Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A Costa das Espadas Saltitantes

    Compartilhe
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Edu em Dom Nov 13, 2016 12:07 am

    Esi permaneceu o tempo todo da viagem basicamente bem introspectiva. Geralmente ela fazia as suas orações as manhãs e durante a jornada quando passavam perto de um rio realizava uma pequena prece em homenagem a um dos reinos da sua deusa.

    Fora disso ela conversou com Gurion quando esse veio procura-la, de resto apenas seguiu viagem quieta. Não havia muito o que conversar ali.
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Portuga em Qua Nov 16, 2016 2:30 am

    O rei pouco oferecia e os cavalos não faziam muito sentido naquele nível de poder e empreitada, sem falar que seria uma tarefa um tanto árdua para o seu corpo e o seu humor cavalgar durante tanto tempo...por fim havia negado seu cavalo, dizendo que não era preciso.

    Sem perder tempo mostrou o porque dissera aquilo, suas mãos e dedos dançaram uma antiga valsa enquanto pronunciava palavras ininteligíveis para quem escutasse, logo o poder se mostrava em forma de um cavalo negro com crivas cinzas, uma réplica fumaçante dos verdadeiros. (spell -Phantom Steed)

    Pronto, esse aqui é mais confortável e veloz.

    Lyvio seguia a viagem introspectivo, remoendo ainda as perdas do passado... Dorn ... por vezes conversava com Esi e Gurion sobre a pausa na busca do Dragão Rei e sobre o paradeiro desconhecido de Dagumbar...

    No entanto foi a curiosidade de Ranmurk que abrandou seus pensamentos, por vezes sua companhia lembrava a de Dagumbar, uma lembrança bem vaga sem as costumeiras discussões as quais sentia falta.

    - Bem, por onde começo... Primeiro Ranmurk, os draconatos não nascem, atendem ao chamado de Bahamut, renegam seu antigo eu e se tornam uno com deus dragão. Eu mesmo demorei a atender o chamado, apenas o percebi após o desastre de Clegoria.
    Agora eu caço as crias de Tiamat, depois deste, voltarei a busca de vingança de Clegoria e justiça para os que se foram.


    Em outro dia, havia revelado que era um elfo - dragão e um pouco mais sobre o ritual de transformação em draconato.

    Lyvio achara engraçado a atitude desconfiada do guerreiro ante a vigília do urso...será que ele não sabia do olfato apurado deste, Lyvio deixou para lá, dormiu com um sorriso, rindo internamente daquela situação.

    Nos dias seguintes Lyvio já se mostrava de humor melhor e passava os dias como de costume, estudando seus grimórios logo quando acordava e por vezes algumas pequenas preces a Bahamut quando lhe era devido.

    Em um dos dias tentou puxar assunto com a ainda sua desconhecida companheira de grupo, perguntando a Lemina quais eram sua habilidades e o que ela buscava vindo nessa expedição.


    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Dom Dez 04, 2016 11:55 pm

    O rapaz tinha doze quando começara a namorar Letícia. A mocinha já estava na época de fazer os rapazes suspirarem e os dois se descobriram apaixonados rapidamente depois de um episódio na beira do lago quando ela se banhava. Com doze anos e uma mente a frente de sua idade, Letícia sabia que ele a estava olhando e foi muito fácil para ela seduzi-lo. Já havia visto seus pais em ação várias vezes na calada da noite. O mal de pertencer a uma família pobre é que havia espaço para as cabras, mas os filhos dormiam no mesmo quarto que os pais. Neste mesmo dia os dois se amaram.

    Não foi suspresa para ninguém quando Valente encontrou os dois no ato e expulsou Letícia de casa. A moça foi morar com o rapaz desde então. Eram muito felizes e aos quatorze anos foi pai pela primeira vez. Era uma menina que chamou Linora. Nada estranho para uma sociedade em que as meninas se casavam aos nove anos. Aos quinze veio o segundo, Gabriel e agora esperava a hora de ser pai novamente. Letícia tinha medo já que Gabriel quase a matara no parto. Temia por deixar seu marido sozinho. Gabriel falara Papai pela primeira vez na semana anterior. Estavam muito felizes.

    Todos dormiam quando o dia raiara. A noite terminava cedo nestas bandas e antes que o galo cantasse estava claro, incomodando alguns. Lyvio despertou de seu transe e buscava Davi em vão. Acordou os demais. Não havia sinal do rapaz ou do seu cavalo que estava há uns bons 30 metros. Na verdade até o cavalo de Ranmurk desaparecera. O matador de Dragões corre até o lugar que o guardava, mas o que encontra é uma grande poça de sangue e um rastro que seguia até onde não conseguia ver.

    O grupo resolve seguir o rastro. Não foi difícil. Era possível perceber pesados pés. Três criaturas, talvez. Mais tarde se assoma ferraduras, um só quadrúpede entrando num pequeno milharal. Fica difícil seguir as pistas, mas o grupo não desanima e continua até ouvir ruídos grotescos. Falavam numa língua estranha.

    - Kôr Akmhur Dagak Noçã G’lek Tumbiarhh. – Falado numa voz gutural que respondia a uma fala anterior num idioma misturado.

    A curiosidade do Gnomo foi maior e ele decidiu espiar. Olha fora da proteção do mato a frente três criaturas medonhas de tamanho como uma casa estavam sentadas comendo. Gurion ficara horrorizado com o que vira. O ser de aparência humanoides desproporcionais, comia um tronco humano cuja ponta ainda possuía a cabeça inerte e ensanguentada de Davi. Letícia não o veria mais. O gigante também vê Gurion neste momento e grita algo com sua potente voz. Claro que eles não entenderam o conteúdo, mas era de se esperar o que seguiria.
    OFF::
    Desculpem a grande ausência. O importante é o restart agora. Como deu pra perceber estamos numa situação de combate e já estou providenciando o mapa. Quem ainda não está no roll20 o faça pois o nosso mapa será gerado a partir de lá. Neste link você se alista na campanha: https://app.roll20.net/campaigns/details/385752/ilian-grupo-2 e https://app.roll20.net/join/385752/9zFlqA já a imagem porca que fiz. Lá vocês podem procurar um token para colocar o seu personagem.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Edu em Qua Dez 21, 2016 7:51 pm

    Esi permanece em silencio ainda na proteção do mato ao redor, mas não tinha visão nenhuma. Não sabia o que ocorria, apenas ouvia uns ruídos viscosos de coisas comendo algo. Será que era um dos cavalos?

    Ela apertou o cabo da sua espada já prevendo um combate mas permaneceu firme na sua posição apenas esperando algo ocorrer.
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Portuga em Ter Jan 10, 2017 12:36 am

    Lyvio não esperava ter um combate tão cedo e muito menos um tão sem necessidade, mas dada a situação atual e a poça de sangue, uma única conclusão era possível...

    A cena das vis criaturas e a experiência em combate durante durante todo esse tempo, fizeram o perceber que antes que ele pudesse pensasse em algum plano, seu corpo já tomava as medidas necessárias.

    Num vulto veloz, se distanciou de um possível combate corpo a corpo enquanto conjurava algo que parecia um esfera de cor esmeralda, suas antigas palavras mágicas e seus movimentos de mãos davam força à ainda translucida esfera, vencer a trama, e num piscar de olhos seu projétil verde se tornara tão real e vívido que emitia uma força escaldante aterrorizante. Depois se distanciou de um possível combate corpo a corpo.

    Logo que se aproximara das vis criaturas a escaldante esfera esmeralda, explodiu, imundando todas aquelas criaturas numa escaldante chuva ácida.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Lyvio em Ter Jan 10, 2017 10:11 am

    Percebendo que atraiu as criaturas Gurion ao lado de seu urso começa a pronunciar palavras de poder, um pedaço de casca em sua mão começa a brilhar então ele toca em sí, logo, ele e seu urso tomam uma coloração amarronzada semelhante a casca de uma árvore, porém, ele continua a pronunciar outras palavras de poder dessa vez algo completamente do que fez antes então ergue sua mão e músculos começam a crescer em todos os seus aliados inclusive em si mesmo e seu urso e tudo parecia mais leve.

    Por fim ele ataca o gigante mais próximo com sua sabre tentando estocá-lo e logo em seguida Baurung Ataca o mesmo gigante com um ataque total.



    Mecânica:
    Gurion ativa sua habilidade Lion’s Swiftness(Ação livre) Ganhando haste, ficando com +1 Na jogada de ataque +1 na CA, +1 em Reflexo, +1 ação extra afetando também seu urso pela habilidade partilhar magias.

    Gurion conjura pele de árvore acelerada, sacrificando uma magia de nivel 6, tocando em si e por estar ao lado de seu urso a habilidade partilhar magias fica ativando fornecendo +5 na CA natural dele e de Baurung, passando ele á 33 de CA, tendo em vista os inimigos serem gigantes ele ganha +4 ficando com 37 contra as criaturas.

    Baurung por sua vez passa a 32 de CA.

    Em seguida ele utilizou a magia Coração de urso nele e em todos os seus aliados, fornecendo +4 em força e +15d438 Pvs extras para todo mundo.

    Gurion ficou com Força 20 e Barung ficou com 35 ganhando ambos +2 nas jogadas de ataque e dano assim como todos os seus aliados.

    resumo; +3 na Jogada de ataque de ambos, +2 no dano, +6 na CA do Urso +10 na CA de Gurion e +15d438 Pvs extras para todos e +2 no ataque e dano para todos.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Qui Jan 12, 2017 1:18 pm

    Rapidamente, Lyvio que fora forjado em muitos anos de batalha em equipe, viu seu corpo se mover automaticamente e mandar sobre os seres medonhos uma esfera de ácido que explodiu e os fustigou. Gotas caíram aos pés de Ranmurk, Gurion e Baurung levantando uma fumaça e destruindo tudo que tocavam, sem feri-los. Em seguida, como não é bobo, se afastou do combate corporal.

    Ainda assim os inimigos eram bravos. Golpes de uma clava que mais parecia uma árvore acertaram Ranmurk e Baurung. O urso acostumado a que a sua armadura o defendesse, viu que a força dos adversários era tamanha que ela ficara amassada onde a tocaram, já Ranmurk, não esperava tamanha velocidade e brutalidade e fora acertado com uma força tão desproporcional que evitou o segundo golpe com todas as suas forças. A pancada no ombro fora tão violenta que seus pés afundaram um pouco no chão.

    Agora era a vez de Gurion, que cuidadosamente pensou magias para proteger a si, seu companheiro e todos no grupo. Todos recebem um incremento vitalício que é muito bem vindo devido a natureza violenta dos ataques de seus adversários. Esi começa a se preparar para fazer alguma coisa.

    OFF::
    O Dano e quaisquer outro modificador estará no roll 20. Basta clicar em cima do personagem que aparecerá a barrinha com a informação. Quem estiver disponível, pode, por caridade, ir passando a ficha para o seu personagem no roll20
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Edu em Qui Jan 12, 2017 8:26 pm

    Esi fez um sinal de agradecimento com a cabeça para o gnomo pela habilidade que tinha lhe garantido. Ela encarou bem os gigantes por um momento e refletia sobre o que fazer para atacar eles. A verdade é que não estava muito inspirada naquele dia então da distancia aonde estava ela apontou o dedo para o gigante que estava a sua frente e falou:

    - Que o seu corpo se encha de feridas.

    mecanica:
    A esi transformou a magia harm num ataque de toque a distancia, gastou 3 expulsões. A cd da magia é 23 pra reduzir o dano 150 a metade.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Qui Jan 12, 2017 8:50 pm

    Sem piedade a jovem estrangeira aponta para o gigante que se contorce em dores chegando a apoiar um joelho no chão. O humanóide monstruoso não sabia onde doía mais, mas ao final não estava entregue, apesar de seu corpo ter perdido a cor natural e suas mãos estarem claramente tremendo. Era pesaroso. Uma magia muito cruel. E a sua vida parecia seriamente em risco.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7802
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Jan 14, 2017 11:23 am

    Ranmurk havia ficado mais triste pelo seu cavalo do que pela morte de Davi. "O garoto já cumpriu com o seu dever", pensou ao ver um dos gigantes comer o seu corpo já sem vida. Contudo, se o mapa ainda estava com ele, o Matador de Dragões faria o possível para reavê-lo. Esse devia ser o pensamento do grupo todo, e logo um combate se iniciou. Ranmurk era o guerreiro do grupo, e como tal, ele ia à frente. Acabou sendo surpreendido ao receber terríveis golpes, e mirando no gigante que o atingira, ele daria o troco.

    Com a Lâmina Ruína de Dragões em mãos, Ranmurk deu um passo para a frente, se posicionando para contra-atacar o gigante. Sempre que abria alguma brecha, ele cortava o inimigo com a sua arma. Era uma arma gloriosa, forjada para matar dragões, mas também muito eficaz contra qualquer oponente.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Sab Jan 14, 2017 1:52 pm

    Implacavelmente, Ranmurk desfere golpe sobre golpe no gigante que o golpeara. Sua espada é rápida em causar danos ao inimigo que parecia estar à mercê do golpe final, mas conseguira desviar-se no último instante. Era um adversário digno, ou será que não? O que parecia ser um movimento evasivo se provou ser um movimento de queda. O gigante tombara e consigo o corpo sem vida de Davi.

    O outro gigante ficara vermelho com este acontecimento e todas as suas veias saltaram no pescoço no que se seguiu a um grito gutural. Todos os seus músculos pareciam retesados e o golpe com o que fora uma árvore desce com muita força. Talvez fosse outro, caísse com aquele golpe, mas Ranmurk tinha fibra, o que ele não tinha agora era ar nos pulmões que sofriam tremendo baque. Por algum motivo, a pancada violenta acertara suas costas devido ao ângulo, quebrando-lhe pelo menos três costelas. O fôlego lhe faltou, mas não lhe faltava coragem, ao menos permanecia valente diante de seu inimigo. Com muita dor, porém. Viu o segundo ataque acertar o chão com tamanha força que teve de se concentrar para não perder o equilíbrio.

    O urso Baurung então se aproxima do outro inimigo e o acerta com garras e dentes, movimentos que aprimorara em sua vida conjunta com o Gnomo gelado. Não erra nenhum dos golpes, ainda que tenha sofrido com o ataque anterior. Ainda assim, ao olhar o gigante, este salivava em direção ao urso. Gurion precisava ajuda-lo antes que algo acontecesse.

    OFF:
    Vou aguardar postagem do Hitoshura até a noite. Depois de hoje ele pode agir pela segunda rodada e será a vez do Portuga. Gigante 2 caído.
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Portuga em Sab Jan 14, 2017 7:24 pm

    As vis criaturas não eram assim tão poderosas, em menos de algumas respirações, uma já tinha caído e parecia que logo chegaria ao seu fim, por isso, não precisaria gastar esforço com nada mais elaborado, nem desperdiçar sua força.

    Assim, Lyvio, se movimentara rapidamente, e tão logo quando terminara seus movimentos e sua última palavra de poder fora proferida, sua ação mostrou o porque do movimento, um enorme orbe de fogo percorreu uma limpa linha colidindo com um dois gigantes que agora, sofreria das queimaduras do fogo e do ácido que ainda deveria corroer sua carne.

    OFF::

    http://alcyius.com/dndtools/spells/spell-compendium--86/orb-fire--4613/index.html
    http://alcyius.com/dndtools/spells/spell-compendium--86/orb-acid--4607/index.html

    Orb of Fire:



    Conjuration (Creation) [Fire]
    Level: Sorcerer 4, Wizard 4,
    Components: V, S,
    Casting Time: 1 standard action
    Range: Close (25 ft. + 5 ft./2 levels)
    Effect: One orb of fire
    Duration: Instantaneous
    Saving Throw: Fortitude partial; see text
    Spell Resistance: No

    This spell functions like orb of acid, except that it deals fire damage. In addition, a creature struck by an orb of fire must make a Fortitude save or be dazed for 1 round instead of being sickened.

    | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | | |

    Conjuration (Creation) [Acid]
    Level: Sorcerer 4, Wizard 4,
    Components: V, S,
    Casting Time: 1 standard action
    Range: Close (25 ft. + 5 ft./2 levels)
    Effect: One orb of acid
    Duration: Instantaneous
    Saving Throw: Fortitude partial; see text
    Spell Resistance: No

    An orb of acid about 3 inches across shoots from your palm at its target, dealing 1d6 points of acid damage per caster level (maximum 15d6). You must succeed on a ranged touch attack to hit your target.
    A creature struck by the orb takes damage and becomes sickened by the acid's noxious fumes for 1 round. A successful Fortitude save negates the sickened effect but does not reduce the damage.

    Magia anterior:

    Vitriolic Sphere

    (Complete Arcane, p. 128)

    Conjuration (Creation) [Acid]
    Level: Sorcerer 5, Wizard 5, Wu Jen 5,
    Components: V, S, M,
    Casting Time: 1 standard action
    Range: Long (400 ft. + 40 ft./level)
    Area: 10-ft.-radius burst
    Duration: Instantaneous; see text
    Saving Throw: Reflex negates and Reflex half; see text
    Spell Resistance: No

    You conjure a sizzling emerald sphere that drenches all within the area with a potent acid. Affected creatures take 1d4 points of acid damage per caster level (maximum 15d4) and must succeed on a Reflex save or risk taking damage in the following 2 rounds (6d4 points of damage in the second round and 3d4 points of damage in the third round). Both rounds of continuing damage are subject to Reflex saves for half damage; if an affected creature succeeds on its second Reflex save, it takes no acid damage in the third round.
    Material Component: A tiny glass vial filled with aqua regia.

    rolagem de ataque de toque a distância, dano do orbe de fogo e dano remanescente da magia anterior no roll20
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Seg Jan 16, 2017 1:32 pm

    Num instante, Lyvio caminhou para um lugar onde tivesse melhor visão dos inimigos. Em sua mão, formou uma pequena esfera flamejante que foi direto de encontro com o gigante. Ele se incendiou na hora e gritos de horror puderam ser ouvidos. Foi assustador, mas era ainda mais assustador que a criatura continuasse de pé. Pior agora o ser de enormes proporções via Lyvio com clareza e sem nenhuma proteção.

    Ao mesmo tempo, o gigante soltou um urro gutural como o outro. Era de conhecimento dos demais já experientes aventureiros que o combate ficaria mais selvagem. Talvez fosse algum plano, talvez fosse apenas devido ao último golpe, mas o ser enorme correu em direção ao draconato com voracidade acertando um golpe feroz em seu braço esquerdo que segurava o escudo, quebrando a tíbia do ex elfo. A dor era lancinante e Lyvio esteve próximo de desmaiar. Não sabia o que fazer além de gritar. Era muito doloroso. Menos mal que o escudo meio que segurava o braço firme. Fora o golpe mais avassalador do inimigo até então, justo no membro mais frágil, ou será que não?
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Lyvio em Ter Jan 17, 2017 10:27 am

    Percebendo que seu amigo Lyvio estava numa situação complicada, Gurion pensa rápido para ajudá-lo ele então começa apronunciar palavras de poder e gesticular, então aponta para o gigante que estava atacando seu amigo conjurador, de súbito uma fumaça começa a envolver o gigante e então barulhos de chiado e bater de assas surgem e ficam cada vez mais alto.

    Era um enxame de morcegos, imediatamente eles começam a atacar o gigante e devorar seu sangue.

    -Afaste-se Lyvio!

    Mecânica::


    Gurion Conjura Enxame sobre o gigante que ataca Lyvio na intenção de distraí-lo e facilitar que o amigo se afaste.


    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Edu em Qui Jan 19, 2017 5:04 pm

    A Cleriga olha preocupada para o seu companheiro de aventuras Lyvio. Ele tinha tomado um golpe quase que em cheio. O gigante não tinha olhado nem para os outros, havia mirado no mago totalmente. Isso tinha sido uma total má sorte.

    Outra ela apontou o dedo para Lyvio e falou:

    - Você vai sair dessa amigo.

    Conjurou uma cura e mandou diretamente ao mago.

    Spoiler:
    Mecanica: eu converti Blade Barrier em uma cura 4d8 com spell reach
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7802
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Jan 21, 2017 11:51 am

    O Matador de Dragões havia tombado o seu primeiro inimigo, mas um segundo gigante veio lhe atacar, acertando em cheio em suas costas. Ele sentiu os ossos quebrando por baixo de sua brunea e cuspiu sangue pela boca, com raiva. "Desgraçado!", pensou Ranmurk. A situação de seus companheiros não estavam tão melhores que a sua, e por conta disso, Ranmurk se afastou um passo para trás, largando a espada no chão e tirando o seu arco longo reforçado das costas. O urso do druida poderia servir como um obstáculo ao gigante caso ele fosse manter os seus golpes no Matador de Dragões.

    Ele retesou a corda do arco o máximo que pôde, mirou a cabeça da criatura e soltou a flecha, esperando acertar algum ponto perto do cérebro do gigante.
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Portuga em Dom Jan 22, 2017 12:12 am

    Lyvio não demonstrara nenhuma emoção, quando a criatura o atacara, tudo era parte do seu plano.

    Em um piscar de olhos, ele reaparecera no lado, deixando a criatura acertar o ar.
    Immediate Magic - conjuration** - Abrupt Jaunt (conjuraiion):

    Rapidamente suas mãos se movimentaram e 5 dardos de luz negra saíram dela, tendo como alvo a débil criatura que tentara lhe ferir, antes de se movimentar para trás da batalha.

    Darkbolt:


    Darkbolt

    (Spell Compendium, p. 58)

    Evocation [Darkness]
    Level: Darkness (SpC) 5,
    Components: V, S,
    Casting Time: 1 standard action
    Range: Medium (100 ft. + 10 ft./level)
    Effect: One ray/2 levels (maximum seven rays)
    Duration: Instantaneous; see text
    Saving Throw: Will partial
    Spell Resistance: Yes

    With a quick invocation to your deity, you call forth a nimbus of jet-black night. This terrible radiance, laced with the will of your deity, allows you to shoot black bolts of power.
    You unleash beams of darkness from your open palm. You must succeed on a ranged touch attack to strike your target. You can hurl one bolt for every two caster levels you have (maximum seven bolts). You can hurl all the bolts at once, or you can hurl one bolt per round as a free action, starting in the round when you cast the spell. You do no have to jurl a bolt in every round, but if you don't hurl the bolt you were entitled to in a round, it is lost. If you hurl all the bolts at once, al your targets must be within 60 feet of each other.
    A darkbolt deals 2d8 points of damage to a living creature, and the creature is dazed for 1 round unless it makes a Will save (a creature struck by multiple bolts during the same round is dazed for a maximum of 1 round, no matter how many times it fails its save). An undead creature takes no damage bu is dazed if it fails its save.


    To viajando, to sem acesso ao roll2o, faz as jogadas pra mim, e tem mais um dano remanescente do ácido, metade da rodada anterior.:
    To viajando, to sem acesso ao roll2o, faz as jogadas pra mim, e tem mais um dano remanescente do ácido, metade da rodada anterior.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por anderson em Dom Jan 22, 2017 5:59 pm

    Gurion começa a conjurar uma magia e fica em concentração para este fim. Vendo o dano que seu aliado recebera, Esi rapidamente faz uma prece para salvar a vida de Lyvio. Ossos começam a se colar de volta no lugar. O braço toma firmeza. Ainda doía pouca coisa, mas apenas a sensação de que alguém estava cuidando de si, já era acalentadora. O Draconato sorri.

    Ranmurk por sua vez sabia de suas condições físicas e se afasta um pouco do combate, larga sua espada e saca o arco. Com toda a força que podia lançou a flecha que vai de encontro ao ombro do gigante, chamando atenção para si.

    Neste momento, um rasgo na trama acontece. Próximo de Lyvio e do gigante o ar é cortado. Uma luz multicolorida emerge da fenda num brilho. Poucos tinham experiência para discernir, mas o tempo parece parar. O ar parece parar. O círculo mágico que se forma ao redor do gigante começa a desfazer-se, o sorriso se desfaz nos lábios de Lyvio, o braço do Draconato volta a se descolar, a elfa começa a pronunciar as palavras em contrário, o gigante levanta a enorme clava e Lyvio não está mais no lugar, mas pouco mais atrás. O gigante erra a investida e fica confuso.

    O tempo... voltou?

    OFF:
    Devido ao uso da habilidade de Lyvio retornamos ao ponto em que o gigante o atacara. Gurion e Esi que estavam engajados neste combate podem refazer suas ações.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6817
    Reputação : 62

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Edu em Dom Jan 22, 2017 11:23 pm

    Esi sacudiu a cabeça sem entender o que tinha acontecido. A sua magia tinha voltado para a sua mente? Como? E agora o Draconato tinha saido de onde estava. Botou a mão na testa e coçou. "Tanto faz" pensou ela.

    Ela dá dois passos para trás e conjura sobre si uma magia.

    - Que eu possa caminha pelo ar - diz ela.

    Spoiler:
    Anderson a Esi conjurou sobre a magia air walk que tem duração de 150 min
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6921
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Lyvio em Seg Jan 23, 2017 10:02 am

    Gurion fica confuso, mas logo lembra da habilidade do Draconato e muda sua estratégia, ele decide ajudar o "Matador de Dragões", que não pareceu tão resistente quanto o gnomo imaginava, afinal, alguém que enfrenta dragões deveria resistir bem a um ataque de um gigante, ainda mais depois de ganhar mais resistência devido a sua magia.

    Ele então saca uma poção de sua mochila e a bebe, então para todos que o veem ele parece se dissolver, mas ao mesmo tempo está lá, sua imagem parece tremida por vezes num local por vezes um pouco mais atrás, ou a frente ou ao lado, até acima, não se sabia exatamente onde o gnomo iria estar, poucos segundos depois seu urso também sofre os mesmos efeitos.

    -Ei Ramruk, pensei que para um matador de Dragões você seria mais resistente....

    Diz o gnomo com um leve sorriso de provocação.

    E continuou:

    -Esi, cure o matador de dragões ele parece estar precisando...



    Mecânica:
    Gurion bebe uma poção de deslocamento, e devido a habilidade magia compartilhada Baurung também a adquire, logo tanto ele como baurung tem camuflagem completa, as criaturas que o atacarem tem 50% de chance de errar.

    A poção dura 3 rodadas.
    Conteúdo patrocinado


    Re: A Costa das Espadas Saltitantes

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 11:51 am