Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Seguindo Passos Enevoados

    Compartilhe
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Ter Ago 23, 2016 4:50 pm

    Dúlamán chegou à Bryn depois de quase uma semana de viagem desde Riverwood.

    Ao contrário do que lhe parecia óbvio e ir para Riverwood, o druida resolveu seguir seus instintos e seguiu para oeste, para o interior de Erin, e não para o litoral. Apesar da estranheza que Dúlamán sentiu quando partiu para Riverwood pela primeira vez, sair das Sliabh Aerach, a cadeia de montanhas e colinas que foi o lar do druida pela maior parte de sua vida, sem saber quando irá retornar, era realmente assustador. Apesar de já estar um pouco acostumado a viver numa cidade, Bryn era muito maior que a vila de pescadores que era Riverwood.

    Fundada no encontro dos rios Warston e Gfllighan, Bryn cresceu próspera sob as sombras da  Mollach Cliháin, a segunda montanha mais alta das  Sliabh Aerach. Antes apenas um vilarejo na margem leste do rio Warston, agora Bryn ocupa as duas margens do Warston e a instersecção entre ele e o Gfllighan. Com certeza muito maior que Riverwood e suas duas dezenas de casebres de madeira impregnados com o cheiro do Mar Fomoraig.

    O sol estava alto no céu, mas o vendo gelado conseguia vencer o pouco calor que ele dava. Dúlamán encontrava-se no final da estrada que atravessa a Floresta Ui Chennselaig e levava à Bryn e, algumas dezenas de metros adiante, havia um largo e alto portão duplo de madeira. Apesar da muralha alta, também de madeira, não havia nenhum tipo de torre ou amurada onde guardas pudesse vigiar a cidade e a estrada do alto. Um viajante, já grisalho, estava com uma carroça parada no portão e dois homens vestindo armaduras de couro a reviravam com certo descaso, olhando o que havia nas caixas que o homem trazia. Antes que o druida alcansasse o portão, o homem já tinha seguido seu caminho e os dois homens olhavam Dúlanán e seu curioso animal se aproximarem. Um deles apontou para o druida e disse algo que fez os dois guardas rirem.

    - Boa tarde, que bons ventos o tragam! - Disse o mais alto deles, dono de uma barba espessa de fios grossos e negros – O que te trás até Bryn, viajante? O que é esse animal que o acompanha?
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Ter Ago 23, 2016 7:30 pm

    Dúlamán



    Dúlamán estava aterrorizado. Quem não estaria? Riverwood e suas proximidades eram o único mundo que ele conhecia e conheceu por toda sua vida. Era como uma prisão invisível, de início ele a odiava, depois se acostumou a ela, com tempo suficiente e ele estaria dependente dela... Mas agora era seu momento de abrir asas e voar livre de medos, de ansiedade e inseguranças rumo ao desconhecido, rumo á sua mãe. Por alguns instantes ele se pegou perguntando se aquela não era a meta de Melka desde o início, mas logo sua distração acabava ao notar que havia chegado em seu primeiro destino.

    Era incrível como aquela cidade havia crescido tanto, ele nem conseguia imaginar quantas Riverwoods caberiam ali dentro. Quantas pessoas será que moravam ali? Será que todas conheciam umas ás outras? Provavelmente não... Ele tinha pena dos nativos por alguns instantes, vivendo em um lugar tão frio e indiferente, mas aquelas eram só conclusões que havia pulado, ele iria investigar melhor a cidade ao adentrá-la. Ao ser abordado pelos guardas, Dulámán finalmente se pronunciava:




    -- Oh, não esperava por uma recepção tão calorosa. Obrigado. *Ele respondia ao primeiro guarda, com um sorriso amigável* -- Bem... Eu sou um aventureiro agora, então viajar faz parte do pacote, mas também estou procurando por uma pessoa, uma druida... *Só então ele reparava que os soldados estavam hesitantes sobre o dinossauro* -- Bem... Oh, não se preocupem, ele é vegetariano... *Esperava pela reação dos mesmos antes de gargalhar alto* -- Leprechaum é bem treinado, uma bênção de Erastil para seus mais fiéis devotos...
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Qua Ago 24, 2016 1:53 am

    Os guardas se olham por um momento e se voltam para Dúlamán novamente. O homem que tinha falado com o druida era claramente mais velho e, provavelmente, o superior do jovem guarda ao seu lado. O homem mais velho continuou, ainda com um olhar cauteloso para Leprechaum, mas tambem havia curiosidade ali.

    - Vegetariano ou não, espero que ele seja mesmo bem treinado. Não quero esse... lagarto atacando as pessoas - O guarda se virou para o seu companheiro e perguntou com voz mais baixa - Ele é um lagarto, certo?

    O mais jovem deu de ombros, também sem saber o que Leprechaum era, e tratou de outro assunto com Dúlamán.

    - Você disse que procura por uma druida... Qual o nome dela? - A voz dele ainda desafinava, o que denunciava a sua idade - Talvez nós a tenhamos visto.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Qua Ago 24, 2016 12:23 pm

    Dúlamán



    Era engraçada aquela troca cultural que estava acontecendo, pelo menos do ponto de vista de Dúlamán, quer dizer que nenhum dos guardas nunca havia visto um dinossauro antes? Talvez eles fossem mais raros naquela região ou algo assim... Se bem que pensando sobre o assunto, ele nunca tinha visto muitos dele na sua terra natal além do Leprechaum, talvez só tenha dado sorte de seu deus encaminhar um amigo para seus dias solitários. Em compensação, a curiosidade dos mesmos era compensada pela curiosidade do feiticeiro na cidade e suas maravilhas.



    -- Huh, é sim um réptil mais das brenhas, sabe? Mas não é o tipo que o rabo cresce de novo se cortar não. *Ele respondia a pergunta sobre ser réptil ou não do guarda mais velho com um tom sereno* -- O nome dela é Melka, mas ela pode não estar usando seu nome de verdade...*Esperava pela resposta dos mesmos sobre o nome de sua mãe e então dizia:* -- Leprechaum, mostra para ele o que eu te ensinei! Fugir! Seguir! Fazer de morto!
    O dinossauro reconhecia o pequeno barulho que o feiticeiro fazia e logo estava recuando e então voltando, provavelmente se sentindo de besta se alguém pudesse ler seus pensamentos, mas para a última ordem ele apenas olha para Dúlamán com cara de taxo





    -- Rawr?
    O "Druida" ria embaraçado, como quem diz "é, não deu".


    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Qua Ago 24, 2016 5:34 pm

    - Ahn... - O guarda barbado olhava para Dúlamán e seu dinossauro agora com certo constrangimento - Certo, tudo bem, já entendemos que ele não vai atacar ninguém. Sobre essa tal Melka, eu não a vi.

    - Eu também não - O mais novo disse logo em seguida - Sinto muito. Mas seja bem-vindo à Bryn! Temos boas estalagens e tabernas, mas eu recomendo O Barril Cheio, eles vendem a cerveja dos Irmãos Dhran, mestres cervejeiros locais. É excelente! - o sorriso do rapaz mostrava que ele era sincero.

    - Trate de seus negócios em paz, senhor. Não arrume problemas em nossa cidade - O guarda mais velho não tinha o bom humor do seu colega, e indicava com a mão que o feiticeiro seguisse logo o seu caminho e os deixasse em paz.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Qua Ago 24, 2016 7:41 pm

    Dúlamán



    Dúlamán parecia aliviado que aquele pequeno interrogatório havia acabado sem grandes imprevistos, e de brinde ainda havia recebido uma recomendação de lugar honesta! Normalmente ele suspeitaria que esses anões haviam dado umas moedas de ouro para um garoto propaganda que tem que ficar na entrada da cidade de qualquer maneira, mas aquele ali tinha um sorriso tão honesto que o havia convencido... Cerveja anã, huh? Ele já havia experimentado em Riverwood, tinha gosto de terra... Sim, por alguma razão ele sabia qual era o gosto de terra.



    -- Ooooh, eu vou sim dar uma olhada nessa taverna, não é muito cara, é? Que outros pontos da cidade são bons de visitar? *Ele dizia feito um turista de primeira viagem* -- Algum lugar onde os druidas se reúnem?*Perguntava Esperançosamente, e então ganhou um sorriso mais cretino no rosto* -- Algum lugar com mulher bonita?
    Dadas as respostas ele se despediria, avançando portões da cidade adentro com curiosidade de um explorador e sentindo-se levemente perdido e sendo devorado por uma colossal cidade, de tamanho e possibilidades além de sua imaginação.

    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Dom Ago 28, 2016 7:16 pm

    – O preço é honesto pela qualidade da cerveja – o mais novo disse, ficando claramente animado com o assunto – E os irmãos Dhran fazem vários tipos! São todas uma delícia. E o lugar com as mulheres mais lindas da região é a Casa dos Prazeres. Ela é administrada pela Senhora Feline e... Ah, que lugar! – O rapaz chega a suspirar e perde totalmente o foco do que falava. O seu companheiro apenas balança a cabeça.

    – Druidas não se reúnem em cidades, rapaz, mas talvez você consiga alguma ajuda falando com Morven. Ele é um escriba que mora à duas ruas deste portão, próximo ao rio. Qualquer pessoa saberá te indicar a casa dele.

    Dito isso, Dúlamán se despede dos dois guardas e entra em Bryn. Havia muito movimento pela rua larga por onde o feiticeiro andava: mercadores passavam com carroças cheias de legumes e verduras, outros tinham bancas com frutas do outono, roupas de lã e de couro, um ferreiro expunha ferramentas de todos os tipos e um garoto anunciava com toda a força quanto custava cada peixe que ele vendia. Outras crianças corriam pelo lugar brincando de algo e, na esquina entre a rua onde Dúlamán estava e outra menor que seguia para a direita, velhos jogavam algo em um tabuleiro de madeira. Leprechaum tinha que correr muito atentamente para não tropeçarem nele e feiticeiro atraia os olhares de todos com quem cruzava. Primeiro pelo cabelo e barba azuis e, ainda mais curioso, também pelo pequeno dinossauro que corria ao seu lado.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Ter Ago 30, 2016 10:42 am

    Dúlamán



    Dúlaman estava fascinado com aquele lugar cheio de maravilhas, cervejas deliciosas, mulheres bonitas e tinha até alguém que poderia ajudá-lo, talvez? Que sorte ele havia tido de bater de frente com um guarda tão prestativo, embora o mais velho fosse mais reservado e chatinho. Antes de se retirar o mesmo dizia:



    -- Valeu pela ajuda. Você parece uma pessoa divertida, aparece lá na taverna de noite que te pago um caneco! *Ele fazia um sinal de joinha para o guarda mais novo*
    E agora no meio do turbilhão da cidade o mesmo coçava a cabeça se perguntando por que olhavam tanto para ele, será que era seu corpo másculo e seus olhos tremendamente azuis? Ele olhava de volta com um sorriso discreto para as mulheres que fossem bonitas, mas no geral o que mais chamou-lhe atenção foi o garotinho explodindo sua garganta tentando vender seu peixe. Querendo ajudar um colega de profissão, ele se aproximava da estande do mesmo:



    -- Hey garoto, se você quer vender seu peixe com sucesso é necessário que o cliente veja seu diferencial. Tem que ser uma maneira simples e rápida do cliente perceber você de modo diferente. Eu mesmo pintei os cabelos de azul.*Dizia com um sorriso inocente no rosto* -- Você vai acabar rasgando a garganta e ficando sem voz se continuar vendendo seu peixe assim... Quanto tá a tilápia?
    Perguntava inocentemente, iria avaliar a qualidade dos peixes antes de decidir se compraria uma para mais tarde ou não. Iria aproveitar para perguntar ao garoto sobre o tal escriba.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Qua Ago 31, 2016 9:35 pm

    O garoto levou um susto quando Dúlamán começou a falar com ele, o que o fez se engasgar e tossir algumas vezes. O garoto tinha o cabelo um pouco comprido, muito liso e ruivo, cobrindo toda a testa e caindo um pouco sobre os olhos castanhos. O rosto era coberto de sardas e os dentes eram muito tortos.

    - 'Brigado pela dica, moço, mas eu num vô pintar o meu cabelo, gosto da cor dele - A voz do garoto era aguda e esganiçada, o que fez o feiticeiro duvidar se gritar daquela forma faria algum dano à garganta dele - O peixe tá fresco, foi pescado ontem! Vai querer um? Dois cobres.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Sab Set 03, 2016 2:18 pm

    Dúlamán



    Ele analisava os cabelos do garoto, concordando depois de alguns instantes:



    -- É, fica natural em você, mas eu não mandei você pintar o cabelo, ache outras coisas que causem o mesmo efeito, basta ser um pouco criativo. *Ele abanava os ombros* -- Peixe fresco não é de ontem, é de hoje garoto! Primeira lição para vender um peixe direito: minta! O peixe foi pescado hoje cedinho, mesmo que tenha sido da semana passada e já esteja podre por dentro! Ok, me vê uma anchova.

    Ele esperava para receber e então pagar antes de peguntar:



    -- Onde eu encontro um tal Movren? Morven? Monerv?

    Ele sentia que havia esquecido completamente o nome do homem.

    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Dom Set 04, 2016 11:15 pm

    O garoto olha para Dúlamán com ar desafiador enquanto o feiticeiro fala com ele sobre cores de cabelo e técnicas de venda, soltando alguns “hm!” enquanto ouve. Havia alguma graça naquela petulência.

    – O nome dele é Morven. Ele é legal, sempre compra peixe comigo e me dá um cobre a mais – O garoto terminava de enrolar a anchova em um pedaço de pano amarelado – A casa dele fica nessa rua – o garoto apontava uma rua que surgia algumas casas à frente e que seguia para a esquerda – É depois de uma praça. Tem uma placa na porta, é fácil de achar.

    O garoto estendeu o peixe com uma mão e abriu a outra esperando os cobres de Dúlamán.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Seg Set 05, 2016 8:27 pm

    Dúlamán



    Dúlamán estava entretido com o garoto, estava quase abandonando sua jornada e colocando uma estande ali para mostrar para ele como se faz, mas no fim pesou os prós e contras e concluiu que provavelmente seria uma péssima idéia, afinal ele não tinha contato com nenhum dos pescadores da região. Ele entregava as duas moedas de cobre ao mesmo e então fitava o caminho mostrado pelo garoto:



    --Huh, o que tem escrito na placa? *Perguntava fitando na direção*
    Dada a resposta, ele agradeceria de modo casual, guardaria a Anchova com cuidado nas suas coisas para não deixar nenhum de seus pertences cheirando a peixe e então caminharia na direção indicada, se perguntando que tipo de pessoa seria "Monev". Ao chegar lá, se encontrasse a porta fechada bateria, se a encontrasse aberta, bateria antes de entrar.

    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Soviet em Ter Set 13, 2016 12:58 am

    O garoto olho para Dúlamán como se o achasse a pessoa mais estúpida do mundo. Ele entregou o peixe e respondeu com descaso.

    – Eu não sei o que tá escrito porque não sei ler, mas deve ser “Morven. Escriba”. O que você acha?

    O feiticeiro deixou o engraçadinho para trás e foi até a casa do tal escriba. Dúlamán encontrou a porta com a placa e nela estavam escritas as exatas palavras que o garoto tinha dito. As letras estavam encravadas na placa de madeira e, abaixo das duas palavras, havia uma pela esculpida na madeira. O feiticeiro bateu a primeira vez e esperou um pouco antes de bater a segunda vez. Tentando abrir a porta, Dúlamán viu que ela estava trancada. Batendo uma terceira vez e depois de uma espera de alguns minutos, estava claro que não havia ninguém na casa.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por hitoshura em Seg Set 19, 2016 2:29 pm

    Dúlamán



    Dúlamán estava em dilema: se ele fosse embora e voltasse depois poderia acabar perdendo a chance de encontrar o sujeito. Sua mãe sempre lhe dizia que obrigação vinha antes do lazer, mas ele realmente estava curioso sobre aquela cidade e todos seus segredos e lugares. Ele decidia dar uma pequena caminhada pelos arredores pelos próximos 30 minutos conhecendo o lugar e então voltar. Se quando voltasse o mesmo ainda não estivesse ali, iria esperar mais um pouco ali mesmo, não era como se ele tivesse opções melhores.

    Conteúdo patrocinado


    Re: Seguindo Passos Enevoados

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 19, 2017 4:03 pm