, Shilla adiantou-se com um floreio mágico, fazendo saltar algumas luzes como pequenos fogos de artifícios de sua mão, fazendo Zion voar ao seu redor:

    - Eu sou Shilla, a feiticeira da trupe. E este é minha alma, Zion – indicou o falcão, que pousou em seu braço estendido.

    Shilla deu uma cotovelada de leve em Bella, pois notara a sua falsidade e seu comportamento contido que não era costumeiro. Shilla ainda não parecia confiar em Radin, porém optara por tentar agir o mais natural possível.

    Nesse instante Bonzor voltou para o lado de todos, com o seu chapéu entulhado de moedas de cobre e prata – mais de cobre do que de prata, mesmo assim era visivelmente mais do que ganhara com o combate do ferreiro –, ficou do lado de Bella e Shilla se aproximou deles, dando maior privacidade para Daphnne e Radin.

    Nesse momento Radin perguntou sobre o que a estivera deixando desconfortável.
    Daphnne precisou de um tempo para se lembrar o que aconteceu antes e refletir sobre o que ele poderia estar se referindo, depois ela olhou para o chão e pareceu, novamente, incomodada…
    Bella também percebeu esse comportamento dela, pois os estava observando atentamente.

    - E-eu… estivesse conversando com elas e… elas são muito boas comigo… - começou a menina. Parou novamente, mordeu o lábio, e evitou a todo o custo olhar para os olhos de Radin. Quem observara poderia pensar que ela estava com medo do meio-elfo, mas na verdade ela só estava com medo de seus próprios sentimentos e de magoar o seu tão recente amigo. Então continuou:

    - Elas me… convidaram… para a trupe… Mas eu só disse que aceitaria se você pudesse vir conosco! - acrescentou apressadamente, para que ele não se sentisse traído.

    Nesse momento a multidão se dispersou aos poucos, pois avistaram alguns guardas ao redor do palco, arrumando alguns detalhes, falando com pessoas que pareciam importantes e se colocando de guarda. O leilão começaria em poucos instantes…
    E em um beco escuro e um pouco distante, um homem de vestes marrons e um rosto sem expressão estava imóvel observando a movimentação do palco com os guardas. Bella, Shilla e Radin viram a pessoa e, de repente, Shilla olhou ao redor, preocupada, perguntando para Bella e Bonzor:

    - Onde está Freyja? Você a viu, Bonzor?

    Nenhum deles a viram desde que as três voltaram do alçapão debaixo do palco...
    Conteúdo patrocinado


    Re: A Trupe Desocupados

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Nov 18, 2017 11:14 pm