Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Compartilhe
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Qua Set 05, 2012 2:07 pm

O capitão já estava ficando impaciente com a demora dos dois, ficava batendo com os dedos na mesa por uns instantes, em outros ficava arranhando a mesa com a unha, era agonizante para prostituta o som da unha arranhando a madeira da mesa.

- Mas que Merda!... Onde foi que aquele moleque imprestável se meteu!... Desgraça!...

Roosevelt já pensava na pós conversa que teria com o músico, ia ter alguns minutos com a prostituta, de fato, queria engravida-la pra continuar com sua coleção de filhos esquecidos que deixava por onde passava, depois arranjaria alguma confusão na taverna e voltaria pro Marlin Negro.
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Qua Set 05, 2012 4:22 pm

Lew não conseguiu prever o ato da jovem que o acerta desprevenido. A dor era absurda, suas mãos perderam a força soltando a menina e, como tentando acalmar a dor, ele se contorceu. A menina logo fugiu e ele sequer conseguiu erguer a cabeça para ver para onde a jovem correra.
Foi quando sente o peso da mão do contra-mestre erguendo-o pela orelha.
Ele olha para Frac com um sorriso misto de dor, medo, sarcasmo...:

- Ah Frac você estava na porta? Desculpe eu nem ouvi, sabe as coisas ficaram meio quentes por aqui como pode ver...

Logo foi arrastado até a mesa do capitão.
Felarhix
Adepto da Virtualidade
avatar
Adepto da Virtualidade

Mensagens : 1753
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Felarhix em Qua Set 05, 2012 4:58 pm

Frac apenas diz:

-Pense bem se não vai querer usar melhor essa sua orelha, sei de alguém que vai adorá-las. Comece a usá-las melhor ou ficará sem elas.

Ele então guia "gentilmente a empurrões" o bardo até o capitão.
Glemilson
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1445
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Glemilson em Qua Set 05, 2012 11:48 pm

Dyke ouve o que Hymma tem a dizer, dá um longo gole e lhe responde com um sorriso meio torto.

- Até que gostaria é sempre bom saber para onde a maré vai nos levar, mas eu é que não quero questionar o capitão na frente. Dyke se aproxima de Hymma e sussurra:
- Da quela serpente do mar, aquele maldito poderia querer arrancar minha língua, já que o Capitão só precisa de minha mãos. Dyke se afasta dando outro sorriso e se levando do banco e indica com a cabeça a mesa do Capitão para Hymma, como se quisesse que ele fosse na frente.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7938
Reputação : 38
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Elminster Aumar em Qui Set 06, 2012 10:43 am

- Hohoho - ri Hymma da piada feita pelo Dyke. - Então eu vou na frente.

Os dois marujos chegam até a mesa do capitão quase no mesmo instante em que Frac'Eido chegava com Lewellin. Hymma olha para Roosevelt e pergunta:
- Capitão, eu vi o senhor conversando com o Barba-Roxa. Não querendo me intrometer na conversa de vocês, mas será que teremos um novo rumo amanhã pela manhã? A tripulação anseia por novos ares.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Qui Set 06, 2012 2:09 pm

No meio de tanta gente na taverna, quatro dos marujos finalmente surgem e vão até a mesa... Hymma e Dyke, Lewellin e Frac'Eido. Pena que Himma e Dyke estavam ali apenas pra bisbilhotar, malditos curiosos duma figa!

- Hmmmm... Ainda não decidi nada!... É só isso?... Então sumam daqui por que quero ter uma conversa em particular com esse puto encrenqueiro! Diz Roosevelt a Hymma e Dyke, fazendo um sinal com a mão para que voltassem a se divertir na taverna. O capitão não queria que os dois ouvissem o que o bardo poderia falar, talvez por que esperava que coisas más saíssem da boca de Lewellin e essas coisas poderiam não ser a motivação necessária que os marujos precisavam para seguir a frente na possível aventura que viria.

- Senta ai seu imundo!... Roosevelt fala com uma certa calma com o músico... E assim que ele senta na cadeira, o capitão expulsa a prostituta da mesa com um empurrão para que ela saísse de cima dele, sem nenhum aviso, depois apoia os dois braços na mesa e pede pro músico se aproximar dele... Como se ele fosse sussurrar algo para Lewellin, mas fala num tom de voz normal e firme, olhando nos olhos do jovem.

- Me diga Lewellin... O que você sabe sobre a Ilha de Ferro?... Haa!, é bom que você saiba de algo... E se não souber nada... Minta!... E se mentir... Seja convincente e torça pra ser verdade o que for inventar!... Roosevelt foi bem firme no falar e contava com o conhecimento de bardo que Lewellin tinha, isso lhe garantia um lugar no Marlin Negro, pelo menos até se mostrar útil.
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Qui Set 06, 2012 2:23 pm

Spoiler:
Conhecimento de Bardo +4

Aythusa efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
8
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7938
Reputação : 38
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Elminster Aumar em Qui Set 06, 2012 2:30 pm

Lewellin tenta vasculhar em suas memórias todas as lendas e histórias piratas que já ouvira falar, pois esta obviamente parecia se tratar de uma, porém ele chega a conclusão de que nunca ouvira nada sobre a Ilha de Ferro.

Hymma e Dyke se afastam da mesa como o capitão ordenara, mas o primeiro marujo disfarça e fica por perto a fim de tentar ouvir a conversa que se seguia à mesa do capitão.

TESTE DE OUVIR:
Teste de Ouvir de Hymma:
Elminster Aumar efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
16
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Qui Set 06, 2012 2:42 pm

Lew olha os olhos do capitão por um tempo. Seu hálito estava insuportável e ele se afasta um pouco de perto do capitão a procura de um ar com menos cheiro de peixe velho.

Lew seguia a vida arriscando-se sempre e se ele fosse morrer, ao menos fez um grandão dormir e teve seu último beijo de uma bela jovem ladra...

- Então capitão... A Ilha de Ferro ela... é realmente eu não sei nada dela. Mas posso descobrir para o senhor se quiser, aqui na taverna tem muitas pessoas e, sabe que eu conseguiria estas informações especialmente ao senhor...

Ele tem a fala mansa e calma e fita o capitão esperando sua resposta, tentando não imaginar os pensamentos do contramestre naquele momento...
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Qui Set 06, 2012 3:03 pm

Roosevelt abaixa a cabeça vagarosamente, coloca a mão na altura da testa, tampando seus olhos e manchando um pouco as mãos com a pintura do rosto, balançava a cabeça negativamente, indignado com a resposta do músico, moleque, patife...

Depois de alguns segundos, longos segundos tentando digerir aquela informação... de não ter informação nenhuma... Ele volta a ficar como estava, tentando manter a calma com o paspalho... Sua voz estava nitidamente mais grave, mostrando que apesar de manter a calma, ele não estava nada calmo!

- Nem coragem pra mentir você teve!... Eu to me segurando pra não pedir pra Frac'Eido usar a criatividade dele contigo... Então, me faça algo de útil... EU QUERO QUE VOCÊ REVIRE TODO ESSE VILAREJO EM BUSCA DE INFORMAÇÕES SOBRE A ILHA DE FERRO!!!.... Faça uma busca detalhada daquele local, eu quero saber até a área em metros quadrados... E quero essas informações no máximo até amanhã antes do horário de almoço... Mais uma coisa seu moleque inútil!... Se eu descobri que você perdeu tempo bebendo Rum e se deitando com alguma mulher durante esse tempo... Pode se considerar Mudo e Eunuco!... SUMA DA MINHA FRENTE!!! O capitão alterna entre momentos mais calmo e momentos mais alterado enquanto falava com Lewellin, em seguida ele se levanta da mesa e procura alguma prostituta pra engravidar.
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Qui Set 06, 2012 3:25 pm

Lewellin estremesse a cada alteração de voz do Capitão. Quando ele termina o jovem se levanta junto com um longo suspiro pára de frente para Frac e diz, sorrindo:

- Ouviu o capitão! Tenho que sumir da vista dele...então vamos manter-me longe dele até amanhã, certo grandão?

Ele sai e vai até o fundo mais movimentado da taverna, num canto próximo de uma mesa e tenta ouvir o que eles estão falando, para tentar arrumar uma desculpa para sentar-se na mesa com eles.

Spoiler:
Ouvir +3

Aythusa efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
8
Felarhix
Adepto da Virtualidade
avatar
Adepto da Virtualidade

Mensagens : 1753
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Felarhix em Qui Set 06, 2012 3:29 pm

Frac'Eido já estava pegando um de seus chicotes em uma das mãos ao mesmo tempo que com a outra procurava dentro de sua bolsa algo que provocaria uma dor terrível, quando ouve o capitão dizer:

"..eu to me segurando para não pedir Frac..."

Nesse instante uma vontade quase incontrolável de dizer ".não se controle capitão, não se controle." mas antes que pudesse externar sua opinião o capitão já havia mandado o maldito patife, projeto de esterco sumir de sua frente.

O contra mestre apenas suspira por mais uma vez ver frustrado seus planos. Agora, o próximo a cometer um deslize sofreria bastante porque a vontade de torturar de Frac'Eido era acumulável.

Quando ouve o maldito bardo dizer, a sua boca chega a espumar de raiva e quase o agarra pelo pescoço, mas antes disso o estrume de porco já havia evaporado no meio da taverna.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7938
Reputação : 38
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 07, 2012 12:31 am

Como Lewellin pôde descobrir, havia dois tipos de pessoas que falavam sobre a Ilha de Ferro: Existiam àqueles que se gabavam de ter uma vez estado lá - "Hohoho você quer saber sobre a Ilha de Ferro? Eu fui preso naquela prisão maldita e fui um dos únicos a conseguir fugir."; E haviam àqueles que não gostavam de tocar no assunto - "Rapaz, a Ilha de Ferro foi um terror que assombra até hoje nós, piratas. Não é legal relembrar manchas sangrentas de nossa história."

Lewellin também descobre que a prisão foi construída há quase quatrocentos anos e persistiu assombrando os piratas até meio século atrás. Dois marujos afirmavam saber a localização exata da ilha, porém uma versão diferia da outra e não dava para saber quem falava a verdade. Um terceiro marujo afirmou: -“A ilha a qual a fortaleza-prisão foi construída fica num ponto estratégico perto da costa de Sembia, eu não sei o lugar exato, nunca estive lá, mas me parece claro que a ilha fica numa parte escondida, difícil de achar... muitos piratas já tentaram encontrá-la e nenhum teve sucesso. Àqueles que dizem com orgulho que já fugiram da ilha estão mentindo, ninguém fugia da prisão sem antes passar por grandes traumas. E estes que de fato conseguiram sair vivos de lá não querem relembrar do passado e tampouco voltar a este local profano. Por isso eu aconselho você a partir para outro rumo, será perda de tempo ir atrás da Ilha de Ferro.”.

Levou uma hora para Lew coletar estas informações na Cauda do Tritão.
Glemilson
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1445
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Glemilson em Sex Set 07, 2012 1:42 am

Dyke vai atrás de Hymma até a mesa do capitão, ele chega com uma expressão não muito boa, pois sabia que o Capitão não gostava de ser questionado, ainda mais quanto a assuntos de cursos, raramente o Capitão lhe adiantava ou perguntava algo sobre o curso que eles tomariam.
Como Dyke achou que seria, o Capitão enxotou eles de lá. e Dyke sem mais delongas saiu de lá voltando ao balcão e fala para Hymma que havia ficado um pouco mais atrás:

- O bafô de tubarão vai acabar te arrancando as orelhas se ele te pegar aqui. e olha para trás esperando que ele não ouça o que Dyke acabou de dizer e sai rapidamente esgueirando-se em meio a multidão, tirando e limpando a sua argola.
- Sorte, sorte, preciso de sorte e de bons ventos... é tudo que preciso. Dyke sai falando sozinho olhando para a argola, recém polida.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Sex Set 07, 2012 3:01 pm

Depois de uma hora dentro de um dos quartos do fundo da taverna com uma das prostituta, o capitão sai do quarto ajeitando as calças, pelo que parecia o trabalho estava feito.

Roosevelt volta para o salão principal da taverna, onde era muito movimentado e procura novamente por Scrum e Frac'Eido, os marujos que estavam consigo uma hora antes, o capitão estava afim de uma boa farra, queria fazer uma zona naquela taverna, começar uma guerra ali dentro antes de sair... Diversão, uma pura e simplória diversão pra piratas... E salvem-se quem puder!

Assim que o capitão acha os dois marujos lhe propõe a diversão... - Então Marujos... Que tal acharmos uma encrenca da boa antes de voltar ao Navio???... Hahahaha!... Uma garrafa voando pelo salão deve ser o suficiente pra isso aqui virar um campo de batalha... Sádico como sempre, Roosevelt fala aos dois marujos e sem nem esperar pelos dois, o capitão pega a primeira garrafa de vidro que tinha em cima da mesa e lança no outro lado da taverna, fazendo uma parábola por cima da cabeça de alguns e provavelmente acertando alguém do outro lado da taverna.

- Ihaaaaaaaaaaaa!!!!!!...... Grita o capitão, dando um soco num rapaz que passava ao lado, depois que a garrafa de vidro estoura em alguma coisa, ou pessoa.

Spoiler:
Ataque Desarmado: 1d20 + 5.
Pac Fawkes efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
15
Dano do Soco: 1d3 + 3.
Este dado não existe.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Sex Set 07, 2012 3:02 pm

Spoiler:
Dano do Soco: 1d6/2 +3.
Pac Fawkes efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
1
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Sex Set 07, 2012 3:43 pm

Lew tinha conseguido algumas informações, não acreditava que seriam o que o capitaõ esperava, mas foi o que conseguiu. Ele começa a procurar pelo capitão quando uma garrafa de vinho passa quase acertando o seu nariz e olha para os lados para saber quem a jogou.
"Melhor sair daqui, já fui acertado antes e não valeu tanto a pena..."

Lew se dirige para fora da taverna, senta encima de um barril, pega sua gaita e começa a tocá-la, enquanto pensava nas informações que recebera. Ao fundo ele ouvia sons de vidros se quebrando e pessoas gritando palavrões e xingamentos, além dos barulhos de corpos derrubando mesas e batendo-se em paredes.

"Este fundo deve dar uma bela música..."
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7938
Reputação : 38
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 07, 2012 10:02 pm

- 'Cê que manda capitão - diz Scrum. O imediato logo a seguir pega um dos atendentes da taverna que passava distribuindo bebidas, levanta ele com seus braços fortes e arremessa o homem numa mesa de jogos à direita, fazendo espalhar bebidas e dados. E claro, os homens que apostavam ouro em seu jogo de dados se levantam da mesa furiosos procurando pelo responsável.

Então uma briga generalizada se inicia na Cauda do Tritão. Garrafas começam a voar para todos os lados, assim como cadeiras, mesas e até mesmo pessoas. O Frac'Eido ri quando vê uma prostituta sendo arremessada com suas tetas de fora balançando no trajeto aéreo. Após ter-se estabelecido a confusão, o capitão reúne seus homens para saírem de fininho da taverna. Era hora de voltar ao Marlin Negro e esperar pela manhã para partirem do porto. Na saída, Roosevelt vê o músico tocando despreocupadamente sua gaita e se lembra da tarefa que lhe havia pedido uma hora atrás.
Aythusa
Antediluviano
avatar
Antediluviano

Mensagens : 4216
Reputação : 2

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Aythusa em Sex Set 07, 2012 10:12 pm

Lew vê o capitão saindo com suas "caudas"(outros marujos). Ele, ainda com a gaita na boa, olha de soslaio para o capitão, pára de tocar quando ele o encara e, antes que o capitão fale qualquer coisa ele se prontifica:

- Então Capitão - dá um salto ficando de pé na frente de Roosevelt - Como o senhor me pediu, descobri algumas coisas sobre a ilha lá... Aparentemente é um lugar, han... perigoso, muitos morreram e os que viveram enlouqueceram. A informação mais certa que eu encontrei para o senhor no meio de tantas histórias podres que ouvi, foi que a ilha se encontra num ponto na Costa de Sembia, mas ninguém sabe direito como chegar lá, como de clichê Capitão.

Ele faz uma pausa, olha para o chão e vê um inseto passando, o esmaga com os pés e termina:

- Vamos agora mesmo ou neste exato momento?

Lew adorava estar no mar. Sentia falta das mulheres, mas era apaixonado pelo horizonte azul recheado de correntes perigosas e histórias sangrentas.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Pac Fawkes em Sex Set 07, 2012 10:47 pm

Muito satisfeito com a briga generalizada que se iniciou na taverna, Roosevelt sai gargalhando junto com os marujos do Marlin Negro. - Um rapaz tinha levado um soco do garçom da taverna... Ele se virou e revidou o soco na prostituta que tava apoiada na mesa do lado da dele... Haaaaahahahaha!!!... O capitão chegava até a soluçar de rir lembrando as cenas engraçadas que viu e contava algumas pros marujos.

Ali na frente da taverna, bem próximo da entrada, Lewellin, o músico estava tocando, sem precisar perguntar nada, o músico revela o que tinha descoberto sobre a ilha de Ferro, mas o capitão estava com tão bom humor que quase nem presta atenção no que o músico tinha a dizer.

Se recuperando ainda da última gargalhada, o capitão então fala com o músico. - Nem te estressa marujo... Devias estar dentro da taverna... Hilááário a treta que ta rolando... Ai ai, mas então... Tenho que falar ainda com um amigo antes de zarpar... Mas já ta decidido... Iremos nessa tal de Ilha de Ferro... Pode escrever! O músico nota o bafo de Rum quando o capitão se aproxima dele e coloca uma das mão no ombro do rapaz, talvez estivesse um pouco bêbado... Depois disso ele avisa ao Imediato que iria voltar ao Marlin Negro, e dali pra frente passa a responsabilidade ao Scrum até que todos os Marujos também retorne ao Navio.
Conteúdo patrocinado


Re: Capítulo 1 - Os Boatos de um Velho Amigo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Qua Jan 17, 2018 9:37 pm