Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    2º passo - Dança

    Compartilhe
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1128
    Reputação : 128
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Ter Mar 28, 2017 11:22 am

    [ Parabéns, (Seu nome)!

    Você foi convidado(a) a participar da próxima etapa eliminatória do concurso KPOP SHINE.
    A etapa avaliará competências de dança no dia 9 de julho, a partir de 9h.  

    Recomendamos levar uma muda de roupa extra.

    { Caso esteja hospedado em uma de nossas facilidades conveniadas, sua diária será prorrogada até um dia após o término da etapa. Dúvidas, contate a gerência do estabelecimento} ]

    O comunicado foi recebido por todos os candidatos pela forma indicada em seu cadastro, até dois dias depois da audição. Apesar de pouco informativo, assim como o anterior, o programa fazia questão de dizer que a etapa seria dança e ainda dava aos candidatos praticamente uma semana para treinar. Para aqueles com básicas habilidades motoras, isso significava duas coisas: tinham um respiro excelente para não entrar em desespero, mas também não havia desculpas para dizer que não sabia dançar.

    A edição ainda não tinha ido ao ar, mas as notícias dos ocorridos começavam a vazar mais livremente.

    Tae
    Spoiler:

    Com um convite entregue em mãos, extraoficialmente Tae tinha a informação de que essa etapa de dança seria em grupo. J. J.  foi quase preguiçoso para conseguir essas informações, pois não estava nem um pouco apreensivo com as habilidades de dança de seu agenciado e ficava muito empolgado com os novos seguidores e montagens na internet que faziam do rapaz. Mesmo assim, sob insistência, ele disse que foi informado que ele “não precisava se preocupar” e que eles passariam quase o dia todo no lugar, daí a recomendação de “roupa extra”.

    Foi com essas dicas vagas que o garoto teve de orientar suas novas pupilas. Ele logo descobriu que Eunji tinha sérias restrições de horário, além de ser praticamente impossível falar com ela por meios “normais” como email e telefone. Seu endereço constava como a escola, e seu primeiro contato era de uma professora chamada Bora e o outro, de uma mulher chamada Sonja. No entanto, ambas seriam gentis em acertar um encontro. A outra garota, Yuki, também poderia fazer essa ponte, apesar de não possuir nem ao menos um aplicativo de comunicação instantânea por internet. Para piorar, ela tinha algumas manhãs ocupadas por trabalho. Estava lidando com um mundo bem diferente do seu.

    Apesar de nenhuma das duas possuir um lugar perto de apropriado para treinar, e a escola de Eunji não permitir o uso de materiais e salas por não-estudantes, pelo menos isso não seria um problema para Tae, que possuía no próprio prédio uma academia com espaço para treinos.

    Após todos os acertos necessários, o dia em que o rapaz faria seu papel de professor tinha chegado e agora ele aguardando as garotas para sua primeira aula.



    Pode escrever mais ou menos qual foi o combinado. Como será o treino é completamente a seu critério. A interação é livre entre os três. Smile Eu posso interromper com alguns detalhes .

    Yuki
    Spoiler:

    Apesar de ter um início de boas mudanças, a vida de Yuki continuava a ser como sempre, exceto que agora estava de férias e, pelo menos por um tempo, poderia evitar os olhares odiosos de Tak. Tinha uma semana para treinar com seu herói de dorama, o famoso que prestara atenção no talento das meninas dos “três sim”.

    Mesmo assim, não podia fechar os olhos para a peixaria dos pais, principalmente nesse período, que era quando passava a trabalhar mais dias. Com o fim da audição, ela teve que voltar a trabalhar normalmente pela manhã, mas por causa do ensaio, conseguiu novamente a cobertura do irmão mais velho. O fato não foi aceito de forma tão amena assim, já que a mãe da menina estava visivelmente preocupada com aquela decisão e, no dia do ensaio, o pai parecia estar mais mal humorado do que o normal. Porém, todos eles fizeram um esforço tremendo para não dizer nada a ela, já que o irmão quem sugeriu de bom grado. Ninguém a impediu de fazer “um terço do período normal”. Tinha que fazer isso, ou os horários de Eunji nunca bateriam com os seus.

    Naquele dia, a professora de Eunji lhe daria carona para que ambas pudessem chegar no mesmo horário. A gentileza era muito bem vinda, pois o local era bem distante de sua casa. Seu único problema era lidar com o leve cheiro de peixe das mãos. Seria expulsa da aula? A senhora Bora não pareceu se incomodar com nada.

    Eun-Ji
    Spoiler:

    A família da ruiva parecia a tratar mal conforme os dias do acordo passavam. A mãe parecia estar se arrependendo de permitir que a menina fosse tutora de outros alunos e não escondia nada sua opinião.

    Todos os contatos com Tae ocorreram por pontes de terceiros. Tanto sua professora Sonja como a senhora Bora estavam registradas como contato da menina e isso ajudou muito para que pudessem combinar os horários. Sonja ficou radiante por saber de seu desempenho no programa e prometeu  trazer uma música de IU para que treinassem. Ela a ensinaria a interpretar a música a sua maneira, agradando tanto os que a comparavam com a idol quanto os que não queriam uma cópia. O desafio só não foi muito adiante pois agora precisava se concentrar em dançar.

    A senhora Bora ofereceu carona para as duas amigas naquele dia e fez o passeio próximo ao mar novamente.

    Yuki, Eun-Ji e Tae
    Spoiler:
    O bairro onde Tae morava era simplesmente um mundo completamente novo não apenas para Eunji, mas também para Yuki. O tamanho dos prédios era assustador, além de que o carro em que estavam parecia ser engolido pelos modelos brilhantes que passavam em velocidade a seu lado. As pessoas nas ruas, em sua maioria, pareciam capturadas direto da televisão, com suas roupas com “cheiro” de caras. Até Eunji podia perceber que eram como aberrações ali. Por sorte, foram deixadas na porta do endereço, então sua ansiedade seria restrita aos dez minutos na portaria, sendo julgada pelo porteiro, que fez mil e uma perguntas antes de conferir o nome delas.

    Pior do que isso, um segurança fez questão de acompanhá-las por todo o trajeto pelo complexo de prédios onde vivia uma família por andar. Viram de relance um belo jardim com chafariz, algo que deveria ser um playground, e logo sentiram cheiro de piscina por perto. Era um universo próprio. Depois de tanta exposição ao luxo, passarem por uma academia própria e uma sala de dança e encontrar seu colega ali não foi nada surpreendente. No concurso não havia como ter real dimensão de quem tinha oferecido ajuda. Agora, tinham uma pequena ideia.

    O segurança aguardou que o jovem as reconhecesse e só então os deixou a sós. Mesmo assim, havia câmeras no ambiente - o que já era muito melhor que repórteres.


    Mi Nam
    Spoiler:

    O café da manhã do lugar parecia bem mais vazio após as eliminações. Quantos tinham caído logo no começo era difícil determinar, mas pelo menos aliviada a pressão do primeiro dia.

    O grupo recebeu o anúncio no próprio hotel e Amihan ficou muito empolgado por ser dança. Minki desconfiava muito daquela conversa de “muda de roupa extra” e ficava o dia inteiro falando que era suspeito. Bae é que parecia bem deprimido por causa daquilo. Não sabia nem andar sem parecer um boneco de marshmallow, quem diria dançar. Por conta disso, Amihan ofereceu aulas para todos na academia do hotel, ainda que a estratégia não fosse muito boa, por conta dos outros candidatos que também poderia observá-los. Era o único recurso que tinham, infelizmente.

    Todos concordaram em treinar juntos no dia seguinte, já que Amihan precisava “preparar a aula”. Naquele dia, seu despertador-humano loiro já estava sobre ela naquele dia, animado como nunca. Por que as pessoas achavam que ele era preguiçoso?

    Bae foi o mais lento para se arrumar. Amihan já estava pronto, com seu “uniforme de professor” de ballet moderno. Min-ki também, e cantava alto o nome “Go Mi Nam” no ritmo de uma música, batucando na cama da menina.

    Quando finalmente todos estavam prontos, puderam tomar café da manhã e se encaminhar para a academia. O lado ruim é que eles não foram os únicos que tiveram aquela ideia. Já havia um grupo de 5 pessoas na sala (duas meninas e três garotos), que tinha ligado o som e discutia a coreografia com um menino.

    Quando eles apareceram, uma menina miúda de cabelos compridos e lisos fez uma reverência rápida e foi saindo de seu canto, mas foi impedida por outra menina praticamente igual a ela, mas com rabo de cavalo, que deu um sorrisinho debochado olhando as caixinhas de som que eles carregavam.

    - Já era, a sala é nossa. - ela sorriu confiante.  
    - Unnie… - choramingou a outra, olhando com preocupação para o grupo.

    Os outros dois meninos no chão tinham cara de poucos amigos, mas nada falaram além de encararem o grupo. O rapaz em pé tinha os braços cruzados, mas não parecia feliz de ter sido interrompido.

    Bae já tinha recuado, enquanto Amihan era uma pessoa muito pacífica para brigar. Minki já ficava com a cara fechada e não estava a fim de sair de lá também.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Ter Mar 28, 2017 12:42 pm

    Nos dias que se passaram, a tristeza com sua família não aumentava graças as notícias constantes que recebia por suas professoras. Escreveu para Yuki como prometido e ficou feliz ao conhecer IU. Ensaiou com Sonja até receber o convite de Tae para seu primeiro dia de ensaio em grupo.
    Foi com Bora até a casa de Yuki e de lá seguiram até o bairro chique onde Tae morava. 
    Para Eunji parecia um lugar de sonhos, comos os que lia nos livros. O lugar onde ensaiariam era enorme e ela não se sentiu inferior ou desconfortável com o segurança. Sorriu a avistar seu anfitrião.

    - Muito bom dia Tae sunbae - disse em reverência polida, agora que ele seria seu professor também-  nossa, sua casa é muito bonita. Já estou pronta para os ensaios. O que preparou? 

    Ela era muito dedicada e não perdia tempo com coisas desnecessárias. Já tinha até trocado de roupa na cada de Bora. 

    - Estou pronta - e começa a se alongar.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Okley em Ter Mar 28, 2017 8:03 pm

    A conquista de novos seguidores na internet o animava bastante, era boa a repercussão mesmo antes do programa ir ao ar. O tamanho da segurança que JJ tinha não era suficiente para deixar Tae tranquilo, mas se contentou e foi treinar essa semana. Chamou que mais lhe chamou atenção, pois se precisava formar os grupos ou conhecer com quem seria seu parceiro, era bom para saber os defeitos e qualidades dos companheiros.

    Convidou as meninas que tinha oferecido ajuda, Eunji e Yuki; dois garotos que tiveram boa apresentação Misoo e Dam; não chamou o Joon para não ficar na cara que estavam juntos e Peach era muito orgulhosa para participar. Fez questão de fazer o convide pelo celular pessoal para Rin, perguntando onde seria que treinaria, se queria participar desse treinamento, poderia ficar conversando com ela por umas duas horas pelo celular, parou só quando ela se despediu.

    Com a possibilidade de não ter lugar para treinar, horários restritos e em péssimos estados para as danças, foi rapidamente reservar o salão para os treinos do condomínio, não usou de sua casa era pequeno para tanta gente, os outros condôminos pouco usava mesmo. Teria que ser o coreografo e ensinar os colegas, ele não se preocupava com isso afinal era do que mais gostava de fazer, chegava até pensar demais no que faria.

    Ele já aguardava no salão de dança os convidados chegar, tinha avisado na portaria de quem viria visitar. Até que o segurança chegou com as duas meninas, cumprimentou elas primeiramente, depois agradeceu a ajuda dele e o dispensou.

    Mostrou o salão que era maior que onde fez as audições, o piso não era melhor do que o de lá, mas dava para ensaiar se problema; um espelho cobria toda uma parede, não tinha uma mancha em todo ele. Na outra parede era quase toda de janela, era visível a piscina, estava parcialmente fechada com uma cortina deixando a iluminação agradável.

    Tinha uma mesa onde tinha barras de cereais, biscoitos integrais, bombons e cesta de frutas, um frigobar com agua gelada e sucos a disposição dos convidados. Mostrou as meninas onde ficava o vestiário, era bem próximo ali, possuía armários e vários chuveiros, ao lado de uma sauna seca e outra úmida.  

    - Trouxe o salmão fresco que pedi?... Um bom tamanho esse. Já comemos ele de almoço. Pode deixar ali na mesa que a moça vem buscar e já te paga. - Disse com um sorriso no rosto para Yuki – Amanhã você conseguiria uma bela lagosta?

    Tinha bem no meio do espelho uma câmera de vídeo em um tripé, ligada sem fio ao notebook que estava em uma outra mesinha no canto da sala. Ele conseguia filmar e usando um programa especial mostrava o que precisava, de forma instantânea e o gravado em uma televisão no teto. Ele já sabia mexer com o programa que usava e já estava tudo preparado do que poderia poder mostrar.

    Logo que começaram a se alongar as meninas ele colocou o vídeo para mostrar como se comportavam em palco e movimentos básico, como um coreografo mesmo, não foi chato ou muito difícil, mas de como teria que conviver dali em diante.

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 74
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Ter Mar 28, 2017 9:42 pm

    Yuki tenta passar sabonete na mão várias vezes, mas o cheiro de peixe ainda parecia persistir. Ela nem sabia mais ser era impressão sua ou não. Estava feliz por estar de férias, embora tivesse muito trabalho para fazer. Pelos menos sua família estava ajudando, embora o pai estivesse estranhamente mal humorado. Yuki cumprimenta a senhora Bora e Eun-Ji com um largo sorriso, ela esconde as mãos atrás das costas com medo delas notarem algo. Porém no caminho parecia tudo bem por enquanto.

    - É bom te ver de novo Eun-Ji! Está animada para dançar? Eu estou com um pouco de medo, uma semana parece tão pouco para aprender a dançar...  Dessa vez vou precisar de um milagre dobrado...

    Quando chegam ao bairro de Tae, Yuki fica até tímida por se sentir tão pequena perto daqueles prédios enormes. Ela notou que seu mundo era muito diferente disso, era até estranho para ela pensar que enquanto pessoas viviam em um sonho tão luxuoso, outras tinham que suar muito para poder ter um casinha humilde no morro, como a sua.

    Mas foi ainda pior quando o segurança quis segui-las. "O que eles estão achando? Que posso roubar?" - Pensou consigo mesma. Porém logo se distraiu com a bela paisagem, o jardim e o chafariz, parecia um sonho, como nos shoujos. E tinha até uma piscina por perto em algum lugar, Yuki adorava nadar no mar, mas nunca experimentou nadar numa piscina. Yuki caminha constrangida, sabia que não estava preparada para andar em um lugar assim, sentia-se até uma criminosa, todos notariam suas roupas simples e seu jeito humilde. Pior se ainda notassem seu cheiro... Yuki sabia que ricos tinham um olfato apurado para detectar pessoas como ela.

    Quando encontraram Tae, era para ser um alívio, mas não foi. Yuki continuou tensa e tímida, tinha medo de fazer algum gesto errado e indevido para esse lugar tão luxuoso. Não queria parecer uma tonta ou uma caipira. Pelo menos o segurança as tinha deixado. Ela percebe que Eun-Ji parecia bem a vontade, cumprimentou aquele garoto perfeito e rico e já tinha começa alongamentos. A essa altura Yuki não tinha falado nem um oi. Quando é cumprimentada por Tae, ela cora,faz uma reverência de leve e o segue para o salão. Era enorme, Yuki sentiu-se um peixe fora da água. E a piscina ao longe ra tão convidativa e linda. Porém conforme iam andando e vendo o vestiário e até a mesa com comidas, Yuki começou a sentir que com certeza tinha se metido em algo muito difícil. Iria dançar e ainda teria que lidar com um mundo tão diferente e um garoto importante praticamente famoso!

    Quando Tae dirige a palavra ela sobre a venda, Yuki deixa o produto em cima da mesa, com o rosto corado, ela responde:

    - Hum... Tá...  Lagosta? Eu não sei... É di-difícil... Mas... Mas... Tem o senhor... Ele vende ao lado! É...

    Como era difícil falar com alguém tão importante, pensava Yuki, sentindo-se vulnerável. Ela tenta acompanhar o alongamento de Eun-Ji, mas não era flexível, nem alcançava os pés ao abaixar, quase caiu tentando fazer alguns movimentos de alongar. Depois ela se aproxima, sempre ficando atrás de Eun-Ji, como se ela fosse seu escudo daquele rapaz tão elegante, também não queria a possibilidade dele sentir algum cheiro vindo dela. O vídeo parecia muito difícil, mas era lindo.

    - Vai ensinar... Quer dizer... Vamos aprender isso? - Perguntou ao Tae sem olhá-lo nos olhos e com Eun-Ji de escudo.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Ter Mar 28, 2017 11:12 pm

    Feliz por reencontrar Yuki, a mocinha religiosa sorri graciosamente diante do medo da amiga.

    - Não se preocupe - incentivava a amiga - você vai dançar, nem que eu tenha que me dedicar exclusivamente para isso. Você terá outros 3 sim. Né senhora Bora?

    Na casa de Tae, ele apresentou o enorme salão, que ela olhava admirada, o tamanho e os espelhos, era tudo lindo. Observou a mesa de comida chocada com a quantidade de coisas, aquelas barrinhas de cereal ela nem sabia o que era. O lugar tinha sauna, seja lá o que isso fosse, e tinha vestiários. A moça já estava com calça de moletom, camiseta e tênis; tinha trocado de roupa na casa da professora, um hábito que havia criado para não despertar suspeitas na mãe, ainda mais depois do dia da audição, onde ela cometeu um deslize. Na carta que escreveu pata Yuki tinha comentado a recepção fria que teve, mesmo sem entrar em detalhes.
    Observou a câmera e a TV e achou tudo bem parecido com o dia da audição. Tae parecia bem mais simpático que Song pelo menos.

    Ficou o tempo todo ao lado de Yuki, ajudando-a com o alongamento. O bom seria se ela fizesse algo para se soltar, mas Tae já parecia ter tudo em mente e não o contradisse.

    - Pode se apoiar em mim quando precisar, Yuki - oferecia sua mão para a amiga se equilibrar.

    Tae mostrou a música que pretendia ensaiar com as meninas, algo bem simples, talvez um aquecimento.

    - Que gracinhas. Quem são? - balançava ao ritmo da música e era surpreendente como sem nunca ter escutado aquela música, ela pegava o ritmo e cantava junto. Letra e sonoridade era rapidamente gravados nos ouvidos dela. Ela apontou para uma das meninas do vídeo - olha que fofinha. Essa parece com você, Yuki.
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 458
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Mar 29, 2017 10:45 am

    A garota ainda se lembrava do dia da audição, quando Amihan apareceu no quarto com doces e cervejas. Ela ficou muito feliz por todos terem conseguido passar. Ficaram a noite inteira bebendo e imitando os jurados, o que arrancou boas gargalhadas da menina.

    Ela corou quando Amihan contou o que ela tinha feito no palco, e ela nunca ia esquecer o olhar que Min-ki lhe deu. No entanto no final da noite chorou escondida no banheiro após trocar mensagem com sua mãe. Estava sendo uma péssima filha, sentia que estava a abandonando ao deixa-la sozinha. Por isso todo dia de manhã lhe mandava mensagens. Até enviou uma foto quando tinha saído do banho, estava com a toalha enrolada na cabeça, para esconder os cabelos curtos.

    Alguns dias depois o grupo recebeu o convite para a próxima fase, que seria dança. Eu Se gostava de dançar, então tinha certa facilidade para memorizar os passos. Mas o problema é que ela  teria que ser excepcional para agradar o diretor, mas felizmente Amihan que era dançarino topou de ensaiarem alguma coreografia.

    No dia do ensaio ela acordou com Min-ki cantarolando seu nome, ela levanta e se espreguiça na cama, o loiro e Amihan já estavam prontos, então ela correu para o banheiro se trocar, saindo em seguida com um agasalho da Adidas azul marinho. Bae era o mais desmotivado, provavelmente pq seu forte não era a dança.

    O quarteto tomou um café da manhã animado no hotel, enquanto comiam Amihan contou que a música que iriam se apresentar era Boy in Luv do BTS.  Começaram a debater se iriam cantar junto com a coreografia, Eu Se achava que era bom se todos cantassem e tinham que decidir quem faria a parte do rap, que era essencial nessa música.

    Depois de muito discutirem, foram para a academia e perceberam que já havia um grupo ensaiando. E o clima não era dos melhores. O que não precisavam naquele momento era novos conflitos. Como ninguém do seu grupo disse nada ela tomou a frente.

    - Ulineun salam teseuteuleul hwanagehago sipji anh-ayo. Geuleona ulineun ttohan hunlyeon-eulhaeyahabnida. Naneun uliga jung-gan-e gong-gan-eul nanul su issdago saeng-gag. Dangsin-eun daleun hanjjog ulie issseubnida. Não queremos atrapalhar o ensaio de vcs. Mas também precisamos treinar. Acredito que poderíamos dividir o espaço no meio. Vocês ficam de um lado e a gente do outro.

    Aguardaria a resposta do grupo, se tivesse tudo OK, iria para o outro canto e começaria a se alongar.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1128
    Reputação : 128
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Qua Mar 29, 2017 1:30 pm

    Tae

    Spoiler:

    A princípio, Rin tinha sido um pouco relutante no telefone. Ela não mencionou o fato de ter ido procurá-lo no fim da audição ou qualquer tipo de coisa negativa - e negaria tê-lo feito. Acabou comentando sobre sua audição e sobre como os jurados eram mais exagerados do que seus instrutores na Quarter Note. Ela perguntou quem participaria daquelas aulas de dança e só mostrou interesse ao saber quem estaria ali. Era bem cuidadosa e desconfiada. Contou a ele que as meninas tinham conversado com ela e que achava interessante ajudar novatos.

    Um fato curioso é que Tae não sabia onde vivia a garota. Ela simplesmente não comentava sobre família. O que as outras trainees especulavam é que ela era filha rebelde de um empresário e por isso era tão "metida".

    Ao final da conversa, a garota já estava mais animada, mas encerrou o assunto por ter algo a resolver.

    Minsoo foi bem simples e profissional, agradecendo polidamente a ajuda. Já Dam Kyuhwan tinha protagonizado uma conversa estranha. Primeiro porque foi uma senhora que atendeu o telefone e ela perguntou mais de uma vez se ele não queria falar com "Daehwan" antes de passar o telefone para um garoto sonoleto que respondeu com monossilábicos e, quando foi convidado, ficou em silêncio por um bom tempo, mas pediu o endereço e agradeceu. Era uma pessoa estranha.


    Yuki, Eun-Ji e Tae

    Spoiler:


    Logo uma empregada apareceu no local e, como em uma narrativa de castelos, fez uma reverência a Tae, entregou o dinheiro a Yuki, sem nunca olhá-la diretamente nos olhos, e saiu com o peixe. Ela até borrifou um perfuminho no ar antes de sair.

    Quase na sequência o enorme segurança voltava acompanhando a menina loira com os cabelos presos divididos ao meio. Tinha tênis esportivos, calça elástica preta, munhequeiras e regata bem leve.

    - Sunbaenim. - Hyerin fez uma reverência geral e procurou um espaço para deixar sua mochila, parecendo bem confortável com o lugar.

    - Yuki e... - fez algum esforço para lembrar o nome. - Hyerin - reforçou o próprio nome para elas.

    - Bem, o que estamos ensaiando hoje? - ela olhou o vídeo e de repente arregalou os olhos e riu sozinha, bem sem graça - Eu vou ter que dançar isso também? - estava um pouco envergonhada, porque definitivamente não era seu estilo. - Os jurados vão acabar comigo se eu fizer isso. -  ela não parecia estar reclamando, mas na verdade debochando de si mesma. Nem parecia a menina emburrada das audições. - Mas tudo bem, temos que obedecer o coreógrafo - De bom humor, ela tratava aquela experiência como uma lembranças dos velhos tempos de trainee.

    - Sunbaenim, já deixou que elas se alongassem antes de começarmos? Se não sabem dançar, não sabem se alongar também. Posso ajudar com isso em dez minutinhos. É bem importante, posso? - estava empolgada e alegre.

    A loira bateu palmas como uma professora de dança e pediu para as garotas se reunissem no centro e repetissem seus movimentos. Minsoo apareceu, pedindo desculpas em forma de mesuras e, educado como poucos, não falou nada para não atrapalhar a loira. Ele deixou as coisas em um canto e logo foi para o centro imitar o que as demais estavam fazendo.

    - Dançar de qualquer jeito machuca. É a primeira coisa que vocês têm que saber. Se o corpo não está acostumado ao movimento, ele vai fazer o possível para realizá-lo e isso acaba em torções. Por isso a gente prepara o corpo, como prepara a voz, antes de fazer qualquer coisa. Se fizerem todos os dias, então vão começar a aumentar a flexibilidade.

    Enquanto ensinava exercícios básicos, falava empolgada, sobre como não deviam fazer nada que o corpo dissesse para não fazer e que sempre precisavam respeitar seu limite. Comentou que existiam tipos diferentes de dor, havia o alongamento, que parecia queimar no corpo, e havia o movimento errado, que pinçava. No meio dessas explicações, Dam Kyu-hwan também apareceu, mais atrasado que todos, e com uma expressão carregada, como se tivesse acabado de acordar de um sono pesado. Fazendo uma reverência longa a Tae, como pedido de desculpas, ele ainda teve que trocar de roupa, pois veio de jeans, e depois se arrastou para dentro da sala e ficou em pé parado, até que Hye-rin fosse até ele dar assistência em particular.


    Naquele curto exercício, Tae  percebia que Yuki era como um bichinho desengonçado, pois até seus movimentos mais travados eram, de certa forma, uma gracinha. Seu problema postural, ainda que ela não soubesse, era maior nos ombros, o que tinha uma origem óbvia psicológica. Precisava desabrochá-la.

    Minsoo era tão travado quanto Yuki, se não fosse pior, por ser um garoto. Mesmo assim, ria de si mesmo quando a loira tinha que corrigir sua postura. Ele tinha disciplina e um sorriso digno de um líder, como ele mesmo havia notado em outra oportunidade. Era o tipo de pessoa que era usada no centro do palco cantando enquanto os dançarinos experientes faziam seu trabalho de iludir a platéia.

    Eunji também tinha uma beleza fora do comum. Não era o estereótipo da boneca de porcelana como Peach, mas seus olhos cor de mel e cabelos ruivos disfarçavam sua mobilidade. Depois de Hyerin, era a que tinha mais potencial, embora a diferença de flexibilidade entre as duas fosse grande. A escolha da música parecia muito adequada para a ruiva e Yuki.

    Por último, Dam lhe dava uma sensação de dejavu reverso e talvez se arrependesse do convite. Enquanto seu colega loiro a essas horas estaria distraindo os demais fazendo alguma gracinha ignorando as orientações de Hyerin, Dam parecia constantemente alguém desanimado, que tinha acabado de acordar. Ele não sorria, nem parecia se divertir com o exercício. No entanto, seus olhos tinham uma concentração obsessiva que nenhum deles possuía quando lhe era dada uma “missão”. Como era o mais alto, sua postura não era das melhores, principalmente por causa daquele peso imaginário que parecia colado em suas costas.

    - Obrigada, pessoal. Agora fiquem sob as orientações do professor Jin Tae-woo-shi! - bateu palmas, divertida, e sorriu para ele. A própria foi até o centro ouvir o que ele tinha a dizer. Se ele precisasse, poderia trabalhar os garotos mais na parte de alongamento, enquanto ele ajudava as meninas a se soltarem.



    Tae-sensei, diz mais ou menos como será a aulinha, o que ele quer apresentar, o objetivo etc. e pause onde você quiser. Se esse “onde” for no almoço, pode ser também. Eu lhe acompanho e narro os ‘resultados’, e diálogos conforme a escrita de vocês + poderes mágicos de mestre e da ficha.


    Mi Nam
    Spoiler:

    A mãe sempre ficava feliz e respondia a filha com emojis e empolgação, embora a garota precisasse tomar muito cuidado com os cenários em que posava e o que fala, por conta do suposto fuso horário em que estavam. Era um desafio de pesquisa diário.

    Por mais que recebesse atenção pelo celular, aquilo nunca substituiria o carinho da mãe presencial. Passada a adrenalina da primeira audição, ela começava a ter noção de que muitas etapas faltavam e depois, se vencesse, o que faria? Manteria para sempre seu disfarce? O distanciamento que tinha da mãe poderia durar uma eternidade por conta daquela ideia.

    De volta ao foco da música, Minki se voluntariou a fazer os raps. Estava bem confortável em relação a isso. Aparentemente, era seu ponto forte. Bae quis pegar vocais, depois de revelar um vozeirão impressionante e pediu para que não o colocassem para movimentos complicados, pois tinha dores nos joelhos. Amihan disse que Mi Nam poderia ser “o líder” do grupo (embora seus papéis fossem dos principais vocalistas, não do líder em si), enquanto ele ficaria com algum solo de dança mais complexo.

    Já na academia, a garota de rabo de cavalo ouviu a ideia, um pouco contrariada. Já a outra menina ficou bem surpresa com a resposta de Eu Se e adiantou:

    - Sim! É uma boa ideia. Não é, Quan Lei?

    O garoto chinês de regata preta examinou o grupo, de cara fechada. Ele assentiu e polidamente recolheu os materiais que ocupavam o outro lado da sala. Apesar de meio incomodados, todos decidiram respeitar.

    - Só não atrapalhem a gente.

    - Tá vendo por que você é o lider? - o loiro brincou, enquanto o quarteto se organizava.

    Amihan coordenou os exercícios de alongamento, mostrando ser muito flexível, e Bae já tinha dificuldades desde o primeiro momento. Minki começou normalmente, acompanhando o grupo. Eu Se não tinha problemas nessa parte. Terminada essa etapa, o bailarino persistiu e rediscutiu as tarefas, passava o refrão da música, para aprenderem primeiro. O ouvido sensível de Eu Se começava a se incomodar um pouco com o barulho da música do outro grupo. Era um pouco difícil de se concentrar, principalmente porque o outro grupo decidia aumentar o som.

    Minki não parava de olhar para trás, também incomodado. O outro grupo ria junto e falava bem alto. Eles não pareciam querer combinar coreografias, estavam usando a academia para exercícios individuais. Era outro tipo de estratégia, já que o convite não especificava a dança em grupo.

    - Esperem aí - o loiro pediu licença e foi lá conversar com o outro grupo. Parecia que ele ia resolver o problema, mas de repente ele apontou para as meninas - VOCÊS SÃO GÊMEAS?
    No instante seguinte, ele já estava rindo e se divertindo ali no meio e já tinha se esquecido dos outros amigos.

    Amihan trocou olhares com os amigos.
    - Min-ki! - ele o chamou - Foco aqui.

    O rapaz torceu os lábios, pediu desculpas para suas mais novas amigas e voltou para o grupo. A música deles tinha abaixado, pelo menos.

    - Olha, nessa primeira estrofe, a gente vai contar 1, 2… - e foi fazendo movimentos correspondentes

    - Mi Nam, elas são gêmeas! Parece que apresentaram juntas logo na primeira audição. Legal né? Eu nunca tinha conhecido gêmeas.

    - 6, 7, 8… Vocês entenderam?
    - Ah, não, foi mal....
    - Vou fazer de novo. Presta atenção. Mi Nam começa a fazer assim. Aí eu entro. É meio difícil, então vamos trocar essa parte. Depois nós todos vamos....

    O bailarino continua explicando a coreografia, o que levou pelo menos uns dez minutos. Ele dividiu os pedaços e fazia demonstrações, mas se ela prestasse atenção em seu amigo, ela notaria que o loiro estava olhando para o outro grupo de novo. Ela conseguiria fazê-lo olhar de novo para Amihan, mas era uma tarefa difícil de vencer. Já que ele de repente estava com a cabeça em outro lugar. O adjetivo cruel do diretor veio logo a sua mente, “Preguiçoso”. Seria verdade?

    - Ok, vamos praticar então. Todo mundo. Vai. 1, 2, 3. ...Hold up.. Hold up… ggwak jaba nal deopchigi jeone…. Min-ki, você é o Suga e o Rapmon, você não pode sair, ou vai ficar esquisito voltar duas vezes.
    - Desculpa. Fui eu .
    - Vamos de novo. Vamos devagar agora, tá?

    O quarteto começava a dançar de novo, sem música. O espaço era meio pequeno para se movimentarem, e ainda havia um musica de fundo dos outros, mas eles murmuravam Boy in Luv para retomar a concentração. Conforme dançavam, por mais que o corpo não estivesse muito treinado, ela percebeu que não era tão ruim assim em dança e que a maioria as instruções de Amihan parecia ecoar em sua mente, como uma voz-guia para seus movimentos. “Direita” “Cruza os braços” “1, 2, 3, direita” e aos poucos ela absorvia o ritmo e, consequentemente, fica mais fácil imaginar quando a repetição do passo cessaria. Bae era, sem dúvidas, o pior de todos eles. Ele se atrapalhava e acabou esbarrando nela algumas vezes, pedindo desculpas. Ele levou uma cotovelada do loiro, sem querer, e estava com dificuldade até para os passos mais simples.  
    Em movimento, Min-ki era outra pessoa. Tinha facilidade em acompanhar, talvez por já ter treinado em um boygroup. Ele definitivamente não era ruim. De repente, ele parou do nada a repetição lenta dos movimentos.

    - Isso aqui tá muito chato. Não dá pra ir mais rápido? Com a música?
    - Não… vocês não vão acompanhar.
    - Como não vamos acompanhar? Isso é muito fácil. Não, é, Mi Nam? Votamos com música! - ele respondeu por ela, todo animado.
    Bae olhou rapidamente para ela, um pouco esperançoso, mas depois lançou um olhar pesaroso para os próprios pés. Ele estava visivelmente se sentindo muito mal. Sua expressão fechou completamente e o rosto ficou vermelho. Mesmo assim, o loiro continuava esperando animado por uma resposta da garota, sem perceber.
    Havia um problema claro de diferença de níveis entre eles e aparentemente, era a “líder” deveria resolver.
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 458
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Mar 29, 2017 3:48 pm

    A garota ficou feliz por resolverem de forma pacífica, logo Amihan ensinava alguns exercícios de alongamento para o grupo. Eles estavam treinando o refrão da música, mas o falatório e a música do outro grupo estava atrapalhando um pouco a garota. Então ela respirou fundo e se concentrou mais ainda na letra.

    Então Min-ki levantou e começou a conversar com as meninas, o que deixou Eu Se incomodada. Quando ele desvirtou o treino para falar das garotas, ela fez questão de  ignorar seu comentário e Amihan conseguiu que o loiro voltasse a atenção no treino.

    Depois de alguns minutos acertando quem cantaria o que , o grupo iniciou o treino da coreografia. Não demorou muito para Eu Se memorizar os passos, até pq o dançarino explicava bem pausadamente, para que todos entendessem. Claramente Amihan e Min-ki tinham um desenvoltura melhor do que os demais. E Bae estava sofrendo por não ter coordenação e não conseguir acompanha-los.

    Então o loiro pausa o treino novamente. E ela fica numa posição complicada. Entendia que para ele que tinha certa facilidade em copiar os movimentos era uma atividade entediante, mas não podia simplesmente abandonar alguém que estava tendo dificuldade no treino.

    - Amihan-e dong-uihabnida. modeun anmuleul seoljeonghal su issdolog ulineun swibge geollilhaeyahabnida. Dangsin-i modeun geos-eul gieog han gyeong-u, geuneun deo eolyeoum-iissneun umjig-imgwa hamkke baeleul. Concordo com o Amihan. Precisamos ir com calma para que todo mundo acerte a coreografia. Temos só uma semana para treinar. E se você já decorou tudo, poderia ajudar o Bae com os movimentos que ele tem mais dificuldade.

    Olhou para Amihan em busca de apoio, apesar de ser nomeada líder, queria que todos pensassem no melhor do grupo

    - Naneun ttohan yaggan-ui daenseu jogag-e munjega dangsin-i gasoghagi jeon-e jom deo yeonseub-eul wonhagoissda. Eu também estou tendo dificuldades com algumas partes da dança e queria praticar um pouco mais antes de iniciarmos com a música.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qua Mar 29, 2017 7:42 pm

    Por sempre ensaiar com suas professoras, Eun-Ji já estava acostumada com alongamento,  mesmo que não soubesse vários exercícios. Ficou surpresa quando viu Hye-Rim chegar e a cumprimentou com reverencia. A moça não lembrou seu nome, mas não tinha problema.

    - Eun-Ji... – respondeu com simpatia quando Rim demonstrou o esquecimento – sim, eu me lembro da senhorita – sorriu.

    A antiga trainee foi ver qual música ensaiariam e a ruiva a acompanhava com os olhos, muito admirada por ter uma senpai também. Ela sabia dançar e se alongar, mas não se importou com as palavras da loira, iria aproveitar o máximo cada instrução que ela passasse. E foi o que fez. Extremamente focada, não viu quando Minsoo e Dam chegaram, nem mesmo quando Rim foi auxilia-los. Nesse momento concentrou-se em seu próprio exercício e em Yuki.
    Só quando a senpai passou a vez para Tae é que Eun-Ji viu Dam e Minsoo, sorrindo na mesma hora foi saudá-los.

    - Minsoo shi. Dam shi – curvou-se – não vi vocês chegarem. Que bom que vieram, que surpresa – ficou feliz por rever seus colegas e sorria sem parar – bem... vou voltar para o meu lugar.

    Yuki já tinha dado dica que talvez Dam fosse muito reservado, e pessoas assim geralmente gostavam de ficar quietinhas em seu canto e garota não queria ser a chata a incomoda-lo, por isso não fez qualquer tipo de pergunta. Além do mais, estavam ali para treinar e não para conversar.

    - Yuki – falou baixinho para Yuki antes que Tae iniciasse a sua parte – eles vieram. Que legal... não os vi chegando.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 74
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Qua Mar 29, 2017 7:50 pm

    Yuki corou ao ver a mulher borrifar o perfuminho no ar. Logo a Hye-rim chega, ela parecia profissional até no modo de se vestir. A garota parecia estar bem a vontade e animada. Yuki tenta copiar os movimentos de alongamento dela, mas estava difícil e erra algumas vezes, não era flexível. De repente Minsoo chega, nesse momento que Yuki perde mais o equilíbrio e quase cai no chão, se não fosse por Eun-Ji, teria caído igual uma fruta madura. Não queria fazer tão feio perto dele, mas seria impossível. Entretanto, quando ele começou a errar também e rir, Yuki não conseguiu segurar um sorriso amigavel, isso a deixava mais tranquila, não era a única ruim. Além disso, era fofo o modo como ele reagia ao próprio erro. E o sorriso dele era como um sonho.  Por isso, Yuki começa a ficar mais a vontade e sente que errar não parecia mais tão constrangedor. Porém ainda sentia medo de Minsoo sentir algum cheiro de peixe vindo dela, isso seria terrível. Por isso treina perto de Eun-Ji o máximo que podia.

    Dam no entanto, continuava caladão. Yuki acha que era o seu jeito de ser. Ela não podia julgá-lo muito, já que ela mesma tinha dificuldades até de falar com os garotos. Porém o que mais distraí Yuki é que Rim também era linda, isso a fazia sentir-se um pouco estranha quando a garota se aproximava de Minsoo.

    O alongamento acaba, enquanto Tae ia decidindo o que fazer, Yuki vê sua amiga cumprimentar os garotos, então faz o mesmo, só que apenas com um aceno e um sorriso tímido. Não queria passar vergonha caso eles sentissem algum cheiro de peixe, seria terrível isso para qualquer garota. Então aproveita e cochicha no ouvido de Eun-Ji:

    - É legal sim... Eun-Ji... Você está sentindo algum cheiro vindo de mim? Está muito forte? Não quero que pensem que não tomei banho... Apesar de eu ter ficado mais de meia hora no chuveiro... E lavado a mão umas dez vezes...

    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qua Mar 29, 2017 8:12 pm

    Diante da preocupação da amiga, Eun-ji sorri e respira fundo.

    - Não se preocupe, não tem cheiro nenhum vindo de você. E cheiro de peixe não fica tão impregnado assim a ponto de não sair com água e sabão. Se não sujou a roupa não tem problema - sorri para passar confiança para a amiga - está tudo bem.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Okley em Qui Mar 30, 2017 1:03 am

    Ouve a garota ouvir falar sobre a lagosta quase gaguejando, como um receio por estar ali. - Certo então vou ficar esperando.

    Vai na mesa onde está o note preparando o vídeo que quer mostrar, enquanto elas começavam a se alongar. Passava o vídeo no monitor e as meninas comentaram sobre ele. - Não é difícil só precisa de treino. Quero mostrar como é a movimentação delas no palco e ser graciosa para o público. Fazer isso naturalmente, para agradar mais as pessoas.

    Logo após, chega Rin, ficou bastante aminado dela ter vindo, tinha conversado bastante para faze ela vir. Foi até ela, a cumprimentou e mostrou também rapidamente o local para se sentir em casa.  Que logo viu o vídeo, nesse momento já estava rindo adivinhando o que viria acontecer.

    - Sim vamos ensaiar isso.... Vai ter que ser delicada. – Disse em forma de deboche para ela, com um sorriso no rosto. Resolveu explicar o motivo deter escolhido aquele para começar os ensaios – Prometi a elas um bom posicionamento para as câmeras e algumas técnicas uteis.... Quando elas aprenderem esse, você mostra um mais divertido.

    Estava bastante feliz por causa que Rin estava empolgada em participar, era como adivinhasse o que ele queria que ela fizesse. Ela assumiu o alongamento e explicar a importância do mesmo, ele só acompanhou rápido e de leve pois ele já estava aquecido.

    Nesse momento aparece Minsoo, que rapidamente se posiciona, fez um reverencia. Seguido pelo Dam, atrasado ao treino, com uma cara de cansaço, ficou preocupado com a situação do garoto, o que e levaria a se apresentar daquele jeito, não se preocuparia com isso nesse momento. Aproveitou para ter uma boa noção de como cada um era ali, para já poder como ajuda-los.

    Ficou contente de ter escolhido aquela música pois poderia ajudar as meninas, no que precisava e ajuda-las de forma conjunta. Já os garotos deveriam ter uma abordagem mais pessoal. Até que Rin passou a vez para ele, pediu que ajudar os garotos, se alguém queria comer uma coisa, era como uma direta para o Dam descansar antes de começar.

    Nesse momento mostraria as técnicas e coreografias para as garotas, eram tarefas que deveriam fazer, até que fizessem sozinhas, ele e Rin com personal iam ficar auxiliando cada uma. Para os garotos se quisessem, ajuda de como cantar e dançar ao mesmo tempo, coreografias fáceis que poderiam se usadas em conjuntos, era mais para sincronismo e timing, importante para os dois. Ajudar já era um treino para ele e para Rin pois estava mais acostumado ao ritmo.

    Se aproximou das garotas, parou bem no centro do salão, virado para frente para o espelho. Fez as duas garotas ficarem uma a cada lado dele também viradas para o espelho.

    - Assim como toda arte, a dança expressa um sentimento, se você não sentir música, você está mentido para as pessoas, elas não gostam de ser enganadas e não acreditam na música, não acredita em você. – A coluna dele mantinha reta, sério, comprometido no que fazia, fez com que as meninas ficar na mesma posição, qualquer mudança ele já olhava pelo espelha ela em um olhar fulminante - Você pode por muitos sentimentos na música, as pessoas vão ver o que vocês querem que elas vejam. Qual é o sentimento? Busquem no fundo da alma.

    Ele fechou os olhos, respirou fundo, como soubesse Rin aperta o play da música.  E começa a coreografia mostrando até o fim, de forma bem suave e sóbria, para ver. Sem parar por erro que elas poderiam fazer.

    Assim foi mostrando as lições para meninas boa parte da coreografia, por mais que Rin assumiu a maior parte. Com os garotos conversou para conhecer melhor eles, falou sobre cantar e dançar ao mesmo tempo, com alguns passos de coreografia, para sincronia e timing, nada de uma música especifica ou elaborado, afinal as garotas estavam ensaiando.

    De uma em uma hora paravam para descansar e beber agua. Na hora do almoço foi servido em uma mesa das churrasqueira do condomínio que fica perto de onde estavam, salmão grelhado ao molho de maracujá, rocoto e gengibre servido com arroz de verduras ao wok; salada verde com morango e queijo branco; sobremesa raspados de frutas.

    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qui Mar 30, 2017 12:52 pm

    Super atenta às instruções de Tae, a ruiva sorria, queria expor o sentimento da música como dito. Fecha os olhos e procura sentir a com mensagem da letra. Ensaiou sem parar os passos dados até o primeiro intervalo, onde caminhou até a mesa de lanche e pegou uma barrinha energética, caminhou até Dam e ofereceu a barra.

    - Você foi muito gentil comigo aquele dia - disse com um sorriso tímido porém animado -  eu quero retribuir o gesto. Voce parece bastante cansado e aqui diz barrinha eenergética. - aponta para o rótulo do doce - espero que goste. Obrigada outra vez e me desculpe pelo incomodo.

    Dito isso saiu correndo e, feito aquelas brincadeiras de escorregar para sentar, ela desliza até Yuki e fala enquanto deita no chão:

    - Sou muito chata nee? Fico pedindo desculpas pelo incomodo e fico lá iincomodando. - parecia um pouco desolada - espero que ele não me odeie. Fiquei um pouco preocuada... Só isso. - ela sentou novamente.-  será que eu fiz mal em ir lá? 

    Ela queria ter um assunto para conversar com Dam, mas nada vinha à sua cabeça além da preocupação com o estado de saúde dele.

    Depois não incomodou mais o garoto e apenas sorriu para ele durante o delicioso almoço. Coisa de livro aquele banquete.

    - Uau Tae shi, nunca estive em uma mesa tão farta.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 74
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Qui Mar 30, 2017 9:59 pm

    Yuki fica tranquila com a resposta de Eun-Ji sobre seu cheiro e respira fundo, faz uma força para acreditar na amiga, já que estava traumatizada com as pessoas da escola. Quando começam a treinar, fica um pouco tímida quando Tae começa a ensaiá-las, ainda mais quando ele chegava perto. Yuki era muito dura para dançar e faltava coordenação, mas se esforçou durante o treino e no fim até achou divertido. Queria ter tido dinheiro para fazer aulas de dança antes de entrar no concurso. Já tinha pensado nisso algumas vezes, mas seria impossível, pois teria que ter dinheiro e tempo.

    - Nunca pensei que dança pudesse ter sentimento... - Comenta Yuki meio que pensando alto.

    Então Eun-Ji comenta com ela sobre o Dam, Yuki logo responde o que acha:

    - Você não é nada chata. Eu acho que ele não vai te odiar por isso, é até bom, talvez consiga fazer amizade com ele sendo assim. Só arriscando que vamos saber como ele é também.

    Na hora do almoço, Yuki espera os outros se servirem, só para depois se servir. Era uma coisa que tinha aprendido com a família. Nunca tinha comido algo tão refinado, tentou observar como os outros faziam para comer e os imitou com medo de fazer algo considerado falta de educação. Sabia que os ricos tinham manias de etiqueta que não conhecia.

    - Isso está delicioso - Comenta enquanto come, depois tenta agradecer ao Tae, sem olhá-lo nos olhos - Obrigada mesmo Tae...

    Depois que comer, vai pegar seu prato e levar para lavar. Não gostava de dar serviço aos outros, ainda mais depois de comer de graça. Só não vai fazer isso se insistirem para ela não fazer. Também se oferecerá para lavar o prato dos outros quando levantar:

    - Deixa que eu lavo os pratos de vocês - Diz simpática.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qui Mar 30, 2017 11:21 pm

    Ouve atentamente as palavras de Yuki e sente-se aliviada com a opinião da amiga.

    - Aaaaah Yukiiiii, obrigada - sua animação voltava depressa - você tem razão, acho que me preocupo demais. Sabe, tenho medo de ser mais odiada que na escola... aqui não é a escola e queria... - olha para o chão - que aqui fosse diferente... estou tentando fazer amizades... você tem uma visão tão ampla das coisas, amiga - queria conversar um pouquinho mais sobre aquele assunto e prossegue - é tão bom estar com vocês todos. Vejo o Minsoo e é tão fácil conversar com ele e olho o Dam e... não sei o que pensar. Ele parece cansado, você não acha?

    Durante o almoço, permanece calada, como era de costume em sua casa, apenas rezavam e um silencio sepulcral  baixava na mesa, apenas o barulho dos hashis era ouvido. Antes da refeição faz sua oração e fica em silencio, mas arregala o olho espantada quando vê que os outros conversam normalmente à mesa. Era uma cena rara para ela. Ela só observa o que acontece.
    Só ao fim da refeição é que fala algo.

    - Quer que eu ajude, Yuki - oferece sua ajuda à amiga, ela já era habituada ao afazeres domésticos graças à educação rígida de sua mãe e avó.

    Depois olha para Tae e Rim e os questiona diretamente:

    - Tae sunbae, Hye-Rim sunbae, como acham que me saí até agora na aula? Tenho alguma chance? - olhava firme para eles - não quero ser relapsa de forma alguma - ela respira fundo e continua - sunbae, não sei como será essa parte da audição e por isso também estou ensaiando uma coreografia. Será que vocês poderiam me avaliar depois do treino? - ela tinha muita determinação na voz e no olhar.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Okley em Sex Mar 31, 2017 8:01 am

    Naquele primeiro intervalo só deu para dar o que tinha para fazer diante as câmeras. Estava contente, tinham conseguido pelo menos se soltar e ficarem confortáveis. Yuki se demostrou um pouco deslocada, mas depois entrou bem no ensaio. Ele continuava analisando e mostrando a postura, de vez enquanto falava com Rin sobre como estava indo, se tinha algo ajudá-las.

    Na hora do almoço, foram ao local onde já estava posta o almoço. Foi deixado a comida em cima da mesa para se servirem, se preocupou em deixar bastante casual, afinal eles não estavam acostumados a uma etiqueta em mesa, não tinha necessidade de tais regras. Ficou atento se nenhum vizinho passar naquele momento e reclame da “bagunça de adolescentes” no local, não tinha muito que se incomodar mas poderia levar uma multa.

    Sentou ao lado da Rin, estava simpático e sorridente, conversou durante o almoço sobre grupos e artistas tanto nacionais e internacionais, alguns dançarinos de destaque, cantores de destaque. Aproveitou e falou melhor sobre UI, mostrando com o celular, músicas e fotos dos doramas que ela participou. Puxou mais para o lado da cena de música, afinal era o que estavam envolvidos.

    – Fico feliz que gostaram! Muito obrigado! – Agradeceu o elogio da mesa, simpaticamenteMesmo quando Eunji falou que estava farta, na verdade não era uma mesa farta para os padrões.

    Ate que as duas meninas se levantavam se oferecendo para lavar a mesa, ele se levando rápido fala – Não precisa, a nossa empregada vai fazer isso, larga isso. – Assim que a empregada da família do Tae, percebeu que as meninas iam fazer, rapidamente pega o prato das meninas em um puxão, dizendo que não precisava. – Não levem tão a sério, ela é desse jeito, fica ofendida se alguém quer fazer o trabalho dela.

    - Você se saiu muito bem tem bastante talento para a dança, mas tem que treinar mais para ficar melhor. – Respondeu Eunji que veio conversar com eles, assim que que retornam ao salão. – Não sei direito como vai ser, acredito que será em grupo, mas pode ter performance solo também. Seria ótimo ver você fazendo uma que vai de interesse pessoal. Vou dar minha avaliação sim, vou ser sincero.

    Falava tentando analisar a menina de como poderia ajudar mais, fez umas perguntas para poder refletir mais da apresentação - Qual estilo de música você gosta? Você tem um assunto de te interessa mais? Amor? Se tem um namorado na escola ajuda em músicas românticas.... Sensual que não é, visivelmente, mas não é um defeito, afinal tu é mais aegyo. Aegyo tem que ser trabalhado bastante no posicionamento da câmera e de palco, pois o que poderia ajudar pode acabar ficando sem graça nenhum– Fez essa afirmação olhando para Rin para ver se concordava.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Sex Mar 31, 2017 12:40 pm

    A conversa na hora do almoço foi muito produtiva e Eunji gostava da sinceridade de Tae, só assim saberia onde melhorar, e isso era algo que ela queria muito.

    - Agradeço sua sinceridade, prometo que vou ensaiar bastante.

    Uma criada veio retirar os pratos e Eunji achou engraçado o jeito dela, fazendo-a lembrar das histórias clássicas e conseguia imaginar ela com trajes de época.

    A conversa prosseguia e Tae fez perguntas pertinentes sobre sua coreografia.

    - Gosto de dança enérgica-  sentiu-se constrangida quando ele falou sobre danças sexy-  realmente não gosto desse estilo. Faz pouco tempo que estou envolvida com música e também venho de uma família muito religiosa. Acho que preciso de mais tempo para me soltar desse jeito. - ficou visivelmente corada e baixou a cabeça quando questionada sobre namorados, lembrando o jeito de Yuki. Sentiu o rosto quente e cobriu as bochechas com as mãos.-  n... Não não não tenho namorado não.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 74
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Sex Mar 31, 2017 8:59 pm

    Ela presta atenção ao escorregão de Eun-Ji e já ia correr para ajudá-la quando percebe que era só uma brincadeira. Coloca a mão no peito suspirando após o susto passar. Sobre o Dam e os garotos, Yuki responde:

    - É, ele parece muito cansado... Talvez ele trabalhe. Eu queria ter essa sua facilidade de falar com os garotos... Mas de minha boca só saem bobeiras quando falo com eles... Desse jeito nunca vou achar um na... É melhor não falar aqui essas coisas....

    Como a empregada fez questão de levar os pratos, Yuki não os lava, mas não achava que ofenderia a empregada assim. Seria uma ajuda, de qualquer forma, deixou isso para lá. Também nota que Tae e Eun-Ji conversam muito bem, mas estava se sentindo deixada um pouco de lado. Ela olha ao redor e percebe que não tinha muita intimidade com os outros, ainda mais porque eram garotos. Mas havia a Hye-Rim e não custava conversar com ela. Então se aproxima da garota e comenta algo:

    - Obrigada pela aula de alongamento, você é muito boa... O clima está bom não é? Fresco é bom para treinar... É... O que você gosta de fazer para se divertir? Nas horas livres, se é que tem horas livres. Acho que com esse concurso, ninguém terá horas livres... Conhece o Tae sunbae há muito tempo?
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1206
    Reputação : 57
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Sex Mar 31, 2017 9:38 pm

    Sua maneira de se sentar assustou Yuki e ela deu risada mesmo assim, da amiga, não imaginava que ela iria se assustar. Eun-Ji só estava se sentindo a vontade entre pessoas que gostavam da mesma coisa que ela. Já que em casa e na escola ela era reprimida, ao menos ali podia ser ela mesma, mesmo sendo tímida ela conseguia se soltar uma pouco mais. Cantar a libertava e dançar também, porque não?

    - Hihihi! Desculpe se te assustei, não foi minha intensão
    - depois elas continuaram a conversar e falaram sobre Dam - trabalhar? É mesmo né, pode ser - pensou no quão difícil isso poderia ser e olha para Yuki, pois sabia que ela vivia situação semelhante - facilidade? Ah não, eu só estou me esforçando um pouco. É difícil para mim também, mas estou tão feliz que quando vejo já estou falando. Não tenho dimensão do quão chata posso estar sendo, por isso estou tão preocupada - Yuki parece que ia falar namorado, mas não tinha certeza, mas que assunto não seria bom de falar ali - na... morado? - completou a frase de forma bem baixinha - falar o que? Sobre namorados? - a ruiva arregala o olho, também não manjava desses assuntos. Tudo que ela sabia sobre romance estava nos clássicos da literatura - eu só consigo falar sobre música com eles e nem isso faço direito por que não sei muita coisa sobre música também... fora isso acho que me sentiria envergonhada em falar com eles - fica enrubescida, mas mesmo assim revesgueia para Dam depressa - é, não vamos falar sobre isso aqui...
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1128
    Reputação : 128
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Sab Abr 01, 2017 11:39 am

    Yuki, Eun-Ji e Tae
    Spoiler:

    Minsoo sorriu gentilmente, cumprimentando as garotas educadamente. A ruiva, com a reverência, e Yuki, que estava mais distante, com um sorriso e um aceno. Era um rapaz de bem com a vida.
    Dam pigarreou ao ser cumprimentado e olhou para o lado antes de fazer uma reverência breve e formal, mas tentava parecer uma pessoa normal.

    - Vou acabar quebrando alguma coisa - Rin riu do deboche de Tae sobre ter que ser delicada na música, mas entendia por que aquela música tinha sido escolhida. Não era possível iniciar ninguém retraído na dança com um hiphop logo de cara em pouco tempo. Ela assentiu antes de começar suas instruções.

    (...)

    Hyerin era uma ótima assistente de Tae, parecendo em sincronia. Enquanto ele auxiliava as meninas, que estavam mais prontas, ela foi conversar com os garotos. Em uma dada ocasião, ela acabou agachando no canto para conversar com Dam sentado no chão. Enquanto isso, Minsoo era compreensivo e fazia os exercícios que ela tinha pedido. Era o aluno sem talento para dança mais tranquilo e comprometido que os dois já tinham conhecido.

    Depois, a loira o auxiliou a liberar a música e também a ensinar os passos da música para as meninas. Quando necessário, ela passava os movimentos de uma forma um pouco mecânica. Era precisa, porém, talvez por vergonha, era apenas professoral e correta, sem incluir a fofura necessária, o tal do “sentimento”. A explicação de Tae fazia todo o sentido, pois por mais que a loira dançasse de forma “perfeita”, enquanto ela não sorria o bastante, algo parecia estar faltando. Ela aproveitava de sua “posição” enquanto auxiliar para não ter que entrar completamente no clima da música, e Tae percebia isso.

    Mesmo assim, era bem útil. Ela circulou entre as meninas e ajudou a corrigir postura delas. Yuki era a que mais precisava desse auxílio, pois sua timidez as vezes a deixava um pouco encolhida.

    - Está estragando minha aluna - murmurou com bom humor para o garoto e falando mais baixo. - Você a deixa nervosa - comentou isso sem olhá-lo diretamente, com um sorriso discreto no rosto. Ainda que tivesse aquela postura de menina durona, quando falou isso, seu rosto também esquentou um pouco.

    Além dessa pequena observação, havia algo impressionante sobre as duas meninas. Até no momento em que cantarolavam sem compromisso, elas acertavam as notas, como se a música realmente fizesse parte delas. Ritmo também não era problema para elas, o que ajudava a aprender a dançar.

    Enquanto isso, Minsoo era espirituoso e imitou um gesto na parte das meninas também, rindo de si mesmo. Ele tentava ensaiar, a sua maneira, os passos mais simples, seguindo Tae em sua sobriedade. Dam olhava tudo aquilo de longe, mas aos poucos, e bem discretamente, e no fundo da sala, ele fazia menção de fazer os movimentos também.

    Durante uma das pausas, a ruiva se aproximou de Dam com uma barrinha energética. Ele olhou meio desconfiado primeiro, mas quando ela se explicou, um pequeno sorriso surgiu automaticamente no canto dos lábios do rapaz, que desviou o olhar.

    - Obrigado. -  Observou a barrinha em sua mão e continuou sorrindo de leve, saindo para dar uma volta em seguida.

    O efeito daquilo tinha sido aparentemente positivo. O garoto comeu a barrinha e acabou, na sequência, se esforçando mais no treino, ou pelo menos parecia mais atento, como se cada gesto do coreógrafo fosse muito importante.

    Assim, no almoço, todos eles pareciam um pouco impressionados com a mesa farta e Minsoo elogiou o sabor dos pratos. Ele observou Yuki com curiosidade em sua tentativa de lavar os pratos até o momento que voltou a se sentar, sorrindo para si mesmo.
    Dam também agradeceu, em voz baixa. Rin parecia satisfeita e sorria sozinha, mas tinha uma postura um pouco dura a princípio, mas isso se desfez.  Ela complementou o comentário de Tae:

    - Está indo bem. Você realmente só precisa treinar e se soltar. Podemos conversar depois. - ela ouviu os comentários dele bem sinceros sobre a ruiva e desviou os olhos discretamente quando comentou que a menina não seguida a linha sexy - Bem, o aegyo treinado corre o risco de parecer forçado. Ele é mais sobre a reação que você causa nos outros. -  e sorriu, achando graça da reação sobre ter um namorado.

    - Bem, isso foi aegyo - Minsoo comentou gentilmente sobre a reação da ruiva, causando um sorriso da loira. Dam olhou para baixo, mas permanecia sério.

    Rin ficou animada quando ouviu a menina falar que gostava de músicas mais animadas.

    - Podemos trabalhar com isso depois. Eu também prefiro as músicas agitadas. - Foi pega de surpresa pelas perguntas e Yuki, mas virou para conversar com ela. - Obrigada. Eu treinei bastante quando era da outra empresa. Foi lá que eu conheci o sunbae. Nas horas livres eu…  acho que meu hobby sempre foi dança.

    - Tae-shi, obrigado por nos chamar para os treinos. Eu sinceramente achava que eu não iria muito longe por causa disso, mas agora eu sinto que tenho alguma chance. - Minsoo aproveitou a pausa para comentar.

    - Por que resolveu fazer isso? - Dam cortou o silêncio, fazendo uma pergunta sincera, em seu tom sóbrio.



    Novamente, cheers quando e como vão voltar a treinar está em suas mãos.
    Também encerro isso quando quiserem. Feliz de estarem se divertindo. hahaha

    Mi Nam
    Spoiler:

    Bae ergueu o rosto e pareceu surpreso com a atitude do colega de quarto. Até ganhou um pouco de postura. O loiro é que visivelmente não tinha gostado nada da atitude e fez uma careta, olhando irritado para os lados.
    - Tá, tá…

    Contrariado, ele largou os braços ao lado do corpo, de má vontade de esperou que Amihan retomasse os ensinamentos.

    - Muito bem, Go Mi Nam, é assim que precisamos pensar, no conjunto. Vamos seguir. Aqui, da parte que você achou mais difícil, Bae.

    Ele recomeçou a ensinar e o loiro tentou se concentrar um pouco. Ele olhava a todo momento para Eu Se com uma expressão dividida. Estava observando se ela realmente tinha dificuldades na dança, o que não era totalmente verdade. Com sua noção de ritmo, era bem fácil marcar mentalmente pelo menos cada primeira sequência de movimentos. Bae estava quase chegando lá. Min-ki não prestava atenção em tudo que o professor falava, por isso, embora soubesse para onde ir, o detalhe do movimento, como movimento de mãos e ângulo de pernas, não era muito bem executado. Ao menos, Amihan tinha conseguido passar, por cima, a coreografia da música inteira, e agora tentava reforçar os pontos do refrão, que considerava mais importante.

    A música do outro grupo parou de repente, o que foi um alívio para os ouvidos de Eu Se. Alguns deles começavam a recolher as coisas para uma pausa. Bastava qualquer ruído externo para que seu colega ficasse olhando para trás, no mundo da lua. Foi só ver que três deles já estava saindo, que ele declarou:

    - Vou tomar uma água.

    - Tudo bem…  - Amihan suspirou, mas era um amigo paciente - estamos dançando faz um tempo. Podemos parar um pouco. Pausa de 10 minutos?

    - Eu quero ficar. Não estou com sede, vou treinar um pouco mais - Bae falou meio tímido. - Quero alcançar vocês…

    - Não, não, vá tomar uma água, lavar o rosto. É importante descansar também.

    O quarteto tinha um tempo para recuperar as energias, o que era bom, porque todos estavam um pouco cansados. Acontece que o professor mal tinha dito isso e o loiro já estava ali no meio do outro grupo, já rindo e contando piadas.

    O professor deu um tapinha nas costas de Eu Se e foi ao banheiro, enquanto Bae passou por ela antes de sair para respirar um pouco.

    - Obrigado pelo que você fez…

    O garoto gordinho foi em direção ao bebedouro. De repente ela viu o loiro saindo junto com as irmãs e o garoto chinês pela porta principal do hotel. Não parecia que eles iriam demorar só 10 minutos...
    Será que apesar de tanto esforço, ela acabaria falhando no concurso por causa de outras pessoas?
    Conteúdo patrocinado


    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Ago 18, 2017 1:23 pm