Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo Hakura (Gakky)

    Compartilhe
    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 4

    Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Nazamura em Seg Set 12, 2016 6:56 am

    Hakura desperta bem cedo, o relógio marca 7am e em seu whatsapp há um recado de Ayaka


    - Oi dorminhoca, bom geralmente eu sou a dorminhoca mas... então, vamos juntas pra escola hoje? devo estar chegando ai em 10 minutos. Eu to nervosa desde que virei lider da turma. Temos que discutir sobre o tema da barraquinha do 2º ano antes que eu acabe "voando" denovo xoxo

    Após alguns minutos, Haruka escuta uma conversa com ânimos alterados vindo da sala

    - Eles investigaram meu passado e eu não consegui o emprego
    - Outra vez? porque você tinha que ter feito aquilo? olhe o quanto nós perdemos...
    - Não se preocupe que eu resolvo isso ok?

    um caminhar mais agitado fazendo barulho ao andar

    - Mas ... benzinho?!
    - EU JÁ TO FARTO DISSO!!!
    - Não quer levar nem um pãozinho..

    A porta da sala bate com violência e Hantaro corre desesperado na rodinha da gaiola de hamsters asusstado


    Instruções:
    essa parte é livre pra vc narrar ao despertar até sair de casa levando em consideração esses eventos-chave: a msg no whatsapp e a discussão de seus pais com passado sujo, não conseguiu trabalho, descreva pensamentos, emoções e sentimentos, descreva também seu quarto e um pouco de sua casa. Pode continuar o diálogo com Ayaka como preferir, pois vc a criou Smile mas levando em conta a promoção a líder de turma, não precisa ficar esperando eu postar por ela ok?
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1617
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Gakky em Seg Set 12, 2016 11:47 pm

    Haruka bate a mão no despertador para desligá-lo. Em seguida estica os braços pra cima espreguiçando-se, sua cama estava tão confortável que era difícil vencer a preguiça. Ela estava vestindo uma camisola rosa de bolinhas brancas, que tinha parte de cima e de baixo. A de cima era uma blusa de manga comprida com babadinhos nas bordas. Em baixo do seu braço estava Dachi, seu ursinho que estava bastante velho. Sem olhar para o lado, levou sua mão até a comoda do lado da cama e pegou o celular para ver a mensagem.

    Seus olhos mal abriram quando leu o recado de Ayaka. Antes que a amiga ficasse offline, Haruka responde:

    - Bom dia! Não esquece de levar o estojo e os cadernos! Quanto a barraquinha, tentarei te ajudar. Vou te esperar para irmos juntas!

    Logo Ayaka respondeu:

    - Verdade... Eu esqueci do estojo, e o caderno. Não temos prova hoje, temos?

    - Não - Respondeu Haruka - Até mais amiga!

    Haruka se sentou e tirou o cobertor de cor amarelada de cima o corpo. Já ia levantar quando ouviu a discussão dos pais. Ela odiava quando isso acontecida, era tão deprimente. Infelizmente as coisas não estavam ficando melhores, a garota notou que os dois mal se falavam como casados. O quarto dela era simples, a cama ficava encostada na parede e ao lado de janela, na parede oposta havia um escrivaninha e o armário. A gaiola de Hantaro ficava em cima da escrivaninha.

    - Bom dia Hantaro... É eu sei, eles já começaram brigando hoje... Eu tenho que ir para escola, mas eu volto. Tchau!

    Com receio, ela abriu a porta do quarto e saiu. O apartamento era pequeno, a porta dos quartos dava direto para um comodo que era sala e cozinha ao mesmo tempo. A mãe de Haruka olhou para ela em silêncio e um pouco sem jeito. A menina percebeu que a mesa estava com um café da manhã intocável e que seu pai já havia ido embora.

    - Haruka...O seu pai precisou sair mais cedo...

    - Sim... - Respondeu a garota também sem jeito - Vou me preparar para ir a escola, Ayaka vai junto comigo...

    Haruka entrou logo na porta que dava para o banheiro, escovou os dentes, penteou o cabelo e colocou o uniforme. Enquanto se arrumava, pensamentos sobre os seus pais invadiam sua mente. No começo ela não queria aceitar que o seu pai tinha feito aquilo, ele havia negado tantas vezes até que apareceu as provas. Sua mãe também tinha ficado decepcionada, o casamento dos dois não era o mesmo. Haruka lembrava de ter visto sua mãe chorar várias vezes, sentia seu coração apertar ao pensar sobre isso, não conseguia ter uma conversa completa com o seu pai há muito tempo. Tinha medo que o pai nunca conseguisse outro emprego, era quase impossível, uma vez que saiu nos jornais.

    O pior é que no fundo, Haruka temia que isso também afetasse o seu futuro profissional, já que os colegas não confiam nela. De repente ela notou que estava quase atrasada, desceu correndo, comeu as torradas o mais rápido que podia, despediu-se de sua mãe e desceu o elevador. Lá em baixo viu Ayaka, tentou chamá-la, mas a amiga estava distraída demais olhando para o nada. Então precisou se aproximar para acordá-la:

    - Ayaka-chan! - Chamou abanando a mão na frente do rosto da amiga.

    - Haruka-chan! Você chegou!

    As duas começaram a andar, enquanto Ayaka explicava:

    - Eu estou surtando com essa coisa de líder, as pessoas esperam tanto de mim! Eu posso fazer história naquela escola! Eu quero fazer história! Por isso, temos que preparar o melhor tema para a barrinha! Eu pensei em zumbis espaciais! O que acha?

    - Ahnn... Eu não sei, eu não gosto do dia das bruxas para falar a verdade... Eu queria que pudessem fazer algo mais kawai, como bruxas boazinhas e fadas...

    - Ué, mas tem que ter sangue! Drama! Temos que marcar a escola! É nossa chance de mostrar o quanto somos capazes. - Rebateu a amiga de um jeito bem esquisito.

    - Mas eu... Não gosto de monstros - Opôs-se Haruka - Porém, se é o que vão gostar... É melhor... Deve ser legal fazer algo marcante! Eu confio em você.

    Enquanto caminhava, Haruka ia se convencendo que devia fazer o que os outros gostassem, não queria ser vista também como uma criança chorona, já era demais ser vista como a filha do ladrão. Mas era verdade que fantasmas lhe assustavam, esperava que pelo menos esse ano ninguém tentasse lhe assustador. Além disso, era bom ter sua melhor amiga como líder da turma, talvez isso fizesse os colegas a verem com olhos melhores! De repente Haruka começou a se animar. As duas continuaram caminhando.
    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 4

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Nazamura em Seg Set 19, 2016 6:58 am

    Nova Rodada

    Hakura escreveu:- Mas eu... Não gosto de monstros - Opôs-se Haruka - Porém, se é o que vão gostar... É melhor... Deve ser legal fazer algo marcante! Eu confio em você.

    - Eu to muito motivada com Resident Evil, sabe, aquele quarteirão abandonado com cartazes voando e ...

    Ayaka e Hakura caminham seguem o papo em seu trajeto rotineiro para a escola quando se deparam com uma sequencia de cartazes ao longo do muro de uma construção com os dizeres

    "Onde está a justiça? Yashima Shirashi na cadeia já! - Escândalo milionário envolvendo o empresário e juiz ainda não decretou a prisão do principal suspeito durante a operação Jato-Lava. Queremos justiça!"

    esses cartazes iam até o fim da rua de ponta a ponta.

    - Não se preocupe com isso amiga, Esse pessoal é influenciado pela imprensa - Ayaka sabia que algo assim poderia estragar o dia da amiga e tenta anima-la

    Não tarda muito e logo as duas garotas chegam na escola, há um principio de empurra-empurra na entrada, mas logo se desfaz e os curiosos deixam pra lá.

    - Vamos lá Hakura, anime-se, o dia não pode ser de todo ruim.


    eis que Hinata chega a escola e caminhando na direção de Hakura e Ayaka, passa pelas duas fazendo o sinal de # com os dedos, depois vira o rosto e continua caminhando.


    - Acho que encontrei quem vai ser o Nemesis ... - ironiza Ayaka

    Instruções:
    Se quiser manifestar poder lembre-se que ele será intensificado pelos seus sentimentos e do preço que custa invoca-lo Os efeitos do seu poder acontecem no entre-turno (até pra poder sincronizar com a narração dos outros jogadores e afetando até o post fixo do relógio (que mudaria de cor). caso você queira invocar uma tempestade por exemplo, ou seus sentimentos acabem por faze-lo contra sua vontade, não chove imediatamente, mas o céu começará a se fechar em breve saca?.  O principio de confusão é com os alunos do primeiro ano, ainda tem algum tempo antes do sinal tocar e entrar na sala, então começa o entre turnos
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1617
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Gakky em Ter Set 20, 2016 4:11 pm

    Haruka sorri para a resposta da amiga sobre Resident Evil. Estava otimista com o evento, tudo deveria ocorrer bem e talvez ainda fizesse novos amigos. Porém sua alegria foi pelo ralo ao ver aqueles cartazes. Sentiu como se um balde de água fria tivesse a atingido nesse momento.

    Seu sorriso apagou-se em um instante, a palavra prisão doeu em seu coração. Seria terrível ter o pai preso, mas era algo que poderia acontecer. Haruka ouve sua amiga tentar animá-la, mas era difícil depois de todos esses cartazes, e todos iriam ver. Talvez nem o festival a ajudasse agora. Ela abaixou a cabeça, queria poder arrancar tudo aquilo da parede, mas seria díficil.

    - Agora todos vão ver isso... - Sussurrou perto de Ayaka - Vão ficar me olhando esquisito...

    Quando chega na escola, ela percebe que havia um certo tumulto. Haruka se estica na ponta dos pés para tentar ver o que estava acontecendo, mas não consegue, pois tudo se desfez rapidamente. Ela esperava realmente que não tivesse nada a ver com isso, mas seu medo de pensarem a respeito de seu pai, a fazia ficar paranoica e achar que qualquer confusão era por causa disso. Todas as pessoas que a olhassem, com certeza lhe fariam questionar se era por causa dos cartazes.  

    De repente Hinata chega, quando Haruka achava que as coisas não podiam piorar, as coisas realmente pioraram. Aquele sinal de prisão fez ela sentir calafrios. Imagens de seu pai na prisão começaram a surgir em sua mente, a voz de Ayaka ficou distante. Haruka sentia que ia chorar, odiava se iludir sobre o dia. Saiu de casa achando que as coisas iam melhorar, mas tudo piorava. Sentia-se como se tudo fosse dar errado sempre. Porém seria pior chorar agora, então segurou o máximo que pode. Não queria chamar mais atenção para si mesma. Quando fez isso, sentiu algo esquisito, era como se seus sentimentos carregassem o ar ao seu redor. Sem querer, acabou invocando seus poderes, o choro reprimido acabou tendo reflexo no clima, que começou a mudar... A vozes ao redor pareciam ficar cada vez mais distante para Haruka e a atmosfera parecia ter se tornado palpável.
    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 4

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Nazamura em Qua Set 21, 2016 7:34 am

    Hakura escreveu:- Agora todos vão ver isso... - Sussurrou perto de Ayaka - Vão ficar me olhando esquisito...

    O tempo começa a mudar, algumas nuvens de chuva se formam no céu, e um leve barulho de relampago entre as nuvens, mas ainda não está chovendo ...


    - Não fica assim não amiga.... olha Hakura, tá armando uma chuva, será que não vai estragar o dia ? - comenta Ayaka

    Um dos alunos chega com uma prancheta e interrompe as meninas

    - Vão participar do show de talento no sábado? se sim, coloquem o nome e o que vão apresentar.


    - Hmmm. Ainda não sei, no que eu sou boa Hakura? - pergunta Ayaka

    Instruções:
    Hakura começa a se sentir um pouco cansada, talvez por emoção - embora saibamos que foi devido ao poder ser ativado ainda que ela (a personagem) não soubesse
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1617
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Gakky em Qua Set 21, 2016 2:26 pm

    O cansaço começar a bater em Haruka, as palavras de sua amiga a chamam de volta para realidade. Ela para de se concentrar na atmosfera ao redor e ouve a Ayaka. De repente nota que o clima tinha mudado e se perguntar se foi por sua causa.

    - Eu não sei... - Respondeu ainda confusa.

    De repente os alunos de prancheta a distraem mais ainda, antes que pudesse respondeu, Ayaka pede sua opinião. Haruka para pensativa e depois de uns segundos responde:

    - Você é boa em matemática e... Desenho! Seus desenhos são lindos, mas não sei se isso serve para o Show de Talentos... Já eu... Não sei que talento tenho. Acho que plantar não poderia ser considerado um talento pra um Show desses... Então, melhor não participar. Não sei o que apresentar. Mas obrigada pela pergunta!


    Haruka faz uma reverência leve para os alunos de prancheta. Depois procura com os olhos algum lugar para sentar, pois se sento estranhamente cansada.

    - Ayaka... Eu queria ter um talento... Mas... É melhor entrarmos... Eu estou cansada... E esse tempo pode nos molhar...

    Haruka fica ansiosa por um lugar onde possa descansar.
    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 4

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Nazamura em Seg Set 26, 2016 6:24 am


    - Vem, vamos ficar na sala um pouco - diz Ayaka - bom que agente conversa mais um pouco sobre a versão resident evil para o evento

    Ayaka e Hakura sobem as escadarias em direção a sala de aula, Hakura sente que a subida foi um pouco dificil

    mal começam a conversar, bate o sinal e os alunos começam a entrar na aula, seguido do professor Yome, em seguida uma leve chuva começa esfriando um pouco a temperatura da escola.

    Instruções:
    Faça uma rápida rodada aqui conversando com a Ayaka (se quiser), em seguida clique nesse link para a sala de aula

    http://www.novaerarpg.com/t1730-2-ano-aula-de-quimica-da-ren-ishiro-yuhei-keigo-hakura#83753
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1617
    Reputação : 217
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Gakky em Seg Set 26, 2016 2:39 pm

    Haruka sobe as escadas devagar e percebe que chovia, isso lhe causava algumas dúvidas, não sabia se a chuva era por sua causa ou não. Mas uma coisa tinha certeza, o cansaço parecia com os das outras vezes. Porém assim que chegou na sala, tratou de tirar esses pensamentos de sua mente, se não começaria a se achar maluca.

    Após entrar na sala, ela se sente constrangida ao se deparar com os olhares de alunos que já haviam chegado, queria dar um bom dia a todos, mas dessa vez não conseguiu. Então se sentou em uma carteira no meio da sala, ao lado Ayaka. Em seguida torceu o corpo para a esquerda e comentou com a amiga:

    - Prometo me esforçar para fazer igual Resident Evil. Só não sei como seria...

    - Não se preocupe, depois das aulas podemos jogar Resident evil na minha casa - Propõe Ayaka.

    Mas Haruka sente que isso não é uma boa ideia, não queria ter pesadelos com coisas assustadoras. Antes que continuasse a conversa, o sinal toca.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo Hakura (Gakky)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Jan 18, 2018 11:35 pm