Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    RAAM [CIDADE ESTADO]

    Compartilhe
    DynamiT
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 52
    Reputação : 0

    RAAM [CIDADE ESTADO]

    Mensagem por DynamiT em Qua Out 19, 2016 9:20 am

    A rainha-feiticeira de Raam, Abalach-Re, se auto-intitula a Grande Vizir. Ela vive em um grande palácio com paredes de marfim e telhados de alabastro construídos sobre um monte gramado supervisionando a cidade. Infelizmente a base do monte é cercada por uma série de poços, muros e proteções feias e complicadas, pois Abalach-Re é a mais insegura dentre todos os governantes. Quando eu fui a Raam, o povo falava sobre organizar uma rebelião e abertamente elogiavam a última tentativa de derrubar a sua rainha. (apesar de que isso tenha ocorrido a tempo suficiente para que nenhum deles tivessem sequer nascido, pois nenhum lembrava como isto terminou).


    Abalach-Re professa que é a representante de um poder maior, e garante que seus poderes são presentes deste ser misterioso. De acordo com a teoria de Abalach-Re, este ser misterioso a selecionou para vigiar a cidade de Raam e seu povo. Quando ela não estiver mais realizando esta tarefa a contento, este mesmo ser misterioso irá matá-la e definirá outro alguém para o cargo de Grande Vizir.

    Este é um dos contos mais originais que um rei-feiticeiro utilizou para legitimar o seu poder. Ao dizer que é apenas um humilde servo de um poder maior, e ao dizer que este mesmo ser autoriza o que ela está fazendo, Abalach-Re espera que o descontentamento de seus súditos não caiam sobre ela. Infelizmente para ela, o povo de Raam é mais esperto do que ela pensa. Apesar de praticar orações para o ser que ela se diz servir, e até mesmo chegarem a ir as cerimônias que os templários de Raam organizam para esta criatura mítica, poucas pessoas realmente acreditam em sua real existência. Ao invés, eles secretamente desprezam Abalach-Re por ser uma governante fraca por precisar destas artimanhas, e eles questionam a autoridade da Grande Vizir sempre que acham que podem sair ilesos.

    Como consequência, Raam é a cidade mais caótica que eu já visitei. Templários dificilmente dão as caras sozinhos nas ruas por medo de serem assassinados pelos nobres. Os nobres são pouco melhores que tribos de saqueadores. Cada nobre tem pelo menos um pedaço de terra com estradas, e seus guardas demandam um preço salgado para qualquer um que deseje atravessar a terra do nobre. As casas mercantes contratam pequenos exércitos de mercenários para defender seu empório de comércio de bandos de ladrões armados. A situação é tão ruim que os elfos são aceitos normalmente no níveis mais altos da sociedade como se fosse cidadãos de bem!

    Claro, são os escravos que sofrem mais sob estas condições. Porque a maior parte dos campos de Raam são mal cuidados e selvagens, comida é cara e difícil de aparecer em grandes quantidades. Consequentemente, escravos são alimentados somente quando for absolutamente necessário para os manter vivos – e mesmo assim somente se eles ainda forem necessários. Assim que a sua utilidade acaba, eles são enviados para a arena para enterter a turba enlouquecida com uma lamentável exibição de luta.

    A única coisa que evita que Raam seja atropelada por outra Cidade-Estado é a quantidade de pessoas que o seu exército pode agregar. Abalach-Re mantém um déposito de armas imenso sob seu palácio e, se desesperada, pode armar todos os cidadãos da sua cidade com um escudo de madeira, uma lança com ponta de pedra, e um mangual de espinhos de obsidiana. Claro, ela não fica muito ansiosa por colocar tanto poder nas mãos de uma população que claramente a despreza, mas, de qualquer maneira, a opção existe.

    MAPA:RAAM

      Data/hora atual: Ter Set 19, 2017 3:54 pm