Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O GRANDE DESERTO

    Compartilhe
    DynamiT
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 52
    Reputação : 0

    O GRANDE DESERTO

    Mensagem por DynamiT em Seg Out 31, 2016 11:03 am

    O NAVIO DE AREIA


    Vocês estão dividindo espaço em uma sala de escravos com outros seres (cada um mais diferente que o outro) dentro de um gigantesco navio de areia puxado por Mekillots (São Artrópodes Colossais), todos estão amarrados por cordas nas mãos e nos pés. É dia o Sol está mais quente do que nunca, pequenos buracos de ar existem nas paredes, mas nada que dê para visualizar o lado de fora. O ar abafado e quente deixa a respiração lenta e difícil. O navio balança vagarosamente, uma vez ou outra um soldado leva comida e uma pequena porção de agua para vocês.

    Suas roupas são apenas trapos, mas nada muito diferente do que toda Athas, aliais um lugar muito quente, roupas com muito pano podem atrapalhar e até acelerar os efeitos de uma desidratação.

    As cordas que amarram vocês são de uma ótima qualidade, não são utilizados grilhões pelo simples fato de que o aço é um material raríssimo. Também é possível notar uma simplicidade nos guardas, suas “armaduras” na verdade são cascas de animais mortos e suas armas são feitas de pedra.
    Nesse momento não importa o que aconteceu, quem vocês são, de onde vieram ou o que costumavam ser, agora a única coisa que importa é sobreviver, e para tal precisam de um do outro pois é impossível um único ser sobreviver no grande deserto sozinho e todos têm consciência disso.

    Não sabem para onde estão sendo levados, se iram direto para trabalho escravo ou se serão vendidos, talvez até jogados na arena para diversão da população. Os guardas estão muito bem instruídos para não falar nada.

    Ilustração Mekillots:


    Ilustração Interior Navio de Areia:

    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1349
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Hellkite em Seg Out 31, 2016 7:15 pm

    Amandia sabia que a culpa era dela.

    Seria fácil culpar o destino, que por muitas vezes lhe havia trazido desgostos e tristezas, sendo algo inevitável como o vento que soprava areia nos olhos das pessoas. Não, a culpa por estar naquela situação era somente dela.

    Mas também sabia que não adiantava nada lamentar pela situação, isto ela sabia muito bem. Se chorar resolvesse alguma coisa, ela agora estaria junto a sua família. Não. Chorar era apenas desperdício de liquido vital.

    Amandia estava sedenta, como há muito não se sentia. Acostumada a controlar a temperatura de seu corpo com sua mente, era um problema que não a incomodava. Mas sabia que sua salvação dependia muito de manter seus trunfos guardados, e por isto não se atrevia a se dar a chance de ser descoberta como psion. Se algum guarda soubesse, com certeza não seria mantida em um cativeiro comunal.

    “Mestra, posso sair daqui?”, diz uma voz feminina em sua mente.

    Amandia mentalmente faz um sinal de não para a sua psycristal, que estava em seu bolso.

    “Crys, ainda estamos no cargueiro escravista. Fique boazinha ai, que logo sairemos daqui.”
    “Voce mente muito mal, mestra.”

    A psion suspira. Como mentir para uma parte de si mesma? Amandia testa as cordas atadas em sua mão, mas não consegue se soltar. E para que? Provavelmente apanharia por tentar fugir. Sozinha não conseguiria nada... Precisaria de ajuda...

    Amandia olha para os outros que ali estavam para ver se poderia encontrar alguém mais disposto a tentar uma fuga. Mas como sinalizar suas intenções?

    A humana com um grande esforço se levanta, e pulando aos saltinhos e dando pequenos passos ela se dirige ao guarda mais próximo. Ela dá um sorriso e fala, em voz alta para todos ouvirem.
    - Muito obrigada pela carona, mas vou ter que descer na próxima vila... Alem disso, poderiam me soltar? Fui presa injustamente, sou pessoa livre! Sou comerciante, e tenho negócios para resolver. Se me soltarem agora mesmo, saberei recompensa-los futuramente... – diz, alçando as sobrancelhas em tom de cumplicidade.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Lyvio em Ter Nov 01, 2016 9:43 pm

    E mais uma vez Anubarak é levado por mercantes para servir de diversão para os demais povos, lutando nas arenas das cidades do deserto.

    O insetóide passou a viver migrando de senhor a senhor cada vez que era comprado, e seu valor já estava bastante alto, afinal onde ele ia era o grande destaque e grande atração, nem ele sabia quantos tinha matado, ferido ou aleijado mas não tinha outra alternativa, ainda desejava um dia voltar para seu povo e isso é o que ainda instigava sua vontade de viver.

    Ele seguia sentado no seu canto observando os demais e percebe uma moça reclamar de algo dizendo que era comerciante e outras coisas absurdas para a situação, ele sorri e responde a moça:

    -haha...se cê ta aqui é pq cê não é comerciante...Cê era escrava de quem?
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1349
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Hellkite em Ter Nov 01, 2016 10:14 pm

    Diante do silencio dos guardas, Amandia volta seu olhar para o insectoide. Apesar de já ter encontrado com outros de sua raça durante suas andanças por entre as cidades-estado, era um tanto quanto enervante olhar para sua forma alienígena. De qualquer maneira, os thri-kreen eram tanto fortes como hábeis, e seria de grande valia ter um deles como companheiro.

    “Este kreen ate da risada”, comenta mentalmente Crys.

    “Deve ter passado muito tempo com os humanos. Estamos com sorte”, responde a psion.

    Amandia sorri de volta, e fala baixinho.
    - Voce está meio-certo... Não sou comerciante, mas também não sou escrava... Meu nome é Amandia, sou livre, e assim quero continuar sendo. E você?
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Lyvio em Ter Nov 01, 2016 10:51 pm

    Realmente, como a moça imaginou o kreen passou muitos anos convivendo com humanos e isso fez ele absorver muita coisa desse povo, a língua, até os gestos, não era fácil notar um sorriso por debaixo de suas presas, então se aproxima da moça e responde:

    -Cê tem um nome estranho...eu chamo Anubarak, eu sô escravo, já passei por muitos donos e esse é mais um, fui preso por um deles nu combate com outros de mim a muitos anos, e aprendi a vivê assim parecido com eles, eu querer me livrar e voltar pra minha tribu, já matei muita coisa pra não morrer.

    Dizia ele com semblante triste

    -Mas eu não ter raiva deles..só querer liberdade e volta pru meu povo. Eu lutar por isso.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Edu em Qua Nov 02, 2016 2:49 am

    -Hahahaha - dá um risa irônica a mul em pé num canto longe da garota que tentara persuadir o guarda a solta-la - Menina você pode tentar o dia todo persuadir o guarda a solta-la e você não vai sair de onde está. Esses guardas se deixarem algum escravo escapar são colocados no lugar da mercadoria que fugiu ou pior. A menos que você tenha como quebrar o pescoço de um deles e arrebentar uma dessas paredes, tu não vai sair daí.

    Anaska era uma mulher forte e alta. Não tinha a menor ideia de quem eram os seus pais, já nascera num cativeiro para trabalhar, conseguira escapar aquela vez quebrando o pescoço de um dos guardas, mas o azar a fizera cair nas mãos dos escravocratas de novo. Como uma clériga do fogo podia queimar aquelas cordas e livrar as suas mãos, mas precisava de um plano de fuga bem feito.

    - Quantos guardas seria capaz de matar Trikeen? - pergunta ela ao inseto gigante.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Lyvio em Qua Nov 02, 2016 11:44 am

    O Kreen se ergue, se fosse fácil perceber poderia se ver um sorriso de canto de boca em seu rosto, ele observa os soldados e olhando para a moça responde respirando fundo e enchendo o peito:

    -Desses aí...cinco duma vez hahaha...já matei cindo desses na arena, todos contra eu e armados eu sem nada, mas eu lembrar de um magricela que ele só deu muito trabalho pra eu...ai varia muito. Cê quer começa uma revolta é?

    Indagava o Insetóide que entendeu bem a indireta da moça, mostrando que era mais inteligente que o comum.

    E cê, quem ser?
    DynamiT
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 52
    Reputação : 0

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por DynamiT em Qua Nov 02, 2016 12:51 pm

    Um ser estranho com orelhas pontudas e seus membros alongados se intromete na conversa de vocês.

    - É sério isso?! HAHAHAHA!!! - Gargalha o Elfo com uma voz terrivelmente irritante;
    - Olha! Não tenho nada haver com a vida de vocês, mas vocês não tem nem ideia de onde estão e realmente estão pensando em fugir no meio do deserto sem nada?! - Nesse momento o olhar do estranho elfo muda repentinamente para uma feição de quem acabou de ter uma ideia
    - Hum... Por onde começar?!... Vocês, são agora escravos na caravana de Avram, saimos ao nascer do sol para Balic na estrada sul de Tyr. Avram, o mestre da caravana, é um homem metade-elfo de Balican e nos somos agora sua propriedade e tratado não melhor do que animais. Avram contratou guardas adicionais enquanto sua caravana está perto de Tyr, presumivelmente para que nenhum de seus bens tente aproveitar a "Cidade Livre". - E finalmente o Elfo parou para respirar
    - Acho que é tudo que sei! Como sei?! Talvez não saiba HIHIHIHIHHIHI... - E mais uma vez sua gargalha para repentinamente
    - A viagem para Balic ainda deve levar cerca de 15 dias. - Então o elfo encerra seu assunto e observa com um olhar de fanatismo para os que estão envolvidos na conversa.


    Vocês já estão a um tempo dentro desse lugar vocês reparam que ao anoitecer o Navio de Areia para em seu percurso, mas o vagão se move ao amanhecer novamente; Uma hora depois, cinco guardas (um parece ser algum tipo de psionico) traz alimentos para vocês inclusive água e verificam seus nós nas cordas. Eles retornam à noite com um litro de água adicional por escravo. Esta rotina nunca varia.



    OFF!!! Mapa da Rota Explicada:
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por hitoshura em Qui Nov 03, 2016 9:47 am




    Waller Donovan




    Donovan era uma figura imponente de um gigante silencioso, um homem com pouco mais que dois metros de altura, cabeça careca, barba rala no rosto, olhos negros e afiados, seu corpo era massivo, musculoso, com veias saltando por todos os lados. Muitos ali poderiam concluir que ele estava naquela vida há muito tempo, mas estas pessoas estariam erradas, aquela era sua primeira experiência tendo sua liberdade roubada de si, e era a pior sensação do mundo.

    Verdade seja dita, Waller era consideravelmente orgulhoso, orgulhoso de sua nação, orgulhoso de suas proezas físicas... Para o mesmo ter sido capturado de modo tão patético que ele nem lembrava era pior que estar preso em si. Até por que sair dali não iria demandar muito esforço de sua parte, mas e depois, o que faria no meio do deserto para sobreviver? Não, ele tinha que esperar pacientemente, aprender sobre o inimigo, quais seus numeros, quais seus hábitos, quais suas fraquezas. 15 dias era tempo suficiente.

    Ele havia observado outros capturados conversando previamente, mas decidira ficar calado naquele momento, sabia que confiar em estranhos era uma péssima idéia que normalmente acabava ruim para ele, mas ao passar dos dias, cada vez mais se convencia de que não tinha outra opção, sozinho suas chances eram baixas. Demorou bastante, mas o mesmo finalmente falou:





    --Eu sou Waller, Donovan Waller, mercenário. *Ele dizia sem revelar muita informação sobre si mesmo, preferia assim, aquelas pessoas eram só um meio para um fim* -- Diga-me, insetóide, esses dentes afiados cortam cordas?

    E então ele nada mais dizia, esperando pelos outros se manifestarem antes de continuar a falar qualquer coisa. Não havia se dado ao trabalho de aprender o nome daquela coisa dias anteriores, um erro, mas não podia fazer nada sobre isso agora.







    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Lyvio em Qui Nov 03, 2016 10:57 am

    Anubarak ouve o homem se apresentar e o indagar sobre o poder de suas presas, mais uma vez ele sorri e responde:

    -hahaha...até aço!

    Dizia ele orgulhoso de sí e de seu potencial e continuou:

    -Eu não cortá ainda pq achar que não deve, mas cê sabe que deve sê na hora certa, eu não cortá porque não quer.

    O insetóide era inteligente e analisava até a situação e o momento certo para fazer isso e para ele por enquanto esse momento ainda não chegou.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1349
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Hellkite em Qui Nov 03, 2016 6:40 pm

    Amandia acompanhou em silencio o restante da conversação, apenas acenando em concordância quando alguém falava. Além de Anubarak, o thri-kreen, haviam se juntado uma mul mal-humorada e um elfo tagarela. Logo após sua fala introdutória, cada qual foi para seu canto, para evitar chamar muita atenção.

    “Para um começo nada mal... Parece que voce esta melhorando no tratar com as pessoas, Amandia..”, comentou Crys, sua psycristal.

    Nos outros dias, a psion procurou obter mais informações, observando a rotina de alimentação do Navio de Areia. Um dos guardas parecia ter poderes mentais, e por isto Amandia procurava se manter longe dele, enquanto rastreava com seus poderes as mentes dos outros.

    Off::

    Read Thoughts nos outros guardas e nos outros escravos, buscando informações como vilas e cidades próximas, escravos traidores e coisas do gênero.

    Depois de alguns dias apareceu um mercenário, de nome Donovan, em meio as conversas do grupo que havia se formado. Amandia havia se simpatizado mais com Anubarak, que a impressionava com a maneira como emulava as emoções dos humanos, algo difícil tendo a sua face insectoide.

    Apoiada na parede, a ruiva sentia o suor lhe escorrer dos cabelos. O calor a incomodava. Limpando o suor com as costas da mão, ela diz em voz baixa:
    - Muito bem Anubarak! Melhor não fazermos nada que possa causar desconfiança. Quando chegar o momento certo, também irei ajudar... A minha maneira. Não consigo quebrar pescoços ou paredes, mas também tenho meus truques.

    Amandia olha para a mul como em resposta de sua fala a dias atrás, um olhar sem provocação, mas cheio de confiança.
    hitoshura
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 521
    Reputação : 0

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por hitoshura em Sex Nov 04, 2016 10:11 am




    Waller Donovan




    O enorme homem fitava o insetóide por alguns instantes, ele não tinha outra opção melhor além de confiar no mesmo, claro, ele poderia tentar forçar as cordas com força bruta, mas mesmo que o fizesse não seria capaz de dar conta de tantos inimigos sozinho, aquele teria que ser um trabalho em grupo ou seria suicídio sequer tentar.





    --Ótimo, você tem cérebro também. *Ele dizia sem a intenção de ser ofensivo, sem se tocar que não foi a melhor forma de dizer aquilo* -- Quando estivermos próximos de nosso destino sairemos daqui então. Eu também não preciso de armas para causar algum estrago, vamos aproveitar a carona até lá.

    E dito isso, ele estalava o pescoço e se deitava, não era o melhor dos planos, ele estava sem armadura nenhuma, seria alvo fácil para golpes dos inimigos, mas teria que ser suficiente, preferia morrer lutando por sua liberdade que como um escravo fazendo sabe-se lá o que nas mãos de sabe-se lá quem, seu orgulho jamais o permitiria viver daquela forma.







    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Edu em Sab Nov 05, 2016 9:08 pm

    - Eu me chamo Anaska, sou apenas uma mestiça qualquer, Tri-keen - respondeu ela para o gigante inseto.

    Continuou no mesmo lugar aonde estava apenas coçou a cabeça quando uma gota de suor escorreu. Prestou atenção quando o meio-elfo falou.

    - Realmente é verdade, faltam 15 dias para um cidade proxima, não vale a pena nem pensar fugir. Aqui pelo menos temos água - respondeu em meio a conversa.

    Saiu andando de onde estava chegando perto da garota e do inseto Anubarak. Saindo de meio a multidão, revelou a sua aparencia, uma mulher forte, careca e alta. Não era feia, tendo uma aparencia mais exotica, mas era dificil de imaginar que fosse para no harém de alguém, pois poderia facilmente quebrar o pescoço da ampla maioria dos seus donos.

    - Menina, todos nós temos truques. Principalmente quando se trata de sobrevivência - disse ela a Amandia.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1349
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Hellkite em Seg Nov 07, 2016 6:14 pm

    Amandia pode constatar que entre seus companheiros de fuga, o mais comunicativo ali era o thri-kreen. Porem o clima de desconfiança era perfeitamente compreensível, dada a situação em que se encontravam. Em um mundo como o deles, desconfiar dos outros era algo necessário, senão vital para a sobrevivência.

    Felizmente a psion podia se dar ao luxo em confiar nos outros, simplesmente pelo fato de poder ler a mente daqueles com quem conversava. Não era o melhor meio de se começar uma amizade, mas em um mundo brutal como Athas, cada um vive e luta com suas melhores armas.

    Amandia observa Donovan se afastando, e por suas palavras e trejeitos sabia que era alguém curto e grosso, direto e focado nos objetivos. Muito parecido com Anaska, a mul. Ela tinha algo de muito exótico, e capaz de estrelar em algum harem cujo dono gostasse de mulheres musculosas e violentas.

    A psion não pode evitar de olhar para seu próprio corpo, que comparado com Anaska parecia um graveto de tão magra. Felizmente seu passado nobre a fez viver uma vida de luxo, pois não teria sobrevivido uma infância de agruras como os outros.
    - Vendo você acredito plenamente, Anaska. Não teria dificuldade nenhuma em sobreviver nas ruas de Raam e na arena... E como veio parar aqui?
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6854
    Reputação : 64

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Edu em Qui Nov 10, 2016 6:47 am

    - Traição e veneno. E você como veio parar aqui? Não parece o tipo que se encontra num navio de areia - Diz ela olhando a garota de cima a baixo.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6984
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Lyvio em Qui Nov 10, 2016 10:00 am

    Anubarak apenas olhava e ouvia a conversa das moças já tinha falado o suficiente e agora era ora de ouvir, realmente a aparência esguia e de estirpe de Amandia remetia a algo diferente dos que estão aqui, ele estava curioso para saber a história de como alguém como ela veio parar aqui.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1349
    Reputação : 82
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Hellkite em Sex Nov 11, 2016 7:43 pm

    Amandia já esperava por este tipo de pergunta, porem ainda não sabia como responder. Será que podia realmente confiar neles? Afinal de contas poderiam utilizar de sua informação para tirar proveito da situação... Quem sabe se lesse a mente da mul, ai sim teria certeza de poder confiar nela.

    “Amandia, melhor não! Invadir a mente das pessoas sem permissão é o pior caminho de estabelecer uma amizade. De qualquer maneira, voce não precisa contar tudo, apenas o suficiente. Eles não querem saber de sua historia de vida, garota!” – disse Crys.

    A psion olha para a mul e para o thri-kreen. Ela suspira e diz:
    - Fui pega por minha própria culpa. Eu sou livre, mas de poucas posses, andando de cidade em cidade, vila em vila, para garantir meu sustento. Voces sabem a difícil vida dos que não tem uma casa para morar. Então, problema é que alguns meliantes queriam que eu desse minha parte do dinheiro obtida em um negocio que eu fiz, e para fugir deles subi em um palanque onde estavam escravos a venda para me esconder. Consegui escapar dos meus perseguidores, e adivinha o que aconteceu? Ta, podem dar risada, foi burrice, mas isto não importa mais. O que importa é cair fora daqui!
    Conteúdo patrocinado


    Re: O GRANDE DESERTO

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 7:09 pm