Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Compartilhe
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 06, 2016 9:15 pm

    Rúbeo Hagrid



    “Não existe Hogwarts sem você, Hagrid.”
    > Harry Potter, em Harry Potter e a Câmara Secreta.

    Criando o meio-gigante…

    O que dizer do fabuloso trabalho realizado pelo autor, dublê e pelo artista Nick Dudman?
    Hagrid só foi possível ir para as telas de uma forma gigante graças à um truque de teatro e, nos primeiros filmes, sem efeitos gráficos, pois ainda não existia renda para tanto.

    O ator principal de Hagrid foi Robbie Coltrane, o qual a escritora J.K. Rowling fez questão que assumisse o papel. Entretando a equipe de filmagem começou a se deparar com o problema de espaço para as filmagens, e até mesmo Coltrane começou a se questionar sobre isso.
    “Não sou alguém que se move de maneira elegante ou controlada. Simplesmente ando a esmo. Então me perguntei o que faria se estivesse cercado de crianças. Que tamanho meus braços teriam se eu medisse 2 metros e meio? Se não tivesse cuidado, poderia derrubar uma criança ao e irar. Por isso Hagrid deveria manter as mãos perto do corpo, andar muito devagar e estar consciente de que poderia causar muitos estragos por onde passa.” Diz Coltrane.

    No meio de várias divagações e reuniões com toda a equipe e diretores, Dudman sugeriu que arrumassem um dublê de corpo para Hagrid, a pessoa usaria uma roupa que o aumentaria. Tudo dependeria do tamanho da pessoa que faria esse dublê e foi em uma palestra que encontraram Martin Bayfield, um ex-jogador de rúgbi que mede 2,08 metros de altura, além de ser forte e grande.
    “ Eu falo muito em público e estava fazendo um discurso em Londres”, recorda Martin, “ e alguém ligado à Warner Bros. estava na plateia. Ligaram para mim no dia seguinte perguntando se eu não poderia fazer um teste de dublê de corpo de Hagrid. Claro que pensei que fosse um trote. Falei poucas e boas para o pobre sujeito ao telefone, mas ele me convenceu de que era verdade. Comecei a ler os livros, mas não sabia se ficaria apenas arado lá ou se iria me envolver ativamente no filme. Descobri que seria bastante requisitado, o que foi muito divertido.”.

    Depois de testado as roupas e demonstrado o resultado maravilhoso, os diretores aprovaram e Martin Bayfield foi incluído no filme em vários momentos, usando uma cabeça mecânica de um Hagrid.

    “Hagrid puxando a árvore de Natal pela neve no primeiro filme é tudo coisa do Martin. Hagrid na plataforma da estação, no final do filme, dando tchau enquanto o trem passa, é o Martin. Há um bocado de Martin nos filmes.”, conta Nick Dudman.

    Depois do terceiro filme, conseguiram verba financeiro suficiente para investir nos efeitos gráficos visuais e Mayfield passou a ser menos requisitado.

    ~*~

    O Meio-Gigante mais amável de todos os tempos...

    Hagrid nasceu mestiço, seu pai era um humano que acabou se apaixonando por uma giganta. Rúbeo perdeu seu amado pai quando era ainda muito pequeno sendo criado por sua mãe, porém ela não tinha um gênio maternal e amoroso e sua infância foi realmente muito difícil.
    Ele acabou indo para Hogwarts, onde foi selecionado para a casa da Grifinória no mesmo ano que Tom Riddle estudou na Sonserina.
    Fora por causa de Riddle que Hagrid fora expulso da escola em seu terceiro ano, quando ele contou ao diretor – e à todos – que ele criava monstros dentro de Hogwarts.

    Mas isso não fez o amor pelos animais fantásticos diminuir. O meio-gigante tem uma queda por criaturas realmente perigosas e que, segundo ele, são “incompreendidas”. Algumas delas são: Fofo (o cão de três cabeças, enorme), Aragogue (a Acromântula que Harry e Rony tem o “prazer” de conhecer no segundo ano), Bicuço (o Hipogrifo mais amado e querido do universo), explossivins (criaturas mestiças, nascidas do cruzamento de uma mantícora com um caranguejo-de-fogo), Testrálios, e outras criaturas.

    Hagrid também fora o responsável por retirar Harry dos escombros de sua antiga casa, onde Lilian e Tiago Potter haviam sido assassinados e onde o pequeno bebê que era Harry derrotou o Lorde das Trevas.

    Ele é indiscutivelmente o aliado mais fiel e leal de Harry, Rony, Hermione e, obviamente, Dumbledore, sempre deixando escapar algumas pistas, segredos e informações confidenciais para os três.

    Recentemente uma fã perguntou à autora qual seria o patrono de Hagrid, e J.K.Rowling – que é muito ativa no twitter dela, sempre procurando responder aos seus fãs inclusive em português! - respondeu “Hagrid couldn't produce a Patronus. It's a very difficult spell.”. É uma notícia de partir o coração para nós que amamos o meio gigante, porém é compreensível visto que o feitiço é realmente avançado e só poderia ser realizado pelos alunos de classes mais avançadas e, como Hagrid fora expulso de Hogwarts em seu terceiro ano, ele nunca teve a oportunidade de aprender ou de treinar o feitiço, já que não tem varinha.

    Falando em varinha, também nunca foi comentado qual seria o núcleo da varinha de Hagrid. Nem mesmo no Pottermore existe essa informação.

    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Guarda-Caças ; Guardião das Chaves de Hogwarts; Professor de Trato das Criaturas Mágicas (a partir do terceiro ano).

    Organização: Ordem da Fênix.

    Varinha: Dezesseis polegadas, carvalho (foi quebrada em seu terceiro ano quando foi expulso de Hogwarts e presumivelmente mantido em um guarda-chuva cor-de-rosa).

    Habilidade Adicional: Resistente à algumas magias, incrível força e um porte imenso.

    Aniversário: 6 de Dezembro.

    Sangue: Mestiço (pai trouxa, mãe giganta).

    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; Obra Animais Fantásticos e Onde Habitam, por J. K. Rowling,Newt Scamander ; e consulta ao site do Pottermore.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 06, 2016 9:21 pm

    Profa. Minerva Mcgonagall



    “Por que é que, sempre que alguma coisa acontece, vocês três estão envolvidos?”
    > Minerva Mcgonagall, Harry Potter e o Enigma do Príncipe.

    A atriz que transfigurou-se em bruxa...

    Dame Maggie Smith foi, de longe, a melhor escolha para atuar a Professora mais estilosa de Hogwarts, sem falar que ela já era uma grande fã da obra quando foi indicada para o papel. Em entrevista, Smith afirmou “É um livro maravilhoso para crianças. Quando foi lançado, pensei que seria fascinante fazê-lo. Fiquei muito interessada em ver como criariam essa mágica”.

    Maggie também já havia trabalhado anteriormente com Daniel Radcliffe em David Copperfield, e em outras obras acabou conquistando o Oscar de Melhor Atriz e de Melhor Atriz Coadjuvante, demonstrando ser, desde sempre, uma atriz britânica com um talento incrível para as telas, não apenas em Harry Potter, mas também em outros trabalhos de sua vida.

    A atriz descobriu o nódulo em seu seio em 2007, no período que filmava Harry Potter e o Enígma do Príncipe, lançado em 2009.
    Levando no bom-humor este momento trágico em que descobria o câncer de mama, a atriz brinca em uma entrevista: “Há vantagens no câncer, você sabe. Minha quimioterapia animou o departamento de maquiagem de Harry Potter porque a peruca fixava muito mais fácil sem um único fio de cabelo na minha cabeça.”.

    O que nos monstra que, além Daquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado, Dame Maggie Smith – ou Minerva Mcgonagall – superou e derrotou também o câncer, tendo atuado posteriormente em outros filmes.

    A atriz ainda revela que estava ansiosa para vestir a roupa de bruxa e colocar o chapéu, comentando “o que as pessoas não percebem é que trabalhos assim não surgem com muita frequência. A história estimulou a imaginação de todos inclusive adultos. E quantas vezes você anda por aí como uma bruxa com roupas fantásticas?”.

    ~*~

    Sobre a Professora de Transfiguração…

    Minerva Macgonagall é a professora mais querida e temida de Hogwarts, com sua conduta rígida perante as regras, sua postura sempre impôs respeito e inspirou alunos que aspiravam a grandeza, graças à sua inteligência, força de vontade, força ética e grande personalidade.

    A professora quase foi parar na Corvinal em seu primeiro ano em Hogwarts, colocando o chapéu seletor em um estado catatônico que raros alunos conseguiram em todos os muitos anos trabalhando para a escola.

    Ela também conseguiu se tornar Animaga, tendo permissão do Ministério da Magia para se transformar em uma gata malhada de prata sempre que tivesse vontade. Isso apenas demonstra a incrível capacidade mágica da personagem para com transfiguração, pois raríssimos bruxos conseguem se tornar animago.

    Diretora da casa da Grifinória, é ela quem responde pelos alunos da casa para o diretor ou outros professores caso eles desobedeçam a autoridade dos docentes ou as regras da escola. Sua decisão sempre é a final para os alunos da casa de Griffinfor, tendo sua autoridade com os mesmos ultrapassada apenas pelo diretor, no caso o próprio Alvo Dumbledore.

    Ainda é possível afirmar que a professora é uma verdadeira torcedora e admiradora do esporte Quadribol, sempre torcendo para que o time de sua casa vença o campeonato de quadribol, especialmente contra o time da Sonserina, e procurando sempre favorecer o time de forma neutra e justa, como quando Dolores Umbridge proibiu que o time de quadribol da Grifinória se reorganizasse, em Harry Potter e a Ordem da Fênix.

    Falando em Ordem da Fênix, a professora demonstra sua lealdade à Hogwarts, Dumbledore e – inclusive – à Potter fazendo parte da instituição fundada pelo diretor desde o primeiro ciclo de terror de Lorde Voldemort, lutando contra os comensais da morte e criatura das trevas.

    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Professora de Transfiguração, Diretora da Casa da Grifinória, Vice-Diretora de Hogwarts.

    Organização: Ordem da Fênix.

    Varinha: Fibra de Coração de Dragão, 9 polegadas e meia, rígida.

    Habilidade Adicional: Animago – Gato malhado (silver tabby cat).

    Aniversário: 4 de Outubro.

    Sangue: Mestiça (pai trouxa, mãe bruxa).


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site Potterish e o Pottermore.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 06, 2016 9:36 pm

    Neville Longbottom




    “Por que sou sempre eu?”
    > Neville Longbottom, Harry Potter e a Câmara Secreta.

    A harmonia entre ator e personagem...

    Matthew Lewis já era ator desde os 5 anos e começou a ler os livros aos seus 9 anos de idade, se tornando um verdadeiro fã da obra. Assim que terminou a leitura dos livros que já haviam sido lançados, Lewis disse para sua mãe que queria muito participar do filme e foi quando souberam que as audiências para encontrar o elenco para Harry Potter estavam sendo feitas por todo o país, viajando até conseguir um lugar nas audiências.

    Era tão fã de Harry Potter que teve momentos em que brincava de bruxo. “ Um amigo e eu colocamos roupões de banho para serem nossas vestes de escola”, explica ele, “ depois saímos, pegamos galhos para servirem de varinhas e disparamos feitiços um no outro o dia todo”.

    Matthew já fazia parte de uma companhia de atores infantis e, por sorte ou destino, a companhia foi convidada para enviar algumas crianças para fazer o teste e Lewis estava entre elas, conseguindo assim a chance que tanto desejava.

    O teste era simples: apenas recebiam um parágrafo do livro para lerem e depois iam embora.
    Passaram-se cerca de seis meses aguardando a resposta; “Eu tinha desistido. Tinha me resignado. Quem sabe da próxima vez? Minha mãe dizia para não me preocupar. Que iríamos tentar a parte dois, A Câmara Secreta. Então, telefonaram e perguntaram se eu gostaria de ir ao Leavesden conhecer o diretor e fazer um teste para o papel de Neville. Fiquei em êxtase.” Comenda Matthew.

    Os testes ainda estavam sendo feitos com outros atores e a cena era a que Neville enfrentava Harry pouco antes de irem em busca da Pedra Filosofal. Poucos dias depois receberam a notícia de que havia conseguido o papel. “Fiquei louco. Meu amigo Anthony estava em casa e pulamos sobre os sofás e fizemos a maior bagunça na sala”.

    Ainda, Lewis comenda como foi interpretar Neville: “Quando comecei eu não era tão diferente de Neville. Era tímido, não era um dos melhores alunos da turma e não queria falar em uma sala cheia, mas conforme ele foi ganhando confiança nas habilidades dele, eu também ganhei. É claro que levamos nossas experiências de vida para um papel, mas agora acho que, assim como há muito Matthew Lewis em Neville, fico feliz em pensar que Neville acabou indo parar em Matthew Lewis”.


    ~*~


    O Garoto que perdeu seu sapo e salvou a esperança de todos...

    “- Existe todo tipo de coragem – disse Dumbledore sorrindo. - É preciso muita audácia para enfrentarmos os nossos inimigos, mas igual audácia para defendermos os nossos amigos. Portanto, concedo dez pontos ao Sr. Neville Longbottom.”
    > Retirado da obra de J.K. Rowling, Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Neville é um dos melhores personagens da série de Harry Potter, e indiscutivelmente um dos mais importantes. Nos filmes não fica clara a participação constante dele ajudando o trio em várias de suas missões, porém ele está sempre presente em momentos de crise.

    Ele é filho de dois aurores e membros da Ordem da Fênix que foram torturados por Belatriz Lestrange, a comensal da morte mais maligna e fiel ao Lorde das Trevas, fazendo com que eles fossem internados no hospital St. Mungus por não serem capaz de voltarem ao estado mental normal. Sendo assim o garoto foi criado por sua avó, mãe de seu pai Frank, e sempre que possível visita seus pais no hospital.

    No primeiro ano, ele ajuda a casa da Grifinória a ganhar a Taça das Casas, desempatando a pontuação graças à sua performance impedindo Harry, Rony e Hermione que saísse à noite pela escola desobedecendo as regras e, novamente, colocando a casa da Grifinória em maus lençóis. Muitos acreditam que o fato dele ter ganho os dez pontos que levaram ao desempate fora apenas para que a Grifinória conseguisse ganhar a taça, porém é evidente nessa cena a lealdade dele à sua casa.

    No terceiro ano é ele quem perde o papel em que anotara as senhas que o quadro de Sir Cadogan – colocado temporariamente no lugar da Mulher Gorda – dava aos membros da Grifinória para entrarem em seu salão comunal e dormitório. Graças à essa ideia, ele garantiu que Sirius Black entrasse nos dormitórios para matar Rabicho, que estava transformado em Perebas na época.
    Pareceu muita asnice do garoto escrever as senhas de sua casa, no entanto foi a única forma que ele conseguiu driblar sua péssima memória e todas as senhas absurdas que o novo retrato inventava todos os dias.

    Segundo os filmes, durante o quarto ano, é Neville quem ajuda Harry a passar pela segunda prova do Torneiro Tribruxo, com a Guelricho. No entanto nos livros fora Dobby, o elfo doméstico que Dumbledore contratou após ele ser libertado dos Malfoy, quem sugeriu a planta após ouvir o falso Moody comentando sobre a erva com outros professores. Porém era verdade que Neville poderia ter dado a informação da Guelricho pois ele realmente ganhara o livro do Bartô Junior que continha essa informação, apenas não a dera porque Harry não pediu ajuda sobre a prova à ninguém.

    No quinto ano, Neville foi membro da Armada de Dumbledore (AD) e, inclusive, foi com Harry, Rony, Hermione, Gina e Luna para o Departamento de Mistérios ajudar o amigo a resgatar a sua profecia, lutando contra os Comensais da Morte incluindo a torturadora de seus pais Belatriz Lestrange.

    No sexto ano ele fora um dos únicos membros da AD que estavam presentes na Batalha da Torre de Astronomia, ficando de guarda do lado de fora da sala precisa aguardando Draco e, em seguida, lutando contra os Comensais da Morte.

    No sétimo ano ele foi simplesmente incrível. Neville já tinha ganhado o coração e a simpatia de todos após seus inúmeros feitos e demonstrações de coragem e auto-superação, mas em Relíquias da Morte ele se mostrou ser um verdadeiro soldado bruxo.
    Ele fora um dos alunos à voltarem para a escola quando Snape se tornou diretor de Hogwarts e fundou novamente a A.D. junto de Gina e Luna.
    Eventualmente ele se tornou o líder de todo o bando que eram contra as diretrizes do novo regimento da escola, ensinando os alunos – que queriam – a se defender dos professores que eram comensais da morte. Ele foi descoberto como sendo o líder da nova geração da A.D. e foi torturado pelos Comensais da Morte para que ele revelasse o esconderijo dos colegas e parasse com a rebelião, mas não conseguiram nada dele.
    Ao invés de desistir, Longbottom conseguiu encontrar a Sala Precisa novamente, passando a viver lá junto com outros membros da A.D. A Sala Precisa “criou” acesso à passagem secreta da escola que levava direto ao Cabeça de Javali onde passaram a conseguir comida com o irmão de Dumbledore.
    Fora dessa forma que Neville conseguiu levar para dentro dos muros da escola o exército contra Voldemort.

    Como se isso não bastasse para demonstrar a lealdade, coragem, bravura e nobreza do garoto, fora ele quem conseguiu retirar a Espada de Gryffindor de dentro do Chapéu Seletor e conseguiu matar a última (ou penúltima já que Harry era uma também) Horcrux de Voldemort: a cobra Nagini.

    Uma pessoa que começou o seu curso em Hogwarts perdendo a sua Lembrol e sendo absurdamente péssimo em Poções, Transfiguração e Feitiços se mostrou ser o membro mais valioso da Armada de Dumbledore, um amigo leal e um soldado honroso em batalha.

    Afinal, o Chapéu Seletor nunca erra a escolha da casa dos alunos e, embora Neville se sentisse intimidado por ser selecionado para a Grifinória, implorando para ir para a Lufa-Lufa, ele se mostrou ser um dos alunos que mais honraram a memória de Godric Gryffindor.

    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Aluno de Hogwarts.

    Organização: Armada de Dumbledore

    Varinha: Primeira varinha foi herdada de seu pai. A segunda varinha era de 13 polegadas, madeira de cerejeira, com pelo de unicórnio.

    Habilidade Adicional: Herbologia

    Aniversário: 30 de Julho.

    Sangue: Sangue-Puro.


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore e da wikipédia fornecida pelo Potterish.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 06, 2016 9:42 pm

    Draco Malfoy



    “Meu pai vai ficar sabendo disso!”
    > Draco Malfoy, Harry Potter e o Cálice de Fogo.

    O ator que não conhecia a obra...

    Impertinente desde o momento em que fizera o teste para o papel do filme, Tom Felton se mostrou um preciso sonserino desde o começo.
    O ator confessa que não havia lido nenhum dos livros e sequer conhecia a história quando foi fazer o teste para entrar no filme e admite que fizera teste primeiro para o Harry e o Rony antes de descobrir a sua verdadeira casa.
    “ Fui participar das audições abertas e a equipe de seleção de elenco perguntava a cada criança que cena do livro ela mais queria ver no filme. Estavam a duas crianças de mim quando percebi que não tinha uma cena porque não havia lido os livros. Um garoto bastante entusiasmado ao meu lado falou que era louco pelo Gringotes e os duendes, que queria ver os galeões. Aí, repeti o que ele disse. Na hora, Chris Columbus sentiu que eu estava mentindo. Acho que ele achou divertido e marcou meu rosto em sua lista de possibilidades de elenco.”, comenta Tom.

    Durante os testes, pintaram o cabelo de Felton de preto e desenharam uma cicatriz em sua testa para ele fazer o teste para Harry. O diretor havia considerado o fato de Tom já ter sido cantor e ator desde os 8 anos, incluindo com um agente, fazendo-o se destacar entre os jovens que faziam o teste. Era quase um ator experiente aos 11 anos e isso favoreceu o seu lado. No entanto ele não parecia se encaixar no papel de Harry.

    Mesmo assim Felton estava obstinado a ter um papel no filme. Fosse como Harry, Rony (“Hermione”, brinca o ator, “Não mencionei isso?”), chegando a ter até pintado o cabelo de vermelho para o teste do jovem Weasley, em vão.
    Columbus também dividia o desejo de encaixá-lo na obra. “Chris me queria em algum lugar, mas não sabia onde me colocar. Então ele me filmou como uma criança triste e cheia de raiva, o que pareceu combinar perfeitamente comigo.”, comenta Tom.

    O ator precisava pintar o cabelo semanalmente e isso se mostrou ser extremamente cansativo para o ator que pediu para usar uma peruca durante o filme de Harry Potter e o Cálice de Fogo. A equipe cedeu, porém não obteve um resultado tão bom quanto nos outros filmes como cabelo tingido, e decidiu que ter o tratamento no cabelo não era, afinal, algo tão ruim se comparado com a qualidade que se conseguia depois.

    Tom Felton foi um dos muitos atores que acabaram levando consigo a varinha como recordação das filmagens de Harry Potter. “Warwick Davis (Professor Flitwick) e eu tivemos uma conversa sobre isso um dia”, relembra Tom. “ Nós nos perguntamos: o que pegaríamos se pudéssemos levar uma ou duas coisas? O primeiro pensamento de nós dois foi nossa varinha.”.


    ~*~

    O Draco que conhecemos...

    Draco é o único filho de Lúcio com Narcissa Malfoy, sendo criado totalmente no mundo bruxo e aprendendo que os mestiços e os nascidos trouxas são escória e uma vergonha para todo o mundo mágico.
    Herdeiro de uma linhagem puríssima de sangue e de uma família bruxa poderosa e rica, Draco acabou se tornando uma criança arrogante e com ilusão de grandeza, procurando demonstrar isso sempre dentro da escola de Hogwarts.

    É conhecido também por ser o rival de Harry Potter, sempre atrapalhando os planos de bruxinho, colocando-o em encrencas e, ainda, sendo um inimigo direto quando ele se juntou aos comensais da morte.

    Porém Draco Malfoy não era tão ruim quanto o seu pai, Lúcio, esperara que ele fosse. Draco mostrou uma redenção – talvez quando percebeu que estava em uma verdadeira enrascada unindo-se aos Comensais da Morte – que podemos ver, por exemplo, quando Harry teve seu rosto transfigurado e levado até a Mansão dos Malfoy onde Draco precisou reconhecê-lo e não o fez, dando ao grupo uma chance de fugirem.


    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Sonserina.

    Ocupação: Aluno de Hogwarts, apanhador da Sonserina, membro da Armada Inquisidora e Monitor da Sonserina.

    Organização: Comensal da Morte.

    Varinha: Pelo de Unicórnio, Hawthrone (árvore), precisamente 10 polegadas.

    Habilidade Adicional: (além de ser irritante?) nenhuma.

    Aniversário: 5 de Junho

    Sangue: Sangue-Puro.


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore e do Potterish.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Sex Out 07, 2016 3:51 pm

    Harry Potter







    “Eu sou o Harry. 'Só' Harry.”
    > Harry Potter, no filme* Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    O menino sem a cicatriz...

    Dan Radcliffe quase não foi o nosso Harry porque seus pais estavam preocupados com o menino e recusaram todas as investidas de David Heyman e o roteirista Steve Kloves.
    Sem saberem que Chris Columbus já tinha interesse em Dan quando ele o assistiu em David Copperfield, um dia Heyman e Kloves foram assistir à uma peça de teatro e acabaram encontrando o agente Alan Radcliffe, que apresentou educadamente sua esposa e seu filho Daniel ao produtor que, imediatamente, ficou encantado e enfeitiçado com os olhos do menino e em como ele era educado e gentil.
    “ Às 9 horas da manhã seguinte, telefonei para Alan, perguntei sobre o filho dele e ouvi que não queriam o Dan nisso, mas que me encontrar talvez tivesse sido um sinal. Perguntei se poderia levar o garoto para conhecer o Chris, mas Alan me falou para tomar um chá com Dan primeiro. Então, nós nos encontramos no meu escritório e fomos ao café em frente. Ficamos do lado de fora, Dan, eu e a mãe dele. Conversamos  por mais de 2 horas e ele foi encantador. Brilhante, curioso, meigo e recatadi, o que era um aqualidade importante”, comentou Heyman.

    Somente após o direto deixar claro para Alan que compartilhavam o desejo de manter Dan em segurança foi que o pai do menino autorizou que Dan fizessse os filmes.
    Dan Radcliffe finalmente fez o teste para o papel de Harry Potter. “Eu só fiz umas três ou quatro audições quase no final. Outro dia, assisti às fitas e foi engraçado porque eu estava diferente de como me apareço no primeiro filme. Era bem mais jovem e usava cabelo curto. E era muito meigo. Mas acho que foi isso que me destacou. Como não era tão bom ator como Emma e Rupert, o motivo de ter conseguido o papel foi parecer confiante, como se tudo aquilo não me afetasse Não parecia preocupado com o fato de estar na frente de uma câmera com um diretor americano que nunca tinha visto.  Fiz meu primeiro teste só com o Chris; depois com Emma e outro garoto e, por fim, com Rupert e Emma. Acharam que tinha dado certo que podiam ficar com a gente”.

    Esse último teste, com os três juntos, foi o marco principal para a escolha de todos. Diferentemente do resto do elenco, o trio precisava ser avaliado juntos e não só individualmente. Quando viram o resultado ficaram encantados em como o trio, unidos, cativavam à todos.

    Finalmente haviam conseguido. Mesmo com Dan admitindo não ter lido todos os livros até então, acho que isso, assim como toda a trajetória até então, seria mais uma mostra de como Harry Potter “passa por cima das regras”.

    Durante as primeiras filmagens, Harry apresentou uma forte alergia ao material com que foi feito seus óculos primeiramente (níquel), assim como não foi possível usar lentes de contato da cor verde (Daniel Radcliffe possui os olhos azuis, porém Harry é descrito nos livros como tendo olhos verdes).

    Dentre todas as coisas que Harry pudesse levar consigo de lembrança, ele decidiu levar consigo foram os óculos usados nas primeiras e últimas cenas em que interpretara. Talvez a razão dele não ter escolhido a varinha tenha sido porque ele usou aproximadamente 70 varinhas diferente durante todas as filmagens.

    ~*~

    O Eleito...

    Harry Potter é o bruxo mais adorado e, talvez, o mais sofrido e perturbado dentre todos os personagens da série da J.K. Rowling.
    O que para muitos pode ser considerado sorte ter derrotado o lorde das trevas ainda bebê, foi algo de grande peso para o menino, que ficara órfão na mesma noite em que fora recolhido dos escombros de sua casa por Hagrid.

    Harry viveu a sua infância na casa de seus tios, onde era surrado por seu primo e os amigos dele, intimidado na escola, e tratado por seus tios como um elfo doméstico. Muitas vezes, porque seu primo havia inventado alguma mentira do que Harry poderia ter feito à ele ou exposto na escola, o pequeno bruxo ficava trancado em seu quarto – um armário de vassouras debaixo da escada – sem comer absolutamente nada.

    Quando conheceu Hagrid achou que tudo isso melhoraria, porém descobriu que tem uma certa inclinação para atrair bruxos das trevas, especialmente os ligados à Lorde Voldemort. Logo em seu primeiro ano, Harry precisou enfrentar inúmeros feitiços, criaturas, plantas assassinas e poções que poderiam tê-lo matado para impedir que Voldemort tomasse a Pedra Filosofal.

    No segundo ano Harry precisa enfrentar novamente o bruxo das trevas graças à uma memória presas em um diário da época em que Tom Riddle estudou em Hogwarts. Ele reabriu a câmara secreta de Salazar Slytherin, um dos fundadores da escola, que mantinha nela um imenso basilisco. A criatura tentou matar inúmeros estudantes e Harry, novamente, sentiu a necessidade de intervir, indo até a Câmara Secreta, matando a criatura e destruindo a memória de Riddle.

    Durante o terceiro ano, a ameaça veio diferente para Harry. Ele precisou enfrentar Rabicho, um dos seguidores do Lorde das Trevas, descobrir que o assassino procurado pelo Ministério era o seu padrinho e que o melhor professor de DCAT que ele já tivera desde então era um lobissomen.
    Também descobriu que seus pais foram mortos por uma traição de um dos melhores amigos de seu pai.

    Pensando que não poderia ficar pior o seu quarto ano na escola de magia e bruxaria certamente foi um dos piores anos que Harry enfrentou. Durante o Torneiro Tribruxo da escola, o nome de Harry juntou-se aos campeões das escolas onde ele e Cedrico Diggory dividiam a honra de Hogwarts. Cedrico sempre fora uma pessoa boa e leal da Lufa-Lufa e, embora Harry tivesse uma certa aversão ao garoto por ter ganho o jogo de quadribol no ano anterior enquanto Potter fora atacado pelos dementadores, o lufano certamente não merecia o seu destino.
    Ao final do torneio, Harry e Cedrico foram parar em um cemitério onde Diggory foi assassinado sem tempo para reagir por ordem de Lorde Voldemort que ressuscitou naquela noite e quase assassinou Harry também.

    Durante o quinto ano, o “menino que sobreviveu” mais de uma vez em combate contra o Lorde das Trevas foi taxado de mentiroso por todos os jornais, onde a notícia era que ele queria chamar a atenção e manter a fama de que sobrevivera contra o Lorde das Trevas após um segundo encontro pessoalmente. Para piorar as coisas, Dolores Umbridge se tornou de professora à diretora da escola, expulsando Harry do tome de quadribol, confiscando sua firebolt, e tornando a vida dele e dos demais estudantes e professores insuportável.
    Mais uma vez durante esse ano Harry enfrentou os Comensais da Morte no Departamento de Mistérios no Ministério da Magia e, em meio à esse combate, Harry assiste à mais uma morte: Sirius Black, seu padrinho, fora assassinado por Belatriz Lestrange.
    Como se isso não fora sofrimento suficiente, após o combate de Dumbledore e Voldemort no Ministério da Magia, Harry é possuído pelo Lorde das Trevas.

    O sexto ano de Harry iniciou tenebroso sem o seu padrinho, mas a onda de desgraça da vida do bruxo ainda não cessara. Após um ano muito difícil psicologicamente e sofrendo pressão por ser O Eleito, Harry parte em missão com Dumbledore para resgatar uma das horcrux (O Medalhão de Slytherin) e, ao voltarem para o castelo, Draco Malfoy tenta assassinar Alvo Dumbledore. Porém, sem coragem de fazê-lo, Severo Snape simplesmente assume a responsabilidade de assassinar o maior bruxo que já estava enfraquecido por ter capturado a Horcrux.
    E dessa forma, Harry perdeu novamente uma figura protetora.

    O sétimo ano de Hogwarts foi o mais pesaroso e terrível da história do bruxo. Apesar da estrada sangrenta que o bruxo trilhou até então, Harry descobriu que as coisas realmente podem piorar.
    Quando Harry saiu da Rua dos Alfeneiros naquela noite, junto com Olho Tonto e uma equipe de aurores e membros da Ordem da Fênix, Edwiges, a coruja que harry ganhara no primeiro ano, fora assassinada, seguida por Olho Tonto Moody. Naquela mesma noite, Jorge sofrera um ferimento seríssimo, perdendo uma de suas orelhas.
    Harry, Rony e Hermione não retornaram para a escola naquele ano, dedicando seus esforços para destruírem as Horcrux. Rony e Harry se desentenderam e por um longo tempo o bruxo perdera mais um aliado, pois Rony partira da missão que compartilhavam.
    Muita coisa aconteceu. Luna fora raptada pelos Comensais da Morte, assim como Olivaras e um dos duendes de Gringotes, Grampo.
    Durante a Fuga da Casa dos Malfoy onde estavam aprisionados, Dobby o Elfo Doméstico fora assassinado.
    Depois disso, várias mortes se sucederam, sendo a maior parte delas durante a II Guerra Bruxa, em Hogwarts.
    Colin Greevey, Fred Weasley, Remo Lupim e Ninfadora Tonks.
    Surpreendentemente, a morte de Severo Snape foi uma das mais tristes da história de Harry Potter, incluindo para o próprio personagem que, após ver as memórias deixadas por ele em sua morte (com as lágrimas que foram levadas à penseira), Harry passou a entender melhor o professor e passou a admirá-lo, tendo um enorme respeito à sua memória.


    No meio de tanta desgraça, o bruxo ainda conseguira apreciar o lado bom de tudo o que acontecera. Sempre tivera ao seu lado grandes amigos (Hermione, a família Weasley, Sirius, Remo, Moody, Tonks, Minerva, Dumbledore, Neville, Luna…) e tivera o prazer de desfrutar bons momentos (os natais e férias n'A Toca, os Jogos de Quadribol, as brincadeiras dos gêmeos Weasley, as comemorações no Salão Comunal da Grifinória, o beijo com Cho e o namoro com a Gina, as visitas à Cabana de Hagrid, as várias vezes que ficaram na beira d'O Lago em Hogwarts vendo a Lula Gigante nadar…).

    Afinal, ele arranjara uma forma de encontrar a Luz em todas as Trevas que viveu em sua vida.
    Amizade, amor, companheirismo, lealdade, bravura, nobreza, honra e muito mais o tornou mais forte para superar e vencer todas as batalhas que surgiram.

    “- Harry, você é um grande bruxo, sabe?
    - Não sou tão bom quanto você – disse Harry, muito sem graça, quando ela o largou.
    - Eu! Livros! E inteligência! Há coisas mais importantes, amizade e bravura (...)”

    >Retirado da obra de J.K. Rowling, Harry Potter e a Pedra Filosofal.


    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Aluno de Hogwarts, apanhador da Grifinória, capitão do time de quadribol da Grifinória.

    Organização: Armada de Dumbledore.

    Varinha: Azevinho (Holly), Pena de Fênix (Folkes), onze polegadas, agradável e flexível, que compartilha o núcleo com a varinha de Voldemort. Posteriormente será o último possuidor da Varinha das Varinhas, porém mantém a primeira que nunca perdeu sua lealdade por ele.

    Habilidade Adicional: Ofidioglota.

    Aniversário: 31 de Julho

    Sangue: Mestiço. (Harry é filho da linhagem Potter, que é de bruxos puro sangues. Porém também é filho de uma Evans... Lílian nascera trouxa e, por isso, Harry - assim como os dois maiores bruxos daquela era - é um mestiço).


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore ;e dos livros Harry Potter e a Pedra Filosofal e Harry Potter e as Relíquias da Morte.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 20, 2016 10:05 pm

    Ronald Weasley



    “A propósito sou Rony, Rony Weasley”
    > Ronald Weasley, Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    O menino por trás das sardas...

    Rupert sempre adorou teatro desde muito criança, fazendo parte de todas as peças que tinha na escola e também participando de um grupo de teatro fora do horário das aulas.
    Grint é o mais velho de cinco irmãos e foi quando suas irmãs começaram a ler os livros de Harry Potter que ele começou a se interessar pela história. Finalmente viu na televisão que estavam realizando testes para o elenco do filme e pediu autorização para sua mãe para tentar uma vaga para os testes.

    O procedimento padrão para os testes era enviar uma foto e uma carta de apresentação para o diretor de elenco. Porém Rupert, que queria muito fazer o teste para o Rony e aproveitar seus cabelos ruivos naturais, fez mais do que isso.
    Vestiu-se como o seu professor de teatro e gravou nada menos que um vídeo. Ainda ambicioso, ele não apenas listou suas qualidades, como optou por realizar o vídeo apresentando sua inédita qualidade como rapper.
    “Eu fiz um rap com informações básicas sobre mim e o quanto queria fazer parte de Harry Potter. Sempre quis o Rony. Nunca quis ser mais ninguém. E recebi um telefonema do diretor de elenco”, comenda Rupert.
    Columbus ainda comenta “Nós o chamamos e descobrimos que Rupert era muito tímido, mas tinha uma qualidade diabólica e travessa, e seu rosto expressava todas essas emoções. Ele tem um maravilhoso senso de humor, mas também sentimentos profundos. E se sentia como um dos filhos Wasley. De imediato, todos o escolhemos para ser o Rony”.

    Depois do sucesso de Harry Potter, o trio de crianças se destacaram de várias formas por todo o mundo.
    Emma conseguiu um cargo na ONU e continuou trabalhando em longas, Daniel conquistou fortuna e continuou em outras filmagens e peças de grande escala, já Rupert Grint optou por seguir um caminho mais calmo.
    Rupert sempre divulgou seu incômodo com a mídia e nunca conseguiu se acostumar com a algazarra da fama.

    Ainda hoje Grint é visto na área cinematográfica, fazendo trabalhos de dublagem em algumas animações, e principalmente realizando trabalho como cantor.
    Ele não fica para trás dos grandes músicos, tendo feito inclusive música para a trilha sonora de alguns longas.
    Para acompanhar o trabalho de Rupert Grint, acesso o seu canal do youtube

    ~*~

    O esfomeado melhor amigo...

    Rony Weasley é um bruxo de uma linhagem puríssima de sangue e o penúltimo filho de Molly e Arthur Weasley.
    Rony conhece Harry logo na plataforma de King's Cross e desde então dividem as mais diversas aventuras.
    Ele é caracterizado principalmente por ser temperamental, esfomeado e até um pouco lento irritando um pouco Hermione, que sempre acaba discutindo com o amigo.

    Ele sempre se sentiu intimidado pela expectativa de sua família sobre ele desde que entrara em hogwarts. Seus dois irmãos mais velhos, Gui e Carlinhos, se formaram com louvor sendo ambos monitores em Hogwarts e ainda Carlinhos ter sido um dos melhores apanhadores do time da Grifinória.
    Percy fora, durante um longo tempo, orgulho para a família, chegando a Monitor Chefe em Hogwarts. Ao se formar, ele conseguiu um emprego junto ao gabinete de Fudge se tornando cada vez mais ridículo a cada mês que passava.
    Ele realmente chegou a sair de casa e a fingir que sua família não existia quando todos apoiaram a história de Harry e Dumbledore de que Lorde Voldemort havia voltado e assassinado Cedrico Diggory. Inclusive, mandando cartas para que Rony desfizesse a amizade com o bruxo e rejeitando todos os presentes de aniversário, natal e páscoa que a Sra. Weasley enviava para ele.

    Os gêmeos Jorge e Fred não intimidavam tanto assim Rony. Eles eram diferentes do resto da “impecável família de monitores” porque não gostavam do regulamento da escola tanto quanto deviam. Mesmo assim, Fred e Jorge eram batedores esplêndidos do time da Grifinória o que, inegavelmente, era o suficiente para pressionar Rony a entrar para o time.

    Incrivelmente ciumento, Rony realmente passa a evitar sua irmã e se manter em pleno mau humor sempre que Gina se enroscava em algum namoro. Esse ciúme se estendia também para Hermione quando ela é convidada para o Baile de Inverno durante o quarto ano pelo apanhador e aluno da Durmstrang Vítor Krum.

    Porém, apesar desses pequenos defeitos que mais caracterizam a personalidade do personagem, Rony é o melhor amigo de Harry e super companheiro de Hermione, sempre ficando do lado dos dois, até mesmo quando seu gênio o aconselhava a se afastar. Rony é leal e companheiro, entrando em todas as enrascadas do seu amigo durante as inúmeras desventuras de seus amigos.


    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I ; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Aluno de Hogwarts, goleiro da Grifinória e Monitor.

    Organização: Armada de Dumbledore.

    Varinha: Primeira varinha (herdada do irmão Carlinhos): 12 polegadas, freixo, pelo de unicórnio ; Segunda varinha: 14 polegadas, salgueiro, pelo de unicórnio.

    Habilidade Adicional: Excelente em Xadrez de Bruxo (e melhor amigo de Harry Potter).

    Aniversário: 1 de Março.

    Sangue: Sangue-Puro.


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore e do Potterish.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Qui Out 20, 2016 10:34 pm

    Fantasma : Frei Gorducho




    “Perdoar e esquecer, eu diria, vamos dar a ele uma segunda chance...”
    > Frei Gorducho, Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    O ator ainda vivo...

    Pouco consegui saber sobre o ator Simon Fisher-Becker, além dele ter interpretado o fantasma do Frei Gorducho em Harry Potter e a Pedra Filosofal.
    O ator também participou de filmes como Os Miseráveis.
    Também é possível afirmar que ele possui um cônjuge Tony Dugdale desde 2006, tendo atualmente os seus 54 anos, ainda não desistiu do cinema.

    Uma pena o ator não ter aparecido nos outros filmes com o Frei.


    ~*~

    O fantasma mais simpático de Hogwarts...

    Sabe-se muito pouco sobre o fantasma antes dele habitar Hogwarts.
    Nascido no final do século X, o agora chamado Frei Gorducho, foi selecionado para a a casa da Lufa-Lufa em Hogwarts.
    Porém, antes de concluir o ensino na escola, ele decidiu entrar para uma religião trouxa onde passara a ser frade.

    Muitos bruxos na época não gostaram da atitude do bruxo, pois sua nova reigião exigia que ele mendigasse em nome dos menos afortunados e isso, diante dos olhos dos bruxos nobres e de linhagem pura, era uma vergonha para a comunidade bruxa.

    Para felicidade dos bruxos, o Frei Gorducho não desempenhou o seu papel na igreja por muito tempo. Determinado que era para ajudar as pessoas doentes e mais pobres, ele fora visto curando varíolas com o que parecia ser um pedaço de graveto – sua varinha – e fora acusado de bruxaria.

    Não se sabe bem a razão, mas um dos fundadores de Hogwarts desempenhara o papel de executar o bruxo, para que ele não enfrentasse a igreja e nem a jurisdição trouxa da época. Ao menos é o que foi possível compreender dos relatos deixados.

    De qualquer maneira, agora que o frade encontra-se morto, ele vive dentro do castelo de Hogwarts sendo o fantasma da casa da Lufa-Lufa. Aparentemente a bondade e a vontade que possuía de ajudar à todos não morreu junto de seu corpo, na verdade ele empenha-se em sempre ajudar os alunos, mesmo que curiosamente aponte o lado errado para os alunos da Sonserina e quase nunca os auxilia com problemas.


    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Casa: Lufa-Lufa.

    Ocupação: Fantasma de Hogwarts.

    Organização: Clube dos Fantasmas.



    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore.
    Aythusa
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4216
    Reputação : 2

    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Aythusa em Sex Out 21, 2016 12:54 am

    Alvo Dumbledore



    “Não tenha pena dos mortos, Harry, tenha pena dos vivos. Especialmente àqueles que vivem sem amor”.
    > Alvo Dumbledore, Harry Potter e as Relíquias da Morte.

    Dois atores em um papel...

    Todos da equipe de filmagens concordavam que o ator de Dumbledore deveria ser alguém notável, que realmente vivesse uma fama mesmo fora das telas. Para tanto, escolheram um grande e famoso ator Richard Harris que, curiosamente, já era íntimo de David Heyman. “ Meu pai foi agente de Richard. Ele é meu padrinho. Até chegou a morar conosco. Queríamos um ator que tivesse distinção. Richard tinha uma força real e parecia ameaçador, mas também era brincalhão, com um brilho nos olhos”, comenda Heyman.

    O ator sempre acreditou viver como artista plenamente, tornando-se tão conhecido por suas confusões fora da tela como pelo seu trabalho no cinema. E ele de fato conseguiu. Harris sempre foi a personificação da rebeldia, de fugir do planejado. Para ele foi muito difícil assinar o contrato de filmagem para Harry Potter porque precisava concordar que fariam os sete filmes e isso, para Richard, era muito tempo “preso” à uma mesma coisa.

    Dan Radcliffe relembra sua história favorita de Richard Harris: “Ele disse à esposa que ia sair e só voltou um mês depois. Quando ela abriu a porta com o rosto vermelho de raiva, ele apenas perguntou por que não tinha pago o resgate. Essa é uma das melhores desculpas já inventadas”.

    Talvez fora por causa do extenso contrato, mas Harris não pensou em aceitar o papel logo de cara, comentando em entrevista: “ Fui convidado para o papel de Dumbledore e não ia aceitar por várias razões. Então, minha neta Ellie me telefonou e disse que, se não interpretasse Dumbledore, nunca mais falaria comigo. Eu não tive escolha.”

    Em seguida continuou falando sobre o papel. “Acho que foi o papel mais difícil que já interpretei. A presença de Dumbledore é constante nos livros, emora não seja visto o tempo todo. Ele é uma figura muito importante nas histórias e eu precisava encontrar um ritmo nesse diálogo lindamente escirto, para ser capaz de desempenhar o papel”.

    Richard se encantou com o Rupert quando o conheceu. Quando eles encenaram uma passagem do roteiro, Rupert comentou “Sr. Harris, sua leitura foi muito boa, você vai se sair bem nesse papel!”. Pego de surpresa pela reação da criança ruiva que estava à sua frente, ele admitiu “É esse tipo de magia que está no filme todo”.

    O ator interpretou Alvo Dumbledore nos dois primeiros filmes da série. Porém, ao final do segundo filme, ele foi assolado por uma infecção e, ao ir para o hospital rapidamente, foi diagnosticado com câncer dos nódulos linfáticos.
    Ele iniciou o tratamento de quimioterapia e estava reagindo bem durante os dois meses seguintes. Todo o elenco aguardou que ele se recuperasse, especialmente Heyman, mas ao final de dois meses após iniciado o tratamento o ator veio a falescer.

    O choque da morte do ator foi muito grande. Todos no elenco, produção, e equipe se afundou em intenso luto. Especialmente para David Heyman que não perdeu somente um ator de sua obra, como também perdera seu padrinho e amigo.

    No entanto as filmagens não podiam atrasar mais e não poderiam mais procrastinar o fato de que precisavam de um novo ator. Chris Columbus já havia abandonado a direção do filme, sendo substituído por Alfonso Cuarón.

    Michael Gambon era um ator diferente de Richard em vários aspectos e ele trouxe um ar mais “descolado” para Dumbledore. Criando uma performance própria, recusando-se a ler os livros de Harry Potter.
    “ Os atores podem ficar tristes quando leem o livro e percebem que a cena deles foi cortada. Não é por aí. Você lê o que está no roteiro e faz. Sou apenas eu co o sotaque irlandês de meu pai, vestindo roupas mais leves e sendo o que o roteiro diz que devo ser”, comenta Gambon.

    Talvez fora por essa a razão da mudança que tantos fãs do bruxo sentiram quando perdeu o primeiro ator que era mais calmo e sereno que Gambon. O ator desde o inicio impôs que era um ator diferente, uma pessoa completamente diferente, e mesmo que atuassem o mesmo papel, não poderiam jamais ser a mesma pessoa, ou possuir a mesma personalidade.

    E pareceu que deu certo.
    Gambon acabou se tornando o dumbledore de todos os filmes que se seguiram.

    ~*~

    O Mestiço que derrotou os bruxos mais poderosos de sua época...

    Pouco se sabe do passado de Alvo Dumbledore.
    Segundo contam os relatos de Batilda Bagshot, Elifas Doge, Aberforth Dumbledore e as fofocas de Rita Skeeter, Alvo nem sempre fora o grandioso e bondoso bruxo que Harry Potter conhecera.

    Kendra Dumbledore, sua mãe, nascera trouxa e seu pai fora um bruxo que causara grandes problemas, chegando a assassinar trouxas, sendo aprisionado em Askaban por seus crimes. Ninguém sabe ao certo como as coisas aconteceram, mas durante o tempo de escola Alvo nunca negou de fato nem o crime e nem a culpa de seu pai, confidenciando isso à Doge quando entraram juntos em Hogwarts.

    Durante os anos que estudou em Hogwarts fora incontestável o talento e a amplitude do poder e inteligência do bruxo, sempre se destacando entre os melhores que a escola já teve. Aberforth, seu irmão, parecia não aprovar como o irmão gostava de se exibir, sempre vivendo à sombra de seu talento e para sempre sendo lembrado apenas como “o irmão de alvo”. Os dois, evidentemente, não se davam muito bem nessa época.

    Após a sua formação em Hogwarts, Alvo planejava viajar e ampliar seus conhecimentos nas várias áreas da magia, porém o falecimento precoce de sua mãe ocasionou na mudança de planos e Alvo precisou alterar seus planos e ficar para cuidar de sua irmã, Ariana, da qual ainda menos se sabe.

    Há suspeitas de que Ariana vivera trancada dentro de casa, pois Kendra tinha vergonha da filha que havia nascido sem a magia, comumente chamada de aborto. Naquela época, era comum as famílias bruxas esconderem o aborto do mundo mágico.
    Porém algo deu extremamente errado e Ariana acabou morrendo. Segundo relatos, talvez a menina fora assassinada pelas próprias mãos de Dumbledore, suspeita que se intensificou após o funeral da garota onde Aberforth quebrara o nariz de Alvo e passando a não falar com o bruxo por muitos anos.

    Também se sabe que Alvo tivera grande ligação com as magias das trevas, em sua ânsia e arrogância pelo poder quando era mais jovem, o bruxo acabou se aliando à Gellert Grindelwald, um poderosíssimo bruxo das trevas que inspirou uma época de terror por toda Londres.
    Grindelwald, sabemos hoje, empunhava a varinha-das-varinhas e fora atribuído à ele o símbolo das Relíquias da Morte (A capa, a varinha e a pedra filosofal). Ainda não sabemos se ele de fato possuía todos os itens das relíquias, porém sabemos que na batalha de Alvo Dumbledore com Grindelwald e 1945, Alvo derrotou o bruxo das trevas e passou, a partir desse momento, a se transformar lentamente no bruxo bondoso e sereno que Harry conheceu nos anos que se seguiram.

    Alvo passou a ser conhecido pelo seu imenso poder após ter derrotado o bruxo e, graças à sua extrema inteligência, capacidade e versatilidade em magia, fora inúmeras vezes convidado à ser o Ministro da Magia. Ele nunca aceitou. Desde a escola, informa Elifas Doge, ele sempre desejara lecionar e fora por isso que se dedicou para se tornar professor de transfiguração de Hogwarts em aproximadamente 1954~1956.

    Além disso, o bruxo conquistou o a Ordem de Merlin: Primeira Classe; pesquisou e concluiu os doze usos para o sangue de Dragão, contribuindo assim à toda a comunidade bruxa; e pelo trabalho alquímico realizado junto com Nicolau Flamel.
    Também fazia parte da Suprema Corte dos Bruxos, tendo contribuído em muito nas leis que vigoram no mundo bruxo.

    Como era de se esperar, Alvo se tornou diretor de Hogwarts e não tinha ambições ministeriais. Sempre levou seus conselhos ao Ministro da Magia e participou da Suprema Corte, além de ter fundado a Ordem da Fênix para derrotar Lorde Voldemort, possivelmente por já ter tido experiências com bruxos das trevas quando viveu e combateu com Grindelwald.

    Há muita coisa sobre o bruxo que não conhecemos ainda e que ficou em aberto durante os livros da saga do Menino que Sobreviveu, porém em breve saberemos com maiores detalhes o que aconteceu com alvo no período de 1926 (ano em que nasceu Voldemort) até 1991 (data em que inicia a jornada de Harry Potter).


    ~*~

    Primeira Aparição: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

    Aparições Adicionais: Harry Potter e a Câmara Secreta ; Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban ; Harry Potter e o Cálice de Fogo ; Harry Potter e a Ordem da Fênix ; Harry Potter e o Enigma do Príncipe, Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte I e Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte II.

    Casa: Grifinória.

    Ocupação: Fora primeiramente Professor de Transfiguração e, posteriormente, Diretor de Hogwarts e conselheiro da Suprema Corte dos Bruxos. Por um período também foi pesquisador, trabalhando junto dos estudos alquímicos com Nicolau Flamel sobre a Pedra Filosofal e descobrindo os Doze Usos do Sangue de Dragão.

    Organização: Ordem da Fênix.

    Varinha: Núcleo de Pelo de Testrálio, 15 polegadas (segundo o Pottermore). Depois conquistou a Varinha das Varinhas.

    Habilidade Adicional: Considerado por quase toda a comunidade o bruxo mais poderoso desta era.

    Aniversário: Apenas sabemos o ano, 1881. Morto em 30 de Junho de 1997.

    Sangue: Mestiço.


    Texto escrito sob consulta das obras: Harry Potter – Das páginas para a tela: a jornada completa das filmagens, por Bob McCabe ; O Livro dos Personagens de Harry Potter, por Jody Revenson ; e consulta ao site do Pottermore e do Potterish.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Os Personagens Importantes de Harry Potter

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Out 15, 2018 6:04 pm