Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Compartilhe
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por Brujah Girl em Qui Dez 15, 2016 9:52 pm





     



    PRÓLOGO AMELIA “LIA” BLAKE – PRIMORDIAL - LIBRARIA

    31/12/2019 – 08:00 - Libraria

    Lia despertava pela primeira vez como um Anjo Menor. A conquista do dia anterior ainda era bem recente, mas as lembranças do sonho que tivera com os Guardiões durante suas horas de descanso eram o que povoavam sua mente nos primeiros instantes do seu despertar.

    No sonho, eles transmitiam a mensagem de que todos os Celestiais deveriam se preparar, pois tempos mais sombrios se aproximavam da Terra e os Celestiais seriam mais necessários do que nunca. Além disso, eles também diziam-lhe que procurasse pela Anjo Alana Martinez, Virtude dos Sancti, no Bosque da Paz Interior, tão logo pudesse. O bosque era localizado nos Campos Elísios, e Lia tinha conhecimento de um acesso que ligava os subterrâneos de Libraria aos Campos Elísios, mas não sabia exatamente onde era.

    Esta noite não tivera seus Pesadelos habituais, o que poderia surpreendê-la,  mas o recado dos Guardiões certamente trariam alguma preocupação com o que viria a acontecer na Terra, local onde provavelmente ainda viviam pessoas a quem amara em vida. O recado também trazia uma certa curiosidade sobre o motivo para encontrar uma Virtude dos Sancti.

    Lia, quase 4 anos após a sua morte, havia alcançado a Casta dos Anjos, e era agora um Anjo Menor. Poderia retornar a Terra se assim desejasse, e Azhael, a quem os anos atribuíram o status de melhor amigo que tinha no Éden, ficara de ensinar-lhe um novo Spiritus Factu naquele dia: Portal, para que a Anjo pudesse se deslocar para onde quisesse sem as limitações anteriores, agora que era um Anjo.

    Naquele horário encontraria Azhael no lugar de sempre, seu gabinete pessoal  em uma das câmaras de Libraria. Lia poderia escolher se iria ao encontro de Azhael ou se iria ao encontro de Alana.


    OFF:
    OFF: Se quiser, pode descrever o local que Lia tem como morada em Libraria.





    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Dom Dez 18, 2016 1:56 am

    Ali, sentada em sua cama, Lia sentia-se agradecida por mais um dia, embora preocupada com a ideia do que poderia estar acontecendo na Terra para deixar os Guardiões tão temerosos. Espreguiçou-se, levantando calmamente e atravessando o quarto em direção ao banheiro. O lugar não era grande e nem luxuoso, mas sentia-se em casa ali. Olhou-se no espelho por um instante, perguntando-se se Azhael já estaria em seu gabinete. Não fazia ideia de que horas eram, mas sabia que normalmente ele acordava antes dela, isso quando parava para descansar. Lembrou-se de uma vez em que se esgueirou até lá de madrugada e brincou dizendo que ele deveria ser um vampiro e não um anjo devido a seus hábitos noturnos. Sorriu. Azhael era um presente que os Guardiões colocaram em sua vida desde que chegara ao Éden. Por não ter tido irmãos em vida, sentia-se realmente abençoada por tê-lo ao seu lado e nutria grande carinho e respeito por ele, mesmo sabendo que não era vista exatamente da mesma forma. Jogou uma água rapidamente no rosto, pegou seu vestido favorito no armário, trocou de roupa e saiu pelos corredores de Libraria vagarosamente. Hoje o dia prometia ser bastante cansativo. Ainda estava na dúvida se deveria ir imediatamente ao Bosque da Paz Interior conforme os Guardiões mandaram, mas de qualquer forma tinha um compromisso com Azhael e precisava pelo menos comunica-lo da mudança de planos, afinal não era certo simplesmente deixa-lo esperando. Falaria com ele, até mesmo para tentar descobrir a localização exata do lugar e partiria assim que possível.


    OFF: :
    Editado pela narração a pedido da jogadora.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Dez 18, 2016 10:19 am





     
    PRÓLOGO AMELIA “LIA” BLAKE – PRIMORDIAL - LIBRARIA


    31/12/2019 – 08:15 - Libraria


    Após preparar-se para deixar seu quarto, a Primordial decide seguir, primeiramente, até aquele que considerava como um irmão que não tivera em vida. Durante todo o percurso até a câmara onde ficava o gabinete de Azhael, Lia não encontrou com nenhum outro Celestial. A brisa fresca que corria pelos corredores, tocava a face da Primordial, como delicada carícia de um amante, saudando-a para o novo dia que se iniciava.  

    Libraria era certamente um dos locais mais misteriosos e intrigantes dos que conhecera no Éden. Talvez pudesse comparar a experiência de viver ali nos últimos anos como viver em um Campus em tempo integral, obviamente sem as festas e sem as besteiras da vida da grande maioria dos universitários. Bem, talvez o mais adequado a se dizer sobre Libraria, era que parecia mesmo com uma grande conglomeração de PHD’s, mas isso certamente ainda era uma alusão inexata a toda glória e majestade que envolviam todos aqueles corredores, túneis e câmaras que guardavam a Sabedoria  intemporal.

    Ao contrário do habitual, Lia estranha quando a porta que geralmente estava entreaberta, encontrava-se fechada. Estaria trancada ou Azhael ainda não tinha chegado? Era inesperado e suas intenções de “surpreender” o Arcanjo são frustradas.


    OFF::
    OFF: Mima, eu precisei ignorar parte do seu post, como você deve ter notado. Peço desculpas, mas já havia algo programdo na cena, então a adiantada que você deu não pode ser levada em consideração.

    Só para explicar meu estilo de narração e seguimento dos turnos de jogo, tudo que for relacionado aos NPC’s, não devem ser antecipados pelos jogadores, ou seja, a ação da Lia foi seguir para onde o Azhael estaria, mas não teria como prever se algo aconteceria no percurso ou se encontraria Azhael conforme esperado, ok?

    Em caso de dúvidas sobre quais ações poderiam ser tomadas para agilizar a cena, é só me questionar pelo Whats que eu informo, pois também gosto de deixar as cenas mais dinâmicas e menos travadas, mas às vezes há outras coisas programadas então não dá para se adiantarem demais na cena.






    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Sab Dez 24, 2016 1:32 am

    Estranhamente os corredores pareciam desertos demais naquela manhã. Durante o caminho pegou-se pensando umas duas ou três vezes no que estaria acontecendo na Terra, como estariam seus pais e seus avós. Nos 3 anos em que já estava no Éden, muitas foram as vezes em que se perguntou se eles sentiam sua falta e se estariam bem. Nunca fora uma pessoa muito presente devido às suas viagens, e se arrependia profundamente disso, mas ainda assim estava ao lado deles sempre que necessário.

    Fechou os olhos por um momento sentindo a brisa em seu rosto e um flash de seus pesadelos lhe veio à cabeça. Balançou-a, abrindo os olhos e respirando fundo para afastá-los. Não era hora de pensar naquilo. Estivera livre deles naquela noite e queria se dar ao menos um dia de folga. Agora ela era realmente um anjo e estava feliz com a possibilidade de poder voltar à Terra. Pelo menos por hora o passado deveria ficar aonde pertencia, no passado.

    Tentou se focar na arquitetura de Libraria e nas lembranças de sua vida ali. Embora não fizesse muito o tipo intelectual, encontrara em Libraria uma casa de verdade. Gostava de explorar seus corredores, túneis e câmaras e fugir para os jardins dos Campos Elíseos com Azhael sempre que possível. Definitivamente era feliz ali, embora a ideia de voltar à Terra para continuar ajudando as pessoas também lhe agradasse. Perdida em seus pensamentos, não notara direito que já se aproximava do gabinete até notar a porta fechada.

    “Que estranho… a porta está fechada? Normalmente ele costuma deixá-la entreaberta... Será que me adiantei muito?”

    Lia se aproxima e tenta perceber se existe algum barulho lá dentro, em seguida batendo delicadamente na porta a sua frente.

    “Z, você está aí?”
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Ter Dez 27, 2016 10:27 am





     
    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:15 – Libraria


    Estranhando aquela situação invulgar, Lia bate na porta, aguardando por alguma resposta ou movimentação no interior do gabinete que indicasse a presença de Azhael, mas nenhuma resposta ou barulho é ouvido e Lia quase começava a considerar que talvez, pela primeira vez, estivesse adiantada, quando a porta é aberta, mas ao invés de Azhael indicar que ela entrasse, o Arcanjo sai e fecha a porta rapidamente. Então vira-se para Lia e com um singelo sorriso convida-a para acompanhá-lo pelos corredores:



    – Bom dia, Lia! Disposta a uma pequena caminhada?


    OFF::
    Lia, no tópico de rolagem de dados, role Percepção + Prontidão com dif. 6.





    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Ter Dez 27, 2016 2:15 pm

    Lia olha para Azhael com curiosidade. Ele estava agindo de forma estranha ou era impressão dela? Bom, se estivesse acontecendo algo mais cedo ou mais tarde ele lhe contaria. Era apenas uma questão de tempo e paciência. Por hora achou melhor apenas acompanhá-lo e, tentando não demonstrar sua preocupação, sorriu carinhosamente para ele.

    - Ahnnn... Claro! Você sabe que eu gosto de caminhar, principalmente pela manhã... mas depois você fica me devendo um café.


    OFF::
    Resultado : 5, 8, 3, 6, 10, 7
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Ter Dez 27, 2016 3:09 pm






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:20 – Libraria


    Lia não era tola. Podia ser apenas um Anjo Menor, mas havia algo que Azhael estava ocultando. Apesar dele ter sido rápido, sentiu um odor diferente vindo do gabinete dele. Era um perfume feminino, ainda que muito sutil, algo doce, mas com um “quê” diferente, não era uma fragrância que já tivesse sentido antes, nem em tempos de mortal, e  por mais estranho que fosse fazer aquela associação, não tinha como evitar sentir que aquele cheiro doce parecia carregar algo de sombrio junto dele.

    Azhael comenta:




    – Hoje ficarei te devendo o café, perdão. Devo ensinar-te a criar seus próprios portais e em seguida tenho que me dirigir a uma reunião do nosso Clero com um dos nossos Serafins. Temo estar ocupado nesta reunião durante boa parte do dia.



    Eles seguiam caminhando pelos corredores, aparentemente rumo a um dos acessos a superfície. O Arcanjo questiona:




    – E como você está? Imagino que seja um dia especial. Lembro-me quando tornei-me um Anjo. É certamente uma recordação que fica marcada para sempre, ao menos para mim foi assim.









    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Ter Dez 27, 2016 4:51 pm

    Ao ouvir a resposta de Azhael, Lia suspira profundamente igual a uma criança contrariada e desvia seu olhar para o chão, começando a caminhar ao seu lado. Pelo jeito estava em segundo plano naquela manhã e isso lhe causava um sentimento um tanto quanto estranho. Bom, de qualquer forma ela também não deveria se demorar por ali pois tinha a missão dada pelos guardiões para cumprir o quanto antes, como lhe fora dito.

    - Ok... Eu entendo. De qualquer forma eu também tenho que ir a um lugar hoje e não poderia me demorar. Posso te cobrar o café outro dia... Ou se preferir, posso te obrigar a tomar o meu.

    Azhael sabia o quanto ela era péssima em preparar café e o quanto lamentava o fato de não ter uma Starbucks por perto todas as manhãs, o que a faz sorrir, olhando-o rapidamente de forma tímida enquanto ajeita uma mecha de cabelo atrás da orelha direita. Em seguida, porém, Lia fica séria e calada por alguns segundos, pensando em como continuar no assunto sem falar demais. Não sabia se os guardiões queriam que sua mensagem daquela noite fosse mantida em segredo, mas não tinha segredos com Azhael desde que chegara ao Éden e não pretendia tê-los a menos que fosse realmente necessário. Começou a falar então bem pausadamente enquanto o observava:

    - Sabe, Z... hoje eu tive um sonho estranho com os guardiões e eles me mandaram procurar uma pessoa no Bosque da Paz Interior assim que pudesse... Achei que você podia me ajudar com isso já que está aqui a mais tempo e eu não sei chegar nesse lugar.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Qua Dez 28, 2016 12:04 pm






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:25 – Libraria


    Eles continuavam a caminhada enquanto Azhael ouvia com toda atenção o que Lia dizia. Após ela terminar, ele parece ponderar por alguns instantes antes de começar a responder:




    – Certamente posso te ajudar. Na verdade estou seguindo contigo para uma das passagens aos Campos Elísios, o Bosque da Paz Interior não é muito distante desta saída. Além disso, depois que aprender o que vou te ensinar, não precisará mais de passagens ou de outros portais para alcançar os lugares que quiser, só precisará tão somente da sua vontade. Mas... sobre este sonho estranho que você mencionou, posso saber o que foi e quem é esta pessoa que você deve procurar? Isto é, se não for indelicado de minha parte questionar-lhe.



    Azhael era muito discreto e não se intrometia nos assuntos alheios sem que fosse solicitado, assim deixava Lia livre para escolher compartilhar ou não.

    Alcançavam uma subida, uma espécie de rampa pela qual começavam a caminhar, pelo visto já estavam chegando ao acesso aos Campos Elísios.






    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Qua Dez 28, 2016 3:27 pm

    Lia vacila por um instante, pensando se deve ou não contar mais detalhes ao amigo, mas não vê motivos para manter aquilo em segredo.

    - Ah, que ótimo! Isso vai facilitar bastante. Eu achava que os portais só nos levavam ao lugar correspondente na Terra...

    Ao dizer aquilo Lia se sente meio estúpida, lembrando que Azhael já lhe falara também de outros lugares em que poderia ir por portais. A tal Umbra pra ela era o que parecia mais complicado. Já lera e relera sobre o assunto no gabinete do Arcanjo e mesmo assim continuava a não entender como ela funcionava direito. Bom, de qualquer forma teria toda uma eternidade para se dedicar aquilo... ou pelo menos assim esperava.

    - Bom, eu devo procurar uma Virtude dos Sancti. Provavelmente ela deve me enviar em alguma missão... mas o estranho mesmo foi o que os guardiões disseram... algo sobre todos os Celestiais se prepararem pois tempos sombrios se aproximavam da Terra e nós seriamos mais necessários do que nunca... Fiquei me perguntando o que vem acontecendo desde que eu... bem, você sabe... morri.

    Falar aquilo pra ela sempre soava esquisito. Em vida jamais imaginara que após a sua morte haveria "algo a mais". Embora parte de sua família fosse católica e já tivesse ido algumas vezes à Roma durante as visitas que fazia a seus avós, sempre pensara que a morte era um fim e não um novo começo. Na verdade, sua maior ligação com igrejas era arquitetônica, até porque, depois de tudo o que vira em suas viagens sempre achava difícil acreditar na presença de um Deus.

    - Bom, acho melhor apressarmos o passo e começarmos logo ou você se atrasará para sua reunião... e eu para a minha.

    Olhou pra ele com um sorriso divertido e saiu correndo à sua frente. Se tempos sombrios estavam por vir, não via problemas em se divertir um pouco antes.

    - Vamos, Z. Mostre-me que essas asas não enferrujaram suas pernas!
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Dez 31, 2016 10:06 am






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:25 – Libraria


    O Arcanjo ri, mas não acompanha Lia em sua corrida. Ele continua sua caminhada, apenas observando a Primordial em sua disparada, como se fosse uma menina. Ela chega primeiro a uma porta de madeira de carvalho, dupla e alta, que estava fechada. Por fim Azhael chega e abre a porta, revelando a saída para um ambiente completamente diferente dos subterrâneos.

    .
    .

    Ele dizia enquanto saíam:




    – O sonho que você teve foi o mesmo que o meu. Pelo que verifiquei logo cedo, outros também receberam a mesma mensagem, de forma que acredito que provavelmente todos nós fomos avisados. Muitas coisas aconteceram, mas como você sabe, até que se tornem Anjos Menores, o que acontece na Terra não deve ser comentado com vocês, de forma a evitar perturbações enquanto ainda estão em processo de amadurecimento como Celestiais. As notícias não são boas. Muita coisa mudou nos últimos anos e a tendência é ficar muito pior e pelo visto, este momento chegou.



    Uma lufada de brisa fresca envolve-os, trazendo-lhes uma sensação de grande bem estar apesar das perspectivas sombrias que Azhael lançava ao conhecimento de Lia. Azhael prossegue:




    – Quanto ao que você pensava sobre o alcance do Portal, é, em parte, verdade. O que vou lhe ensinar é apenas o primeiro passo, a partir daí, vai depender de você desenvolver este Spiritus Factu o suficiente para poder alcançar qualquer lugar que for permitido. Por exemplo, com o que irei te ensinar agora, você seria capaz de, por exemplo, ir até a sua casa na Terra ou algum outro local que tenha vivido. Assim como também será capaz de alcançar a Umbra e a partir de lá abrir um portal que te levaria a um ponto análogo na terra e vice-versa. Você já teve experiência de atravessar portais criado por outros Celestiais, portanto a única diferença é que agora, será você a criá-los e que, se desejar viagens para locais ainda desconhecidos, deverá aprender a caminhar com suas próprias pernas, ou asas, dentro da Umbra.    



    Azhael faz uma pausa breve, como se por alguns instantes refletisse e então continua:




    – Um conselho,  se me permitir. Recomendo que em suas primeiras aventuras com seus portais, esteja acompanhada de alguém que tenha mais experiência com eles, pois a Umbra pode ser um local bastante perigoso pois não somos os únicos por lá, como você já aprendeu.  Viajar entre os reinos espirituais pode ser um grande desafio se você não souber onde está se metendo, minha cara Lia.  E eu não desejo que nada de mal aconteça com você. Sei que logo que alcançamos a casta dos Anjos estamos muito entusiasmados, achando que já somos capazes de tudo, mas a verdade não é bem essa, e agir com precaução e serenidade, é bastante sábio.  



    Ele então encara Lia nos olhos, de forma firme, e conclui:




    – Não tome estas palavras como as de um velho chato, apenas me preocupo, agora que não estaremos tão próximos como antes e que a segurança que o Éden nos oferece não será mais uma constante em sua vida. Considere como conselhos de um irmão mais velho, que muito já viveu, e que deseja que você não passe pelas mesmas situações que passei, na minha necessidade de explorar o desconhecido em busca de conhecimento. Sei que é alguém cheia de vida e alegria no teu coração ainda de menina, use esta energia divina para espalhar luz e alegrias pelos caminhos que passar.  








    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Dom Jan 01, 2017 2:19 am

    Lia para ao chegar à porta, tentando recuperar o fôlego após a corrida. Embora fosse uma distância pequena até lá, nunca fora boa com esportes e a pequena rampa também não ajudava muito. Aguardou a chegada de seu amigo pacientemente e com um olhar divertido de vitória no rosto.

    - Definitivamente você precisa aprender a se divertir mais...

    Ao ver os Campos Elísios, Lia caminha para fora, fechando os olhos para sentir a brisa enquanto respira profundamente. Adorava o cheiro do mato naquela região e não se lembrava de já ter sentido algo semelhante na Terra. Ali se sentia completamente em paz, completamente inteira. Abriu os olhos prestando atenção nas palavras de Azhael. Aparentemente as novidades não pareciam ser nada boas... Ouviu tudo pacientemente, deixando para falar apenas quando ele pareceu terminar.

    - Eu sei que você se preocupa... e lhe prometo ser cuidadosa.

    Lia lhe sorri e pega sua mão entre as suas, aproximando-se dele.

    - Independentemente do que esteja ocorrendo na Terra, você ainda terá que me aguentar por boa parte da eternidade. Eu não vou decepcioná-lo em relação a isso, ok? Agora, que tal começarmos essa aula?
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Qua Jan 04, 2017 9:54 am






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:30 – Campos Elíseos


    Azhael sorri satisfeito e comenta:




    – Por boa parte apenas? Não, não, senhorita, tenho certeza de que será eternamente! E sim, vamos a isso!



    Agora, com um pouco mais de seriedade, ele questiona:





    – Muito bem. Por onde quer começar? Para onde iremos, cara Lia? Como disse, se quiser tentar chegar à Terra neste primeiro nível, poderá alcançar um local onde viveu ou a Umbra. Se quiser ir para terra, sugiro que antes mude a sua aparência, afinal, faz pouco tempo que você deixou o plano terrestre e certamente, seu rosto ainda não foi esquecido. Tenha em mente que, a experiência de poder voltar e quem sabe, rever entes queridos, pode ser algo nem sempre bom, dependendo das circunstâncias. Sente-se preparada?



    O Arcanjo, como um bom amigo, alertava sobre alguns pontos, afinal, da mesma forma que a vida prosseguiu para Lia, a vida também prosseguiu na Terra, sendo que para os que lá ficaram, Lia está morta. Seus pais, seus avós, Daniel… Ela estava pronta para tomar conhecimento de como eles estavam?


    OFF::
    OFF: Para adiantar a cena, caso queira ir para a Terra, pode rolar o teste de Metamorfose [Inteligência + Metamorfose, dif. 6 , gasto de 1pt de investimento] e de acordo com o resultado, já pode responder com as alterações que pretende fazer na char. Em caso de dúvida, manda msg no Whats mesmo q eu não esteja q te respondo assim que der, ok?








    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Qua Jan 04, 2017 10:40 pm

    Lia sorri satisfeita com a resposta do amigo, ficando um pouco corada. Gentilmente solta suas mãos e se afasta alguns passos enquanto o escuta e pensa a respeito. Não havia pensado para onde queria ir pois achara que ele é quem escolheria o destino e, apesar de querer saber como sua família e Daniel estavam, não se sentia ainda preparada para aquilo. Ficou um tempo em silêncio... E se seus avós tivessem morrido naquele terremoto? Como sua morte teria sido encarada por seus pais? Perder a única filha deve ser difícil... E Daniel? Como ele deve ter reagido, sabendo que não pudera salvá-la pois não estava ao seu lado. Será que ele já teria uma outra mulher? Procurou uma pedra para se sentar, sentindo-se tonta com tantas perguntas, a cabeça parecendo uma montanha russa em pleno funcionamento.

    - Eu... não... sei.

    Fechou os olhos, respirando fundo e evitando olhar nos olhos de Azhael.

    - Na verdade, eu acho que não... Eu sei que mais cedo ou mais tarde isso vai ter que acontecer, mas acho que ainda não estou preparada... Como você mesmo disse, faz pouco tempo que eu deixei o plano terrestre... e eu tenho uma missão hoje... e você uma reunião...

    Lia suspira profundamente enquanto olha uma árvore próxima a ela:

    - Acho que prefiro vê-los em um momento em que eu possa ter seu suporte se precisar...

    Lia se esforça para sorrir para Azhael, tentando disfarçar a mistura de sentimentos que aquela oportunidade lhe causara enquanto continua pensando em uma solução. Não gostaria que Azhael se preocupasse com ela naquele momento. Sabia que o amigo já deveria ter preocupações demais com a mensagem dos guardiões e com a tal reunião de seu clero.

    - Acho que não me importo de conhecer a tal Umbra, mas você sabe que eu viajei muito, não sabe? E se fossemos a um lugar que eu visitei, onde as pessoas não vão me reconhecer?
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Jan 07, 2017 9:35 am






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:30 – Campos Elíseos


    Azhael mantinha-se em silêncio enquanto Lia, que fora sentar-se em uma pedra, parecia processar todas as implicações das opções que tinha. Talvez ele já esperasse por aquela situação, de forma que diz-lhe ao fim das palavras da Primordial:




    – É normal que sinta-se assim! Comigo não foi muito diferente quando fui defrontado com a oportunidade de retornar a terra e ver quem ficou para trás.



    Aproximava-se do local onde Lia se sentara, colocando-se diante dela, mas permanecendo de pé:




    – Lugares por onde passou apenas, só conseguirá posteriormente, com a evolução do Spiritus Factu, agora precisa de um elo mais sólido, locais em que tenha vivido, isso não  implica em necessariamente, rever as pessoas. Pense como fazer uma rápida viagem a um local que teve importância na sua vida. Quem sabe até dê tempo para nós tomarmos um café na sua Starbucks preferida?



    Azhael sorri. Seu comentário até deixa a Primordial levemente “tentada” a se arriscar. Ele prossegue:




    – Mas é claro que também podemos ir até a Umbra, é um pouco mais difícil, mas nada que não consiga. A escolha é tão somente sua. Eu estarei contigo onde quer que seja. Vamos Lia, basta desejar, você já me viu abrindo portais, pense para onde deseja ir e abra o seu. Só não esqueça que desta vez eu devo passar por ele antes de você, se você for antes... bem, eu não vou ter como te seguir.




    OFF::
    OFF: Hora de escolher. Terra ou Umbra?
    Se for tentar mudar aparência é o teste que eu disse no post anterior.
    Teste para Portal:
    Para Terra, lugar em que viveu: dif. 6
    Para a Umbra: dif. 8







    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Sex Jan 13, 2017 12:01 am

    Lia pensa um pouco nas palavras do amigo, sentindo-se mais segura por seu apoio:

    - Ok, você me ganhou no café.

    Ela levanta-se da pedra, ficando novamente de frente para Azhael e continuando a conversa em um ligeiro surto de ansiedade e insegurança.

    - Sabe, tinha uma Starbucks perto do meu apartamento em Londres. Provavelmente meus pais devem ter alugado o lugar e eu não conhecia muito os vizinhos, mas é um lugar agradável. Tem um parque próximo onde podemos sentar rapidamente observando as pessoas passeando com seus cães... ou filhos... sabe, crianças gritando e esperneando por causa de alguma coisa... apesar de que... está meio cedo pra isso, eu acho. E tem uma banca de jornal próxima também que pode nos dar alguma informação do que anda acontecendo com a rainha... Sei lá, talvez ela tenha morrido também nesse tempo e seu filho esquisito tenha subido ao trono e enlouquecido o parlamento... apesar de que a velha parecia ser bem imortal pelo que eu me lembro.

    Lia falava tão rápido que mal conseguia respirar, seu nervosismo sendo bastante aparente. Parou por um segundo tentando recuperar o fôlego.

    - Desculpa, acho que estou um pouco nervosa...

    Fechou os olhos pensando em como alterar sua aparência. Sempre achava aquilo esquisito, embora realmente necessário já que não queria ser reconhecida. Embora realmente não conhecesse muitas pessoas na vizinhança, seria estranho parar perto de alguém e a pessoa falar um "achei que você tivesse morrido". Definitivamente não estava preparada para aquilo e provavelmente teria um ataque de riso incontrolável. Seria uma história para ela e Azhael se lembrarem por toda a eternidade. Se arrependeu por um minuto de ter se vestido daquela maneira. E se estivesse frio em Londres naquela época do ano? Agora era tarde demais. Deveria ter conversado mais com Azhael antes disso e se planejado de forma adequada. Fechou os olhos tentando se concentrar em sua forma física. Seria uma passagem rápida então somente uma leve alteração em seus olhos e cabelo seriam suficientes. Acabou optando por um cabelo bem curto e olhos castanhos.

    - Gostou? Se não gostar, fale logo pois se não acelerarmos não teremos tempo para o meu café e eu vou ficar bastante mal humorada o resto do dia... tanto que você vai agradecer a Deus pelo seu clero ter te arrumado essa reunião chata pra te deixar bem distante de mim.

    Sorriu, piscando levemente pra Azhael e, respirando fundo, tentou se concentrar na rua onde morava para abrir o portal.

    OFF::
    Resultado do teste de metamorfose: 1, 7, 6, 3 + Resultado do teste de portal: 6, 3, 2, 4
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Jan 14, 2017 1:12 pm






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    31/12/2019 – 08:35 – Campos Elíseos


    Azhael ouvia a tudo o que uma insegura e nervosa Lia, ia dizendo. Ele mantinha uma expressão serena, o que era quase como uma marca registrada do Veritatis. Ao fim da narrativa, ele diz:




    – Posso te dizer que a rainha Elizabeth permanece na terra e ainda lidera seu país, mesmo que com saúde fragilizada. O Príncipe Charles ainda não teve oportunidade para ascender ao trono.



    Dá um sorriso discreto e continua:




    – Tente nos levar para a zona de vegetação mais denta do The Regent´s Park. Uma pequena caminhada até a Starbucks não fará mal.



    Azhael demonstrava que sabia onde Lia vivera na terra. O parque que ela dizia era o The Regent’s Park, um dos maiores da capital inglesa. Lia vivia na Ordnance Hill, quase esquina com a St. John’s Wood Terrace, rua onde, a distância de uma quadra, estava a Starbucks.

    Lia altera suas características físicas e quando questionado sobre o resultado ele responde-lhe:




    – Honestamente, você é linda de qualquer forma, mas acho que deveria ter ficado um pouco mais diferente. Ainda se parece você, mas com um corte de cabelo novo e olhos diferentes. Eu teria optado por alteração de cor da pele e estatura. De qualquer forma, não se preocupe, acho improvável nos depararmos com alguém conhecido do seu passado.




    Lia guarda a dica para suas próximas alterações, realmente, apenas um corte diferente e olhos mais escuros não eram alterações que dificultassem o seu reconhecimento por quem quer que a tivesse conhecido em vida.  Ela se foca no uso do poder que levaria-os para a terra, e por alguns instantes, parecia que não ia resultar em nada, até que ela sente o ar agitando-se diante de si e ondulações de um corpo aquoso e transparente se tornam presentes, era um portal, criado por ela, que se abria. O Arcanjo sorri satisfeito e se encaminha na direção do portal, dizendo para a Primordial:




    – Muito bem, Lia! Agora vamos ver onde isso irá nos levar.



    Desta vez é ele que pisca para ela e sem nada mais dizer, dá o primeiro passo, desaparecendo pelo portal. Era bom que Lia fosse logo, ou do contrário o portal poderia se fechar antes que ela passasse por ele.







    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Dom Jan 15, 2017 6:21 pm

    Lia ri das notícias sobre a rainha, se divertindo com suas próprias palavras. Sabia que Azhael também se divertia com sua brincadeira e isso a deixava feliz. Embora ele fosse sempre muito discreto, ela já tivera tempo o suficiente para lhe conhecer... e muito.

    Nesse momento ela já se sentia bastante animada com a ideia de voltar à Terra e já quase não se sentia mais insegura a respeito. As coisas sempre lhe pareciam mais leves com Azhael ao seu lado. Realmente era muito sortuda por tê-lo por perto na maior parte do tempo.

    Ouviu calmamente suas recomendações, chegando a corar um pouco com seu elogio. Sabia o quanto era considerada bonita, mas odiava como sempre corava com facilidade. Em sua cabeça sempre fora uma magricela meio estabanada, mas aparentemente não era o que as outras pessoas achavam.

    - Ok, ficarei mais atenta a isso da próxima vez. Hoje, porém, quero ser eu mesma viajando com meu melhor amigo. Duvido muito que encontraremos algum conhecido por lá... E se encontrarmos posso dizer que sou uma doppelganger.

    Sabia que aquela resposta não deixaria o amigo muito contente, mas pelo menos o divertiria mais um pouco. Voltou a fechar os olhos, se concentrando dessa vez no parque, sentindo-se orgulhosa ao abrir os olhos e ver que conseguira abrir seu primeiro portal. Parecia uma menina diante de um novo brinquedo, o sorriso e a piscada de Azhael lhe dando ainda mais satisfação. Definitivamente sentia-se uma aluna aplicada.

    Observou-o atravessar o portal, respirando fundo e apressando-se atrás dele logo em seguida. Era hora de finalmente voltar para casa...
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 571
    Reputação : 16

    Narração - Lia Blake

    Mensagem por Brujah Girl em Ter Jan 17, 2017 8:14 pm






    LIA BLAKE – PRIMORDIAL

    30/12/2019 – 20:40 – London, United Kingdom, Europe - Earth


    Atravessar o portal criado por ela não era muito diferente de atravessar portais criado por outros. A sensação era a mesma, como se mergulhasse em água, e por mais estranho que parecesse, mesmo sabendo que um portal não era feito de água e que ela não estava mergulhando, a Primordial não podia evitar sentir um leve receio, como se de alguma forma o portal realmente pudesse transportar-lhe para águas desconhecidas e perigosas. Felizmente todo o processo é muito rápido e no instante seguinte, Lia estava em um local bem distante do Éden. O portal fechara-se atrás de si.




    Um nevoeiro fraco se fazia presente, naquela noite extremamente fria de Londres. O local estava vazio, tanto pelo frio, quanto pelo horário, e a pequena cascata que escorria pelas pedras junto a ponte, estava congelada. Lia certamente estranharia por ser noite, e antes que pudesse questionar algo para Azhael, ele fala:





    – Hum... aqui estamos! Este é o Regent’s Park? Você reconhece este local?



    E então retira o blazer que vestia, entregando-o para Lia enquanto dizia:




    – É melhor você vestir isso. Não sentimos frio, mas devemos manter as aparências. Poderíamos comprar umas roupas, isto é, se o comércio ainda estiver aberto! Sei que por aqui quase tudo fecha bem cedo... Da próxima não podemos esquecer de planejar nossas vestes de acordo com o local e o clima. É uma noite bem fria para os humanos. Bem, vamos andando antes que a Starbucks feche... Aliás, você trouxe algum dinheiro para o café?



    Azhael questionava de forma casual. Por acaso aquilo era algo que Lia sequer pensara, até porque, ela não possuía mais dinheiro nenhum, e embora no Éden não fosse preciso dinheiro para nada, Lia estava de volta a terra, e se as coisas ainda eram como antigamente, eram necessárias libras para se comprar coisas.





    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 227
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por mimacarfer em Qua Jan 18, 2017 3:17 am

    A ideia de poder ir para qualquer lugar que lhe fosse familiar, a qualquer momento que quisesse lhe agradava muito, porém a sensação que lhe causava não era nada agradável. Com certeza seria difícil se acostumar com aquilo… Naquele momento sentia como se seus pulmões queimassem. Sabia que eram apenas lembranças de um passado ainda não tão distante, embora muito mais real do que gostaria. Tentou afastar rapidamente aqueles pensamentos olhando ao seu redor. Estranhamente era noite e parecia fazer frio, embora não sentisse absolutamente nada. Pensou em questionar tal fato com Azhael, mas ele fora mais rápido dessa vez. Ouviu-o calmamente, aceitando sua gentileza com um delicado sorriso enquanto continuava observando os arredores. Algo lhe parecia estranho, mas não sabia exatamente o que… talvez a ideia de que havia morrido e mesmo assim estava ali, perto de pessoas vivas. Respirou fundo novamente, tentando focar nas palavras de Azhael. Por mais difícil que fosse aquilo, precisava prestar atenção no que ele dizia.

    - Não, não trouxe…

    Lia se sentia triste, e embora não quisesse demonstrar isso, não sabia exatamente como agir naquela situação. Deveria ter se preparado mais para aquele momento, feito mais perguntas a respeito. Ela observa Azhael caminhando, mas simplesmente não consegue sair do lugar.

    - Desculpa… Talvez seja melhor voltarmos outra hora… Eu… Eu não sei onde estava com a cabeça quando decidi vir pra cá sem estar devidamente preparada...
    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo - Lia Blake (Primordial)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Ago 22, 2017 12:36 am