Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Acerto

    Compartilhe
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4339
    Reputação : 0

    O Acerto

    Mensagem por Lukas em Sex Nov 25, 2016 11:57 am












    O Martelo de Moradin - Uma historia dos Reinos Esquecidos




    - Agradeço desde já a presença de vocês aqui e desculpe o mistério. Minha proposta envolve discrição, fui contratado por alguém que não quer seu nome mencionado neste tipo de...atividades, disse o Calishita, com um sorriso que exibia um dente de ouro. Ele puxa uma cadeira e senta-se na mesa.

    - Não foi fácil encontra-los. Westra Stomwind, sacerdote da guerra e investigadora; Lars Suez, mercenário e exímio espadachim; e finalmente Gunnar Leif, arcano sábio e destemido. Seus feitos são impressionantes senhores, e preciso de pessoas assim, peritas e profissionais. Eis a missão, caso desejem aceitar...





    Algumas horas atrás...


    Chovia naquela manha, e partes das ruas apresentavam barro e poças. Pessoas se esgueiravam com mantos cobrindo a cabeça nas ruas estreitas da Cidade Baixa. Mas não seria uma chuva que impediria os mercadores de montarem suas barracas quase que coladas umas nas outras, permitindo que apenas um pequeno corredor fosse o caminho por aquele tumultuado mercado. Joias, especiarias, roupas, temperos, armas, prostitutas, tudo era possível de se encontrar aqui. O cheiro não era o melhor de todos – muitas pessoas circulando e o porto era so algumas dezenas de metros adiante. E o mercado estava agitado, como sempre estava.

    Mas não foi isso que impediria Gunnar Leif de cruzar por aqui. Talvez cumprindo alguma tarefa, querendo comprar algum ingrediente mágico ou mesmo consultar alguma bilblioteca, ele chega a uma praça com uma estatua imponente de Tempus, bem gasta e marcada do tempo. Apresentava algumas rachaduras já. Em um banco, que dava bem de frente para Gunnar estava um gnomo com uma camisa de seda branca, suspensório de couro e uma pequena adaga presa a cintura. Seus cabelos eram loiros, tinha olhos grandes e azuis, alem de um sorriso carismático no rosto. Ele tirava água de dentro do seu sapato quando nota Gunnar e, coloca rapidamente o sapato e faz um cumprimento formal para o mago:

    - Muito prazer, sou Namfoodle, e tenho uma carta para você, diz ele, entregando uma carta feita em papel amarelado. Quando Gunnar olha para a carta e então ao gnomo, ele não estava mais la.



    O conteúdo da carta era um texto muito breve:












    O mercenário de dezenas de batalhas fazia sua refeição matinal com alguns membros de sua compania mercenária. A refeição era simples, mas o preço era o mais adequado ao bolso de Lars Suez.

    - Semana passada, Toque toque Blood arrumou um serviço por fora. Algo envolvendo um mapa de um antigo cemitério élfico. Ele partiu com 3 homens, e voltou so ele, ileso. Muito suspeito. E parece que conseguiu um bom dinheiro. Nunca confie nesse meio orc maldito. Já Igor, aquele da montante, morreu trabalhando para Balama, o pirata. Nunca confie nesses malditos piratas, dizia Malk, o desconfiado, comendo ao lado de Lars.



    E então, adentra ao estabelecimento uma figura chamativa e diferente dos mercenários e guerreiros calejados que ali estavam. Um gnomo, usando roupas leves, com cabelos loiros e grande olhos azuis, se espremia entre os homens que não faziam questão de dar espaço para sua passagem. Muitos deles inclusive riam e se movimentavam para dificultar a passagem do pequeno, o deixando visivelmente atrapalhado.

    Após um longo trajeto e algumas gargalhadas, ele finalmente consegue chegar a mesa onde Lars estava. Se apruma, faz uma saudação formal e se apresenta.

    - Muito prazer, sou Namfoodle, e tenho uma carta para você, diz ele, entregando uma carta feita em papel amarelado.



    E infelizmente não tem tempo de dizer mais nada, pois Malk faz sinal para um dos mercenários, que pega o gnomo pelo colarinho e o joga para fora do local. A carta, bem sucinta, dizia:



    - Nunca confie nesses gnomos e seus truques, friza Malk.












    A chuva castigava Portão de Baldur la fora, e o escritório estava as moscas. A semana estava fraca, apenas um caso de infidelidade e um roubo de uma carga de tecidos exóticos de um mercador do porto. Mesmo um pequeno escritório tinha suas despesas, algo precisava acontecer e rápido.

    E então, eis que um gnomo adentra ao escritório de Westra. Ele exalava perfume, usando roupas elegantes , tinha cabelos da cor de ouro e olhos grandes e azuis. Um bandolim estava amarrado as suas costas e ele faz um cumprimento formal a Westra, para então falar:

    - Muito prazer, sou Namfoodle, e tenho uma carta para você, diz ele, entregando uma carta feita em papel amarelado. – Lamento nosso curto encontro, mas devo ir pois tenho outras cartas para entregar. Tenha um ótimo dia! Diz ele, saindo do escritório de Westra.



    A carta, misteriosa, dizia:












    O Acerto


    - Meu nome é Damakos, trabalho com intermediação de negócios. Uno uma ponta a outra, juntando “quem precisa de um serviço” a “quem melhor faz aquele serviço”. Tenho uma ampla rede de contatos, tanto na cidade alta, aqui e na área externa. Tenho associados pelo Portão também, como Namfoodle, que levou minha mensagem a vocês. Portão de Baldurs é um campo fértil para meu ramo, há muito trabalho mesmo! Inclusive, se vcs precisarem de algo um dia desses, venham aqui nessa taverna e pergunte pelo Namfoodle ao taverneiro. Em pouco tempo o gnomo os achara, diz o Calishita.

    - Sobre a missão. Meu sistema é da seguinte forma senhores, não costumo ser muito preciso, forneço informações sem nomes ou locais ate vocês aceitarem ou não o trabalho. Se vocês aceitarem, explico detalhadamente; se não, foi um prazer conhecê-los. Considero uma descortesia a recusa após o aceite, portanto, pensem bem antes de aceitar. Vamos la: Algumas pessoas precisam ser resgatadas de um local próximo ao Campo dos  Mortos, a meio dia de cavalo daqui, e trazidas exatamente para este estabelecimento onde estamos. Um complicador: a vila pode estar sob controle goblinoide. O valor do trabalho: 8000 peças de ouro, mas vocês precisarão contratar um quarto integrante. Sim ou não? Diz o Calishita.



    A taverna era bem simples, ponto de encontro de mercenarios, aventureiros e caçadores de recompensa e recrutadores. Era um local amplo com varias mesas, corredores, salas privadas com mais mesas, e tinha um segundo andar tambem. O grupo estava em uma mesa no andar de cima, onde não eram vistos pelos frequentadores mais desatentos da taverna, a nao ser que olhassem atentamente. O dono do bar era um homem velho com longa barba branca e cara cheia de rugas, o que sugeria o por que do nome do local ser "Bode Velho". Os aventureiros ja se conheciam de uma ou outra empreitada, mas não se lembravam do nome "Damakos".


    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6757
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lyvio em Sex Nov 25, 2016 3:45 pm

    Lars estava sentado na mesa escolhida pelo anfitrião do encontro, ele sentava na cadeira e seus pés estavam em cima da mesa, ao mesmo tempo ele descascava uma mação com sua espada curta, e ouvia o relato de Damakos, acerca da carta que recebeu e que se tratava de uma missão, um trabalho como qualquer outro e com 8 mil peças de ouro em jogo, fora o que poderia conseguir nessa empreitada. Mesmo assim ele parecia querer prestar mais atenção em sua maçã do que no homem, mas estava ouvindo tudo e muito bem atento por sinal.

    De vez em quando passava uma atendente e com sua calda ele "chicoteava" a bunda das moças e olhava com um ar maldoso para elas.

    Lasrs era mulherengo, essa sua fama todos já conheciam, não era de hoje.

    O Tiefling espera o homem terminar de falar e toma a palavra:

    -Um quarto integrante seria ideal, de preferência alguém com discrição, que possa servir de batedor e espião sem chamar muita atenção...Me diga uma coisa senhor Damakos, esse seu amigo gnomo serve pra algo além de entregar cartas? Ele me parece se encaixar perfeitamente no perfil que acho que o grupo precisa.

    O tiefling indagava o homem sem nem olhar para ele descascando pacientemente sua mação, só lançando um leve olhar ao final da pergunta.

    -Não sei quanto a Westra e a Gunnar, talvez eles tenham outra opinião sobre o que precisamos. O que nos dizem?

    Indagava ele a sacerdotisa e ao mago. Dessa vez ele levantava seu olhar e os encarava atento esperando suas respostas.
    Einar
    Investigador

    Investigador

    Mensagens : 57
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Einar em Sex Nov 25, 2016 10:08 pm

    A chuva continuava a cair durante a tarde. O sol ainda se esforçava para enviar alguns raios até o solo, mas era frustrado pelas pesadas nuvens negras que o escondiam. Sem se preocupar com a briga entre o sol e as nuvens lá no céu, o Portão de Baldur continuava agitado como de costume. Gunnar Leif se distraía com os murmúrios da taverna e o barulho da chuva no telhado quando se encontrou com Lars e Westra. Ele deu um sorriso tímido para os companheiros enquanto eles se sentavam, mas parecia estar disperso em seus pensamentos enquanto olhava para um livro fechado sobre sua mesa. Após uma breve espera, Damakos finalmente se apresentou e explicou a proposta.

    A missão parecia bastante simples. Entretanto, o semblante de Gunnar se mostrava levemente intrigado.

    - Eu não vejo problema em aceitar a missão. Porém, alguns pontos precisam ser esclarecidos. - Ele começou, enquanto retirava o livro da mesa e o guardava em seus pertences, fixando seu olhar no calishita. - Seus clientes estão nos contratando para resgatar um grupo de pessoas, porém a vila "pode" estar dominada por goblinóides.

    Gunnar enfatizou a possibilidade da existência de goblinóides, realizando uma pausa para suspirar.

    - Em outras palavras, os goblinóides não são o verdadeiro problema. Qual a relação entre os goblinóides e o nosso problema?

    O mago virou seu olhar para Lars e Westra, usando a mão para endireitar o cabelo, e então voltou a fitar Damakos.

    - Meu outro ponto é: o que faz seus clientes acreditarem que essas pessoas estão vivas e se encontram no Campo dos Mortos, onde foram enterrados os reis Strohm IV e Samyte.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Sab Nov 26, 2016 4:11 am

    - O Gunnar tocou num ponto interessante, os goblinoides não são o foco da nossa missão, ou seja, seja lá quem sequestrou essas pessoas não são eles. Faz sentido até que não seja, porquê nunca vi ninguem pagar 8 mil pos para salvar alguém de orcs,goblins e etc. Uma coisa interessante que o nosso companheiro não mencionou é que os 3 que você mandou procurar são versados em magia sendo dois conhecidamente acadêmicos. Será que estaremos lidando com alguma especie de mal sobrenatural? - Indaga o calishita e depois vira para o tiefling - Para um trabalho que se pressupõe pagar 8 mil peças de ouro e no qual foram procurados três pessoas com talentos mágicos, eu acho que ele tem que demonstrar muito mais que isso.

    Depois de toda a reflexão falada, ela pensa consigo. Não tinha pedido nenhuma cerveja, nenhuma bebida, nem nada. Depois da força tarefa contra os servos de Bhaal na cidade, ela não tinha pego mais nada do estilo. O trabalho como investigadora pagava suas contas, mas recentemente a baixa procura tinha feito ter algumas dificuldades. Não tinha pago o preceptor do seu filho Chad e o menino estava já um mês sem seus ensinamentos. Não queria para o seu filho o tipo de vida que ela tivera. Ser alfabetizada aos 13 anos de idade num internato de Tempus sob um treinamento ultra-rigoroso. Em resumo precisa daquele dinheiro.

    - Até agora não ouvi nada que me impeça de pegar esse trabalho, mas também não entendi o pagamento de 8 mil peças de ouro. Imagino que quem retém essas pessoas reféns não seja um bandido comum que anda por aqui nos distritos da cidade. Por acaso esse sequestro tem alguma ligação com Torlin silvershield?


    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4339
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lukas em Sab Nov 26, 2016 9:03 pm

    [quote="Lukas"]







    - Namfoodle? Não sei se ele se interessaria por um trabalho externo, realmente tenho minhas duvidas. Sem duvida que suas habilidades de não ser percebido são grandes, algo superado apenas pelo seu intelecto...o que com certeza o tornaria um pouco caro demais para esta empreitada. Acredito que aqui, no Bode Velho, com algumas peças de ouro você poderia encontrar alguém. Daqui de cima posso ver o Monge Gorstag Dark Skull e aquele engraçado colar de caveiras que nunca tira de volta do pescoço; o patrulheiro Ivor Sempre Quieto com suas botas sempre sujas; e com certeza em pouco tempo mais aventureiros de aluguel adentrarão aquela porta. Se nenhum deles os agradar, converse com o Bode Velho, com certeza ele conhecera alguém com o “perfil” que vocês desejam.disse o Calishita diante do questionamento de Lars.



    Muito bom! É por isso que procurei vocês, por que são profissionais! disse o Calishita diante comentário sobre o Campo dos Mortos de Gunnar. Muito perspicaz a sua pergunta, mago. O que os goblinoides fazem quando não matam os humanos, detentores dos territórios que eles invaem? Escravizam. Com certeza eles estao presos em alguma jaula fetida. Vamos torcer para que eles não estejam mortos, se for o caso, mesmo assim vocês serão pagos, mas precisarei de alguns pertences específicos deles, ate para vocês me comprovarem que foram ate la.



    Diante dos questionamentos de Westra, o Calichita responde:[b]- Acredito ser uma feliz coincidência o fato de vocês três serem versados nas artes arcanas e divinas! Não sei se vcs terão problemas sobrenaturais, divinos ou arcanos. O que um grupo de goblinoides pode ter? Um xama talvez? Nada alem do alcence de vocês, com certeza. Sobre Silvershield, posso lhe adiantar que isto não tem nenhuma relação, Cleriga de Tempus.[b]



    - De acordo para a missão? Posso detalha-la? questiona Damakos.




    Einar
    Investigador

    Investigador

    Mensagens : 57
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Einar em Dom Nov 27, 2016 3:19 am

    Fora da taverna, o vento uivava forte nas copas das árvores molhadas pela chuva. Um grupo de idosos bêbados no andar inferior ria alto de alguma história antiga enquanto uma atendente se esforçava em vão para limpar a lama da entrada do local. Após ouvir as palavras de Damakos, Gunnar pareceu satisfeito e se levantou para apertar a mão do contratante.

    Pode contar comigo.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6757
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lyvio em Dom Nov 27, 2016 8:46 am

    Lars ouve o calisha sobre Namfoodle e lamenta:

    -Uma pena...eu fui com a cara daquele gnomo, tenho algumas pessoas em mente...mercenários como eu, mas preciso ver alguém de extrema confiança...

    Dizia Lars, olhando para cima como se tentasse lembrar de algo.

    Spoiler:
    Lukas, preciso rolar alguma coisa pra lembrar de um amigo ou alguém que seja um ladino, tendo em vista meu conhecimento sobre mercenários?

    E continuou:

    -Não tenho tanto conhecimento em magias como meus amigos aqui, eu estudava magia apenas quando queria descansar de meus treinos de combate. Claro, conheço algumas magias, não tantas como meus amigos, mas o suficiente para me auxiliar no combate caso seja necessário.

    Por fim, respondendo a ultima indagação ele se pronunciou:

    -Claro que pode detalha-la, prossiga. Eu aceito-a.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Seg Nov 28, 2016 5:56 pm

    - Você vão aceitar assim? Não desconfiam do valor do premio? Receber 8 mil peças de ouro para dar cabo de uns goblinoides? Jeez... - Indaga ela aos seus companheiros.

    Precisava da isso era certo, mas entrar assim numa trabalho mais informações era forçar demais. Não era mais a mercenaria de antigamente sem vinculo nenhum. Aquela mesma que enfrentou os servos de Bhaal ali em Portão de Baldur quando estava com Chad na sua barriga e sem preocupação nenhuma. Agora, no entanto, tudo mudara tinha um filho e não podia deixa-lo no mundo sem mãe. Não podia ficar entrando em missões furadas que fariam ela não voltar no fim do dia para o seu filho.

    - Preciso de mais informações antes de entrar em qualquer trabalho. Ao contrario dos meus colegas aqui tenho quem dependa de mim, não posso ser inresponsavel. Não tenha nada que possa me dizer a mais, não? - Pergunta Westra encarando bem o calishita.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6757
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lyvio em Seg Nov 28, 2016 6:14 pm

    Lars ouve sua amiga e não perde tempo de brincar com ela:

    -Você cria sozinha porque quer....já me ofereci para lhe ajudar e você dispensou um belo espécime como eu...Poderíamos nos entender muito bem... Você sabe que somos descendentes de demônios e demônios gostam de fogo, por isso temos muito fogo para oferecer...Hahaha!

    Dizia ele olhando a sacerdotisa de baixo para cima admirando suas curvas. Ele já tinha perturbado-a anteriormente, mas não costumava desistir fácil.

    -Quanto a missão, sou um mercenário nato, vivo disso, não posso sair recusando serviços assim...

    Nesse momento ele já tinha desviado a atenção da moça e cruzado os braços, fechando os olhos aceitando a missão.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Seg Nov 28, 2016 6:26 pm

    - Ahahahaha - ri ela com a brincadeira do Tiefling - Como eu não tenho os antepassados que você tem, ia acabar me queimando com esse fogo todo. Melhor evitar né? Além do mais do jeito que você é, seria bem capaz de cada dia ter uma estranha diferente na minha cama e no final eu ia ser expulsa da minha própria casa por essas mulheres ai - brinca ela também rindo.

    Mudando a expressão mais pra séria ela volta a falar:

    - É Lars, não tenho mais o luxo que você. Meu tempo de punho flamejante já passou e uma das ultimas furadas que eu me meti me rendeu um filho. Alias não é o porco do Ravenguard que tá por trás dessa missão não né? Porquê se for, eu to fora.
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4339
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lukas em Ter Nov 29, 2016 8:43 am










    - Westra, veja bem, quando se fala de "alguns goblinoides" a primeira coisa que vem a cabeça são goblins e kobolds, mas lembre-se que podem haver orcs, bugbears, hobgoblins e gnolls! E vcs devem saber pelos seus anos de estrada que eles nunca andam sozinhos, mas sempre em bandos. Somado ao tempo para chegar no local, os perigos ate la, é um valor justo, diz o Calishita, tirando um relogio de ouro ornamentado do bolso e dando uma breve olhada. - Mas entenderei perfeitamente se não quiser ir, sem ressentimentos.





    Einar
    Investigador

    Investigador

    Mensagens : 57
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Einar em Ter Nov 29, 2016 12:34 pm

    O mago apenas olhava intrigado para a discussão que acontecia na mesa. Não via problemas com a recompensa da missão ou com os goblinóides. O problema, para ele, era como resgatar as pessoas com vida. Por sorte, os goblinóides nunca foram conhecidos por sua inteligência. Os hobgoblins até possuiam alguma habilidade estratégica, e os shamans poderiam apresentar algum desafio, mas nada que pudesse dificultar muito a missão. O problema era a quantidade de inimigos que enfrentariam. Um grupo de quatro membros não teria muita chance contra uma horda de goblins, menos ainda com a presença de ferozes bugbears ou dos hobgoblins. O confronto direto estava fora de questão... a não ser que as forças pudessem ser equilibradas de alguma maneira. Talvez usando tática de guerrilha, ou usando uma distração para dividir seus números. Gunnar precisaria primeiro observar a região antes de elaborar uma estratégia, e conhecia a magia ideal para isso. Após ouvir a preocupação da clériga, ele finalmente decidiu se pronunciar.

    - Westra... eu entendo sua preocupação. - Ele falou timidamente. - Imagino que as famílias das pessoas que pretendemos resgatar têm as mesmas preocupações, por isso procuraram o senhor Damakos.

    Gunnar parecia meio desconfortável sendo o centro das atenções, mas conhecia muito bem a fama de Westra e sabia que tinha mais chances de suceder na missão com ela em seu time.

    - Nossa missão é resgatar um grupo de pessoas, não eliminar todos os goblinóides da região. E não vamos fazer isso cegamente. - O mago criou a imagem em miniatura da vila sendo observada por um grande olho arcano, sobre a mesa. - É por isso que precisamos de um batedor. Se você não for capaz de superar a inteligência de goblinóides, talvez realmente precise desistir da missão.

    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Ter Nov 29, 2016 2:03 pm

    Westra só olhou para Gunnar e pensou "Magos, são tão inteligentes que chegam a ser burros". Ignorou a outro acadêmico e se focou no Calishita para responde-lo:

    - Sim, sim, conheço bem o grupo goblinóide, apesar de ter lutado contra eles poucas vezes. Bem, provavelmente vou me arrepender disso, mas pode me incluir nessa. No entanto continuo achando que tem muito mais que você não está falando para gente. Quem está no grupo dos reféns?
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4339
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lukas em Ter Nov 29, 2016 8:59 pm










    Damakos da uma ultima olhada para todos os aventureiros e se aproxima mais da mesa. - No campo dos mortos existem muitas aldeias e vilarejos, nada muito grande, composto de agricultores e pastores basicamente. Preciso que vocês vão a uma aldeia chamada “Aldeia da Lagoa” e resgatem uma jovem chamada Ana. É impossível não reconhecê-la, longos cabelos vermelhos-fogo, pele clara e com sardas, de uns 20 anos. Ana é filha de um figurão da Cidade Alta, que vocês não precisam saber quem é. Tragam ela ilesa ate o Portão, peça pelo guarda de queixo quadrado chamado Caleb, digam o código “Sete chaves para os sete portões” que lhes enviarei orientações, talvez pelo Namfoodle. Simples e discreto. Meio dia de viagem ate la, saindo agora vocês chegarão a meia noite. Deve ser feito o quanto antes, já que se ela for feita de escrava, não vai durar muito tempo.



    O Calishita move os dedos de uma das mãos como se conjurasse um feitiço. Do meio dos seus dedos surge uma esmeralda, perfeitamente esculpida. Ele a coloca no centro da mesa. - Esse é um adiantamento para despesas de viagem e um selo do compromisso de vocês comigo. Não me decepcionem e continuaremos a nos entender bem. Alguma duvida? Tenho uma reunião em poucos minutos.





    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6757
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lyvio em Sex Dez 02, 2016 8:29 am

    Os olhos de Lars Brilham com a esmeralda, ele sorri e pega-a guardando-a, levantando em seguida de supetão com as mãos na cintura e apontando por lado que seria o local da missão.

    -Por mim já podemos ir! se quiserem nos passaremos num especialista em pedras e transformamos essa esmeralda em dinheiro! Vamos, minhas lâminas estão com sede de sangue! Ahahahaha!

    Dizia ele dando um tapa na bunda de uma das atendentes que passava próxima, assustando-a pela supresa.

    ...e eu estou com sede de outra coisa...com dinheiro tudo fica mais fácil!

    Encerrava, encarando a atendente e lambendoos labios. Com um sorriso malandro no rosto.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Sex Dez 02, 2016 11:11 am

    - hm...- se expressa ela de forma reflexiva e depois fala - Parece bastante simples.

    Ela ia pegar a esmeralda mas o tiefling pegou primeiro. Westra ficou batendo com os dedos na mesa levemente olhando Lars. Podia esperar que coisa não vinha dai.

    - É melhor procurarmos esse quarto membro logo para podermos ir logo para campo dos mortos. Quem vocês sugerem? Ando por fora da lista de pessoas com talentos para se esgueirar pelos lugares.
    Lyvio
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6757
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lyvio em Sex Dez 02, 2016 11:16 am

    Lasr viu Westra o olhando estranho e respondeu:

    -Eu sei que sou lindo...pode admirar a vontade!

    Dizia ele com um sorriso no rosto e lançando um olhar 43 para a moça e em seguida um beijo. Então continuou:

    -Conheço alguém...é um Kobold, de total confiança chamado Kinkle. Ele é um pouco atrapalhado, mas é excelente em infiltrações e tudo que um ladrão sabe fazer. Ele dev tá na guilda.

    OFF::


    Bom, eu inventei um personagem, é um personagem meu de outras aventuras, o dudu conhece, tenho a ficha dele na versão 3.5, se você quizer, Lukas, te mando ai vc adapta. O que me diz?
    Einar
    Investigador

    Investigador

    Mensagens : 57
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Einar em Sab Dez 03, 2016 1:51 pm

    Enquanto Westra e Lars se provocavam, Gunnar parecia levemente preocupado com a urgência da missão. Geralmente, magos não gostam de sair de casa sem estarem preparados. Entretanto, a vida da garota poderia correr perigo com cada minuto desperdiçado.

    - Então está decidido. - Ele começou a falar, tentando demonstrar compostura. - Lars, você fica responsável por recrutar nosso batedor. Westra, providencie as montarias e suprimentos para a viagem. Eu vou procurar mapas e informação útil para nossa missão. Nos encontramos no portão leste em duas horas.

    Apesar de tentar demonstrar liderança, o tom de sua voz parecia bastante irritante por algum motivo.

    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4339
    Reputação : 0

    Re: O Acerto

    Mensagem por Lukas em Sab Dez 03, 2016 4:38 pm









    As atendentes, que corriam de um lado a outro, tentavam desviar do tiefling, mas sem sucesso. Uma hora ou outra algumas delas levava um tapa na bunda e saia do andar vermelha com a situação.

    Damakos sorri de canto de rosto, se levanta fazendo um cumprimento formal: - Muito bem! Aventureiros, boa sorte nessa empreitada! Tenho certeza de que tudo dara certo. Ate amanha!, diz ele, se despedindo e descendo as escadas.



    testes:


    1 Einar, vc devera ir a mesa (https://app.roll20.net/join/1802995/lUmUrw)e fazer os testes abaixo:

    (Investigação – Ana) com -2 de modificador

    (Investigar – Vila do lago) com nenhum modificador

    (Investigar – bando orc) com -2 de modificador

    É bem fácil fazer o teste. Depois de entrar la, va na aba a direita da tela escrita “journal”, você vera listado o nome do seu personagem, clique nele. Após, vai abrir uma tela, vc clica na aba “character sheet”, quando sua ficha será abaerta. Depois, na ao lado Dops atributos na pericia “Investigation”, e clique em cima dela. Vai perguntar se e um teste normal , vc então confirma.



    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6628
    Reputação : 52

    Re: O Acerto

    Mensagem por Edu em Dom Dez 11, 2016 11:46 am

    - Obrigada - responde Westra ao Calishita.

    Ela se levanta colocando a cadeira de volta no lugar na mesa e se vira para os outros.

    - Vamos? Estou por fora das opções de possiveis candidatos para o gatuno. O que tem em mente? - questiona ela tanto a Lars quanto a Gunnar.
    Conteúdo patrocinado


    Re: O Acerto

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Ago 21, 2017 10:30 pm