Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Responder ao tópico

[Livro II] Terra

Compartilhe
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

[Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Ter Jul 05, 2016 5:44 pm


Mei, Hiruko e Sogetsu partem da fortaleza e cruzam as ruas estreitas de Kenson Gakka, naquela hora bastante movimentada pelos preparativos do festival. Guiando o caminho até a casa dos Toda estava Suwo, um velho que servia no castelo de Shiro no Meiyo. Ele não parava de falar como os arranjos para a festa estavam magníficos, mas que era uma lástima sem tamanho Minako não estar ali para ver.

- Toda Honzo-sama também era o magistrado do feudo, além de hatamoto, vocês devem imaginar mais ainda a situação pela qual estamos passando...

Apesar de um pouco tagarela, Suwo se mostrava solicito e era como se ele quisesse ajudar realmente de alguma forma.

- A família dos Todas descendem de uma linhagem muito antiga... Vocês sabem, samurais-sama, por que a cidade tem esse nome? Kenson Gakka (Lição de Humildade)?

O velho buscava puxar assunto de novo, mas se apressava conforme a premência de que precisavam.
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Qui Jul 07, 2016 7:56 am



Hiruko seguiu por aquele caminho sem conversar. Achava que aquilo poderia atrapalhar sua concentração nos detalhes ao redor. Afinal, não estavam a passeio, era uma investigação. A presença da gentil mulher da Garça ajudaria na tarefa de conciliar esses momentos, imaginava.

- Não se preocupe. Vamos resolver esse impasse e trazê-los de volta - foi a primeira coisa que disse desde que saíram da fortaleza, com tranquilidade, mas sem ternura, tolerando a tagarelice de Suwo, mas evitando contribuir com ela.

- Não. Conte, por favor. - respondeu, com educação. Mas ainda assim seus olhos e ouvidos estavam mais atentos ao redor.


shamps
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1025
Data de inscrição : 04/04/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por shamps em Dom Jul 10, 2016 11:59 pm

Assim como Hiruko, Mei também não estava disposta a conversas e apenas respondia com expressões curtas qualquer questionamento do velho Suwo.
O velho falava com empolgação sobre o festival e sobre a origem do nome da cidade, deixou que ele falasse, pois talvez da história contada pudesse se tirar alguma pista.

- Conte-nos essa história, por favor.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Qui Jul 14, 2016 1:09 pm

Sogetsu andava a passos lentos, talvez até ficando alguns passos atrás dos demais, passou em uma barraquinha onde se preparavam frutas para o festival, pegou uma maçã, colocou duas moedas na mão da vendedora e deu um sorriso discreto para uma jovem bonita que o olhara, depois seguiu a seus aliados nesta missão, Suwo era uma pessoa de conversa e assim como todos os idosos tinha histórias para contar.

Sogetsu então sabia o que viria, algo sobre o local onde estavam, bem algumas informações talvez não fossem tão valiosas assim, mas valia a pena ouvir, e mesmo que não, não teriam escolha, a caminhada talvez fosse longa, a conversa poderia distraí-los um pouco, o vilarejo estava com cores de alegria, a época festiva ajudava na distração.

O jovem mordeu sua maçã, estava saborosa, digna do festival que logo começaria, olhou para seus iguais a frente, parecia que as garotas não estavam com fome, então poderia saborear o fruto sozinho.

Olhou em volta nas paredes e nos tetos das casas, sem compromisso, só estava estudando o local, animais domésticos, e pessoas de um lado para o outro, um típico local comum. Mais uma mordida em seu alimento, sua outra mão a que não segurava a maçã estava no bolso de sua calça.


fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Seg Jul 25, 2016 5:40 pm

Suwo parecia feliz com a atenção que recebia e o interesse dos samurais:

- Ah, vejam: há cerca de 500 anos atrás, tropas do Escorpião tomaram a fortaleza de Shiro no Meiyo em um súbito ataque como é costume dos desonrados. Quando eles marcharam então para Shiro Ikoma, samurais valorosos como Matsu Toda defenderam as terras do Leão e retaliaram, retomando a cidade que agora tinha o nome de Sombra do Leão e renomeando-a para Lição de Humildade...

Ele faz uma pausa e olha como se tomado de orgulho com o que via pelas ruas.

- Anos se passaram, a Passagem de Beiden nas montanhas já não tem mais a importância que tinha e hoje essa é uma cidade tranquila, diferente do passado sangrento que já tomou essas ruas e muralhas... No entanto, o sumiço de Minako pode significar que nem tudo está resolvido, oremos para as Fortunas que nada de pior aconteça...


De repente, foi como se as sombras de um pequeno beco escuro por ser estreito e os telhados muito próximos, tomassem vida e formas humanoides saíssem de lá. Eram duas daquelas coisas e os samurais mal tiveram tempo de vê-las saltando e algo como garras sombrias indo em direção a um Suwo completamente distraído.
shamps
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1025
Data de inscrição : 04/04/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por shamps em Seg Jul 25, 2016 11:39 pm

Sempre prestando atenção à sua volta, Mei não deixou de ouvir com cuidado as palavras do velho Suwo, esperando assim retirar qualquer dado importante para sua investigação. Apesar de tudo, nada de interessante.
Porém um ataque iminente estava para acontecer e ela percebeu isso pondo-se já em frente a Suwo. Sacando a espada prepara-se para o ataque.
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Ter Jul 26, 2016 8:57 am

Hiruko sabia que não devia ficar conversando como se estivessem a passeio e essa atitude a permitiu agir rapidamente.
Ela julgou que seria apta a derrotar pelo menos uma das duas sombras e optou por uma posição de ataque com sua naginata.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Ter Jul 26, 2016 1:45 pm

- Inimigos? Mas tão rápido assim, hum, acho que um pouco de diversão não fará mau...

Vendo que pareciam apenas dois inimigos o jovem deixou a proteção do velho com uma das garotas, a garça lutaria, mas com elegância e majestade, seria um combate honroso pelo bem e pela honra. Mordiscou novamente outro pedaço de sua maçã. E com calma sacou sua lâmina em outra mão.

Sua espada estava na altura dos olhos, e Sogetsu estendeu a mão que segurava o fruto como que oferecendo aos inimigos.

- Se pudessem comer criaturas bestiais, seria sua última refeição. Vamos ver se são monstros ou humanos que vamos enfrentar.

Sogetsu jogou a fruta para cima o mais alto que pôde, girou sua espada em sua mão direita, iria pra cima de um dos adversários com um corte horizontal, depois voltaria a sua posição original, para que pegasse a fruta jogada no ar. Elegância e beleza, sua lâmina seria mortal e fria ao mesmo tempo.
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Ter Ago 02, 2016 2:22 pm

Sem pensar duas vezes, Hiruko que se adiantou, firmando bem os pés nos chão numa postura típica para combate com lanças. A sombra que vinha em sua direção imediatamente parou vendo que ia ao encontro da naginata afiada.

Enquanto isso, Sogetsu desfere um golpe impressionante na outra sombra que corria em direção a Suwo, voltando para pegar a maçã em pleno ar. No entanto, o golpe pareceu não ter tanto efeito assim, e a criatura continuou com o ataque. Definitivamente não era humana.

Coube a Doji Mei então afastá-la. Estava protegendo o pobre heimin, como era dever dos samurais, mas isso lhe dava a posição e tempo de que precisava também. Assim que aquelas garras passaram a centímetros do seu rosto, ela girou e sacou a espada num único movimento como se fosse a coisa mais natural. O corte veio de baixo pra cima e o ser já ferido começa a se afastar...



Status (Iniciativa):
Sombra 1
Hiruko
Sogetsu
Sombra 2 (-31 PVs)
Mei
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Ter Ago 02, 2016 2:51 pm



Sem tempo para conversas, Hiruko movimentou o braço investindo com a naginata contra a sombra mais próxima e, com a mão direita, desferiu um corte veloz contra ela.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Seg Ago 08, 2016 4:27 pm

Sogetsu examinou a sua lâmina, tinha certeza de um golpe certeiro, no entanto o monstro ainda estava de pé.

- Isso mesmo! Somente um monstro poderia permanecer de pé diante deste ataque. - Falou como que respondendo seus próprios pensamentos, viu uma das garotas Hiruko, partir pra cima de uma das sombras, Sogetsu percebeu que deveria deixar a brincadeira para depois, pessoas poderiam se ferir ali. Guardou a maçã no bolso e se dirigiu a criatura que já havia sido ferida antes.

- BAKEMONOOOOO!!!! Enfrente-me em uma batalha de honra, deixe, minha espada destruí-lo, terá a honra de ser morto por Kazama Sogetsu, primeiro Samurai Dos Kazama!!! Enfrente-me.

Sabia que a jovem Mei protegeria o velho, confiou nos membros aliados sem nem mesmo conhecer seus estilos de luta, afinal ainda não eram um grupo entrosado, isto levaria um pouco de tempo, Kazama cruzaria espadas com o adversário até que um deles ficasse no chão, mas se possível não gostaria de matar o inimigo, se eles falassem, poderiam ser interrogados.

Passo a frente, um golpe vertical depois um horizontal e por último um golpe giratório em suas pernas, assim ficaria inutilizado.

Off Game:
Embora eu narrei três golpes isto foi apenas uma cena (Ou seja em termos de jogo apenas um golpe foi executado), gosto de coisas cinematográficas mesmo que eu erre todos os golpes e seja contra-atacado, bem caso eu acerte e mate a criatura será assim que terei terminado com o bicho. Caso não fica a cargo do mestre continuar a cena claro...
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Sex Ago 19, 2016 3:10 pm

Hiruko avançou com a naginata, mas a sombra pulou e desviou na agilidade de um gato, sem deixar de passar com longas garras acertando a samurai da Fênix num dos flancos. O golpe no entanto não foi suficiente para perfurar sua armadura, mas ela sentiu muito mais um frio intenso incomum do que dor no local. Sem tempo para pensar muito nisso, ela continuou com uma sequência da luta de lanças, dessa vez atacando com o cabo. Foi um golpe em cheio e a criatura com certeza tinha ficado bem atordoada, se afastando.

Sogetsu por sua vez aplicou uma rajada de cortes certeiros no outro inimigo, mas o ser disforme desviou da última investida e parou não se sabe como na borda de um telhado preso nas quatro pernas (ou seriam patas?) como uma lagartixa, olhando pra tudo lá em baixo... Aparentemente ela notou que o caminho para Suwo agora estava bloqueado por um samurai da Garça que atacava como um furacão, mas a outra Garça estava ainda se recompondo pra outro ataque. Rapidamente a sombra pulou e foi como um raio em direção a Doji Mei. Ela tentou ainda bloqueá-lo mas não tinha como: o bicho simplesmente desapareceu a poucos centímetros dela e reapareceu nas suas costas. Foi como se tivesse atravessado seu corpo, se desmanchando em fios de escuridão e voltando a se formar inteiro já bem distante dela.

A sensação foi mais do que estranha e a dor não foi exatamente física (não tinha sequer sido tocada). O mesmo frio que Hiruko sentiu ela agora sentia mais profundamente. O pior de tudo foi as memórias: foi como se viesse à tona todo o pesadelo da morte do seu filho, o pequeno Akechi, a doença do seu marido, essa missão sem sentido... Mei estava abalada e foi como se ela pudesse ouvir uma risada fantasmagórica vinda dos inimigos.

Suwo que estava prostrado, surpreso com tudo parecia chamar guardas agora para ajudá-los.



Status (Iniciativa):
Sombra 1 (-18 PVs)
Hiruko (-4 PVs)
Sogetsu
Sombra 2 (-46 PVs)
Mei (-9 PVs)
shamps
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1025
Data de inscrição : 04/04/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por shamps em Dom Ago 21, 2016 1:20 am

Os samurais lutavam bem, estavam todos empenhados com uma das criaturas e demonstrando todas as suas técnicas.
Mei atacou uma criatura e isso abriu uma brecha para a mesma atacasse a Garça. Foram poucos segundos que durou o ataque, mas para Mei pareceu uma eternidade. Seu maior sofrimento foi revivido: morte de seu filho. O momento em que ela se sentiu o ser mais miserável do mundo, podia ser a melhor samurai de sua família, mas de que adiantava se ela não podia vencer uma doença. Reviveu o funeral e o luto velado, onde deveria parecer forte e só chorar quando estava sozinha. Depois viu seu marido passar pela mesma doença... Mas que inferno, ela precisava se recuperar e mudar aquilo.
Voltando a si, ela respira fundo apesar do frio e da dor e se prepara para outro golpe. Tinha de findar aquilo o quanto antes.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Qua Ago 24, 2016 12:15 pm

Sogetsu parou por um segundo.

- Ei Fiquei decepcionado por escolherem as meninas em vês de mim para lutar, não vou menos prezá-las, sei que elas são tão capazes quanto qualquer adversário para lutar. Portanto.

Sogetsu crava a ponta de sua espada no chão, fecha os olhos e cruza os braços, se concentrando, o objetivo era simplesmente fazer com que as sombras ou pelo menos uma delas o atacasse, queria que os adversários fossem direto para ele e achassem que ele estava desprotegido, também seria uma proteção contra seus aliados, se o inimigo investisse nele, as meninas teriam chance de armar uma tática para derrotá-los.

O membro da família Kazama então se concentrou em sua técnica, quando um dos inimigos fosse golpeá-lo, Kazama iria chutar o cabo de sua espada a fazendo voar pelo ar e então iria pegá-la e girar seu corpo cortando o adversário, a manobra era arriscada, pois se falhasse o dano poderia ser sério ao jovem, mas Sogetsu preferia ser ferido do que ver aliados com cicatrizes.

- Vou criar um mundo onde os laços superam a força e a honra supere a vontade!!!!

Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Qui Set 01, 2016 5:27 pm

Hiruko sabia que aquela sensação não era apenas "frio" e por isso acabou olhando surpresa, um tanto assustada para o "ferimento". Tinham que destruir de uma vez aquela criatura e sequenciou o golpe, satisfeita com o resultado.

Em seguida, era a outra mulher que era atacada e ela observou a reação dela com espanto. Não podiam ser tocados por aquelas criaturas.

- Não deixem que eles os toquem! - avisou para os outros dois, girando a naginata e partindo para cima da sombra que golpeou anteriormente.


fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Qui Set 01, 2016 11:34 pm

A estratégia de Sogetsu surte efeito. A sombra avança ao que acredita ser um alvo fácil sem se preocupar com mais nada, apenas para ser recebida pela espada do samurai, que saltou da posição que estava numa manobra precisa.

Enquanto isso, Mei parecia recobrar a si e também não perdeu tempo querendo provar seu valor. Ela cortou facilmente a garganta do monstro ao mesmo tempo que a mesma já era atingida. Foi como se o golpe dos dois tivessem sido planejado perfeitamente e eles então viram a sombra se desvanecer, simplesmente sumir em três partes com um grito estridente de dor. Tinham certeza que a derrotaram, mas onde estava o corpo se é que haveria algum?

Hiruko por sua vez continuou a investida na outra sombra, que conseguiu se desviar até ser acertada novamente pelo cabo da naginata. Outra vez parecendo atordoada por um tempo, ela conseguiu ainda ouvir ou ver (ela tinha olhos? era um corpo apenas de puro breu...) a companheira sendo retalhada e então saltou para trás numa velocidade impressionante, se fundindo novamente na escuridão do beco, sumindo como se nunca tivesse ali ou existido.

Um momento depois chega Suwo e uns guardas que revistam o local mas não encontram nada. O velho logo se prostra no chão agradecendo os samurais por terem salvo sua vida, quase aos prantos. Estes por sua vez não tinham certeza se o momento de tensão tinha passado realmente ou o que tinha sido tudo aquilo, mas era melhor cuidar do desaparecimento logo de Minako. As coisas ficavam cada vez mais estranhas.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Sex Set 02, 2016 10:17 am

Ao findar o combate Sogetsu guarda sua arma na bainha, olha em volta vendo os guardas e Suwo, aproximou do velho que agradecia por ser salvo.

- Os guardas cuidarão do resto, pelo jeito temos duas opções aqui, Suwo eles estavam atrás de você? Ou estavam tentando nos atrasar? De qualquer modo acho que devemos chegar logo ao nosso destino, a casa dos Toda!

Fez uma leve pausa para deixar as perguntas no ar.

- Mei e Hiruko-san vocês estão bem? Precisam de cuidados médicos! Talvez nosso guia possa lhes oferecer conforto ele conhece o local e pode indicar um posto médico na região.

Olhou para o guia e depois para as garotas, gostaria de ter ido atrás da sombra, mas sabia que não ia adiantar, ela já poderia estar muito longe dali. Lamentou também não ter conseguido capturar uma delas, para fazer um interrogatório, depois desencanou, nem sabia de fato se aquelas sombras poderiam ser seres capazes de falar.

Virou de costas para o grupo olhando as construções acima, seu objetivo procurar alguém suspeito que pudesse estar observando-os, mas sem se afastar do grupo deu alguns passos a frente. Logo olhou para trás e disse:

- Acho que devemos ir logo ao nosso destino. Não sabemos da identidade do inimigo e quando se olha direto pro abismo, o abismo também encara você.

Querendo dizer que não daria em nada ficar ali confabulando exceto se alguém tivesse uma luz ou esclarecimento do que tenha acontecido.
shamps
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1025
Data de inscrição : 04/04/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por shamps em Sab Set 03, 2016 5:14 pm

Tão rapidamente quanto sacou a espada e saiu do transe gélido causado pela criatura sombria, Mei embainha sua espada com graça e agilidade após exterminar o ser que a atacava.

- Estou bem Sogetsu - fala - guardas, redobrem a segurança e Suwo, retome seu posto de guia - estende a mão à frente, indicando que sua deveria passar à frente para guiá-lo - de fato não temos tempo a perder. Vamos!
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Ter Set 06, 2016 11:52 am

Hiruko olhou preocupada para a sombra que se fundia ao fundo. Não as tinham derrotado completamente então não havia motivo para comemorar, elas estavam por aí ainda e voltariam quando menos esperassem. Elas e o que quer que as tivesse criado ou controlado.

- Estou bem, estranhamente o ferimento não foi físico - disse simplesmente, sem muita gentileza. Era samurai, afinal de contas, não uma donzela em perigo. Deveriam se preocupar somente com o protegido deles ou com ferimentos graves.

Olhou preocupada para os guardas, sabendo que não adiantaria nada que eles redobrassem a segurança se aquelas "coisas" resolvessem atacar novamente.

- Eu me pergunto se de alguma forma não estamos olhando exatamente para onde eles foram... - Hiruko pensou um pouco alto, pensando se havia alguma maneira de Minako e seu pai terem sido "sugados" para algum lugar, atacados da mesma maneira que eles foram. - Bem, vamos.
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Qui Set 08, 2016 2:32 pm

- Atrás de mim, samurai-sama? O que eles poderiam querer com um pobre heimin (meia-pessoa)?

Suwo explica que nunca viu coisa parecida e começa a se lamuriar sobre o terror que a cidade poderia passar e ainda mais com o festival. Ele também não deixa de comentar que se aquelas coisas atacaram eles agora muito possivelmente deveriam estar envolvidas no caso sim.

Sem se demorar muito, porém, o velho recobra a compostura e se adianta oferecendo ajuda para as samurais, aparentemente ele era uma espécie de curandeiro. Caso aceitem ele aplica as melhores práticas de shiatsu que conhece, fazendo assim com que as partes do corpo que parecem machucada ficassem dormente e com uma sensação de alívio.

De todo modo, os guardas se dispersaram pra procurar pela coisa das sombras e o guia tratou de seguir depressa conduzindo o grupo.



off1: não existe hospitais, postos de saúde ou coisa do tipo, em Rokugan as pessoas podem conseguir cura em templos ou de médicos que estão mais para massagistas, conselheiros e especialistas em medicamentos. Eles não pertencem a casta dos samurais, mas recebem algum respeito por cuidarem das pessoas doentes.

off2: spectro pode fazer um teste de investigação. Não precisam postar nada por agora, só se quiserem. Domingo devo tá de volta e continuo.
Luxi
Moderador
avatar
Moderador

Mensagens : 952
Data de inscrição : 02/03/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Luxi em Sex Set 09, 2016 7:27 pm

Hiruko não faria a desfeita de recusar ser curada por alguém tão disposto e dedicado. Ela permitiu que seu braço fosse olhado e agradeceu respeitosamente em seguida. Olhava a todo instante inquieta para o local onde as criaturas tinham sumido, mas era melhor deixar isso para trás e focar novamente no caminho. Agora estava decidida a não conversar e somente olhar em volta, mais atenta do que nunca. Sua mente maquinava os últimos acontecimentos.
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Sex Set 09, 2016 8:06 pm

Vendo as garotas sendo tratadas percebeu que iriam ficar ali por um pouquinho mais de tempo, Sogetsu continuou parado, agora em silêncio, observou os guardas trabalharem agora se dispersando, o velho tinha razão, porque estariam atrás dele? Não havia sentido nisso, decidiu então olhar em volta, algumas esquinas até puderem prosseguir viagem até o seu destino.

Kazama também olhou em volta acerca da geografia do local, eles foram atacados em uma região de fácil acesso a fuga, os inimigos mostraram muita agilidade, sentiu seu sangue ferver, gostaria de ter de lutar novamente, seu irmão gostaria também, sim lembrou-se de Kazuki Kazama, seu irmão gêmeo não idêntico, ele era mais explosivo, teria corrido atrás da sombra até conseguir alcançá-la e derrotá-la de vez.

Não percebeu mas enquanto andava estava sorrindo, lembrar de seu irmão trazia bons sentimentos no seu coração, já fazia tempo que não o via, mas agora não era hora para devaneios, deveria se concentrar no agora e em sua missão.

_____________________________________________________________________________________________________

Off Game:
Eu não ia postar mas como a LUxi postou então fui também... Bem caso eu tenha passado no teste de investigação, pode mexer meu PJ para onde vc quiser mestre, mesmo se tiver que voltar, Sogetsu só vai dar uma voltinha mesmo...
shamps
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1025
Data de inscrição : 04/04/2016

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por shamps em Sex Set 09, 2016 9:36 pm

A samurai da Garça estava com um ferimento e isso poderia atrapalhá-la no futuro, por isso aceitou a ajuda oferecida por Suwo. Toda cura é bem vinda.

- Aceito sua ajuda Suwo. Não posso me dar ao luxo de ferimentos me atrapalharem no futuro. Faça seu trabalho.

Mei não perdia a compostura e continuava observando em volta.
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 127
Data de inscrição : 24/10/2015

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por fred~ em Seg Set 12, 2016 10:04 am

Depois dos tratamentos, logo a comitiva continua até a casa dos Toda, não havia mais nada por ali.

Não mais que duas esquinas depois e eles chegam até um enorme cercado que parecia mais um muro e um portão com um guarda do Leão a frente. Seguem-se cumprimentos e apresentações, Suwo entrega uns papéis ao soldado que os confere rapidamente (eles já eram esperados) e toca um sineta, fazendo com que um outro samurai entre-abra o portão e os dois tem uma rápida conferência. Os papéis são levados para dentro e o portão é fechado novamente... Não muito tempo depois a entrada de todos é permita e uns outros guardas o conduzem para dentro. Os Leões eram conhecidos pela extrema preocupação com a segurança, até para os padrões de Rokugan.

Suwo não entrou, apenas se despediu, desejando uma boa investigação e agradecendo novamente por terem salvado sua vida. Ele segue seu caminho meio que olhando pros lados e aproveitando para andar perto de outros transeuntes.

Entrando, os samurais podem ver um jardim bem cuidado, como era padrão e um casarão com diversos cômodos e corredores levando de uma construção a outra. Não muito distante havia um estábulo e Hiruko logo se animou ao saber disso. Não era comum, a não ser no clã do Unicórnio, onde era quase obrigatório todos terem cavalos, aquele tipo de construção na casa de um samurai, apenas em castelos e raras estalagens. O que demonstrava ainda mais a riqueza dos Toda.

Um senescal veio recebê-los e os conduziu até a senhora da casa, numa sala onde ela os aguardava, quase como na audiência com Matsu Suzuya, mas com tudo muito menor (as armas foram deixadas num cômodo logo na entrada, como era o costume)...

- Bem vindos a minha humilde morada, samurais-san. Chamo-me Toda Yuma, prazer em conhecê-los. Uma pena que não seja em um momento mais oportuno... - Era uma mulher de uma certa idade, num kimono longo cor de terra sem muitos detalhes, com olheiras de certamente muito cansaço com tudo aquilo.
- Mas estou honrada com a presença de vocês e pela indicação de lady Suzuya-dono de samurais tão capazes.  

Ela deixou espaço para a introdução dos visitantes, seguindo as formalidades.



Última edição por fred~ em Qua Maio 24, 2017 3:43 pm, editado 1 vez(es)
spectro
Garou de Posto Cinco
avatar
Garou de Posto Cinco

Mensagens : 2177
Data de inscrição : 13/05/2014

Re: [Livro II] Terra

Mensagem por spectro em Qui Set 15, 2016 10:27 am

Pronto, haviam chegado e começariam as confabulações:

- Agradeço a hospitalidade Toda Yuma-san, estamos aqui por causa do acontecido com Minako e seu pai, mas creio que já saiba, claro, estamos mexendo com algo perigoso, nós fomos atacados no caminho para cá, talvez alguém tentando nos atrasar ou querendo nos eliminar antes de uma investigação mais cabal.

Sogetsu se ajoelhou na pequena almofada diante da mesinha, a residência leonina dos Toda era algo fenomenal, e com certeza ele ficara um pouco impressionado, mas anteriormente ao andar pelas ruas antes de chegar nesta residência viu um pouco da ferocidade dos leões, via no rosto das pessoas, com certeza estavam preocupados também, além de parecer que a segurança ali fora redobrada.

- Este que vos fala se chama Sogetsu, primeiro Samurai dos Kazama, afiliado ao Clã dos Asahina, minhas duas iguais são Samurais da Garça e da Fênix... Nós nos empenharemos em resolver esta difícil situação com veemência, com o festival muitos camponeses irão parar seu trabalho secular para dar primazia ao festival que se aproxima, no entanto nós trabalharemos com afinco e com o vigor de um Leão para lançar luz sobre o caso...

As duas meninas pareciam que não eram muito de conversar então ele tomou a frente, bons ventos iriam guiá-los se os três agora prestassem atenção no que seria dito ali, pode haver uma pista indispensável para resolver a situação.

Off Game::
Eu tenho uma matéria de Rokugan de 3D&T e aqui diz que eles ganham sentidos aguçados, no caso eu posso ter uma personalidade muito investigativa graças a isso? Se realmente forem assim (não falando de Bônus mas interpretando) vou interagir mais investigativamente, lembro de vc ter mencionado que os Asahina como uma família pacífica...
Conteúdo patrocinado


Re: [Livro II] Terra

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Sab Jun 24, 2017 2:05 am