Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 2 - Seleucia

    Compartilhe
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Pallando em Sab Jan 07, 2017 7:02 pm

    Marin era grato por aparentemente estarem próximos do fim de treino. O último golpe sofrido, bem na região da coxa de Oberon, ocasionaram as primeiras falhas no visor do gudam, então certamente o evo não chegaria ao fim se o simulado fosse muito prolongado. Independente disso, o evo não culpa Ray de forma alguma.

    - Minha inexperiência é a única culpada, Ray. Não se preocupe.- Independente do resultado, Marin já estava decepcionado com seu próprio desempenho, mas não queria a guarda-costas sentindo o mesmo, afinal ela havia eliminado vários inimigos e fora cuidadosa o tempo todo. Apesar disso, entendia que a autocobrança era uma das coisas que a fazia ser uma boa guarda-costas.

    Alguns momentos depois, quando Chui e Gail apareceram, o evo pensou que teriam de enfrenta-los. Nesse caso a derrota seria certa com o Oberon naquele estado, mas logo a voz do comandante esclareceu tudo. Marin sentiu-se aliviado.

    Logo tudo estaria acabado. Só precisariam assegurar um ponto para vencer, e embora Ray tivesse se colocado à frente para protege-lo de possíveis ataques(como Marin provavelmente vai ser o último a agir, a treta toda já terá acontecido quando ele atacar), Marin avançou até o único inimigo que podia alcançar além do que Ray parecia ter intenção de atacar. O evo tenta esmagar aquele que estava no meio do caminho (robô 7).
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Gakky em Sab Jan 07, 2017 9:14 pm

    Antes de se encontrarem e começarem a lutar, Gail sorri com o comentário de Chui sobre ter um dia de azar e comenta:

    - É, talvez seja isso. Você é bom de mira caçador, logo vai pegar o jeito do kakuri.

    ~ ~ ~ ~ ~ ~

    Quando o combate começa, Ray age rápido e para tentar proteger o seu parceiro, salta com os propulsores para frente do Oberon e com a espada corta o inimigo 8 ao meio, fazendo-o desaparecer. A contagem de sua dupla muda para 07, a vitória estava próxima. Chui pensa rápido e usa um ataque especial que dispara duas vezes de uma só vez no inimigo 9, que desaparece logo no primeiro tiro, o segundo passa direto e não atinge ninguém. A contagem da dupla dele muda para 04. O kakuri ainda tenta outro disparo, mas erra a mira.

    Infelizmente o adversário 7 dispara duas vezes contra os que estavam mais próximos, Ray e Gail, causando perfurações na armadura do gudam dos dois. (-25PV Duelista, -35 no Archangel). Marin e Gail agem quase no mesmo instante. Oberon e Archangel avançam para perto do último inimigo que restava, os dois atacam ao mesmo tempo, porém a investida com o martelo de Marin não atinge o alvo, que quando esquiva é acertado pela espada do príncipe. Quando a criatura desaparece, Marin tem a leve impressão de ver o Archangel segurando sua espada e encarando o Oberon.

    Uma palavra flutuante surge no visor de todos vocês, para a dupla Marin e Ray a palavra que surge é: VITÓRIA. E para a dupla de Gail e Chui aparece: DERROTA. Depois aparece um placar mostrando que a dupla Marin e Ray acertaram 7 e a dupla Gail e Chui acertaram 5. De repente todos sentem suas mentes formigarem, o ambiente ao redor desaparece, por alguns segundos tudo fica escuro e de repente vocês haviam voltado. Os braços e pernas de vocês parecem estar fracos, mas vão recuperando-se rapidamente, Gail e Ray já conheciam essa sensação. Logo todos escutam a voz de Rosso:

    - Tirem o simulador e me entreguem, é só passar por cima da cabeça.

    Enquanto retiraram o aparelho, o comandante vai falando o que achou do treino:

    - Parabéns a dupla Marin e Ray, vocês venceram o treino! - Diz tentando parecer animado, apesar de não ser o seu forte sorrir - Como eu prometi, irão ganhar uma recompensa. Eu também ainda tenho algumas considerações a fazer sobre o treino, como sabem, nosso objetivo é sempre melhorar, então devo falar os erros para que não comentam novamente. Mas vou esperar que todos tirem o simulador.

    Gail é o primeiro a tirar o simulador, ele olha para Ray e Marin, parecia desanimado com resultado, suspira irritado e boceja logo em seguida. Nesse momento, enquanto o comandante pega o aparelho do príncipe, faz uma pergunta estranha a ele:

    - Gail, você não errou de proposito para deixar a Ray vencer, errou? - O comandante não deixou que o príncipe respondesse, tentou dar um sorriso e continuou - Estou brincando! Mas eu esperava mais de você, foi o que teve menos acertos... Quem derrotou mais inimigos foi o Marin, ele realmente é bom em combate.

    O príncipe acha graça da pergunta, pois começou a imaginar como seria se fosse fazer o que o Rosso disse. Gail responde com um sorriso discreto e olhando para baixo:

    -  Do jeito que a Ray é, se eu fizesse isso, acho que ela ficaria zangada e nunca mais iria querer falar comigo... Não sei porque errei tanto... O que há de errado comigo... - Termina falando pensativo e perguntando para si mesmo com olhar distraído.


    O comandante sorri e quando pega os aparelhos de Chui e Marin, faz uma pergunta:

    - E vocês que pilotaram pela primeira vez, gostaram? Para a primeira vez, foram muito bem. Estou satisfeito com o resultado.

    (Marin e Chui devem rolar um teste com bônus de vigor, para saber se vão vomitar depois da simulação, o CD é 8, se não passarem vão começar a passar mal, sentir-se tontos e depois da última pergunta do comandante, vão vomitar. Descrevam em seus posts como foi depois de verem o resultado.)

    Ordem da batalha:
    Spoiler:

    Ray 13
    Inimigo 8
    Chui
    Inimigo 7
    Inimigo 9
    Marin
    Gail




    OFF: Terminou o treino! Viva a dupla vencedora! Dúvidas é só perguntar!

    Por curiosidade, eu fiz a conta dos acertos de cada um:

    Gail- 2 acertos
    Ray - 3  acertos
    Marin - 4  acertos
    Chui - 3  acertos

    OFF2: Atalho para Tópico de Rolagens

    Situação dos Gudans:


    Chui - Kakuri

    Defesa: 8
    PV: 160
    Ataque: Corpo a corpo + 2 /Distância +6 (+3 agi , +3 classe)

    Marin - Oberon

    Defesa: 9
    PV:  40/160
    Ataque: Corpo a corpo +5 (+ 3 for + 2 class) /Distância +2 (+1 agi +2 class)

    Ray - Duelista

    Defesa: 8
    PV: 55/150
    Ataque: Corpo a corpo + 4 (2 for, +2 class) /Distância +3

    Gail - Archangel

    Defesa: 9
    PV: 80/150
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Pallando em Dom Jan 08, 2017 7:27 pm

    Ao menos receberia a recompensa pela vitória. Era com isso que o evo tentava diminuir a frustração que sentia a respeito do seu desempenho no treino. A palavra "vitória" estava estampada em seu visor, mas Oberon estava em pedaços ao fim e havia desperdiçado vários ataques, entre eles o golpe esmagador.

    Ainda naqueles momentos finais, Marin teve uma estranha impressão a respeito do Archangel, algo que até então o evo sequer havia considerado ser uma possibilidade. Sendo ou não uma ideia com base, Marin preferia acreditar que fora apenas uma impressão boba.

    Sentiu sua mente formigar enquanto observava o cenário simplesmente desaparecer. Logo se encontrava mais uma vez na sala de operações com o arco na cabeça. Sentia-se fraco, como se suas pernas fossem ficar bambas caso tentasse se levantar naquele momento, e pensou que algo realmente estranho estivesse acontecendo até que começou a se recuperar. Ouviu a ordem do comandante e obedeceu, retirando o arco com certa pressa para se livrar daquilo.

    - Eu agradeço, Ray. Bom trabalho.- Não sorriu, afinal nem sabia se conseguia fazer isso, mas havia sinceridade no que dizia e gentileza no tom da voz. Foi quando começou a sentir-se um pouco mal, uma tontura estranha e uma sensação incômoda, e ficou tenso com isso, suspeitando que talvez algo mais pudesse dar errado. Enquanto Rosso e Gail conversavam sobre algo, Marin concentrava-se naquela sensação estranha, como se fosse algo que precisava deter de qualquer forma, mas estava se saindo nada bem.

    Não imaginava que os outros poderiam estar com problemas semelhantes, e devido a "falha" da noite anterior não pensava descartar a possibilidade de estar com problemas de novo. A sensação era completamente diferente da exaustão que sentia na noite do surto, mas ainda precisava ficar alerta. Tentava não deixar transparecer para os outros pois não queria alarma-los, mas quando Rosso lhe perguntou algo, não conseguiu segurar. Tentou se afastar, mas acabou indo ao chão dois passos depois e vomitou.

    - Sim...- Esforçou-se para responder o mais rápido que pôde depois do vômito, assim saberiam que não havia surtado de novo.- Acho que foi interessante....mas acabei errando muito.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Tsumai em Seg Jan 09, 2017 1:37 am

    Os inimigos foram caindo a cada ataque, e pelo menos ele tinha conseguido derrotar mais um, antes que seus amigos detonassem o outro. Mas, mesmo com o empenho dele e de Gail, eles foram derrotados por Ray e Marin, que haviam conseguido uma pontuação bem elevado inicialmente, o que definiu a vantagem para eles e consequentemente a vitória na competição. Mas Chui não estava chateado, muito pelo contrário: apesar de ter errado algumas vezes e se sentir meio desconfortável dentro do Gudam, ele sentiu que se saiu bem! Nem mesmo o pesadelo que teve com Ashanti durante a noite prejudicou sua performance. Conseguiu até esquecer deste detalhe.

    Chui começa a se desfazer do equipamento de realidade virtual e entregá-lo a Rosso. Sentia-se meio fraco e trêmulo, como se estivesse há muito sem comer, apesar de não sentir fome. Ouviu Rosso parabenizando a dupla ganhadora e comentando sobre a suposta atitude de Gail de permitir que Ray vencesse. Chui chegou a olhar para ele para descobrir se era verdade, mas não dava para saber, embora achasse possível. De qualquer forma, isso não fazia a empolgação de Chui desaparecer, tanto que respondeu a Rosso quando ele perguntou:

    - Nossa, foi ótimo! Estranho, mas ótimo! Quando vamos fazer de novo?

    Chui começou a se sentir um pouco mal, graças à troca de realidade, mas conseguiu se conter. Como imaginara antes, sua experiência em viagens nauseantes lhe conferira um pouco de resistência a enjoos. Depois de se recompor, Chui volta a falar com o comandante, querendo fazer um pedido que desejava desde que acordara:

    - Comandante, eu gostaria de fazer uma chamada para minha irmã, é possível, senhor?
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Luxi em Seg Jan 09, 2017 9:01 pm

    - VITÓRIA! É! -   comemorou Ray fazendo um gesto. Aparentemente tinha se esquecido de todos os ferimentos virtuais e a noite anterior. Pelo menos naquele instante.  

    Ela fechou os olhos e só retirou o visor quando seu cérebro já tinha entendido que estavam de volta. Entregou o simulador para o comandante e estava toda sorridente.

    Só então olhou para o príncipe e observou sua reação enquanto explicava por que não teria errado de propósito. Era bom MESMO que aquilo fosse só uma brincadeira. Não queria que a deixassem  vencer.

    - Que bom que sabe muito bem o que eu faria, alteza -
    entrou na brincadeira, rindo. Estava em ótimo humor. Adorava adrenalina.

    Depois disso, Marin estava passando mal. Lembrava-se de como tinha sido a primeira vez em um simulador e não tinha sido nada bonito.  Ela espiou os demais, com medo de um novo surto, mas tendo em vista que ele respondia normalmente, ela se levantou e caminhou dois passos em sua direção.

    - Você já está melhor? É assim mesmo, não se preocupe. Depois você se acostuma... E Ah. Quê isso! Nós fomos ótimos, parceiro!


    Estava tudo bem de novo. Pelo menos para ela.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Gakky em Ter Jan 10, 2017 11:53 am

    Gail não gostou do resultado do treino, ele faz uma expressão de zangado quando ouve Ray provocá-lo ao chamar-lo de alteza, apoia a cabeça na palma da mão e responde:

    - O comandante falou para não me chamar assim, Ray.
    Quando Marin começou a passa mal, Rosso se levantou preocupado de sua cadeira, mas ao ver o que era só reação ao simulador, relaxou e voltou a se sentar. Ele então responde calmamente as perguntas de Chui:

    - Bom, faremos algumas vezes até chegarmos em Nihil, não vai demorar. Só que não será mais em forma de competição. E sobre a chamada, pode sim, mas só depois das considerações que farei.
    O comandante olhou para Marin e comentou:

    - Vomitar depois da simulação é normal Marin, e errar também. Não espere ser perfeito na primeira vez.

    Porém quem não estava satisfeito com a situação era Gail, primeiro ficou irritado com a vitória da dupla Marin e Ray, mas quando viu a sua guarda-costas se aproximar do evo, não se segurou, levantou-se e foi até ela dizendo:

    - Ray! Não devia se aproximar dele...

    Rosso notou que isso não estava bom e se intrometeu:

    - Gail, cuidado como fala. Vocês dois sentem-se.

    O comandante se levantou e foi até Marin e lhe entregou um lenço que tirou de sua farda. Depois disse:

    - Use isto para limpar o rosto, não precisa devolver. Acredito que já vai ficar bom, venha sentar-se um pouco. Não quero ninguém se movendo. Eu preciso dar as considerações, e se forem descer cada um para um lado, isso aqui vai virar um caos. Vamos manter a ordem.
    Marin já sentia-se melhor depois de ter vomitado, embora ainda parecesse um pouco fraco, mas não tanto. Depois que todos sentaram-se, Rosso começou a falar, mas sem se sentar:

    - Vamos as considerações. Primeiro Marin, você foi o que acertou mais inimigos, lutou muito bem, fez o ataque especial que pedi. Porém teve o gudam mais avariado, deve tomar cuidado com sua defesa na próxima vez. Deve tentar evitar os danos para ficar mais tempo durante a batalha. Se o seu gudam fosse destruído, iria deixar a Ray sozinha. Mas fiquei satisfeito com o resultado, me parece até que já nasceu para pilotar um gudam... Só tome cuidado com toda essa habilidade, não seja tão afoito.

    Rosso olha para Chui e comenta:

    - Caçador Chui, parabéns por ter permanecido intacto. Porém isso pode ser ruim se for por não ter usado o máximo de suas habilidades. Quando usar o tiro múltiplo novamente, não o faça em um mesmo alvo, essa habilidade é para alvos diferentes. É preciso conhecer bem o gudam que pilotamos para tirarmos o melhor proveito deles. No geral foi bem para primeira vez, ficariam surpresos com os novatos da academia, alguns ficam presos batendo na parede até o fim do treino...

    Enquanto o comandante falava de Chui, Gail sorri simpático para ele, mas depois cruza os braços e fica olhando para o evo com um olhar zangado. O príncipe até se assustou um pouco quando ouviu Rosso falar o seu nome:

    - Gail, você pilota um modelo raríssimo do Archangel, é uma herança real, deve honrá-lo e lutar bravamente. No entanto, errou mais que os novatos. Um soldado não pode deixar que seus sentimentos influenciem na batalha. Você não pode deixar de comer só porque não tem fome, ou deixar dormir por algum motivo. Se o corpo de um soldado falhar durante a batalha, ele pode morrer. Não existe mais isso de não ter vontade, isso serve para todos também. Então Gail, da próxima vez que não tiver vontade de comer, coma mesmo assim, isso serve para as outras coisas. Você também esqueceu de usar habilidade especial, está com uma péssima atenção. Espero pelo menos que tenha percebido o quanto pode ser prejudicado se ficar deixando de cuidar do seu corpo.

    O príncipe não olhou para os outros enquanto era criticado, mas parecia pensativo. Logo chegou a vez de Ray:

    - Ray, você não conseguiu cumprir a estratégia de proteger o Marin... Deve mudar sua estratégia da próxima vez. Acredito que poderia ter sido melhor se não se deixasse suas preocupações te afetarem tanto. Tinha começado bem até ver que estava errando, de lá sua performance piorou. Em um campo de batalha não se pede desculpas para o parceiro, apenas se age. Deixem essas coisas para depois. Você também está deixando se levar pelos sentimentos, pelo menos não deixou de dormir igual o outro... Porém também não usou nenhuma habilidade especial, pelo menos não que tenha visto. Você poderia ter usado a habilidade Precisão, reduziria as defesas dos inimigos.

    Rosso suspirou, olhou para o rosto de cada um e concluiu:

    - O que eu disse não é nenhum tipo de repreensão, estou corrigindo-os para que melhorem. Devem meditar nessas críticas e buscar superá-las. Agora estou dando uma hora livre para vocês. Chui pode ligar para sua irmã, é só usar a tela do lounge. Marin eu vou descer com você para o lounge também. Depois do intervalo quero todos aqui de novo, nós vamos fazer uma parada em Duos para abastecer o que faltava. Eu não me esqueci da recompensa da dupla vencedora, saberão disso quando pousarmos. Ah, antes de irem para o intervalo, precisamos limpar essa sujeira no chão... Quem vai se voluntariar a essa tarefa?

    O príncipe não se candidata, mas se levanta e vai até Ray, com uma expressão de deprimido, diz a ela:

    - Ray, vem comigo até a sala médica? Não estou me sentindo muito bem... - Lançou um olhar para o comandante e acrescentou - Não é grave... Só quero tomar um analgésico...
    Rosso prestou atenção a conversa do príncipe, mas não se intrometeu. Quem se voluntariar para limpar o chão, pode descer depois disso, não é uma tarefa demorada. Chui e Marin com o comandante até o lounge, e Ray e Gail onde decidirem. Chui já pode ir ligando para sua irmã.




    OFF: Dúvidas só perguntarem. Bom jogo! Wink Sem testes por enquanto. Podem descrever até chegarem no outro cômodo, o que farão ao chegar lá e tal... Não precisam se prender só a sala de operações nesse post.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Pallando em Ter Jan 10, 2017 6:58 pm

    - Eu achei que...- Pensou em comentar depois de ouvir Ray, mas felizmente deteve-se.- Obrigado. Não esperava por essa...

    Foi um alivio ouvir de Ray que aquela reação ao simulado era normal, além de uma gratíssima surpresa ver que ela havia realmente ter deixado a noite anterior de lado. Olhou para os outros, feliz em ver que Chui estava melhor agora, sem aquele aparente desânimo de antes. Por outro lado não era nada agradável ver que Gail permanecia com a mesma postura de antes, mesmo que de certa forma tivesse razão para ver o evo como uma ameaça, e por isso logo foi repreendido por Rosso.

    Marin apanhou o lenço e limpou o rosto, depois sentou-se como fora instruído a fazer. Ouviu as considerações do comandante atenção, mais interessado em ouvir sobre suas falhas do que pontos positivos, afinal não considerava apenas a tentativa do ataque especial como algo a ser levado em conta. Qualquer um poderia ter tentado, no final das contas ter sucesso é o que contava pontos para Marin. Ainda assim, ficou feliz com o elogio sobre parecer que nasceu para pilotar um gudam.
    Continuou ouvindo mesmo quando não se tratava mais de si mesmo, simplesmente ouvindo por ouvir. Não deixou de reparar que Gail o observava com um olhar zangado, mas não o permitiria saber que havia sido notado. Paciência não era o seu forte, ao menos não nesse tipo de situação, mas o conselho de Rosso, "não desista deles", ainda estava fresco em sua memória. Tentava manter uma imagem positiva do príncipe, a imagem do Gail com quem conversara durante a limpeza, do jovem nobre que apenas queria sua liberdade. Ainda era cedo para Gail conseguir perdoa-lo e apenas isso, pensava Marin, tentando ser mais maduro do que realmente era.

    Quando Rosso pediu por um voluntário para limpar o chão, Marin imediatamente se levantou. Não parecia apropriado que outro limpasse o chão que ele mesmo havia sujado. Ficou curioso a respeito da conversa que Gail certamente teria com Ray, afinal pareciam haver chances de o evo ser parte do tópico principal, porém era impensável tentar bisbilhotar. Ainda tinha desculpas a pedir para Ray, e talvez até ao príncipe, mas o momento não parecia apropriado.

    Depois de limpar o chão, o que foi como um teste para suas habilidades de limpeza adquiridas recentemente, seguiu ao encontro de Chui e Rosso até o lounge. Começava a sentir-se ansioso para descer em Duos, um lugar que nunca vira, e também queria ver qual seria a recompensa pelo treino. Estava mais animado agora do que estava antes do simulado.

    - Está preocupado com sua irmã?- Perguntou ao caçador sem hesitação, sem considerar a possibilidade de Chui o tratar com certa frieza devido ao surto. Sua intenção era a de simplesmente falar com Chui, mas também estava curioso para saber o que o preocupava.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Tsumai em Ter Jan 10, 2017 10:56 pm

    Chui nem percebeu quase que Marin havia vomitado, e talvez por notar só quando ele estava se comunicando percebeu que não era mais um surto. Talvez se tivesse reparado desde o início temesse que estava ficando mais uma vez incontrolável, mas ainda não bem que não fora o caso. Contudo, ficou feliz com a resposta positiva de Rosso sobre sua ligação para Ashanti, e deixou escapar um sorriso.

    - Obrigado, comandante!

    Mas seu momento de êxtase quase foi por água a baixo quando Gail dirigiu a palavra a Marin. Por uns poucos segundos pairou uma tensão no ar, ameaçando algo acontecer, mas por sorte Rosso interviu e evitou o pior. Assim ele já emendou em falar suas considerações acerca da performance de cada um em combate. No geral, o comandante estava sério e apontava os pontos positivos e negativos de cada um durante o treino, mas nunca sem deixar uma crítica construtiva. Rosso também evitava de elevar as expectativas ou o ego dos recrutas ao fazer um elogio.

    E quando ouviu seu nome, Chui gelou. Sabia que não era dos melhores, mas ouvir um elogio era sempre animador, e ainda recebeu também um sorriso de Gail! Era muito bom. Mas Rosso também detalhara seus erros, e Chui assentiu com a cabeça, aceitando os pontos que precisava melhorar, embora não entendesse como ficar sem sofrer dano fosse um ponto negativo. E então, ao final de todas as considerações, Gail se levantou e chamou Ray para ir com ele até a ala médica, e Chui tinha a certeza que na verdade ele queria falar sobre o Marin, tanto que ele olhou para o evo, que já estava limpando o chão.

    - Ok, já vou indo! - respondeu Chui a Rosso, sobre falar com sua irmã.

    Mas Chui não foi sozinho: o próprio comandante e Marin desceram com ele. Marin até fez uma pergunta sobre a irmã do garoto, que respondeu:

    - É, um pouco sim. Sabe, eu tive um pesadelo essa noite e... geralmente não é nada, mas não custa ligar para saber como ela está, né? Posso até te apresentar para ela! Sei que ela vai gostar de eu achar um amigo para me acompanhar nas viagens, depois da missão. Ela odeia saber que eu navego por aí sozinho.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Luxi em Qua Jan 11, 2017 2:56 pm

    Ray ouviu as críticas atentamente. Não parecia muito contente com aquilo, mas quem ficaria? Ela remoeu um pouco as palavras, querendo uma nova chance para melhorar, mas entendia também que não era nada pessoal e, felizmente, nenhum de seus companheiros ali competia entre si, o que era bem diferente da academia. Bem, exceto o príncipe...

    Ela assentiu, preocupada com o estado de saúde dele e o acompanhou inocentemente, caminhando em direção a sala médica. Sabia que provavelmente ele falaria sobre Marin, mas achava mesmo que ele podia estar passando mal. Não se aguentou e começou a fazer perguntas antes de chegarem:


    - Está tudo bem? Você está estranho o dia todo. Foi por que dormiu pouco preocupado com ontem?

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Gakky em Qua Jan 11, 2017 6:31 pm

    ---> Cena Lounge (Chui e Marin)

    Rosso havia ficado satisfeito com a iniciativa do evo de limpar o chão, pois não imaginou que ele teria ânimo logo depois de passar mal. Mas já que era sua escolha, ele ajuda Marin a limpar dando instruções, porém não pegava nos produtos. Depois enquanto desciam as escadas, Chui e Marin vinham conversando sobre planos futuros, quando chegaram ao Lounge, os dois sentaram juntos no sofá. Enquanto Chui discava para sua irmã no comunicador galático, o comandante trouxe para o evo um copo de água e um pano molhado:

    - Coloque o pano na testa, vai se sentir melhor se ainda estiver mal. Podem ficar a vontade, estarei fazendo meu trabalho ali na mesa, preciso assinar uns papeis antes de chegarmos em Duos. - Disse o comandante, parecia estar de bom humor.

    Depois Rosso pegou sua prancheta digital e sentou-se à mesa, parecia de bom humor e concentrado em seu trabalho. As janelas do lounge estavam abertas e mostravam uma incrível paisagem, era possível ver o planeta Duos ao longe, duas luas orbitavam ao seu redor. Se prestasse atenção, poderiam ver também Primos mais ao longe, e do outro lado de Duos o planeta Tertium, que parecia uma joia azulada. A tela suspensa em frente ao sofá desce para ficar na altura da visão de vocês, logo a chamada do caçador é atendida, aparece a irmã de Chui dizendo:

    - Chui! Estou correndo para atender todas as ligações achando que é você! Demorou a me ligar. Como você está? O que anda fazendo? E quem é esse seu amigo? Acho que eu o vi da outra vez.

    ---> Cena Sala Médica (Ray)

    Enquanto caminhavam juntos, o príncipe responde:

    - Não é nada grave, só minha cabeça que está doendo. Na verdade, não consegui dormir ontem, acho que só umas duas horas, tem algumas coisas me preocupando e... Er... Se te contar o outro motivo de não conseguir dormir, você vai rir de mim...

    Quando chegam a sala médica, podem ver que se tratava de um cômodo todo branco, diferente do resto da nave. Havia vários armários e uma cama no centro, que tinha monitores. Gail observou a sala e não sabia onde estariam os remédios. Ele sentou na cama médica, seus olhos realmente pareciam cansados.

    - Eu não sei onde estão os remédios, pode procurar para mim? - Pediu o príncipe.

    Depois de pedir, ele bocejou e começou a falar:

    - Eu deveria ter pensado melhor antes de vir... Na hora não pensei em você. Eu estava tão cego em querer fazer algo importante, que acabei te envolvendo nisso sem pensar nas consequências. Só notei que podia ser perigoso quando vi Marin quase te machucar, eu fiquei tão nervoso que só conseguia pensar em atacá-lo... Eu já disse para não ficar perto dele, podia ter sido outro surto hoje. Você não precisa ajudar o evo, é minha guarda-costas, não dele. Desse jeito Marin pode acabar achando que você gosta dele.

    Depois de falar, ele ficou um pouco corado, deitou na cama e cruzou os braços irritado.




    OFF: Luxi, se for procurar remédios, pode rolar um dado 10 , CD5 para encontrar o remédio certo, bônus de inteligência.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Luxi em Qua Jan 11, 2017 8:23 pm

    - Bobo. Eu não vou rir de você... além do mais é a sua primeira vez enfrentando uma rotina militar. Eu sabia que seria bem puxado...  


    Ela olhou em volta na sala e depois procurou nos armários. Era bom que já se habituasse com o local e onde estavam as coisas, para uma emergência.

    - Tudo bem, eu procuro. Vamos, é bom descansar sempre que tiver chance... hmmm. Vejamos, aqui!

    Pegou um frasco e leu o rótulo, depois outro, até encontrar.

    - Tcharan.


    Ray ouviu o príncipe falando mantendo as costas viradas para ele. Não queria esboçar muitas reações diante daquele comentário. Sorriu suave e sentiu o rosto esquentar. Era bom o sentimento de ser protegida, ainda que também soasse muito errado a forma como ele falava, mas o perdoava pois sabia que era seu jeito de se expressar. Ela também ficaria com um pé atrás se fosse ele o atacado por Marin na noite anterior. Não podia obrigá-lo a esquecer tudo sem mais nem menos, mas seus coração era um tanto ingênuo em relação a classes marginalizadas da sociedade. Os evos eram esse tipo.

    - Não precisa pedir desculpas. Aqui eu sou um soldado, Gail - abriu o frasco e levou a pílula para ele, procurando um jarro de água ou algo do tipo. - Você também.  É o que você sempre quis, não é? Uma aventura?  Então... Vamos dar uma chance para Marin. Precisamos trabalhar em equipe. Tudo bem? Sabe, ele estava muito empenhado na simulação de hoje e saiu tão machucado porque tentou compensar o que tinha feito me protegendo, eu acho. Eu também fiquei com medo.. - ela levou a mão ao pescoço - mas eu ainda não acho que ele é completamente ruim. Se ao menos ele recuperasse essas memórias, talvez entendêssemos melhor por que fez isso.

    Rhaenee tocou a arma presa ao cinto.

    - Eu estou precavida, não se preocupe mais. Afinal, esse é o meu trabalho. Eu sou a sua guarda-costas, não o contrário. -
    sorriu. -  Então posso levá-lo para descansar um pouco agora, o que acha? Prometo que vou ficar bem enquanto isso. Sabe, se sofrermos um ataque enquanto você está debilitado, você correria riscos verdadeiros, sabe disso, não é?  Eu devia ter lhe contado o tipo de coisa que você encontraria aqui. Sinto muito por não podermos voltar. Então, só aguente firme até o final. Sairemos bem dessa.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Tsumai em Sex Jan 13, 2017 3:26 pm

    Chui se acomodou em uma cadeira à mesa no lounge aguardando a tela entrar em posição e a imagem de sua irmã aparecer. Assim que o rosto de Ashanti se fez visível, o garoto abriu um largo sorriso que mal lhe cabia no rosto, e toda a sensação ruim que teve com o pesadelo na noite anterior se desfez imediatamente; Chui até mesmo se sentiu meio bobo por se preocupar com sonhos, pois sabia que não se passava disso.

    - Olá! Desculpe, eu não posso ficar te ligando sempre, sabe? Além do mais eu tenho entrado em contato mais vezes do que prometi! E eu estou bem, não se preocupe... só tive um sonho esquisito... bom, tá tudo bem por aí? Ah! E o dinheiro, chegou aí? Doamos ele para vocês poderem comprar os equipamentos, ou pelo menos ajudar... - Chui faz uma pausa e olha para Marin com um sorriso de gente feliz. - Esse é o Marin! Ele é um dos meus companheiros aqui na nave, e ele doou a recompensa dele para você! Parte do dinheiro veio dele! E Marin também vai viajar comigo a trabalho depois que terminarmos essa missão. Agora você pode ficar mais tranquila, não estarei mais sozinho.

    Chui volta a olhar para Marin esperando que ele diga alguma coisa. Talvez fosse ingenuidade dele pensar que o evo não fosse ter outro surto daquele, ou fosse apenas a empolgação de Chui que o fazia desligar seu senso de perigo, mas acreditava em seu íntimo que Marin não era uma ameaça; todos poderiam ter seus dias ruins e ter alguns problemas, mas isso não o afastaria do companheiro.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Pallando em Sex Jan 13, 2017 5:05 pm

    Marin não sabia ao certo se a preocupação de Chui baseava-se apenas em seu pesadelo ou também devido aos incidentes com os monstros gigantes, como aquele que havia destruído o palácio, mas como o caçador bem disse, não faria mal algum verificar. Seja como for, o evo estava feliz por quase não ter se dado conta de que Chui parecia não se importar com o surto, conseguindo falar naturalmente com ele, além de que era bom saber que ainda poderia segui-lo em suas aventuras como ajudante. Marin assentiu com a cabeça depois de ouvir o caçador.

    Quando chegaram ao lounge, sentaram-se e o evo recebeu um copo d'água e um pano molhado do comandante. Marin o olhou com curiosidade, sem saber o que deveria fazer com aquilo, e depois fez como fora orientado a fazer.- Agradeço.- Disse logo depois de colocar o pano molhado na testa, embora já soubesse que não gostaria de ficar usando aquilo.

    Ainda ajeitava o pano sobre a testa quando a visão do lado de fora da janela chamou sua atenção. Um planeta, duas luas orbitando ao redor e a imensidão do espaço como plano de fundo, apenas isso a princípio, mas logo atentou-se para a presença de mais dois planetas visíveis dali. "Encantador" foi a primeira palavra em que pensou, sentindo seu interesse na pequena parada em Duos aumentar gradativamente. Só deixou a visão de lado quando o monitor subiu e a chamada foi atendida pela irmã de Chui, e ela parecia até mais preocupada do que Chui.

    O evo achou graça na cobrança de Ashanti pela ligação e as explicações do caçador por que, sabendo que provavelmente eles não se viam pessoalmente com frequência, aquele parecia ser um tipo de diálogo comum entre os dois. Depois, ainda que estivesse bem atento, Marin só percebeu que era a hora de se apresentar quando Chui o olhou na espera de que o fizesse.

    - Olá.- Apresentou-se com calma, também levantando a mão para cima em cumprimento, deixando o pano que estava em sua testa cair.- Sou o ajudante!- Disse com certo ânimo na voz, acreditando que qualquer um saberia o que é um "ajudante".

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Gakky em Sex Jan 13, 2017 6:46 pm

    ---> Cena Lounge (Chui e Marin)

    Ashanti fez um expressão de invocada quando Chui fala que não pode ligar sempre e suspira visivelmente irritada,porém depois volta a ficar mais calma quando o caçador toca no assunto dos equipamentos. Ela também observa curiosa o evo se apresentar e responde:

    - Olá Marin... - Cumprimenta o evo, em seguida faz uma leve reverência e agradece - Obrigada por ter feito a doação, não são muitas as pessoas que fazem isso. Além disso, nunca ganhamos tanto recurso de uma vez. Quando puder nos visitar, prometo lhe fazer uma boa refeição. Agradeço se puder proteger o meu irmão e lembrar ele de me ligar mais vezes... Porque não custa nada não é?

    Depois a garota olha para Chui e responde:

    - Sim o dinheiro ajudou, compramos os equipamentos, mas... - Ela faz uma expressão triste - Estão querendo derrubar a floresta aqui perto para construir uma barragem enorme, parece que a capital de Locus precisa de mais água. Mas isso vai matar vários vegetais e animais, que podiam ser pesquisados para criar remédios. Também fiquei sabendo de Primus, ainda bem que saiu de lá, está aparecendo criaturas gigantes e destruindo vários prédios por lá... A situação é está muito difícil para eles... Mas me conte, que tipo de trabalho está fazendo agora? Posso saber onde vai?

    Miatcha surge logo atrás de Ashanti, ela era uma menina bem jovem e sorria simpática quando cumprimenta vocês:

    - Olá Chui! Olá homem branco estranho!

    Enquanto vocês conversavam, Rosso continuava concentrando em seu trabalho e anotando coisas na prancheta digital.

    ---> Cena Sala Médica (Ray)

    O príncipe se senta novamente e pega a pílula, enquanto encara o remédio, comenta:

    - Você fala como se fosse fácil não me preocupar... Mas é bom ver que esta prevenida. Se você prometer que não vai ficar sozinha com ele, de preferência sempre do meu lado, e que não vai se aproximar dele tão rápido como fez ontem e hoje, eu prometo tentar trabalhar em equipe.  

    Ray encontra um filtro de água moderno, ao lado estavam vários copos retráteis. Ela pega um, enche de água e leva para Gail. O príncipe toma o remédio rapidamente e entrega o copo de volta para a guarda-costas, nem questionava a procedência daquela pilula, pois sempre confiava nela.

    - Não se culpe, eu que insisti para vir. E mesmo assim você tem se esforçado... - Comenta Gail, em seguida para para pensar um pouco e continua com uma voz mais firme - Tem toda razão Ray, eu sou um soldado, vou me esforçar mais, não vou desistir do meu objetivo. Vou me acostumar com esse lugar, só preciso de paciência. Quero que se orgulhe do príncipe de Primus.

    Gail volta a se deitar, diz após um bocejo, já quase fechando os olhos:

    - Quero ficar aqui. A cama do quarto é muito dura... Eu não consegui dormir porque minhas costas doeram. Mas do jeito que estou com sono... Acho que durmo até no chão...

    O príncipe volta a bocejar e seus olhos começam a se fechar. Antes dormisse que profundamente, ele fala sonolento palavras confusas:

    - Ray, não vai... Não quero... Te perder...
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Tsumai em Sab Jan 14, 2017 9:18 pm

    Chui não conseguia ficar emburrado quando conversava com a irmã, e era todo sorrisos.

    - Ah você sabe que eu não posso ficar ligando assim! - mas então Ashanti fala sobre o problema com a floresta e Chui se torna mais sóbrio e sério, suspirando. Sempre tinha um problema; parece que o governo de Locus sempre depositava o peso dos problemas e adversidades nos ombros dos mais pobres. - Infelizmente com isso eu não posso ajudar, Ash... está além das minhas capacidades. Mas vou torcer para que tudo fique bem! Tenha ânimo!

    Chui faz uma pausa antes de continuar.

    - Bom, sobre o trabalho, não posso dizer muita coisa sabe, coisa de militar... não tenho certeza do que posso falar ou não, então por via das dúvidas você vai ter que ficar na curiosidade. Mas não se preocupe, não estou nem perto desses bichos gigantes...

    Então Miatcha aparece e os cumprimenta. Chui acena com a mão.

    - Oi, mia. Esse é o Marin! - me viro para o evo. - Marin eu...- Chui engole em seco pensando se devia falar sobre o que estava pensando em falar. - Eu poderia contar sobre o que aconteceu com você? Ashanti é médica, talvez possa te ajudar.

    Chui espera pela resposta do evo. Se Marin responder negativamente, Chui vai se esforçar para trocar de assunto, comentando algo sobre planetas novos e tudo mais; se Marin permitir que Chui fale sobre, o caçador vai contar sobre o caso dele, omitindo a parte de ter atacado alguém, buscando apenas entender o porque de uma perda de memória com flashs do passado, e se haverá alguma forma de ajudá-lo.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Pallando em Dom Jan 15, 2017 10:38 pm

    Marin ouviu Ashanti e assentiu positivamente, agradecendo. Realmente não custaria nada lembrar Chui das ligações, além de que isso parecia fazer bem tanto para Ashanti quanto para Chui, e com ou sem pedido protegeria o caçador, mesmo que ele provavelmente nem precisasse. Continuou ouvindo o que a irmã de Chui dizia, estranhando a lógica por trás da construção da barragem uma vez que tal medida prejudicaria Ashanti e outras pessoas. Não era justo, e infelizmente Chui tinha razão quanto a não haver nada que pudesse fazer.

    Logo outra pessoa surgiu logo atrás de Ashantia, uma garotinha simpática que logo foi apresentada ao evo. Marin ergueu novamente a mão em cumprimento, assentindo com a cabeça também. Para o evo que quase tudo considerava estranho ou interessante, quando não os dois, era estranhamente divertido ser considerado um "homem branco estranho", e a pequena garota também parecia simpática com isso.

    Depois de cumprimentar, Marin voltou-se para Chui, que parecia tenso, e ao ouvi-lo apreciou a ajuda que poderia receber. Não era muito agradável falar sobre o ocorrido, mas confiava no caçador.

    - Sim, não há problema.- Respondeu com a calma habitual, já agradecido.

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Luxi em Seg Jan 16, 2017 3:00 pm

    Rhaenee franze a testa com o pedido absurdo do príncipe e o observa confusa, sem saber se deveria rir ou ficar preocupada. Não podia virar um robô atrás do príncipe, ainda mais mostrando claramente ao evo que não confiava nele. Suspirou, sem prometer nada, confusa sobre o que deveria fazer. Às vezes era difícil lidar com esse gênio teimoso dele, mas desviou a atenção e tratou de procurar a água.

    Ficou mais feliz quando ele assumiu sua posição de soldado. Talvez isso o fizesse entender por que não podia prometer algo como ficar "longe de Marin", já que todos eram da mesma equipe. Sorriu, observando-o com otimismo. Era assim que gostava dele. Sabia que ele entenderia, embora fosse teimoso.

    - Tenho certeza, Gail. E será um grande soldado. As pessoas vão ler as notícias e depositar tanta esperança em você como em sua irmã. Vai se tornar um herói.

    Os olhos dela brilharam. Já tinha orgulho dele, mas imaginava que isso era importante para ele, um reconhecimento que o tiraria da sombra da princesa.

    - Eu entendo. As camas militares não são feitas para serem muito confortáveis.. - riu sem jeito. Depois procurou nas gavetas da sala alguma coberta para ele. Depois de cobri-lo (ou tinha desistido), sentou-se a seu lado (ou só se inclinou ali), ouvindo suas palavras. Ergueu o rosto corado, sentindo um monte de coisas estranhas no peito, que transformaram somente em calor. Tomou cuidado para não ter nenhuma reação barulhenta. Observou seu rosto calmo, tentando repetir aquelas palavras como um pequeno filme na mente.

    Sabia que não tinha entendido errado.

    Depois olhou para baixo. Ambos sabiam o quanto isso jamais daria certo, ainda mais com uma noiva real a ele prometida. Mesmo assim, essas palavras a faziam voar bem longe, imaginando as possibilidades e a pequena possibilidade de que talvez ele pensasse assim também? Engoliu em seco, sentindo-se triste, embora seu coração gritasse de alegria e nervosismo. Enquanto fosse uma ação de seu controle, a guarda-costas não deixaria seu melhor amigo.

    - Estou aqui... - murmurou sem realmente querer ser ouvida, debruçando os braços naquele lado da cama e deitando o rosto sobre eles se fosse possível (ou simplesmente ficando ao lado pensativa). Descansaria ali até que ele acordasse.

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Gakky em Ter Jan 24, 2017 12:53 pm

    ---> Cena Lounge (Chui e Marin)

    Ashanti faz uma expressão de desapontamento quando o irmão conta que não poderia dizer sua missão. Depois com o consentimento de Marin, Chui conta o caso dele para sua irmã, omitindo a parte em que o evo atacou alguém do grupo. Ashanti ouve tudo concentrada e com uma expressão séria. Enquanto isso, a garotinha fica observando vocês e fazendo algumas caretas. Porém a irmã de Chui a repreende e responde vocês:

    - Chui, não posso ajudar o seu amigo, sou curandeira, mas não entendo muito sobre mentes. Porém me ensinaram que problemas assim como o de Marin podem acontecer por vários motivos, pode ser uma doença, uma lesão, um trauma...


    Ashanti suspira e continua:

    - Desculpe não poder ajudar. Mas eu posso sugerir que o Marin evite se cansar, se fosse possível ele devia fazer uns exames da cabeça para saber se é alguma doença. E quando acontecer novamente dele se esquecer, vocês que estão ao redor dele devem se mostrar calmos e explicar pacientemente para ele que são amigos, que tudo é apenas um momento de perda de memória e que aguente firme até passar... Eu tive uma ideia! O Marin podia carregar algo com ele, um colar ou algo assim, onde tenha fotos dele junto com vocês. Assim quando ele se esquecer, vocês podem pedir para ele olhar as fotos do colar, ele se sentirá mais seguro ao ver que na foto parece conhecê-los. Eu acho que podiam tentar essas coisas...

    O comandante parecia observar vocês quando a irmã de Chui falava sobre o problema do evo, mas não se intromete. A garotinha Miatcha começa a ficar agitada e chamar Ashanti para ver algo, então ela se despede do irmão:

    - Eu tenho que ir, obrigada por ligar! Se cuidem rapazes! E boa sorte Marin!  

    Depois da ligação, o comandante fica curioso e pergunta a Chui:

    - Interessante sua irmã ser curandeira mesmo sendo tão jovem, foram seus pais que ensinaram isso para ela?

    Depois da pergunta de Rosso ser respondida, ele se concentrará novamente em seu trabalho. Vocês podem conversar um pouco no tempo livre, observar a paisagem nas janelas ou fazer outra coisa, talvez cochilar, podem descrever o que fazem o resto da hora livre. Porém Marin deve sempre estar onde o comandante estiver. Quando o tempo de intervalo acaba, Rosso usa o comunicador de seu relógio para mandar uma mensagem para todos da nave:

    - Todos para a cabine de comando, vamos partir para Duos!

    Após dar o aviso, ele acompanha Marin para o local citado, se Chui estiver perto ainda, irão os três juntos. (Vão para cena de todos)

    ---> Cena Sala Médica (Ray)

    O príncipe fica animado com as palavras de Rhaenee, pois levava as palavras de sua melhor amiga muito a sério, sabia que ela não era o tipo que vivia bajulando os nobres para conseguir vantagens. Logo que deita, Gail dorme profundamente após suas poucas palavras. A guarda-costas consegue encontrar um daqueles lençóis próprio de enfermaria de cor branca e cobre seu protegido. Com a mente distraída, ela murmura algo que Gail provavelmente não devia ter escutado. Depois descansa debruçando os braços na cama, havia muitos pensamentos em sua mente agora, mas não deixa o seu protegido sozinho. Quando completa uma hora de intervalo, uma mensagem do comandante é ouvida por toda nave em alto som:

    - Todos para a cabine de comando, vamos partir para Duos!

    Gail acorda espantado e quase cai da cama, com os olhos ainda meio fechados e as pernas meio bambas de sono, reclama:

    - Tão rápido... Estava tão bom dormir... Nunca mais vou deixar de dormir...

    Depois do príncipe molhar o rosto na pia para tirar o sono, ele nota o lençol e cora ao olhar para Ray com um sorriso discreto. Em seguida vai com ela para a cabine de comando.

    ---> Cena Para todos

    Assim como a partida de Primus, todos vocês sentam nas cadeiras da sala de comando e colocam os cintos, a diferença é que agora tudo está bem limpo. Talvez até sintam orgulho do trabalho que fizeram na nave. Rosso usa novamente Rhaenee como co-piloto, os dois fazem a Seleucia pousar em uma estação de Duos.

    Fim do Capítulo 2




    Próximo capítulo:Capítulo 3
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capítulo 2 - Seleucia

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Set 21, 2017 9:56 pm