Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - Bryden Drake

    Compartilhe
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Ter Mar 21, 2017 3:48 pm

    Bryden estava no porto, acabando de supervisionar algumas de suas mercadorias que partiam para o outro lado do Mar Estreito para um de seus associados, esperava receber o lucro em alguns tempo, junto com ele, algumas novas mercadorias para vender em Valdocaso.

    O carregamento tinha sido realizado com sucesso, e navio zarpara. Era inicio de tarde e a fome bateu no estomago do comerciante, tinha que ver algumas coisas em seus outros negócios, e também estava ligeiramente apreensivo com o novo Rei que fora coroado, afinal, possivelmente ele tinha meios de ficar ciente de seus negócios.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Qua Mar 22, 2017 4:33 pm

    O mercador olha para o horizonte do leste, observando o mar e o céu, se perguntava se haveria alguma tempestades se formando na direção do nascer do sol que pudesse atrapalhar seu navio? Sabia que não enxergaria nada, mas não ver percalços no mar, lhe dava a sensação de tranqüilidade. O Mar estreito era largo e a viagem longa, o custo para atravessá-lo era alto e só valia a pena se os lucros também o fossem. Havia contratado o melhor capitão que conhecia, um que estava disposto a trabalhar para um infame contrabandista como Brynden Drake.

    Brynden supervisionava toda a carga que seria transportada: Peixe defumado das Terras Fluviais, Vinhos Ocidentais e frutas cristalizadas da Campina iriam para Braavos; E especiarias Westerosi para Pentos, onde se pagam um ótimo preço por esses produtos. Claro que as peles do Norte e os lingotes de cobre contrabandeados do Vale, que estavam escondidos no convés, não passaram pelos cobradores de impostos, mas isso não o preocupava, pois já havia dado ao capitão todos os documentos forjados para enganar a fiscalização, junto com o destino de cada produto.

    Momentos antes de o navio zarpar, o senhor Drake faz as ultimas recomendações para seu capitão. Ele portava seu sorriso amigável característico que lhe dava um ar gentil, mas aqueles que o conheciam sabiam que Brynden era inescrupuloso, corrupto e falso. Não era uma boa atitude confiar em seu sorriso. Entre suas recomendações, dizia para o capitão ficar com os ouvidos atento nos portos por onde passaria, qualquer tipo de informação trazida de Essos poderia lhe ser útil aos negócios e como bom comerciante que era, sabia utilizar da melhor forma o trafico de informações.

    Assim que o navio saiu do porto, a fome do meio-dia lhe assombrou. Pensou em comer no Sete Espadas, a maior estalagem de Valdocaso, lá sempre lhe serviram boa comida e cerveja. Esperou o navio estar longe no horizonte antes de tomar seu rumo para o desjejum. No caminho, pensava em como era tranqüilo realizar seus negócios no tempo do Usurpador, a Mão estava mais preocupado com assuntos externos e o Rei dava mais trabalho ao Pequeno Conselho do que meros mercadores com habilidades para ”Isenção de Impostos”. O novo Rei Stark ao seu ver era interino, e achava que logo seria substituído pelo rei por direito, mas o Rei Eddard tinha a fama de ser honrado e correto, poderia lhe causar problemas. Brynden achava que havia feito a coisa certa ao fechar seus negócios em Porto Real, mas seria prudente consultar seus contatos nas Terras da Coroa para investigar como estaria a situação.

    OFF::
    Fair, quando possível, gostaria de testar os contatos do Brynden para saber se a Coroa está realizando alguma ação contra os traficantes e contrabandistas.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Qui Mar 23, 2017 3:00 pm

    Bryden decide ir atrás de seus contatos antes de seu desejum. Um de seus informantes de mais alta qualidade estava presente em Valdocaso, Luke. Assim vai até onde pudesse lhe encontrar, em uma loja de ervas ordinária.

    Chegando e realizando os procedimentos, o dono da loja, o velho Vit, o leva até o ´´estoque``, onde Luke se encontrava sentado em uma mesa comendo uma maçã.

    Luke era meio raquítico e tentava esconder isso com muitas roupas, seu cabelo loiro curto e seus olhos castanhos eram ligeiramente belos, e se não fosse por uma cicatriz em sua bochecha, poderia ser considerado um homem bonito. Ao olhar para Bryden, abre um sorriso.


    - Olá companheiro, veio comprar algumas ervas hoje? Creio que tenho algumas que lhe podem ser úteis. - Ele indica a cadeira do outro lado da mesa para o contrabandista se sentar. - Temos algumas coisas acontecendo hoje. Ouvi dizer que uma nova Casa vai ser criada, com a benção do Rei do Norte, eles foram um grupo responsável pela vitória dos Starks contra os Lannister, devem estar na Fortaleza Vermelha enquanto nos falamos. As Casas Martell, Tully e Frey também se encontram lá para fazer o juramento com a coroa. Ouvi dizer que a Casa Clegane irá para Fortaleza Vermelha para o banquete que a mão, Tyrion Lannister, está organizando. Há rumores que a Casa Lannister e a própria Casa Rykker também irão, mas não temos certeza sobre isso ainda. Vejamos o que mais... Ah sim, o Rei do Norte mandou uma pequena frota em direção a Essos, mas não faço ideia no motivo, mas fique tranquilo, pouco provável que tenha algum nexo com o navio que mandou nesta manhã. Essas são as ervas que possuo em estoque hoje. Alguma dúvida específica que eu lhe posso ser útil?

    Ele fala enquanto dá outra mordida em sua maçã.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Ter Mar 28, 2017 5:37 pm

    Brynden entra no aposento já cumprimentando o esbelto Luke e aceita sentar onde seu anfitrião indica. O Darke ouve o que seu colega tem a dizer e entende que um grande evento está para acontecer em Porto Real. O mercador imagina que muitas casas poderosas em um mesmo lugar só pode indicar conflitos. Existe muito ego e rancor entre essas Casas: Tully e Frey; Clegane e Martell e principalmente entre leões e lobos. Os Lannister visitando os Stark, não lhe parecia sensato, eles estão tramando algo, Lorde Tywin não deixaria a morte de sua linhagem impune.

    Uma visita a Fortaleza Vermelha se mostrou impossível de ser ignorada e Brynden pensava que tinha apenas uma forma de entrar lá, fazendo parte da corte da Casa Rykker, pensava em oferecer seus serviços aos Lordes de Valdocado, toda Casa que se preze não viajava sozinha, sempre leva seu secto de servos e espadas juradas para lhes dar suporte. Estava na hora de fazer uma visita ao Forte Pardo e lamber algumas botas!

    Após o relatório de Luke, Brynden Darke se vê perdido em pensamentos e suposições. Ele sai de seu transe somente quando seu anfitrião lhe oferece seus produtos especiais. - Ora Luke, seus produtos são sempre bem vindos - lá estava Brynden mostrando seus dentes - Diga-me velho amigo, ouvi dizer que as Lagrimas de Lys estão em um bom preço?
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Ter Mar 28, 2017 8:02 pm

    - Lágrimas de Lys? Sempre com bom gosto amigo. Faremos o seguinte, não tenho um estoque como normalmente tenho, mas lhe darei uma em troca de um favor futuro. Prometo não lhe cobrar mais que ela lhe será útil, o que me diz?

    Luke diz tirando um pequeno frasco e colocando-o em cima da mesa entre os dois sujeitos, e assim dá outra mordida suculenta em sua maçã.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Qua Mar 29, 2017 10:47 am

    Lagrimas de Lys tinham apenas um propósito, matar. E se Brynden entendeu bem, Luke lhe pedia uma vida por outra. Já imaginava que dever um favor ao contrabandista era como vender sua própria alma ao Estranho, mas como Brynden não tinha alma, aquele pedido não lhe pareceu nenhum absurdo, afinal, eram apenas negócios.

    O mercador pega o frasco  - Obrigado Luke, faremos mais negócios no futuro. - e o coloca em um bolso interno de suas vestes. Antes de sair, faz um reverência de despedida e completa - Pagarei as informações que me trouxe com a mesma moeda, espere um corvo meu, mas lhe deixarei um jarro de cerveja pago no Sete Espadas como cortesia.

    Brynden se retira do armazém e vai para o Sete Espadas fazer seu desjejum, no caminho, observa as grandes torres do Forte Pardo no alto da colina e imaginava como poderia abordar os Lordes Rykker para aceitá-lo em sua comitiva. Os Darke eram uma família de comerciantes antiga de Valdocaso, talvez pedir um Requisição de Comercio com Porto Real possa fazer o Lorde Renfred Rykker lembrar-se dele.

    TESTE::
    Teste de Conhecimento (Memória) -> lembrar-se de algo que possa ajuda-lo com a Casa Rykker
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Qua Mar 29, 2017 12:44 pm

    Comendo seu desjejum e após conseguir seu item especial de Luke, Bryden pensara em como ir para o banquete sem muitos problemas. Pensou em algumas possibilidades e favores que conseguiria, não eram muitas opções, mas pelo menos elas existiam.

    Drake já havia ajudado o filho do Lord Rykker, Rick Rykker (era um nome horrível, mas nobre possuem gostos estranhos), a escapas de uma investigação de assassinato por baixo dos planos, talvez pudesse ser a hora de cobrar o favor do jovem. Outra possibilidade era um dos guardas da Casa Rykker, era um cliente assíduo em comprar artefatos de Essos, ele tinha uma coleção de ervas até armas, e sempre pagava sem falta, Bryden poderia conversar com Justin e dar algum crédito na próxima remessa.

    Mas também sempre havia a opção de se revelar um mercador que deseja ir para falar com os nobres, poderia ser arriscado, porém ao mesmo tempo era o mais seguro.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Qua Mar 29, 2017 4:21 pm

    Com toda a certeza, ir até o Forte Pardo e pedir um favor aos Nobres seria o mais segura, mas dependia demais de Lorde Renfred desejar seus serviços para ir a Porto Real, Brynden não deixaria isso ao acaso. Precisava ter mais controle da situação e só faria dessa forma se fosse sua ultima opção. Lembrou-se de seu cliente, o bom pagador Justin, mas não sabia se o soldado tinha influência suficiente para seu Senhor o escutar, deixaria essa conversa para mais tarde, o soldado poderia lhe ser útil no futuro.

    A única opção seria cobrar o favor do Jovem Rick, mas o mercador sabia que não poderia simplesmente cobrar o favor, deveria ser cauteloso, nobres por mais jovens que fossem se ofendiam com facilidade, deveria apelar para a sua honra, ele sabia que devia um favor ao Darke e como bom nobre que era, honraria seus débitos ainda mais para ajudar um "velho amigo".

    Brynden Darke pagou sua refeição e como havia prometido a Luke, deixou um jarro de cerveja pago em seu nome. Saiu da estalagem direto para o Forte Pardo para encontrar o jovem Rykker e determinar sua demanda.

    OFF::
    Diz quanto custou o rango e o litrão que eu diminuo da "fortuna" do Brynden.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Qua Mar 29, 2017 5:38 pm

    Após pagar seus comes e bebes, e o agrado para Luke, totalizando uma singela quantia de um gamo de prata, Bryden parte em direção de Rick Rikkerno Forte Pardo.

    Não demora muito para chegar e ser recebido pelos guardas, que o escoltaram até o quarto de Rick, conforme foram instruídos. Enquanto andava para o quarto de Rick, percebeu que a quantidade de guardas estava menor, e ouvira uma das servas falando que Lord Rikker já tinha ido para o banquete, e que seu filho estava muito atrasado.

    Assim que chega no quarto de Rick, ele estava sem blusa em frente a sua cama, onde diversas camisas estavam estendidas, ele olha brevemente para você e olha de volta para a cama.


    - Meu amigo Bryden, chegara em uma hora bem inoportuna, mas jamais deixaria de recebê-lo, me diga, como posso lhe ser útil?
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Qui Mar 30, 2017 4:20 pm

    O Mercador achava que seria recebido no salão de audiência ou em algum salão secundário do Forte Pardo, mas ser levado diretamente aos aposentos de Lorde Rick demonstrava que os Rykker não queria formalidades. O comentário da serva sobre a saída de do Senhor da casa e que seu filho estava atrasado, respondiam o porquê da informalidade. Brynden faz uma reverência assim que entra no quarto e é questionado pelo jovem nobre - Meu senhor, não era minha intenção lhe importunar. Vejo que o senhor está ocupado - Se referia a provável escolha da camisa aristocrática de Lorde Rick - Se quiser minha sugestão, escolha a azul com detalhes em prata, são as cores de sua casa, nada mais honroso!

    O mercador apenas dava sua opinião, esperando que o jovem lorde o aceite melhor - Mas meu senhor, não estou aqui para lhe ajudar com suas vestes. Venho humildemente lhe pedir auxilio. Prevejo tempos nebulosos para o comércio de nossa amada cidade. O Rei Robert morreu e deixou o Rei Eddard Stark como sucessor. A Casa Baratheon permaneceu em silêncio e com Pedra do Dragão sob sua posse. Como bem sabe, aquelas ilhas bloqueiam nosso comércio marítimo e se os Barartheon fizerem um bloqueio, Valdocaso morrerá de fome. Precisamos expandir nosso comercio para outras locais. - Falava com convicção e com pesar nas palavras. Apesar de sua teoria ter varias falhas, Brynden não esperava que Ryck pudesse percebe-las, já que não era um comerciante e poderia não ter o conhecimento ou experiência necessária.

    - O que desejo é expandir os contatos de Valdocaso. Soube que um grande encontro ocorre em Porto Real, para honrar o novo Rei, se o senhor puder me levar junto em sua comitiva, terei a chance de obter novos mercados e clientes em todos os Sete Reinos e honrarei a Casa Rykker em seu nome. - Não era de tudo mentira, com uma oportunidade dessas, o Darke realmente teria varias casas de Westeros disponíveis para o comercio, uma gama enorme de novos clientes.

    - Então meu senhor, o que me diz? Posso fretar um navio agora mesmo e podemos chegar em Porto Real antes mesmo de seu Pai!

    TESTE::
    Teste de Persuasão(Convencer) -> Convencer o jovem Lorde Rick Rykker de sua demanda

    OFF::
    01 Gamo de Prata pago!
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Sex Mar 31, 2017 1:07 pm

    Assim que termina de falar Rick pega sua blusa azul com os detalhes prateados e a veste.

    - Bom, e o que estamos esperando então meu amigo? Indique o navio que irá fretar que mandarei meus servos se encarregarem de deixá-lo pronto e carregar suas mercadorias e as malas que meu pai deixou para eu levasse após sua partida. Será um banquete e tanto, não podemos nos atrasar.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Sex Mar 31, 2017 8:45 pm

    Brynden ainda não tinha tal navio, mas isso não era um problema, poderia encontrar um capitão em Valdocaso disposto a levar ele e seu Lorde a Porto Real. Conhecia bem o porto e sua rede de contatos nunca o deixou na mão.

    - Meu senhor, diga para seus servos levarem suas coisas para o cais, lá indicarei um navio para nos levar até nosso destino. Irei fazer os meus preparativos também e encontrarei-os lá.

    O mercador estava satisfeito, havia conseguido sua passagem para o Forte Vermelho com facilidade. Agora precisava ser ágil em fornecer o navio e preparar seus próprios pertences. Faz uma reverência para o jovem Rykker e se retira de seus aposentos e do Forte Pardo. Toma o caminho direto para o porto, lá encontraria um navio que pudesse leva-los para a capital real. Achava que não seria difícil encontrar uma nau apropriada, era uma rota comum e de viagem curta, um dinheiro rápido e facil para qualquer capitão.

    TESTE::
    Teste de Conhecimento (Manha) para encontrar um navio para leva-lo a Porto Real
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Sex Mar 31, 2017 10:39 pm

    Assim Bryden saí as pressas para preparar sua viagem as pressas com Rick Rikker, assim parte para o porto, onde por sorte, conhecia alguém que estava por lá e teria uma chance boa de fazê-lo ir para conseguir ser o Capitão.

    O Velho Harold estava sentado em sua cadeira de costume olhando para seu barco e comendo sua laranja quando Drake se aproximou.


    - Olá jovem, como posso lhe útil hoje? Para onde deseja que eu vá com urgência e quanto pagará desta vez?
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Seg Abr 03, 2017 3:15 pm

    O Velho Harold pode me ajudar com certeza. Está velho e duvido que queira grande emoções em seu fim de vida.

    - Harold, vi que está ocioso! quer ganhar um dinheiro fácil? 1 moeda de ouro para levar a mim e nosso jovem e promissor Lorde Rick Rykker para Porto Real. O que me diz?
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Seg Abr 03, 2017 3:48 pm

    Harold levanta de sua cadeira lentamente enquanto chupa sua laranja, de maneira bem rude fazendo demasiado barulho.

    - Bom, o que eu não faria por você, Lord Rick e por três moedas de ouro? Podemos partir quando desejar, o barco sempre está pronto para meus amigos.

    Ele faz um sorriso velho no meio de sua barba e sem alguns dentes, e os poucos que restavam em seu estado amarelado.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Seg Abr 03, 2017 4:37 pm

    Velho ganancioso!!! Brynden resmungou para si mesmo. Continuava com se sorriso despretensioso na cara e sabia que Harold queria era negociar.

    - Ora Harold 3 Dragões é muito alto! Porto Real é aqui do lado. Alem do mais, é a rota mais segura de toda Westeros! - O mercador mostrava que a viagem era curta e protegida demais para custar 3 Dragões de Ouro. - Amanhã você estará gastando esse dinheiro nos prostíbulos das docas, 01 Dragão é o suficiente para deixar tuas prostitutas felizes por dias.

    TESTE::
    Persuasão(Barganha) -> Para entrar em um acordo com o Capitão
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Qua Abr 05, 2017 1:44 pm

    Harold coloca o resto de sua laranja no bolso, mostrando sua mão sua cheia do suco da laranja e o melaço que ela deixou, ele estende a mesma mão para o jovem Drake dando uma leve olhada por cima dos ombros do jovem.

    - Okay, me convenceu, 1 Dragão, só apertar minha mão que seguimos viagem. Aparentemente Rick está mais atrasado que parecia, nunca vi esse jovem andar tão rápido. E então?

    Ele olha para a mão suja enquanto e depois para os olhos de Bryden.
    Melroc
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 931
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Melroc em Qua Abr 05, 2017 3:34 pm

    Brynden olha para a mão do capitão e pensa que já tratou com gente com a mãos mais suja do que aquele capitão cítrico, mas não deixaria aquilo barato. Ele dá mais um sorriso de orelha a orelha - Que bom que concordamos! - Diz antes de juntar toda a saliva que sua boca era capaz de junta, dá uma cusparada na palma de sua própria mão e em seguida aperta a mão de Harold quase como um tapa, fazendo aquela união de laranja e cuspe explodir entre os dedos dos dois.

    - Sim, o jovem Lorde Rykker está com pressa. Se você for rápido, ele ficará extremante grato! - O Darke fazia um comentário aparentemente despretensioso, com o intuito de agilizar a saída do navio.

    Assim que termina de falar com o capitão, o mercador vai até a sua própria casa. Pega seus pertences, avisa seus servos de sua viagem e informa a seu senescal que deve enviar um corvo para o Forte Vermelho se houver qualquer problema sério com os seus negócios. Sai de sua casa, diretamente de volta para o cais, assim desejando que o Harold tenha se adiantado também.

    OFF:
    Entre os pertences do Brynden, vou colocar uma vestimenta de Nobre também. Vou diminuir do dinheiro dele.
    fairbrooks
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 377
    Reputação : 0

    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por fairbrooks em Qua Abr 05, 2017 9:19 pm

    Fim da Cena:
    Fim do prólogo de Bryden Drake
    Resultado: 4 pontos de experiência

    Jogo continua em Porto Real
    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo - Bryden Drake

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 10:48 am