Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Compartilhe
    MINDGAME
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 582
    Reputação : 14
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por MINDGAME em Sex Jul 07, 2017 3:45 pm

    Agrupados - Lysion Verne XXV e Scott Murdock

    Nave

    Lysion Verne XXV

    Scott Murdock

    Jack Parker

    Minerva Parker

    Garota

    Ominous

    O Motorista se teleporta junto a Ominous de volta para a nave e a dispara contra os céus imediatamente.
    Lysion Verne XXV escreveu:O que raios aconteceu para vocês saírem dessa forma, não me digam que a criatura vai escapar?
    Ominous - "Se aquilo tivesse passado, você, se quer, teria como fazer essa pergunta agora!"
    Todos dentro da nave vêm parte da base ser demolida por uma criatura que salta através dos destroços.
    Criatura:
    Os tentáculos da criatura visam atingir a nave, mas Scott a manobra com precisão e desvia o ataque. Em meio a poeira dos destroços, é possível ver dezenas de criaturas tentaculares voando e perseguindo a nave.
    Criaturas:
    Ominous - "Para cima, Scott!"
    O grupo assume seus lugares e se prendem aos cintos com dificuldade em meio as manobras.
    Clima:
    [Off = O monstro gigantesco faz mais um ataque antes da nave ganhar altitude. Scott role Vehicles CD 23 para desviar a nave. Se falhar, a nave fica presa pelos tentáculos.
    As criaturas voadoras são ao todo 30, atacam em conjunto e podem causar danos severos a nave, mas por estarem próximas umas das outras, o canhão traseiro é capaz de derrubar até 4 por acerto. Então, a cada rodada, Scott deve rolar Vehicles CD (40 menos o total de criaturas abatidas) como se fosse o Toughness da nave (Consequências por falha iguais a dano, onde as penalidades são aplicadas aos testes, mas sem condições negativas exceto Incapacitated), se a nave chegar a incapacitated, os motores param e ela entra em queda livre.
    Se Vulto assumir o canhão traseiro, em cada turno poderá atirar com ele. O Canhão tem +7 de ataque contra CD23 das criaturas aladas. A cada acerto com o canhão, role 1D4 para determinar quantas criaturas foram abatidas.
    As armas frontais da nave (Acerto +13) só podem ser usadas se Scott manobrar de forma a confrontar o alvo. Se o fizer contra uma das criaturas aladas, o dano delas aumenta em 5 no próximo ataque. Já se preferirem atacar o monstro no solo, a CD para atingí-lo é 17 e novamente Scott deve rolar Vehicles CD23 para desviar a nave dos tentáculos da criatura.

    Rodadas: Scott (Manobra a nave como preferir) > Vulto (Ataca com o canhão se quiser) > Criaturas (Scott rola Vehicles)
    Vocês estão livres para descrever o confronto a medida que avaçarem os turnos]


    @Freya/Andromeda:
    [Off = PPs atualizados! Very Happy ]

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 15
    Pontos de poder: 196 (NP 13)
    @isaac-sky:
    [Off = PPs atualizados! Very Happy ]

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: -8
    Condição: Ok
    Luck: -1
    Pontos heroicos: 3
    Pontos de poder: 196 (NP 13)
    @IsabelMuller:
    [Off = PPs atualizados! Very Happy ]

    Isabel Müller escreveu:Alice, isso não responde às minhas perguntas, além de que são duas histórias com contextos e lições diferentes. Talvez não seja a função do arquétipo do personagem que te nomeia que seja a prioridade e sim o todo.
    Embora, eu não creio que seja pelos contos infantis que ela lhe deu esse nome. Se nós conhecemos em outra linha do tempo, como disse, talvez seu nome seja realmente Alice, mas não garante que aqui também será. Não sei o que essa pessoa quis dizer com esse nome, ele pode significar muitas coisas. Quem te mandou disse que me traria algumas respostas, mas não disse que estavam relacionadas diretamente a você ou disse?!
    Não sei o quanto você conhece das histórias, mas lembrando das aulas de literatura, um tempo em que éramos obrigados a estudar a análise dos grandes clássicos e pensando através de uma nova ótica... O Grilo era um dos companheiros do Pinóquio e, sim, simbolizava sua consciência tentando guiá-lo pelo caminho correto. E embora você alegue que é o veio tentar fazer a mando de outra pessoa, não acho que seu propósito de significado para mim se assemelhe ao do Grilo para Pinóquio.
    Alice aperta os olhos, com uma expressão confusa e pensativa.
    Isabel Müller escreveu:Sim, eu cheguei a pensar que você seria o reflexo de minha consciência, mais precisamente do que ignoro, ou seja, daquilo que mantenho oculto em meu subconsciente. Isso, porque em suas falas você trouxe à superfície coisas que pensei e reprimi. Mas, em um certo momento isso mostrou-se um pouco equivocado. Pois, se fosse esse o caso, você não falaria que Ominous serve a forças sombrias que tentam me corromper porque isso nunca se passou por minha mente, não até você dizer.
    A garota sorri jocosamente.
    Alice - "Nunca passou pela sua mente... ainda."
    Isabel Müller escreveu:Comparando as duas histórias a proximidade maior de elementos é com os contos de Alice. Começando pelo título original: Alice's Adventures Underground. O termo “underground” detém um significado muito amplo visto no contexto da história e a troca para “wonderland” perde muito significado. Ela não fez apenas uma viagem ao mundo subterrâneo ao cair no burraco e ao despertar não somente descobriu que tudo foi um sonho. Em seus sonho, ela confrontou-se com seus segredos mais ocultos e com tudo que havia de mais sombrio na mente humana. Uma verdadeira representação da fuga da realidade, do conflito entre sanidade e insanidade, ou seja da luta de forças distintas em seu interior. E cada arquétipo tanto de luz quanto de sombra é um aspecto da própria Alice e seus conflitos são os conflitos dela. Ao despertar ela não era a mesma que caiu no “mundo subterrâneo”, afinal houve uma quebra da inocência. É por isso que dizem que a sua experiência no “mundo subterrâneo” está relacionada ao reconectar-se com ela mesma e com a descoberta se ela teria ou não a força para tornar-se mais autoconfiante e saber que quer. Embora possa tirar muitas semelhanças, incluindo elementos que deixei de fora, reafirmo que não creio que foi daqui que quem te enviou tirou seu nome. Embora isso tenha me dado uma ideia…
    A garota observa com atenção a análise de Isabel e sorri docemente ao final.
    Alice - "Então ela realmente estava certa ao me pedir para me apresentar dessa forma."
    Uma ponte de tijolos amarelos se forma entre onde estão e a entrada da construção.
    Isabel Müller escreveu:Quando criança eu gostava mais das histórias da Dorothy.
    Admirada, a garota olha para Müller em um tom jocoso.
    Alice - "Eu sei!"
    Isabel Müller escreveu:Você sabe porque eles desejam me corromper e manipular?
    Alice - "Sim e não... é confuso. Tem algo a ver com uma chave, mas você nunca me disse."
    A maga começa a tentar ler a mente da garota, mas encontra dificuldade. É uma mente poderosa e pode levar tempo até conseguir atravessar as camadas.
    Isabel Müller escreveu:Enfim... se em outra linha do tempo alertou-me de algo que eu ignorei eu presumo que tenha acabado mal porque caso contrário você não estaria aqui. O que nos leva a seguinte questão: Como faremos para evitar que isso se repita? Pois, desconfio que talvez esse seja o motivo de estarmos aqui.
    Alice - "Só você pode responder essa pergunta, Isabel. Se conheça. Ouça a si própria. Foi por isso que você me enviou de volta."
    Isabel percebe que a mente da garota reflete seus próprios pensamentos.

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 39
    Pontos de poder: 206 (NP 13)
    @Jim Jones:
    [Off = PPs atualizados! Very Happy ]

    Atomic resiste totalmente a corrente elétrica, o que claramente deixa a garota assustada.
    Pela análise prévia dos equipamentos, Drifus nota que aquela tecnologia é muito avançada e as posições em que estão sendo montadas sugerem que serão usadas para delimitar uma área. Donald tem a impressão de que, quando os quatro garotos ligarem os equipamentos, a nave e tudo o que estiver junto a ela será transportado para outro lugar.
    Donald Drifus escreveu:Eu não quero ferir vocês. Por favor, parem o que estão fazendo por um instante. Essa maquina pode ser perigosa, mais do que isso, ela pode ser essencial para ajudar a proteger outras pessoas. Pessoas inocentes, pessoas que são como seus familiares e amigos, essa nave pode trazer de volta a esperança. Não façam essa esperança ser banhada em mais dor e sofrimento do que ela já é.
    Os jovens parecem intimidados, mas continuam armando o equipamento e um deles se dirige a garota.
    Jovem:
    Jovem - "(Assustado) Anda! Derruba ele!"
    A garota tenta atacar o vigilante novamente.
    [Off = Role Fortitude CD 23 (Affliction: vulnerable < stunned < incapacitated)
    Rodada: Atomic > Garota > Garotos]


    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 15
    Pontos de poder: 198 (NP 13)
    @Lyvio:
    [Off = PPs atualizados! +1PS Very Happy ]

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 4
    Pontos de poder: 192 (NP 12)
    @Nimaru Souske:
    [Off = PPs atualizados! +1PA! +1PH Very Happy ]

    Pietro Henricus de Lima escreveu:E eu espero lhe ver ainda neste corpo durante um bom tempo, Arimã.
    O sorriso doce da garota se torna sarcástico.
    Rita Smith - "Irônico..."
    Pietro Henricus de Lima escreveu:Estava querendo mesmo falar com você desde a última vez... talvez possa melhorar seu humor.
    Rita Smith - "(Sedutora) Divague o quanto quiser... sou toda sua no momento."
    Pietro Henricus de Lima escreveu:Durante minhas orações, as trevas guiaram meu olhar diante do vale de lágrimas e, perante ele, em seu trono, vi você. Mesmo tentando usar todos os outros artefatos que me foram mostrados pelo divino para resolver meu martírio, você me fora mostrada novamente. Não me surpreendo de vê-la aqui.
    O Santo nota as pupilas da garota se dilatarem enquanto fala, expressando profundo interesse em suas palavras.
    Pietro Henricus de Lima escreveu:Desde que nos vimos, pensei em quais seriam seus objetivos vindo para o mundo físico, até porque deixei de crer que demônios fazem o "maldade" porque são "maus" a muito tempo atrás, e agora você me oferece... assistência. Se eu pedisse para exterminar seu irmão infernal, Asmodeus, o faria? Se faria, quais seus motivos para tal ato? São perguntas retóricas, como pode ver, mas que pesam em minha consciência ante o que ocorrerá quando esta cena fluir no tempo.
    Arimã se aproxima, agora apertando os olhos em um semblante confuso, e abre a boca, como se fosse responder, mas permanece observando o padre.
    Pietro Henricus de Lima escreveu:O que procuras? Diversão, súditos, devoção, paz, dominação? Eu só vejo suas atitudes como caos... e assim como Deus é ordem,
    Deus também é a desordem. Ele é tudo. Ele é você. Então o quanto proveitoso pra você é firmar um pacto comigo? Luz e trevas. Bem e mal. A união de nossos conceitos é o que gira o mundo. Se me emprestas seus poderes para derrotar meus inimigos em prol do que acredito, devo também emprestar os meus para que você busque seus objetivos. Assim se forma o equilíbrio do ciclo natural da vida em que aquele que prega fielmente que pode mudar tudo em favor do seu lado, Céu ou inferno, deve ser forte o suficiente para encarar o risco de falhar perante o outro.
    A garota permanece pensativa, de frente para o Santo, mas olhando ao redor.
    Pietro Henricus de Lima escreveu:O que me diz? Quer mesmo participar deste jogo?
    Arimã da de ombros.
    Rita Smith - "Tanto faz. Você fala demais e eu parei de prestar atenção.
    Pode voltar a parte em que me viu naquele trono?"


    Informações atuais
    Data: Sábado 17/12/2016 - manhã
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 15
    Pontos de poder: 198 (NP 13)
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Nimaru Souske em Sex Jul 07, 2017 6:16 pm

    O padre ri por já esperar aquela reação. Faz um gesto com as mãos e cria uma pequena elevação de terra atrás de si para logo sentar.

    - Mas é claro que posso. Em minhas orações, Deus me mostrou algum momento no futuro e nele você tinha alcançado extremo poder. Logo após, foi me dada a visão deste escrito que lhe evocou. Dizem que escreve certo com linhas tortas, não? Simples e claro. Foi me dada a missão de encarar o abismo de frente, tão perto que devo me jogar nele para levar a luz. É isso que ofereço, me empreste seu poder para que eu possa derrotar mus inimigos e eu lhe emprestarei os meus para que você possa conquistar o que quer que seja que almeje, inclusive minha capacidade de me tornar um com o tempo e ver presente, passado e futuro como algo único. Essa é a nossa aposta pra ver quem conseguirá prevalecer. Esse é o jogo qual eu estou lhe convidando para jogar.  

    Pietro parecia confiante no que falava e em seu peito uma alegria inundava. Era vinda da relevação, momento este que se tornava mágico para aqueles que passavam por isso. Ligou os fatos que lhe foram mostrados pelo seu Mestre e viu que tudo se encaminhava para isso. Assim como não se mata o tudo, não existe fim para o nada. O mal sempre existirá dentro de todos que carregam a luz da bondade e deve ser encarada como parte deste mesmo todo, para que, assim, possa ser ofuscada pelo brilho do livre arbítrio, pois a verdadeira paz é poder escolher o bem enquanto as trevas estão ao seu alcance.


    Poder:
    Our Father (26 PPs)
    *EFFECT: (Elementet control) / TYPE: General/ DESCRIPTORS: Divine,Faith- control  
    *ACTION: (standard) / RANGE: (ranged) / DURATION: (susteined)
    RANK 13
    DESCRIPTION: “ Seja feita a sua vontade, assim na terra, como no céu”. E a terra se dobra ante Don. Pietro, ouvindo seus comandos em nome do Santo pai.
    MINDGAME
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 582
    Reputação : 14
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por MINDGAME em Sab Jul 08, 2017 9:05 pm

    Pietro Henricus de Lima escreveu:Mas é claro que posso. Em minhas orações, Deus me mostrou algum momento no futuro e nele você tinha alcançado extremo poder. Logo após, foi me dada a visão deste escrito que lhe evocou. Dizem que escreve certo com linhas tortas, não? Simples e claro. Foi me dada a missão de encarar o abismo de frente, tão perto que devo me jogar nele para levar a luz. É isso que ofereço, me empreste seu poder para que eu possa derrotar mus inimigos e eu lhe emprestarei os meus para que você possa conquistar o que quer que seja que almeje, inclusive minha capacidade de me tornar um com o tempo e ver presente, passado e futuro como algo único. Essa é a nossa aposta pra ver quem conseguirá prevalecer. Esse é o jogo qual eu estou lhe convidando para jogar.
    A garota observa o santo com certa curiosidade.
    Rita Smith - "Para alguém que se diz tão devoto ao criador, você demonstra estar desesperado por servir ao outro lado.
    Ontem você me veio com uma oferta igualmente estúpida. O que acha que eu sou?! Uma vilã qualquer das sagradas escrituras?! Acha que sabe o que eu quero e pode me dar?!"

    Arimã se aproxima com um sorriso irônico.
    Rita Smith - "Acho legal essa história de ver meu futuro e que em breve eu estarei na minha melhor forma. É realmente bom saber! Significa que eu não preciso me preocupar com isso, afinal, vai acontecer de qualquer forma, não é?!
    Olha... eu sei o que está em seu coração. E por mais que seja divertida a idéia de entrar no seu jogo de auto-penitência e te torturar, eu..."

    A garota da de ombros e aperta os lábios.
    Rita Smith - "... não to afim."
    Ela então faz beicinho olhando para Pietro.
    Rita Smith - "Então, nada de acordos. Apenas me diga o que você quer."
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 2

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Jim Jones em Sab Jul 08, 2017 10:52 pm

    toughness +17
    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    1
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 2

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Jim Jones em Sab Jul 08, 2017 10:54 pm

    1 PH pq erro critico não da né.
    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    13
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 2

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Jim Jones em Sab Jul 08, 2017 11:19 pm

    Por um momento parece que atomic sentiria o ataque da garota, mas essa sensação some assim que o golpe de fato o atinge. Era como se não o afetasse, e de fato não o fazia, ele andava tranquilamente em direção dos jovens. Cada passo seu ecoava pelo galpão, eram passos pesados. Os olhos do super homem em frente as crianças rondava toda a sala. Viajava pelos aparelhos e rapidamente entendia o que eles queriam. Ele sabia que se concluíssem as preparações talvez nunca tivesse a chance de ver aquela nave mais uma vez. Donald respirava fundo enquanto parava na frente dos garotos, olho para eles, todos eles e nenhum em especial. Notou o medo que causava nas crianças, isso o deixou um tanto mal consigo mesmo, esses garotos, todos crianças fantásticas, provavelmente todos tinham poderes naqueles grupo.

    Donald queria ser um exemplo para eles, ele queria que eles vissem atomic e se espelhassem em seus atos. Ele não sabia que existiam outros como ele, com poderes. Ele não se mostrou ao mundo, ele se absteve de inferir de forma direta, com medo de que isso mudasse o mundo. No fim isso mudou ele, seus atos não eram mais tão inspiradores, talvez, de forma distorcida, as crianças o espelhavam. Ele iria mudar isso.

    Ele fala mais uma vez, talvez uma ultima tentativa de conseguir convencer os garotos a desistirem disso tudo.

    - Eu não posso permitir que levem esta nave... Mas se se sentirem intimidados de ficarem nesta base posso leva-los a outro lugar, garantir sua segurança. Lá vocês podem me explicar o que querem com essa nave, me contar suas histórias.- Falou com um tom sério, mas sem parecer impositivo, não queria forçar as crianças a nada, mas também não permitira que levassem a nave.- Acredito que tem grandes histórias para me contar.- Falou com um tom amigável, ao terminar deu um sorriso pequeno, um sorriso que não havia dado desde que chegou a Nova York, esse era o sorriso que dava quando alguém o via quando estava na Europa, em meio a algum ato heroico, era um sorriso calmo, gentil, ele queria demonstrar que estava tudo bem, a partir daquele momento ficaria tudo bem.

    Persuasion +7
    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    3
    [/color]
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 2

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Jim Jones em Sab Jul 08, 2017 11:20 pm

    PH pra rerrolar persuasion.

    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    14
    isaac-sky
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 388
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por isaac-sky em Dom Jul 09, 2017 1:08 am


    A primeira manobra parece ter funcionado. Ainda estavam vivos, a nave estava voando e todos ali ainda estavam vivos.

    Mas a criatura não parecia concordar com isso.

    O monstro não era aliado da Ominous até alguns minutos atrás? Ou seria um acordo temporário?

    Scott olha para trás e vê seus cinco passageiros. Quatro já haviam batido na porta da morte mas o Motorista se desdobrou para que ela não atendesse. Continuaria tentando manter dessa maneira.

    Monstros menores começavam a se aproximar, tentando danificar a nave.

    As memórias faltavam ao motorista, mas o instinto de um piloto de fuga tinham de falar alto agora.

    -A nave tem canhões, alguém assuma o controle de armas e derruba alguns desses voadores! - ordenava aos presentes. Talvez o Fantasma pudesse ajudar nisso ou um dos Parker.

    Viu num dos painéis que um tentáculo gigante tentava alcançar a nave. Puxou o manche e o virou para o lado, em diagonal.


    Vehicles 18 (Desviar do tentáculo)
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    5

    Sentindo a pele formigar, sabia que suas tatuagens procuravam uma forma que o auxiliaria nesse momento. Mas como um poder místico pode colaborar diante do talento orgânico da fuga?

    Essa luta...esse problema é da Empirikos. Eu não vou mais arriscar a vida dessas pessoas" pensou ao tomar sua decisão. O Fantasma parecia incomodado em deixar a criatura livre.
    Mas não dá pra escolher entre mandar todos ali vivos pra casa e parar um monstro.

    Jogou o nariz da nave para cima e ligou a propulsão no máximo. "Preciso atingir uma altitude que o tentáculo não alcance. Cacete, alguém tem que lidar com os monstros menores ou eles só vão seguir a gente"

    Vehicles 18 (Manobra de distanciamento do monstro maior)
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    14

    Torcia para que os monstros voadores não tivessem avariado a nave enquanto isso.

    Vehicles 18 (Resistência da Nave)
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    9

    Os canhões. Agora!
    isaac-sky
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 388
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por isaac-sky em Dom Jul 09, 2017 1:09 am

    Usando PH para rerrolar teste de resistencia da nave

    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    15

    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6660
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Lyvio em Dom Jul 09, 2017 3:55 pm

    Scoot conseguiu evitar mais um ataque dos tentáculos da criatura enorme e agora restava as criaturas menores, no entanto a única coisa em mente dele era escapar e cada vez mais eles se afastavam do local fugindo em disparada enquanto as criaturas menores perseguiam.

    -Assumam um desses controles do canhão!

    Dizia ele para os irmãos Parker e a garota com poderes curativos. Lysion não ficaria ali apenas fugindo e auxiliando-os de dentro da nave, afinal, quanto mais se afastavam, mais distantes da cidade eles ficavam e mais o monstro teria liberdade para agir sozinho e tirar muitas vidas inocentes esse pensamento fez Lysion lembrar dos homens que ele mandou para o mundo dos mortos simplesmente por serem da Empirikus, no entanto, após a sensação de se livrar dos homens o fantasma sente certo pesar.



    Ele pensa naqueles que estavam alí apenas para ganhar seu dinheiro e sustentar suas famílias, muitos talvez, nem tivessem a mentalidade cega da Empirikus e Lysion acabou condenando-os a morte.

    "Talvez eu tenha exagerado em banir todos eles para o mundo dos mortos, talvez alguém alí estava apenas para sobreviver e sustentar sua família, talvez inclusive, muitos poderiam não ter a mentalidade da empirikus e estavam alí por necessidades e eu os condenei para o mundo dos mortos como um juiz cego que não se preocupa em analisar os fatos...

    O que eu me tornei...minha sede de vingança extrapolou todos os meu senso de justiça?"

    Ele olha para suas mão direita e a vê translúcida.

    "Eu não sou mais humano, de fato, na verdade, nunca fui. Afinal, sangue de demônio corria em minhas veias...no entanto eu sinto as mesmas sensações: A raiva, a alegria, e agora...o pesar... Que erro grotesco eu cometi! Que atitude egoísta de minha parte e como se não bastasse eu estou indo embora!? E as outras pessoas que ficarão a mercê dessas criaturas!? E a minha força de vontade e promessa que me fez enganar a morte?

    Indo embora eu estou errando duas vezes e desviando de meu caminho completamente, não, eu não posso agir assim, eu devo ficar e lutar...Não sei os desejos e objetivos do Scoot e sua amiga e dessas outras crianças, a única coisa que sei é que se não ficarem e lutar, o objetivo heroico que não é...

    Mas agora isso já não mais importa, independente do que ocorra eu devo ficar e lutar de modo que corrija em parte o erro que cometi. Se Deus abandonou seus filhos eu, mesmo que pequeno lutarei com tudo que tenho para proteger as pessoas inocentes, esse é meu propósito e a consequência dele achar meu pai e minha irmã."

    Um leve sorriso fica estampado na cara do fantasma, então ele dirige a palavra para Scott e a garota:

    -Scoot, se quiserem podem ir, ficarei aqui e lutarei com essas criaturas se quiser me buscar pode voltar estarei pela cidade, aproveitem a distração e fujam se assim desejarem. Cometi um erro grave ao enviar todos aqueles homens para o mundo dos mortos, generalizei e fui egoísta em não pensar nos que estavam ali simplesmente por necessidade, se eu fugir estarei fugindo de meu propósito ao driblar a morte.

    Caso não me vejam mais, adeus, mas não se preocupe, é impossível me destruir completamente eu sempre voltarei e voltarei eternamente.


    Dito isso ele para onde está enquanto a nave passa e seu corpo atravessa a lataria ficando de frente para as criaturas, instantaneamente ele ativa SUA PRESENÇA ATERRADORA, então aponta para os seres, eram mais de trinta e como da outra vez tudo parece escurecer um reaper gigantesco surge  atrás de sí, ele abre seu gigantesco manto negro, então um grito agudo e terrivelmente penetrante se ouve. Era o Portal para o Mundo dos mortos.

    Som


    Reaper:


    Era possível ver dentro do mando a imagem remetia a um lugar sombrio com várias árvores mortas, um lugar completamente desprovido de vida e tomado pelas trevas, completamente cinza e sem vida, árvores e galhos secos, água podre.

    Mundo dos mortos:



    -Infelizmente para vocês criaturas, não posso deixa-las livres na cidade ameaçando a vida das pessoas, esse é o fim da linha para vocês! Desapareçam para sempre!

    Lysion termina, esperando que tenha se livrado das criaturas menores e depois cuidará da maior.
    IsabelMuller
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 191
    Reputação : 11

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por IsabelMuller em Dom Jul 09, 2017 6:15 pm

    @MINDGAME escreveu:A garota sorri jocosamente.
    Alice - "Nunca passou pela sua mente... ainda."
    “Ela está tentando dizer que isso passou pela minha minha mente em algum momento no meu futuro? Se eu cheguei a essa conclusão significa que descobri algo, mas o que? Isso está ficando cada vez mais confuso.”

    Isabel - Agora está se passando.

    “Eu não pensei em ir atrás da Harpia por respostas até ela dizer que eu iria a Londres encontrar alguém capaz de me dar as respostas e não pensava em Ominous dessa forma até ela dizer. Agora, eu estou considerando ambos e supostamente eu já faria isso independente da interferência de Alice. Isso é insano, mas me parece uma forma brilhante de interferir e reduzir o impacto das consequências! É por isso que ela não responde nada objetivamente?!”

    Isabel - Quem te mandou está tentando interferir no passado! Entendi corretamente?



    @MINDGAME escreveu:A garota observa com atenção a análise de Isabel e sorri docemente ao final.
    Alice - "Então ela realmente estava certa ao me pedir para me apresentar dessa forma."
    “Eu estava certa! E está funcionando. Por algum motivo desconhecido Alice não dá respostas diretas. Entretanto, quanto mais conversamos mais pistas e informações ela revela. É quase um jogo de adivinhação!”

    Isabel - Era isso! As respostas que ela queria que eu encontrasse?!

    Quando percebe que a ponte de tijolos amarelos forma-se diante de las a maga não consegue esconder sua surpresa. Seus ombros tensionam-se e eleva uma das mãos próxima a seu peito apontando para a ponte instantes antes de usá-la para ajeitar seu cabelo.

    @MINDGAME escreveu:Admirada, a garota olha para Müller em um tom jocoso.
    Alice - "Eu sei!"
    Isabel - Você sabe muitas coisas sobre mim; coisas que eu não costumo falar. Em seu tempo, somos amigas?

    Müller se aproxima da ponte e pisa nela com um dos pés evitando completar o passo. A maga parecia estar testando sua segurança ou existência.

    Isabel - Isso não… Como eu… Não… Não deveria ter funcionado. Eu não entendo,... - Isabel sorri encantada com o que vê.- … mas eu amei.[/b][/color]



    @MINDGAME escreveu:Alice - "Sim e não... é confuso. Tem algo a ver com uma chave, mas você nunca me disse."
    Isabel olha intrigada para a menina. Tanto a resposta quanto a força daquela mente lhe surpreenderam. Isabel continua tentando acessar a mente de Alice enquanto refletia sobre aquela informação. Uma informação completamente nova.  A maga não recordava-se de possuir alguma chave especial.

    “Talvez não seja exatamente uma chave, mas algo que funcione como tal. Mas, não faz sentido, se eu tivesse algo assim quando criança eu deveria saber. A menos que quem a possuísse fosse minha mãe, mas… ainda sim, não faz sentido.”

    Isabel - Uma chave?! Tem certeza?

    Pensativa, Müller franzi a testa. Isabel tentava se lembrar de qualquer menção a uma chave ou algo similar que sua mãe pudesse ter lhe contado, mas algo lhe dizia que esse era o rumo errado.

    “Talvez eu precise ver isso de uma forma menos literal!”

    Müller começa a refletir sobre os simbolismos das chaves e tenta resgatar seus conhecimentos sobre isso e sobre chaves místicas.

    Isabel - O que eu lhe disse sobre essa chave?

    “Se Ominous fez tudo o que fez por essa chave e se estão dispostos a corromper alguém para obtê-la eu tenho até medo de me pensar sobre o que ela abre, ou a onde ela leva, ou o que guarda!”



    @MINDGAME escreveu:Alice - "Só você pode responder essa pergunta, Isabel. Se conheça. Ouça a si própria. Foi por isso que você me enviou de volta."
    A última frase de Alice choca Isabel que fecha seus olhos e balança a cabeça negativamente.

    “De todas minha hipóteses tinha que ser aquela que ignorei por achar absurda!!!! Mas era a única forma dela saber tudo o que eu não conto a ninguém: minhas dúvidas mais profundas, meus piores medos e … A mente dela está refletindo meus pensamentos! Como? Porque?”
    Insight - IsabelMuller efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    14
    Isabel reflete sobre as possíveis razões para a mente de Alice estar refletindo seus próprios pensamentos.

    Müller suspira e abre os olhos.

    Isabel - Isso é bem a minha cara, não é?!



    Isabel encarava a construção enquanto tentava digerir todas aquelas informações.

    Isabel - Aquilo não está aqui a toa. Eu não nos traria aqui, se não existisse um motivo. Eu sempre tenho um!

    Isabel testa novamente a ponta que mostrando-se segura ela usará para chegar até a entrada da construção, mas antes de seguir em frente ela perguntará em um tom gentil:

    Isabel - Você vem junto, Alice?
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Jul 09, 2017 7:53 pm

    Pietro escuta atentamente a resposta ainda à olhando. Ao final levanta-se e desfaz o pequeno amontoado de terra formado abaixo de si. Olha para Asmodeus parado no tempo, já de costas para o outro demônio que ele mesmo teria invocado.

    - Fico feliz pela sua resposta... ao menos agora sei qual de nós dois acredita mais no que faz. Parecia falar consigo mesmo, em tom emocionado por ter ainda mais certeza do que habitava seu peito.

    Se vira para Arimã. Parecia ter ignorado todas as provocações do ser infernal, pois ele sabia no que acreditava e cada vez mais duvidada da habilidade de saber o que se passa no coração dos outros, que Arimã diza ter.

    - Nunca disse que tinha visto sua vitória, criança. Eu vi a maior de suas quedas. Quanto maior sua ambição, de mais alto despencará. Mas no fim, acabei recebendo algo bem maior do que qualquer outra relíquia podia me dar.

    Agora à caminho de Asmodeus.

    - Então, após a sua falha de me conceder um desejo, me despeso de você e lhe faço mais um pedido: Guarde seu fim para essas mãos... se for capaz, é claro, já que pelo que vi hoje você não é tão poderosa quanto diz. Henricus segurava seus punhos cerrados.

    Don. Pietro sabia que agora sua prioridade estava no tempo qual fora parado e que a derrota de Rita não viria naquela ocasião, então resolveu voltar logo para o que estava sendo decidido naquele momento com o antigo Presto Magno. Ainda continua caminhando na direção daquele que feria os templários, esperando que tudo aquilo se desfizesse. Não sabia o que iria fazer, mas agora tinha ainda mais confiança que ao final iria vencer.
    MINDGAME
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 582
    Reputação : 14
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por MINDGAME em Seg Jul 10, 2017 4:48 pm

    Agrupados - Lysion Verne XXV e Scott Murdock

    Nave

    Lysion Verne XXV

    Scott Murdock

    Jack Parker

    Minerva Parker

    Garota

    Ominous

    Scott Murdock escreveu:A nave tem canhões, alguém assuma o controle de armas e derruba alguns desses voadores!
    Ominous - "Eu cuido disso."
    Vulto confronta as criaturas, tornando-se o alvo principal delas. Ominous atira com o canhão e erra as criaturas enquanto elas se agrupam como cardumes envolvendo o fantasma.
    Lysion sente como se cada uma daquelas criaturas corroesse seu espírito.
    [Off = Vulto role Toughness CD40 para resistir aos danos.

    Rodadas: Scott > Vulto > Criaturas]


    @isaac-sky:
    [Off = PPs atualizados! +1 PH Very Happy

    Desconsiderei o PH gasto para resistencia da nave pois ela não foi atacada nesse turno.]


    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: -8
    Condição: Ok
    Luck: -1
    Pontos heroicos: 4
    Pontos de poder: 197 (NP 13)
    @IsabelMuller:
    [Off = PPs atualizados! +1PH Very Happy ]

    Isabel Müller escreveu:Agora está se passando.
    Alice concorda com a cabeça.
    Isabel Müller escreveu:Quem te mandou está tentando interferir no passado! Entendi corretamente?
    Alice - "Precisamente."



    Isabel Müller escreveu:Era isso! As respostas que ela queria que eu encontrasse?!
    A garota fica pensativa e então balança a cabeça negativamente.
    Alice - "Não."



    Isabel Müller escreveu:Você sabe muitas coisas sobre mim; coisas que eu não costumo falar. Em seu tempo, somos amigas?
    A garota novamente fica pensativa.
    Alice - "Acho que sim."
    Isabel Müller escreveu:Isso não… Como eu… Não… Não deveria ter funcionado. Eu não entendo,...
    Alice - "Este é o seu primeiro sonho lúcido, não é?!"



    Isabel Müller escreveu:Uma chave?! Tem certeza?
    Pensativa, a garota balança a cabeça negativamente.
    Alice - "Não sei ao certo. Só sei que você nunca chegou a fazer uma escolha sobre isso."
    Isabel Müller escreveu:O que eu lhe disse sobre essa chave?
    Alice - "Você nunca disse. Talvez você nunca tenha descoberto esse significado."



    Isabel nota que a garota reflete seus pensamentos por ser parte de si mesma. Alice é, de alguma forma, uma projeção da sua própria consciência. Por isso ela tem a mesma aparência da Maga.
    Isabel Müller escreveu:Isso é bem a minha cara, não é?!
    Alice sorri em um tom amigável.



    Isabel Müller escreveu:Aquilo não está aqui a toa. Eu não nos traria aqui, se não existisse um motivo. Eu sempre tenho um!
    Você vem junto, Alice?
    Alice concorda com a cabeça e se aproxima da maga, mas, assim que o primeiro passo é dado na ponte, isabel suspira involuntariamente e desperta, ainda sonolenta. Müller está agarrada a um travesseiro encharcado de baba e seus olhos estão grudentos. Ao que parece, Isabel havia desmaiado sobre a cama daquele apartamento e tido sua primeira noite de sono em muito tempo.

    Informações atuais
    Data: Sábado 17/12/2016 - Manhã
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 40
    Pontos de poder: 207 (NP 13)
    @Jim Jones:
    [Off = PPs atualizados! +1PH Very Happy ]

    Atomic resiste novamente a corrente elétrica sem qualquer efeito colateral.
    Donald Drifus escreveu:Eu não posso permitir que levem esta nave... Mas se se sentirem intimidados de ficarem nesta base posso leva-los a outro lugar, garantir sua segurança. Lá vocês podem me explicar o que querem com essa nave, me contar suas histórias.
    Acredito que tem grandes histórias para me contar.
    A garota parece confusa perante as palavras do Vigilante, mas os quatro garotos terminam de armar os dispositivos e os acionam, formando um campo luminoso ao redor da nave e o jovem grita para a garota.
    Jovem - "(Assustado) Deixa ele aí e entra no campo!"
    A garota, já intimidada e confusa, hesita.
    [Off = Rodada: Atomic > Garota > Garotos]

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 14
    Pontos de poder: 199 (NP 13)
    @Lyvio:
    [Off = PPs atualizados! +1PH Very Happy ]

    Informações atuais
    Data: Sexta feira 16/12/2016 - Noite
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 5
    Pontos de poder: 195 (NP 13)
    @Nimaru Souske:
    [Off = PPs atualizados! +1PS Very Happy ]

    Pietro Henricus de Lima escreveu:Fico feliz pela sua resposta... ao menos agora sei qual de nós dois acredita mais no que faz.
    Rita novamente da de ombos e aperta os lábios.
    Pietro Henricus de Lima escreveu:Nunca disse que tinha visto sua vitória, criança. Eu vi a maior de suas quedas. Quanto maior sua ambição, de mais alto despencará. Mas no fim, acabei recebendo algo bem maior do que qualquer outra relíquia podia me dar.
    A garota sorri em um tom irônico.
    Rita Smith - "(Irônica) Mentiroso."
    Pietro Henricus de Lima escreveu:Então, após a sua falha de me conceder um desejo, me despeso de você e lhe faço mais um pedido: Guarde seu fim para essas mãos... se for capaz, é claro, já que pelo que vi hoje você não é tão poderosa quanto diz.
    A garota expressa tédio em um suspiro.
    Rita Smith - "(Entediada) Olhe ao seu redor, padre!
    Você está preso neste instante. Se eu for embora, você ficará aqui pela eternidade, exilado do resto da linha do tempo.
    Então pare de tentar me irritar e diga o que você quer."


    Informações atuais
    Data: Sábado 17/12/2016 - manhã
    Vitalidade: Ok
    Condição: Ok
    Pontos heroicos: 16
    Pontos de poder: 199 (NP 13)
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6660
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Lyvio em Seg Jul 10, 2017 6:32 pm

    Tought 13 contra CD 40.

    Lyvio efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    13
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Nimaru Souske em Seg Jul 10, 2017 11:14 pm

    - Eu estava lá, olhando para você, junto com outros que já lutaram ao meu lado... se você ainda não considera isso uma derrota, então vamos esperar o tempo chegar e trazer a resposta consigo.

    Ainda virado para Asmodeus, Don. Pietro vira um pouco o corpo e apenas destina seus olhos para Rita.

    - Quem está ficando sem paciência sou eu, pois já fiz dois pedidos e nenhum deles você parece querer me conceder. Já disse, vá embora e não morra até nos encontrarmos no dia que minha visão se concretizar. Deixe-me aqui com um de seus irmãos, ainda preciso lidar com isso e você só esta me atrapalhando com suas incapacidades.... a menos que queria um duelo, então posso lhe conceder isso, caso não queira, apenas saia e me devolva a meu tempo. Sua voz era pesada e parecia carregar uma ira que se reacendia aos poucos.

    Vira-se novamente e continua a andar... se decepcionava cada vez mais com o ser que se dizia tão poderoso e que era considerada uma ameaça por todos. Logo, começara a sentir palpitações em seu peito que lhe traziam um sentimento apertado vindo da indecisão do que faria a respeito dos templários que sofriam ali, à sua frente, parados no tempo.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6660
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Lyvio em Ter Jul 11, 2017 11:55 am

    Vulto avança sobre as criaturas com a certeza de que com suas habilidades ele faria algum estrago a elas, porém, para sua surpresa nem sua presença nem o Portal do mundo dos mortos funcionou:

    -Mas...o...o quê!?


    Seus olhos se arregalam de surpresa e para piorar, as criaturas o cercam e o atingem em conjunto e parecem corroê-lo:

    "Elas atacam diretamente a alma dos seres, eu sou a minha alma materializada, logo elas me afetam diretamente...merda!"

    O fantasma percebe "feridas" em seu espectro que se acumulavam conforme as criaturas atacavam.

    "Nesse ritmo serei derrotado...e passarei tempo de mais para me recuperar, eles não foram afetados pelos meus poderes o que indica que eles não parecem enxerga-lo e ainda assim me detectam, será que a invisibilidade evitaria que eles em detectassem? Minha invisibilidade é perfeita...no entanto...como eles afetam seres incorpóreos digamos que eles podem me identificar pelo tato..."

    Quando pensava em agir ele sente um peso enorme sob seu corpo e logo percebe que talvez tenha tido seus movimentos prejudicados e não poderia fazer muita coisa.

    "Pois é...não me resta outra alternativa a não ser atacar...tenho que destruir o máximo deles antes de cair nocauteado... é isso que farei!"


    Sem mais alternativa Lysion ativa sua invisibilidade para dificultar posteriores ataques e então usa seu POTERGUEIST, ele ergue suas mãos e tenta golpear todas as criaturas ao seu redor arremessando-as contra o solo, de modo que cause o maior dano possível e destrua o máximo de criaturas que conseguir.


    OFF: Eu ataco com o Potergueist na tentativa de causar dano e ao mesmo tempo arremessa-los contra o solo para causar mais dano anda.OFF
    IsabelMuller
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 191
    Reputação : 11

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por IsabelMuller em Qui Jul 13, 2017 3:51 pm

    Isabel leva alguns instantes para recordar-se de onde estava enquanto se questionava sobre o que havia acabado de acontecer ou o que ela pensava ter acontecido. A maga esfrega os olhos enquanto sentasse na cama. “Isso fica cada vez mais insano! O que foi isso?!” A voz de Alice surge em sua mente como um eco: "Este é o seu primeiro sonho lúcido, não é?!"  
    A lembrança daquele sonho faz com que Müller finalmente abra os olhos e comece a buscar por seu celular a fim de checar o horário e é quando percebe o travesseiro ensopado por baba.

    “Eu apaguei completamente!! Quer dizer, eu acho, eu não tenho certeza. Eu tenho a mesma sensação dos meus pesadelos. É como se aquilo tivesse acontecido! Sonho lúcido? O que isso significa mesmo?!”

    Expertise - Objetivo: Sonho lúcido. IsabelMuller efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    20

    A maga levanta-se da cama e acende a luz e é então que ela finalmente percebe que aquela havia sido a sua primeira noite de sono após um longo tempo sendo perturbada, noite após noite, por Ominous. “Não sei o que aconteceu, mas estou feliz por ela ter aparecido nesse sonho.” Isabel pega a mochila e segue para o banheiro.  Após escovar os dentes e lavar o rosto ela finalmente desperta. No momento em que encara sua face no espelho Isabel toma consciência do que havia acontecido.

    Sua primeira reação é o choque e a negação. “Não!! Não! Não pode ser!!!” A maga leva uma das mãos a boca tampando-a e desvia o olhar do espelho. Com o olhar fixo em um ponto do chão Isabel reflete sobre os eventos recentes.

    “Eu tentei fugir, não apenas de Ominous, mas de tudo isso. É como se tivesse passado minha vida fugindo de algo que desconheço. Adiquiri os medos de minha mãe sem conhecer suas razões e eu não fui atrás das respostas como deveria por medo do que encontraria. Se eu invadisse sua mente e soubesse o que ela sabe o que garante que eu não enlouqueça também?!” A voz de Alice surge novamente em sua mente como um eco: "Você não vai fugir para sempre. E quando parar de fugir, vai entender seus verdadeiros poderes.” “Mas que inferno! O que ela.. eu... quis dizer com isso?!”  

    Müller entra no chuveiro ainda presa em meio às reflexões a respeito do sonho. “Se em algum momento busquei por um meio de usar os sonhos a fim de enviar Alice ao passado em uma tentativa de interferir nos eventos seguintes… O futuro deve ser pior do que pude ver e do que eu posso imaginar. Eu devo ter cometido sérios erros e as consequências devem ter sido desastrosas o suficiente para arriscar interferir no passado.” Isabel não conseguia parar de refletir sobre aquele sonho e tentar indagar quais eram as respostas que ela deveria ter obtido e aparentemente falhou. Após vestir-se a maga retira de dentro de sua mochila a pequena caixa que trouxe consigo e retorna para o quarto carregando-a.

    “Alice era, de alguma forma, uma projeção de minha consciência e eu a enviei de volta para este momento tentando mudar algo no passado e provavelmente fiz dessa forma por achar que geraria menos efeitos colaterais. E, é provável que seja por razões similares que Alice era inicialmente tão enigmática. Mas... Eu não escolheria um momento ou um lugar aleatório. Droga!!! Queria ter visto o que tinha naquela construção. Aquilo também não era aleatório! Alice disse que eu a enviei para..”

    @MINDGAME escreveu:Alice - "Só você pode responder essa pergunta, Isabel. Se conheça. Ouça a si própria. Foi por isso que você me enviou de volta."

    Isabel senta-se em um sofá que estava disposto de costas para  a porta e de frente para uma janela. Müller coloca a caixa sobre a pequena mesa localizada em frente ao sofá.

    “... para que eu buscasse me conhecer e escutasse minha consciência. Mas o que isso significa? Conhecer-me… Quando ela diz isso, eu só consigo pensar que eu não sei quem é meu pai ou porque ele se foi, ou de onde vem meus poderes, ou o que houve com minha mãe e com Rita porque eu conheço meus desejos e o que quero ser. Embora, às vezes, eu tenho dúvidas se conseguirei manter-me no caminho que escolhi ou penso que escolhi. Segundo Alice, eu ignorei algo que me avisou, mas isso não é novidade. Eu ignoro muitas coisas que permeiam minha mente, por medo e insegurança na maioria das vezes. Mas, aparentemente eu irei ignorar algo que não deveria e agora me resta descobrir o quê é. Eu vejo um paralelo entre o reconectar-se e o conhecer-se, mas se não eram essas as respostas que minha outra versão queria que eu encontrasse junto com Alice quais eram? Eu preciso voltar lá!! A questão é: Como?

    Sem contar que ainda tem a questão envolvendo o Adam. Eu precisarei da ajuda dele para salvar Jessica, mas pra isso preciso esconder o que descobri e a questão novamente é: Como? Ah, é claro, sem contar que o fim do mundo está próximo e Arimã permanece no corpo de minha misteriosa irmã. Oh sim, como pude esquecer: Agora eu também penso que Ominous serve a forças sombrias que querem fazer de mim talvez o próximo Rosemary's Baby (Irônia), afinal porque mais iriam querer corromper alguém?! Eu vou acabar surtando! Será mesmo uma chave ou uma situação chave e pra quê?”


    Isabel recorda-se da seguinte frase de Alice:
    @MINDGAME escreveu:Alice - "Não sei ao certo. Só sei que você nunca chegou a fazer uma escolha sobre isso."
    (...) "Você nunca disse. Talvez você nunca tenha descoberto esse significado."

    “Eu preciso saber porque gastariam toda essa energia e tempo comigo. Também tenho que dar um jeito de me manter Kadmon longe da minha mente e dessas informações. É cruel esconder dele a verdade, mas eu não vou deixar aquela criança nas mãos daquele demônio. De todas as formas eu preciso de mais informações sobre tudo, mas onde consegui-las e, é claro, sem precisar contar o porque?! São tantas coisas… Por onde começar?!?!?!”

    Isabel suspira e ao abrir a tampa oval da caixa uma música inicia-se.

    Müller recordava-se do dia em que descobriu que podia curar não apenas seus ferimentos mas os de outros também. A maga foi correndo contar a sua mãe a nova descoberta e Ruth, como sempre, demonstrou um olhar profundamente preocupado que a fez perder o sorriso que tinha nos lábios.
    Spoiler:

    I- Ele bateu na janela e estava com a asa quebrada. Consegui consertar ele, mãe! Eu não o machuquei, eu juro.
    R- Eu sei, minha garotinha. Você sempre será minha luz, mas não é isso. Entenda, não importa o bem que você pode fazer eles sempre irão ver o lado negativo porque é de nossa condição humana temer o que não entendemos e tentar aprisionar e eliminar aquilo que revela nossas fraquezas. Você precisa se concentrar mais, só assim vai aprender a controlar e conseguirá evitar que acidentalmente descubram as coisas que você pode fazer. O segredo é o que nos manterá em segurança, entendeu? Não faça essas coisas na presença de outras pessoas. Prometa-me.

    Isabel fecha a tampa e a música para.

    “Definitivamente: Não sou boa em manter promessas!!”

    Müller checa as mensagens no celular e envia uma mensagem a Ian pedindo que ele a avisasse quando acordasse. De tudo que a incomodava, a fala de Arimã a respeito dele era a mais simples de resolver.
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 2

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Jim Jones em Qui Jul 13, 2017 7:30 pm

    As crianças não queriam ouvir, continuaram a acionar os equipamentos enquanto Donald tentava convence-las. Sem muito tempo para conseguir pensar direito o celebro de Atomic acelera. Se ele quebrasse o equipamento de transporte ou o desativasse-o de forma descuidada poderia acabar danificando a nave, mas se não fizesse nada perderia-a de vista. Talvez se ele quebrasse só uma das maquinas não destruísse a nave, ainda assim o risco de teleportarem meia nave, quebrando ela por completo, era muito arriscado.Ainda mais levando em conta que ele nunca havia estudado essas maquinas, até onde sabia essa tecnologia sequer existia. As probabilidades eram ruins demais para ele destruir uma das maquinas, ele tinha que fazer outra coisa.

    O vigilante voou na direção da garota que hesitava, a segurou firma e carregando-a adentrou o campo. Para onde quer que eles mandassem a nave ele iria junto. Não sabia se teria consequências uma pessoa a mais ser teleportada, ou se sua própria natureza afetaria o teleporte, mas, apesar de tudo, não tinha como não arriscar. Ele pergunta para a garota que estava segurando.

    -Para onde isso nos levará?- Agora sua voz era bem mais séria, quase impositiva.

    agarrão

    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    19
    isaac-sky
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 388
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por isaac-sky em Qui Jul 13, 2017 8:05 pm

    A manobra tinha tido sucesso. Mas os canhões não acertaram nada e os monstros estavam os perseguindo.

    -Fantasma, cacete, onde você vai?! - o Motorista percebe com a visão periférica Lysion se lançar para fora da nave, tentando atacar as criaturas que voavam para os atacar.

    Com a distância e a distração de Lysion agora Scott e os outros estavam em distância mais segura do monstro e dos monstros menores.

    Levantar o manche, empurrar uma alavanca, um ou dois botões, e eles estariam fora dali. Livres. Longe do monstro.
    Scott respira fundo.

    "Por que eu sempre faço isso?" o Motorista vira o manche para a direita e realiza uma curva fechada, dando um U-turn para ficar de frente para o Fantasma e os monstros.


    Manobra Nave
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    17

    Empurrando a alavanca de velocidade o Motorista acelera a nave. Com um movimento sutil levanta a tampa do botão de disparo das armas frontais.

    -Eu vou fazer um rasante. Parker! Sei que hoje o dia tá uma merda mas eu preciso que você se concentre e tente. Pode ser muita coisa pra deixar invisível, mas tente deixar a nave invisível depois que eu atirar - gritou Scott.

    -Ominous. Continue atirando com os canhões e pare assim que o Parker conseguir nos deixar invisível - pediu a ela.

    A nave agora a toda velocidade e em direção ao cardume sobre o Fantasma, Scott aperta o botão de disparo e atira contra o cardume, visando libertar Lysion.

    Disparos
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    17

    Em seguida, estando invisível ou não, manobra a nave para a fuga novamente, tentando criar o máximo de distância possível do cardume e do monstro gigante,

    Manobra Nave
    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    4
    isaac-sky
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 388
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por isaac-sky em Qui Jul 13, 2017 8:06 pm

    Usando PH para rerrolar ultima manobra

    isaac-sky efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    3
    Conteúdo patrocinado


    Re: O Sepulcro dos Falsos Deuses

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jul 24, 2017 1:46 am