Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Entresaga: A Arena

    Compartilhe
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7748
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Entresaga: A Arena

    Mensagem por Elminster Aumar em Sab Out 22, 2016 11:56 pm






    Shamak BearSek não se recorda exatamente de como tudo aconteceu. Ele havia saído de perto dos seus companheiros bárbaros da tribo dos Tigres Vermelhos para caçar em um território próximo, e depois disso há apenas fragmentos de sua memória... Houve uma luta com drows. Ele não se lembra de quantos eram, mas, sozinho, Shamak havia de alguma forma derrotado a maioria. Porém os malditos elfos negros possuíam um líder entre eles, um drow xamã, que com uma única magia, derrubou o humano. Por mais que Shamak tente relembrar o rosto do elfo que o inutilizou em combate, ele não consegue, como se houvesse um bloqueio impedindo-o disso.

    O bárbaro foi carregado durante alguns dias. Seus pedaços de memórias dizem que ele foi drogado durante todo o caminho, com alguma substância, maligna ou natural, que o deixava num estado de semi-consciência. Ele não se recorda do caminho que os drows tomaram, mas ele havia sido levado para o Subterrâneo das Fronteiras Prateadas, e depois, para uma cidade. Todos os detalhes se perderam em sua mente.

    Quando Shamak despertou de verdade, com a sua consciência restaurada, ele se viu num ambiente escuro, iluminado apenas uma luz arroxeada que vinha de algum corredor a frente. A primeira coisa que percebeu é que ele estava deitado numa espécie de cama dentro de uma cela. E em seguida, ouviu vozes bem próximas a ele. O humano não entendia nada do que elas diziam. Aos poucos, ele percebeu a presença de outras camas e outros seres ocupando a mesma cela que ele estava.

    Mesmo com a baixa iluminação, Shamak conseguia ver os traços de seus companheiros de cela. O primeiro era uma criatura tão grande quanto um armário, cheia de pelos e com dois chifres saindo do topo de sua cabeça taurina... ao mesmo tempo em que ele se parecia tanto com um minotauro, havia algo de diferente nele que dizia que ele não era um. O segundo ocupante da cela é um ser reptiliano, cheio de escamas. Tanto o homem-touro quanto o homem-lagarto conversavam entre si, enquanto um terceiro elemento se aproximava de Shamak.

    Era um goblin. Ele parecia bastante machucado e se locomovia mancando. O goblin cutucou Shamak com um pedaço de pau.

    - Ei, cê tá vivo? - O goblin surpreendentemente falava o idioma Comum. - Pensamos que tinham deixado um cadáver com a gente, dado o tempo que cê que ficou aí dormindo feito um porco.
    DynamiT
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 52
    Reputação : 0

    Re: Entresaga: A Arena

    Mensagem por DynamiT em Dom Out 23, 2016 8:53 am

    Shamak observa tudo ao seu redor, ainda um pouco desnorteado sua visão ainda se adaptando a baixa iluminação, com o pouco que vê ele já com sua mão direita tenta achar sua Maça enquanto a esquerda apoia sua cabeça. De fato ele não estava nada bem pois achava que um Goblin havia falado com ele.


    - Bruxinha filho de uma meretriz. Não sei o que eles me deram ou o que fizeram comigo, mas eu estou vendo um boi e uma lagartixa gigante e eu podia jurar que ouvi um Goblin falando - Diz Shamak pegando o graveto que o goblin usara para cutuca-lo e quebrando-o.


    Shamak ainda achando que estava vendo e ouvindo coisas devido a algo que deram para ele ou por algum efeito de magia. Sem nenhuma atitude hostil feita contra ele. Ele tenta se levantar, caminha em direção as suas supostas ilusões, em sua face tentando abrir um sorriso e com uma pálpebra bem levantada ele tenta ver se são reais mesmo.

    - Ai, você é bem grandinho... Uouuuu da pra sentir até o cheiro - Diz Shamak saindo de perto do "boi gigante" indo em direção a lagartixa.
    - E você?! Porque que eu ia ficar vendo uma lagartixa gigante? Eita você está gelado - Shamak vai se afastando se aproximando da grade.
    - Será que dá pra uma das mocinhas me dizer por que estou preso aqui?! e o que vocês fizeram pra eu ficar vendo e ouvindo coisas?! - Shamak ainda desnorteado e não acreditando na situação.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7748
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Entresaga: A Arena

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Out 28, 2016 9:59 pm


    Shamak não encontra a sua maça nem qualquer um dos seus equipamentos, e ao invés disso, ele arranca do goblin o pedaço de madeira e o quebra sem fazer qualquer esforço. O bárbaro então começa a se lembrar de quando foi capturado pelos elfos negros e aos poucos começa a compreender melhor o lugar em que estava. Aquilo não era um sonho nem ilusão, mas podia muito bem ser o inicio de um pesadelo.

    Ele faz brincadeiras com o homem réptil e o homem boi enquanto passa por eles e se aproxima da grade. O que se parecia um minotauro parece não achar graças de suas brincadeiras e solta um bufo pelo nariz enquanto o goblin parte com urgência em direção ao Shamak.

    - Escuta aqui, homenzarrão, para conviver com a gente aqui cê vai ter que respeitar algumas regras - dizia o goblin, abanando o dedo indicador no mais perto do rosto de Shamak que conseguia alcançar. - A primeira e mais importante das regras: não provoque o bafitauro. O último que fez isso acabou sendo devorado vivo.

    O goblin falava um Comum bastante bem, e isso surpreendeu Shamak. Era a primeira vez que ouvia uma criatura falar tão bem a sua língua. Ele olhou através da pequena grade quadrada que havia e tudo o que viu foi um corredor semi-escuro, iluminado por tochas cujo fogo - se é que era fogo - possuía chamas em tons arroxeados. Talvez fosse mágico. O goblin seguia falando:

    - Cê pode começar a se enturmar com a gente dizendo o teu nome e falando como cê veio parar aqui.
    DynamiT
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 52
    Reputação : 0

    Re: Entresaga: A Arena

    Mensagem por DynamiT em Sab Out 29, 2016 8:15 am

    Definitivamente, Shamak não estava drogado ou algo do tipo, e sim o Goblin estava falando com ele em um perfeito comum. O bárbaro não se intimidaria tão fácil, independente de quem estivesse com ele mas o momento dizia que ele precisava de informações e até onde parece o Goblin poderia ter algo pra contar a ele.

    Então com um choque de realidade Shamak, mesmo desconfiado dos outros, afinal são criaturas diferentes que ele nunca havia visto e não conhece sua natureza. O combatente começa a contar sua história, mas somente o que acha necessário.

    - Bem é... foi mal grandão e... a cara eu não sei o que você é e nem seu nome, mas foi mal também - Diz Shamak tentando se desculpar do seu jeito é claro.

    - Eu tinha saído pra caçar, mas não uma caça convencional onde todos os caçadores vão, eu decidi ir sozinho. Quando repentinamente saíram esses elfos do meio do nada, após um tempo de batalha hehehehe... dei uma surra neles, bando de bichinhas fracotes... Um deles apareceu e disse umas palavras estranhas e gritou CHEGA!!! Então acordei aqui. - Shamak conta a parte do combate com muita emoção e repudia quando fala que foi "derrotado" por uma magia e finaliza seu conto cuspindo no chão

    - Mas e você o que aconteceu para estarem aqui? qual o nome de você? Porque estamos presos aqui e não mortos?! - As duvidas surgem na mente de Shamak mesmo tento uma vaga ideia de onde esteja
    Shamak, se senta apoiando-se com as costas na parede, mas sem desviar sua atenção e sempre alerta sobre as criaturas que estão com ele.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7748
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Entresaga: A Arena

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Nov 04, 2016 8:06 pm


    O goblin ouve em silêncio a história contada por Shamak. O bafitauro e o homem-lagarto, por outro lado, parecem não dar-lhe muita atenção. Ao final da história, Shamak se senta no duro chão de pedra da cela. O goblin se aproxima dele.

    - Eu me chamo Nerók, e você não é o único aqui que foi derrotado por drows. - Mesmo sentado, o bárbaro ainda era maior que a pequena criatura. Nerók aponta para o bafitauro e depois para o homem-lagarto. - Chifre-Pesado e Thovárk também foram enganados por esses cretinos e trazidos até aqui.

    - Eles hão de morrer em minha fúria vingativa - diz o bafitauro de modo profético, falando pela primeira vez desde que Shamak despertara. Sua voz era grossa e meio enrolada, pois metade dela parecia sair pelas suas narinas de boi.

    Trovárk parece achar graça, e da a entender que ele também compreendia o idioma Comum. Nerók se volta novamente ao bárbaro.

    - A minha história é um pouquinho diferente... - começa ele. - Eu fui raptado por um grupo de mercenários e eles me venderam aos drows. Eu não sei nem se pode considerar que fui vendido, por que o líder humano do grupo não pediu nenhuma moeda em troca, o que eu achei estranho. Mas enfim... nada disso não importa agora, não é mesmo? A única coisa que importa é sairmos daqui, e precisamos arranjar um jeito de fazer isso rápido ou não sobreviveremos por muito tempo na arena.

    Nerók viu a confusão no rosto de Shamak quanto ao termo "arena" e tentou explicar.

    - A arena é o que nos mantém vivos aqui e não mortos. E ao mesmo tempo é o lugar que temos mais chances de morrermos... Os elfos negros nos estão usando para os seus próprios divertimentos, como se fôssemos seres insignificantes.

    Havia raiva na voz do goblin, que foi acompanhada por reação parecidas dos outros dois, especialmente do Chifre-Pesado, que soltou um longo bufo raivoso. Logo depois a conversa é interrompida por dois drows que se aproximaram das grades das celas. Eles falaram algo em seu idioma, e apesar de nenhum dos prisioneiros falar a língua dos elfos negros, todos sabiam o que eles tinham dito.

    Era hora de irem pra arena.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Entresaga: A Arena

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 19, 2017 3:58 pm