Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Compartilhe
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Sab Maio 13, 2017 11:51 pm

    Gakky


    Nome: Tracy Chen
    Idade: 24
    Altura:1,68
    Peso: 55
    Aparência:Mestiça chinesa, cabelos negros e compridos, pinta perto do nariz.
    Tipo Sanguíneo: O +
    Personalidade:Tracy tem problemas em controlar sua raiva, costuma ser explosiva e bruta. Não é alguém que está rodeada de amigas, ela sabe se esforçar por algo e é estudiosa. Apesar de não ter muitos amigos e não se dar bem com situações mais sociais, ela é do tipo que defende seus amigos com toda força. Não é tímida, só não sabe como falar de uma forma mais distinta, costuma resumir tudo se precisa dar explicações. É muito simples e prática.  Não gosta de usar vestidos e evita ir a praia ou a piscina por causa da marca de suas queimaduras.

    Atributos (9 pts)


    Inicia a ficha com 1 ponto em todos os atributos

    Físico: o o o o o o
    Destreza: o o o o o o
    Carisma: o o o o o o
    Manipulação: o o o o o o
    Percepção: o o o o o o  
    Mente: o o o o o o


    Habilidades (10 pts)

    Inicia o jogo com 2 pontos em medicina

    Esportes o o o o o
    Briga o o o o o
    Esquiva o o o o o
    Empatia o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia)  o o o o o
    Condução o  o o o o
    Etiqueta o o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos o  o o o o
    Computador o o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina o o o o o


    Virtudes ou Vícios:  IRA

    Vantagens: Reflexos Rápido: A resposta do seu corpo é mais rápida do que o normal.

    Desvantagem: Fobia: Fogo

    Biografia:
    Spoiler:


    Tracy nasceu em uma família onde a maioria são homens, sua mãe saiu de casa cedo com um amante quando ela tinha 13 anos, não se importou em ceder a guarda dos filhos para o marido. Estava cansada da vida pobre que levava quando resolver arrumar um amante rico. Tracy possuí quatro irmãos, três mais velhos e um mais novo adolescente, o Jake, que ela adora. O garoto é atleta na escola e é igual o pai (Daniel Chen), sempre escolhe as garotas erradas. O mais velho, chamado Harry, já é casado e tem um filhinho chamado Kyle. Os outros dois mais velhos ainda estão solteiros, mas John namora o outro se chama Ethan.

    O pai de Tracy é chinês, mas sua mãe, Joanne, é inglesa. A mãe vive na Inglaterra com o amante, ás vezes liga nos aniversários. Jake, o mais novo, que sente mais falta da mãe e ainda tem esperanças que ela volte.

    Por viver em lar muito masculino, Tracy acabou não sendo delicada como as outras garotas, cresceu sabendo brigar, porque tinha que lutar pelo controle remoto com os irmãos mais velhos. Além disso, enfrentava bullying na escola por ser mestiça. Ela não nasceu rica e sua família sempre teve algumas dificuldades financeiras. Tracy estudou muito para conseguir a bolsa de medicina, e seu pai trabalhou muito para pagar seus materiais. Ela acabou se tornando o orgulho da família por seguir essa profissão, já que os outros acabaram trabalhando mais no comércio. Tracy quis ser médica depois de ver muito erro médico em sua família, seu pai uma vez sofreu por tomar um remédio receitado errado, foi levado as pressas em uma ambulância.  Por isso ela quer ser uma boa médica, para ajudar sua família e fazer a diferença.

    Tracy tem esperança que seu irmão Jake consiga uma bolsa também, mas através dos esportes, pois sabe que ele não gosta de estudar. Seu pai é professor de Yoga e ganha a vida assim, por isso é também um esporte que Tracy aprendeu a praticar, além disso, é um estilo saudável para o corpo e para a mente.

    Quanto a romances, Tracy não tem muito para contar, sempre esteve muito ocupada estudando para ganhar a bolsa, depois estudando durante a faculdade. Ela também tem medo de traída, quando adolescente chegou a ter um namorado, mas só por 4 meses. Era um skatista bonitinho, que quando ela desconfiou de traição, terminou rapidamente. Embora escondesse para todos que tinha lidado bem com isso, a verdade era que ficou alguns meses muito triste. Ela também tem receio de relacionamentos por conta de suas cicatrizes, se esquivará sempre que surgir uma oportunidade de um relacionamento mais íntimo.

    Ela também tem trauma por causa de um incêndio que presenciou quando tinha 13 anos. A casa do vizinho pegou fogo, todos já tinham conseguido sair, menos o cachorro. Tracy foi impulsiva e entrou na casa em chamas. Hoje ela sabe que foi a maior loucura da sua vida, poderia ter morrido. Ela encontrou o bichinho, mas acabou se queimando nas duas pernas, mais na direita. Por sorte o bombeiro chegou a tempo antes que algo pior acontecesse.

    A dor e o desespero deste momento ficaram gravados até hoje na mente de Tracy. A cicatriz em suas pernas faz com que ela nunca use vestidos. Na perna direita é pior,mas na esquerda foram queimaduras mais leve. Até hoje, quando encontrar um paciente com queimaduras, lembra do que sofreu e passa mal. Antes de dormir ou sair de casa, sempre verifica se não tem nada que possa causar um incêndio. Mas até hoje, gosta muito de animais.

    Por ser a única mulher presente na família, seus irmãos acabam a procurando sempre que precisam de um pouco atenção, um abraço e para desabafar. Apesar dela ser estourada e se irritar fácil, também tem um coração muito sensível que se comove facilmente com as pessoas. Ela se tornou a figura da feminina da família, mesmo que para os de fora ela não pareça assim tão feminina.

    Foto da família:

    Spoiler:


    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Maio 14, 2017 7:09 pm

    Bastet


    Nome: Valentina [Tom] Lawrence Marks
    Idade:28
    Altura:1,78
    Peso: 65 quilos
    Aparência:
    Tipo Sanguíneo: O+
    Personalidade: Valentina é uma pessoa centrada e tímida, que não costuma fazer amizades fácil. Apesar disso, é muito prestativa, fazendo de tudo para ajudar as pessoas, mesmo que isso muitas vezes a prejudique. Quando pega intimidade com alguém, é super animada e amiga. Ela também adora de bater papo enquanto cozinha para os amigos.

    Atributos (9 pts)



    Inicia a ficha com 1 ponto em todos os atributos

    Físico: o o o o o o
    Destreza: o o o o o o
    Carisma: o o o o o o o
    Manipulação: o o o o o o
    Percepção: o o o o o o
    Mente: o o o o o o



    Habilidades (10 pts)

    Inicia o jogo com 2 pontos em medicina

    Esportes o o o o o
    Briga o o o o o
    Esquiva o o o o o
    Empatia o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia)  o o o o o
    Condução o o o o o
    Etiqueta o o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos o o o o o
    Computador o o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina o o o o o



    Virtudes ou Vícios:  Esperança

    Vantagens: Conhecimento Enciclopédico

    Desvantagem: Danos psicológicos (Claustrofobia)

    Biografia:

    Valentina, uma mulher transgênero, nasceu em Vancouver, como Tom Lawrence Marks, um garotinho de cabelos negros e olhos verdes, filho de Sarah e Peter Marks. Desde muito cedo apresentou um conflito com sua identidade de gênero, sentindo um descontentamento com seu corpo e um deslocamento social, devido aos padrões impostos para suas características biológicas.  O seu jeito feminino e sua personalidade introvertida  somente ajudou a aumentar o descontentamento e o deslocamento social, fazendo a menina sofrer preconceito e Bullying no colégio.

    Aos 16 anos, decidiu contar aos pais sobre o que sentia, mas apenas conseguiu trazer o preconceito para dentro de casa, com isso. Os pais não aceitavam ter um filho “gay e travesti” (nas palavras deles) e começaram a levar Tom para a igreja, pra que isso fosse curado. Não foram poucos os fins de semana que eles obrigavam o filho a ir para retiros “espirituais”, nos quais Valentina ficava trancada em quartos, privada de comida, banhos e interações sociais, sendo torturada psicologicamente por padres e freiras a fim de “remodelar” a personalidade dela de acordo com as leis de cristo. Devido a esses dias terríveis, Valentina desenvolveu uma fobia muito grande a lugares pequenos e escuros, além de Ansiedade e medo de dizer quem realmente era.

    Passou o resto do colegial infeliz, dizendo estar “curada”. Tentava de toda forma suprimir os sentimentos dentro de si, pensando que eram de fato errados. Somente quando passou em uma faculdade em Seattle que começou a entender tudo aquilo e a aceitar. Longe da influência dos pais, começou a estudar sobre as pessoas transgênero, começando um tratamento hormonal a base de hormônios femininos e antiandrógenos. Após os anos de faculdade, que manteve o tratamento, já possui uma identidade física completamente feminina e conseguiu mudar seu nome para Valentina. Quando os pais descobriram, pararam de ajudá-la financeiramente, por isso, ainda não conseguiu dinheiro o suficiente para fazer a cirurgia de transgenitalização. Ao conseguir entrar da residência médica no Seattle Grace Hospital, começou a ter esperanças de que, com a remuneração, a cirurgia pudesse ser feita em breve.

    Apesar de trans, Valentina nunca teve dúvidas quanto a sua sexualidade. Desde adolescente descobriu se atrair por ambos os gêneros.

    Após a residência, pretende se especializar em cirurgia plástica, para ajudar pessoas como ela a se sentirem bem com seus próprios corpos.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Dom Maio 14, 2017 8:43 pm

    Perséfone




    Nome: Diane W. Steiner
    Idade: 26 anos
    Altura: 1.72m
    Peso: 64 kg
    Aparência: É uma mulher alta, com porte elegante. Tem cabelos loiros naturais, olhos mel esverdeado e pele caucasiana. É uma boa mistura de sua descendência alemã com a parte materna, que é norte-americana.
    Tipo Sanguíneo: A+
    Personalidade: Diane é uma pessoa bastante carismática e doce. Não tem dificuldades em conversar com pessoas, mesmo que seu rol de amigo não seja tão extenso quanto o seu sorriso. Apesar de sempre tentar manter o pensamento positivo e otimista, tem seus momentos de fraqueza e fragilidade. Adora crianças e animais, tendo muita paciência e jeito para lidar com elas. Tem como foco, fazer especialização em pediatria ou obstetrícia.


    Atributos (9 pts)



    Inicia a ficha com 1 ponto em todos os atributos

    Físico: o o o o o o
    Destreza: o o o o o o
    Carisma: o o o o o o
    Manipulação: o o o o o o
    Percepção: o o o o o o
    Mente: o o o o o o



    Habilidades (10 pts)



    Esportes o o o o o
    Briga o o o o o
    Esquiva o o o o o
    Empatia o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia) o o o o o
    Condução o o o o o
    Etiqueta o o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos o o o o o
    Computador o o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina o o o o o



    Virtudes ou Vícios:  Caridade

    Vantagens: Memória Eidética: habilidade de sempre lembrar perfeitamente o que leu, viu, ouviu e experiências pelas quais passou.

    Desvantagem: Danos físicos/ psicológicos (TOC com Limpeza e organização; Sem útero)

    Spoiler:
    Biografia:

    Diane é a filha do meio do casal Watson-Steiner. Tanto a família Watson quanto a família Steiner possuem um número considerável de membros, de modo que Diane perde a conta de quantos primos dos mais variados graus, ela tem.  Em festas e eventos importantes, eles praticamente lotam os lugares e se bastam. Os natais são registros doces e especiais em sua vida.

    Sua família sempre foi sua inspiração e seu maior sonho quando criança era seguir a mesma linha. Queria se casar na igreja e ter muitos filhos, sem deixar de lado, sua carreira profissional - desde pequena, ela demonstrava um dom para medicina. Contudo, um de seus sonhos ruiu quando muito cedo, por volta dos 12 anos, seu corpo registrou uma doença muito grave. Durante um exame de rotina na pediatra, foram encontradas irregularidades em seu sangue. Após alguns testes, descobriu-se que ela tinha um raro tipo de câncer para sua idade e que seria necessário remover os dois ovários e o útero para que ela tivesse uma chance de uma vida saudável.

    O mundo de Diane desmoronou naquele momento, mas com o apoio de sua família, ela tentou ao máximo não fraquejar. Não era apenas o fato de não poder gerar uma criança que doía, ver seus pais mudando a rotina e a renda da família em prol do caro tratamento, também mexia com ela. Não queria ser um peso, muito menos ser um desperdício de esforços. Após cinco anos de tratamento, ela estava curada, sem nenhum sinal da doença no corpo. Passar por todas as etapas, principalmente pela quimioterapia, foi um desafio muito grande para ela, mas ela não se deixava se abater. Inclusive sempre tentava levar apoio e palavras de carinho para outros que estavam na mesma situação que ela.

    Uma vez que conseguiu uma segunda chance na vida, Diane a abraçou com tudo. Ainda tinha como objetivo ser médica e, para a surpresa de todos, escolheu justamente uma área que mexia na própria ferida. Não parecia mal com isso, ela apenas tinha mudado seu sonho e transformaria seus pacientes em seus "filhos". Como uma mãe, ela daria o seu melhor para curá-los e protegê-los de todo o mal.

    Como sempre foi uma lutadora, ela também conseguiu passar para a faculdade de medicina, recebendo uma bolsa integral graças às suas notas e projetos do ensino médio. Depois de fechar os primeiros anos da faculdade, conseguiu uma vaga na residência do renomado Seattle Grace Hospital, mais uma conquista em sua vida.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Ter Maio 16, 2017 8:34 am

    Dwight Memphis



    Nome: Mathew Joseph "Matt" Griffin
    Idade: 27 anos
    Altura: 1,71 m
    Peso: 72 Kg
    Aparência: Caucasiano com cabelo castanho escuro, geralmente cortado curto e olhos azuis, descendente de alemães.
    Tipo Sanguíneo: AB+
    Personalidade: Todos gostam dele, raramente ele faz algo pensando no que os outros vão realmente pensar, é bem egocentrista, mas esconde isso das pessoas com falsas preocupações. Se enjoa com muita facilidade das coisas, por isso sempre esta a procura de novidades e novas emoções. Gosta de desafios e topa quase tudo que lhe propõem. Pra ele quase tudo é sem sentido, trabalha como médico apenas pela pressão dos pais e por não pensar em algo melhor pra ganhar a vida, não liga muito pra uma vida humana mais do que para a de um cachorrinho na rua, mas isso paga as contas e é isso que ele quer. Fora ter um pequeno talento de fazer com que os outros sigam os seus caprichos.

    Atributos (9 pts)


    Inicia a ficha com 1 ponto em todos os atributos


    Físico: o o o o o
    Destreza:  o o o o o
    Carisma: o o o o o
    Manipulação: o o o o o
    Percepção: o o o o o
    Mente: o o o o o


    Habilidades (10 pts)

    Inicia o jogo com 2 pontos em medicina

    Esportes o o o o o
    Briga o o o o o
    Esquiva o o o o o
    Empatia o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia) o o o o o
    Condução  o o o o o
    Etiqueta  o o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos o o o o o
    Computador  o o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina o o o o o


    Virtudes ou Vícios: Luxúria

    Vantagens: Recursos

    Desvantagem: Adrenalina

    Biografia:

    Spoiler:
    Matt é o filho único de um casal de médicos, e principalmente por causa de seu pai que é de uma sucessão de 3 gerações de cirurgiões, acabou por fazer a faculdade de medicina, até leva um pouco de jeito, mas não é algo que lhe dá muito prazer, trabalha com isso por causa da pressão de sua família.

    Desde o ensino médio é apaixonado por esportes, sendo bem talentoso nesta área. Quando não esta em seus horários de trabalho, geralmente é visto a procura de emoções, seja em esportes ou em sexo. Gosta de experimentar coisas novas e é por muitos considerado hiperativo embora nada tenha sido diagnosticado.

    Tem um filho com um de seus antigos casos, no começo negou o parentesco com a criança, mas quando ela fez 2 anos finalmente aceitou conhece-la e desde então mantém um certo convívio com seu descendente que atualmente tem 11 anos.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Ter Maio 16, 2017 10:27 am

    Okley



    Nome: Karl Raymond Kennedy
    Idade: 28 anos
    Altura: 175 cm
    Peso: 70 kg
    Aparência: cabelos meio liso meio ondulado, loiro escuro, olhos verdes/azuis, nariz fino, pele com marcas de espinhas da adolescência, magro.
    Tipo Sanguíneo: 0+
    Personalidade: Ansioso, se irrita com facilidade, faz sempre o que acha que tem que ser feito. Teimoso e não gosta de ser contrariado. Gay mas não se assume, por mais que seja possível a identificação pelo seu gesto. Gosta da solidão e vive sozinho por escolha pessoal.

    Atributos - ( 9 pts)


    Físico: o o o o o
    Destreza:  o o  o o o
    Carisma:  o o o o o
    Manipulação:  o o o o o
    Percepção:  o o o o o
    Mente:  o o o o o

    Habilidades - ( 15 pts)


    Esportes o o o o o
    Briga  o o o o o
    Esquiva  o o o o o
    Empatia o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia)  o o o o o
    Condução  o o o o o
    Etiqueta o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança  o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos  o o o o o
    Computador  o o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina  o o o o o

    Virtudes ou Vícios:  Preguiça

    Vantagens: Graduado (Formado em Enfermagem pela Universidade + 5 pontos de Habilidade)

    Desvantagem: Insônia

    Biografia:
    Spoiler:
    Nasceu de uma jovem mulher, que depois de decepções amorosas, evitou falar quem era o pai do seu dele. Com um quadro grave depressão, um ano e meio depois de nascer, abandonou ele para os avós, que já possuíam uma idade avançada que também não puderam ficar por mais anos. Quando criança foi morar com Isabel Kennedy, uma prima de sua mãe, que logo após suicidou, enforcada, por causa da depressão.

    Se mantinha focado bastante nos estudos, teve graves problemas de briga na escola, algumas teve que ir para o hospital para fazer ponto. Por mais a dificuldade a sua nova mãe sempre foi muito prestativa e se virava para poder sustentar ele, que foi sempre sua única família, já que nunca casou e nunca teve filhos. Com as dificuldades o jovem Karl sempre se isolava em seu quarto lendo livros evitando contato com outras pessoas.

    Conseguiu cedo ir para a faculdade de enfermagem que foi pago com dificuldade pela Isabel, que através dos anos como trabalhadora se mostrou muito cansada. Até que ela sofreu um AVC a um ano atrás, fazendo que Karl tivesse pouco tempo para poder estudar, trabalhar e cuidar dela. Hoje moram os dois juntos no apartamento simples dela, uma jovem vem cuidar de Isabel, sendo que quem cuida de tudo agora é Karl. Conseguiu rapidamente o cargo de chefe dos enfermeiros, o que diminui ainda mais seu horários.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 551
    Reputação : 72
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Larissa Aprill em Ter Maio 16, 2017 10:54 am

    Luxi


    Nome: Maisie Drew
    Idade:  23
    Altura:  1.67 m
    Peso:  66 kg
    Aparência: cabelos castanhos, olhos também. Não chama muito a atenção naturalmente.
    Tipo Sanguíneo: O+
    Personalidade: No serviço, costuma ser mais séria, profissional, levando tudo muito a ferro e fogo, com ordens à risca. Ela não faria nada fora do permitido, não sem antes pensar muito. É bem fechada para relacionamentos, e ressentida de seu último, não deixa que sorrisos se tornem promessas de amor e nem procura por isso, costuma até fingir que não entendeu e cortar bruscamente. No mais, tende a ser mais amigável com amigas mulheres ou homossexuais. Com esses se abre muito mais e ri mais abertamente. Não costuma esconder que tem um filho. Para ela, é um orgulho tê-lo criado sozinha. Ela tem uma máscara fechadona em relação a críticas, principalmente durante reuniões de família. Finge que não se importa com comentários, mas guarda tudo para depois.

    Atributos - (9 pts)


    Físico: o o o o o o  
    Destreza: o o o o o o
    Carisma: o o o o o o
    Manipulação: o o o o o o
    Percepção: o o o o o o
    Mente: o o o   o o o

    Habilidades - ( 10 pts)

    Esportes o o o o o
    Briga o o o o o
    Esquiva o o o o o
    Empatia  o o o o o
    Inflluenciar (liderança, intimidação, lábia)  o o o o o
    Condução o o o o o
    Etiqueta o o o o o
    Armas o o o o o
    Segurança o o o o o
    Sobrevivência o o o o o
    Acadêmicos o o o o o
    Computador o  o o o o
    Investigação o o o o o
    Medicina o o o o o

    Virtudes ou Vícios:  Fortaleza

    Vantagens:Aliado

    Desvantagem: Dependente

    Biografia:
    Spoiler:
    Maisie é filha de pais separados, com uma leve descendência indígena nos genes, por parte de pai. O pai sempre foi muito conservador e ligado a grandes tratores e fazenda. Já a mãe gostava mais de sair, era muito agitada e extremamente mente aberta. Eventualmente os dois cresceram em desavenças e tiveram uma separação amigável.

    Assim que venderam a casa, a mãe logo saiu para viajar em um ano sabático em uma viagem internacional, quando conheceu um novo namorado. O pai voltou para o campo, reaver a fazenda de uma cidadezinha pequena, junto com a filha, que tornou-se logo o novo assunto da escola.

    Um pouco tímida e caladona, ela tentava fazer amigos no lugar, mas não se encaixava muito bem em grupo nenhum, pois era bem introvertida. Gostava de escrever em seu diário, estudar sozinha e fazer poemas sobre o quarterback do colégio, Thomas Spencer, um sonho impossível.

    Ela tinha um senso peculiar de moda, não abandonando seu estilo próprio mesmo se fizessem piadas a respeito, e nunca se incomodou com isso, respondendo sempre com indiferença e de forma assertiva, a ponto de que estranhamente não sofria bullying, pois não tinha graça mexer com ela. Aos poucos ela começou a ser respeitada ou evitada simplesmente por ser diferente, sem grandes sofrimentos.

    Sua individualidade logo atraiu a amizade de Mila Hernandez, uma menina gótica diferentona de mechas roxas no cabelo, que também não se enquadrava em grupo nenhum, mas circulava por vários, por ser muito extrovertida e boa em roubas as provas da escola pela internet. Em uma festa da turma na casa de um amigo de Mila, as duas acabaram indo juntas.

    Lá ela conheceu e interagiu com as pessoas populares e também com os alternativos. Mais carismática quando entre amigos, ela acabou atraindo atenção de Thomas durante um jogo da festa. Os dois acabaram conversando no fim da festa e ele se interessou por seu jeito diferente, principalmente porque ela sabia conversar.

    Os dois viraram amigos eventuais, primeiro de estudos, depois de conversa fora, depois conselhos amorosos, e quando ele descobriu que a namorada o traía, ela foi um grande apoio. Ainda gostava dele, mas sabia que era platônico.

    Um dia Mila armou uma viagem para ir junto com o casal, mas acabou desmarcando de última hora, de caso pensado e deu certo. No fim, os dois se beijaram e isso evoluiu para um namoro que durou até a formatura do colégio. A família dele era contra porque eles tinham bastante dinheiro, o que não era o caso dela. O pai dela já era mais conservador e não gostava muito de namoros atrapalhando os estudos, mas ela nunca deu motivos contrários, além de que ele pensava que isso acabaria logo. A mãe, que agora vivia viajando com seu amor asiático, não conversava muito com ela, mas demonstrava estar muito tranquila com um relacionamento como aquele, mas achava que a filha tinha que sair mais e aproveitar outros homens enquanto jovem.

    O casal seguia à risca todos os clichês românticos até que suas escolhas de faculdade os obrigou a se separar. Ele continuaria a jogar futebol profissionalmente por sua universidade. Enquanto ela queria tentar medicina, se suas notas fossem satisfatórias.

    Ambos concordaram em manter o relacionamento à distância, mas logo isso se mostrou uma ideia ruim. Eles se encontravam duas vezes por mês, o que se transformou em uma, até que viraram três meses ou mais. A relação ficava fria e ele não deixava quase nenhuma atualização virtual. Era bem difícil entrar em contato. Por mais de uma vez eles tentaram conversar para encerrar o relacionamento, mas acabavam se reencontrando e tendo recaídas. No fundo, ele  gostava dela, mas tinha muita vergonha de ter feito algumas besteiras. Além disso, os amigos e a nova vida pressionavam mais que ele estivesse livre para fazer as coisas.

    A gota d’água para ela foi quando Mila um dia ligou para perguntar se ela tinha terminado o relacionamento e descobriram que ele tinha perfis diferentes na internet, aos quais ela não tinha acesso, e fotos espalhadas nos perfis dos novos amigos, em novas festas, chegando  a tirar foto com belas mulheres. Quando estava prestes a marcar um encontro para resolver a situação, descobriu que estava grávida. Ela surtou, o bloqueou de todos os contatos e decidiu se mudar. A amiga Mila a recebeu de portas abertas em seu pequeno apartamento e as duas tiveram que lidar com isso. A mãe ficou sabendo da novidade e, quando podia, mandava algum dinheiro. Ela demorou para contar à família, simplesmente aparecendo com a criança em um Natal. A família do pai achava um absurdo e o pai parou de falar com ela. Já a família da mãe nunca foi muito próxima dela, mas mesmo assim mandava cartões de vez em quando. Assim, ela reestruturou sua vida e ao do pequeno Noah, de dois anos, em volta daquele apartamento, seus estudos e a residência. Designer, a amiga conseguia cuidar do pequeno pois trabalhava de casa, mas quando tinha que fazer algo de emergência, às vezes pedia para a vizinha adolescente cuidar da criança, o que nem sempre era bem recebido. A verdade é que Maisie sente que não consegue ajudar muito na casa e que está atrapalhando a vida de Mila, que parece ter planos de sair daquela casa, mas não o faz por causa da amiga. As duas vivem um bom relacionamento de amizade, mas aos poucos essa dependência tem ficado um tanto constrangedora e de um lado só. Desde que teve o filho, Maisie ficou um pouco mais estressada com as coisas e preocupada em casa, às vezes jogando na amiga a responsabilidade que um pai deveria ter. Mila é bem tranquila e despojada, mas sua paciência também não é eterna e ela não tem a responsabilidade de uma mãe, nem quer ter. Ela gosta de fazer festas alternativas e coisas do tipo que às vezes fazem o bebê chorar e essas coisas entram em conflito.
    Conteúdo patrocinado


    Re: [!Suporte!] FICHAS DESATIVADAS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Dez 17, 2017 7:31 pm