Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capitulo Um - Intrusos.

    Compartilhe
    Eleonor
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1016
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Eleonor em Ter Ago 09, 2016 6:01 pm


    Magic is not a miracle.


    Lilya concordou com a cabeça devagar, olhando a ele. A intriga pelo motivo do convite repentino por visitar o país em algum período qualquer de férias e depois para falaram em um canto deixava-a curiosa. Mecanicamente, retribuiu ao bom dia de Brenna e da amiga dela, depois voltando a face para Shelby.

    - Muito agradecida pelo convite, Dis. Apesar de não serem tão interessantes quanto a Grécia, se algum dia tiver interesse em visitar a Rússia ou a Inglaterra, sinta-se convidado. Os dois, alias. Ahm... Obrigada, Shel. Se alguém ousar tocar no meu bolo, avise dos tormentos que enfrentarão ao me irritar.

    Falou com um tom divertido e depois acompanhou os dois garotos até o canto que Dis havia indicado. A jovem cruzou os braços abaixo dos seios, olhando para os dois com uma expressão até certo ponto neutra. Ao que parecia, Pontius sofria mais os efeitos da aparência da jovem que Dis, porém mesmo ele estava se comportando suficientemente bem dados os motivos pelos quais haviam.

    - Admito estar curiosa sobre o conteúdo da conversa particular.



    ----------



    Achar um lugar que pudesse se sentar e ainda teria espaço para Lilya não era difícil para Shelby - na verdade, um lugar onde Lilya conseguia se enfiar não era muito difícil, visto que era bem magra e as pessoas tendiam a se espremerem para a jovem se acomodar. Ainda havia uma quantidade enorme de frutas frescas, bolos, sucos, café, leite, pães, ovos, bacon e outros itens de café da manhã. As pessoas conversavam alvoroçadas ao redor, discutindo hora rios de aulas e outras atividades variadas.

    De onde estava sentada, a garota conseguia observar a amiga conversando com os dois garotos.



    ----------



    Anna havia cumprimentado as garotas e rapazes ali presentes e aparentemente reconheceu a garota loira, cutucando a namorada discretamente pelo braço e esperar os dois se afastarem deles para falar em um tom baixo.

    - Aquela garota loira... Se não estou enganada, ela é da família Knightley. Eles são mais ricos que minha família... Se Lilya anda com ela, deve ser tão rica quanto ela, no minimo. Quer dizer... Não é muito comum pessoas ricas andarem com pessoas que não sejam de condição igual as delas.

    Que a família de Anna tinha muito dinheiro, Brenna sabia. Mas não imaginava que estudaria com pelo menos duas pessoas mais ricas do que ela e que pelo menos uma delas pareceria ser uma Miss Simpatia que gostava de manter relações amigáveis mesmo com novatos. Se a garota tivesse certa, definitivamente aquelas duas haviam sido criadas sempre em um padrão muito alto de educação, provavelmente estudando ali desde a infância - e, nesse caso, um padrão ainda maior de disciplina e bons modos em sociedade, pelo que ele havia reparado nos alunos que pareciam ser mais velhos ali.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Lyvio em Ter Ago 09, 2016 10:35 pm


    Magic is not a miracle.




    Dis cumprimenta as garotas com um aceno. Sorri quando a moça desdenha seu convite e então responde a moça:

    -No entanto, não é sobre isso que eu lhe chamei para falar...

    Dis vira de costas com as mão no bolso avança um passo e olha por cima do ombro esquerdo para a moça com um leve ar de riso e a indaga:

    Você tem percebido...algo estranho ultimamente...Ou tudo lhe parece plenamente normal?

    [/color]A segunda parte da frase ele volta a ficar de costas para a moça olhando para a parede, então ele vira-se e olha nos olhos da moça. Seu olhar era sereno, exatamente igual ao olhar que ele a direcionou assim que começou a conversa, um olhar frio e neutro.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Edu em Qua Ago 10, 2016 2:59 am

    - Bem é interessante saber isso, para mim você Anna era a pessoa mais rica que eu conseguia imaginar, agora saber que tem duas pessoas que são mais ricas que você é uma surpresa pra mim. Não final tanto faz - ela dá uma gargalhada suave - você a unica garota rica que eu me importo. Somos uma exceção Anna, acabamos encontrando mais pontos em comum que divergentes uma da outra, porém não deixamos de ser um exemplo que pobres e ricos podem achar felicidade juntos. Mesmo sendo um caso excepcional talvez outros também podem experimentar isso né?

    Quando ela termina de falar isso pega a mão de Anna colocando os seus dedos entre os da namorada.

    - Alias já mudou o seu status no facebook? Temos que postar uma foto juntas, bah... to só sendo chata, quem liga pra facebook? - Ela termina sorrindo para Anna.

    Ainda de mãos dadas Brenna puxa Anna para andarem mais rapido, justamente para poderem chegar mais cedo na sala de aula e assim escolherem o melhor lugar pra se sentar.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1293
    Reputação : 198
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Luxi em Qua Ago 10, 2016 7:23 am


    Magic is not a miracle.




    Shelby parecia um gato caçando. Separou um pedaço de bolo para a amiga e agora cobria seu waffle de calda doce e amoras. Seus olhos, no entanto, estavam muito bem focados no que acontecia ali na frente. Lilya era solícita demais. Boazinha demais. Ser monitora a obrigava a aturar alguns tipos de situação que a loira não suportava.

    Mordiscou seu café da manhã tentando captar qualquer coisa fora do normal. Naqueles momentos lembrava um pouco o pai, com aquele jeito frio de estar sempre atento na conversa dos outros para ser sempre o primeiro a saber de tudo, mas isso ela não conseguia reconhecer.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Eleonor
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1016
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Eleonor em Qua Ago 10, 2016 8:48 pm


    Magic is not a miracle.


    A jovem demonstrava uma calma e naturalidade exemplares ao franzir o cenho, inclinando a cabeça para o lado. Tempo demais escondendo dos outros sobre a verdade, provavelmente. No fundo dos olhos dela, havia alguma coisa que não era possível determinar direito o que era, mas talvez um toque de desconfiança.

    - Depende do que você considera normal.

    Uma mudança sutil no tom ao pronunciar o você sugeriram que a garota sabia mais do que ousava dizer, porém não tinha certeza se era seguro falar ou não com o rapaz quanto aquilo. Mas também não havia nenhum tipo de tentativa de alertar as amigas de qualquer coisa para ter uma forma de sair dali ou qualquer coisa assim.

    Qualquer hora dessas, deviam me promover a Padawan, no minimo. Sabia que tinha alguma coisa...



    ----------



    O comentário de Lilya precedeu a entrada de Jonathan no salão, junto com a garota que elas haviam 'ajudado' de manhã. A garota foi para a mesa feminina, ficando longe de Shelby e o homem lançou um olhar na direção da noiva. Houveram os tradicionais ataques das garotas quando ele chegou no salão. O homem ignorava os ataques das garotas, no máximo cumprimentando educada as que falavam diretamente com ele.



    ----------



    - Ainda não tive tempo de entrar no Facebook e eu quero falar com meus pais antes.

    Enquanto se dirigiam para a sala de aula, um homem ruivo com cerca de um e oitenta de altura passou por elas, cumprimentando-as educadamente. Lembravam de tê-lo visto na mesa dos funcionários na noite anterior, mas não sabiam exatamente com o que ele trabalhava ali. Parecia jovem demais para ser um professor, mas seja o que fosse era suficientemente conhecido para os alunos cumprimenta-lo educadamente.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    [/quote]
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Lyvio em Qua Ago 10, 2016 11:47 pm


    Magic is not a miracle.




    Dis percebe que a moça sabia de algo, mas ela parecia desconfiada quanto a sua indagação e um leve sorriso de canto da boca se viu:

    -Essas respostas enigmáticas me lembram Gandalf... Mas, chega de mistérios, já tenho minha resposta.

    Dis tira mão do bolso e a cruza olhando a moça:

    -Sei que você é usuária de magia e mesmo com toda sua cautela e discrição eu a vi uma vez conjurando sobre si uma magia de cura...

    Dis para um pouco esperando a reação da moça ou alguma manifestação e continua:

    -Tanto eu como o Pontius somos usuários de magias e ontem a noite na hora do jantar percebemos uma presença estranha, uma presença maligna. Você sabe de algo?

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1293
    Reputação : 198
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Luxi em Qui Ago 11, 2016 9:11 am


    Magic is not a miracle.




    O que querem? Se precisar que eu tire você daí é só dizer

    Shelby estava bem irritada. Sabia que a garota era boazinha e gente um pouco mais mal intencionada poderia querer se aproveitar disso. Além disso, tinha a questão do ciúme somada ao preconceito com aqueles que não eram como ela.

    Também sabia que era pouco provável que Lilya fosse precisar dela para sair de uma situação simples como aquela, mas queria estar no lugar dela e resolver de uma forma bem simples, objetiva e grosseira que seu pai detestaria.

    Completando um teatrinho para os demais, observou todo o caminho de Jonathan e divertiu-se imaginando se ele estaria com ciúme real daquele garotinhos. Aquela técnica de comunicação ainda daria mal entendidos. Em seguida, olhou com um certo prazer a garota assustada de antes se encaixar em alguma mesa. Ficou feliz que ela tinha entendido logo que não seriam amigas.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Edu em Qui Ago 11, 2016 2:29 pm

    - Entendi, na verdade eu só tava brincando com você. Faz um mês que não entro lá e não sinto a necessidade de entrar novamente. Falar com o seus pais é importante, quer que eu esteja com você quando conversar com eles? - Diz Brenna passando pelo jovem professor e o cumprimentando.

    Brenna pega logo uma cadeira na frente para se sentar e deixa um lugar reservado proximo com a mochila para Anna se sentar.
    Eleonor
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1016
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Eleonor em Qui Ago 11, 2016 4:38 pm


    Magic is not a miracle.


    Lilya observou-os em silencio por um tempo, observando-os com calma e soltou o ar pela boca. Usuários de magia também, eles diziam... De todo modo, haviam notado algo na noite anterior também e a tinham visto usar magia, então não adiantava fingir que não sabia de nada quando eles mesmos precisavam de toda ajuda possível.

    - Adoraria dizer que não sei de nada, entretanto sei bem o que é. Shel, a garota loira que anda comigo, e o professor Jonathan também perceberam a presença e ontem a noite tentamos descobrir o que era... Johnny é especialista em Arkanum... Ele disse ser a Aka Manah, da mitologia zoroastriana.

    Como quem não queria nada, olhou fingindo distração para o professor, mas definitivamente havia certo tom de humor nos olhos da garota. Em algum momento, havia parado de girar o anel no dedo, mas agora recomeçara o movimento. Parecia existir alguma piada interna que só ela compreendia ou talvez apenas fosse impressão deles.

    Eles também sentiram o que estava na escola noite anterior e são usuários de magia, mas não sei exatamente o que eles são... Ainda.

    Pontius limpou a garganta, chamando a atenção da garota para si que olhou-o curiosa e gesticulou para que ele falasse.

    - Especialista em Arkanum? O que ele é? Bruxo? - Lilya balançou a cabeça lentamente antes de responder a pergunta.

    - Não, não... Ele é mago.



    ---


    Descubra o que puder deles e, se possível, traga-os para o nosso lado. Faça o que precisar para isso, caso seja possível torna-los nossos aliados.

    O homem estava acomodado na mesa dos professores, tomando o café da manhã dele como se nada demais estivesse acontecendo. No fundo, o treinamento emocional e os anos de pratica em ocultar o relacionamento dos dois pelo menos ajudavam a fingir que nada acontecia, caso a impressão das duas que ele estava enciumado era verdadeira.

    Isso é uma ordem? E quando diz o que precisar, é realmente qualquer coisa que precisar?

    A duvida por trás da pergunta era verdadeira e era quase imaginável a amiga erguendo uma sobrancelha diante daquilo e imaginando coisas que provavelmente não deveria.

    Não dou ordens a você... E o 'o que for preciso' não é tão literalmente.



    ---



    - Seria bom se estivesse, Bre. - Respondeu a amiga, com um sorriso em face. Na sala, a jovem se sentou ao lado da namorada e pegou o caderno e o estojo na mochila, deixando-os em cima da mesa e se voltando para a dama animada. - O que acha que seus pais irão dizer sobre isso?

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Lyvio em Qui Ago 11, 2016 8:33 pm


    Magic is not a miracle.




    Dis sorri confirmando suas suspeitas, então continua a falar com a moça:

    -Precisamos buscar todos os usuários de magia confiáveis para lutar contra esse demônio poderoso que ameaça a escola, especialistas em Arkanum seriam de grande valia. Mas, ao mesmo tempo, os mais suspeitos... Não é qualquer um que tem poder de trazer um demônio desse porte para este mundo e ao que tudo indica controla-lo. Você é especialista em Arkanum? Pelo que sei de você, tendo em vista sua cura ao que tudo indica você controla pelo menos o elemento luz... Estou correto?

    Dis agora deixava um pouco os mistérios de lado e se comportava de modo mais direto e objetivo.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Edu em Qui Ago 11, 2016 11:36 pm

    - Os meus vão adorar, já gostavam de você quando antes agora vão te amar. Prepare-se para ser mimada minha querida. Vai ser quase como se eles tivessem uma segunda filha - ela por um momento olhando pro nada, depois observa Anna e sorri - até imagino a cena, depois de eu ter contado meu pai me puxando pra um canto para conversar. Falar como respeitar uma dama, como usar camisinha....

    Foi só depois de ter falado que Brenna percebeu o que dizia. Sua mente desde que ela e Anna tinham começado a namorar tinha parado pra pensar na questão sexo. Só de imaginar, mesmo que rapidamente ela e Anna. A garota sentiu um vergonha subir pelo seu rosto e sentiu se ficar quente, quente demais para o bem dela.

    - É co-com licença, já volto Anna - dizia Brenna um pouco encabulada saindo da sala em passo rapido.

    Correu até o banheiro e jogou uma água no rosto e ficou olhando a si mesma no reflexo.

    "Para de frescura,garota, tá me ouvindo?" pensava ela dizendo para si mesma.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1293
    Reputação : 198
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Luxi em Sex Ago 12, 2016 11:38 am

    Luxi escreveu:
    Magic is not a miracle.





    Shelby detestou a ideia de trazer gente para o lado deles a princípio. Já não estava bom os três investigando? Mas concordava que precisavam de toda a ajuda possível. Mesmo assim, não conseguia deixar de sentir uma onde de desconfiança.

    Será que podemos confiar nesses dois? Já pensaram que podem ser eles os responsáveis para colocar o demônio aqui dentro para início de conversa?

    Era um pouco improvável, mas ela era sempre resistente a pessoas novas e precisava fazer seu papel de "do contra" às vezes pois sabia que o casal era geralmente harmônico demais para discordar.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO


    Eleonor
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1016
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Eleonor em Sex Ago 12, 2016 5:00 pm


    Narração
    ❝ Livre-se do seu passado e viva seu presente com seus próprios olhos e ouvidos. ❞
    Lilya observava o chão quieta enquanto o rapaz falava, com os braços cruzados abaixo dos seios. Tinha um aspecto pensativo, como se ponderasse bem as palavras e ideias antes de compartilha-las com os rapazes. Quando finalmente ergueu os olhos para eles, havia um nível de controle emocional elevado em seus gestos e ações, tornando quase impossível definir o que ela realmente achava sobre aquilo. Talvez estivesse realmente tranquila apesar da situação ou apenas tivesse uma habilidade gigantesca em fingir que estava tudo bem quando ela estava com emoções conflitantes dentro de si.

    - Concordo que precisamos de todos os usuários confiáveis de magia e devo admitir que os usuários de Arkanum de fato são suspeitos. Posso garanti-los que Jonathan não tem nada haver com esse demônio... Conheço e convivo com ele desde que tenho cinco anos, sei bem que nunca faria uma coisa como essa. Não é o tipo de pessoa que invocaria uma besta dessas para ferir os outros por diversão. Quanto a mim... Não sou especialista em Arkanum. Na realidade, minhas habilidades com esse campo são extremamente limitadas e sem Johnny nunca conseguiria saber o que estava aqui, apesar de conhecer bem as mitologias e religiões diversas. Minhas maiores habilidades são com Metamagia e, como pode observar, Luz.

    Usuários de Metamagia eram raros, muito raros. Era o caminho mais raro de alguém aprender ou ter alguma afinidade entre todos os demais campos e, provavelmente, o mais maleável. Ele permitia que o usuário moldasse a própria magia ao seu bel prazer, interferindo na magia dos outros, criando itens encantados e podendo até mesmo anular completamente a magia de alguém para sempre. A calma da garota não era apenas controle emocional, era a calma de alguém que sabia poder causar tantos ou mais problemas a alguém quanto aquela pessoa poderia causa-la e em um período muito pequeno de tempo, se descobrisse quem era. Pontius olhou a jovem com um misto de descrença e desconfiança. Era quase improvável achar um usuário de Metamagia e ainda serem da mesma turma que a pessoa.

    - Metamagia? Isso é quase impossível de acontecer... Não está tentando nos enrolar, não é?

    - Não ganho nada mentindo a vocês sobre o que sei fazer. Creio que todos nós queremos nos livrar desse demônio o quanto antes e, para isso, vamos precisar não só de aliados como também de sinceridade quanto as nossas habilidades, porque isso pode ser a diferença entre morrermos ou ganharmos... Hmm... Contei-lhes o que sei fazer, mas não tenho conhecimento do que vocês fazem.

    - Humanos e Arkanum... Sou bruxo.



    - -



    Apesar de julgar improvável que sejam eles, não descarto essa hipótese e é melhor ficarmos de olho neles. Mantenha seus aliados próximos e seus inimigos mais próximos ainda, Shel. Se não forem eles, serão aliados valiosos... Se forem, Lya pode engana-los bem. Ela sobreviveu por anos em minha família confiando na própria intuição e capacidades de manipulação. Em quase dez anos, nunca descobriram que ela usa Metamagia... Conseguiria manter suas intenções ocultas de dois garotos.

    A voz dele já havia voltado ao tom normal de neutralidade. Continuava comendo como se nada acontecesse e Lya continuava conversando com os garotos, parecendo sonda-los de alguma forma. Talvez sua habilidade social fosse útil para lidar com eles até terem certeza se eram confiáveis ou não. O homem estava certo, no fundo. O mundo dos magos era perigoso e a dama vivera na boca do lobo por tanto tempo que aprendera a jogar com eles. Poucas pessoas conseguiam resistir ao charme e as bajulações dela, quando a dama tinha a intenção de manter-lhes ao lado dela.

    Pontius é bruxo... Arkanum e Humanos, segundo ele. Não acho que está mentindo. Não sei ainda o que Dis faz.

    Tente não forçar demais... Pode gerar desconfianças.

    Lya pareceu virar-se levemente em direção a mesa dos funcionários e lançar um olhar rápido de "não me diga" para o noivo, antes de se voltar para os rapazes e recompor a expressão.



    - -



    - Onde você vai?! Brenna, está tudo bem? - A garota se levantou e foi até a porta, parecendo querer segui-la, mas algo a deteve. Talvez fosse hora de dar um tempo a outra. Ficou parada a porta até perder Brenna de vista, olhando sem compreender a atitude da mesma.

    Pela primeira vez em anos, ou pelo menos que Brenna se lembrava, aquilo havia acontecido. A situação era constrangedora, mas pelo menos estar praticamente sozinha no banheiro e sem ninguém prestando atenção nela ou esperando ver algo que não deveria ajudava a se recuperar um pouco. Os deuses haviam sido-lhe generosos abençoando-a, mas aquela benção nem sempre era agradável...


    made by weird from lotus graphics
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Lyvio em Sex Ago 12, 2016 7:45 pm


    Magic is not a miracle.




    O bruxo ergue um pouco as sobrancelhas quando ouve falar que Lyla usava metamagia, assim como Pontius ele ficou surpreso, mas não gostava de demonstrar muito suas emoções, ele ouve Pontius também revelar suas habilidades e também decide revelar a sua:

    -Também sou um bruxo e utilizo Trevas e Humanos. Dis olha para o teto e prossegue:

    -Quanto ao professor...ou qualquer outro, não descarto ninguém, nem o Pontius...
    Dizia o bruxo lançado um olhar de canto de olho para seu primo.

    O bruxo pondera um pouco olha para Pontius e prossegue:

    -Temos três pistas: O nome do Demônio, seu nível de poder e a capacidade para invoca-lo. Como falei acho que este demônio em específico só pode vir a ser convocado por alguém com extremo poder em Arkanum. Mas acho que devemos deixar essa conversa para mais tarde, após a aula.

    Dis preferiu não contar ainda de sua visão, sobre o ritual de sacrifício que sonhou, pelo menos por enquanto. Ele pretendia por ser pintor, assim que acabar o dia ou na aula de Artes desenhar a cena que enxergou o mais detalhado que lembrar e a partir daí tentar descobri quem seria a moça do sacrifício, e onde será tal sacrifício, ou seja, a sala onde visualizou a cena em sua visão.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Edu em Sab Ago 13, 2016 10:54 am

    - Eu já volto meu amor, é rapidinho - respondeu pra Anna antes de sair para ir no banheiro.

    Ali de frente para o espelho ela fica um tempo respirando fundo esperando que esfriasse um pouco o seu corpo. As vezes a benção da deusa e do cornudo eram um fardo difícil de carregar.

    Uma vez já tendo esfriado os seu animo ela sai do banheiro e volta para a sala. Brenna olha com um cara sem graça para a namorada e fala ao se sentar na sua carteira novamente:

    - Desculpa a saída repentina Anna, depois eu conto para você o que foi - se explica para Anna com um olhar triste.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1293
    Reputação : 198
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Luxi em Dom Ago 14, 2016 11:25 pm


    Magic is not a miracle.



    Tudo bem, você tem razão...


    Shelby aceitou à contragosto. Sabia que aliados eram importantes, apesar de tudo, e que um dos motivos para seu pai ser tão irritante era ser político com todas as pessoas, ainda que as odiasse. Por esse motivo era um ótimo líder e tinha informações privilegiadas com frequencia. Essa frieza de raciocínio ela ainda não tinha o privilégio de evoluir. Não sabia se conseguiria ser completamente agradável com aqueles dois, mas dependeria muito de como a tratariam e se resolveriam ignorá-la porque não era interessante como Lilya.

    Curiosamente, ela se irritava de ser tratada da exata maneira como tratava os outros.


    Com o tempo vamos descobrir. Parece que vamos ter que passar algum tempo mesmo com esses aí

    Concluiu sem um pingo de prazer, resolvendo aceitar que a presença dos garotos na vida delas estava longe de acabar. Estava grata pela amiga ser muito mais simpática do que ela.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Eleonor
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1016
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Eleonor em Seg Ago 15, 2016 8:21 pm


    Narração
    ❝ Livre-se do seu passado e viva seu presente com seus próprios olhos e ouvidos. ❞
    O olhar da jovem ia de um ao outro, medido-os, entretanto não fez comentários sobre as habilidades dos dois. Parecia não ter muita certeza se os dois eram confiáveis, porém preferira não comentar a respeito e falar com os outros antes - ou era o que parecia. Pontius olhou para o primo e revirou os olhos ao ouvir ele falando que era suspeito. Era outro que havia preferido deixar comentários para outra hora.

    - Depois da aula, nos encontramos. Hmm... Caso vocês tenham alguma ideia de lugar durante o dia, me falem. Irei comunicar aos outros sobre o encontro. Agora, com a licença de vocês... Bom dia para vocês, meninos. Ahh, e o convite sobre visitarem a Rússia ou Inglaterra não foi brincadeira. Podem ficar na minha casa, se forem. - O tom da jovem fora educado e o sorriso regressara aos lábios dela, quando fez uma pequena mesura e retornou a mesa feminina. Apesar de na hora ter parecido feito pouco caso, a ideia dela de fato parecia ser verdadeira.

    - Eu sou suspeito? Como se eu tivesse poder para isso. - Falou, revirando os olhos e indo tomar o café da manhã antes de ir para a sala de aula daquele dia. O rapaz não parecia mais disposto que o próprio primo a continuar falando muito naquele assunto com outras pessoas próximas.



    - -



    - Querem se encontrar ao fim das aulas com a gente... Lilya sussurrou, pegando o pedaço de bolo que a amiga havia salvo para ela e um copo de suco de laranja, comendo com um prazer evidente. Também havia pego alguns pães de queijo, para comer depois do bolo, e estava um tanto quanto distraída em relação aquilo para prestar muita atenção nas coisas a volta dela.


    Lilya, como foi?

    O homem terminou de comer aparentemente, mas continuou sentado a mesa, parecendo conversar com outros professores. Ocasionalmente, a noiva olhava para ele e um discreto sorriso aparecia no canto dos lábios. Enquanto comia, proferiu pela conexão dos itens.

    Dis usa trevas e humanos, é bruxo... E quer nos encontrar ao final da aula, mas não combinamos lugar. Eles desconfiam de qualquer usuário de Arkanum, o que é plausível, o que na teoria te inclui na lista deles.

    Antes eu do que vocês duas... Eles não sabem que te ensinei algo sobre Arkanum, certo?

    Não vi necessidade de contar isso a eles... Tão pouco o quão próximos nós três somos. Desnecessário saberem que somos noivos e a Shel é uma irmã pra mim.



    - -



    - Tudo bem, Bre.... Não foi nada grave, certo? - A essa altura, já haviam outros alunos chegando na sala e se acomodando. Mesmo com a chegada de mais alunos, a sala ainda parecia um tanto vazia dada ao tamanho da mesma. Os antigos alunos acomodavam-se em grupos animados e os novatos pareciam ainda um pouco tímidos, mas dispostos a fazerem novas amizades e sentarem-se junto a outros. Mas ainda sim ninguém havia sentado próximo as duas o suficiente para ouvir a conversa delas.


    made by weird from lotus graphics
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Lyvio em Ter Ago 16, 2016 9:38 am


    Magic is not a miracle.




    Dis acenou com a cabeça para a moça e ouviu Pontius resmungar. mas pouco deu importância para isso. Ele seguiu com o primo até a mesa para tomar seu café e ao mesmo tempo pensava no lugar que encontraria os demais após as aulas.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1293
    Reputação : 198
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Luxi em Ter Ago 16, 2016 11:04 am


    Magic is not a miracle.




    Shelby procurou os dois com o olhar desconfiado e suspirou irritada depois de terminar o copo de leite.

    - Oportunistas - resmungou. Estava se sentindo contra a parede e odiava ter que conviver com os outros à força.

    Viu!? Que absurdo! Como eles podem desconfiar do Johnny sendo que são eles que andam por aí com essa cara de trevas?

    Usou a oportunidade para ganhar um "aliado" e qualquer motivo era ótimo para justificar seu descontentamento inicial com a dupla. Em seguida, um sorriso muito espontâneo surgiu no rosto da loira, muito feliz por ser chamada de irmã. Seu ciúmes foi muito bem cuidado com aquele elogio e principalmente de saber que não confiariam de graça naqueles dois. Parecia bem mais confiante e com o ego nas alturas agora.

    Quanto menos contarmos para eles, melhor. Ficamos com um elemento surpresa caso não sejam de confiança.

     - Tudo bem, vai... Encontrar com eles não vai fazer mal. - admitiu finalmente.

    Can you see the dark? Can you fix the broken? Can you feel.. can you feel my heart? Can you owe the hopeless? Well, I'm begging on my knees, Can you save my busted soul? Will you ache for me?

    Tks: Liiz@ TPO

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Edu em Ter Ago 16, 2016 11:17 am

    - To bem, meu amor, foi nada não, só um acidente de percurso. Não se preocupa não, desde que entrei aqui está tudo perfeito - Diz ela se ajeitando na cadeira, na espera do começo da aula.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capitulo Um - Intrusos.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 12:47 am