Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Compartilhe
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 88
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Gakky em Seg Jul 03, 2017 10:22 pm

    Rhaenee é a primeira a agir, seu Duelista se aproxima alguns metros e atira mirando em baixo do braço do gigante. A criatura sente o impacto, parecia ter machucado, um sangue esverdeado escorre pelo ferimento (-45 Pvs monstro). O monstro fica irado e solta um rugido muito alto ao mesmo tempo que usa sua pata enorme para arrancar no chão um punhado de árvore e atira na direção do Duelista. Os troncos das árvores batem na superfície do Gudan de Rhaenee e causam algumas avarias (-40 Pvs), por pouco não pegaram no Archangel, só restos de folhagens que não causaram dano. O gigante também dá uma patada em Chui que o arremessa para longe! (-45 Pvs).

    - Ray!! Cuidado! - Exclama o príncipe.


    Ao ver sua amiga ser acertada por aquele gigante, Gail fica nervoso e se coloca na frente de sua guarda-costas, em seguida atira com a pistola na direção das partes mais "frágeis" no monstro, mas o tiro acaba errando a mira e bate na pedra da "armadura" da criatura. Ninguém podia ver pelo vídeo, mas as mãos dele tremiam. Ao mesmo tempo que isso corria, Rosso se aproximou e com suas duas espadas de laser, tenta atingir a axila do monstro, mas o monstro move sua pata e a lâmina das espadas apenas bate na pedra que envolvia seu corpo.

    Marin nesse mesmo tempo, também se aproximou e acerta um golpe contra a criatura, sangue esverdeado escorre pelo ferimento(-65 Pvs monstro). Chui é o último a agir, mas mira no olho esquerdo do gigante e acerta os dois disparo! Essa era a mira do caçador, sempre certeira! (- 40 pvs).  O gigante dá um rugido de dor, um de seus olhos foi explodido por causa do caçador. O comandante dá algumas ordens:

    - Príncipe! Você é melhor com a espada, não tenha medo de se aproximar! Caso fiquem muito avariados, apenas apertem o botão de ejetar! Isso mesmo Marin! Chui, excelente! Todos foquem nos pontos vitais, como Rhaenee disse!! Foi uma grande observação garota! Apesar dele ser grande, estamos em maior número, precisamos cansá-lo. Vocês são excelentes soldados, não hesitem! Assim que ele começar a cansar, teremos que atacar na boca!


    As ordens do comandante inspiram vocês, por isso ganham +1 bônus em ataque nas próximas 4 rodadas ( Ordens de combate - habilidade de Rosso). Porém a criatura não parecia nem perto de começar a se cansar.

    Iniciativas:

    13 Ray  
    10 Monstro  (-150 Pvs)
    9 Gail
    9 Rosso
    9 Marin
    6 Chui

    ----> Mapa

    Mapa:




    Trilha Sonora para batalha:


    Informações:

    - Marin, o Oberon usa um martelo com dano 1d12, dá próxima vez, quando for rolar o dano, role um dado 12 e não 10.

    Regras de Batalha:

    ->Vocês tem direito a duas ações de batalha por turno, pode ser dois ataques, uma ação de movimento e uma ação de ataque, ou duas ações de movimento.
    Até 5 quadrados é apenas uma ação de movimento, acima de disso já será considerado duas ações. Durante a batalha, o gudam pode se mover até 10 quadrados no máximo, para isso, gasta 2 ações.
    -> Dano depende da arma que for usada e soma-se ao bônus de agi ou de força do gudan. (Todo dano é multiplicado por 5 quando se trata de gudans, mas eu que faço esse cálculo)
    -> Ataque a distância do gudam de vocês funciona até 10 quadrados de distância.
    -> Algumas habilidades de classe se aplicam ao gudan, lembram?


    Situação dos Gudans:


    Chui - Kakuri

    Defesa: 8
    PV: 115/160
    Ataque: Corpo a corpo + 2 /Distância +6 (+3 agi , +3 classe)

    Marin - Oberon

    Defesa: 9
    PV:  160/160
    Ataque: Corpo a corpo +5 (+ 3 for + 2 class) /Distância +2 (+1 agi +2 class)

    Ray - Duelista

    Defesa: 8
    PV: 110/150
    Ataque: Corpo a corpo + 4 (2 for, +2 class) /Distância +3

    Gail - Archangel

    Defesa: 9
    PV: 150/150
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2


    Rosso- Gladiator
    Defesa: 8
    PV: 160/160
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Pallando em Ter Jul 04, 2017 2:02 pm

    Marin foi o quarto a tentar um ataque contra a criatura e conseguiu feri-la. Ray e Chui haviam sido alvejados e atingidos antes, mas o caçador deu o troco e explode um dos olhos do monstro com dois disparos certeiros. A criatura rugiu com a dor e foi quando o comandante aproveitou para orientar o grupo, dar instruções e motiva-los. Funcionou. O evo viu naquele momento uma boa oportunidade para tentar um ataque mais ousado, pois o monstro havia perdido a visão de um olho e continuava sendo atacado por todos os lados.

    Aproveitou-se de sua proximidade e tentou posicionar-se(saltando ou usando propulsores) para tentar um ataque na mesma região que Chui havia acertado. Duas belas marteladas sobre a ferida do olho explodido.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Luxi em Ter Jul 04, 2017 7:24 pm

    Rhaenee arregalou os olhos e, por reflexo, levou a mão para frente do rosto, como se a árvore fosse pegar nela. Passado o susto, ouviu a voz do príncipe.

    - Não se preocupe... Ah! Quase, Gail. Excelente meninos!! - falou rapidamente, embora tivesse levado um grande susto ao ser atingida por aquela coisa enorme. Abaixou o rosto e respirou fundo, mas preferia pensar que tinha encontrado um ponto fraco e isso era maravilhoso. Além disso, Rosso a tinha elogiado. Todos eles. Então ficou animada com isso. Deu um sorriso empolgado. - Certo! Vamos acabar com ele! Só.. tomem cuidado, porque ele machuca bastante.

    Após seu plano dar certo, Rhaenee buscou em seu painel a função desejada, aquela que permitia escolher e focar em um alvo durante toda a batalha, reduzindo suas defesas. Ativou com um sorriso e, em seguida tornou a mirar a axilia do monstro pelas costas. Estava muito ansiosa agora que sabiam um ponto fraco.

    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Tsumai em Ter Jul 04, 2017 8:52 pm

    Chui sentiu um impacto gigantesco o atingir quando a fera o atacou, fazendo tremer todo o interior da cabine. O caçador se sacudiu e pôs-se de pé, percebendo que o monstro também acertara Ray. Talvez ele fosse forte demais... mas ao ouvir o chamado de Rosso, Chui se ajeitou no assento e se sentiu mais confiante.

    - Pode deixar comandante!

    O garoto faz Kakuri erguer o rifle para usar a mira holográfica do gudan e tentar novamente alvejar o olho esquerdo da criatura, quem sabe ferindo-o a tal ponto que o deixasse cego aproveitando-se do ponto fraco que Ray informara. Fez um disparo, e , depois, parou para analisar o alvo, buscando alguma informação sobre o ataque da fera que pudesse não ter percebido e pudesse ser de grande ajuda.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 88
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Gakky em Ter Jul 04, 2017 9:34 pm

    Rhaenee é rápida e apesar de ter sido atingida pelas árvores, ela avança e usa uma de suas habilidades, ela foca os comandos do Duelista no ponto fraco do gigante, era uma especialidade de seu gudan. Ela atira e acerta a axila do monstro, o tiro entra rasgando dentro da criatura e causa dor na fera. (-50 Pvs! no monstro)

    O gigante ruge de dor e com o braço tenta acertar Rosso e Marin de uma vez só, porém Marin consegue esquivar, já o comandante é acertado em cheio! Parte do peitoral do Gladiator é amassado e danificado! (-35 Pvs). Com o olho ferido, o monstro estava perdendo sua precisão. Ele tenta esmagar com a pata o comandante, mas erra, seu pé passa longe do Gladiator. O gigante era enorme, mas estava com dificuldades de enxergar. Gail avança para perto da criatura e ativa o escudo do Archangel, que confere uma defesa a todos aqueles que estiverem atrás dele. (+2 de defesa para Rhaenee e Gail). O príncipe também fala:

    - Antes de atingir a Ray, vai ter que passar por mim. Aproveite essa Ray, dá próxima vez, estarei mais perto para ferir! Pode deixar comandante! Só preciso conseguir chegar mais perto dele, meus anos de esgrima não foram atoa.


    - Gaio! Gaio protege Ray...


    No mesmo momento em que Gail agia, o Comandante e Marin também agem. Porém Rosso não estava com sorte, mesmo com suas espadas duplas, ele não consegue alcançar a parte vital do monstro, será que seus ferimentos de mais cedo o estavam deixando sem mira? Era possível ver do visor de vocês o quanto ele estava ferido. O evo usou os propulsores para se aproximar do olho do gigante e com o martelo destruidor de Oberon, golpeia o olho explodido. Sangue verde espirra quando ele atinge o globo ocular estourado da criatura (-35 Pvs do monstro). Mas quando ia golpear pela segunda vez, o gigante desvia e prende o Oberon! O gudan fica preso entre os dentes da fera! (Faça teste de resistência CD6 para se libertar). A cena do evo sendo "mordido" por aquela coisa é chocante a todos.

    - Marin! Caramba! Saia daí!


    O caçador usa sua mira excelente e dispara novamente contra o olho esquerdo do gigante! O efeito do tiro foi grande e termina de acabar literalmente com o olho daquela coisa! (-50 Pvs no monstro). Com as habilidades de análise de Chui, ele para para pensar e consegue notar que os ataques do gigante se concentravam em bater com as patas e esmagar, além disso, era ele capaz de lançar objetos contra eles, como havia feito com a Ray. Mas o ataque mais poderoso, seria o das patas, esse o caçador percebe que poderiam causar mais dano que os de arremesso. Chui também nota que os grandes dentes dele, poderiam os impedir de se aproximar da boca, mas também entende que era pela boca que conseguiriam atingir as partes mais frágeis da fera.

    Iniciativas: (3 rodadas com bônus de Rosso restando)

    13 Ray  
    10 Monstro  (-285 Pvs) -1 de ataque por estar caolho
    9 Gail
    9 Rosso  
    9 Marin
    6 Chui

    ----> Mapa

    Mapa:




    Trilha Sonora para batalha:


    Informações:

    - Marin, o Oberon usa um martelo com dano 1d12, dá próxima vez, quando for rolar o dano, role um dado 12 e não 10.

    Regras de Batalha:

    ->Vocês tem direito a duas ações de batalha por turno, pode ser dois ataques, uma ação de movimento e uma ação de ataque, ou duas ações de movimento.
    Até 5 quadrados é apenas uma ação de movimento, acima de disso já será considerado duas ações. Durante a batalha, o gudam pode se mover até 10 quadrados no máximo, para isso, gasta 2 ações.
    -> Dano depende da arma que for usada e soma-se ao bônus de agi ou de força do gudan. (Todo dano é multiplicado por 5 quando se trata de gudans, mas eu que faço esse cálculo)
    -> Ataque a distância do gudam de vocês funciona até 10 quadrados de distância.
    -> Algumas habilidades de classe se aplicam ao gudan, lembram?


    Situação dos Gudans:


    Chui - Kakuri

    Defesa: 8
    PV: 115/160
    Ataque: Corpo a corpo + 2 /Distância +6 (+3 agi , +3 classe)

    Marin - Oberon

    Defesa: 9
    PV:  160/160
    Ataque: Corpo a corpo +5 (+ 3 for + 2 class) /Distância +2 (+1 agi +2 class)

    Ray - Duelista

    Defesa: 8
    PV: 110/150
    Ataque: Corpo a corpo + 4 (2 for, +2 class) /Distância +3

    Gail - Archangel

    Defesa: 9
    PV: 150/150
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2


    Rosso- Gladiator
    Defesa: 8
    PV: 125/160
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Luxi em Ter Jul 04, 2017 11:12 pm

    - Ei, Gail. Desde quando você virou meu guarda-costas e eu a princesa? - falou em tom de deboche, mas deu um sorriso discreto, um pouco emocionada. Era bom ser protegida de vez em quando e não podia mais negar o que realmente pensava daquela ação. Sorria para si mesma quando de repente, um de seus companheiros era pressionado pela a fera.

    - MARIN! TOMA CUIDADO - olhou horrorizada para a cena do Oberon sendo esmagado. - Responde, por favor! Você tá legal??? - não conseguiu se aquietar até quele respondesse.

    Chui conseguiu um ataque certeiro contra o monstro e isso lhe dava a próxima chance.

    - Comandante, é melhor se afastar! Por favor, está ferido. Nós podemos cuidar disso. Marin, cuidado em fazer isso de novo, seu doido! Levou tão a sério o que eu falei sobre o ponto fraco ser a boca... mas é mesmo perigoso! Enfim... Certo! Minha vez.


    Ela manteve a posição e disparou duas vezes contra a criatura, tentando atingi-la debaixo dos braços como das outras vezes. Queria terminar o quanto antes, para que seus amigos não ficassem tanto tempo expostos.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Pallando em Qua Jul 05, 2017 8:45 pm

    Marin prendeu a respiração, realmente pelo susto, assim que realmente assimilou que estava preso entre os dentes da criatura colossal. Seu lado cauteloso que estava falando mais alto durante aquele combate imediatamente se arrependeu de ter arriscado tanto ao se aproximar daquela maneira, mas sua reação para tentar sair daquela situação também foi rápida depois de ouvir os outros. Pela primeira vez controlou o Oberon com certo desespero, irritado apenas com a ideia de acabar daquele jeito.

    Felizmente conseguiu se soltar logo em seguida, e por um momento a raiva quase o fez voltar e tentar outro ataque arriscado. Uma vontade infantil de tentar dar o troco e ceder ao seu lado mais impulsivo, porém seu medo de colocar tudo a perder o deteve. Lamentou por provavelmente ter assustado os outros com aquela cena, consequência direta de um erro seu.

    - Desculpem...- Respondeu depois de conseguir recuperar alguma calma, e sua voz ainda saiu um pouco tímida.- O Oberon não foi realmente danificado ainda... vou ter mais cuidado. Preciso ver se consigo abrir mais aberturas.

    O evo voltou ao básico e concentrou seus próximos dois ataques na mesma região da axila que antes atingira.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Tsumai em Qua Jul 05, 2017 9:58 pm

    - Marinnn! - berrou Chui ao ver o evo quase ser mastigado para dentro da criatura, mas, para alívio dele e dos outros, o Oberon fez uma manobra evasiva muito boa e conseguiu escapar dos dentes do monstro.

    O caçador aproveitou esse momento para buscar alguma informação a mais sobre o gigante, analisando a movimentação e o foco de seus golpes, tentando encontrar algum padrão ou falha na forma de golpear que pudesse ser explorada pelo grupo. Não conseguiu notar uma falha propriamente dita, mas percebeu que o ataque de suas patas pareciam ser mais brutais devido à sua força física, então combater corpo a corpo era perigoso.

    - Todo mundo bem? Marin, tente não se expor tanto, os braços dele são muito fortes e vão avariar muito o Oberon. Tentem fazê-lo urrar que vou atirar na boca dele! Gail, tome cuidado!

    Kakuri ergueu mais uma vez seu rifle e fez dois disparos visando atingir o interior da boca da criatura.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 88
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Gakky em Qua Jul 05, 2017 10:20 pm

    Gail sorri frente as palavras de sua guarda-costas e responde:

    -  Qual o problema, Ray? Não gosta de ser tratada como uma princesa?
     

    Mas a situação ficou tensa quando Marin foi mordido pelo gigante. Mas por sorte ou habilidade, o evo consegue escapar daqueles dentes afiados. Rhaenee dizia para o comandante se afastar, mas ele era teimoso e provavelmente não faria isso.

    - O que são apenas alguns cortes? - Respondeu Rosso - Em uma batalha não devem se preocupar comigo! Entendido? Concentrem-se na batalha!

    Rhanee faz dois disparos contra a criatura e acerta os dois. Os projéteis viajam rapidamente zumbindo no ar até o alvo e perfuram a pele macia dele! O segundo tiro consegue dilacerar alguns tendões da criatura! A guarda-costas estava com certeza em seu melhor dia, ou todos os problemas que havia enfrentado, a deixaram mais forte. (-115 Pvs no monstro! Crítico!) O gigante agora mais ferido, está ainda mais irado, ele solta um rugido muito alto que faz seus corações tremerem. Ele tenta arremessar árvores contra Gail e Ray, mas o escudo do Archangel os protege! Mas em seguida, com uma patada, ele acerta Marin e Rosso! Isso causa grandes avarias no Gladiator e no Oberon! (- 50Pvs). Nesse momento Gail se aproxima e com a espada do Archangel ele toma impulso no ar e desce abrindo um corte que aprofunda ainda mais o ferimento da axila esquerda daquela fera! (-35 Pvs no monstro).

    - Isso é por tentar roubar o meu planeta! - Gritou o príncipe após desferir o ataque.

    No mesmo momento em que o príncipe atacava, Rosso também aplicou golpes em direção ao gigante, errou o primeiro, mas no segundo conseguiu abrir um corte profundo na fera. (-50Pvs!) Marin foi ao mesmo tempo com seu martelo destruidor e atingiu a criatura duas vezes! A inspiração do comandante, havia fortalecido a todos! (-95Pvs no monstro!) A axila da pata do monstro foi tão danificada, que ele estava tendo problemas para mover a pata. Muito sangue escorria dos ferimentos, e seus tendões já estava ficando muito destruídos. (-1 ataque do monstro). O caçador dessa vez tenta mirar na garganta daquele gigante, porém seu primeiro tiro pega no dente da criatura e ricocheteia. O segundo ainda acerta, porém só na gengiva. (-15 Pvs)

    - Boa! Ele está se cansando! Essa é nossa deixa!  Façam-o gritar como Chui disse!- Gritou o comandante.

    Iniciativas: (2 rodadas com bônus de Rosso restando)

    13 Ray  
    10 Monstro  (-595 Pvs) -1 de ataque por estar caolho, -1 ataque com braços
    9 Gail
    9 Rosso  
    9 Marin
    6 Chui

    ----> Mapa

    Mapa:




    Trilha Sonora para batalha:


    Informações:

    - Quanto dano!

    Regras de Batalha:

    ->Vocês tem direito a duas ações de batalha por turno, pode ser dois ataques, uma ação de movimento e uma ação de ataque, ou duas ações de movimento.
    Até 5 quadrados é apenas uma ação de movimento, acima de disso já será considerado duas ações. Durante a batalha, o gudam pode se mover até 10 quadrados no máximo, para isso, gasta 2 ações.
    -> Dano depende da arma que for usada e soma-se ao bônus de agi ou de força do gudan. (Todo dano é multiplicado por 5 quando se trata de gudans, mas eu que faço esse cálculo)
    -> Ataque a distância do gudam de vocês funciona até 10 quadrados de distância.
    -> Algumas habilidades de classe se aplicam ao gudan, lembram?


    Situação dos Gudans:


    Chui - Kakuri

    Defesa: 8
    PV: 115/160
    Ataque: Corpo a corpo + 2 /Distância +6 (+3 agi , +3 classe)

    Marin - Oberon

    Defesa: 9
    PV:  110/160
    Ataque: Corpo a corpo +5 (+ 3 for + 2 class) /Distância +2 (+1 agi +2 class)

    Ray - Duelista

    Defesa: 8
    PV: 110/150
    Ataque: Corpo a corpo + 4 (2 for, +2 class) /Distância +3

    Gail - Archangel

    Defesa: 9
    PV: 150/150
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2


    Rosso- Gladiator
    Defesa: 8
    PV: 75/160
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Luxi em Qui Jul 06, 2017 10:49 am

    - Não nasci pra essas frescuras - resmungou para o príncipe, antes dos ocorridos.

    Rhaenee estava muito empolgada com o andamento da batalha. Seus ataques estavam surtindo mais efeito do que em qualquer outra. Estaria progredindo ou seria apenas sorte? Ela tinha um sorriso empolgado no rosto a cada tiro que acertava. Talvez fosse a fúria reprimida ao serem raptados, mas o que quer que fosse, estava dando certo e a deixando bem feliz. Além disso, o escudo do príncipe a tinha defendido de mais um ataque, então estava em plenas condições de lutar.

    - Podem deixar comigo! Monstrão, está na hora de gritar! - a garota não saiu no lugar, já que ainda estava em posição favorável para combate. O Duelista ajustou minimamente a mira anterior e disparou duas vezes contra o mesmo local. - Cuidado com ele, pessoal, ele está ficando cada vez mais irritado!
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Tsumai em Qui Jul 06, 2017 9:46 pm

    - Boa, Ray! - elogiou Chui ao presenciar a performance da soldado em batalha, acertando disparos certeiros. - Agora eu te pago, grandão.

    Mais uma vez, o caçador tentava se aproveitar dos urros de dor que o gigante soltava para acertar a boca do mesmo, mais precisamente no céu da boca, visando causar danos no interior do crânio. Ajustou o rifle do Kakuri e disparou duas vezes quando pensou ser o melhor momento.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Pallando em Qui Jul 06, 2017 11:39 pm

    Se fosse para atacar a boca, seria melhor seguir o plano de Chui. Era uma ideia com a qual todos estariam de acordo com certeza, e o próprio evo também não precisaria se arriscar tanto por ter que atacar a curta distância. Bastava fazer o monstro gritar como já vinha fazendo há algum tempo, pois finalmente a criatura mostrara sinais de cansaço ou fragilidade. Os ataques estavam surtindo efeito e a confiança do grupo aumentava no mesmo ritmo.

    Marin imaginava que o melhor jeito de se fazer um ser resistente como aquele gritar era atacar onde já doía, então mais uma vez concentrou-se nas feridas já abertas e regiões do corpo anteriormente atacadas, tudo na intenção de causar mais sofrimento ao monstro e faze-lo dar o rugido que selaria seu destino. Então o evo não recuou de onde estava, apenas voltou em mais uma investida e atacou com duas marteladas no mesmo lugar de antes.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 88
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Gakky em Sex Jul 07, 2017 11:26 am

    Rhanee estava incrivelmente rápida! Ela responde a provocação do príncipe, que fica sem palavras com a reposta dela. Pelo menos por enquanto. A guarda-costas volta a mirar no gigante e dispara duas vezes, o primeiro projétil corta o ar tão certeiramente, que atravessa a parte frágil da criatura e sai perfurando por dentro da fera, atingindo órgãos internos no trajeto! (Crítico! - 100Pvs) O gigante ruge furioso e com dor, por causa desse movimento, o segundo disparo de Ray acaba pegando na armadura de pedra e ricocheteia.

    - Você não precisa ter nascido para isso para gostar... - Respondeu o príncipe sobre o assunto anterior, mesmo que não tivesse nada ver com o assunto da batalha, depois tentou voltar ao foco - Sua mira está cada vez melhor...

    Furioso, o monstro chuta algumas árvores em direção a Marin e Rosso, e os acerta, causando danos aos gudans! (-20 Pvs cada). Não satisfeito, mesmo cansado, o monstro tenta dar uma patada em Gail, mas sua pata estava tão danificada, que ele erra o golpe e Archangel desvia facilmente. Sem qualquer piedade, o príncipe usa sua espada para tentar ferir o gigante, o primeiro golpe é desviado e a lâmina acaba batendo na armadura de pedra. Mas no segundo, o Archangel sobe no ar e quando desce com a espada grita:

    - Por Primus!

    Quando a lâmina do Archangel desce, consegue descepar a pata esquerda do gigante! (-65 Pvs). O braço da criatura ficou pendurado apenas pela parte de armadura de pedra. Neste mesmo momento, Rosso se arrisca e continua batalhando, mesmo o gladiator estando muito danificado. Ele usa os propulsores para ir até o rosto do gigante , o primeiro golpe, o monstro desvia ao sacudir a cabeça. Mas Rosso era obstinado e na segunda tentativa consegue furar o olho direito do alvo com suas duas espadas! (Crítico! -40Pvs)

    No mesmo momento Marin também ataca com seu martelo destruidor, com dois giros, acerta a criatura nas partes frágeis! Mais carne do gigante é dilacerada! (Crítico! - 165 Pvs no monstro!) O gigante mal conseguia se sustentar com suas patas extremamente danificadas! Estava cego também e um líquido esverdeado começava a sair de sua boca. Marin, Rosso e Gail, haviam atacado ao mesmo tempo, isso foi brutal para o monstro gigante.

    O caçador, querendo aproveitar que o gigante rugia de dor, mirou em direção a garganta daquela fera. Porém algo estava estranho com Chui, talvez não estivesse concentrado, pois errou seus dois disparos, nenhum pegou no alvo que planejava! O que estava acontecendo com o garoto de mira perfeita? O comandante fica surpreso, pois esperava que Chui acertasse. Teriam que lutar mais para vencer o gigante?

    Entretanto, não dava para ver, mas os tiros de pistola haviam perfurado os órgãos internos daquela fera. Antes que vocês pudessem pensar no que fazer, após os erros de Chui, o monstro cai lentamente no chão, poeira é dispersada para cima e um tremor é sentido por aqueles que estavam em terra. Até a nave Seleucia acabou deslizando para o lado por causa do tremor! Depois que a poeira baixou, vocês podem vem o corpo morto e ensanguentado no gigante no chão. Eles haviam vencido mais uma vez! Bloo sorri animado do banco de trás do Archangel e comemora:

    - Ray! Ray!

    - Olhe bem, é isso que ela faz quando tá com raiva - Disse Gail olhando para Bloo, brincando.

    Mas antes que desmontassem de seus gudans, o comandante tinha informações a dar. Muita coisa precisava ser resolvida ainda. A nave estava sem combustível e sem geradores suficientes. Precisavam pensar no próximo passo. Com certeza era só uma questão de tempo para que mandassem outro gigante para Nihil, não poderiam ficar neste planeta. Também tinham que entregar o datapad o quanto antes para a princesa. Será que ela tinha os ligado pelo comunicador? O céu já estava clareando, era madrugada, todos passaram a noite em claro e sem qualquer refeição. A marca de destruição feita pela gigante na floresta, podia ser vista agora mais claramente. O corpo de vocês pede descanso e um bom prato de comida. Mas ainda precisariam se esforçar para o que viria a seguir. Abaixo dos olhos de vocês, uma olheira escura se formava. Sentir fome era mais uma novidade para o príncipe e para o evo. Marin também começava a sentir o estresse chegando em seu corpo, precisaria tomar cuidado com isso. Já Chui lembrava que em breve teria que enfrentar os amigos, ou pelo menos Gail, como ele os convenceria?

    - Isso foi... Excelente. Bom trabalho soldados!   - Elogiou Rosso - Antes de desmontarem, tenho que avisar algumas coisas. Aqueles bandidos possuem uma nave funcionando, com os gudans em nossa posse, eles não são mais um problema para nós. Mas vamos tentar conseguir combustível e geradores de forma pacífica com eles. Ok? Se eles não concordarem, ai teremos que pegar sem pedir. Não seria roubar, porque eles tentaram nos sequestrar de qualquer forma. Chui, vou dar essa tarefa para você, converse com o chefe e peça ajuda. Quanto aos outros, fiquem em silêncio e tentem não dar informações uteis, o resto eu explico depois. Se tiverem alguma dúvida muito forte, esperem para depois. Ok? Vamos!

    - Tá... Já vi que vocês não vão falar sobre o Chui ainda... Eu vou tentar não fazer perguntas... - Respondeu o príncipe, em seguida boceja e reclama - Ah, estou tão cansado, como eu queria uma cama agora... Meu estômago está doendo...

    Rosso é o primeiro a desmontar o gudans, as peças ao redor dele vão se desmontando e o abaixando lentamente em segurando até o chão, conforme é desmontado. Ele espera por Chui, para que o caçador cumpra com o combinado. Quando todos desmontarem do gudan, vão ver o grupo de bandidos surpresos e reunidos na frente de vocês. Eles não parecem mais tão ameaçadores. O príncipe também desmonta, Bloo está em seu colo. O alien logo procura por Ray e quando a ver, vai esticar os bracinhos na direção dela para ser pego por ela. O príncipe coloca a criança nos braços de sua guarda-costas e sorri satisfeito com o resultado da batalha. Todos estavam com o rosto abatido e cansado, fora a fome. A mulher bandida estava boquiaberta com tudo que tinha visto. Chacal, o chefe deles, é o primeiro a se pronunciar:

    - Então vocês conseguiram mesmo. Que seja, eu não quero mais o príncipe. Não sou louco de querer ter uma criatura dessas nos perseguindo! Esse é um mau negócio - O chefe lança um olhar para Chui e diz - Parece que realmente se tornou forte sozinho. É melhor que cada uma siga o seu caminho. Não temos mais nada a tratar, certo?

    Todos os bandidos param de apontar a arma para vocês, eles estavam em clara desvantagem. Rosso lança um olhar para Chui, esperando pela reação dele quanto ao combustível da nave. Enquanto isso, a mulher bandida se aproxima do grupo e diz:

    - Acho que não somos mais inimigos... Me chamo Esha. - Disse olhando especialmente para o príncipe.

    Iniciativas:
    13 Ray  
    10 Monstro  (-965 Pvs) Mortinho
    9 Gail
    9 Rosso  
    9 Marin
    6 Chui





    OFF:

    Parabéns! Mais uma vitória!

    Situação dos Gudans:


    Chui - Kakuri

    Defesa: 8
    PV: 115/160
    Ataque: Corpo a corpo + 2 /Distância +6 (+3 agi , +3 classe)

    Marin - Oberon

    Defesa: 9
    PV:  90/160
    Ataque: Corpo a corpo +5 (+ 3 for + 2 class) /Distância +2 (+1 agi +2 class)

    Ray - Duelista

    Defesa: 8
    PV: 110/150
    Ataque: Corpo a corpo + 4 (2 for, +2 class) /Distância +3

    Gail - Archangel

    Defesa: 9
    PV: 150/150
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2


    Rosso- Gladiator
    Defesa: 8
    PV: 55/160
    Ataque: Corpo a corpo + 5 (+3 for, +2 class) /Distância +2
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Luxi em Sex Jul 07, 2017 6:49 pm

    - CONSEGUIMOS. AAAAA. FOI LINDO e... É exatamente o que eu faço quanto to com raiva, Gail! - falou entredentes para o príncipe, para retrucá-lo.

    - Sim, senhor comandante! - Ray ouviu com atenção e, para falar a verdade, aceitaria qualquer coisa agora para poderem descansar e comer alguma coisa. Já chegava de passar nervoso por causa daqueles mercenários!

    Quando desmontou o gudam, chegou perto de Bloo, recebendo-o agachada, encostando o rosto na bochecha dele.

    - Fofinho! Você está com medo? Viu como somos fortes? - deixou que a criaturinha se ajeitasse nela com a ajuda de Gail e aproveitou a aproximação para conversar. Estava desmantelada ainda nos cabelos, mas estava feliz por terem vencido. - Não implique com o Chui. Deixe que ele diga algo primeiro. Está bem? - já adiantou, sabendo que o príncipe gostaria de arrumar confusão com o amigo. Estava mais do que certa que estavam no mesmo lado agora.

    No entanto, ver aquele velho e a mulher se aproximando a deixou em alerta, e ela não entendeu direito o que o homem quis dizer para Chui, para quem olhou bastante, esperando algum tipo de explicação. Mas seu olhar foi mais agressivo para Esha.

    - Acha que resolve tudo assim? "Não somos mais inimigos"? Vocês nos devem a vida de vocês. O mínimo que podem fazer para agradecer agora é nos dar alguns suprimentos. - Sabia que Rosso tinha pedido calma, mas ela não aguentava aquela cara de pau falando desse jeito com eles.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Tsumai em Sex Jul 07, 2017 9:25 pm

    Chui errou mais disparos... por sorte Ray estava inspirada e conseguiu alvejar as áreas corretas da criatura. O caçador não queria afirmar, mas sabia que não estava num bom momento, mas mesmo assim derrotaram mais um monstro gigante, que desabou em meio a sangue e poeira. Agora que o combate se encerrara e a adrenalina voltava ao estado normal, Chui sentiu um pouco de medo da reação dos amigos e do que pensaria, principalmente Gail, que voltou a tocar no assunto da possível traição. Porém, em algum momento teria que confrontá-los, mas por hora teria de confrontar o Chacal.

    Rosso avisou sobre a necessidade de suprimentos, e disse isso tudo principalmente para Chui, pois sabia que era o mais apto a conseguir tudo. Ignorou o comentário de Gail, com quem conversaria depois, e assentiu para Rosso.

    - Tudo bem, vou ver o que consigo.

    O Kakuri se desmontou aos poucos com um ranger metálico junto dos outros gudans, deixando seus pilotos ao chão. Bloo logo correu para Ray e ela e Gail trocaram palavras inaudíveis, mas que assustaram o caçador por imaginar se tratar do que pensavam dele. Ainda assim, tomou a frente do grupo, e mesmo com a reação de Rhaenee com a mulher que parece dar em cima do príncipe, dirigiu a palavra ao Chacal.

    - Na verdade temos alguns assuntos para tratar. É justo que vocês nos deem suprimentos, assim como minha amiga aqui falou. - começou Chui com firmeza, olhando para o líder. - Além de nos sequestrar e quase nos matar, ainda salvamos a pele de vocês, e de algo muito grande. Então, o mínimo que podem fazer por nós é nos dar combustível e um gerador em pleno funcionamento. Creio que é um bom preço não, é? Afinal, nossos gudans ainda funcionam.

    Chui terminou com um toque de ameaça e o semblante sério.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Pallando em Sex Jul 07, 2017 9:29 pm

    O Oberon afastou-se um pouco depois de sua última sequência de ataques, que aparentemente haviam causado grande dano ao monstro gigante. Marin analisou com atenção enquanto a criatura parecia fraquejar e ter dificuldades em se sustentar de pé devido aos ferimentos causados pelo grupo na região das axilas. Também estava cego e por isso desorientado. E logo em seguida veio a queda que o evo já havia imaginado que fosse acontecer. Aquele ser colossal lentamente foi ao chão e levantou poeira, causando um enorme tremor. Por cautela, o evo não baixou a guarda até que a poeira baixou e a visão do corpo ensanguentado da criatura lhe deu a certeza de vitória. Foi um grande alivio.

    Marin, ciente de que o comandante ainda tinha coisas a dizer para o grupo em particular, permaneceu no Oberon, mas relaxou completamente dentro do gigante de metal. Depois da caminhada pela floresta, tudo que havia descoberto sobre seu passado e toda a história com os mercenários já o haviam cansado bastante, e o estresse começava a se fazer sentir. Tinha medo de voltar a ter problemas com perda de memória, então pretendia não se cansar mais dali pra frente.

    Ouviu tudo que Rosso tinha a dizer e apenas assentiu a tudo. Gail ainda estava incomodado pela suposta traição de Chui, uma ideia que Marin já havia descartado completamente, e Ray o repreendeu. Marin não comentou sobre o assunto e apenas desmontou o Oberon, e por mais que estivesse indisposto ainda permanecia atento aos mercenários. Quando eles se aproximaram, o evo imediatamente aproximou a mão da espada de maneira não tão discreta.

    Não haviam mais armas apontadas para o grupo e enquanto o líder dos mercenários falava com Chui, a mulher de antes aproximou-se e disse algumas palavras e então Ray respondeu exatamente aquilo que o evo também pensava. Até onde sabia, se não tivessem recuperados os gudans, Gail teria sido entregue aos inimigos em Primus, Ray e o próprio evo teriam sido vendidos e sabe-se lá o que teriam feito com Bloo. Ameaça ou não, depois de tudo que haviam feito e teriam feito, eles eram inimigos. Marin dificilmente os veria diferente.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1472
    Reputação : 88
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Gakky em Sex Jul 07, 2017 10:50 pm

    A pequena criança alien foi entregue a Rhaenee. O alien comemorou abraçando a guarda-costas no pescoço, sua mãozinhas também acariciaram o rosto de Ray com ternura. Ela tentou alertar ao príncipe, para que não implicasse com Chui antes de ouvir alguma explicação. Gail no entanto, suspirou visivelmente desanimado, seus olhos cansados piscaram quando ele disse:

    - Você já percebeu o quanto é mandona? E está sempre defendo os outros caras... - Respirou fundo mais uma vez e completou - Pense mais em si mesma. Mas relaxa, não vou falar nada, até porque, ele mesmo que deve as explicações, então ele que venha.

    - Ray protege Bloo - Disse a criança se aconchegando no pescoço de Ray.

    Chui se preparava para responder Chacal, enquanto isso Rhanee respondia a mulher de uma forma grosseira, mas a razão estava com ela. O evo compartilhava da mesma opinião de Rhaenee, ele também começa a sentir sua cabeça doendo, o estômago revirava de fome. Era madrugada e estava frio. O chefe ouve as palavras de Chui, Rosso lança olhares para o caçador e para os outros do grupo, esperava que se comportassem. Chacal coça a barba branca e encara Chui por um momento, depois do jeito frio e sério de sempre, responde:

    - Parece que você escolheu um lado, Chui. Aceito sua oferta, mas como eu falei, pense bem se o que está fazendo vale a pena - Em seguida lançou um olhar pra seus capangas e disse - Vamos, temos que trazer a nave até aqui para passar o combustível.

    A mulher que encarava o príncipe, Esha, apesar da resposta de Ray, não desgrudou o olhar do príncipe. Porém ele nem percebeu, estava cansado e seu olhar parecia distraído e distante. O rosto de Gail já não era o mesmo, impecável como de um nobre, embora ainda fosse bonito, mas agora parecia mais humano. Esha foi dando mais uns passos para frente enquanto respondia:

    - Que hostilidade... Vocês ouviram, nosso chefe vai ajudar vocês. É uma pena que vamos ter que ir tão cedo...

    A mulher sequestradora vestia uma roupa que deixava parte do corpo á amostra, usava um top preto e colado, luvas pretas e um short largo, mas curto acima dos joelhos. De repente Esha foi rápida como uma serpente pronta para dar o bote, praticamente se deslizou até o príncipe, se deixou cair sobre ele e colocou a mão no peito dele e a outra atrás do pescoço dele. Gail ficou surpreso com esse gesto, havia sido pego desprevenido, antes que ele pudesse escapar, Esha esticou a cabeça na direção da dele e disse de forma sensual:

    - Príncipe, eu só quero uma lembrancinha... Um beijo... Não vai me negar um beijo, vai? Estamos juntos agora... O que é apenas um beijo... Um beijo pela paz...

    - Que?! - Exclamou Gail totalmente ruborizado.

    Ele mal acreditava no que via. Lançou um olhar de socorro a Ray, mas logo depois segurou o pulso de Esha e tirou a mão dela de seu pescoço, a afastando respondeu:

    - Na-Não seja tola... Cla-Claro que não! Meu beijo é... É exclusivo, não é para qualquer... para uma sequestradora...

    A mulher pareceu descontente, mas antes que pudesse insistir, seu chefe a chamou para seguir. O grupo de bandidos se foi pela floresta, pelo lado destruído. Com receio, o comandante não quis entrar na nave ainda, preferiu esperar pela volta deles do lado de fora. Não queria enfrentar outra armadilha. Se fossem descansar dentro de Seleucia, iria acabar baixando a guarda. Os bandidos não demorariam, a menos que fugissem. Mas esses minutos eram uma boa oportunidade para Chui explicar tudo. O príncipe se senta no chão cansado. Bloo já fechava os olhinhos, mesmo no colo de Ray. Ela sente que carregar o alien também era pesado, ainda mais estando esgotada. Rosso lançou um olhar para chui. O príncipe também parecia encarar o caçador mais do que antes, mas estava quieto. Porém sussurrou com Marin:

    - Ele parece estar escondendo algo de nós...

    Rosso pigarreou e manteve a postura de militar, embora seu rosto estivesse bem danificado. Olhou para Chui e disse:

    - É melhor contar a eles... Antes que Chacal diga algo quando voltar. Mas a decisão é sua, Chui. Estou do seu lado e sei os seus motivos.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 337
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Tsumai em Sex Jul 07, 2017 11:21 pm

    Chui mantinha a expressão de firmeza a muito custo. Suas pernas estavam bambas e suas pálpebras tão pesadas quanto chumbo, mas continuava sério. Não queria demonstrar nada na frente daquele homem até que respondesse e saíssem dali, e sua atenção estava toda voltada a ele. Foi uma surpresa Chacal aceitar assim tão rápido, mas entendeu que como mercenário sabia a posição de desvantagem em que estava e decidiu cooperar com o mais forte. Foi um alívio, e Chui respondeu com a voz seca:

    - Sim, escolhi o meu lado. Tenho certeza disso.

    Depois a mulher que estava ao lado do Chacal resolveu paquerar o Gail, o que geraria uma grande revolta em Ray, mas não estava se importando com isso no momento. O cansaço batia forte e acabava com seus músculos; seu emocional estava ferido e o medo de seus amigos era grande. E assim que os mercenários saíram para trazer os suprimentos, Rosso avisou que seria uma boa hora para contar o que houve, mas entenderia se não o fizesse. Mas era preciso.

    - Eu não traí vocês. - disse olhando para Gail, e depois fez uma pausa um tanto longa, virando o olhar para o céu da manhã. - Era uma questão de vida ou morte. Apenas queria ganhar tempo para todos... do jeito que as coisas estavam, iam acabar torturando um por um, e quem sabe o que fariam com Bloo. Eu menti para eles, improvisei, já tive de fazer isso em vários momentos de minha vida para ficar vivo, mas não pensei que seria por tanto tempo. Achei que encontraria uma brecha entre eles para fugir, mas não consegui, e chegamos em Seleucia, quando as coisas... mudaram.

    Chui fez uma pausa. Seus olhos marejaram de novo se enchendo ao ponto de quase vazar uma lágrima, mas ele piscou, ainda encarando o céu. Suspirou.

    - O Chacal é meu pai. - outra pausa. Por que era tão doloroso dizer isso? - Eu não sabia até chegar lá. Não sabia quando tomei a decisão de encarar eles. Ele apenas disse tentando me proteger dos bandidos da trupe dele... até aquele momento eu estava em paz com meu passado, tinha perdoado meus pais biológicos por abandonarem a mim e minha irmã. Tivemos sorte, mas guardei tudo numa caixinha e deixei escondida na minha mente, sem querer tocar. Quando eu soube, foi... o pior é descobrir o que seu pai é, o que ele causou para você e seus amigos. Eu não quero ver ele nunca mais, e quero esquecer quem ele é.

    Chui ainda olhava para o céu. Não queria por algum motivo enganar os amigos. Era por estar chorando? Medo? Tinha contado o que acontecera, meio mal explicado mas dissera. Era um assunto esquisito, o fazia se sentir estranho e vazio, como se estivesse distante. Uma sensação similar àquela que se tem quando vai desmaiar, como se estivesse se desprendendo do corpo. Só queria descansar, dormir e ficar sozinho.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1236
    Reputação : 173
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Luxi em Sex Jul 07, 2017 11:44 pm

    - Sh~~ sh~~  Não escute o que esse besta do Gail fala. Ele me chama de mandona, mas não estaria aqui se não fosse por mim. - mostrou a língua para ele.

    Não tinha captado ainda a relação entre o Chacal e Chui. Achava que ainda era alguma coisa relacionada a sua "traição", mas se estava adiantando para conseguirem combustível e comida, estava ótimo.

    Em seguida, Ray foi rápida em colocar a mão na arma presa ao lado do corpo e ainda tinha uma excelente desculpa. Só não sacou de verdade, pois imaginava que os colegas da mulher poderiam esquecer de repente que deviam a vida a eles, além de ter Bloo para dificultar seus movimentos.

    - Afaste-se do príncipe imediatamente. Como guarda-costas real tenho a autorização para atirar em você se fizer mais uma gracinha - falou de forma séria. Era melhor aquela mulher não abusar da paciência de uma garota enciumada, com fome e cansada.

    Fechou a cara para a outra e continuou encarando a outra até que ela se afastasse. Então, se colocou na frente do príncipe.

    - Você não tem vergonha? Por que isso sempre acontece em todos os planetas que a gente vai?

    Ray voltou a ficar emburrada, mas seu rosto demosntrava mais era cansaço. Só queria entrar na nave e capotar dormindo. Que dia mais absurdamente cansativo eles tiveram! Então Chui explicou seus motivos e a garota deu um sorriso despreocupado a ele.

    - Você foi muito corajoso! - mas a história não tinha acabado. De repente ele pareceu ficar triste e soltou a informação primordial de uma vez. - Quê!? Aquele velho maldito? E-e-r.. quero dizer...   - ficou quieta ouvindo o lamento do jovem. Era realmente algo horrível de se descobrir. Olhou para o chão e embalou um pouquinho o alien em seu sono. -  Eu sinto muito... deve ter sido difícil para você. Mas eu... acho que me sinto mal de ter xingado ele agora. - A garota ficou algum tempo pensativa. A descoberta a fazia pensar que as coisas poderiam ter sido diferentes. Mesmo assim, não conseguia odiar completamente o pai do garoto. Não porque o Chacal era alguém bom, mas por consideração a Chui. Além disso, eles tinham sido abandonados, o que era bem triste.   - Sabe, Chui....  vai parecer esquisito o que eu vou te dizer, mas... todas as coisas pelas quais você passou, mesmo  muito dolorosas, fizeram você estar aqui hoje e se tornado o que é. E fizeram também com que você nos salvasse. Você é uma pessoa incrível.

    Com um pouco de vergonha de ter se intrometido na vida dele, a garota decidiu mudar bruscamente de assunto, para não ficarem com clima ruim.
    - Ahh comandante! Quanto tempo mais vamos ter que esperar? Eu quero dormir. E comer. E tomar banho. Tenho uma criança pequena para cuidar agora
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 873
    Reputação : 15

    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Pallando em Sab Jul 08, 2017 4:01 pm

    Marin ficou um pouco atrás para não se envolver na confusão que começava a se desenhar com a mercenária aproximando-se demais de Gail. Sabia que aquilo não agradaria nem um pouco a guarda-costas do príncipe, e talvez fosse o motivo que faltava para Ray distribuir alguns tapas no grupo de mercenários. O evo mantinha sua real atenção na negociação entre Chui e o líder, um pouco curioso com o porquê de o mercenário estar respeitando o caçador a ponto de chama-lo pelo nome e não de fedelho ou algo do tipo. O "pedido" do grupo por combustível foi aceito mais facilmente do que o esperado.

    Quando os mercenários começaram a se retirar e não havia mais razões para tentar manter aquela postura de "ainda posso lutar", Marin sentou-se no chão com as pernas cruzadas entre si e passou a olhar para cada um dos seus companheiros, esperando pela conversa que sabia que aconteceria. Aparentemente, Gail ainda precisava ser convencido sobre a lealdade de Chui, o que não chegava a ser um problema.

    - Talvez... mas acho que isso vai ser esclarecido logo.- Respondeu também sussurrando depois de ouvir Gail. Acreditava que a desconfiança do príncipe desapareceria depois que ouvisse o caçador se explicar, mas realmente havia algo mais naquela história. Então Chui começou a falar e apenas confirmou que sua traição encenada fora parte de um plano. Apesar de já acreditar nisso desde antes, também era um grande alivio ouvir isso do próprio Chui.

    O algo mais que explicava o porquê de não terem tido mais problemas com os mercenários foi esclarecido em seguida. Marin não escondeu a surpresa ao ouvir sobre a ligação do caçador com o Chacal, líder do bando de mercenários que ganhava a vida de maneira criticável. Era visível o quanto custava para Chui deixar aquelas palavras saírem. O evo não poderia entender de verdade a dor do caçador, pois obviamente não entendia nada sobre os sentimentos que poderiam estar envolvidos em uma relação de pai e filho, mas ficou triste por ver seu amigo tão abatido.

    Já de inicio não soube o que dizer. Não conseguia formar uma única combinação de palavras que fosse fazer Chui se sentir melhor, afinal nunca havia visto um amigo seu tão fragilizado antes, e por isso permaneceu em silêncio no começo. Depois assentiu em concordância ao que Ray havia dito, e então esforçou-se para pensar em algo que as pessoas normalmente diriam para dar apoio a alguém.

    - Hm... aguente firme, Chui...
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capítulo 4 - Viagem para Nihil

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Set 22, 2017 1:33 am