Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    S01E01 - Beginnings

    Compartilhe
    hadesfallen
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 19

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por hadesfallen em Qui Mar 16, 2017 7:39 pm

    Salvatore ouve atentamente a toda a exposição e fica curioso quanto a pessoa mostrada na tela. Era deveras estranho, apesar das boas intenções da moça, os celestiais utilizarem prédios dela como base. Ele levanta a mão e quando autorizado segue com uma pergunta.

    - Vocês disseram que poderíamos nos revelar a ela ou não... Ela não tem conhecimento que estamos usando uma das construções dela no momento? Ou não tem conhecimento de que somos celestiais? Fora isso, em nossos empregos mortais, que arrumaremos quando sairmos daqui, teremos que ter alguma ligação com esse projeto?
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração - TODOS

    Mensagem por Brujah Girl em Sex Mar 17, 2017 9:42 pm






    NARRAÇÃO PARA TODOS


    31/12/2019 – Hora: ?  –  Rio de Janeiro / BR – Centro de conferências e reuniões


    Salvatore se pronuncia e é a própria Arcanjo que responde sua pergunta:


    – Sim, ela tem conhecimento e inclusive foi ela mesma que autorizou a construção deste prédio para servir como nossa base. Ela sabe de minha natureza Celestial, pois foi digna de receber a Revelação de minha parte. Além disso, pelo fato de possuir certas habilidades sobrenaturais pode vislumbrar e sentir nossa natureza celestial, mas é bastante discreta e mesmo que sinta a natureza de alguém, não irá mostrar que já sabe do que se trata, embora, obviamente, o acesso a este prédio é bem restrito e quem tem acesso ao mesmo é naturalmente um colaborador.


    Aquilo poderia soar bastante ousado. Um prédio que servia de base Celestial nas instalações de um projeto social que pertencia a uma Cria de Lucifugo que tinha conhecimento da existência dos Celestiais. Faith prossegue:


    – Acredito que não tenham entendido. Não são vocês que irão buscar o emprego, ao menos, não o primeiro emprego. Tudo isto já está devidamente encaminhado e logo receberão individualmente as respectivas informações.  Quanto a ligação com o projeto, a maior parte de seus colaboradores são voluntários, e sim, apreciaríamos se cada um de vocês, tivesse algum interesse em colaborar desta forma com o projeto em seus tempos livres. Muitos dos nossos irmãos costumam fazer isso. Isso naturalmente é uma decisão de cada um e caso alguém tenha interesse em posteriormente tornar-se um voluntário do projeto, basta procurar a irmã Alana que poderá auxilia-los com essa questão.


    Após o comentário de Faith, Honrado prossegue:


    – Bem, para a ambientação de vocês convidamos o grupo de Ofanins e Abençoados que trabalham conosco. Alguns deles vieram como vocês, como um grupo de Anjos Menores que teve sua primeira experiência na terra conosco e depois decidiram permanecer. Os Abençoados deste grupo, queiram vir até a frente para que possam ser visto pelos novos anjos.


    Dizendo isso, 4 anjos se dirigem para frente, de forma que poderiam ser vistos por todos. Eram 3 homens e uma mulher. (Ver na lista de NPC’s : Isaac, Juan, Laura e Luke).

    A belíssima mulher sorri para todos de forma bastante simpática, enquanto os homens pareciam mais sérios, mas sem parecer antipáticos. Honrado continua falando:


    – Da direita para a esquerda de vocês temos: Isaac, Cuique Suum; Juan Martin, Tecnoanjo; Laura Vargas, Princeps; e Luke dos Venatores. O Juan será o responsável por auxiliar vocês com as novas identidades, também ajudará nas questões do idioma para quem quiser um aprendizado mais tecnológico, vai entregar um telefone celular para cada um de vocês e auxiliar nessas coisas de tecnologia para quem precisar se atualizar ou entender, porque, por mais esquisito que essas coisas sejam, vocês tem que saber pelo menos o mínimo para poderem interagir com o mundo lá fora.


    Juan faz um sinal de positivo e fala que depois da reunião cada um deveria seguir até o CPD para receber seus celulares e a respectiva informação de quando se reuniriam com ele. Ele termina de falar e Honrado diz para Laura prosseguir. A belíssima negra começa a falar, revelando uma encantadora voz:


    – Eu sou a Laura Vargas, Abençada dos Princeps. Muito prazer, meus irmãos. Serei a responsável, juntamente com o irmão Marcellus, Elohim dos Princeps,  pela inserção de vocês no mercado de trabalho, por assim dizer. As reuniões conosco se iniciam a partir das 14:00h e serão realizadas aqui mesmo. Sejam muito bem-vindos!


    Carisma e simpatia eram seu forte. Luke é o próximo a se pronunciar. O imponente negro que era quase tão alto e forte quanto Honrado se pronuncia:


    – Bom, eu sou o cara que vai ajudar a vocês a se situar nesta cidade, quer dizer, não só eu, mas a Camilla e a Jade que vocês já vão conhecer. Então, resumindo, quem quiser saber como se virar pelas ruas do Rio, saber onde ir, e onde não se meter, é só me procurar ou as meninas. E aqueles que precisarem treinar ou estiverem interessados em um desafio físico, é só me procurar também.  


    Por fim, Isaac, o branco de olhos claros, se pronuncia:


    – Bom dia! Eu sou o Isaac, Abençoado dos Cuique Suum. Eu sou um dos responsáveis por orientá-los em relação a estrutura da nossa base e do projeto social.


    Após todos os Abençoados se apresentarem e informarem como poderiam ser úteis para os recém-chegados, eles voltam a sentar-se e Honrado convida os Ofanins para fazer o mesmo. Eram agora 3 mulheres e 2 homens.  (Vide a lista dos NPC’s)

    As mulheres começam por falar, sendo a de aparência mais jovem, uma adolescente, a se pronunciar:


    – Oi pra vocês! Eu não tenho muito o que falar agora não. Sou a Jade, dos Superviventes e como o Luke já falou, tô disponível para ajudar vocês a circularem pela cidade, ok? Valeu!


    Após a sua apresentação relâmpago, a belíssima dos cabelos negros se pronuncia. Sua voz também era encantadora e seu sorriso capaz de derreter corações:


    – Assim como a Jade e o Luke, vou auxiliar vocês neste sentido também, sendo o meu mais orientado a marcos históricos, locais onde os nossos irmãos mortais ainda buscam por artes, cultura e lazer, e por aí vai. Pra alguns pode parecer meio guia de turismo, mas todo mundo sabe que história, artes, cultura e lazer sempre foram e sempre serão importantes. São elas que movem as sociedades para frente e auxiliam na sua evolução, mesmo nos piores momentos. Então já sabem, falem comigo.


    Ela termina oferecendo um sorriso especial para alguém da “platéia” que só os mais perceptivos notariam.

    (OBS: Todos que tem percepção 4 reparam. Quem for fofoqueiro quiser tentar saber para quem foi o sorriso, deve rolar um teste de Percepção + Prontidão com dificuldade 7, antes de fazer o seu post para que eu informe para quem foi o olhar).

    A próxima é a belíssima loura:


    – Bom dia, gente! Meu nome é Valerie Rosenacker e sou uma Primordial. Eu vou ajudar o Isaac e serei a guia de vocês aqui pelo projeto. Vou mostrar onde ficam os alojamentos, e as outras áreas, ou seja, o próximo compromisso de vocês é comigo.


    Da mesma forma simpática que ela começou, ela termina, dando uma piscadinha para todos os presentes.

    O primeiro homem a se pronunciar parecia já estar na casa dos seus quarenta e poucos, que se vestia de forma bastante clássica.


    – Bom dia! Meu nome é Joshua Morgan e serei o instrutor de estudos de vocês com a supervisão de nossa estimada srta. Bonaventura, Trono dos Veritatis. Minha primeira tarefa é auxiliar na questão do idioma local,  para aqueles que valorizam o aprendizado à moda antiga, com os insubstituíveis livros, fonte do conhecimento milenar. Também estou disponível para quaisquer outros assuntos relacionados ao conhecimento.


    Joshua termina de falar e o último a se pronunciar era um rosto conhecido de Sallazar, que pelo visto ele sequer reparara anteriormente nos novos rostos que se encontravam no fundo da sala:


    – Bom dia! Sou Erick Wood, dos Sancti. Cheguei a pouco tempo, então sou apenas um pouquinho menos novato que vocês, mas estou disponível para ajudar da forma que for possível!


    Erick dá um sorriso e finaliza sua apresentação. Todos voltam a sentar-se e Honrado prossegue:


    – Agora que todos já tem uma noção dos próximos passos, convidamos-lhe para um café da manhã, mas antes a irmã Valerie vai conduzi-los até a área dos alojamentos onde poderão deixar seus pertences antes de seguirem para o refeitório. Depois do café da manhã Isaac e Valerie farão um breve tour com vocês pelas instalações e acredito que o Juan poderá tratar do restante antes do horário de almoço, certo Juan?


    Juan confirma que sim, e Honrado finaliza:


    – Só lembrando que, sabemos que nem todos mantém esses hábitos, mas gostaríamos que todos estivessem presentes neste almoço. Se alguém quiser fazer mais alguma pergunta que não esteja relacionada aos assuntos que os irmãos serão responsáveis por tratar posteriormente, fiquem à vontade, do contrário, estão liberados para seguir com Valerie.


    A primeira reunião se encaminhava para o seu fim. Se não houvessem mais perguntas, Valerie aguardava o grupo de recém-chegados junto a porta de saída.





    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 246
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por mimacarfer em Ter Mar 21, 2017 6:59 pm

    Lia observa enquanto Salvatore faz algumas perguntas, em parte aparentemente sem muito sentido para ela, porém resolve continuar prestando atenção na resposta que a celestial lhe daria. Com certeza precisaria pedir mais explicações a Leo quando aquilo tudo terminasse. Além disso gostaria de procurar Alana e ver a questão do voluntariado comentado por Faith. Em alguma coisa, com certeza, ela poderia ser útil para o projeto, assim como fora em tantos outros quando em vida.

    A reunião continuou, e mais quatro anjos foram chamados para apresentação, entre eles três homens e uma mulher. Não pode deixar de reparar no quanto ela era bonita, mas quem lhe chamou atenção mesmo foi Isaac. Se lhe perguntassem, provavelmente não saberia explicar o porque, mas algo nele lhe despertava certa curiosidade.

    Ouviu o que cada um tinha a dizer, tentando guardar todas as informações mentalmente:

    “Isaac, estrutura e hierarquia; Juan, tecnologia; Laura, trabalho e Luke, moradia…”

    Em seguida foi a vez dos Ofanins serem chamados para fazer o mesmo. Jade e Camilla aparentemente auxiliavam o trabalho de Luke, mostrando a cidade aos novatos, o que lhe seria bastante útil; Valerie, que também era uma Primordial, era um tipo de guia no projeto e mostraria onde eram os alojamentos; já Joshua era tipo um professor de línguas pelo que entendeu. E por último veio um tal de Erick, dos Sancti, que fez uma apresentação rápida, o que Lia agradeceu, esperando que a reunião continuasse, porém sendo surpreendida pela finalização da mesma.

    Aguardou que as pessoas começassem a se levantar e, com calma, pegou sua pequena mala e levantou-se também, dirigindo-se a Lionel e Sallazar:

    - Vamos?

    Esperou que ambos se pronunciassem e, então, dirigiu-se para a porta de saída onde Valerie aguardava o grupo, mas não sem antes dar uma última olhada em todos ali, principalmente em Leo e Isaac.
    hadesfallen
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 19

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por hadesfallen em Qui Mar 23, 2017 8:19 pm

    Salvatore fica atento a resposta da Arcanjo e apesar de achar estranha a situação, nada comenta sobre aquilo. Se a alta cúpula achava que a cria de Lucifugo era digna, não seria ele que diria o contrário.

    Após as palavras da arcanjo ele só faz um gesto com a cabeça agradecendo pela resposta e continua a prestar atenção nas outras apresentações. Continuava curioso com qual seria sua tarefa ou sua função, mas parecia que não seria informado sobre isso naquele momento.

    Quando as apresentações terminam Salvatore pega suas coisas e se dirige até Valerie. Ao se aproximar dela, sorri e a cumprimenta oferecendo um aperto de mão.
    - Olá, sou Salvatore, acredito você me será nossa guia até o alojamento... É um prazer conhecê-la....
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Portuga em Seg Mar 27, 2017 4:49 am

    Daniel ainda estava entorpecido vendo seus últimos momentos enquanto vivo nas mãos do vampiro que o havia matado, não só ele, como provavelmente incontáveis crianças e inocentes.
    Primeiramente, pensou ter ouvido uma piada de mal gosto, mas logo percebera que não e por mais que quisesse esbravejar e se opor a tal aliança, seu intelecto o dizia para não o fazer, os superiores pareciam estar muito à vontade, tão à vontade que fizeram toda uma base dentro de um projeto organizado por uma vampira...
    Sua postura permaneceu inerte, como de costume, apenas seus punhos cerrados firmemente denotavam um sinal de desacordo com aquela história, uma que por enquanto parecia muita mal contada...
    Outros começam a ser apresentados, no entanto é o sorriso de Laura e aquele charme direcionado que o deixaram encucado

    "Será que já se conheciam? Estranho...bem poderia tentar ser um pouco intrometido depois..."

    Os ouvidos permaneciam atentos ao resto das instruções que por sinal começavam a ficar maçantes.
    Convite ao café da manhã?! Não faria parte daquilo, além de não ver motivo, em seu íntimo quanto mais distante daquele projeto melhor e tinha coisas mais importantes a fazer...
    Quando finalmente, Honrado, finaliza a reunião, Daniel se move em direção a Valerie, após descobrir seu alojamento e organizar suas coisas, começaria a se mover por conta própria, primeiro perguntaria a Valerie com quem teria que falar sobre os empregos.
    Após coletar as informações necessárias, iria até o centro do Rio, na sua conhecida loja e depois no pequeno apê da zona norte, afinal finalmente gostaria de ver e saber como andava sua amada mãe, Adélia.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração - TODOS

    Mensagem por Brujah Girl em Qua Abr 05, 2017 12:43 pm





     
    TODOS

    31/12/2019 – Hora: ?  –  Rio de Janeiro / BR – Centro de conferências e reuniões




    Quando Lia fala com Sallazar e Lionel, o Cuique Suum diz que já seguiria e que eles podiam ir na frente, pois antes iria cumprimentar o responsável por seu clero.  Sallazar segue com Lia em silêncio. A jovem repara que Leo estava conversando com outros da primeira fila, enquanto Isaac trocava algumas palavras com Amadeus. Nenhum dos dois parece reparar nos olhares de Lia.

    Quando Lia chegava até a saída onde Valerie aguardava, outros Celestiais também já estavam e Salvatore cumprimentava formalmente Valerie.


    Ao se apresentar para Valerie, Salvatore é recebido com um sorriso e tem o aperto de mão retribuído pela jovem:


    – O prazer é meu, Salvatore! Seja bem-vindo!


    Daniel refletia sobre as coisas que ouvira e já pensava no que iria fazer fora dali, ignorando o convite para o café da manhã feito pelos anfitriões. Suas preocupações eram outras e na opinião dele tudo aquilo era uma perda de tempo.

    Com todos reunidos a simpática Valerie, que agora tinha um tablet nas mãos, começa a guiar todos pelas dependências do projeto. A primeira parada seria a área dos alojamentos e ali a jovem teria uma surpresa para eles, pois os quartos eram para duas pessoas, e aparentemente tudo já estava determinado:


    – Bem, devo informar que esses alojamentos são temporários. Vocês ficarão por aqui até que tenham suas vidas lá fora devidamente estabilizadas. Como padrão, os quartos são para duas pessoas.


    Ela abre a porta de cada um dos quartos daquela ala. O corredor se enche de luz natural e uma brisa suave entra através das janelas que estavam semi abertas. Podiam notar que era uma manhã ensolarada. Valerie volta a falar:


    – Conforme eu for falando vocês já podem vir e entrar para deixar suas coisas, ok? Quem quiser aproveitar para mudar de roupa para ficar mais de acordo com o ambiente, aproveito para informar que a previsão do tempo para hoje é dia de sol com períodos nublados vez ou outra e possibilidade de tempestado ao fim do dia. Máxima de 42º e mínima de 28º.  É só mais um dia de verão carioca para quem não está acostumado. Bem, vamos lá:

    quarto 10, Lia e Olivia,
    quarto 12, Khloe e Felicity,
    quarto 14, Sallazar e Adam
    quarto 16, Salvatore e Lionel
    quarto 18, Daniel e Lucien



    Ela indicava com a mão onde era cada um dos quartos, embora todos tivessem uma placa com sua numeração logo ao lado direito da parede.

    Os quartos possuíam duas camas de solteiro e eram espaçosos, mas sem exagero, lembravam um bom quarto de hotel. Havia um guarda roupas de 4 portas, além de um gaveteiro com 4 gavetas. Uma tv de 32” na parede em frente as camas, e um móvel de apoio logo abaixo.

    Na parede junto a janela, uma pequena mesa quadrada com 2 cadeiras e no canto desta parede, uma poltrona em posição diagonal, para quem quisesse assistir a tv dali. Todos os quartos eram absolutamente iguais, com paredes pintadas em um tom creme. Havia sistema de refrigeração central, mas não havia banheiros, fato que Valerie explicaria para todos assim que começassem a retornar de seus quartos:


    – Banheiros masculinos e femininos ficam aqui.


    Os banheiros ficavam naquela mesma ala em que estavam, ao fim do corredor. Quem tivesse curiosidade de entrar naquele momento notaria que haviam 3 cabines para banho, assim 3 cabines para com sanitário. Um balcão com 3 pias e largos espelhos. Toalheiro e móvel de apoio para roupas e outros objetos pessoais que fossem levados para os banheiros. Tudo estava perfeitamente limpo.


    O próximo passo era iniciar o tour pelo local. Valerie levaria os recém-chegados aos espaços comuns e assim aos poucos, cada um começaria a ter uma melhor noção do seu novo e provisório lar.

    OFF:

    OFF: Pessoal, para não travar mais o jogo e por não ter encontrado exatamente as fotos que queria, deixo uma descrição. Depois eu posso vir a colocar alguma foto que não seja exatamente o que descrevi, mas dá para ter uma noção.

    Quem quiser pode aproveitar o momento para interagir com a Valeria e os outros npc´s que agora serão seus companheiros de quarto. Ao fim dos posts de você faço um resumo dos locais que conheceram. É necessário essa ambientação de vocês para que depois possam se mover por conta própria.








    Sr Lucius Montgomery
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 93
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Sr Lucius Montgomery em Qua Abr 05, 2017 7:29 pm

    Sallazar segue calado, pensativo no que iria fazer. Não havia nada para falar. Primeiro, deveria seguir com Valerie para saber onde seria o seu alojamento e tudo o mais, enquanto aproveitava para ir memorizando o que conseguisse de todo o complexo, depois, procuraria Eric, já fazia um tempo que não o via, então, era aqui que ele se encontrava. Depois...

    "Almoço? Desnecessário."

    Sallazar prefere ocupar o tempo do almoço com algo que considera mais útil, como treinar algum spiritus factu ou ler algo sobre o clima e relevo locais para elaborar táticas relâmpago ou qualquer coisa assim. Dessa forma, julga que vai ser mais útil nas missões que serão passadas, e para os Guardiões.

    Segue prestando atenção no caminho e nas instruções de Valerie. Quando ela anuncia o quarto com seu nome, agradece e entra, e agradece mentalmente mais uma vez pelo conselho da previsão do tempo e vai procurar vestir-se conforme o clima, quando seu colega entra, ele o cumprimenta rapidamente e se retira a procura de Eric assim que puder fazê-lo.
    hadesfallen
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 19

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por hadesfallen em Seg Abr 10, 2017 5:12 pm

    Salvatore fica surpreso com a temperatura informada. Não estava acostumado com aquele tipo de ambiente e era calor demais, contudo, sentia-se curioso em visitar as famosas praias cariocas. Talvez fizesse isso após o almoço, quem sabe alguém não gostaria de acompanhá-lo nessa visita. Quando Valerie informa que seu quarto seria divido com Lionel, ele cumprimenta o anjo caso estivesse ali. Se fosse autorizado, guardaria seus pertences no local e conversaria com o anjo, perguntando de onde era e quais suas expectativas para aquela missão.
    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 246
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por mimacarfer em Qua Abr 12, 2017 8:44 pm

    Lia se aproxima do grupo de celestiais próximos de Valerie, atenta aos detalhes como sempre. Não trocara uma palavra sequer com Sallazar durante o caminho. Na verdade estava tentando assimilar tudo o que aquele dia representara até o momento. A jovem vê Salvatore cumprimentar Valerie formalmente e não contêm um leve sorriso. Gostava do jeito estranho dele.

    Não demorou muito para que Valerie começasse a guiar o grupo pelas dependências em que estavam, o que Lia acompanhou calmamente junto com os demais. Aparentemente lá fora fazia sol, o que lhe deu uma enorme vontade de fotografar. Já havia tempo que não pegava em uma câmera e sentia saudade do que aquilo lhe proporcionava emocionalmente. Mais a frente a celestial que conduzia o grupo começou a falar sobre os quartos e as condições climáticas do dia. Talvez seguisse sua sugestão e trocasse de roupa antes de prosseguir.

    Seu nome foi o primeiro a ser chamado, junto com o de uma tal Olivia. Olhou a porta indicada e se dirigiu até lá, mas não sem antes se despedir de Sallazar:

    - Acho que nos separamos aqui. Boa sorte, Sallazar! Foi um prazer conhecê-lo!

    O quarto possuía duas camas de solteiro e era bem espaçoso. Aproximou-se de uma delas, colocando sua mala no chão. No fim das contas aquilo não parecia ser tão ruim. Retornou para junto do grupo rapidamente, ouvindo em seguida a indicação sobre os banheiros. Aquilo sim seria um pouco desconfortável, mas pra quem já estivera em zonas de guerra como ela poderia até ser visto como um privilégio. Resolveu dar uma espiada por lá, antes de prosseguir vendo o lugar que momentaneamente teria que chamar de lar.
    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Portuga em Qui Abr 13, 2017 7:47 pm

    Daniel seguia Valerie guardando as informações úteis, por sorte já conhecia um pouco sobre o Projeto Por Um Mundo Melhor.
    Atrasaria um pouco sua visita as ruas cariocas, apesar de tudo, ainda era paciente, ao chegar aos alojamentos, guardou o quarto 10 em seu coração, no mais tirando a estranha combinação do quarto 12, os outros pareciam juntar os combatentes com os....é bem não combatentes.

    O rosto permanecia o mesmo de sempre mas interiormente, não pode de deixar de não gostar de seu colega de quarto, Lucien, ele era o que parecia mais cego pela cria de Lucifugo e naquela história que ela trabalha em prol da humanidade. Por isso entrou calado, colocou seus pertences no lado de uma das camas e saiu também calado, sendo o provavelmente o mais rápido a sair.

    - Valerie! Daniel, chamou a atenção num tom calmo, se aproximando.
    - Bem, não posso deixar de ficar curioso com algumas coisas, de ante mão, já peço desculpas por perturbá-la... e após o tempo de algumas respirações, continuou...
    - Bem, se não for muito imprudente da minha parte, gostaria de saber onde poderia encontrar as informações sobre o emprego que me foi designado, sabe estou um pouco curioso sobre esse assunto... dizia num tom respeitoso.





    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração - TODOS

    Mensagem por Brujah Girl em Qua Abr 19, 2017 11:05 pm






    TODOS

    31/12/2019 – Hora: ?  –  Rio de Janeiro / BR – Base Celestial / Alojamentos




    Sallazar


    Adam entra no quarto logo atrás de Sallazar. O jovem cumprimenta o Primordial e joga sua mochila na cama que ficava mais próxima da janela, perguntando logo em seguida para Sallazar:


    – Tranquilo se eu ficar com essa cama?


    Então se aproxima de Sallazar, e ao contrário do Primordial que pretendia cumprimenta-lo rapidamente, Adam estende a mão para Sallazar para um cumprimento mais adequado e fala:


    – É meio esquisito ficar com um desconhecido num quarto logo de cara, então vamos resolver logo isso! Eu sou o Adam, dos Superviventes.


    Ele dá um sorriso para Sallazar.



    ========================================================================


    Salvatore


    Lionel entra no quarto após Salvatore cumprimentando-o com um breve aperto de mão e se apresentando.

    O Cuique Suum espera o anjo de aspecto mais velho escolher a cama que ficaria e quando questionado por Salvatore, ele responde:


    – No Éden vivia em Sancta Turrim, quer dizer, vivo, ou acho que ainda vivo. Aqui na terra eu era de São Paulo, mas vivi algum tempo em Brasília...


    Então se cala. Aquela informação indicava que Lionel era brasileiro. Salvatore repara que o Cuique Suum, assim como ele, tinha um estilo mais clássico. Apesar dos cabelos mais compridos, ele usava um terno e parecia ser bastante formal. Tinha um ar sério e por que não dizer, pouco amigável?

    Lionel retira o blazer que usava, ficando apenas com a blusa social, retirando-se do quarto enquanto diz:


    – Bem, vou aguardar pelo tour com a srta. Valerie. Até logo, sr. Salvatore.



    ========================================================================


    Lia


    A colega de quarto de Lia é a primeira a entrar no quarto e parece resmungar algo que Lia não chega a compreender. Ela apenas dá uma olhada rápida no local e deixa sua bagagem em cima de uma das camas, dando um aceno de cabeça para Lia, sem nada mais dizer.

    Pelo que pode notar, Olivia não fazia o tipo sociável.


    ========================================================================


    Daniel


    Lucien foi o primeiro a entrar no quarto e começou a explorar o ambiente, indo até a janela e olhando lá para fora. Ele ia falar com Daniel quando este, saiu do quarto sem ao menos cumprimentá-lo.

    Daniel se dirigia a Valerie, que ainda estava sozinha enquanto os outros deixavam suas coisas e se preparavam para voltar. Ao ouvir a pergunta do Sancti, a anjo responde-lhe com certa surpresa:


    – Você não ouviu na reunião? Não vai me dizer que dormiu?!


    Ela sorri de forma divertida e Daniel perceberia que devia ter perdido algo, o que não era bom, pois poderiam considera-lo desatento.


    – Lembra da Laura, dos Prínceps? Então, a partir das 14:00 no salão de reuniões. Até lá vai ter que segurar sua curiosidade.


    Nesse momento outros anjos voltavam, entre eles Lucien, que se aproxima de Daniel e estende a mão:


    – Olá, companheiro de quarto! Lucien Dousseau, dos Veritatis, muito prazer!



    ========================================================================


    TODOS


    Após todos deixarem seus pertences, o tour pelo complexo da base celestial do Rio de Janeiro, que Valerie informaria chamar-se “Estrela do Amanhã”, é feito.

    Os anjos ficaram conhecendo as seguintes áreas comuns:


    Do quarto andar, de onde vieram: a sala de conferências e reuniões, o terraço. Uma outra área que Valerie não levou-os, mas disse ter os escritórios pessoais dos responsáveis pelos cleros, o arsenal e uma área restrita com os aposentos da Arcanjo.

    No terceiro andar, onde estavam, haviam os alojamentos, os banheiros de apoio aos alojamentos, uma sala de estar, um salão de jogos, uma cozinha/copa, uma grande sala de jantar e um banheiro social.
    O terceiro andar era basicamente uma “habitação”.

    Descendo, encontrariam o segundo andar, onde conheceriam a Bibilioteca, salão de estudos, academia, estúdio de música, o laboratório e o CPD, com cerca de uns 10 computadores que poderiam usar.

    No primeiro andar, e este Valerie revelaria que era área comum para alguns humanos que trabalhavam ali, mas hoje não havia expediente. Ali encontrava-se, recepção, escritórios, banheiros, a cozinha e o refeitório.

    Na parte exterior, havia uma piscina de cerca de uns 10x5 e uma quadra esportiva polivalente. Diversas bicicletas estavam paradas por ali, sob uma cobertura, e Valerie diz que poderiam usar depois se quisessem para se deslocarem até a área do projeto Por Um Mundo Melhor, que, quem quisesse, poderia conhecer depois dos compromissos, era só falar com ela.



    Com o tour concluído levaria-os até o refeitório, onde os outros anjos já estavam, muitos servindo-se de um saboroso café da manhã.

    Sallazar veria que entre eles, estava Eric, em um canto mais afastado, folheando um jornal.

    Valerie diria:

    – Quanto tempo faz que vocês não tomam um bom café da manhã? Pra quem não conhecia o Brasil recomendo que provem as frutas. São maravilhosas! Vamos?!

    E com seu sorriso gentil, deixa o convite para que os anjos seguissem para o café.

    Os mais atenciosos veriam que o relógio do local marcava 10:40 da manhã, no fundo já não faltava muito para a hora do almoço.


    ============================================================


    OFF:

    OFF: Pessoal, fiz a narração individual referentes as entradas nos quartos e o diálogo ou não com seus companheiros de quartos. Podem fazer o retroativo referente a isto com suas reações, mas não façam diálogos que requeiram respostas pois essa cena dos quartos já foi encerrada.

    Agora que já conhecem a estrutura da base, tem mais liberdade de movimentação.

    Aos poucos irei colocando as fotos dos locais, desculpem por ainda não ter conseguido isso.








    Sr Lucius Montgomery
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 93
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Sr Lucius Montgomery em Sex Abr 21, 2017 10:54 am

    Sallazar pretendia cumprimentar rapidamente e já se retirar, entretanto, seu agora colega de quarto puxa uma conversa breve, mas que faz Sallazar deter-se:

    -Ah, tudo bem, não faço questão ou tenho preferência quanto as camas, fique com a de cima então.

    Quando ele se aproxima e estende a mão, Sallazar endireita sua postura e aperta a mão do celestial presente ali na sua frente

    -Sallazar, dos Primordiais, prazer em conhecê-lo.

    Após isso, hora do pequeno tour para conhecer melhor algumas localidades do complexo, estava considerando utilizar a piscina mais tarde, treinar o corpo e tudo o mais...

    Então, encontrou Eric, este, lendo um jornal. Aproximou-se e então disse de forma normal:

    -E então...quais as notícias que temos? Alguma coisa animadora, por menor que seja...?
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração - Sallazar

    Mensagem por Brujah Girl em Sex Abr 21, 2017 7:18 pm







    NARRAÇÃO SALLAZAR


    31/12/2019 – Hora: 10:40 – Refeitório / Base Estrela do Amanhã - RJ


    A chegada de Sallazar não parece ser uma surpresa para Eric, que tira sua atenção do jornal e faz um gesto para o amigo sentar-se à sua frente. Sua expressão era de seriedade, o que dava a impressão que ele não gostava do que lera nas notícias ou talvez fosse apenas outra coisa qualquer, ou a própria situação em que viviam:


    – Depende do que você considere animador, meu amigo... O mundo entrou numa espiral caótica e não podemos salvar todos, isso é mais do que certo, mas se pudermos pelo menos cuidar do nosso quintal, alguma coisa teremos alcançado...


    Eric agora não falava em Fabulare, mas sim em inglês, língua comum aos dois.


    – Bem-vindo ao Brasil! Terra que em meio a uma guerra civil ainda consegue um dia de paz para celebrar uma passagem de ano! Não, não me pergunte como eles conseguem, eu também não entendo! Sinceramente ainda não me acostumei com esta cidade, com o jeito de ser das pessoas, com a diversidade de níveis de evolução, mas te digo uma coisa: há uma certa magia nesta terra.


    Ele dá de ombros e conclui:


    – Não sei explicar e talvez você possa não entender ou nem sentir o que sinto, depois que começar a conhecer as pessoas, a cidade... Enfim...

    Então questiona o amigo:


    – E então... até o momento, o que está achando de tudo?


    Eric tinha colocado o jornal de lado, e voltava a comer algo em uma tigela, era escuro, tinha cereias diversos e banana, mas aquela coisa escura Sallazar não conhecia.





    Portuga
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1910
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Portuga em Sab Abr 22, 2017 10:49 pm

    Daniel, olhou fixamente Valerie por um tempo, a resposta dela, deixou um certo amargor em sua boca, apesar de sua face permanecer imutável, era óbvio que ele queria pular as etapas desnecessárias.
    Ainda o amargor só aumentou, forçando-o a engolir sua saliva, na vã esperança de sumir com aquela sensação, contudo, se virou e friamente, respondeu.

    - Olá, Lucien, me chamo Daniel Augusto Plínio, dos Sancti...

    Ao que tudo indicava, parecia que teria que continuar seguindo o roteiro daquele teatro...

    No mais, foi memorizando os lugares, parecia que de fato aquilo era mais que uma base de operações...e entre uma olhada e outra nas redondezas, não pode de observar Olívia, após Honrado, ela seria uma com quem queria testar suas habilidades...
    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 246
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Lia - Narração - Salvatore

    Mensagem por mimacarfer em Dom Abr 23, 2017 4:30 am

    Lia voltou rapidamente do banheiro feminino, afinal não tinha muito a ser visto por lá. Continuou o tour pela base celestial junto com os demais, tentando prestar o máximo de atenção possível aos detalhes. Gostara bastante da ideia de ter um terraço no quarto andar e do salão de jogos, onde provavelmente seria possível ter mais contato com os outros celestiais. A biblioteca e o salão de estudos conseguiram lhe tirar um enorme sorriso do rosto, afinal ali poderia se sentir um pouquinho mais perto de Azhael e de casa, mesmo estando distante. De forma geral, o local lhe parecia bastante agradável e satisfatório.

    Com o tour concluído, foram conduzidos até o refeitório, onde outros anjos já pareciam desfrutar de um saboroso café da manhã. Ao ouvir Valerie aconselhar que experimentem as frutas, Lia não consegue deixar de pensar que o que queria realmente era um café forte e quente, afinal pelo que o relógio do local informava, já era quase hora do almoço. Aproximou-se de uma das mesas, procurando a garrafa de café ou alguma daquelas máquinas de expresso e, em seguida, deu uma olhada no salão em busca de algum rosto conhecido com quem pudesse interagir. Afinal, desde que não fosse o Sancti esquisito, qualquer companhia lhe seria bem-vinda.

    Primeiro pensou em se aproximar de Olivia, com quem dividiria o quarto, mas ao avistar Salvatore, resolveu aproximar-se do celestial para saber suas opiniões a respeito da reunião, até porque teria muito tempo a dividir com Olivia dali por diante. De longe, fez sinal para o anjo e começou a caminhar em sua direção, aproximando-se calmamente, com um leve sorriso.

    - Oi, de novo. E aí, animado para experimentar as frutas locais?
    Sr Lucius Montgomery
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 93
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Sr Lucius Montgomery em Dom Abr 23, 2017 11:34 am

    -Digamos que nesse momento eu definiria animador como qualquer ponto aquecido em meio a um frio horrendo- passou a usar o inglês assim que Eric o fez

    -Não que eu saiba o que exatamente terei de fazer aqui...

    Quando Eric fala sobre o Brasil, Sallazar se lembra de um fato curioso e tenta dizer isto em um tom ameno, quem sabe até mais descontraído, que apenas pessoas próximas/íntimas a ele conhecem este lado...menos formal de Sallazar:

    -Bem, não é tão inovador assim, lembre-se, na II Guerra houve uma trégua dia 31 de Dezembro e os exércitos inimigos até jogaram futebol por uma noite...

    Faz um gesto para o jornal que Eric deixara de lado e pergunta:

    -Poderia ler algumas manchetes ou dar um resumo rápido do que está aí? Bom,
    você deve saber...não conheço o idioma do Brasil...e...
    -por fim aponta pra tigela com a comida escura com banana-Meu amigo...o que é essa coisa esquisita?
    hadesfallen
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 105
    Reputação : 19

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por hadesfallen em Dom Abr 23, 2017 8:46 pm

    Salvatore fica contente por seu colega de quarto ser um brasileiro, talvez pudesse ter ajudar com ele referente ao aprendizado da língua. Contudo, o outro anjo não é muito receptivo e já se ausenta do quarto. O princeps dá um sorriso e imagina se era algo de praxe essa seriedade e formalidade angelical... De qualquer forma Salvatore arruma suas coisas de forma rápida em um dos armários que estava por perto e aproveita para trocar a vestimenta para uma menos formal. Afinal, a tal reunião de apresentação havia terminado e agora acreditava que teria algum tempo livre até o próximo compromisso. Tinha esperança de poder dar uma volta pela vizinhança e conhecer as redondezas.
    Após isso, ele volta a se reunir com o grupo e Valerie os convida a um café da manhã, apesar de ter vontade de tal, estava mais curioso em conhecer os arredores e pensa em pegar uma das bicicletas para dar uma volta quando vê Amélia fazendo gestos para ele. Ele sorri para a jovem e vai ao encontro dela. Tinha gostado dela desde a primeira vez que conversou com ela e parecia a mais animada e mais alegre. Tinha uma energia positiva que cativava, diferente de grande parte dos outros anjos ali, sempre sérios e sisudos, com poucas exceções.


    - Olá Amélia… Na verdade estava mais animado para conhecer um pouco a vizinhança… Dizem que as praias por aqui são muito bonitas… Você é daqui, não é? Digo, brasileira? Conhece a região?
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração - Sallazar

    Mensagem por Brujah Girl em Seg Abr 24, 2017 8:09 pm







    ERIC - SALLAZAR


    31/12/2019 – Hora: 10:45 – Refeitório / Base Estrela do Amanhã - RJ



    Eric ouve o comentário de Sallazar e quando é questionado sobre as manchetes e o que comia, responde após uma risada curta:


    – Meu português ainda não é uma “beleza, cara!” – Ele usa as duas últimas palavras em português – – Quero dizer, ainda estou aprendendo. Isso aqui agora é mais estudo mesmo, mas em um resumo rápido, temos aqui: notícias sobre uma chacina em Vigário Geral, que aconteceu no dia 25/12, Exército aumenta a segurança nas ruas para tentar proporcionar uma sensação de maior segurança para os turistas, informações sobre a festa de Reveillon na praia de Copacabana, setor de hotelaria informa que é o pior Reveillon dos últimos 30 anos na cidade, Comandante Geral do Rio de Janeiro avisa que não vai tolerar baderneiros e que as forças militares tem plena liberdade para responderem a qualquer tipo de ameaças que forem constatadas e blá-blá-blá... Existe a possibilida do grupo, chamado Resistência Carioca, realizar um atentado esta noite, e pela forma que o grupo opera, não seria contra os civis, mas sim a algum prédio público ou militar.


    Ele faz mais uma pausa para uma nova “colherada” e explica:


    – O nome dessa delícia aqui é Açaí na tigela. Passa ali no balcão do self-service e pega uma para provar. Desde que cheguei aqui fiquei viciado nisso, é tudo o que eu como pela manhã.


    E então pergunta:


    – Quer dar uma volta pela cidade? Estou livre até às 12:30. Dá tempo de você conhecer alguma coisa antes do seu compromisso com o RH.






    Sr Lucius Montgomery
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 93
    Reputação : 0

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Sr Lucius Montgomery em Ter Abr 25, 2017 2:20 am

    -Bem, se já consegue ler e compreender o corpo do texto, mesmo que ''por alto'', já fez um bom progresso

    Sallazar da mais importância à parte da tal resistência

    -Humm...por mais que sejam prédios públicos, sempre há chances, mesmo que pequenas, de civis serem envolvidos...é aqui que a gente entra esta noite?-diz como quem dissesse para si mesmo que o dever o chamava. E completa cordialmente, mas também meio que soturno: -Não me leve a mal, meu amigo, você me conhece, sabe que costumo ser objetivo quanto ao que é necessário fazer, mas é que...sabe...errr...é o armagedom, as vozes dos Guardiões em meu último sonho ainda ecoam minha mente, e, bem...enquanto nós fazemos almoços de descontração, imagino que demônios estão mexendo suas peças ardilosamente...desde então, é a primeira vez que saio do Éden, mas Joyeu me instruiu de muita coisa

    Então, dá um ''toc toc'' leve na mesa e diz, de forma mais descontraída e para afastar suas apreensões

    -Mas por ora, vou aceitar sua recomendação-Então se levanta e vai se servir do tal Açaí na tigela, ao voltar, Eric o interroga sobre conhecer a cidade:

    -Conhecimento de campo, ótima ideia, 12:30, combinado

    Então se prepara e prova uma colherada desta iguaria que parecia um barro radioativo que Eric tanto aprecia.

    -Poderíamos treinar um pouco também, antes disso...o que acha? O que sugere a respeito disso?
    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 246
    Reputação : 12
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por mimacarfer em Qua Abr 26, 2017 4:36 am

    Lia se aproxima de Salvatore, ao mesmo tempo que, após notar sua presença, o anjo também caminha em sua direção. Parecia menos formal sem o terno, o que a deixava mais a vontade, mesmo já conhecendo sua simpatia. Ao ouvir que o anjo pretendia conhecer um pouco mais da vizinhança, a jovem celestial se anima. Embora ainda não tivesse uma câmera, também gostava de "fotografar" com os olhos, guardando detalhes dos lugares que conhecia em sua memória.

    - Na verdade não. Eu nasci na Inglaterra e parte da minha família era italiana... Como você, eu acho. Mas meu noivo era brasileiro e viemos aqui uma vez. Não sei se é o suficiente para sair pela cidade sozinha, mas se tivéssemos dinheiro e um mapa, provavelmente eu conseguiria chegar a algum lugar.

    A jovem sorri, meio sem graça.

    - Ai, desculpa... Eu sempre esqueço que podemos abrir portais para sabe... passear por aí. Dinheiro pra locomoção parece meio antiquado, não é? Além disso, não sei se seria recomendado sairmos daqui sozinhos uma vez que não sabemos o quanto o mundo mudou desde que... você sabe... partimos. Eu estive em Londres mais cedo com Azhael e estava bem diferente do que era antes...

    A jovem faz uma pausa, como que se recordando do que vira mais cedo e continua:

    - Mas acho que seria uma boa ideia pegar alguma daquelas bicicletas que Valerie mostrou e dar uma volta aqui dentro mesmo... pra conhecer os outros prédios. O que acha?
    Conteúdo patrocinado


    Re: S01E01 - Beginnings

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Out 18, 2017 1:01 pm