Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - Drago e Sophia

    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Set 26, 2012 3:27 pm

    Prólogo - Drago e Sophia

    Uma pequena vila rústica formada com paliçadas foi construída nas proximidades do vale profundo que abrigava o cemitério ancestral chamado de Poço de Beorunna. Os Uthgardt da tribo do Leão Negro haviam abandonados seus estilos nômades para morarem num lugar fixo, justamente nesta vila onde eles comercializavam lenhas, peles e carnes defumadas.

    Não apenas a vida de nômade foi deixada para trás, assim como todas as antigas tradições dos bárbaros como pilhagens e saques. Até a crença à Uthgar foi posta de lado. Agora, a maioria dos membros da tribo venera Helm, Ilmater, Torm e Tyr. O responsável por esta mudança radical foi o líder Andar Cerne de Madeira, e os motivos que ele explicou à época ainda estavam gravados na memória de cada um: “A guerra com o rei dos orcs está se aproximando a cada dia, e ela varrerá tudo em seu caminho, como as águas das enchentes na primavera. Os Leões Negros também perecerão se não planejarmos o futuro.”

    Desde então, a tribo tem cultivado boas relações com as vizinhanças e tem sido adepta de bons hábitos. Fazem um trabalho de agricultura, cuidam de rebanhos de animais e caçam apenas aquilo que necessitam para comer. Especialmente neste inverno rigoroso que se iniciou, isto se mostrou de um grande proveito. Porém a guerra contra Obould e seu exército começara, e eles precisavam discutir alguns pontos. Uma reunião foi marcada nos fundos de um estábulo onde apenas os membros mais valorosos estariam presentes.

    - A guerra começou e agora não tem mais volta – ia dizendo Cerne de Madeira. Ele era alto, de rosto longo e uma barba mais longa ainda. Já vivera muitos invernos em sua vida e sua sabedoria adquirida era expressa em cada palavra. – Eu avisei num passado não muito distante que ela chegaria e que atingiria não só a Confederação das Fronteiras Prateadas como todos os habitantes do Norte. A guerra é quase igual ao sol. Você pode tentar fugir do sol escondendo-se sob um teto, mas ele estará sempre lá pronto para pegá-lo quando você sair para o mundo afora, seja em dois dias ou dois invernos. Com a guerra é semelhante. Nós podemos tentar esconder-se dela, fingir que a guerra não é de nosso interesse, mas ela existe e uma hora sofreremos as suas consequências. A única diferença é que a guerra pode ser combatida, e o sol dura para todo o sempre. Por isto, irmãos e irmãs, eu digo que devemos traçar metas ambiciosas e ajudar o povo do Norte a combater o Rei Muitas-Flechas.

    Andar Cerne de Madeira olha nos olhos de cada um dos presentes: Hask Machado Sangrento, o barão da espada; Prudhosk Mão de Ouro, um meio-orc e um mercador ganancioso; Skelli Pé Selvagem, a batedora oficial da tribo; Drago Barbalarga, um goliath que se destacou ao derrotar vários inimigos da tribo rival dos Tigres Vermelhos; Sophia, a druída protetora das florestas e animais; e Patrevani Uma Mão, um curandeiro tradicionalista que ainda se apoiava nos costumes de Uthgar.
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Qua Set 26, 2012 10:10 pm

    Drago, que estava de pé em a alguma distancia de Andar, parecia uma muralha. O gigante de 2,30 de corpo forte, com braços e pernas que mais pareciam troncos de árvores, portava uma armadura composta de placas de metais sobrepostas umas as outras, de uma cor que um dia já fora vinho. Agora possuia muitas marcas de combates, tendo perdido a coloração em alguns pontos e exibindo um fosco metálico. Ela ficava sobre o corpo todo, menos a cabeça. Essa tinha a cor de um cinza escuro, destacando um queixo largo, olhos de um azul sincero e penetrante e longas barbas cinza-escuro que cobriam o peito de Drogo, tambem presas em longas tranças amarradas com fechos de metais dourados ou prateados. Ele não tinha cabelo algum e sua orelha possuia um brinco cromado. Suas mãos seguravam o cabo de um imenso martelo, uma arma exageradamente grande para uma pessoa, talvez a arma de um gigante. Este era ricamente ornamentado e para os mais atentos exibia um pequeno simbolo de uma caneca de cerveja espumante em um dos lados. Peles de ursos acentuavam o tamanho daquele homem, postas sobre os ombros. A sua cintura pendiam machados menores, as costas ele carregava um escudo e um machado grande. Ele se prepara a fala, com uma voz profunda:

    - Andar, tu me recebeu como poucos anfitriões poderiam fazer nestes ermos do norte. O que eu puder fazer para defender essas terras, que aprendi a chamar de lar, eu farei. Não gosto de guerras, mas se é a única opção, pode contar com meu Martelo.
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Qui Set 27, 2012 8:50 am

    Sophia extremeceu quando foi chamada para participar da reunião onde os mais sábios e fortes da tribo participavam, mas não sabia ao certo o motivo do leve temor que sentiu. Talves achava que algum irmão animal tivesse sido morto por algum inimigo ou que as terras estavam em perigo.

    Enquanto ouvia o que Cerne de Madeira dizia à todos, ela olhava para Nevasca, sua Leoparda, e apertava com força o cabo de sua foice que carregava consigo.

    Sophia não se preocupava com mortes humanas nesta guerra, achava que seriam menos pessoas para destruírem a fauna e flora, mas sabia elas estavam em perigo, uma vez que guerreiros burros e com sede de sangue destruiriam florestas para fazer armadilhas e armas, ou simplesmente, abrir espaço para um campo de batalha.

    - Se querem defender a vida daqueles que preservam a natureza, e a da própria, conte comigo. Se for para aumentar números de soldados continuarei com Nevasca nas florestas oculta desse derramamento de sangue - Manifestou a jovem com firmeza e frieza na voz.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Set 28, 2012 2:17 pm

    - Queremos defender a vida em modos gerais – responde Andar à pergunta de Sophia. – Se nada for feito os orcs destruirão tudo que estiverem em seus caminhos, sejam humanos, animais ou plantas.

    Hask estava ao lado de Cerne de Madeira e se apoiava em seu temido machado de lâmina dupla. Sua barba desgrenhada e seu rosto de cicatrizes davam-lhe um aspecto feroz e sombrio. Ele cospe ao chão antes de se pronunciar com a sua habitual voz rouca.

    - E quanto aos desgraçados dos Tigres Vermelhos? Se os guerreiros de nossa tribo saírem para a guerra eles poderão atacar a nossa vila desprotegida. As crianças, as mulheres e os velhos precisarão de outro lugar para residir.

    Quem respondeu foi o Mão de Ouro.

    - Alguma das muitas comunidades que existem por perto deverá aceitá-los como um sinal de gratidão pela nossa troca de mercadorias. Tenho bom contato com a maioria dos líderes do comércio e algum haverá de acolher suas famílias em segurança. – O meio-orc Prudhosk usava roupas elegantes de veludo da mais alta qualidade, ele portava anéis em quase todos os dedos das mãos e tinha três colares no pescoço, além de carregar também pulseiras, brincos e outras joias.

    - Todos então estão de acordo em partirmos para a guerra? – pergunta Andar Cerne de Madeira, desta vez dirigindo seu olhar ao Patrevani, o principal foco de resistência à sua liderança.

    O curandeiro ainda usava vestes primitivas, tinha uma armadura de peles e sua arma era um bordão de madeira que servia também como um cajado para apoio. Ao ser questionado, ele inspira o ar à sua volta como se este pudesse lhe trazer bons fluídos.

    - Homens como nós foram feitos para lutar e guerrear. Nós não fomos feitos para vender peles e comprar sedas. Nada apaga o que está no nosso sangue, portanto devemos voltar às nossas antigas glórias e deixar de lado esta vida pacata que sustentamos hoje.

    - Os dogmas de Uthgar fazem parte do passado, Patrevani. Devemos lutar, sim, mas não pelos motivos mesquinhos do Pai dos Uthgardt, e sim pela glória de Helm e Tyr, como tantos outros. Está decidido então. Iremos para a guerra. Sabemos que o Rei Muitas-Flechas está fazendo um cerco ao Salão de Mitral e se quisermos fazer alguma diferença nesta batalha precisamos angariar uma força razoável de soldados. Estou pensando em enviar três de vocês para recrutar das comunidades vizinhas homens dispostos a ajudar.

    - Pode contar comigo, chefe – diz Skelli Pé Selvagem, que sempre ficava mais atrás dos outros nas reuniões. – Ninguém conhece estas terras melhor do que eu.
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Sex Set 28, 2012 5:40 pm

    - Defenderei com honra e louvor tudo o que pertencer à natureza e àqueles que a reverenciam. Poderá contar comigo caso queira, senhor - Diz Sophia após ouvir tudo o que disseram.

    Nevasca dá um leve rosnado para "dizer" que irá junto.

    Sophia não se preocupava com quem morreria na guerra, mas sim com o que ela poderia fazer à natureza e aos seres que precisam dela com o decorrer dos anos.
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Sex Set 28, 2012 6:53 pm

    Drago, que ja respondera ao questionamento do velho cerne, apenas faz um gesto de positivo com a cabeça para o velho.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Out 02, 2012 1:11 pm

    - Muito bem – diz Cerne de Madeira. – Ninguém conhece esta floresta melhor do que Sophia e Skelli, portanto quero que as duas partam para fazer o que disse anteriormente. Porém elas precisam de um guerreiro que as proteja. – Ele se vira para Drago. – Barbalarga, peço que você vá e ajude-as nesta tarefa de adquirir novos combatentes. Machado Sangrento, quero que você comece a treinar os jovens de nossa tribo, eles também irão para a guerra. Mão de Ouro,peço que você viaje até a Gema do Norte, Lua Argêntea, e converse com o seu líder, o Alto Mago Chifre-Lâmina. Ele deverá concordar em nos receber em sua cidade e ajudar-nos a preparar uma rota para chegar ao Salão de Mitral. Já você Patrevani, quero que fique ao meu lado aqui, ajudando-me a certar os outros detalhes que precisarão ser acertados. A reunião por hoje está encerrada.

    Andar Cerne de Madeira caminha para fora do estábulo ao lado de Hask Machado Sangrento. Skelli aproxima-se de Sophia e Drago.

    - E então? Eu já estou pronta para partir, e vocês?
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Ter Out 02, 2012 2:36 pm

    Sophia não achava nem um pouco necessária a companhia de Drago para protegê-las, afinal sabia se cuidar... mas nunca levantou a voz perante Cerne de Madeira e não o faria agora.

    - Apenas precisa buscar minha mochila que está sempre pronta para imprevistos como este...
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Ter Out 02, 2012 8:19 pm

    Drago pensava não ser o melhor para convencer as pessoas a se juntar a uma guerra, logo aceitou positivamente a companhia das duas para esta tarefa. Uma simples visão sua poderia assustar as pessoas, mas se elas fossem as porta-vozes, poderia ocorrer o contrário. Ademais, sempre preferia trabalhar em grupo, como na sua terra natal. A força bruta impera - mas a diversidade de habilidades de um grupo sempre traria mais chances de sobrevivência.

    - Será uma honra, diz ele, olhando para as duas. - O restante de meu equipamento esta no meu cavalo, ali fora. Podemos partir, diz ele.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Seg Out 08, 2012 11:51 am

    O trio se dirige lá fora onde Drago monta em seu cavalo. As duas humanas iriam a pé e ainda contavam com a companhia de Nevasca, o belo leopardo fêmea de Sophia. A guia Pé Selvagem levava consigo um cajado para se apoiar enquanto caminhava, e de tempos em tempos ela se agachava, pegava um punhado de folhas caídas ao chão e as cheirava. Era um hábito que ela tinha para se orientar entre a floresta. Skelli falava bastante durante o percurso, mas mais com ela mesmo do que com os outros, já que ia bem mais à frente do restante do grupo.

    A direção que eles tomavam era sul. Após alguns quilômetros tornou possível ver algumas fazendas e habitações de humanos que moravam nos limites meridionais das Árvores Noturnas. Eles procuraram passar despercebidos por estes lugares, pois haviam fazendeiros destemidos que mandariam seus cães selvagens atacar qualquer invasor que fosse vislumbrado. E os bárbaros dos Leões Negros não queriam problemas com o povo do Norte.

    Após dois de viagens, eles encontraram a primeira aldeia. Mas não era uma aldeia de humanos, e sim uma aldeia de gnomos com pequenas tocas que adentravam uma colina íngreme. O trio se aproximou desta vez sem fazer questão de se esconder. Um gnomo de armas e armaduras que estava montado num porco selvagem se aproxima do grupo a galope.

    - Amigos ou inimigos? Aliados ou vilões? Digam seus propósitos ou vão se arrepender – a voz do gnomo não soava agressiva, pelo contrário, mais parecia uma brincadeira.
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Seg Out 08, 2012 3:28 pm

    Sophia, que não se importava muito com a possível ameaça que o gnomo fez, sequer olha para ele quando responde, acariciando Nevasca, que olhava o gnomo fixamente:

    - Nem uma coisa e nem outra. Estamos de passagem e não queremos problemas - após terminar o que tinha a dizer ela tira o olhar que estava fixo no horizonte, e olha a aldeia reparando nos movimentos que os seres que vivia nela possuía.
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Seg Out 08, 2012 8:22 pm

    A cultura Goliath impedia que Drago tivesse sequer interesse em ter alguma relação com aquela criatura franzina e pequena. Ele não acreditava que um gnomo poderia ser útil na empreitada, mas sim algo que poderia atrasa-los ainda mais no percurso.

    De cima do seu garanhão negro, com crinas e cola embrenhados devido a vida fora de um bom estabulo, ele olha para Pé Selvagem e Sophia, agachando-se levemente para frente. O cavalo, embora forte e encorpado, ajusta-se para equilibrar o peso.

    - Kavalio...não é aqui que estamos recrutando soldados não é? diz Drado.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Out 09, 2012 1:05 pm


    Skelli Pé Selvagem responde ao Drago:

    - Não exatamente, mas eles podem ser de alguma valia se souberem segurar uma arma. Homens armados nunca são demais, sejam pequenos ou grandes.

    Neste momento outros gnomos se aproximam do local. Um grupo de cinco, estes especialmente pequenos, começa a rodear o goliath e apontar pra ele. Eles provavelmente nunca viram alguém tão grande e forte. Drago desconfiava que eram crianças desta espécie. Outros dois gnomos, uma menina e um menino, vão de encontro ao leopardo de Sophia e começam a querer brincar com o animal. Entre adultos e crianças, uns 20 gnomos já fizeram a roda no trio de bárbaros.

    O primeiro gnomo, aquele que estava montado no javali, diz:

    - Não estamos acostumados com visitas. Ainda mais vindo de pessoas tão estranhas. De onde vocês são e como nos acharam?
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Ter Out 09, 2012 5:55 pm

    Sophia não estava gostando daquela situação e Nevasca olhava pra ela mostrando os dente pedindo permissão para avançar as crianças que vinham brincar com ela.

    Sophia balança a cabeça negativamente, impedindo o impulso felino de Nevasca e diz:

    - Viemos da Tribo dos Leões Negros. Acredite não os encontramos de propósito, como disse estamos apenas de passagem... Se pudem tirar estas... estas... - ela tenta procurar uma palavra menos ofenciva para tratar das crianças - criaturinhas de perto de minha companheiro agradeceria.

    Ela diz firme e pausadamente.
    Olhava para Drago e o via cercado de pequenas criaturas. Quase riu, mas isto não era um habito seu, logo não o fez e nem se incomodou com a situação dele. Esperava que ele pudesse ter cérebro e não apenas músculos.
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Ter Out 09, 2012 8:01 pm

    Drago olha para os gnomos se aproximando, olha para um, olha para outro, olha para traz. Antigamente bateria em todos apenas com seus punhos, mas estava mais maduro agora. Aqueles pequeninos não se mostravam perigosos, estavam apenas defendendo o seu território de um gigante cinza que estava se aproximando.

    Por um momento ele pensa o quão longe poderia arremessar um membro daquela raça. Até chega a olhar para frente, no horizonte. Mas logo volta a realidade.

    - Pequeno, diz Drogo, calmamente, - Viemos recrutar bons lutadores para nos ajudar na batalha contra orcs. Diante de tão bravos guerreiros..., diz Drogo, gesticulando e apontando para os gnomos ao seu redor, - ...acho que partiremos daqui com um exército!

    - Me chamo Drago, Barbalarga para meus amigos, esta é Sophia e aquela é Skeli. Agora kavalio peça para seus amiguinhos apontarem essas lanças para outro lado. Meu cavalo Tacape fica nervoso, diz Drago, abrindo um sorriso de gentileza por entre as barbas fartas.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Qua Out 10, 2012 2:46 pm

    O gnomo-cavaleiro fala numa idioma desconhecido com as crianças e elas voltam correndo para a aldeia.

    - Vejo que vocês não vieram por mal. Deixe-me me apresentar, então. Eu sou Corydal, o Patrulheiro Errante. E este é o meu porco, mais conhecido como o Chifrudo. Se meus ouvidos não estiverem sujos em demasia, ouvi que vocês falaram que estão recrutando soldados para a batalha contra os orcs. Mas de que batalha vocês estão falando?

    Skelli responde:

    - A batalha que tá mexendo com todo o povo do Norte, a guerra contra o Rei Obould. Não posso acreditar que vocês não ouviram falar nela.

    - Ah sim, esta guerra. Mas ela anda acontecendo a muitas léguas daqui, mais léguas do que conseguiria contar com a ajuda de todos de minha tribo. Por que nos daríamos o trabalho, ou até mesmo vocês, de irem tão longe apenas para correrem um risco maior de morrerem por um orc desmiolado?
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Qua Out 10, 2012 3:06 pm

    Sophia responde ao gnomo:

    - A guerra pode estar distante hoje, mas um dia poderá vir até nós e podemos evitar que nossas casas e famílias sejam destruídas agora que ainda estão distante. Além disso devemos fazer nossa parte nesta guerra visto que também fazemos parte dela.

    Ela faz uma pausa, não acreditava que estava se explicando à gnomos.

    - Se querem nos ajudar, aprontem-se e vamos. Não podemos perder muito tempo em um mesmo lugar com conversas a toa.
    Lukas
    Antediluviano
    Lukas
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Lukas em Qua Out 10, 2012 4:01 pm

    Barundar olha as crianças partirem. Em seguida acompanha as palavras de Skeli e Sophia, calado. Após, aguarda a resposta do gnomo.
    Elminster Aumar
    Administrador
    Elminster Aumar
    Administrador

    Mensagens : 8685
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh16.png

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Out 13, 2012 12:17 pm

    - Ainda tá difícil ver algum lucro nisto. Não nos julgue como covardes com esta sua cabecinha aí, mas a arma mais perigosa que metade da minha tribo já pegou foi um facão de cortar. E a outra metade não vai querer deixar suas famílias para trás, com o grande risco de não retornarem mais. É sabido que os orcs sempre estão acompanhados de ogros, gigantes e trolls, e esta não é uma luta justa com alguém de nosso tamanho. Bom senhoritas e senhor – primeiro sempre as damas, é claro - se quiserem passar a tarde aqui fiquem a vontade, poderemos oferecer alguma comida e bebida. – Dizendo isto o Corydal começa a voltar até a tribo propriamente dita, ao lado dos outros gnomos.
    Aythusa
    Antediluviano
    Aythusa
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Aythusa em Sab Out 13, 2012 1:05 pm

    Ela olha para Drago e Skelli e diz:

    - E então querem ficar? Por mim como um pedaço de pão e dou uma boa carne para Nevasca e partimos. Não vejo motivos de ficar aqui perdendo tempo...

    Sophia era impaciente e não gostava de ficar nem um instante ociosa.
    Conteúdo patrocinado


    Prólogo - Drago e Sophia Empty Re: Prólogo - Drago e Sophia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Ago 20, 2019 4:54 am