Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Responder ao tópico

[Diário dos Kamis] Resumo

Compartilhe
fred~
Samurai Urbano
avatar
Samurai Urbano

Mensagens : 135
Reputação : 5

[Diário dos Kamis] Resumo

Mensagem por fred~ em Sex Maio 26, 2017 4:47 pm

Aqui serão relatados os fatos que ocorreram na trágica, porém heroica, investigação do desaparecimento de Toda Minako e seu pai segundo a vista dos Kamis que tudo presenciam. Sou o espírito da terra e tenho protegido a família dos Todas a eras, mas sinto profundamente por não conseguir conter esta última ameaça. Que os espírito aventureiro e honrado dos samurais que se prestaram a decifrar este caso possam erradicar a maldição.  
 
Informações foram omitidas em função de preservar a verdade dos relatórios oficiais sobre o caso e a ordem cronológica dos acontecimentos.  
 

"3º Dia do Mês do Cavalo"


Hora do Dragão (8 às 10 da manhã): Doji Mei, Kazama Sogetsu e Shiba Hiruko se encontram na ante-câmera dos aposentos do daimyo em Shiro no Meiyo, com eles estava também Bayushi Eiko, samurai do Escorpião, provavelmente com a mesma missão.  
 
Era início de verão e o clima estava ameno, a apenas 3 dias do Festival do Crisântemo.  
 
Ao serem convocados, logo descobrem que a esposa do lorde seria quem iria atendê-los, por motivos de ele estar em Shiro Matsu.  
 
Lady Matsu Suzuya escreveu:- Minako-chan está desaparecida há seis dias, não se sabe se foi raptada ou se fugiu... Ela tem apenas 15 anos e é a filha única do principal hatamoto do meu marido, Toda Honzo... Mas mesmo ele não foi capaz de encontrá-la e também sumiu...  
 
- Sei apenas que numa noite após o banho ela se retirou para seu quarto, na manhã seguinte sua aia entrou para despertá-la e ela não estava mais lá... Seu pai desesperado partiu a cavalo atrás dela em todo o canto mas paramos de ter notícias dele... Nossos magistrados e shugenjas não encontraram nada mais - dizendo isso, Akodo Shinji, samurai do leão, é introduzido até a grande sala.
 
 
Akodo Shinji escreveu:- A cidade já foi praticamente toda revistada, mas o festival tem dificultado um pouco as coisas...  
 
 
Após serem informados Toda Honza foi visto por último entrando na floresta de bambu próxima ao rio Shiretsu no Matsu, o grupo decidiu se dividir, ficando por conta do Leão e da Escorpião seguirem esse rastro. O comando da missão como um todo ficou sobre encargo de Doji Mei por sua posição privilegiada e, assim, todos partiram do castelo com os termos, mas sem saber ainda fatos como quando a garota desapareceu exatamente.  
 

Hora da Serpente (10 às 12 da manhã): A comitiva parte para a mansão dos Toda onde mais detalhes sobre o caso talvez pudessem ser obtidos. Suwo, um velho bastante conversador guia o caminho. Ele conta uma história sobre a origem do nome da cidade.  
 
Suwo escreveu:- Há cerca de 500 anos atrás, tropas do Escorpião tomaram a fortaleza de Shiro no Meiyo em um súbito ataque como é costume dos desonrados. Quando eles marcharam então para Shiro Ikoma, samurais valorosos como Matsu Toda defenderam as terras do Leão e retaliaram, retomando a cidade que agora tinha o nome de Sombra do Leão e renomeando-a para Lição de Humildade...
   
Mal terminou de falar e 3 criaturas (logo Sogetsu idenficou que elas não eram humanas) surgiram das sombras parecendo serem formas dela própria. Elas acertaram suas garras em Hiruko e Mei, que sentiram mais um dano psicológico que físico, mas foram afastadas com o bom trabalho em equipe de todos.

Após uma breve conversa, decidem seguir até a mansão já que não conseguem determinar o propósito daquele ataque. Chegando lá, são recebidos por Toda Yuma, tia de Minako, que faz uma espécie de resumo sobre sua personalidade:

Toda Yuma escreveu:- Ela era uma garota muito reservada, mas também muito alegre. Gostava de andar a cavalo e de praticar pintura. Estava muito animada com o festival..

Neste momento, apareci encarnado em Yukio, um tigre que costuma guardar a casa. Logo notei que esses investigadores não eram samurais comuns, ainda mais o jovem Sogetsu, que demorou-se mais a me observar naquela forma.

Seguindo para o quarto da garota, foram informados da falta de algumas coisas: quatro yukatas (peças de roupa), três kimonos, uma bolsa onde a menina guardava alguns kokus, dois broches, um pente de marfim e alguns óleos aromáticos.

Quando Sogetsu nota finalmente um desenho da garota sobre uma forma de aranha-humana bastante estranha entrando no que parecia ser aquele mesmo quarto, Yuma se adianta:

Toda Yuma escreveu:- A pequena Minako vinha se queixando de pesadelos e pintou essa gravura para ilustrá-los. Ultimamente ela parecia um pouco perturbada e desatenta, por isso aconselhei que descansasse e focasse nos estudos que iria se esquecer disso...

Logo o alarme anti-yokai começou a piscar e após uma bateria de perguntas, se aventou a possibilidade de que o Clã da Aranha estivesse por trás de tudo isso. Além disso, é citado o nome de Toda Nichiren como conhecedor de lenda e pesadelos, também sobre aranhas, que tomam apenas como superstições. Ah, tolos mortais, pensam que sabem de tudo e ignoram o óbvio como sempre!

Enquanto isso, Hiruko investigava correspondências entre Minako e Akodo Shinji, eles pareciam ter uma caso de amor juvenil, mas tudo precisava ser levado em conta.

Mei, por sua vez, encontra sangue em uns panos, na verdade roupas de baixo, rasgados encobertos pelas cinzas da lareira. Todos não sabem bem o que fazer com aquele informação.

Finalmente, Sogetsu tem uma espécie de epifania do lado de fora, lembrando do que pode ser aquele yokai aranha da pintura. Após um discurso inflamado do samurai, resolvo aparecer, contando que eles devem buscar Toda Nichiren no Templo de Okakura com a esperança que as coisas não piorassem.


Hora do Cavalo (12 às 2 da tarde): Akodo Shinji retorna para saber como anda a investigação, já que a busca pela floresta não resultara em nada. Hiruko e Mei questionam sobre um vestido que ela usara em seu gempukku, mencionado nas cartas, entre outras coisas. O Leão não se esquiva das perguntas, mas não vê muito em que aquilo poderia ajudar no caso.

O samurai da Garça também retorna e informa do seu encontro, assim como pra onde devem ir agora. Antes disso, inspecionam mais um quarto, dessa vez do senhor da casa. Encontram apenas papéis sobre a árvore genealógica da família e a herdeira no caso de não encontrarem os desaparecidos: Toda Yuma.
  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Qua Out 18, 2017 7:20 am