Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - E.N.E.M.

    Compartilhe
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Jan 28, 2017 11:57 pm


    O primeiro dia ocorreu sem ao menos um aviso. Ao menos era o que todos naquele planeta achavam, com exceção daquele homem.




    Cidades haviam sido destruídas por completo, ruas, casas, prédios e qualquer outro tipo de construção estavam tombados ao chão, assim como vários corpos de inocentes que foram acometidos por todos aqueles múltiplos ataques que fizeram a Terra adoecer. Os solos se racharam e de lá vimes gigantes engoliram veículos e vitrines em muitos centros comerciais. Do céu, caíam chuvas de bolas metálicas do tamanho de um humano adulto, demonstrando sua ferocidade através de olhos vermelhos no centro daquilo que deveria ser seu corpo. Os mares se agitavam com as batidas do nado  de animais abissais que agora reclamavam seu direito à posse do mundo. A pirâmide alimentar, de uma outra pra outra, girou. Os humanos agora eram a caça. Os predadores mandavam em tudo.

    Mas então foi ai que a habilidade humana, que fora responsável por tantos anos de evolução, mostrou sua forma mais sublime. Uma organização chamada H.E.R.O. Association prestou sua grande ajuda para a humanidade. Heróis nasceram ali para ajudar à todos e julgar o mal. Não importasse sua origem, raça, credo ou até mesmo... sua espécie.

    Com a conquista pela paz, uma nova organização mundial foi formada pelo que sobrou do embate. Já nos dias seguintes, presidentes, concelhos e sistemas foram implantados nos locais de resistência de grupos humanos para manter a ordem, todos obedecendo a grande H.E.R.O. Soldados patrulharam o globo julgando aqueles derrotados pelos heróis, aniquilando os invasores e prendendo os de sua espécie sem direito a argumentos. Acreditavam na redenção.

    Essa foi a situação que Vincent Solos enfrentou nos últimos tempos, até ser libertado por necessidade de contingente habilitado para combate. Fora solto naquela manhã com a justificativa de falta de provas, para que acreditasse na real bondade daquele sistema. Para o ex-prisioneiro, deixaram todos os equipamentos encontrados com ele no momento da prisão: Sua armadura negra que possuía um capuz tático e pequenos feixes de luz dourada saindo de pequenos buracos daquele uniforme, uma caixa ainda lacrada, onde provavelmente seu escudo estaria no interior e seu grande rifle que misturava uma cor negra com detalhes dourados em sua pintura, ainda com o acréscimo de um panfleto que falava sobre a " iniciativa de recrutamento de novos Heróis" que demonstrava em um mapa que sua localização atual era uma cidade à leste do centro mundial, também conhecido por H.E.R.O. City (local onde aconteceria os testes de admissão). No final daquele anuncio, uma frase bastante instrutiva estava escrita:




    NÃO CHEGUEM ATRASADOS, OS PORTÕES FECHAM ÀS 12:00 HORAS.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Fev 04, 2017 1:05 pm



    Algum tempo após todos aqueles ataques sofridos pelo planeta, os Humanos começaram a se organizar novamente. Uma fundação buscava dar proteção aos necessidades e justiça aos que mereciam... ao menos era o que se era dito pelos múrmuros das cidades destruídas.

    Muitos locais, por algum motivo ainda desconhecido, não haviam sofrido ainda com ataques daquelas monstruosidades A violência dentro da espécia sempre existiu. Roubos e assassinatos já viravam a rotina de vários locais na Terra, mesmo que não tivessem ligações culturais, já estavam ligados através do sofrimento. Essa injustiça incomodava Eryn Morthos desde seus tempos infantis, pois lhe haviam marcado para sempre em sua mente e seu físico. Foi internado em um hospital de alta tecnologia em que seu pai trabalhava, para que seu estado se estabilizasse e que uma operação de emergência fosse realizada em seu corpo. Seu pai, com a ajuda da organização que administrava o local - a H.E.R.O Association- substituíram sua coluna e lhe deram habilidades que seriam essenciais para sue futuro.

    Cresceu nas instalações do hospital, passando pro intermináveis seções de fisioterapia para se adequar a sua nova condição, mas que com o tempo passaram a ser mais parecidas com um treinamento militar. A cada evolução que tinha em seu treino, conseguia acesso a novas locais no prédio, locais esses que não pareciam ser úteis para qualquer hospital. Com seu treino físico já em estado avançado, procurou algo que lhe pudesse auxiliar em combate e, com a ajuda dos técnicos do local, forjou uma espada qual virou sua melhor companheira pelos próximos 5 anos, qual passou treinando com ela à exaustão. Com sua idade avançando e a insatisfação de ainda não atuar ativamente contra as injustiças do mundo, ele presenciou o que mudaria tudo em sua vida. Naquela manhã acordou com tremores por todo local, minutos antes de seu corpo ser jogado aos ares e tudo ficar preto. Ao acordar viu o local, onde passara boa parte da sua vida, destruído e, logo a cima de sua cabeça, uma grande nave pairava no ar com canhões de plasma atirando por toda parte daquela cidade. Não tivera tempo de ao menos reagir ou procurar saber de seu pai, tudo voltara a ficar preto. Acordara em um local com pouca iluminação, mais parecendo uma cratera recém escavada que se encontrava ao pé de uma montanha muito próximo ao local onde desacordara. Ainda podia escutar o barulho de algumas explosões. Ao seu lado pode encontrar sua espada Vorpal e um bilhete que continha poucas informações em uma letra desconhecida:

    Desconhecido escreveu:Você permaneceu desacordado por um longo tempo. Todos os pertences que estavam com você no momento do ataque estão nesse local qual você se encontra.

    Siga o que você treinou para fazer. A cede da H.E.R.O encontrasse na próxima cidade ao Norte, lá você irá encontrar o que precisa para ser um herói.



    Apenas lembre-se: NÃO CHEGUE ATRASADO, OS PORTÕES FECHAM ÀS 12:00 HORAS.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Sab Fev 04, 2017 2:34 pm

    Me levanto e olho ao redor. Lembrar da minha visão do hospital destruído me causa repulsa, meu lar, embora não o que eu queria, mas era o meu lar por vários anos. Conhecia todos que estavam lá dentro, e agora estavam possivelmente mortos, meu pai... esperava que ele tenha voltado para casa mais cedo, porém algo em seu intimo sabia que não.
    Grito de angustia o mais alto possível, provocando um som que se perdura por alguns instantes, e logo depois, um silêncio absoluto, respiro fundo e pego a Espada Vorpal, a única coisa de minha vida que permanece comigo, junto com meu escudo e minha coluna mecânica, coloco o bilhete no bolso e parto em direção ao norte conforme instruído no bilhete, cantarolando no caminho músicas que ouvia no hospital para tentar afastar minha fúria e meu ódio.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Fev 04, 2017 2:47 pm

    Após toda sua catarse dentro da caverna, Eryn Morthos caminhou para fora do local e viu tudo destruído enquanto a nave já estava mais afastada no horizonte, parecendo que se movimentava lentamente no céu. O corpo do Ciborgue parecia estar um pouco fadigado pelo longo tempo que passara desacordado ao chão da gruta desconhecida, mas seus componentes metálicos garantiam que nada fosse atrapalhar sua caminhada. Olhou para o sol e viu que o horário seria por volta das 10 da manhã e lembrou-se do recado em vermelho no bilhete. Começou a andar pelas ruas destruídas enquanto reunia toda essas informações em sua mente para decidir qual seria seu próximo passo.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Sab Fev 04, 2017 3:25 pm

    * Tenho pouco tempo, melhor me apressar *
    Começo a trotar até pegar um ritmo de corrida em direção a cidade ao norte, para garantir que chegarei no horário, tento evitar olhar os escombros para não me desviar de meu caminho.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Fev 04, 2017 4:11 pm

    Eryn acelerou o passo, mas seus músculos ainda eram humanos e tinham um limite de esforço. Com sua velocidade, viu que iria demorar mais que o recomendado na carta. Ainda possuía a determinação de quem acabara de acordar em um pesadelo e iria fazer de tudo para sair, o que fez com que aquele homem continuasse em seu caminho. Não muito tempo se passou, no horizonte pôde ser visto uma silhueta de um carro parado no meio da estrada, não faltava muito para que saísse da sua cidade e encontrasse a estrada principal. Ao apertar um pouco mais seus olhos, pôde ver que à frente do carro existia um homem bem robusto, não possuía cabelos no topo da sua cabeça, apenas dos lados, aparentando ter seus 50 anos de idade. Enquanto coçava sua vasta barba, o homem observava o capô do carro aberto. Morthos não conseguia ver muito mais que isso de onde estava.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Sab Fev 04, 2017 5:28 pm

    * Aperto o passo para me aproximar, quando chego perto, diminuo e olho para o sujeito *
    - Oi, preciso de ajuda, tenho que chegar na próxima cidade ao norte antes de meio dia, o senhor pode me ajudar?
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Fev 04, 2017 6:08 pm

    O Homem parece não escutar Eryn e continua a olhar para o carro com muita dúvida sobre alguma coisa que ele via na região do motor. Com movimentos lentos, como se seu corpo sofresse com a ação da idade muito mais do que deveria em seus anos aparentes, ele retira uma chave de cano que estava pendurado no seu cinto e faz um movimento de recuo de seu braço como se estivesse preparando um golpe muito forte.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Seg Fev 06, 2017 9:37 pm



    Nem só de heróis a terra é formada. Antes de tudo acontecer, todos achavam que estavam seguros... mas eles já estavam entre nós.

    Todos os humanos ficaram horrorizados com toda selvageria que aqueles seres causaram, menos um. Não era bem um humano, pois sua origem descendia de seres que não eram originários daquele planeta. Kromne Ohyon era uma mistura perfeita entre as duas raças, pegando as característica mais marcante de cada um. Seu passado poderia ser considerado aterrorizante para qualquer criatura em sua consciência plana, mas sua história pré-nascimento superava em muito sua infância, sendo um segredo até mesmo para o "menino". Em seu porão, pôde escutar quanto tudo aconteceu... explosões, gritos, tremores... mas nada daquilo parecia mexer com a criança... parecia até que aquilo lhe fizera bem.

    Sentira uma dor forte em sua cabeça momentos antes de apagar de vez. Acordou em um lugar rodeado com um estranho brilho azul, onde em seu centro estavam alguns equipamentos que, instintivamente, chamaram a atenção do meio-humano. Ao se equipar com uma pequena faca e um escudo pesado, o menino apenas escuta uma voz estranha e pesada vinda de algum lugar desconhecido

    - Vá, faça sua missão. Elimine.

    O tempo fora curto para Kromne, não o dando oportunidade de resposta. Ao acordar de volta a terra, notou que estava em uma rua esquisita, destruída por aqueles ataques que já haviam acontecido semanas atrás... talvez tenha ficado desacordado tempo demais. Ao levantar, escutou um sussurro que lhe acometera como um calafrio:

    - Elimine suas esperanças. Elimine seus heróis

    A rua parecia totalmente vazia.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Ter Fev 07, 2017 9:28 am

    - Senhor, qual é o problema? Se o carro está quebrado bater nele com força não irá adiantar.
    ´´ Preciso chegar na próxima cidade rápido, e esse homem vai me atrasar desse jeito, tentar mais uma vez, se der errado vou voltar a correr.``
    *Respiro fundo e olho para onde o Homem está olhando, tentando identificar o problema.``
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Fev 07, 2017 3:52 pm

    O velho homem olhou diretamente para Eryn Morthos logo após suas falas. Sua mão recuou e em sua face surgiu um leve sorriso de escárnio.

    - HAHA meu jovem, bater com força resolve qualquer coisa...

    Após isso, o homem faz o mesmo movimento de antes, mas agora sem dar chances que o garoto he interrompesse. Com a intenção de ajudar, Eryn tentou olhar para o problema, mas apenas viu um motor motor fundido a lataria como se tivera queimado. Após a batida, como magia, o ciborgue viu tudo naquele veículo se ajeitar.

    O carro parecia recém saído da fabrica. O homem virou lentamente para ele, enquanto limpa o suor da testa como se tivesse se esforçado muito.

    - Agora preciso da sua ajuda garoto, não posso concertar minha inabilidade de dirigir com essa chave. Uma gargalhada podia ser escutada. Não posso chegar na próxima cidade sozinho, rola uma carona pra um velho herói?
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Ter Fev 07, 2017 4:34 pm

    Surpreso com o que acabou de acontecer, demoro um pouco para voltar ao normal, pisco algumas vezes e balanço a cabeça e olho para o homem.

    - Isso foi no mínimo surpreendente senhor, e é claro que poderia lhe conceder uma carona, afinal estou indo para o mesmo lugar, não sei você, mas eu não acredito muito em coincidências. Mas peço perdão por ser rude, o tempo que possuo é curto, melhor irmos logo.

    Me dirijo até o banco do motorista e espero o homem para começar a dirigir em direção a cidade.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Fev 07, 2017 4:59 pm

    - Muito obrigado, rapaz. Pelo que vejo você está indo fazer o E.N.E.M. e isso me da ideia de um jeito de lhe agradecer, mas quando chegarmos lá eu lhe conto. Agora temos que chegar antes que os portões fechem e que aqueles camaradinhas acordem.

    Ao olhar para onde o Homem apontava, Morthos observou alguns seres com formato de aves pré-históricas que acabavam de despertar de um estado de inconsciência. Muito provavelmente aquele senhor havia os desacordado com sua arma e estava tentando concertar o carro para poder sair dali antes que acordassem... mas agora dependia do Ciborgue para que ambos chegassem bem a cidade dos heróis.



    Teste escreveu:Rola um teste de direção.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Okley em Ter Fev 07, 2017 5:13 pm

    Se encontrava ali na rua abandonada e destruída, ficou a olhar de o que ocorreu ali, sem entender os motivos. Tudo passou em um piscar de olhos, perdeu o a noção de tempo, o que se incomodava. Com um suspiro de alivio ao ver a cena que acabara tudo aquilo que até um tempo o assombrava, por mais que alguns poderia considerava uma assombração.

    “Elimine suas esperanças. Elimine seus heróis” essas palavras ecoavam em sua mente, tentando decifrar o que queria disser. Ironicamente quase como instintivo, era para eliminar quem visse. Não demoraria muito para aparecer o verdadeiro alvo.

    Começa a andar pela rua como um menino perdido, afinal não seria difícil se passar como um, o importante era disfarçar como nada acontecesse, porém não podia tirar da mente como se tivesse a mão cheia de sangue de outra pessoa.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Ter Fev 07, 2017 10:09 pm

    Ao longo do caminho, Ohyon foi avistando no horizonte uma silhueta feminina. Aquela figura estava agachada encostada em uma parede, como se algum mal tivesse a acometido. O "menino" se aproximava lentamente, ainda na figura de alguém indefeso que andava dentre aquela catástrofe. A mulher já parecia ter notado sua aproximação.
    MINDGAME
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1125
    Reputação : 56
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por MINDGAME em Qua Fev 08, 2017 11:43 am

    Legendas: – Fala ou escrita, "Pensamentos", (Offs)

    Deixo minha cela em silêncio acompanhando os guardas até meus equipamentos.
    – Obrigado.
    Visto minha armadura como quem veste as trevas do próprio coração, seguro o meu rifle e admiro por um instante o quão bem ele se encaixa em minhas mãos. Então noto a estranheza que minhas atitudes provocam nos demais e me contenho.
    Guardo o rifle no suporte em minhas costas, recolho meu escudo e o equipo, então observo o panfleto.
    @Nimaru Souske escreveu:NÃO CHEGUEM ATRASADOS, OS PORTÕES FECHAM ÀS 12:00 HORAS.
    Olho para o relógio, faço uma pausa, olho para a direção de H.E.R.O. City e tento calcular sua distância, então começo a correr em sua direção.

    (Desculpe a demora. Como deve ter visto no Labirinto, fiquei enroladasso esses dias...)
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Fev 11, 2017 11:49 pm

    Vincent Solos Sabe que mesmo que corra em seu máximo, não conseguiria chegar à tempo para seu teste de admissão, mas decide mesmo assim começar sua corrida contra o tempo até H.E.R.O. City. O caminho se apresentava como escombros daqueles prédios que um dia poderiam ter sido significantes para aquela civilização. Ao dobrar um dos becos, que levavam até a estrada principal para que pudesse ter alguma mínima chance de chegar ao seu objetivo antes que os protões fechassem, visualizou uma mulher que estava encostada a uma parede muito próxima a ele, além da continuação de seu caminho que o levava diretamente para a estrada principal. A senhora parecia emitir um pequeno gemido de uma dor intensa que parecia lhe acometer a algum tempo. À frente do Soldado de vestes negras, ao longe, vinha uma estranha criança que parecia destoar de tudo aquilo...
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Okley em Dom Fev 12, 2017 1:21 am

    Caminhava como não se importasse com o que ocorria na cidade, por mais que estava atento a qualquer movimentação estranha. Deu um breve sorriso no rosto ao ver aquela mulher, não estava afim de conversa. Ajeitou a arma para qualquer imprevisto, não usaria logo agora, não queria chamar a atenção, isso nunca acabava bem. Ironicamente já esperava que em um momento isso acontecesse.
    Nimaru Souske
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 725
    Reputação : 16
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Dom Fev 12, 2017 9:23 am

    Ohyon se aproximava da mulher lentamente, que mesmo o notando, não parecia ter qualquer instinto de fazer algo. Ao chegar em sua frente , ele consegue ouvir um som de um gemido baixo vindo da mulher que transpassava uma dor insuportável e contínua que ela estaria sentindo e, ao mesmo tempo, identifica uma ser com vestes totalmente negras que também olhava para aquele indefeso ser feminino, mas que ainda estava mais afastado do que o próprio garoto Alien.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por fairbrooks em Dom Fev 12, 2017 11:27 am

    Mesmo nunca tendo dirigido um carro de verdade, sempre lia sobre, e se algum momento podia me fazer aprender a dirigir era aquele, eu precisava chegar no E.N.E.M a tempo, meu lar havia sido destruído e para melhorar estava na frente de um herói e cercado de criaturas.
    Com tudo isso, começo a dirigir rapidamente, não dando chance alguma para o azar, nenhum monstro pré-histórico voador ou horário estipulado idiota iria me impedir, assim, rumo para a próxima cidade do norte, para encontrar meu destino.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Nov 18, 2017 11:02 pm