Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Compartilhe
    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 238
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Mensagem por mimacarfer em Qua Abr 19, 2017 5:05 pm


    2021: UM ANO DE PERDAS E CONQUISTAS



    Em breve.
    mimacarfer
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 238
    Reputação : 8
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Mensagem por mimacarfer em Qua Maio 10, 2017 11:36 pm


    2021: UM ANO DE PERDAS E CONQUISTAS



    Em breve.
     
     
    JAMES WINSTON
     



    BRONX, 31 DE DEZEMBRO DE 2021 - 10:00 PM

    Embora marcasse a virada do ano, aquela seria apenas mais uma noite normal para Jay… Ou, pelo menos, era o que ele imaginava. O motoclube não estava muito movimentado, uma vez que a maioria das pessoas da região costumava passar aquela data com o que restava de suas miseráveis famílias, e os Membros que frequentavam o local costumavam ir ao baile que o Príncipe oferecia todo ano. Porém, para o Brujah, que há muito já não possuia sua família e não conseguia sequer se imaginar dentro de um terno, aquela noite não passava de mais uma noite como outra qualquer.

    Desceu a escada que separava seu pequeno refúgio do salão principal procurando Rebecca, uma das strippers que ofereciam “diversão” por ali. Encontrou a jovem no colo de um cliente, em uma mesa próxima à sinuca, e já ia chamá-la com um gesto de cabeça para fazer-lhe companhia, quando viu Victoria sentando no balcão e pedindo uma dose de seu costumeiro whisky. Aparentemente a Xerife estava sozinha e não havia lhe visto ali. Vestia um vestido preto justo, porém recatado, de mangas compridas e um par de sapatos pretos com o bico em um tom de avermelhado, bem diferente do modo como costumava se vestir nos dias rotineiros.
     
     
    CLAIRE HILLEBRAND
     



    STATEN ISLAND, 31 DE DEZEMBRO DE 2021 - 10:00 PM

    Do banco de trás de seu carro Claire observava a euforia das pessoas na rua, já em ritmo de festa. Calada, a Malkavian observava tudo calmamente. Parecia mais quieta do que o normal naquela noite, talvez repensando o ano que estava prestes a acabar e relembrando momentos de seu próprio passado. Nem percebeu direito quando o carro parou e Pierre veio abrir-lhe a porta. À sua frente, uma enorme escadaria levava à porta principal da mansão de Melkian, onde diversos cainitas e seus lacaios se aglomeravam para entrar.

    A maioria dos rostos ali lhe eram desconhecidos, com exceção de alguns membros da primigênie da Camarilla que aguardavam a confusão da entrada se acalmar. Conversando animadamente em meio à escada, Camille Parker, representante do clã Toreador, parecia se divertir com um rapaz bem alinhado, que Claire já havia visto algumas vezes em sua companhia, e uma garota de cabelos loiros encaracolados, que gesticulava e falava animadamente entre uma risada e outra. Ao perceber sua chegada, porém, a vampira não pode deixar de acenar para ela, parando por um minuto para pedir licença aos dois jovens e caminhando em sua direção. Pelo visto, a diversão estava prestes a começar!
      
     
    ETHAN GRAYSON
     



    MANHATTAN, 31 DE DEZEMBRO DE 2021 - 10:00 PM

    Que Lucius era uma pessoa estranha, Ethan já sabia desde o primeiro dia em que chegara à cidade, mas ao ouvi-lo cantar enquanto preparava algo na cozinha, era impossível não deixar escapar um discreto sorriso. Seu anfitrião parecia animado e mandara que ele se arrumasse pois tinha uma surpresa para o jovem cainita. Segundo ele, ambos receberiam uma visita muito especial naquela noite. Não revelou quem era a visita misteriosa, mas aparentemente era alguém de quem o Giovanni gostava, devido ao seu entusiasmo.

    Terminou de se arrumar rapidamente e, minutos depois de ouvir a campainha tocar, saiu de seu quarto e subiu as escadas rumo à cozinha da cobertura em que estava hospedado. Ali, dois jovens lacaios arrumavam a mesa que dava de frente para uma grande porta de vidro de onde era possível ver boa parte de Manhattan. Ao fundo, porém, Ethan pode ver Lucius colocando um pouco de sangue em duas taças. Ao perceber sua chegada entretanto, o vampiro sorriu, vindo em sua direção:


    - Sr. Grayson, junte-se a nós! Como pode ver, nossa visita acaba de chegar…


    Sentada em um banco, de costas para ele, uma jovem com longos cabelos se virou, sorridente, revelando olhos tão escuros quanto a noite, escuridão esta que Ethan conhecia muito bem.
    hadesfallen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 94
    Reputação : 18

    Re: [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Mensagem por hadesfallen em Sex Maio 12, 2017 11:04 pm

    James estava observando a lua janela de seu quarto. Naquela época do ano sentia-se sempre solitário e como além do solitário estava faminto, resolve procurar acabar com ambos os problemas de uma vez só na companhia de Rebecca. Ele desce as escadas e a encontra no colo de um cliente e o Brujah fica pensando que tipo de pessoa passa o Ano Novo com uma prostituta? Talvez alguém tão fudido e solitário quanto ele...
    "Bom, mas que se dane ele" pensa James quando vai chamar por Rebecca, contudo nota Vic no balcão bebendo sua bebida costumeira, e não era sangue. Ele observa a vampira por algum tempo, vestida daquela forma elegante, e sorri.
    James se aproxima e senta-se ao lado dela, virado de costas para o balcão, e diz.
    - Nossa... Apesar de preferir seu estilo descolado não posso deixar de negar que está maravilhosa nesse vestido... O que houve Vic? A limousine te trouxe para o endereço errado? Tamanha elegância está quebrando o clima do motoclube...
    Colz
    Forasteiro
    avatar
    Forasteiro

    Mensagens : 9
    Reputação : 0

    Re: [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Mensagem por Colz em Sab Maio 13, 2017 1:24 am



    Olha para seu reflexo no espelho. Semicerra os olhos, desconfiado, e projeta um sorriso. Relaxa os músculos do rosto, adquirindo instantaneamente uma expressão séria. Sorri novamente, olhando atentamente os dentes, as rugas faciais e as marcas ao lado dos olhos. Respira fundo ― ou algo similar a isso ―, entrelaça os dedos das mãos e alonga-os, gerando uma série de pequenos estalos. Movimenta os ombros de forma aleatória, balança os braços e enrijece o corpo novamente, mantendo-o imóvel por alguns segundos. Fixa os olhos em seu reflexo no espelho e sorri de novo. Dessa vez, nota até uma covinha aparecendo na bochecha direita. Satisfeito, Ethan permite-se relaxar uma vez mais.



    ― Até que dá pra enganar... ― Diz para si mesmo, depois de passar os últimos três minutos praticando o sorriso ideal. ― ... eu espero.


    Já havia oferecido ajuda a Lucius, tanto na cozinha como na organização da mesa de jantar, demonstrou interesse nas habilidades culinárias de seu anfitrião, elogiou a cidade e a maneira como a mesma era organizada e, por fim, forjou algo similar a excitação quando descobriu que receberiam uma visita naquela noite. A atmosfera era agradável, convidativa... Exatamente como planejara. Agora, precisava impressionar Lucius e a misteriosa convidada durante o jantar; levantar tópicos interessantes para conversarem, demonstrar apreço e asco às mesmas pessoas que estes demonstravam, contar um pouco de sua história, contar uma ou duas sacadas dotadas de humor negro e, por fim, deixar evidente sua gratidão aos Giovanni. Nem todas essas ações seriam forjadas, entretanto. O apreço pela família que brindou-o com o Abraço, por exemplo, era real. A preocupação em mostrar-se interessante para dois membros importantes daquela sociedade, também. Se conseguisse permear tudo isso com o famigerado sorriso ideal, poderia considerar aquele um início triunfante.



    ― O quê? ― A campainha. Meneia a cabeça na direção do som, surpreso com a chegada da visita. Olha uma vez mais para o espelho, encarando-o como se observasse seu pior inimigo. O sorriso que exibe dessa vez é diferente do sorriso ideal, pois não mostrava os dentes. ― Showtime.


    Sai do quarto, agarrando desajeitado o paletó sobre a cama. Passa pelo lance de escadas enquanto veste-o até chegar à cozinha. Cumprimenta os lacaios, sem ter certeza de que estes o notaram, e direciona sua atenção à Lucius. O vampiro despeja elegantemente uma dose generosa de sangue em duas taças. Ethan movimenta o braço, a fim de pegar uma das taças que, obviamente, seria direcionada à ele. Recolhe a mão rapidamente, porém, ao perceber que Lucius servia a si e a visita que acabara de chegar. Mostrava-se satisfeito com aquele encontro, e logo fazia menção para que Ethan pudesse ver a convidada. Seu cabelo longo lembrava-o de alguém, mas esse pensamento passa tão rápido por sua mente que prefere apenas ignorá-lo. A mulher, de costas sobre um banco, movimenta o tronco para que Ethan pudesse ver seu rosto ― e, então, encara-a nos olhos... olhos familiares, obscuros, mais negros do que aquela noite que, por causa das luzes da cidade, mostrava-se deveras iluminada. Ora, o que ela fazia ali?



    ― A-Alessia?


    É... Nada de sorriso ideal por enquanto...

    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Claire - Narração

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Maio 14, 2017 7:11 am



    Durante o percurso até a festa, Claire mantivera-se silenciosa. Despertara com tamanha “fome” que, se não fosse o fato de Violet ter providenciado dois belos rapazes do serviço de acompanhantes, não sabia o que poderia ter feito logo no início daquela noite. Obviamente na última noite do ano o que não faltavam eram companhias que poderiam saciar sua sede, esse não era o problema, o problema era que fora displicente. Jamais deveria deixar espaço para que sua natureza selvagem pudesse se manifestar e já fazia parte do teatro dos vampiros há tempo demais para saber que flertar com a fome era dançar à beira de um precipício.

    Deveria agradecer Violet posteriormente, com uma generosa dose de seu próprio sangue. Ao menos isso ele trouxera de bom para si. Violet era uma boa moça, embora, vez ou outra, Claire ficasse um pouco envergonhada dos olhares quase indecentes que a carniçal lançava para si vez ou outra.

    A porta do carro se abriu e só então Claire afastou-se de seus pensamentos e retornou a realidade de uma noite de celebração e só em pensar nisso sentiu vontade de cantar e não pensou duas vezes ao iniciar uma inesquecível canção enquanto saía do carro.




    Nem sequer despediu-se de Pierre, que já sabia que deveria aguardar por sua senhora em qualquer lugar longe de seus olhos.

    Ainda cantando, a Filha da Lua observou os inúmeros rostos dos “súditos” da noite. Apesar de preferir estar no palco do Black Raven, não era tola para recusar um convite do Príncipe, mas felizmente sabia que poderia se divertir no “palácio real”, afinal era bastante provável que, em meio a tantos rostos desconhecidos viesse a encontrar alguns conhecidos como sua senhora, Marie Madeleine ou... Camille Parker, a Rosa mais importante daquela corte.

    Ao reparar em Camille e em sua aproximação, a própria Malkaviana também se dirigiu à Primógena, fazendo o som do salto do Louis Vuitton que tinha nos pés destacar-se um pouco mais. Não era adepta de grifes, mas tinha alguns pares delas para algumas ocasiões em que, inevitavelmente, era obrigada a vestir-se para exibir uma “imagem ideal”, e como esta era uma ocasião destas, trazia no corpo o que de mais valioso havia em seu closet. Não que o look prateado que exibia caísse-lhe mal, muito pelo contrário, mas era que Claire não gostava de ostentação em demasia... talvez os excessos de jóias que recebera no passado de seu ex-marido tivessem causado isso. Quem saberia dizer?

    A música que cantava é silenciada e substituída por um:


    – Bonsoir, ma chère!


    Disse num charmoso francês e com um belo sorriso no rosto, aproximando-se para cumprimentar Camille com dois beijinhos no rosto e após isto, diz em sua sempre encantadora voz, sem esconder a satisfação por encontrar a Rosa:


    – Está deslumbrante esta noite, Camille! Que bom encontrá-la logo no início da festa!


    Apesar do status de Camille, a relação que tinham permitia que certas formalidades não fossem aplicadas, o que podia ser visto agora. Os elogios faziam parte da boa educação e claro, sua senhora havia ensinado que nada melhor para agradar uma Rosa do que elogiar-lhe, e felizmente, naquele caso, não custava-lhe nada, pois sentia afeição sincera pela Toreador que fazia parte do seleto grupo a quem Claire considerava como amigos.
    Conteúdo patrocinado


    Re: [PRÓLOGO] 2021: Um ano de perdas e conquistas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 19, 2017 4:00 pm