Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    2º passo - Dança

    Compartilhe
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1113
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qui Abr 20, 2017 10:50 pm

    Para defender a amiga, Eun-Ji ignorava os cochichos que ouvia, não dando atenção a eles. Estava focada de mais. Mesmo depois da fala de Tae ela não esmoreceu, acreditava que defender a amiga era certo. Ela detestava o loiro quando ele olhava com desprezo para Yuki, somando isso mais a fala de Tae, ela se afasta do grupo, mesmo depois de ver que Dam também tentava apaziguar a situação, mas aquilo foi demais para ela. Só esperava que o loiro-caminhão sentisse muito por ter machucado Yuki. Ela mesma não queria desavenças numa competição tão bonita.

    Sentiu as palpitações no coração e foi para fora tomar um ar fresco antes de ver como a amiga estava. Sentia que não poderia ajudar na situação em que se encontrava.
    Caminhava devagar controlando a respiração, abraçou os próprios braços e de repente ouviu passos atrás de si. Encolheu-se, em um ato reflexo, já esperando um empurrão ou um tapa, quando sentiu alguém lhe segurar o braço. Virou-se depressa em posição de defesa e viu Dam. Esperou que a agressão partisse dele, porém quando ele perguntou se ela chorava, concluiu que ele não faria mal a ela. Ficou feliz em vê-lo, ele parecia preocupado. Ela secou os olhos depressa.

    - Não... não estou chorando não... já passou – tentou sorrir para ele, mas só conseguiu olhar para o chão – eu não estou nem aí para a briga do Tae com aquele outro participante, só fui lá para defender minha amiga. Ela merece... – respirava fundo e esfregava as mãos na calça para secar o suor – eu... eu sei o quanto é importante ter alguém que nos apoia nos momentos difíceis e quero fazer isso por ela – ela se encosta na parede, buscando controlar a respiração, não queria ter uma crise naquele momento, muito menos na frente do garoto que gostava – ah... me desculpe, Dam shi – sorriu sem graça – passei a semana toda evitando te chatear e agora estou aqui te incomodando. Deve ser muito difícil para você aguentar isso, né? – não ousou mais encara-lo, só voltou a olhar para ele um tempinho depois – obrigada por ter se manifestado em favor da Yuki... foi muito gentil... e... cavalheiro... parecia um príncipe da literatura clássica que defende a mulher amada... quero dizer – um pouco atrapalhada se corrigiu depressa – os mais fracos, os amigos... aaaah – envergonhada e sentindo-se culpada, ela se vira para parede e apoia a testa nela – me desculpe... me desculpe... por estar te importunando... por favor... não deixe de falar comigo por causa disto... não me odeie também... o Tae sunbae vai me odiar né... ah... tenho que ver como a Yuki está – tentou desviar do assunto, estava morrendo de vergonha. Depois falou baixinho – obrigada! Pela Yuki e... por ter vindo...
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 417
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Sex Abr 21, 2017 2:07 am

    Eu Se sorriu radiante com a resposta de Min-ki. Achava ele tão fofo tímido e estava grata por todo aquele clima ruim ter ficado para trás. Ela lhe estende o dedinho, um gesto de promessa que as crianças costumavam fazer, esperava que ele entendesse o gesto.

    - Yagsog Prometo

    Então ela se levanta e estende a mão para Min-ki levantar. Depois espreguiça o corpo, precisava relaxar seus músculos tensos antes da coreografia. A garota começa a massagear os próprios ombros. E vê que Amihan estava falando sobre esse assunto com Bae.

    - Naega gaeseonhaeyahabnikka? No que eu preciso melhorar?
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1059
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Sex Abr 21, 2017 6:03 pm


    Eu Se
    Spoiler:


    Min-Ki olhou surpreso, e bastante envergonhado para o dedinho em riste dela. Ele olhou para os lados, com medo que os companheiros debochassem, mas Amihan deixava Bae bem ocupado explicando sobre os passos de dança. O loiro franziu o cenho e sorriu largamente.

    - Você é esquisito, Go Mi Nam. - e selou a promessa com o dedo, oferecendo a mão para que ela o ajudasse a se levantar em seguida. Já em pé, ele se esticou. -  É isso. Vamos terminar logo isso. Temos que comer alguma coisa também antes que o intervalo termine.

    - Eu peguei sanduíches para vocês… - Bae comentou e então Min-ki sorriu e exaltou o amigo. Enquanto isso, Amihan chegou perto para respondê-la e lhe lançou um olhar muito significativo e estranho.

    - Você está indo bem... Só tome cuidado com as suas mãos. - Ele imitou um movimento da dança com bastante firmeza. - Coloque mais poder. - e então se aproximou mais ainda de Eu Se, falando baixo - Trabalhe o tônus do seu corpo.  Você deveria prestar mais atenção nele - Amihan indicou Min-ki com a cabeça. O loiro tinha os braços fortes, apesar de não ser muito alto. Seus movimentos naturalmente tinham energia, embora ele tivesse um estilo mais "largado". - Ele também não é muito alto. Um garoto como você muito provavelmente seria desse jeito. - Amihan sorriu de canto, apreciando sua reação.

    Eun-Ji
    Spoiler:

    Dam observava a menina com um ar misterioso e sério, seus olhos não deixavam transparecer exatamente o que ele pensava, deixando Eunji mais confusa sobre a impressão que causava nele. Foi só quando ela comentou sobre sua atitude que ele deu um pequeno sorriso, soltando um riso abafado em seguida.  Quando ela terminou, os olhos dele mudaram um pouco, mostrando muita serenidade acompanhada por um sorriso contido. De repente a ruiva sentiu algo pousar em sua cabeça. A mão do rapaz lhe fez um afago de leve nos cabelos.

    - Você se preocupa demais. - anunciou, recolhendo a mão e pigarreando de leve, olhando para o lado por consideráveis segundos antes de voltar a falar - Não deve pensar tanto sobre o que os outros vão achar de você… - pensou um pouco e voltou a olhar para ela. - Na realidade, se alguém não gostar de você, provavelmente essa pessoa está errada. - ele prontamente continuou a outra frase - Não leve a sério o que Tae diz. Os objetivos dele nessa competição são outros. Não temos como saber o que se passa na mente dele. Lembre-se de que ele conhece esse meio. Não devíamos confiar cegamente nas coisas que ele faz. Não me sinto bem de falar disso, pois reconheço que sua ajuda foi fundamental para todos nós. Mas não se deixe levar. - fez uma nova pausa - De qualquer forma, você está se sentindo melhor?

    Yuki
    Spoiler:

    Minsoo evitou sair do local, pois sabia que o loiro tinha ido naquela direção, mas deu uma volta com a garota até o outro extremo da quadra, sentando-se a seu lado na arquibancada, o mais isolado possível do restante, e ainda fez uma proteção física com as costas viradas para o restante, para que curiosos não vissem a menina chorando. Enquanto ela falava, o garoto tinha o rosto abaixado e um sorriso triste. Parecia sem saber o que fazer, pois mexia os dedos com alguma coisa na mão. Quando ela pediu desculpas, a primeira coisa que ela ouviu foi um “Não”, e de repente, um guardanapo apareceu a frente de seu rosto.

    Spoiler:

    - Nada disso tem a ver com você. Por favor, esqueça toda essa briga. Não é justo te envolverem nisso. - ele segurava a arraia de papel pelo canto. - Isso é para você. Você ama o mar, não é? - sorriu de leve. Uma pequena lembrança de que ela tinha comentado aquilo no primeiro dia do programa. - Eu sei que isso não muda nada o que aconteceu, mas… a verdade é que todos só queriam te proteger. Não por culpa sua, mas porque somos amigos e nos preocupamos. A verdade é que tudo aconteceu por um desentendimento fora daqui. Por um acaso, fomos envolvidos nisso, mas, vamos resolver, tudo bem?  Er… desculpe pela dobradura. Eu acho que isso foi uma ideia boba, não é? Você não é uma criança...  -  riu sem jeito e coçou a cabeça.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Okley em Sex Abr 21, 2017 6:57 pm

    Em todo momento da confusão mantinha uma expressão séria, imóvel como se não deixava se abalar pelo que Minki fazia. Com preste a defender a qualquer um pelo que Minki fazia, por mais que Dam ficasse irritado com a atitude do loiro, a briga era entre Tae e Minki, não deixaria que ele tornar a confusão maior.

    - Já pode partir então... – Sendo bastante curto e grosso na resposta de ser apenas um mal-entendido. Quando Go Mi Nam, chegou para desculpar e o resmungo de Minki. Virou para ele com o peito estufado, olhando bem nos olhos. – Como eu disse pode ir para onde você estava. Desculpa vazias não servem para nada não é verdade.

    As palavras faziam como memorias de um passado não resolvido. O clima só aumenta mais, por mais que uma agressão por parte de Tae estava longe de cogitação. Minsoo na habilidade diplomática, se colocou no meio pedindo, que após de um segundo de reluta, já estava para acabar por ali a conversa. Já virando de costa para ele seguindo a direção das garotas.

    - Quero acreditar que o WINGS não acabou de vez. Que você ainda continua com os mesmos sonhos que tivemos um dia. O que parece que chegamos ao fim realmente. – Disse com um nó na garganta, bastante emocionado. Não olhou para o Minki depois daqui com a cabeça baixa, segurando o choro, saindo rapidamente dali nem ouviu a resposta dele.

    Olhou par a Peach se preparando para ir falar com ela, até que Heyrin afasta o pessoal, e para na frente dele. Olhou para ela, baixou mais um pouco a cabeça e caminhou ate o vestiário , como queria ficar um pouco sozinho.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1332
    Reputação : 63
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 21, 2017 10:25 pm

    Yuki começou a ficar envergonhada por chorar na frente do Minsoo, para ela não era bom expor suas fraquezas. Ele estava mexendo em algo, mas Yuki ficava de cabeça baixa envergonha e não ousava olhar demais para ele. Quando Minsoo responde suas desculpas com um não, ela se assusta e sente seu coração dar um pulo. Já ia ficar mais triste quando viu o origami no guardanapo. Era tão fofo e incrível, parecia difícil de ser feito e ficou surpresa por Minsoo ter essas habilidades.

    Quando ele começa a falar, Yuki fica sem palavras e surpresa por ele se lembrar que ela gostava do mar. Não conseguiu evitar de corar. Devagar e com movimentos cautelosos ela pega o origami e fica olhando para ele e admirando enquanto ouve o resto das palavras de Minsoo. De repente mais lágrimas se formaram em seus pequenos olhos, dessa vez porque ele tinha sido muito legal com ela, e coisas assim não costumam acontecer. Era a primeira vez que ela ganhava algo de um garoto, embora fosse simples, era como o melhor presente para Yuki, principalmente porque tinha haver com ela.

    -N-Não... Não é bobo... - Respondeu enxugando as novas lágrimas, abriu um sorriso tímido e disse - Como você fez isso? É incrível... Eu gostei... É lindo... Vou guardar para sempre!

    Yuki virou o rosto para o outro lado envergonhada, seu coração batia muito forte de um jeito que não entendia. Tinha exagero no que falou do origami, embora para ela fosse verdade, podia parecer estanho para o garoto. Então tentou consertar:

    - Mianaeyo... Acho que ando um pouco... Emotiva...

    Depois se lembrou de Eun-Ji e ficou preocupada, não sabia como sua amiga estava, então olhou ao redor procurando pela ruiva e avisou ao Minsoo:

    - Eun-Ji...Preciso ver se ela está bem...
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1113
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Sab Abr 22, 2017 2:31 am

    Por um bom tempo Dam fica calado, deixando Eun-ji bem nervosa e preocupada. O que ele estaria pensando? Será que a xingaria? Bateria nela? Antes de abaixar a cabeça, ela consegue ver seu lindo sorriso, o que ela amava tanto. Pouco depois sente a mão dele lhe fazendo um singelo afago, isso fez o coração da jovem bater acelerado e a deixou mais nervosa ainda.  E mais, ele falava com ela, muito mais do que uma simples frase. Estava sendo gentil e amável, e de certa forma, ajudando-a com sua própria confusão. Que voz doce que ele tinha, e como era ponderado ao falar, bastante consciente do que dizia. Esse era um Dam maravilhoso aos olhos da garota. Ergueu sua cabeça para ele para prestar atenção às suas palavras.

    - Eu não me preocupo tanto assim com isso, Dam shi – queria chama-lo oppa, mas isso seria impossível. Ela continua sua fala, mas dessa vez seus olhos voltam a marejar, revelando uma dor muito grande em seu âmago – só tenho medo da reação delas – ela esfrega o próprio braço e sacode a cabeça, como quem quer espantar lembranças amargas e dolorosas.

    De repente ele fala algo tão profundo, que enche o coração dela de alegria, mas logo ela volta à sua realidade e se entristece novamente. Ficou feliz por saber que ele se preocupava com ela e triste por saber que quem deveria ama-la não o faz.

    - Só a professora Bora, professora Sonja e a Yuki gostam de mim – a rejeição de sua própria família e dos colegas de escola nubla completamente a feição da moça, que deixa rolar uma lágrima, depois outra e depois mais outra – como posso dizer que essas pessoas estão erradas, Dam shi? Não posso... elas odeiam, simples assim... – ela passa a mão no rosto para secar as lágrimas e olha para Dam, querendo saber se ele também era uma das pessoas que estavam erradas, como ele mesmo disse. Seu olhar continha uma súplica e curiosidade sobre a resposta. Como alguém lindo e perfeito como ele iria enxergar alguém tão inócuo quanto ela?

    Ela ouve com atenção a explicação dele a respeito de Tae e até entende o que Dam queria dizer e concorda com um aceno de cabeça. Fica intrigada, mas também agradecida por ele reconhecer a ajuda do astro pop.

    - Ele ajudou bastante mesmo... – Dam era muito sério falando essas coisas e ela admirava isso. Ele conseguiu deixa-la mais calma e ela revela isso com um sorriso tímido – obrigada Dam shi, estou bem melhor agora... eu faria um afago na sua cabeça, mas não alcançaria ela, sou tão baixinha – e dá uma risada meiga e contida de sua piada – acho que eu fiz uma piada, não é? – ela não costumava fazer piadas, aliás, nunca tinha feito uma, mas parecia que isso ajudava a descontrair o ambiente. Não queria ofende-lo nem nada, apenas tentou ser espontânea – me perdoe – e esconde o rosto com as mãos, depois estende uma delas na direção da cabeça dele, mas a recolhe depressa ao ver que não alcança. Ao menos não chorava mais.

    - Você ainda é meu amigo, Dam shi? – perguntou em um tom de esperança – eu vou poder conversar com você?
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 417
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Sab Abr 22, 2017 5:27 pm

    A garota escuta o comentário do dançarino e tem várias reações ao mesmo tempo, primeiro fica chocada, depois sente as bochechas queimando. Ela olha assustada para os lados, vendo se Min-ki e Bae escutaram, depois começa a gaguejar.

    - eotteohge ???? ??? ttae Como??? Quando???

    Será que ela tinha estragado tudo? Mas ele confiava em Amihan, então ela imita o movimento dele, só que com mais energia.

    - Geos-ibnikka? geuleona igeos-eun dangsin-i OK, wae geulaessneunji seolmyeong hu, uliui bimil-i iss-eoyahanda? Seria tipo isso? Mas isso tem que ser nosso segredo, depois te explico o porquê fiz isso, OK?

    Ela fala baixinho e sorri quando pisca para ele. Depois segue junto do Bae e Min-ki e comeria seu lanche antes de voltar para a quadra.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1059
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Ter Abr 25, 2017 9:47 am

    Tae

    - Tadinho!! - gritou uma menina cobrindo a boca, emocionada.
    - E por que aquela ali tá gritando com ele?
    - Min-ki, não vamos te perdoar.
    - Oppa, forme um grupo com a gente!

    Hyerin estava pronta para brigar com Tae, mas diante daquela reação, foi desarmada e engoliu o que tinha para dizer.  Olhou surpresa e abriu caminho para ele, observando-o em seu caminho para o vestiário. “Oppa!”, a voz preocupada de Peach ecoou na quadra e garotas se aproximaram da atriz, para consolá-la.

    No vestiário, só havia um garoto loiro (um karma?) que foi um dos primeiros a se apresentar nas audições.  Tinha os cabelos encaracolados e atendia por um nome americano. Ele não disse nada a princípio, mas após algum tempo de silêncio, arrancou a chave do armário e resolveu conversar.

    - Você é o Tae, não é? - não esperou uma confirmação - Não sou de me meter, mas eu acho melhor você não andar sozinho… - ele deu uma espiada rápida na saída do vestiário. -  Até.

    Tão logo o garoto saiu do lugar, seu fiel escudeiro entrou e foi logo em sua direção.

    - Tae-shi! Que confusão! Cara, agora entendi por que me botaram aqui. - suspirou e sentou ali perto. - Ainda bem que o serviço vale a pena. Só assim pra eu ficar vindo atrás de homem no vestiário. Podiam ter me infiltrado no grupo das mulheres… - resmungou - Escuta, eu tô ouvindo umas conversas estranhas de corredor. Isso aqui vai dar merda, mas já estou cuidando disso, vamos lá pra fora. A minazinha da dança já voltou. Aliás, que gata.

    Yuki

    Minsoo sorriu satisfeito ao ver a reação tão positiva da menina e coçou os cabelos, rindo meio sem graça quando ela disse que guardaria para sempre.
    - Tudo bem. Foi uma coisa que aprendi por isso mesmo. Eu chamo de “arte da alegria”. Que bom que também funcionou com você. Foi um alívio. - sorriu e então olhou para trás, procurando algum sinal da ruiva. -  Certo. É melhor mesmo. A equipe de dança já voltou a se preparar. Devemos voltar a ensaiar em breve.
    O rapaz se levantou e ofereceu a mão para ela. Logo avistaria a ruiva acompanhada de Dam voltando para o meio da quadra.

    Eun-Ji

    Mais uma vez os olhos de Dam se enevoaram de sentimentos estranhos enquanto ela falava sobre sua rejeição. Entreabriu os lábios para dizer algo, mas achou melhor não fazê-lo por ora. Afinal, criticar a família alheia não era o direito de ninguém. Ainda assim, se ao menos ela soubesse o que ele pensava sobre isso… Era um tanto frustrante. Ela o observava de uma forma que o fazia ter vontade de falar mais, para tentar, de alguma forma, confortá-la. Era esse tipo de coisa que ela inspirava. Apesar disso, tinha que tomar cuidado, nunca foi a pessoa mais sensível do mundo na maneira de colocar as palavras.

    - Mas elas estão e, no fundo, sabem disso. - respondeu simplesmente, o que poderia parecer uma balde de água fria, mas notava que ele guardava muito mais com ele.

    A conversa continuou e ela o surpreendeu com a brincadeira. Riu baixo, acompanhando a risada dela. Em seguida, suspirou de leve, olhando-a nos olhos por um breve momento, apenas captando toda aquela esperança que ela depositava nele, apenas para depois olhar em volta, descobrindo que as pessoas tinham seus afazeres no momento, ocupadas com o retorno de alguns membros da equipe de coreografia. Então, aproximou a mão segurou o pulso dela, olhando-a com uma concentração absurda preparando-se para uma atitude ridícula, mas autoexplicativa. Logo, a garota viu aquele rapaz tão alto de rosto abaixado na frente dela, conduzindo sua mão para que finalmente pudesse alcançar uma mecha de seu cabelo. O ato durou poucos segundos, quando ele a soltou e voltou à postura inicial.

    - Sim. Eu deixei que encostasse em mim. - disse muito sério e em seguida riu abafado, olhando para o lado. - O que eu acabei de fazer? Acho que foi uma piada… - sorriu. - Eun-Ji.  - ele a chamou, agora mais sério. Embora relutante a princípio, decidiu falar. - Sua mãe é uma pessoa ruim. Você sabe. Talvez não seja totalmente, mas ela está ruim agora. É difícil admitir isso, porque, por pior que sejam, ainda amamos nossas mães. Ela é a primeira pessoa que você conheceu e que deveria gostar de você. E se isso não acontece… você começa a pensar “quem mais gostaria?”. Eu a ouço falando essas coisas e só consigo pensar: “por que alguém como ela pensa assim sobre si mesma?”... Eu não-- - ele não completou o que queria dizer e emendo. - Eu espero que sua opinião mude. Mas tudo a seu tempo. - ele espiou o restante da quadra. - Sua amiga está te procurando. Vamos.

    Encurtando a conversa, Dam a acompanhou, mas dessa vez foi na frente com as mãos nos bolsos, até que as amigas se reuniram novamente.

    Eu Se

    Amihan parecia se divertir muito com a reação da garota, mas deixou um recado tranquilizador.
    - Vamos conversar depois. Você deve ter um motivo forte. Não se preocupe. Não comentei isso com ninguém. Pode contar comigo.
    Os quarteto se encaminhou de volta para a quadra após o lanche, onde as pessoas voltavam a se juntar e se despediu com o sinal criado por Eu Se quando precisaram se reunir em seus lugares.

    ♫ ~ Todos ~ ♫

    - Em 5 minutos vamos voltar com o ensaio - a coreógrafa já se encontrava em cima do palco, dando instruções. Seus dançarinos logo começavam a reorganizar a fila. Nada foi comentado sobre a briga.

    Min-ki voltou silencioso, olhava para baixo na fila, parecendo bem concentrado… ou com culpa no cartório. Talvez estivesse planejando algo ou tivesse simplesmente sido derrotado moralmente. Alguns cochichos se faziam a seu respeito, mas ele não respondia nenhum.
    Hyerin também olhava o chão em silêncio. O clima das fileiras de trás não era dos melhores. Dam também parecia uma pedra de concentração. Só Minsoo é que mantinha o jeito diplomático tranquilo, sorrindo para os colegas. Tae podia sentir muitos olhares sobre ele, o que era relativamente normal, mas havia uma espécie de clima ruim por parte dos garotos da fileira logo atrás da dele.  Seria só paranoia levantada pelo garoto americano?  

    - Oppa… Está tudo bem? Boa sorte, não deixe que esses probleminhas menores afetem sua concentração - Peach se virou sorridente e linda, com uma súbita mudança no tratamento. Estava dócil e amável, ganhando sorrisos das amigas como resposta. Hyerin olhou de canto para esse comportamento, mas não disse nada.

    Já no grupo da frente, Bae parecia tentar relaxar, de olhos fechados antes de tudo começar. Yuki, Eun-Ji e Eu Se voltaram a ficar lado a lado. Para Yuki, apenas uma surpresa: podia ouvir a voz de Euntak em alto e bom som, altiva e íntima de Yi-Eun. As duas pareciam amigas de infância e davam risadinhas e podia jurar que vez ou outra olhavam para ela.

    Eu Se começava a sentir também que parte do ódio direcionado a seu amigo começava a vir para ela. As meninas simplesmente lhe lançavam olhares raivosos dignos de seu esquadrão de amigas da escola. Entre os rapazes, porém, ela viu um grupo da arquibancada se entreolhar e indicá-la com a cabeça por um segundo ao chegar ali acompanhada de Min-ki. Alguma coisa estranha estava acontecendo paralelamente. Por ora,  precisava concentrar-se na competição. Seu corpo não estava nas melhores condições, precisaria de uma pausa que não era possível e agora tinha que se concentrar e se movimentar mais como um garoto, seguindo as orientações de Amihan.

    - Muito bem. Esta será a última vez para ensaio antes da apresentação. Após o intervalo, vocês terão uma nova pausa para trocarem de roupa para se apresentarem bonitos no vídeo. Caprichem! Pois vamos usar isso na abertura do programa. - De fato, a primeira edição entrou seca, apenas apresentando os jurados, a casa e a pretensão da formação de um grupo para a Shine Bright Entertainment.  
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1332
    Reputação : 63
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Ter Abr 25, 2017 10:55 pm

    Yuki fica surpresa com o nome que Minsoo dá para sua arte. Depois voltou a olhar para o origami até que ele concordou que deveriam voltar. Porém foi quando ele ofereceu a mão que Yuki não soube o que fazer, queria muito aceitar a oferta. Mesmo sem coragem, ela aceita a ajuda para se levantar, mas logo depois recolhe sua mão para perto do queixo. Para ela só de tocar na mão dele já era o bastante para fazer seu coração disparar. Será que estava apaixonada? Ela seguiu o caminho até Eun-Ji, e ao vê-la correu e perguntou preocupada:

    - Você está bem? Me desculpa... Você saiu daquele jeito e eu não fiz nada... Eu estava deprimida com a confusão e acabei sendo ruim para você, Eun-Ji.  

    Depois ela vai contar rápido o que aconteceu com Minsoo, sussurrando bem baixo:

    - Eun-ji... Não vai acreditar, mas o Minsoo me deu isso aqui...

    Yuki mostra o origami escondido para amiga, mas não deu tempo de conversar muito, logo a coreógrafa já estava chamando, seria outro desafio para Yuki. Pelo menos ficou feliz de estar ao lado da amiga novamente. Ela guarda o origami em um bolso, depois olha para Eun-Ji e dá um sorriso de satisfação. Porém sua animação é ameaçada quando percebe que Euntak estava amiga de Yi-Eun! Mesmo Yi-Eun sendo enjoada, Yuki a via como alguém que poderia ser legal, mas agora com certeza nada seria bom vindo delas. Logo imaginou as coisas que Euntak iria contar para Yi-Eun! Pior seria se Yi-Eun viesse e contasse para todo grupo sobre sua fama na escola, seria um desastre até com o Minsoo. Apesar dele ser legal, que tipo de garoto iria querer ficar perto de uma menina que tem cheiro de peixe? Yuki achava que nem Minsoo seria assim, mas não o culparia por isso. Pior seria se os jurados descobrissem e achassem isso ruim para sua imagem!

    Antes de começar a dançar, Yuki lança olhares preocupados para Eun-Ji, eram tantos problemas. Depois vai se esforçar para dançar direito, mas não tanto, pois queria guardar energia como Tae disse, para ir bem na apresentação. Se usasse toda energia agora, ficaria sem fôlego depois, lembrou.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1113
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Ter Abr 25, 2017 11:58 pm

    Musiquinha:
    De forma alguma aquela era uma conversa fácil. Um clima pesado e triste pairava entre os dois, eles pareciam cúmplices em algum tipo de tristeza velada. Eun-Ji observava Dam em cada movimento dele, cada vez que ameaçava dizer algo e não o fazia. A jovem tinha vivido tanto tempo no silêncio que a ela não parecia tão difícil falar, sentia vontade de gritar ao mundo como se sentia, mas tinha que se controlar. Ela queria saber o que ele guardava dentro si, mas por ora apenas olhou para o chão quando ele disse que as pessoas estavam erradas sobre ela e suspirou.

    No meio de uma conversa tensa, um respiro, uma pequena brincadeira que se tornou algo grandioso para a pequena menina tímida, fazendo-a corar. Foi pega de surpresa pelo gesto de Dam. Ele se abaixa para ficar na altura dela, pega a delicada mãozinha dela e coloca em sua cabeça para que ela pudesse retribuir o afago de poucos minutos atrás. Por um breve instante ela pode tocar nos cabelos do rapaz e sentir sua energia. Seu coração disparou e ela mexeu os dedos para tornar o afago um momento de ternura único. Para ela o mundo poderia acabar que estava feliz.
    Ele sorriu também com a brincadeira e nesse momento ela teve certeza que gostava muito, mas muito mesmo de Dam.

    - Hahaha... isso foi engraçado – disse de forma leve e fez com os dedos ao lado da bochecha um sinal de V – acho que foi nossa primeira piada juntos, não é mesmo, Dam shi! – deu uma risada suave – obrigada por isso! Ela disse isso na inocência, a inocência de uma garota que descobria o mundo aos poucos, levada pela música, e agora pelo primeiro amor.

    Apesar do momento fofo, o assunto ainda era sério e Dam deu o tom da conversa novamente. Ele foi preciso em suas palavras e Eun-Ji teve um primeiro impulso de voltar a chorar, pois aquelas palavras a levavam de volta para os gritos de desamor de sua casa, mas ela respirou fundo e apenas ouviu com atenção o que o garoto falava. Ele dizia de forma clara, com todas as letras, que “sua mãe era ruim”, algo que ela nunca soube como expressar. Admitir isso era doloroso. Sua mãe, a pessoa que deveria amá-la, era a que mais a desprezava. Isso só não foi um balde de água fria porque ela sabia, em seu âmago, que era verdade: sua mãe não a amava.

    - Esse “agora” que falou é uma palavra muito otimista, significa que minha mãe pode vir a gostar de mim – olhou de uma forma esperançosa para ele – você acha que um dia minha família pode vir a me amar? Que sentirão orgulho de mim? Que... – falou com a voz embargada pela emoção – que um dia vou poder sentir o abraço dela? – a primeira pessoa que abraçou Eun-Ji foi Bora, com ela que conheceu o carinho e a compreensão. Nunca de sua mãe e avós.
    Ela até entendeu o que Dam queria dizer, mas só ela sabia pelo que passava e a dor que sentia – não é só pensar isso... é viver isso, Dam shi... não é só em casa que não gostam de mim, é também na escola e... bem você sabe... b... – ela teve vergonha de completar a palavra bulliyng, isso era admitir que também era odiada na escola. Ela sacudiu a cabeça para afastar tais lembranças e voltou a sorrir.

    - Você fala pouco, mas esse pouco foi muito mais do que conversei com a minha família a vida inteira... muito obrigada Dam oppa, por se preocupar comigo – ela não pretendia chama-lo oppa tão cedo, mas a palavra saiu tão naturalmente que ela levou alguns segundos para perceber e tentou mudar de assunto rapidamente, pegando o gancho deixado por ele.

    - Claro... a... a Yuki... e temos que nos alimentar também... – ela ficou feliz por caminhar atrás de Dam, admirando o seu caminhar e seus ombros largos.

    Assim que avistou Yuki, correu até ela e a abraçou.

    - Você está bem, amiga? Desculpe por não ter te ajudado mais... acho que piorei a situação né? – olhou bem sem graça para a menina com voz de anjo – eu fiquei nervosa e precisei respirar... o Dam oppa... quero dizer... o Dam shi conversou comigo... eu fiquei feliz e triste e feliz outra vez...  - ela riu ao ver que a amiga fazia as mesmas perguntas que ela, era prova de que estavam em sintonia. Então era isso que era amizade? - Hahaha... falamos as mesmas coisas...você comeu? E o joelho? – Ela também terminou seu sanduíche e bebeu sua água antes de voltarem para os ensaios.
    Ficou animada com o presente que a amiga ganhou de Minsoo e sorriu - é muito legal... ah, Yukiiiii - disse entre saltitos - esse é seu talismã!!! - lembrou-se da conversa no elevador.

    Retornaram para o centro da quadra e novamente desejou boa sorte aos amigos, em especial para o seu oppa. Também estava preocupada com Tae, já que ele fazia parte daquela confusão toda. Antes que fosse para as fileiras de trás, ela foi falar com ele:

    - Como você está, sunbae? Não deixe isso te abalar, tá bom? – nem se lembrava mais das palavras duras ditas por ele anteriormente.

    Já em seu lugar na fila, preferiu ficar entre Yuki e Go mi Nan, não queria que a amiga ficasse ao lado do amigo do caminhão-loiro-desenfreado. Se houvesse alguma desavença entre eles, preferia que ela mesma recebesse um ataque ao invés de sua amiga. Mesmo assim não demostrou qualquer tipo de reação negativa com Go Mi Nan, apenas permaneceu neutra, como se eles fossem estranhos completos.
    Ouviu Yi- Eun conversando com Euntak e ficou bem indignada e comentou baixinho com Yuki:

    - Antes eu não sabia o que pensar de Yi-Eun, mas agora... ah deixa para lá... vamos arrasar, Yuki! Fighting!

    Já estava pronta outra vez para dançar e ficou animada ao pensar na próxima apresentação. Agradeceu pelo zelo de sua professora ao colocar roupas bonitas para ela. Ficou triste ao pensar que o banho tiraria a maquiagem feita por ela. Como ela poderia ficar bonita para o vídeo? Olhou para Hyerin e decidiu que depois pediria ajuda a ela, já que uma menina linda e vinda de uma agência com certeza saberia algo sobre maquiagem.
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 417
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Abr 26, 2017 9:55 am


    A garota caminhou para a quadra com o coração acelerado. Precisava tomar mais cuidado, para ninguém descobrir seu segredo. Principalmente Min-ki, já que era mais difícil ela se conter perto dele. Ela volta para seu lugar na fila, agora quem estava ao seu lado era a ruiva, preferiu ficar calada para evitar novas confusões.

    Ela percebe alguns olhares para ela, as meninas claro que estavam com raiva por causa de Tae. Mas sentiu um arrepio quando viu alguns garotos na arquibancada indicando ela com a cabeça. Estava com um pressentimento ruim, ela olha aflita para Amihan e para o loiro. Quando a mulher voltou a falar no microfone, relutante Eu Se olha para a frente. Precisava se concentrar na dança, começa a alongar o pescoço e braços, para aliviar a tensão.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 226
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Okley em Qua Abr 26, 2017 3:59 pm

    Caminhou no trajeto para o vestiário de cabeça baixo e em silencio, sem se importar com os olhares dos outros ou que diziam. Até que ouviu um chamar da Peach parando rapidamente, olhou com um olhar entristecido, voltou a caminhar para o vestiário. Parou em frente a seu armário, pensando em tudo o que ocorrera, abriu um pouco a porta do seu armário.

    Ouviu um garoto falar com ele, era o metido americano, não se importou com a ameaça do garoto, não estava interessado na opinião dele. Continuou em silencio sem se mover esperando o que faria a seguir, afinal ele que estava se intrometendo e com raiva dele gratuitamente. Voltou a se arrumar melhor antes mesmo do americano sair dali.

    Joon entra no vestiário conversando bastante, finalmente mudou seu semblante, deu um leve sorriso de não estar acreditando de como ele agia. Olhou para os lados verificando se não tinha alguém por perto. – Preciso que verifique uma coisa para mim, parece que Minki está sendo patrocinado, quero saber quem é? – Nesse momento muda de como estava na quadra, estava sem expressão, sem se importar no que ocorreu anteriormente.

    – Ele agiu como imaginava, é bom isso, vamos ter a atenção da mídia para nós... - Falou passando o desodorante. – Aproveita “machão” e descobri o que os outros candidatos garotos estão pensando em fazer, eles podem complicar bem a nossa vida... Sai você primeiro, eu vou depois. – Terminava de se arrumar para voltar à quadra.

    Voltou como estivesse melhor e preparado para o ensaio, bem mais tranquilo que antes. Eunji veio falar com ele antes de se organizar na fila. Disse de forma bem compreensiva do que aconteceu com ele. Esperou ela disser o que queria. – Você disse que queria proteger a Yuki, eu fiz aquilo para proteger a Yuki e a você também. Sei que é ruim o que aconteceu, mas é muito pequeno para os perigos que cercam vocês, só talento não é suficiente para sobreviver nesse meio. Tem gente aqui querendo derrubar vocês e não é por um empurrão... Vamos voltar ao ensaio agora depois falamos mais – Olhou para ela na forma que ele ensinava a ela. Voltou ao seu lugar na fila originalmente e obedecendo aos dançarinos que organizavam as filas.

    - O que me desconcentra é ficar longe de você – Fez uma carinha de meigo ao responder para Peach que o incentivava, seguido por um sorriso de envergonhado. Evitou olhar para os demais que estavam nas filas e que estariam fazendo, estava tentando focar no ensaio.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1059
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Qui Abr 27, 2017 1:38 pm



    Dam a observava em silêncio, mas seu sorriso discreto já traduzia muito do que pensava. Confirmou com a cabeça quando ela perguntou se ele achava que a família um dia viria amá-la.  Estava mentindo, e por isso não conseguia expressar em palavras, mas queria dar algum conforto para ela e queria muito acreditar que isso aconteceria um dia, para preservar aquele sorriso. Depois, ficou visivelmente surpreso quando foi chamado de “oppa”, mas feliz o bastante para devolver um pequeno sorriso breve, que era diferente de todos os outros sorrisos tristes ali.

    - Se você precisar… pode chamar.  - foi breve, mas era muito sincero nas palavras.

    Os dois reencontraram Yuki e Minsoo e os rapazes se entreolharam rapidamente enquanto as meninas conversavam. Tudo tinha finalmente voltado ao normal… ou quase.

    - Eu não estou sabendo, mas vou procurar. Por que você acha isso? Se bem que é estranho mesmo que só ele tenha aparecido aqui do grupo…

    Joon acabou dando risada do comportamento de Tae e bateu continência.  Estava se divertindo com toda a situação, como um moleque.

    - Você pensou em tudo isso? Uau. É mesmo um profissional. Não é a toa que esperam tanto de você. Pode deixar, hyung. Boa sorte.



    Alguns gritinhos contidos foram ouvidos quando Tae deu aquela declaração encantadora para Peach, que arregalou os olhos e sorriu com covinhas, virando o rosto envergonhada, apenas falando um “Oppa…!”, em um tom de “bronca” em forma de brincadeira tímida. Hyerin revirou os olhos sem nem disfarçar, depois olhando para frente com uma impaciência infinita. Min-ki reagiu pela primeira vez, olhando de Tae para Hyerin pela primeira vez com uma expressão que não era de raiva, mas algum tipo de preocupação, mas voltou a olhar o palco.

    Minsoo notou essa interação e esperou um contato visual de Tae para indicar, de leve com o rosto, Hyerin ali na frente, achando um pouco de graça naquela reação da menina. Dam, por outro lado, parou de olhar para o grupo, para prestar atenção em algum ponto mais à frente. Tinha suas opiniões bem fortes sobre o que acontecia ali.
    - GO MI NAM, FIGHTIIIIIING! - berrou o loiro, talvez para descarregar algum sentimento ruim e até fazer algo contra aquelas pessoas que insistiam em cochichar sobre eles. Bae até sorriu de leve, cerrando os punhos com objetividade. Amihan riu sozinho. Hyerin olhou para baixo.

    - Muito bem. Vamos retomar. Agora temos que focar na última parte e nas danças diferenciadas de vocês. Espero que tenham descansado, pois não vamos parar mais. 5, 6, 7, 8…

    Todos os candidatos estavam em fila e a tensão se dissipou conforme a música começava.

    Tae já tinha conhecimento completo da música. Não era muito difícil, especialmente quando estavam fazendo, na maior parte, o papel dos dançarinos de apoio. Todos tinham melhorado muito e conseguiam dançar sem se perder muito. Isso era um tanto preocupante para pessoas com dança fraca, como Minsoo e Yuki, pois significava que eles estavam simplesmente na média.

    Mas se havia algo que precisava ser admitido era que Min-ki dançava bem. Apesar de uma personalidade péssima, o garoto era muito enérgico, até demais. Ao seu lado, Hyerin era perfeita em cada movimento, além de ser muito profissional. Peach era uma que não combinava com a música. Ela parecia desconfortável com todos os passos, mas colocava a energia certa nas expressões e movimentos, mostrando sua qualidade como atriz.

    Mais à frente, recuperada emocionalmente, Eunji podia até sentir que sua animação ajudava para dançar melhor. Sentia que mesmo se não aprendesse com perfeição os ajustes que a coreógrafa dava em pequenos movimentos, estava fazendo algo bom.

    Enquanto isso, Yuki cometia menos erros, mas as novas instruções sempre eram um desafio. Próxima a elas, como um tipo de alívio comparativo, Bae continuava lento, embora fosse esforçado, mas quanto mais o tempo passava, mais suava.

    Já Eu Se podia se preocupar um pouco mais, pois o repouso não tinha sido suficiente para acalmar suas dores no corpo.  Começar a agir com mais potência, como Amihan tinha sugerido, fazia com que sentisse pontadas, principalmente no movimento dos braços.

    Ou tentava agir como um “menino forte” para melhorar no disfarce ou, para se preservar, teria que pegar leve no ensaio. Era uma escolha que precisava fazer nas próximas horas de treino. Se Amihan foi capaz de perceber, quem mais conseguiria?

    O tempo passou, para alguns, bem arrastado, de forma que algumas pessoas simplesmente começaram a errar a coreografia por puro cansaço. Bae parou no meio, arfando e disse “Mianhaeyo…” ao amigo. Ele balançou a cabeça negativamente e imediatamente se retirou da fila, para ir até a arquibancada praticamente se arrastando atrás de uma garrafa de água. Ele não foi o único a fazer isso. Uma meninas disse que queria poupar energia e simplesmente abandonou o ensaio também, indo direto para o vestiário. A coreógrafa apenas disse um seco: “O ensaio não acabou, vocês sabem.”

    A maioria ali entendia, nas entrelinhas, que não era bom deixar o ensaio daquele jeito. Mesmo assim, algumas pessoas simplesmente não conseguiam continuar.

    Quando os últimos sons artificiais de tiro da música tocaram, a coreógrafa bateu palmas pela primeira vez e anunciou o fim do treino.
    - Muito bem, isso foi ótimo. Obrigada. Intervalo. Quando voltarem, serão os jurados que estarão aqui para assistir vocês.  - a mulher desceu do palco e os dançarinos de apoio começaram a se retirar do lugar.

    Yieun gritou em comemoração e foi, com Euntak, de encontro a uma dupla de meninas idênticas, saindo alegres para o vestiário. Peach só acenou rapidamente para Tae, mas também saiu, exausta. Não queria ficar perto de ninguém estando com uma aparência ruim.

    - Hyerin! - Min-ki fez um sinal positivo para a loira, bastante sorridente e ela sorriu de volta, olhou Tae, pensou em alguma coisa e mordeu o lábio, parecendo empolgada com alguma ideia. Em seguida, os dois acabaram se aproximando da fileira da frente, cada um para falar com um amigo.

    - Muito bem. Vocês estão ótimas - disse a loira para Yuki e Eunji - Eu tenho algumas faixas de fisioterapia se alguém precisar. Sabe, para dores no corpo.

    Min-ki olhou o trio de meninas, fez uma expressão esquisita e muito distraída, mesmo que estivesse diante de Eu Se. Ela notava que seu olhar caía na menina loira. De repente, Amihan chegou entre eles e o fez ‘acordar’.

    - Uau. Esse ensaio foi muito puxado... - comentou.
    - Ah. - Min-ki piscou, voltando para a realidade - Foi fácil. Dança bem tranquila, não foi, Go Mi Nam?
    - Não acho… - o olhar do filipino focou na arquibancada, onde Bae olhava para baixo, chateado.
    Em seguida, fez um sinal e  se encaminhou para a arquibancada, para ajudar o amigo.

    Algumas pessoas preferiram sentar por ali primeiro, buscando água, outras simplesmente iam em bando para o vestiário. Joon saiu andando atrás de um bando, provavelmente querendo ouvir conversas perdidas. Dam saiu logo, atrás de uma garrafinha. Surpreendentemente, ele estava menos cansado do que muitas pessoas. Talvez já fosse habituado a exercícios, embora nos ensaios não tivesse demonstrado tanta disposição.

    - Eles vão nos fazer dançar MAIS? Isso é normal, Tae? - perguntou Minsoo, visivelmente cansado. - Se é isso que significa ser um idol, nossa… - riu - E tem quem diga que a vida de vocês é fácil. Acha que tenho alguma chance?
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 417
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Qui Abr 27, 2017 4:31 pm

    Eu Se sabia que não estava na melhor forma, seu corpo estava dolorido antes mesmo de começar a dançar. Ela sabia que tinha exagerado nos ensaios na academia e precisava compensar seu segredo com movimentos das mãos mais firmes e energéticos.  O loiro a animou com o grito, mas ela teve receio que isso chamasse ainda mais atenção para ela.

    Conforme o tempo ia passando seus membros superiores não acompanhava o ritmo. Ao fazer os movimentos bruscos com os braços começou a sentir pontada  de dor. E ela percebeu que não poderia sobrecarregar seu corpo agora ou não conseguiria dançar depois. Nesse meio tempo ela viu Bae se esforçar muito mesmo, o garoto chegou ao seu limite e desistiu da prova. Ela fica chateada por ele, mas pensaria em algo para anima-lo mais tarde

    Assim que a música acabou Eu Se desabou no chão, sentou meio largada, enquanto massageava os braços na esperança que a dor passasse.  Ela viu Min-ki e uma loira se aproximando e se sentiu um pouco ignorada pelo menino, até que Amihan se aproximou. Ela olhou para os dois amigos com cara de choro.




    - Geugeos-eun swiun il-i anieossda, nae pal-i mom-eul deulob geos-eulo boinda Não foi nada fácil, parece que meus braços vão se soltar do corpo

    Com dificuldade ela se levanta e iria seguir Amihan para a arquibancada, onde Bae estava sentado deprimido. Mas iria observar se o loiro iria acompanha-la ou não.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1113
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Qui Abr 27, 2017 7:10 pm

    Os sorrisos de Dam ela guardou na memória para sempre. Ficou feliz quando ele finalmente disse que ela poderia chama-lo para conversar, ela queria tanto essa confirmação, significaria que ela não o perturbaria.

    - Eu chamarei sim, Dam op... Dam shi – ficou feliz e envergonhada, dava para ver que estava insegura quanto a forma de chama-lo.  

    Depois que conversou com Yuki, foi falar com Tae e ele explicou o porquê de ter falado aquilo para ela. Ela ficou muito preocupada com as palavras dele, e lembrou-se da fala de Yi-Eun minutos antes. Sabotagens, derrubar pessoas, que horrível.

    - Isso é horrível, sunbae. O que quer dizer com isso? Que tem pessoas que vão nos prejudicar? – ficou com medo e olhou para Yuki e Dam, não queria que eles fossem atingidos – mas como eu posso impedir isso, sunbae?

    O ensaio retorna com força total e Eun-Ji volta a ser pura concentração, ela precisava aprimorar alguns detalhes na coreografia e se esforçava ao máximo para isso, sorrindo sempre que conseguia. Ela pôs muita energia no ensaio, tendo em mente seu mais novo talismã: um certo sorriso. O antigo também estava presente, pois BEAST também era uma motivação.  

    Sempre incentivou a amiga ao lado, dedicada sempre, além de notar o garoto enérgico ao seu lado. Era um candidato com potencial. Queria saber como iam Dam e Minsoo, mas a coreografia não permitia olhar para trás.
    Ao fim do ensaio sorriu e bateu palmas, feliz por ter conseguido ir até o final com muita energia. Ainda tinha forças para a apresentação final. Ela abraça a amiga, parabenizando-a por ter conseguido.

    - Você foi ótima, Yuki. Aguentou até o final – depois Hyerin veio até elas, parecia animada também – obrigada, sunbae.  Faixas de fisioterapia? Isso ajuda? Não tem problema usar? Se não for proibido vou aceitar sim – e sorriu para sua senpai.

    Antes de irem para o vestiário, ela foi ver como os meninos estavam.

    - Então, como foram? – perguntou para os três, mesmo sabendo que Tae tinha arrasado, se preocupava com Dam e Minsoo. Dam saiu depressa, mas ela notou que ele ainda tinha energia e ficou satisfeita.

    Ao entrar no vestiário para se trocar, uma dupla preocupação tomou conta dela: a preocupação com as outras moças ali, tipo Euntak e Yi-eun e também o chuveiro. Tinha vergonha de si mesma, era muito tímida e tinha algo em seu corpo que a envergonhava e entristecia.

    - Yuki – chamou a amiga, preocupada – acho melhor tomarmos banho com uma cuidando da outra... sabe, para não acontecer nada de errado – e cochichou no ouvido dela – o Tae sunbae está preocupado com a gente... e tô com medo que alguém tente algo contra a gente.

    O fato das cabines de banho ter portas deixou a ruiva mais aliviada, mas não tranquila. Ao menos ela não exporia sua vergonha. Deixou que Yuki se banhasse antes, cuidando assim das coisas dela depois foi sua vez, pedindo que a amiga fizesse o mesmo por ela. Entrou na cabine com suas coisas e usou os ganhos para pendura-las. A água quente fazia suas cicatrizes arderem um pouco, mesmo fazendo alguns meses desde surra que as causou. Talvez fosse a dor na alma que fazia aquelas marcas arderem tanto. Mesmo assim foi relaxante aquela ducha depois de uma atividade exaustiva. Não se demorou muito, mas deixou que a água escorresse pelo corpo para relaxar. Secou-se e vestiu-se ali mesmo, dentro da cabine, tomando cuidado para não molhar a roupa, só depois saiu. Ficou impressionada com o cuidado que Bora teve ao fazer sua mochila, além da muda de roupa, tinha toalha e uma nécessaire com coisinhas de cuidados pessoais e maquiagem. Secou o cabelo e prendeu-o em um rabo de cavalo, mesmo os jurados falando que queria ver seus cabelos soltos. Decidiria depois se os soltaria. Ajeitou a roupa, passou creme e perfume (coisas que a professora pôs na bolsinha), algo que ela nunca tinha feito na vida. Quando olhou os itens de maquiagem, ficou pensando como faria. Passar batom (cor de boca, bem suave) foi quase instintivo, era só manter a bala dentro do contorno da boca; depois pegou a máscara de cílio e olhou com estranheza para aquilo, não sabia exatamente como Bora tinha usado aquilo nela. Bora sabia que ela não precisaria mais do que aquilo para realçar sua beleza de maneira natural.

    - Como eu uso isso? – perguntou para Yuki e olhou-se no espelho, parecia estranho passar aquele creme preto nos cílios. Procurou por Hyerin para pedir ajuda, caso Yuki também não soubesse usar – sunbae, eu não sei usar isso... minha professora colocou na minha bolsa... só consegui passar o batom – olhou para a dançarina loira com preocupação – passei certo?

    Junto com Yuki, sai do vestiário, tomando cuidado para não ser atropelada por ninguém, puxa Yuki para irem pelo canto. Depois vai até a arquibancada para descansar um pouco e beber água. Olha para o palco para ver se os jurados já estão lá.

    - Yuki, acha que devo soltar o cabelo? Os jurados não gostaram quando eu prendi aquele dia – esperava que os outros chegassem também – você está ótima também. Vamos nos dar muito bem, tenho certeza! E temos os nossos talismãs, né? – sorriu.
    Roupa:
    Ela tá com um tênis no lugar da sapatilha, aqueles tênis busiquinhos. E a blusa é verdinha, para realçar o ruivo.

    .
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1332
    Reputação : 63
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 28, 2017 12:54 pm

    Depois da confusão, quando Yuki finalmente consegue falar com  Eun-Ji, fica aliviada por ver que ela estava bem, ri quando percebe que as duas falaram juntas e depois comenta:

    - Estou bem, e já falei, meu joelho está bem! Não quero ouvir sobre meu joelho de novo... - Faz uma careta mal humorada - Não comi ainda...

    Então mostra o origami a amiga, quando ouve a palavra talismã, um sorriso enorme aparece no rosto de Yuki, seus olhos brilham e ela se empolga:

    - É verdade Eun-ji! Você é mesmo esperta! Agora eu tenho um talismã do oppa Minsoo!! - Suspira sonhadora.

    Quando vão para perto de Tae e dos outros, as palavras de Tae a deixa apreensiva. Já tinha ouvido falar que havia muitas barreiras e coisas por trás da fama, mas sempre achou que fosse só teorias de conspiração. Mas tinha presenciado o quanto um empurrão poderia causar um caos, então imaginou que outras coisas fossem piores. Porém, tentou acalmar a amiga:

    - Vamos pensar em um passo de cada vez. Não acho que devemos nos preocupar com mais coisas agora. E se não fizermos nada de errado, acho que está tudo bem.

    (..)


    Durante a dança Yuki deu o melhor de si, mas sem gastar toda sua energia, apesar de tudo, foi um momento tenso para ela. Ficou aliviada quando chegou a hora do intervalo. Várias preocupações passam por sua mente e sentia-se oprimida por tantos talentos ao seu redor, embora tentasse afastar o pensamento de que poderia não passar por não ser nenhum prodígio na dança. A primeira coisa que fez foi beber água, estava ofegante e cansada. Por sorte Eun-Ji chegou animada e isso distraiu Yuki por um tempo, sorriu ao elogio da amiga e respondeu:

    - Você acha mesmo? Obrigada. Mas eu acho que você que foi ótima! - Então olha para Hyerin e fala - Também aceito as faixas, se não forem proibidas como Eun-Ji falou.

    Yuki acompanhou Eun-Ji quando ela foi falar com os garotos, não conseguiu evitar de corar ao ver o Minsoo. O que ele perfuntou ao Tae a deixou preocupada, pois falava sobre as chances de conseguir permanecer no concurso.

    - Tem que ter uma chance! - Respondeu nervosa exclamando a pergunta de Minsoo, que nem era para ela, quando percebeu o que tinha feito, queria se esconder, então foi para trás de Eun-Ji discretamente - Desculpe...

    Atrás de Eun-Ji, Yuki admirou Minsoo em seus pensamentos, mesmo preocupado se iria passar, ele parecia tranquilo e ria facilmente. Ele realmente tinha uma aura bonita. Depois seguiu Eun-Ji para o vestiário, notou a preocupação da garota e respondeu:

    - Tudo bem, eu vigio você e você me vigia. Será mesmo que alguém nos faria mal?

    Assim como o combinado, Yuki tomou banho primeiro e depois tomou conta das coisas da amiga. Não havia muito o que se arrumar para ela, não usava maquiagem e seus cabelos eram curtos e fáceis de pentear. Quando Eun-Ji foi tentar se maquiar e perguntou sobre a máscara de cílio, ela faz uma expressão confusa e responde:



    - Desculpe, sobre isso eu não sei nada... Eu realmente tenho muito que aprender sobre essas coisas também.

    Então Eun-Ji perguntou para Hyerin e Yuki quis ouvir a respostar e ficar observando como faziam. Tinha curiosidade para saber como ficaria de maquiagem, mas não podia pedir que seus pasi gastassem dinheiro com isso. Imaginava se ficaria menos comum ao usar algo do tipo.  Quando sai do vestiário, Yuki também toma cuidado para não esbarrar em ninguém e nem ficar no caminho de ninguém, sabia da confusão que havia causado mais cedo. Vai sentar na arquibancada.

    - Eu acho que devia sim soltar o seu cabelo! Ele é muito bonito para ficar preso. E se os jurados acharam melhor, então é melhor deixar solto - Quando recebe o elogio, Yuki sorri de diz - Obrigada, mas você está incrível! Eu gosto de ter um talismã!!

    Animada com o talismã, Yuki tira o origami do bolso e o admira por algum tempo com um sorriso bobo no rosto. Depois tem uma ideia muito louca:

    - Será que se fizéssemos as pazes com o Min-ki e seu amigo, evitaríamos essas coisas ruins que o sunbae falou?
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1059
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Luxi em Sex Abr 28, 2017 3:27 pm


    Eu Se

    - Você está se sentindo bem? - Amihan perguntou muito preocupado, enquanto ajudava Eu Se a se levantar. - Você andou treinando muito fora do horário? Eu quase não te via voltar para o quarto… - o tom era entre a bronca e a preocupação, principalmente que agora sabia que Go Mi Nam na verdade era uma menina.

    Os lábios de Min-ki se curvaram para baixo e ele de repente se virou para o grupo de garotas.
    - Eu já vou. - fez um gesto para eles.

    Amihan assentiu e levou Eu Se para perto do amigo tristonho.
    - O que foi? - Amihan tentou conversar, mas ele relutou muito para responder. Bae abraçou as próprias pernas, parecendo bem chateado e introspectivo.
    - … eu não vou conseguir ficar mais. Não consigo sentir meu corpo. Acho que vou morrer - dramatizou, mas parecia completamente cansado.

    Enquanto isso, Eu Se podia ver que o amigo conversava com a loira, que tinha acabado de ficar para trás só para falar com ele. Min-ki colocou a mão atrás da cabeça meio sem jeito e deixou a loira surpresa. Ele riu alto forçadamente, fazendo com que ela sorrisse e fizesse uma reverência breve. Ele desviou o olhar, e ela negou com a cabeça várias vezes, até que ele a observou de novo e abaixou o rosto. A loira fez um gesto de Fighting, deixando-o surpreso e feliz, tanto, que ele voltou em passos largos para a arquibancada.

    - E aí, qual é o drama? - ele colocou o pé no primeiro degrau, sendo repreendido com o olhar por Amihan. Bae o olhou feio, mas não disse nada.

    Yuki e Eun-Ji

    - Não se preocupem, eu usava bastante na minha época de trainee. Todos os atletas olímpicos usam. - Hyerin sorriu e foi acompanhar as duas, porém, foi interrompida pelo loiro, que chamou seu nome.  - Meninas, podem ir na frente, eu já vou.

    No vestiário, o cheiro de sabonete e vapor de chuveiro já invadia o lugar, além de vozes tagarelantes das competidoras. Vários armários estavam abertos, enquanto as donas organizavam as mochilas sentadas nos longos bancos adjacentes.
    Um corredor à esquerda levava ao conjunto de simpáticos chuveiros, que eram bem divididos entre si, com portas foscas.



    As meninas alternaram os banhos, para garantir a segurança uma da outra. A ideia poderia parecer paranoia, mas Eunji teve certeza de ter visto uma garota de cabelos escorridos espiar timidamente o armário de Yuki e depois sair como um rato assustado na primeira vez em que foi “pega”. Yuki em sua “ronda” não teve a mesma impressão.

    Após o banho, Hyerin terminava de ajeitar a roupa, uma leggin preta e uma blusinha larga por cima, de mangas curtas.  Elas finalmente tinha tirado os adereços de fisioterapia da perna e do braço. Foi quando ela esticava as extremidades da roupa de uma forma preocupada que ruiva se aproximou.
    - O quê? - a loira levou um susto, olhando-a com uma expressão assustada. Entendendo o que ela queria, ajeitou a roupa mais uma vez e soltou um misto de risada com suspiro. - Ah. Claro. Desculpe. Venha aqui. Deixa eu ver, olha para cima…

    Enquanto ajudava Eunji com a maquiagem, a menina tímida de antes voltou, seus cabelos estavam soltos e ela encolhia os braços, com vergonha. Uma cópia dela vinha atrás, de rabo de cavalo alto e um sorriso no rosto. Uma outra menina de franja apareceu e deu espaço para que Eun-Tak surgisse, sorridente, usando roupas esportivas de marca numa coleção exclusiva florida. A garota começou a cheirar o ar.

    - Meninas, estão sentindo um cheiro podre? Ah!  - o sorriso dela cresceu ao notar Yuki sentada. - EI! Jeong-eoli! (Sardinha). Tomou banho direitinho? Esfregou bastante? Que bom que na TV não passa cheiro de peixe, né? Que sorte~~

    A garota do rabo de cavalo riu alto, enquanto a da franja ficou boquiaberta com a ousadia.
    Hyerin parou de fazer a maquiagem, olhando o grupo, ainda com o rimel na mão.

    - Se eu fosse vocês não ficaria muito andando com ela. Quando descobrirem que essa menina fede, vocês todas vão ficar mal faladas. Ela contou que a família vive como um monte de mendigos perto do cais?

    Rapidamente, outras meninas que estavam simplesmente se trocando pararam para cochichar e procurar de quem estavam falando. Algumas já soltavam risinhos baixos.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1332
    Reputação : 63
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Gakky em Sex Abr 28, 2017 4:29 pm

    Estava tudo bem para Yuki, pensava confiante sobre o talismã que Minsoo lhe deu quando de repente uma tempestade se aproximou. Hyerin maquiava Eun-Ji quando as meninas começaram a fazer comentário maldosos. Yuki virou o rosto na direção delas, mal acreditando no que ouvia:



    Quando direcionaram a fala em sua direção, Yuki abaixou a cabeça envergonhada e encolhida. Lágrimas começaram a brotar de seus olhos, cheirou a si mesma para ver se realmente estava com cheiro. Começou a ficar com a mente confusa e cheia de pensamentos, logo imaginou que tudo estava perdido, Minsoo não ia querer mais falar com ela, nem a Hyerin e tadinha da Eun-Ji, já tinha muitos problemas, não precisava de mais um.

    Yuki se levantou e tentando conter as lágrimas avisou a Eun-Ji em voz baixa:

    - Desculpe... Eu vou esperar lá fora...

    Então sem esperar por resposta saiu correndo para fora do vestiário, quando sair vai procurar um canto bem escondido longe de todos para ficar sozinha, se ver Minsoo, vai evitá-lo o máximo que pode e se esconder para não ser vista por ele. Se sentia boba por ter acreditado que seus sonhos pudessem ser realizados, esse lugar não era para ela. Não sabia dançar direito, não sabia usar maquiagem e ainda fedia a peixe. Seu coração estava apertado de tanta tristeza. Não queria que sua "fama" prejudicasse os amigos. Tinha lutado tanto para chegar até ali, se os jurados soubessem, iria ser um vexame na televisão. Talvez seu destino fosse mesmo ser sozinha e vendendo peixe pro resto da vida, pensava desesperada. Apesar de tudo, conseguiu conter as lágrimas. Se tivesse dinheiro, mudaria de país para bem longe, talvez até fosse para o Butão, um país bem pequeno onde ninguém saberia sobre ela, era essa sua vontade agora. Lembrou-se também do mar, desde pequena sempre quis ser um tipo de sereia, se pudesse ser uma sereia, jamais voltaria para superfície, em baixo da água tudo era silencioso e calmo, sem essas garotas maldosas.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1113
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por shamps em Sex Abr 28, 2017 5:28 pm

    A mocinha loira era muito gentil, Eun-Ji ficava muito feliz em conversar com ela e agradeceu pelas faixas.

    - Você é tão gentil, sunbae, muito obrigada! Ela é um doce, não é, Yuki? – quando ela foi chamada pelo caminhão-loiro, Eun-Ji sorriu e nada disse, apenas assentiu com a cabeça para Hyerin. Ela já tinha entendido que eles eram amigos de outra data.

    Já no vestiário, quando viu uma garota espiando, a ruiva ameaçou falar algo, mas o rato saiu correndo para seu buraco e ficou mais esperta de qualquer forma.

    Hyerin se habilitou prontamente a ajudar a menina e ficou muito feliz com isso.

    - Você quer passar também, Yuki? – perguntou para a amiga – ficará linda, tenho certeza – e voltou-se para Hyerin - muitíssimo obrigada Hyerin sunbae, você é muito amável.

    Tudo corria as mil maravilhas quando umas garotas abusadas começaram a zombar de Yuki e isso irritou muito Eun-Ji. A ruiva era muito tímida e assustada na escola com o bulling contra ela, mas virava uma onça quando mexiam com sua amiga e era dessa amizade que ela tirava forças para defende-la. Algumas vezes até Eun-Ji já tinha se defendido na escola, quando o estresse era grande demais, e chegou a agredir alguns alunos. Faltava muito pouco para ela fazer isso com Euntak.
    Quando ela provocou, Eun-Ji não se conteve e respondeu, com um ar de desdém.

    - E as moscas que revoam por cima dos peixes? Peixes são alimentos e moscas são criaturas que pousam em lixo e em estrume e depois vem espalhar doenças... como você está fazendo, sua mosca varejeira – lançou um olhar de desprezo para as garotas. Euntak falou mais ainda e quando a ruiva partia para cima dela, Yuki saiu correndo, fazendo Eun-Ji ir atrás dela, mas não sem antes dar um recado para a guria.

    - Deu sorte dessa vez, varejeira – e passa por ela dando um forte empurrão, jogando-a contra os armários. Depois saiu apressada atrás da amiga, pensando de onde conseguiu falar aquelas coisas. Realmente ela tinha uma força escondida dentro dela, só não sabia como acha-la.

    Viu Yuki parada em um canto e se aproximou já abraçando a amiga.

    - Não ligue para aquela mosca varejeira. Ela nem merece um pingo da sua atenção – passava a mão no rosto dela para secar as lágrimas – nada daquilo que ela fala é verdade... você não tinha nem que se desculpar... lembre-se, ela está com inveja porque você é a única garota dos três sim – lembrou-a de como chegaram até ali – você é muito forte, Yuki... sei que sua força está aí dentro. E você está me ajudando também, a descobrir uma força dentro de mim que nem eu sabia que tinha... dei uma dura naquela garota – dava uma leve sacudida no braço dela – hey... sou sua amiga e ainda estou aqui, pode contar comigo, está bem? Vamos voltar, temos que terminar de nos arrumar... vamos lavar o rosto, ok? – e levanta a amiga.
    Larissa Aprill
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 417
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Larissa Aprill em Sex Abr 28, 2017 11:12 pm

    Eu Se agradece quando Amihan a ajuda a se levantar, ela escuta a bronca e dá um risinho sem graça, ela sabia que tinha abusado nos treinos, mas não queria preocupa-lo ainda mais. E o jeito dele a fazia lembrar  um pouco do seu amigo, o legitimo Go Min Nam. Ela o acompanha até a arquibancada e se junta com Bae. Ela observava Min-ki de longe, enquanto ele conversava com a loira. A garota não conseguia deixar de reparar na menina, ela tinha os cabelos longos e meio mesclados, umas partes mais claras que as outras, trazendo um toque moderno ao visual, assim como seu modo de vestir tinha um estilo mais despojado. Além de tudo era alta e tinha as pernas longas. Eu Se lembrava da apresentação da loira quando assistiu pela TV. Ela dançava MUITO BEM e ela já tinha sido uma trainne como o Min-ki e como se tudo isso não fosse o suficiente para deixar Eu Se incomodada, ela recebeu 3 sim dos jurados. Ou seja, em tudo ela era melhor do que a pequena menina que fingia ser um garoto.

    Chateada ela suspirou alto e abaixou a cabeça, não sabia se aquele aperto no peito era por causa das dores ou por ver o loiro rindo com ela. Então ela presta atenção no que Bae dizia. Ela deu um leve tapinha no ombro dele.

    - Dangsin-eun joh-eun tabalhohaessda Você fez um bom tabalho....

    Mas nem ela conseguia animar muito o rapaz, já que estava no seu limite também e ainda precisavam dançar mais uma vez na frente dos juízes. Eis que Min-ki surge todo sorridente na sua frente, mas era visível que Eu Se estava desanimada, então ela também preferiu não dizer nada ao rapaz. A garota olhava a movimentação do vestiário masculino, muitos caras entravam e saiam. E depois daquele incidente com o rapaz sem camisa, ela não se sentia preparada psicologicamente para entrar. Então como um estalo, ela se lembra que na sua bolsa ela tinha trazido alguns comprimidos analgésicos que iriam ajudar ela e o Bae a aliviarem as dores....Mas o grande problema é que tinha deixado sua bolsa nos armários.

    - Otooke?!? .... Osjang-e nae jigab-eul oenjjog O que eu faço ?!? ....Deixei minha bolsa no armário

    Inevitavelmente ela olha para Amihan, só ele podia entende-la naquele momento.
    Conteúdo patrocinado


    Re: 2º passo - Dança

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jul 24, 2017 1:46 am