Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Compartilhe
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7163
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Mensagem por Soviet em Sex Abr 21, 2017 11:23 pm

    24 de Eleint de 1372

    A manhã era fria quando os anões chegaram.

    Embrenhada no lado oeste da Floresta Arn, a tribo dos Lobos Brancos fica a poucos quilômetros das Montanhas Inferiores, onde vive o clã Punho de Ferro, amigos antigos da tribo. Depois do ataque orc que levou o pai de Karzeus e alguns outros guerreiros da tribo e deixou um rastro de corpos para trás, os Lobos Brancos estavam apáticos e viviam os dias recentes trocando poucas palavras e com os olhos voltados para o chão. Karzeus olhava para aquilo com aflição; o orgulho da tribo precisava ser reconquistado! Para isso, o recém-empossado líder precisava da ajuda dos anões, mas parece que os deuses não estavam do seu lado.

    Montando rothés, que arrastavam carroças cheias de mantimentos além dos cavaleiros, eles seguiram em fila pelo acampamento da tribo de bárbaros até chegarem onde estava o líder, ou pelo menos quem deveria estar ali para liderar. Karzeus já os esperava na porta, sinal de respeito pelos anões, mas apesar do sentimento, o bárbaro não conseguiu esconder a surpresa no rosto. Composta por 10 anões, a comitiva era muito menor do que aquilo de Karzeus esperava. Além do tamanho reduzido, o bárbaro notou que os anões também estavam abatidos; pareciam exaustos, com o moral baixo e arrastavam-se ao invés de caminhar. Amarrando os pesados animais próximos à cabana de Karzeus, os anões se alinharam em frente ao bárbaro, costume das tradições militares do grupo.

    - Bom dia para você, Karzeus Guerra Morta. Meu nome é Marendithas Punho de Ferro, comandante deste destacamento de anões - robusto e dono de uma comprida e espessa barba cinza que crescia livremente, Merendithas vestia um peitoral de aço sem adornos, um elmo angular, calças grossas de lã e um casaco de peles sobre os ombros. O anão ao lado dele era mais jovem. A barba castanho-escura estava presa em quatro tranças grossas e os olhos azuis refletiam a cor pálida do céu, dando-lhe um aspecto sinistro. Exceto pelo casaco, que era de lã e não de peles, ele estava trajado como Merendithas - Este é Belian Maça-Rubi, segundo em comando e meu sobrinho - Virando-se para os outros anões, Merendithas começou a apresentá-los - E estes são Duldren, Balbek, Thardain, Ragnus, Thuldrum, Hordur, Bhargurn e Mornur. Heh, são muitos nomes, mas você terá tempo para aprender todos depois que encontrar seu velho pai.

    Merendithas faz uma breve pausa e pigarreia, ele sabia do desconforto que seu pequeno grupo causou na tribo, já que eles esperavam por um número consideravelmente maior e percebeu que talvez tivesse tocado em um ponto delicado sem o devido cuidado. O comandante anão quebrou o silêncio que ele mesmo criou dando algumas ordens.

    - Duldren, Hordur, Balbek. Cuidem dos animais. Thardain e Ragnus, coloquem as carroças onde não atrapalhem a movimentação. O resto de vocês vá reconhecer a região com olhos atentos ao que podemos usar para defesa - Logo os anões se dispersaram e Merendithas, Belian e Karzeus estavam sozinhos na porta da cabana do líder - Podemos entrar para conversarmos melhor? Nossas cavernas são frias, mas o vento gelado que vocês tem aqui em cima corta os ossos!
    fairbrooks
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 616
    Reputação : 2

    Re: A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Mensagem por fairbrooks em Ter Abr 25, 2017 7:58 pm

    Olhava desapontado para aquele grupo, sabia que nós eramos a força, mas apenas dez homens era quase uma piada e uma afronta a parceria e contrato que havíamos feito. Não tento esconder meus pensamentos para o anão e sua comitiva, mas querendo ou não, pelo menos alguém veio.

    Ao ouvir o pedido do anão, respiro fundo e o encaro.

    - Se fosse apenas o frio nosso problema era algo fácil de se resolver, mas vamos entre, pela suas caras vocês não devem estar bem melhor que nós.

    O convido para entrar na minha tenda, e já me sento em minha cadeira, indicando outra para ele sentar.

    - Então Merendithas, eu relato um ataque Orc poderoso o suficiente para levar meu pai e apenas dez anões respondem o chamado... O que é isso? Meu pai já mandou todos os guerreiros quando vocês estavam sob ataque, espero que o motivo seja decente.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7163
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Mensagem por Soviet em Sex Abr 28, 2017 11:58 pm

    Merendithas e Belian tiram seus elmos, revelando cabelos fartos e desgrenhados, e entram de forma solene na tenda do líder dos Lobos Brancos. Por um momento pareceu certo que o pai de Karzeus já estava morto. Logo todos estavam sentados e Merendithas tomou a palavra.

    - Você tem olhos afiados, Karzeus, será um bom líder depois de seu pai - A voz de Merendithas agora soava muito mais melancólica se comparada com alguns minutos atrás - Nós não estamos mesmo melhor que vocês, e a causa é a mesma. Três--

    O anão parou de falar subitamente e o uthgardt soube pela que a cabeça baixa e o longo suspiro de Merendithas que o assunto era realmente muito sério. Belian tinha os olhos sinistros focados em algum ponto do chão, os braços estavam cruzados e a mão esquerda alisava desde a boca até as tranças. Como quem toma coragem para entrar em uma batalha, Merendithas prossegue, despejando as palavras todas de uma vez.

    - Cinco dezenas atrás nós sofremos um ataque em Vim Dorgul, nossa cidadela. Eram orcs, mas não um bando deles com dez ou doze, era um pequeno exército. Ao menos uma centena deles. Eles atacaram primeiro nossos sentinelas e esperaram que fossemos dormir para surgirem em nossos sonhos com morte e fogo. Foi um ataque muito bem coordenado e, o que mais nos fez pensar depois, reunia muitas tribos diferentes. Nós reconhecemos seis símbolos diferentes pintados nos escudos e armaduras, mas haviam mais, e eles tinham um propósito, não queriam apenas saquear e matar. Muitos dos nossos foram sequestrados e arrastados em redes enquanto muitos outros... - A voz de Merendithas vacilou e o anão engoliu em seco, tornando a olhar pra baixo. A mão direita de Merendithas estava fechada em um punho e tremia, a outra estava apoiada no joelho - Muitos outros--

    - Muitos outros anões perderam a vida, inclusive meu primo Hurdrak - Belian disse, em socorro ao tio. Sua voz era estranhamente suave para um anão, mas grave, o que apenas ajudava a criar o aspecto sinistro de Belian - Nós demoramos dias para nos recuperar do ataque, e quando conseguimos, fomos atrás dos malditos. Um grupo pequeno de rastreadores e guerreiros, os melhores que sobreviveram ou que não foram arrastados para longe, com a missão de encontrar o rastro dos orcs e segui-los até a caverna fétida onde eles vivem. Duas dezenas depois, do grupo de sete anões, quatro voltaram e traziam consigo um mapa com o caminho até o complexo de cavernas onde os orcs se escondem.

    - Então uma dezena atrás a sua carta chegou - Merendithas tinha a voz calma, mas os olhos vermelhos indicavam outra coisa - Não sabemos se o seu pai e os outros de sua tribo estão juntos dos nossos, mas o modo como você descreveu o ataque nos fez ter certeza disso. Um anão nunca esquece aqueles que são leais à ele, Karzeus Guerra Morta, lembre-se sempre disso. Se dez de nós atenderam ao seu chamado, é porque os outros estão se preparando para o combate, e você é chamado para participar. Nós vamos atacar os orcs daqui uma dezena, quando alguns clãs do oeste virão para nos ajudar, e você e cada homem da sua tribo forte o suficiente para empunhar uma arma é chamado agora para participar desse ataque conosco.
    fairbrooks
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 616
    Reputação : 2

    Re: A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Mensagem por fairbrooks em Qua Maio 03, 2017 5:37 pm

    Olho com pesar, não com dó deles, longe disso, afinal me encontrava em situação idêntica, mas o pesar em meu olhar era outro. Os Orcs estão organizados, e organizados mais do que deviam, minha vila não foi um ataque separado, atacaram nosso aliado em conjunto.

    Não me demoro muito em meu silêncio e logo respondo.


    - Peço desculpas pela forma que falei antes, não tinha passado em minha cabeça que os Orcs atacariam de forma tão simultânea e organizada, minhas sinceras desculpas. Quanto ao ataque, não preciso dizer que tem meu total suporte, porém quanto aos homens, aqueles que desejarem ir irão, não forçarei nenhum homem entrar em combate, um covarde em batalha seria apenas mais um peso morte, mas não creio que teremos muito deles. Mas então, a quanto tempo de viagem os Orcs se encontram?
    Conteúdo patrocinado


    Re: A Chegada de Notícias Desconcertantes

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 4:52 am