Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [Capítulo 1] Missão Narumi

    Compartilhe
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Sex Jun 02, 2017 8:30 am



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    A capitã Melissa Lopes ativou a sequência de botões que começou a mover coisas dentro da ponte de comando “Piloto manual ativado” sua cadeira se moveu para próximo do vidro abobadado aumentando seu campo de visão, dezenas de círculos azulados apareceram sobre o vidro à sua frente, o computador estava detectando todos os objetos à sua frente e ao lado de cada um listando a distância e velocidade, informações sobre a nave popavam por todos os cantos e qualquer um diria que era impossível assimilar tanta informação, mas a capitã sabia exatamente o que cada um dos avisos a sua frente representavam, ela havia treinado para isso durante anos e aquilo não era nem de longe sua missão mais difícil. Dois manches subiram dos braços da cadeira de comando e cliques travaram o cinto que a seguraria no lugar durante as manobras.

    O major brigadeiro Mitzrael Brüder andava com passos pesados conferindo os estabilizadores, nessa hora ele se revelava um soldado das antigas, checando máquinas enquanto praguejava e chutava para que voltassem a funcionar, nada como a boa e velha porrada para resolver problemas eletrônicos.

    Christian Ross cambaleava pelos corredores tentando correr até a sala de máquinas, a situação demandava urgência e a tripulação era pequena, então ele teria que fazer mais do que sua especialidade, checou os painéis e notou que o arrefecedor dos motores estava com a pressão elevada, por sorte o major Brüder ainda estava por lá, ele girava algumas manivelas enquanto jatos de fumaça saíam dos canos pela sala, a pressão estava visivelmente baixando, mas o painel ainda mostrava um valor elevado, o major cerrou os dentes acertou um tapa ao lado do mostrador, a pressão começou a cair na tela.

    Agora tudo estava funcionando, as rochas ainda não tinham causado muitos danos ao interior da nave, e para que continuasse assim ele correu para a ponte quando a capitã requisitou que ele assumisse as armas, ele se sentou na cadeira, digitou o comando e alavancas baixaram do teto até a altura de suas mãos, uma para cada um dos canhões na frente da Morpheus, Mitzrael estava mais acostumado com “armas de verdade” e não video games, então levou algum tempo para entender o funcionamento do sistema de armas eletrônico da nave pensando se não tinham colocado ali um protótipo pois era bem diferente dos que já usara em outras naves, nada era mecânico e tudo leve demais, não dava pra sentir o peso das armas nem o recuo dos tiros, ele via diversos objetos voando à sua frente, agora dava para ver que não eram só asteróides, haviam destroços espalhados entre as pedras, muita coisa ali parecia construção humana, as rochas eram marcadas com círculos azuis que se tornavam vermelhos quando os objetos se aproximavam demais, Mitzrael praguejava enquanto a maioria de seus tiros não acertavam nada “Escudos gravitacionais em 82%”.

    Cross ficou responsável pela sala de máquinas após a saída do major, ele corria de um lado para outro checando os sistemas mecânicos, procurando possíveis defeitos e vazamentos, nada lhe chamou a atenção, então foi ao painel de controle da sala, mesmo que nada aparentasse mau funcionamento ele sabia que muitas coisas em uma nave daquele tamanho podiam falhar sem causar sintomas até que fosse tarde demais. Duas telas à sua frente mostravam linhas e mais linhas de diagnóstico, os sistemas essenciais estavam em perfeito funcionamento, Cross decidiu checar os sistemas secundários, mesmo que isso custasse mais alguns minutos ele arriscaria, talvez dessa forma evitando um pequeno problema que se tornaria em algo grande se deixado para depois. Ele fez o diagnóstico e o sistema de comunicação chamou sua atenção, havia algo errado, mas ele precisaria ir até a sala que hospedava este sistema para ter mais detalhes.

    A doutora Wiane Kepler estava em seu quarto quando tudo começou, assim que a gravidade artificial foi reativada ela correu para o banheiro, seu estômago estava revirando, todo o treinamento não havia lhe preparado para a realidade, essa era muito pior. Wiane ainda estava lá quando a capitã falou seu nome, ela respondeu automaticamente, mesmo que não fosse ouvida “Sim senhora” enquanto lavava o rosto. Wiane correu até a ala médica e checou os equipamentos, eram muito menos do que os que ela costumava usar nos laboratórios na Terra, seria rápido, ela correu pela ala, digitando comandos nos computadores e rodando diagnósticos, tudo estava funcionando, ela tinha mais ordens a seguir, não dava tempo de fazer a checagem dos sistemas secundários.

    Wiane foi para a ponte o mais rápido que pôde, assumiu os controles de localização com alguma dificuldade, ela tinha apenas o treinamento básico em sistemas de localização, e mesmo assim, estes eram mais avançados do que os que já havia lidado antes, ela parou por um momento, em meio a toda a gritaria do major Brüder, sons de alerta e pedras se chocando contra o casco ela conseguiu isolar apenas o que precisava, se concentrou no sistema de localização e não ouviu mais nada além daquilo, procurou a saída mais próxima do local onde estavam e achou uma rota em meio às pedras e escombros - “Capitã, estou enviando a melhor rota, acredito que seja a mais rápida pra sairmos daqui”.

    spectro
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2492
    Reputação : 39

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por spectro em Sex Jun 02, 2017 10:05 am

    Cross ergueu uma sobrancelha, mordeu o pirulito onde o mesmo fez um Crunch em sua boca, olhou os painéis novamente para conferir, sim era fato sistema de comunicação, não parecia ser tão grave mas não podia deixar passar, máquinas eram imprevisíveis, haveria de verificar, pegou seu comunicador ajustou-o na orelha e boca e correu para zona indicada...

    - Aqui é Cross indo para a sala de comunicação, temos uma falha lá preciso verificar, Capitã, sala das máquinas Operante e funcionando perfeitamente, agradeça ao major por mim...

    Cambaleou mais uma vez por causa de mais alguns trancos que a nave deu, se apoiou onde podia, pisou onde devia e caiu enquanto corria, aos trancos e barrancos foi até a sala, ao chegar na porta da sala pressionou o botão de acesso e entrou, teria de ser rápido, não sabia quanto tempo os escudos iriam aguentar, então iria fazer o seguinte, achar uma cadeira, se arrastar até ela e então colocar um cinto de segurança e trabalhar no sistema de comunicação com defeito, se fosse algo interno eles não poderiam ficar sem ele, mas e se fosse algo externo... Pensou na possibilidade e estremeceu...
    Kether
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 527
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Kether em Sex Jun 02, 2017 10:41 am

    A Capitã ouve os resmungos do artilheiro enquanto pensa "As armas da nave são mais sensíveis que a clava não é?", o relatório da casa de máquinas não era muito animador, Cross precisava de mais tempo e tempo era algo que eles não tinham. E ela não tinha um navegador, ainda. Onde diabos estava a Doutra, ela ia ter de servir. Todos na nave tinham de executar mais de uma função, mesmo a nave não sendo tão grande assim, era um cargueiro de classe 2.

    Nave:



    Esses tipos de naves tinham uma capacidade máxima para 10 tripulantes, e capacidade de 20 toneladas de carga. Não possuíam uma alta velocidade mas uma ótima manobrabilidade que era o ponto alto das classe 2 (velocidade 3/5, manobrabilidade 4/5, casco 2/5, escudos 1/5) era uma ótima nave para esse tipo de missão, leve e ágil, tinham de ser pois o espaço de algumas estações espaciais elas por seu tamanho pequeno podiam entrar nas docas e não fazer acoplagem. E em quesitos de manobrabilidade só perdiam para os starfighters.

    - Escudos em 82% - informava a voz robótica da nave.

    "Capitã estou enviando a melhor rota, acredito que seja a mais rápida pra sairmos daqui", falou a doutora ao sentar em seu lugar.

    Melissa observa a rota em seu painel de navegação, muito boa realmente para uma principiante, após se acostumar com o equipamento a Dra. Wiane será de muita valia atestou mentalmente.

    - Copiado! Recalculando nova rota. Iniciando manobras evasivas em 3... 2... 1. Se segurem que vai balançar um bocado.

    A capitã se lembrou da época de treinamento com os supersônicos na terra o que a levou a um sorriso tenso. A vida de todos estavam nas suas mãos. Ela passou pelo primeiro asteroide com certa facilidade, mas os destroços de uma outra espaçonave que vinha mais rápido que o calculado passou bem perto mas danos mínimos nos escudos, não foi o suficiente para causar nenhum dano estrutural ou alterar a rota.

    - Sr. Ross espero que tenha tido o tempo necessário, precisamos de mais escudos! Sr. Brüder, tente identificar restos de qual tipo de nave ou estação espacial são esses pelo sistema de aproximação e mira. Bom trabalho Doutora. Na verdade, um ótimo trabalho de todos.

    Melissa já estava saindo do cinturão de destroços e asteroides.
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Qua Jun 07, 2017 4:19 pm



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    Cross se sentou na cadeira e começou a digitar no computador que agregava os serviços de comunicação, o palito do pirulito se movia nervoso de um lado para o outro enquanto suas feições eram de preocupação, o que ele temia estava se apresentando na tela à sua frente, no log de diagnóstico todas as funções de comunicação estavam com um “OK” na frente, exceto a antena retrátil, o computador informava que o acesso da antena estava inoperante, Cross estremeceu ao ler a mensagem, alguém teria que ir lá fora identificar e consertar o defeito.

    Brüder ainda socava os controles de armas quando a doutora Wiane conseguiu encontrar uma rota para fora dos destroços, “Scheiß- brinquedos inúteis” ele gritava enquanto tentava mirar as rochas mais próximas “tem partes metálicas no meio das pedras, isso não são asteroides, mas ainda não consegui identificar a procedência” ele disse subitamente, ao utilizar a mira telescópica “o movimento é errático, não segue padrões de asteróides, por isso está difícil acertar” agora sabendo do que se trata, sua mira melhora e o major começa a rir enquanto várias pedras e estruturas metálicas são despedaçadas por todos os lados, limpando o trajeto para que a capitã consiga sair com segurança. “Escudos em 77%” disse a nave “Cale essa boca e me deixe resolver isso” esbravejou o major enquanto atirava sem nem piscar.

    Melissa era extremamente hábil pilotando e com a ajuda do major e da doutora ela conseguiu sair do campo de asteroides sem que a nave fosse atingida outra vez, agora as coisas estavam sob controle, o major tentou focalizar os objetos novamente “Capitã, os destroços se assemelham aos de uma estação espacial……...tem corpos ali” ele terminou a frase em um tom de preocupação, por mais que os seres humanos enfrentassem diversas complicações em missões espaciais, baixas não eram comuns, principalmente em estações, algo grave deve ter ocasionado isso.

    spectro
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2492
    Reputação : 39

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por spectro em Qui Jun 08, 2017 11:23 am

    Karma ruim… Karma ruim Querido… A voz de sua avó continuava ecoando em sua mente, Cross permanecia com os olhos fixos na tela, notou a falha na antena externa, aquilo sim era ruim, mesmo com os escudo levantados eles não eram 100% efetivos, algumas falhas resultados de choque poderiam ocorrer. Era como se alguém recebendo um golpe em uma armadura, o golpe poderia não matá-lo, mas que ia doer ia.

    Aquilo danificado na grande nave era a “dor” na metáfora, então não havia jeito, tinha de enfrentar o Karma ruim daquela situação.
    Notou que a nave parava de dar solavancos e pancadas, esperou mais alguns segundos para ter certeza de que estava tudo estabilizado, notou a voz robótica indicar 77% de escudo. Então depois de um tempinho retirou o cinto de segurança.

    Digitou mais alguma coisa no computador, ajeitou a câmera para seu rosto, e mexeu nos controles para que a imagem fosse até a Capitã da Nave. A imagem deu umas rasgadas na tela mas depois focou...


    Com imagem na tela Cross se dirigiu a Capitã:

    – Capitã… Aqui é Cross na sala de comunicação, temos um problema, é na comunicação externa, a antena de comunicação externa esta danificada, peço permissão para ir lá fora concertar e talvez precise de ajuda dos conhecimentos eletrônicos do Major, também quero me certificar que é seguro lá fora, como estão as coisas por aí?

    Esperou a resposta da Capitã...

    – A antenna lá for a é retrátil devíamos ter acionado ela para proteção interna, agora não adianta chorar pelo leite derramado, temos de ir até lá resolver, ah minha vó costumava dizer isso.

    Referiu-se a frase sobre o leite, Cross era uma pessoa cheio de nostalgia e apegado as coisas que sua avó dizia, mas depois que começou a faculdade, acabou se afastando de tudo, apenas para estudar, sua avó já não estava mais viva, mas era vívida as imagens dela, principalmente depois que aceitou aquela missão, era estranho, ,as a voz dela vinha sempre em sua mente fazer uma visita.
    Kether
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 527
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Kether em Qui Jun 08, 2017 1:09 pm

    Melissa retorna a nave para o piloto automático, o que faz com que os manches e cadeiras retornassem para seu posicionamento normal e faria com que HAO (a Inteligencia Artificial da nave) recalculasse a rota após a alteração para saída do campo de asteroides e destroços.

    Melissa então passou a prestar a atenção no relatório da engenharia, aquilo não poderia ser pior. Sem comunicação externa durante muito tempo a missão poderia ser dada como falha e ficariam a ermo no espaço. Recuperar o contato com o controle da missão era crucial, quando já decidia que iria liberar Cross e o Major usarem os drones para o reparo na parte externa da nave, o Major informa que haviam corpos junto aos destroços de uma estação espacial.

    Não tinham muito espaço, então não poderiam resgatar todos os corpos, mas ela acreditava que a Dra. Wiane pudesse identificar algum dos corpos ou se haveria a possibilidade ainda que infinitesimal de haver algum com vida. De toda a forma com um dos corpos poderíamos saber qual a estação espacial fora destruída.

    - Doutora Wiane, como a Doutora é a mais graduada no assunto, quais os riscos de trazermos a bordo um dos corpos que estão vagando lá fora? Há algum risco de contaminarmos a tripulação e de descobrir da tripulação de qual estação espacial eles faziam parte?

    Melissa se vira para o vídeo de comunicador e diz para Cross:

    - Na ponte está tudo funcionando com exceção do sistema de comunicação com o controle da missão. HAO ainda não me passou os parâmetros dos ajustes da rota para o destino, e com base nestes parâmetros poderemos saber o quanto estamos atrasados devido ao desvio da rota que fomos forçados a fazer.

    O bom era que Melissa sabia que estes problemas eram tratados dentro do desvio padrão, para calculo de recursos de suporte a vida nesse tipo de missão. O ruim era haver destroços e corpos junto aos asteroides e de qual estação espacial eles fariam parte. Apesar da falta de precisão do local de chegada do salto, naves e principalmente estações espaciais possuíam um sistema de astronavegação e de astro-posicionamento que davam uma boa janela de manobras para evitar ser pego por algum corpo celeste que esteja em rota de colisão.

    Nenhuma outra forma de vida havia sido contactada em todos estes anos de colonização espacial. Não havia ainda feito leituras do local, como a presença de algum planeta ou estrela naquele setor, ainda não tivera tempo para isso, suas ações eram ainda emergenciais.

    Melissa estava preocupada e todos podiam reparar nisso, ela estava muito calada e muito séria o que não era o seu habitual uma vez que ela sempre foi comunicativa com os demais membros da tripulação.

    - Cross precisamos restabelecer contato com o controle da missão, então você e o Major, utilizem os drones para realizar os reparos. Não quero que ninguém saia da nave enquanto não tivermos as leituras deste quadrante. Enquanto vocês fazem os reparos e a Dra. Wiane faz sua pesquisa e decide se é seguro recuperarmos os corpos, eu irei tentar descobrir qual seria a estação espacial que orbitava próximo a nossa rota. Façam o que tiverem de fazer mas não desperdicem recursos até descobrirmos o que aconteceu aqui.

    Melissa não falou, mas ela temia que os destroços da estação espacial fossem destroços do destino deles...
    Leomar
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 574
    Reputação : 9

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Leomar em Qui Jun 08, 2017 3:56 pm

    @Kether escreveu:- Cross precisamos restabelecer contato com o controle da missão, então você e o Major, utilizem os drones para realizar os reparos. Não quero que ninguém saia da nave enquanto não tivermos as leituras deste quadrante.

    - É uma decisão bem prudente meine Capitã! - Apesar do major brigadeiro ter uma patente maior, ele sabia reconhecer e obedecer uma liderança competente. E a capitã Melissa até então correspondia às suas expectativas, ainda que não tivesse uma experiência das maiores - E mesmo se a doutora achar que é seguro resgatar um ou mais corpos, não façam nada até eu estar na porta da escotilha. Não quero nada entrando ou saindo daqui sem que eu esteja muito, muito perto para ver.

    Ele faz uma breve pausa:

    - Você foi bem, garoto! Assim como a capitã. Estar a 77% é mais do que razoável para uma missão comum. Porém quero que fiquem atentos, minha experiência diz que as coisas por aqui não estão exatamente "comuns". Vocês são bons, mas não baixem a guarda ainda.

    Depois ele fala apenas com a capitã Melissa.

    - Capitã, vou lá ajudar o garoto. Não acho uma boa ideia trazer um corpo para dentro agora, a menos que nossos sensores indiquem a possibilidade de algum estar vivo. Com os sensores de calor já é possível ter uma boa estimativa, mas sei que consegue isto de várias formas. Se houver esta possibilidade, creio que é melhor que eu vá lá fora e os reparos esperem um pouquinho. Porém também acredito na competência da Doutora Wiane, caso ela diga que é seguro, porém não tragam nada, mesmo morto, para dentro sem minha supervisão. Tem algo por perto que eu não estou gostando, e ainda não sei o que é.

    Ele bate uma continência e, caso a capitã não tiver algo mais a acrescentar, sairá para ajudar o garoto.
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Sex Jun 09, 2017 10:56 am



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    Cross *podia ver claramente a imagem de sua avó, “karma ruim… karma ruim querido”* enquanto preparava o drone para ir ao lado de fora verificar a extensão dos danos causados pelos impactos, ele já participou de outras missões para Cabo Canaveral e já leu inúmeros relatórios de missões, mas o que estava presenciando era inédito, o karma daquela missão era realmente ruim, e não só por força de expressão, ele *sentia que algo estava fora do lugar*.

    Na ponte a capitã saia da poltrona de comando, passando novamente o controle para HAO “Piloto automático ativado -- Busca de rota iniciada”, o painel novamente exibiu linhas brancas serpenteando pela tela, o coração da capitã pareceu parar por um momento “Seleção de rota concluída -- Tempo de chegada ao destino: nove dias, catorze horas e vinte e sete minutos”, uma linha verde ficou estática na tela.

    Melissa passa algum tempo compenetrada diante de todas as novas informações, então traça seu plano para os outros tripulantes, a doutora Wiane que se levantava tentando deixar os equipamentos que usou exatamente como estavam antes se virou quando a capitã começou a falar com ela “Sim senhora, sem analisar os corpos previamente o risco de contaminação é muito alto, não sabemos o que aconteceu lá fora, então não aconselho trazermos nada aqui para dentro”.

    Wiane parou por algum tempo pensando nas possibilidades “se pudermos fazer uma análise preliminar do lado de fora eu seria capaz de dizer se e quais contaminantes existem nos corpos” seu rosto assumiu uma forma de extrema preocupação “desde que sejam  conhecidos, as minas deste quadrante estão trabalhando com bactérias e contaminantes ainda não catalogados no banco de dados da Terra, então seria mais difícil fazer essa análise”. Ela solicitou permissão para deixar a ponte, tinha muito no que pensar, esta análise preliminar seria bastante complicada, demandava alguns preparativos.

    A capitã foi para a navegação, ela precisava saber o que tinha acontecido ali, o que eram os destroços voando ao seu redor, com alguns poucos comandos ela acessou o mapa local, a tela exibia todo o quadrante, com a posição da nave no centro da tela, nas proximidades não havia nenhum campo de asteroides, as únicas coisas no mapa eram uma estação de pesquisa acoplada a uma lua (na verdade um grande asteroide capturado pela gravidade do sistema), que era o destino final da Morpheus, uma estrela gigante azul que sustentava dois planetas rochosos, no mais distante deles estavam marcados uma base avançada em solo e uma estação de pesquisa em órbita baixa ao redor do planeta, na órbita alta um cinturão de asteroides formava um anel ao redor deste.

    Os destroços obrigatoriamente seriam de uma das duas estações de pesquisa, pois a base avançada estava em solo e a gravidade do planeta era suficiente para evitar que uma explosão em solo se propagasse pelo espaço.

    O major Brüder era de fato o mais experiente na equipe, e sua experiência lhe dizia que os eventos correntes não eram nem um pouco naturais, após a conversa com a capitã e as palavras da doutora Wiane em concordância com as suas próprias ele saiu em direção à baia de drones onde Cross já estava fazendo os preparativos, *era curioso como a doutora Wiane se parecia com Hana, até o franzir de sua testa quando estava preocupada era igual*, no trajeto Brüder passou pela sala de observação, grandes vidros transparentes exibiam o espaço do lado de fora, os cargueiros de classe 2 foram criados à partir de naves de passageiros, e alguns resquícios permaneceram, esta sala era um deles, na verdade, um longo corredor com ampla visão do exterior, ele viu os destroços do lado de fora, já estavam a alguma distância da nave, isso era bom, nada de impactos de agora em diante, mas dava pra ver muita destruição lá fora, *um senso de apreensão tomou conta do major, o corredor parecia não ter fim e ele sentia que não devia olhar pelos vidros* Cross o aguardava na baia, ele precisava se apressar, restaurar a comunicação era de suma importância.

    Meta:
    Como eu já disse lá no lounge, vou passar a inserir alguns pensamentos e sensações nos personagens, "coisa da sua cabeça"
    vocês podem escolher ignorar, ou ir na deixa, de acordo com as ações, os pensamentos vão se tornar mais frequentes ou desaparecer, sempre estarão *nesta configuração*.

    Leomar
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 574
    Reputação : 9

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Leomar em Ter Jun 13, 2017 10:34 pm

    Apesar dos demais serem "meio" jovens, Mitzrael estava gostando de trabalhar com aquela equipe. Isto o deixava ainda mais apreensivo.

    Aquilo lá fora poderia ter sido resultado de outra chuva de asteroides da qual os infelizes não tiveram tanta perícia para desviar, ou mesmo um falha interna. Mitzrael já teve que se indispor com outros "superiores" que negligenciavam algumas regras de segurança das naves achando que a mecânica era algo "secundário".

    Mas embora existissem razões razoavelmente lógicas e comuns para um acidente no espaço, algo lhe dizia que algo não estava certo. Mitzrael não gostava de se basear em intuições, até porque ele achava que poderia parecer um pouco "paranoico" se falasse coisas assim. Afinal ele era um homem racional, que gostava de acreditar no que podia ver.

    Ele olha para os vidros. Sabia que a visão não seria agradável, mas tinha que ver a situação dos corpos e pedaços de nave lá fora. Ainda bem que a Doutora foi prudente. Mais tarde teriam fatalmente que pesquisar, mas não ainda.

    Então volta a seu "habitat" natural: o maquinário.

    - Então garoto. Vamos ver se você é tão bom com o drone quanto quando trabalhamos aqui dentro. É o mesmo de sempre: eu cuido da parte mecânica, você da elétrica e computadores.
    spectro
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2492
    Reputação : 39

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por spectro em Qua Jun 14, 2017 7:52 am

    Cross abriu o compartimento de carga onde havia os drones, pegou os dispositivos elétricos e dispôs a ligá-los, o Major chegou e começaram a conversar:

    – Falou e disse Major!!! É senhor quero que considere o seguinte, nossos drones tem certa limitação, se caso for algo muito grave, não conseguiremos efetuar os reparos de maneira satisfatória, espero que nossas habilidades somada a capacidade dos drones possam ser suficientes para conseguirmos terminar a tarefa.


    Cross pegou um controle remoto, as luzes acenderam no saguão de carga, luzes verdes cobriram o local...

    – Vou explanar!!! Temos aqui o drone Bot R2D2 que é bem ágil, e possui um tempo de resposta bem rápido além de sua inteligência artificial bem avançada, porém não é muito resistente, nem possui uma destreza boa...


    R2D2:

    – Já o Bot Ball Dex possui um alto valor de destreza e resistente a impactos, o tempo de resposta é médio porém não há inteligência em sua interface.


    Bot Ball Dex:

    – O CXR vem com um tempo de resposta alto devido a uma antena especial colocada em sua cabeça, esta aqui veja, ele tem um teor de inteligência inferior ao R2D2, e sua resistência é baixa, sua destreza é média e sua agilidade é inferior aos demais, Mas possui a função de auto-reparo.


    CXR:

    – Qual dos drones operaremos, se quiser cada um de nós poderemos ficar coom um diferente, para assim cobrir um a falha do outro, como não teremos mais problemas de impacto, não precisaremos de uma alta resistência, a menos que o problema a ser resolvido seja difícil e os drones presisem ficar lá fora por muito tempo, caso aconteça isso pode ser que eles não aguentem a temperatura lá fora.
    Kether
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 527
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Kether em Qua Jun 14, 2017 11:32 am

    Melissa olhava os dados no seu painel de navegação, ela tinha dois membros na tarefa de manutenção e restabelecimento da comunicação externa, e sabia que não haveria como atrapalhar a tarefa dos dois.

    A doutora deveria preparar a sala médica para contenção de agentes patológicos ou não mapeados. Então ela teria bastante trabalho.

    Quando se viu sozinha na ponte, Melissa respirou fundo afinal seriam horas de muito trabalho.

    - Pois bem... Vamos começar... - falou sozinha.

    Melissa utilizava seu terminal precisava descobrir algum indício do que aconteceu a estação espacial, mesmo sem saber qual das duas era. Então ela começa a fazer cálculos relacionando a velocidade dos destroços e os vetores de dispersão deles tentando encontrar o ponto zero da explosão. E também tentando evidenciar se a explosão havia ocorrido por um evento externo ou se foi causada pelo lado de dentro.

    Ela poderia saber verificando os vetores de movimento de alguns dos destroços, mas parecia que por mais que ela entrasse com valores e calculasse tudo era inconclusivo...

    Ela usa o comunicador interno da nave e manda uma mensagem para os demais.

    - Ainda não consegui identificar a origem dos destroços meus cálculos estão retornando informações inconclusivas, algum de vocês poderia verificar meus cálculos, acredito que não estou passando as variáveis corretas ou em quantidade suficiente ou talvez as fórmulas para o sistema efetuar os cálculos estejam erradas. Doutora, em hipótese nenhuma quero um dos corpos dentro desta nave. A não ser que esteja na câmara de despressurização e com o local em vigilância biológica, térmica, energética e química totais.

    Leomar
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 574
    Reputação : 9

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Leomar em Qua Jun 14, 2017 3:11 pm

    - Certo... Como o pior já passou, o que nos importa é a velocidade, não a resistência. Você opera o R2D2, sendo mais ágil chegará no problema mais rápido e com sorte você resolve tudo em dois pulos. Eu vou operar o Bot Ball Dex logo atrás, caso precise de suporte. Além disto o Bot Ball Dex deve dar bons dados visuais da câmera que eu ficarei analisando para que você não perca tempo. Você usa a sua inteligência e a do drone para um problema focal e eu uso só a minha para analisar o panorama. Deve bastar.
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Qua Jun 14, 2017 3:40 pm



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    Trilha:

    Mitzrael para por um momento no longo corredor de observação e olha, relutante pelo vidro, do lado de fora centenas de pedras cinza escuro flutuam, no meio delas brilham algumas partes metálicas retorcidas quando as luzes da Morpheus passam por elas, ele se aproxima do vidro, tentando racionalizar o que vê, ainda é incerto se é uma nave ou estação espacial, são pedaços pequenos, é difícil “juntar o quebra cabeças” e além disso o tempo não está a seu favor.

    A poucos metros da nave, surge da parte de baixo do vidro uma mão congelada, conforme ela sobe pelo vidro Mitzrael vê o braço ligado ao que fora um torso humano, partes de uma armadura geralmente utilizada para lidar com extremo calor estão fundidas à carne, com algumas costelas à mostra e apenas isso, o dano causado àquela pessoa indica uma forte explosão, capaz de desmembrar e destruir uma armadura blindada, seja o que for, as proporções não foram pequenas.

    Cross coçava a cabeça enquanto verificava os drones disponíveis para a tarefa, ele tinha diferentes opções, mas não muito tempo, de acordo com o briefing explanado em Cabo Canaveral eles tinham um horário especificado para saírem do FTL, então o controle da missão já deveria estar tentando contato, ou mesmo a colônia científica no seu destino, sem comunicação eles estavam surdos e mudos no meio do nada.

    Melissa ficou diante dos computadores de navegação e localização por vários minutos, o que ela tentava fazer era tarefa das mais difíceis, fórmulas avançadas eram necessárias, e HAO não possuía uma biblioteca específica para este tipo de coisa, ela precisaria calcular por conta própria, os outros estavam nos seus afazeres quando ela abriu o canal de comunicação. A doutora Wiane respondeu prontamente “Não sou especialista em cálculo de trajetórias mas posso ir até aí se precisar de mim, estou na metade dos preparativos da sala de contenção, usei a sala disponível mais próxima de uma câmara de despressurização, assim não teremos que carregar nada pra muito longe dentro da nave, mesmo assim ainda preciso adaptar uma cápsula de isolamento pra ser retirada da nave, elas não são feitas pra isso e talvez eu precise de alguma ajuda aqui também”.

    A doutora Wiane estava sozinha na ala médica, com ferramentas que não lhe eram muito familiares, ela tentava desacoplar uma das cápsulas de isolamento para, se necessário transportar algum dos corpos para dentro da nave, essa seria, sem dúvida a maneira mais segura de fazê-lo, mas apesar de não admitir, Wiane estava perdida, vários cabos e fios estavam pendurados sob a cápsula enquanto ela olhava para tudo aquilo e nada fazia sentido.

    spectro
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2492
    Reputação : 39

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por spectro em Qua Jun 14, 2017 4:11 pm

    – Certo Major vamos lá então...

    Cross então foi até os Bots, analisou cargas de bateria e fez alguns testes antes de colocá-los para fora, testou controles remotos e tempo de resposta, deu ao Major um dos controles para que ele também se acostumasse com o seu bot e os pôs para funcionar, logo eles estariam lá fora para realizar as tarefas, então os Bots foram colocados em posição e abrindo as escotilhas para serem levados para fora, foram feitos os procedimentos de despressurização sob os cuidados do Major.

    Cross ajustou os painéis para ambos, e agora era hora do show...

    – Espero não ter surpresas pelo lado de fora, vamos lá garoto, anda direitinho, isso... Major estou chegando ao local da antena, logo vou poder localizar os defeitos, nada de Karma ruim agora, tem que dar certo tudo... Ah!!! Pra dar sorte...

    Cross pegou uma bala de menta e colocou na boca, ofereceu uma pro seu companheiro, e continuou a controlar seu Drone até avaria, queria solucionar logo o problema...
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Qui Jun 15, 2017 10:45 am



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    Trilha:
    Os drones saíram através de uma pequena abertura, no interior da nave, Cross e Brüder se ocupavam dos controles, atentos às informações recebidas das câmeras. Do lado de fora R2D2 e BB Dex percorriam o casco, os operadores viam alguns amassados ao longo da nave, nada muito grave a princípio, o espaço em volta da Morpheus era vasto, ao longe o gigante azul brilhava, iluminando os destroços que pouco a pouco se distanciavam.

    Na parte inferior da nave, próximo ao centro, de longe já foi possível notar que pequenas faíscas se propagavam do casco, elas pareciam se mover em câmera lenta, e se apagavam quase que imediatamente, ao se aproximar, dá pra ver uma escotilha retangular afundada para dentro do casco, com uma pedra enterrada no local, algum tipo de engrenagem parece tentar mover a escotilha intentando abrí-la, mas o movimento que consegue fazer é de menos de um centímetro, de acordo com com a planta da nave aquele é o local da antena, mas com a escotilha fechada não dá pra fazer uma avaliação dos danos.

    Sob a supervisão próxima do Major, Cross tenta fazer a remoção da pedra, após algumas tentativas o drone finalmente consegue pinçá-la para fora, revelando o rombo na escotilha que oculta a antena, agora sem o impedimento ela se abre, e a antena é direcionada para fora do casco da nave, ela tem parte do revestimento quebrado, dá pra ver alguns fios rompidos no interior e faíscas continuam a surgir de dentro dela, algum componente eletrônico está derretido, o mecanismo por onde ela desliza para antes da metade da antena estar exposta, olhando por baixo da escotilha da pra ver que a engrenagem está com um dos dentes amassados.

    spectro
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2492
    Reputação : 39

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por spectro em Sab Jun 17, 2017 5:56 pm

    – Da uma olhada nisso major, vou colocar na tela grande a nossa frente, espero que tenha este componente que esta faltando no seu drone, vou emendar estes fios, caramba Karma ruim mesmo, olha aquela engrenagem ali, vai precisar ser trocada, que maldição, acho que vou precisar de um café, na verdade daria tudo por um bife de verdade e não estas pastas de astronauta que nos comemos, sabe onde eu estudava tinha um restaurante, hum... Lá servem um bife que é uma beleza... Bem vamos ao trabalho...

    Cross se concentrou nas tarefas, ele ainda não sabia ao certo o que havia lá fora, foi quando viu de relance...

    – Mas o que é aquilo ali na tela??? Parece uma mão?? um corpo humano fora da nave, eu to louco ou é aquilo mesmo??? Acho que a câmera, não olha ali é mesmo Major um corpo humano???

    A visão pela câmera do Bot deu um susto no rapaz, por um momento ele largara os controles do Drone, depois tentou se recompor, a visão o deixou de boca aberta...

    Suor brotou de sua testa, um serviço que parecia ser simples agra amedrontou o rapaz, ter uma visão daquelas de repente o abalou, agora ele tentava afastar os pensamentos ruins da mente, eles brotavam em sua cabeça como insetos indesejados, ele sacudiu a cabeça varias vezes para ver se estes "Insetos" se afastavam, mas em vão, Cross perdia a concentração, engoliu em seco, limpou a testa de suor e respirou fundo duas vezes para terminar a tarefa o mais rápido possível, afinal tinha um superior na sua cola e ele teria de forçar-se a se acalmar na marra.

    – Desculpe Major!!!! Vou me concentrar na tarefa, temos de terminar isto aqui não é mesmo...?
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Ter Jun 20, 2017 11:12 am



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    Trilha:
    Cross estava compenetrado com sua tarefa, pelo menos até parte de um corpo congelado passar flutuando no seu campo de visão, ele tinha familiaridade com circuitos e equipamentos eletrônicos, sabia desmontar e montar computadores com extrema eficácia, mas não era um combatente, não era comum para ele se deparar com a morte, pior ainda a morte brutal que aquele corpo aparentava ter sofrido, o major estava ao seu lado, então ele tentou não demonstrar seu nervosismo, mas por um momento deixou de lado os controles do drone, respirou fundo algumas vezes, desviando o olhar da tela.

    Brüder moveu BB Dex ao redor de R2D2 enquanto Cross tentava novamente se concentrar na sua tarefa, o major viu ao redor algumas outras partes daquele corpo, ele usou o drone para afastá-las, e a algumas pedras que também estavam próximas, diferente do jovem engenheiro, ele já havia visto sua cota de morte e violência, não que alguém se acostume com isso a ponto de ficar indiferente, mas ele era capaz de manter a calma, ele guiou o drone, evitando que quaisquer outras partes de corpos entrassem na frente da câmera de Cross, na baia, diante dos controles, o major olhava para o jovem engenheiro, incerto se deveria dizer alguma coisa diante da situação.

    Depois de vários minutos sem nenhuma comunicação interna, em que toda a tripulação estava ocupada com as ordens dadas, a capitã Lopes ouve ruídos e estalos pipocando no painel de comunicações, aparentemente os reparos estão dando resultado, os ruídos mudam de frequência, parecem ondas se alongando, e depois se tornam só um chiado.

    *Click* Senhor, a nave não deu resposta, já tentei em todas as frequências militares, vou tentar as comerciais. *Click*

    O rádio estava funcionando, finalmente poderiam saber o que estava acontecendo ali.

    *Click* Não estamos aguardando naves comerciais, continue tentando nas frequências militares, algum retorno da Terra? *Click*

    Melissa se dirigiu até o painel de comunicações.

    *Click* Negativo Senhor. *Click*

    Kether
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 527
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Kether em Ter Jun 20, 2017 12:22 pm

    Melissa estava acompanhando o trabalho de reparo pelo seu monitor na ponte de comando, pelas expressões faciais dos dois parecia que o trabalho estava ocorrendo sem problemas.


    *Click* Senhor, a nave não deu resposta, já tentei em todas as frequências militares, vou tentar as comerciais. *Click*


    *Click* Não estamos aguardando naves comerciais, continue tentando nas frequências militares, algum retorno da Terra? *Click*


    *Click* Negativo Senhor. *Click*


    Melissa ao ouvir resposta no sistema de comunicação, joga a imagem da sala de Cross o monitor principal da ponte de comando onde passa a dividir com a sala da Dra. Wiane e então segue rapidamente para o painel de comunicações e utilizando a mesma frequência de recepção tenta contato.

    *Click*- Aqui é a Capitã Melissa da ESL Morpheus. Alguém na escuta? Tivemos um problema na desaceleração, encontramos uma grande nuvem de destroços de uma estação espacial, que nos fez alterar a rota sem maiores perdas. - Cambio. *Click*

    O coração da Capitã disparava, ela precisava de uma confirmação que o controle havia conseguido ouvi-los.

    - Major e Cross vocês estão realizando um bom trabalho. Estamos escutando, só não sei ainda se eles nos ouvem. Continuem o trabalho caso necessitem de uma ajuda me comuniquem. Doutora, como está o trabalho de adaptação da sala anti-contaminação?

    Melissa alternava a atenção entre o painel de comunicação e o monitor principal onde acompanhava o restante da tripulação.

    - HAO, continue com os testes para encontrar o ponto zero da explosão da estação espacial. Utilize também as variáveis de Gravitação Quântica com a massa do sol deste sistema solar e faça uma varredura de massa negra.
    Leomar
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 574
    Reputação : 9

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Leomar em Qua Jun 21, 2017 5:17 pm

    - É garoto! São corpos! Eventualmente as pessoas morrem! - Brüder falava sem muita paciência. Aquela era uma equipe com boas pessoas, mas a falta de experiência dos outros às vezes o irritava. Brüder tenta amenizar a alfinetada com alguma coisa positiva, embora não estivesse se sentindo tão positivo assim: - Mas se servir de consolo, um acidente assim no espaço mata de forma rápida, então pense que quem quer que tenham sido aquelas pessoas, elas não sofreram.

    Ele consegue desviar os objetos do caminho do drone de Cross, e intimamente tenta amenizar seua próprios receios: "Talvez tudo tenha sido apenas um acidente normal... fatal, mas normal..."

    - Deixa que eu me preocupo com a parte externa, foco no seu trabalho. Você está indo bem Cross. Continue fazendo um bom trabalho. - Ele continua incentivando, tentando não parecer muito arrogante.

    Quando se tratava do "garoto", Mitzrael não conseguia deixar de pensar que às vezes tinha vontade de falar "bom garoto, bom garoto"! Como fazemos quando queremos brincar com um cachorrinho. O garoto tinha mesmo uma alma boa como os cachorros têm, só que também lhe faltava a malícia que os cachorros não têm.

    - Ainda teremos trabalho com isto, mas estamos indo bem... Por enquanto. Mas não amos descansar ainda.
    Exalted
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 709
    Reputação : 22
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Exalted em Qui Jun 22, 2017 9:22 am



    Espaçonave Morpheus, 12 de novembro de 2177



    HAO efetuava diversos cálculos, procurando com os dados apresentados por Melissa a origem da explosão “Capitã, localizei o ponto zero, a explosão se originou na órbita baixa do planeta mais distante da estrela deste sistema, de acordo com as leituras, a estação Alpha foi completamente destruída”.

    *Click* Sim capitã, posso ouví-la, aqui é o cabo Hughes falando da Estação Beta Xuanyuan 14, estamos recebendo o sinal de sua nave há algum tempo, é muito bom saber que estão bem, os destroços que encontraram são da Estação Alpha, tivemos muitas baixas aqui nos últimos dias, falaremos sobre o assunto quando chegarem até aqui. *Click*

    A tripulação havia concluído seu trabalho, com o incentivo de Brüder, Cross completou os reparos, agora que sua visão estava livre de distrações, a comunicação estava recuperada e os drones poderiam voltar para o interior da Morpheus, na ala médica a doutora Wiane estava terminando os preparativos, a sala inteira estava isolada, restando apenas a cápsula ser completamente removida e reativada.

    “Estou quase terminando aqui” disse a doutora “mas se algum dos rapazes já estiver desocupado eu apreciaria a ajuda”, pela câmera Melissa pode ver que a doutora está diante de um emaranhado de fios da cápsula, com as mãos nas frontes, completamente perdida.

    Conteúdo patrocinado


    Re: [Capítulo 1] Missão Narumi

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 8:18 am