Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    3º passo - Alianças

    Compartilhe
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 510
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Larissa Aprill em Sex Jul 21, 2017 8:50 am

    Após uma noite mal dormida, a garota acorda um pouco cansada. Logo cedinho ela percebe que Min-ki não estava normal. Ele ficava falando sozinho, tentando ensaiar sua declaração. Enquanto ela escovava os dentes ela escutava o loiro murmurando pelos cantos. Claro que isso a chateava, mas não tanto quanto o comentário do cabelo.

    Enciumada a menina cospe a espuma da pasta na pia e faz um murmúrio irritado.

    - Aisshhh.... Naneun ttohan geunyeomankeum-ina aleumdaun, aleumdaun meolikalag-eul gajigoissda.
    Aisshhh....Eu também tenho um cabelo bonito, tão bonito quanto o dela.


    Pelo menos no banheiro ela poderia liberar sua frustração, mas ao encarar seu reflexo no espelho, via um menino mirrado e sem atrativo nenhum.

    Quando a garota estava sentada sozinha na poltrona, respondeu a mensagem do Shin e logo em seguida recebeu outro SMS. E o que ele falou a deixou preocupada. Não tinha pensado nessa possibilidade, de que Tae ou Peach estavam por trás disso. Ao olhar ao redor, percebe que Tae estava olhando diretamente para ela. Então ela fugiu em direção aos seus amigos.

    O diretor Song e o produtor entraram no auditório e a menina foi se sentar junto com seu grupo. Ela ouvia as explicações do produtor, mas sua atenção não estava 100% focada no local.

    Depois do que Shin disse, Eu Se ficava tentando adivinhar quem queria prejudica-los diretamente. Claro que Tae era um forte candidato, pela rivalidade que tinha com Min-ki, poderia ter contratado um paparazzi. Mas não sabia que ela iria para festa e nem se aproximou o suficiente para reconhece-la. O que significava que seu alvo poderia ser o filho do senador. Mas porque??

    Enquanto criava mil teorias e possibilidades, Eu Se nem prestava atenção na apresentação de Lúcifer e olha discretamente para Shin que estava sentado em sua frente. Ela se surpreendeu a ver que estavam falando dela no dia da festa. E Shin estava a elogiando ao chinês.

    - Mueos ??
    Quê??


    Eu Se acabou exclamando alto e ficou envergonhada por ter se intrometido na conversa alheia. Mas não tinha sido a única, pois Min-ki se debruçava sobre a cadeira para falar com Quan Lei. Agora ele pedia dicas para o rapaz como conquistar as mulheres. Havia momento pior para ela estar ali?

    Ela escondeu o rosto nas mãos, quando Shin virou para trás e começou a encara-la. Tudo que ela queria no momento era se esconder.


    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 86
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Gakky em Sex Jul 21, 2017 10:44 am

    Yuki respira aliviada com as palavras de Minsoo, pois ele não parecia incomodado, tinha sido até gentil ao dizer que ela poderia ligar mais vezes. "Isso é tão kawai!" - Pensava sorrindo. Mas a informação de que ele não convidaria ninguém pra vê-lo era um pouco triste. Yuki não entendia como a família dele poderia ser tão fria com um garoto tão especial.

    - Ahh, obrigada, isso é muito atencioso, eu agradeço se conseguir, mas não se esforce tanto, não vou ficar chateada se não puder, concentre nos seus ensaios - Responde a ele com a voz bem carinhosa - Mas não pensa em levar seus parentes? Por que? Por acaso se sente mais pressionado perto deles? Ah, desculpe, não precisa responder se não quiser... E bom acho que já falei muito não é...

    (...)

    Quando a senhora Bora lhe deu carona, no carro Eun-ji pedia para tirar uma foto juntas. Yuki aceitou prontamente e animada. A amiga estava mesmo empolgada com as redes sociais. Mas o próprio celular era muito limitado e lento, Yuki precisava de um celular melhor, mas sabia que isso seria difícil, celulares eram muito caros. Ela se posicionou para fazer a foto e fez uma careta fofa. Depois riu e agradeceu:

    - Obrigada! Eu não te ligo porque não tenho crédito, ai não dá para te mandar essas coisas. Eu não tenho internet, é muito caro para minha família pagar essas coisas... Acho que tem muitas pessoas com sua foto porque.. É o que chamam de fake, acho. Eu ainda estou tentando absorver essa realidade, é difícil acreditar que gostam de mim. Pode por a foto para os Red Heads sim. Acho que ficou boa.

    Quando chegaram e Rin veio falar com elas, Yuki fica feliz com isso:

    - Estamos bem. Obrigada Rin, sinto saudades suas.

    Depois Chae fala sobre estar em um palco de verdade, Yuki também comenta:

    - Eu também nunca estive em um palco de verdade. É emocionante, porque se formos bem no concurso, será nosso meio de vida. Obrigada Zhezhen!

    Então logo tentavam animar Eun-ji com as roupas, Chae até falava de curvas. Yuki riu quando a amiga falou de curvas na estrada, ela realmente era como um peixinho fora da água, talvez por isso se davam tão bem. Então respondeu a amiga:

    - É que gostei da minha roupa, tira o visual muito fofo - Se vira para amiga e responde- Curvas do seu corpo Eun-ji! Os garotos gostam de ver as curvas de uma garota, minha mãe que me diz. Essas curvas aqui, do seu quadril, do busto, da cintura, do bumbum... Nos deixam mais femininas, pena que eu não tenho tantas curvas...

    Yuki faz uma careta chateada por ver que não era tão sexy. Então Eun-ji logo a distraí com perguntas de meia calça, Yuki não sabia se tiraria pontos, mas talvez pudessem tentar, já que não era a apresentação ainda.

    - Eu acho que você vai ficar linda Chae, e você pode tentar Eun-ji, hoje não sei se vale pontos.

    Por sorte uma mulher alta chegou, ela parecia ser a maquiadora. Era bem chocante ver que Peach já tinha saído toda arrumadinha, sempre a primeira em tudo. May então começava a se apresentar, ela realmente parecia muito importante, Yuki ficou muito animada com isso. Porém havia o problema de se trocar na frente das outras, mas era isso ou enfrentar a fila.

    - Sim vamos para fila...

    Mas então Euntak chegou muito agressiva perto dela e a insultou de um jeito bem cruel. Ela lançou um olhar para Yien como se tivesse acreditado nisso. Rin ainta tentou intervir, mas o sorriso de Yuki já tinha começado a se apagar. Euntak era tão agressiva que falou de um jeito muito horrível para Rin. Isso deixou Yuki com muita raiva, uma coisa era atingir ela, outra e atingir suas amigas, as pessoas que a trataram bem, não mereciam isso. Eun-ji não aguentou e se colocou na frente da Euntak, mas isso poderia dar muitos problemas, Yuki não queria que ocorresse mais uma briga em vestiário, não queria ninguém expulso. Então foi atrás da amiga e disse:

    - Eun-ji deixa isso para lá, ela não merece que você gaste sua energia com ela. Vem, não vamos deixar que isso estrague nosso dia... Não quero que isso termine com todas expulsas...

    Yuki então olhou para Euntak e disse com coragem:

    - Você até pode fazer isso comigo, mas não perturbe minhas amigas. Elas não merecem isso.

    Então a ruiva também dirigiu palavras a Yieun, mas dessa vez Yuki sentia um aperto no coração. Por algum motivo, não queria que Yieun ficasse triste, era um dia para ensaiarem, não para desavenças, e pior, ela não queria ser culpada da tristeza de ninguém. Então Yuki riu se esforçando para parecer simpática e disse para Yieun e Eun-ji:

    - Tudo bem Eun-ji, não discutam por minha causa, quero que seja uma dia feliz hoje para todas nós. Yieun foi legal de me emprestar a blusa, eu deveria ter verificado se estava limpinho. Mas ainda me sinto grata por ela. Vá e faça o seu melhor Yieun.

    Se a fila para a cortina privativa demorar, Yuki vai sugerir uma coisa:

    - Gente, se quiser podemos nos juntar e fazer uma parede humana para a outra se trocar. Prometo ficar na frente sem sair, podemos usar toalhas para cobrir também.

    Quando Eun-ji termino de se trocar, seja qual foi a forma, Yuki sorriu animada ao vê-la e disse:

    - Você está muito sexy Eun-ji! E muito linda! Estou orgulhosa da minha amiga.

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1232
    Reputação : 172
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Luxi em Sex Jul 21, 2017 3:03 pm

    //DIA 5//

    ♪ Eun-Ji ♪

    A senhora Bora ficou muito satisfeita pela alegria da menina em ter amigos. Acreditava que finalmente a garota começava a sair de um ciclo de tristeza e começava a construir uma base de amizades e relacionamentos saudáveis. Ouvia a tudo com paciência e tirou uma foto das meninas.

    Os fãs logo reagiram. Ainda não eram como grandes estrelas, mas dezenas de pessoas se empolgavam com participantes de reality. Essas comentavam coisas como:
    “Por favor, pede pra Yuki fazer perfil também”
    “Fighting! Vou torcer por vocês”
    “Já comprei meu ingresso.”
    “To muito triste que não posso iiiirr T_T”
    “Minhas favoritas <3”

    ♪ Yuki ♪ e ♪ Eun-Ji ♪

    - Já já atendo vocês - a estilitsa prendia um alfinete em uma saia de paetês preta de Rhee Hyeko, e estava atarefada o bastante para não prestar muita atenção em Eunji. O que foi um erro, já que de repente havia uma discussão que a reponsável por elas não estava prestando atenção.  As meninas de Gee agora eram atendidas sentadas nas cadeiras à frente do espelho, com a equipe de May fazendo os testes de maquiagem.

    (...)

    O rosto de Euntak ficou bem vermelho de raiva ao ser confrontada pela ruiva. Por que a garota tinha coragam de encará-la? Euntak não entendia. Não conhecia esse tipo de coisa. Então teve  uma ideia para respondê-la.

    -   O que eu ganho? Boas risadas. Adoro as carinhas de derrotadas de vocês. Ah sim, senhorita May! Ajude a Wong Eunji-shi a colocar calças, bem grossas, ela é crente e deve ter as pernas peludas. Deixa ela, por favor - pediu Euntak em voz alta, completando seu ciclo maldoso, mesmo que aquilo não fosse verdadeiro. Riu abafado.

    Rin deu um passo à frente, apertando os olhos e cerrando o punho.YiEun mordeu o lábio em uma expressão murcha, chateada com as palavras de Eunji. Estava quase em sua vez de se vestir e ela mal conseguia olhar para a briga. Por sorte, Yuki se intrometeu na discussão e mais uma vez a rival não conseguia entender quando a “sardinha” tinha virado valente. Sua dúvida transpareceu em seu olhar, brevemente surpreso.

    - ...eu não joguei fora a blusa… - Yieun falou baixinho.

    - Ei, sua magricela idiota. Você não pode falar assim das pessoas - Chae se intrometeu também.

    - Ah, você tem amigas agora? Pff. Pois fiquem sabendo que quem me contou tudo sobre vocês foi a Yieun ali. Senhora, “não tenho TV em casa” - jogou o cabelo para trás e revirou os olhos, saindo andando, se juntando com seu grupo.

    Yieun abaixou tanto a cabeça que parecia que conseguiria se esconder no vestido.
    - ….Não foi de propósito… eu tava irritada porque vocês não me chamaram para treinar na casa do Tae… e foi todo mundo… eu… eu só… Eu não podia imaginar que ela era assim! Eu só queria uma amiga e ela apareceu quando vocês estavam me excluindo!  -  a garota soltou um soluço e se enfiou no provador.  O que logo gerou um monte de reclamações das meninas, porque ela não queria sair.  Rin suspirou pesadamente. Zhenzhen nem estava participando da discussão.

    - Está bem… vamos fazer a tal da tenda. Eu vou ajudar a cobrir vocês. - ela fez menção de dar a mão a Zhenzhen, Chae e Yuki ou Eunji, para que pudessem se trocar em um cantinho, caso elas quisessem.

    Yieun acabou saindo de lá e se enfiou em um canto, sendo empurrada pelas outras garotas para que pudessem se trocar também. Ela ficou longe de Euntak e também das meninas tanto quanto possível, de costas e logo May decidiu medi-la também.

    ♪ Eu Se ♪ ♪ Shin-Hee ♪

    - Oh, desculpe, hyung. Você e seu monte de amigas bonitas que eu preciso respeitar…  - suspirou. - Estou esperando ainda que você me deixe falar com alguma amiga sua.
    - Também acho - Tommy se intrometeu assim que Shin disse que ele deveria ter cantado Fiction, a algumas cadeiras na frente, mas era só para brincar.
    - Por que cantar Fiction? Está sofrendo por amor? Chame-a para assistir.  

    A conversa de garotos sobre outras garotas certamente era desconfortável para Eu Se, especialmente quando um dos que estava muito interessado era justamente o garoto que ela gostava, mas ao menos a conversa seria interrompida um pouco pois já estava na hora de “Sorry, Sorry” subir ao palco para fazer suas marcações. Quan Lei tomou todo o cuidado para não exibir demais de suas habilidades para os inimigos e tudo que fizeram foi marcarem seus lugares de palco. O mesmo aconteceu com os meninos de “Fiction”, no qual Bae estava ensaiando de verdade. Em “Fantastic Baby”,  todos os que subiram ao palco pareciam muito confiantes de si, o que era muito perceptível através de seus sorrisos debochados direcionados à platéia.  Em uma escala de egocentrismo, Gim Jisun, Ahn Yukwon e Tae estavam no topo, ainda brigando pelo centro, inclusive durante as marcações de palco. Tae lançava olhares irritados em direção ao grupinho de amigos, pois sentia-se traído, principalmente porque Minki tinha declarado em rede nacional coisas ruins a seu respeito, além de se declarar para Rin. Também havia outro problema: Shin ganhava cada vez mais popularidade e só ele sabia o quanto realmente sua ideia de pedir Peach em namoro tinha sido estúpida.

    Por último, em “Mirotic”, Eu Se devia escolher conter sua voz naquele ensaio repleto de homens, mas seu próprio grupo não parecia querer dar tudo de si de qualquer maneira.  Minki parecia meio desconcentrado, olhando para baixo na direção do grupo de BIGBANG.

    Gastaram um tempo considerável nesses ajustes, que continham mudança de luzes e aprendizado da equipe de som sobre suas vozes. Logo Song Yeonim e o produtor Cha anunciaram que eles poderiam seguir para a coxia, enquanto as garotas fariam as primeiras marcações. A porta do vestiário masculino era muito bem indicada, mas quando chegaram, só havia cinco cadeiras diante de um espelho iluminado por lanternas esféricas e uma única cortininha de provador.  Perto de cada cadeira, havia uma papel colado na parede indicando cada grupo e araras com roupas etiquetadas com os nomes dos membros.

    Para os garotos de “Sorry, Sorry”, não havia surpresas: terninhos sociais completos, que seguiam as medidas de inscrição que os garoto em algum momento tiveram de preencher. Caso contrário, era este o momento para tirarem medidas.

    Para o grupo de “Mirotic”, no entanto, havia um gigantesco problema. Um que apenas Eu Se, Shin Hee e Amihan podiam entender no momento:

    OI Lari, te amo, eu juro:


    A blusa com a tag “Go Mi Nam”, a única tão pequena quanto ela, era feita de malha preta transparente.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 510
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Larissa Aprill em Sex Jul 21, 2017 4:28 pm

    A garota mantinha o rosto abaixado e o olhar fixo nos tênis. Ela se sentia constrangida de ouvir os meninos falando sobre garotas, por que ficava meio obvio que ela era negligenciada nesse sentido. A conversa só morreu quando o grupo de Shin foi se apresentar.

    Eles pareciam bem concentrados na dança e viu que Quan Lei era um excelente dançarino.  Bae dançou muito bem, era nítido que ele estava se esforçando e treinando bastante. O grupo de Tae parecia ter problemas internos, mas Eu Se preferiu evitar de olha-lo diretamente.

    Quando foi a vez do seu grupo subir no palco a menina estava muito nervosa. Ela preferiu polpar sua voz para o dia da apresentação e mesmo na dança ela se atrapalhou algumas vezes.  Precisaram repetir algumas vezes até eles acertarem as marcações. Na passagem de som a menina como líder disse que queriam se apresentar segurando os microfones, pois assim ela teria um controle melhor da potência da sua voz.

    No geral foi uma tarefa simples e logo os grupos foram encaminhados para os camarins. Chegando lá, Eu Se viu que todos os grupos estariam juntos e a única privacidade que tinham era uma cabine com cortina para se trocarem.

    Eu Se entra no camarim e segue seu grupo até às araras de roupas. Ela primeiro vê a etiqueta com seu nome, mas ao puxar a blusa e perceber a transparência do tecido, ela começa a corar violentamente e arregala os olhos assustada.  Ela deve ter bugado por alguns segundos pois ficou segurando a blusa na sua frente sem reação.

    Com um olhar  de gatinho do Sherek, ela puxa a manga do filipino, para chamar sua atenção e mostra a blusa. E então como uma voz chorosa diz.

    - Amihan .... naega? mueos-eulhaeyahabnikka

    Amihan....o que eu faço??


    Parecia que a menina estava a ponto de chorar. Ela olha em volta a procura de alguém da produção, iria explicar que não poderia usar algo tão exposto assim.

    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1315
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por shamps em Sex Jul 21, 2017 4:34 pm

    Como Eun-Ji não tinha noção do tamanho da internet, aquelas poucas pessoas que conversavam com ela tinham o peso de um milhão de pessoas e isso a deixava cada vez mais animada.

    - Ahhhh... unnie, eles querem que você tenha um perfil também - comentou bem feliz para a amiga.

    - Eu não consigo ligar muito, por isso só mando mensagens.

    ...

    May não deu muita atenção para as meninas, então Eun-Ji apenas deu de ombro, aceitando ficar só com shorts, sem as meias.

    - Tudo bem...

    ...

    Euntak insistia em sua provocação, mas como a garota não tinha as pernas peludas mais, ela não entendeu a importância daquilo e não deu bola, apenas respondeu o óbvio:

    - Eu não tenho pernas peludas. E sim, sou crente e temente à Deus com muito orgulho! - a varejeira continuava com suas sandices e Eun-Ji não deu muita importância, apesar de estar nervosa. O que lhe doeu mais foi ouvir que Ye-Eun contara tudo para Euntak.

    - Ye-Eun... desde que chegamos, lá no primeiro dia, você só nos humilhou, nos xingou, riu da gente... antes dela - apontou para Euntak - rir de mim por não ter TV em casa, você já tinha rido. Eu tentei várias vezes ser sua amiga e em todas elas você foi cruel... e todos eles viram, inclusive o Tae sunbae... foi ele que nos convidou para ensaiarmos... agora se pergunte por que ele não te chamou. Agora me responda, está se divertindo também com nossas carinhas de derrotadas? - imitou o tom de Euntak - e você - aponta para Euntak - nunca mais dirija a palavra a nenhuma de nós aqui - referia-se as quatro garotas CBH e a Rin - ao menos somos amigas de verdade - e voltou-se para as amigas, virando a cara para Euntak e Yi-Eun.

    - Eu não posso deixar para lá, unnie... elas querem nos humilhar e isso é errado...

    Eun-Ji se sentiu muito desconfortável para se trocar na frente delas, mesmo tendo a tenda.

    - Não quero me trocar aqui... vamos procurar um banheiro, aqui deve ter um.

    Persephone
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 335
    Reputação : 90

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Persephone em Sex Jul 21, 2017 5:04 pm

    - Você deve respeitar todas, independente de serem minhas amigas. Mas...Eu não disse que você não pode conhecê-la. Quem sabe um dia? Ela voltou para Londres depois da festa, então, vai ter que esperar até que ela retorne para a Coreia.

    Explicou para Quan Lei e olhou para trás, vendo a reação de Min Nam. Teve que conter o sorriso, não conseguia se imaginar na situação da menina diante daqueles comentários. Por isso ele encerrou os dele e voltou a atenção para Tommy.

    - Sim, acho que estou. - Suspirou, meio chateado. - Não posso chamá-la para sair, ela está muito ocupada com o trabalho. - Fez um bico no canto dos lábios. - Acho que você deveria ter cantado Lucifer, Tommy. Eu sei que você é um anjo caído.

    Era uma piada interna, até porque ele deu uma risadinha acompanhada de piscadinha para Tommy. Contudo, eles logo foram interrompidos porque foi a vez de Sorry, Sorry  subir ao palco. Shin virou o boné para trás, vinha passando um estilo diferente do que a música pedia, talvez numa forma de surpreender aos jurados. Todos sabiam que ele  tinha um visual mais casual chic, mas ao longo daquela semana, vinha mais despojado e de boné. Além de ser mais confortável, ele vinha direto do trabalho, então, não tinha como ficar perdendo muito tempo se arrumando. Porém, era uma boa eles se acostumarem com aquela imagem para se surpreenderem com o Shin de terno.

    Não revelaram quase nada de sua dança. Eles também não cantaram, só fizeram a passagem de som e determinaram suas marcações. Shin sentiu-se confortável no palco, mesmo com aquele publico. Estava cada vez mais convencido de que estava encontrando seu caminho e precisava aproveitar cada momento. Ele usou Tommy como sua referencia de gatinha, o que deu mais risadas entre eles.

    Logo trocaram de lugar e ele se sentou entre Quan Lei e Minsoo - atrás estavam Eu Se, Minki, Amihan e os outros dois membros de Mirotic - e embaixo estavam Dam, Tommy e os meninos de Fiction. Quando o pessoal de Fantastic Baby subiu ao palco, Shin ignorou completamente e ficou conversando baixinho com os amigos. Como eles eram um grupo muito grande, apenas os jurados, equipe técnica e o pessoal de Lucifer estavam, realmente, alimentando o ego deles. Os outros meninos estavam mais preocupados com outras coisas do que com os figuras do palco. Porém, quando Shin sentiu aquele olhar, ele voltou a encarar o palco. Via a cara de bravo de Tae e, simplesmente, deu um grande bocejo, tapando de leve a boca, mas sem querer ser discreto.

    Riu por fim e nem viu quando aquilo acabou.

    Na vez de Mirotic, passou a prestar bastante atenção na voz de Eu Se. Agora entendia porque ela queria tanto aquela musica: dava pra esconder sua voz, mas e quanto a dança e as roupas?

    Falando em roupas, quando eles trocaram de ambiente e entraram no camarim, Shin-Hee nem se preocupou com cadeiras ou espelhos. Ele foi direto até seu figurino e era bastante óbvio o que seria. Sorriu, satisfeito e ja foi conferindo o tamanho. Esperaria pacientemente até sua vez de entrar no vestiario - isso se ele não fosse o primeiro. Acabou se distraindo e não viu a roupa que Eu Se teria que usar.

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 86
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Gakky em Seg Jul 24, 2017 10:16 am

    Euntak continuava com seus ataques, e agora contra Eun-ji. Yuki queria confrontá-la, pois estavam falando de suas amigas e não dela, porém isso poderia significar uma briga no vestiário e isso não valia a pena. Foi uma surpresa quando Yien disse que não jogou a blusa fora, até Chae estava se metendo. Pior é que Euntak contava as coisas erradas que Yieun fez. Isso era doloroso para Yuki, se perguntava se um dia teria paz. Yieun até tentou se explicar, mas era tarde demais. Yuki até se sentiu um pouco culpada por isso, tinha estragado o dia da Yieun, mesmo que tivesse sido traída, não queria que ninguém estivesse triste no concurso. Eun-ji até respondia, era uma resposta verdadeira, mas Yuki queria evitar as brigas.

    - Mas Eun-ji, isso já está virando uma bola de neve - Disse a ruiva - Vamos parar de responder elas, temos que nos concentrar no importante. Elas são cruéis, por isso não merecem que percamos tempo com elas... O tempo vai dizer a elas qual de nós está certa.

    Yuki se vira e fala uma última coisa para Euntak:

    - Eu já pedi, por favor, não implique com minhas amigas, pode fazer comigo, não me importo. Mas não com elas, você me conhece, mas não a elas. É só isso que queria dizer...

    Yuki lança um olhar pela última vez para onde Yieun tinha ido, sentiu um aperto no coração, não gostava de ver ninguém triste, porque sabia como era estar triste. Mas logo chegou a hora de se trocaram, Eun-ji ainda continuo muito tímida mesmo Yuki querendo fazer a paredinha humana. Yuki então disse:

    - Não vamos olhar Eun-ji, mas se sente mais a vontade, espere na fila então. Nós vamos te esperar se trocar. Para adiantar, vou me trocar na nossa tenda.

    Yuki vai se trocar na tenda improvisada, para não lotar mais a cortina privativa, assim a fila seria menor, mas esperaria por Eun-ji, mesmo que ela fosse no banheiro. Ela estava um pouco triste por toda essa confusão, e a culpa era dela, porque Euntak era de sua escola. E agora todas tinham que aturá-la.

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1232
    Reputação : 172
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Luxi em Seg Jul 24, 2017 12:20 pm

    //DIA 5//

    (No próximo post, pretendo avançar os dias! Tantantan…
    Mas achei que talvez vocês quisessem reagir a este, então cortei.
    Vocês podem deixar também as intenções de vocês, se tiverem alguma, para os outros dias.

    Aliás, respondendo uma dúvida importante: vocês n têm direito a ingresso)

    ♪ Yuki ♪
    (fiquei devendo uma resposta)
    - Algo assim… Acho que não me sinto confortável com os olhares deles. - riu - Mas está tudo bem. Não me incomodou. Se ganharmos ingressos, você pode ficar com os meus!

    ♪ Yuki ♪ e ♪ Eun-Ji ♪

    - Não se preocupe. Não quero me misturar com vocês. - Euntak deu de ombros e observava a cena com um sorriso no rosto, agora estava perto das meninas de Abracadabra. - Já tenho o que eu quero. - piscou para Yuki. Akiyama Yuna tinha o celular na mão apontado para elas.

    - ...Claro que não estou me divertindo… - murmurou Yieun para Eunji, muito abalada e olhando para o chão. A essa altura, outras garotas viraram o rosto para observar o que estava acontecendo e cochichavam entre si. A garota agora era acolhida pelas meninas de Nobody, que olhavam meio desconfiadas para Eunji.

    - Por que ela falou isso pra você? Você é tão legal com a gente, unnie, não fique assim.
    - Já é a segunda vez. Vocês lembram que ela enfrentou a Peach?
    - Não foi ela que começou, foi a Euntak… - falou Yieun para as amigas.
    - Ah, mas mesmo assim. Precisava reagir desse jeito? Que grossa.
    - É porque ela tirou “três sim”. Ela até quis trocar o figurino…
    - Deve ser porque ela tem o cabelo ruivo e os garotos gostam dela. Ouvi dizer que ela andou dando flor pra todos eles. Até tentou fazer isso com o Tae sunbae, mesmo sabendo que ele tem namorada! Ouvi isso do Gim Jisub oppa.
    - Tenho pena da menina japonesa. Será que ela a obriga a ficar com ela? Ela parece tão boazinha…
    - Meninas, isso não é da nossa conta, vamos focar no que interessa, está bem? Todas já terminaram de medir as roupas? Yieun, é sua vez. - Moon Sohye, a líder do grupo, encerrou as fofocas entre as meninas.

    - Vamos logo com isso, os meninos logo vão precisar de mim e vocês estão futricando. - a estilista as apressou. - E você, pare de filmar. - meteu a mão na frente do celular de Yuna. - Não queremos expor nenhuma de vocês aqui fora. Sei que não é a intenção, mas sabem como isso pode ser destruidor para a carreira de um futuro ídolo. Quero ver esse celular desligado. Ótimo.

    Zhenzhen estava em profundo silêncio, não querendo se meter na briga. Ela, Cha e Rin também ajudaram Yuki a se trocar encolhida entre elas. Rin tratou de espiar em volta como um cão de guarda. Chae fez a mesma coisa,  trocando-se toda tímida entre elas, e por último foi Rin, que estava coberta pelas faixinhas coloridas que mostravam ainda uma pontinha de manchas arroxeadas.

    Eunji notou que a fila começou a diminuir, conforme as garotas eram atendidas e pôde se trocar na cortina quando a estilista se aproximou das demais para conversar.  
    - Que rosto delicado. - sorriu para Yuki enquanto acertava suas medidas. - Vamos colocar uns cordões dourados em você. Vai tirar um pouco do seu aspecto garotinha. Escolhi azul para quebrar o aspecto frágil.

    Quando Eunji apareceu entre elas, a estilista trouxe de volta o assunto sobre a religião da garota, após olhar seu look.

    - Ficou tão bem assim, tem certeza sobre as meias? Vou ter que pensar sobre isso. Estou muito acostumada com reclamações sobre “não ser sua cor favorita” ou “ser contra o uso de babados”, mas só tolero esse tipo de coisa de artistas com mais de dez anos de carreira. O engraçado é que essas são as que não costumam exigir nada. Porém, nunca tinha esbarrado em uma questão religiosa antes… Vou pensar no que fazer, está bem? Deixe-me tirar suas medidas corretas de qualquer forma.

    Após tirarem todas medidas, as garotas foram maquiadas pela equipe de May. Era apenas um teste de cores, feito de um lado só e logo tirado de seus rostos após anotarem os produtos utilizados.

    Em seguida, as meninas seguiram para o palco, onde encontraram o diretor e o produtor. Todas  tiveram que devolver as roupas, que sofreriam ajustes e finalizações para os ensaios gerais. Sentadas com os respectivos grupos, seriam chamadas para subir e uma passagem de som seria realizada e o produtor as ajudaria a se posicionar e distribuir no palco.

    Em “Gee”, algumas meninas, e o diretor, aplaudiram mesmo antes que elas subissem ao palco. As garotas tinham ótima sincronia entre si, especialmente as gêmeas, que dançavam em lados opostos e imitavam uma a outra com facilidade, mesmo sendo apenas um treino.  Em “Nobody”, as meninas possuíam cadeiras, então tiveram que ensaiar como se livrar delas para uma volta poderosa na música. Yieun evitava a todo custo olhar para a plateia. Em “Hate”, foi necessário vários ajustes de posicionamento e elas acabaram não mostrando todas as surpresas da canção. Foi então a vez de “Come Back Home” e, no caso delas, deveriam cantar a primeira parte em pé, sem a presença de Chae Soo ou Zhenzhen, que entrariam com piruetas na sequência. Isso precisou de um tempo para ser ensaiado, mas estava nas mãos das duas últimas. Yuki e Eunji precisavam aprender a sair de forma sutil, para se juntarem às amigas. Por último, “Abracadabra” era o grupo mais desanimado, ainda que agora Euntak estivesse feliz. Ela foi a única que não estava contida em dar reboladas bem sexy para a plateia. O diretor comentou rispidamente que esperava que essa performance lamentável fosse apenas no ensaio.

    Por fim, teriam ainda mais dois dias de ensaios antes da apresentação final.

    ♪ Eu Se ♪ ♪ Shin-Hee ♪

    Amihan olhou assustado para a peça de roupa que a menina segurava. Aquilo seria impossível de disfarçar. Logo, um rapaz da produção entrou no camarim anunciando que a estilista May apareceria em breve para terminar de tirar as medidas e que era bom que se arrumassem  de uma vez. Ele franziu a sobrancelha ao ver Eu Se ainda completamente vestida.

    - Senhores, não temos a tarde toda, vistam-se.
    - Temos um problema com a roupa dele.
    O rapaz se aproximou para examinar a peça.
    - Não estou vendo nada demais. - ele mediu Eu Se.  - Parece que o tamanho também está ok.
    - Não podemos trocar?
    - Eu não sei. Isso precisa ser visto com ela. Vão se trocar.
    - Troque a parte de baixo, vamos tentar negociar com a senhorita May. - Amihan tentou aconselhá-la.

    O clima de vergonha não parecia melhorar em nada para a garota, já que mais da metade dos rapazes agora estava semi nu, trocando de roupa sem pudor. Era um festival de tanquinhos para todos os lados. Por esse motivo, a cortina do provador tinha o caminho livre para que Shin tivesse seu momento de privacidade preservado por alguns minutos.  Amihan seria respeitoso com a amiga e se vestiria ali também.

    Minki era um dos que se trocava bem ali ao lado, acabando de ficar só de cueca boxer antes de vestir seu look, que consistia de calça preta e uma camisa com um decote profundo em “v”

    não é abs, mas é um colírio:

    - Go Mi Nam, por que tá aí parado? O que deram pra você vestir? Olha como eu fiquei - ele simulou um passinho.

    Os meninos de “Lucifer” começavam a vestir as características calças em vermelho, branco e cinza, e jaquetas brancas ou pretas. Em “Fantastic Baby”, jaquetas bem coloridas grafitadas eram o destaque apesar das calças mais sóbrias. Tae também preferiu se trocar ali no meio.  Em “Fiction”, os rapazes colocavam branco e preto e usavam camisetas por debaixo do blazer. Dam também se trocava.


    Quan Lei se admirava todo sério no espelho, ajeitando o terninho, praticando os olhares de sedução.

    - Pode admitir, eu estou bem melhor de anjinho - Tommy falou para Shin fazendo aegyo na frente do espelho enquanto batia uma selca, tentando não capturar os colegas sem calça. - Por que não manda uma foto para “ela”? Tenho certeza que depois de te ver arrumado, ela vai querer vir.

    A estilista não demorou a entrar no local com o restante da equipe, apresentando-se e seguindo para medir as roupas dos grupos para os ajustes e testando a maquiagem que usariam.

    - Esse visual é o mais simples, apesar de polido. Vai exigir muita performance individual, está bem? Vocês precisam se destacar por conta própria - aconselhou os garotos de “Sorry, Sorry”.
    - Pode deixar, noona, vou me esforçar. - olhou para a estilista e largou um sorriso encantador.
    - Ah, faça-me o favor que vou ter adolescentes tentando fazer gracinhas. Comporte-se, senhor Ng Quan Lei. - ele riu de leve.

    Partindo para os outros grupos, foi bem sucinta e profissional com todos… até chegar no grupo de Go Mi Nam.

    - Não entendi, qual é o problema da roupa? Nós não vamos trocá-la por qualquer motivo. - então começou a falar para todos. - Vocês têm que aprender que tudo que escolhemos para vocês está dentro de um conceito e o que queremos mostrar do grupo para o mundo. Coisas como vergonha de mostrar o corpo ou pudor realmente não podem ficar no caminho do artista e é algo que vocês precisam aprender. Não saiam por aí agindo feito divas porque vocês ainda não são famosos, se não estiverem dispostos a aceitar os termos, geralmente a empresa vai achar alguém que esteja. Então o meio artístico não é para vocês.

    Apesar de não se aplicar diretamente a Shin no momento, o rapaz sabia que a mordomia da cortina do provador não era uma realidade para sempre, muito menos sua roupa confortavelmente tapada. Seu segredo era muito frágil e ele muito bem poderia estar na posição de Eu Se agora.
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1315
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por shamps em Seg Jul 24, 2017 1:55 pm

    A menina ficava muito chateada com a atitude de Euntak e isso refletia em seu rosto, que mesmo sem chorar, trazia um semblante sofrido, de quem vivia isso diariamente.
    YeEun respondia para a ruiva, que também ficava condoída por ela, pois não queria o mal da garota.

    - Todas as vezes que torci por você, Ye Eun, foram verdadeiras. Fiquei muito feliz por ter passado em todas as etapas, por isso não entendi porque sempre foi rude com a gente. Achei que você só quisesse andar com as garotas famosas, legais, bonitas e ricas. Foi você que se afastou de nós... e mesmo assim, ainda me preocupo com você... – disse de forma branda.

    Depois ela foi afastada dela pelas colegas de equipe, não deixando que Eun-Ji falasse mais coisas. Ela também não sabia se tinha algo a mais para dizer. Ela só lamentou com a cabeça baixa e o olhar triste e marejado, ainda mais após ouvir o que as Nobody diziam dela... Eun-Ji era de fato uma asquerosa, como dizia sua mãe.

    - Perdão, unnie, por não conseguir te defender. Você não merece passar por isso. O que quer dizer com bola de neve? Estamos no verão - a ruiva não entendeu a linguagem figurada da amiga.

    Por que as pessoas tinham que ser tão cruéis?

    - Me desculpem, meninas... acho que sou mesmo uma asquerosa como minha mãe fala... – e secava as lágrimas do rosto – isso é Deus falando que estou errada pelas coisas que estou fazendo. Acho que meu lugar não é aqui... – ela se lembra da promessa feita a Dam de não ligar para Euntak e gangue e a promessa de não abandonar o programa. Como ela iria manter ao menos essa promessa se estava tão difícil ficar ali? Então ela começou a chorar mais, e evitava as amigas, não queria lhes dar mais esse desgosto, por isso foi sozinha para a fila tentando conter sua lágrimas.

    May tinha pedido para Yuna desligar o celular, mas o estrago já estava feito. Eun-Ji só não sabia o significado daquilo.

    Já trocada, ela observava May falando das qualidades de suas amigas, as qualidades que ela não tinha, mas sorria ao ver que a estilista gostava delas.

    - Me desculpa senhora May. Não quero dar trabalho... sei que a senhora pensou nessas roupas com muito carinho – dizia enquanto ela tirava suas medidas – eu também nunca tinha me deparado com uma situação assim... eu posso superar isso. Posso pedir perdão na igreja. Não se preocupe comigo, a roupa está ótima, uso ela assim como está. É o conceito né? Vou respeitá-lo... – ela ainda sorria ao dizer isso, mesmo que não tivesse firmeza em seu olhar – a senhora acha que sou mesmo uma má pessoa, senhora May? – sua voz trazia muito sofrimento.

    Eun-Ji depois olhava encantada a cor das maquiagens, nunca tinha visto tantas. A forma como as maquiadoras trabalhavam também era encantador. Não soube opinar sobre sua maquiagem, já que não conhecia nada sobre o assunto e também porque só meio rosto foi pintado.

    No palco, a ruiva respirava fundo quando chegou sua vez de ensaiar. Nunca tinha pisado em um e era estranho ver os outros lá embaixo e à frente à medida que as poltronas subiam.
    Ela e Yuki começariam sozinhas, depois viriam Chae e ZZ em performances incríveis. Elas demoraram bastante no palco tentando ajustar suas entradas e saídas. Eun-Ji estava confusa, ela tinha que ser enérgica e sutil... afinal, o que eles queria dela? Sentiu-se uma verdadeira barata tonta. Sorte que os produtores estavam lá para isso, para corrigir e a ruiva fazia muitas perguntas para se sair bem no que ela tinha que fazer. Não poderia prejudicar o grupo por causa da sua burrice.
    A sorte é que ainda teriam mais dias para ensaiar e ficarem o melhor possível.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 510
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Jul 24, 2017 2:17 pm

    Ainda bem que a menina tinha Amihan para ajudá-la. Quando chega alguém da produção, o filipino toma a frente.

    Ela olha sem esperança para a blusa, não sabia como sair daquela situação e nem explicar o motivo sem se expor. Então ela e o moreno segue em direção ao provador reservado. Enquanto isso todos os outros meninos pareciam não se importar em estarem semi nus.

    A garota começa a corar e prefere virar as costas para os rapazes e começa a respirar fundo e pausadamente. Ela precisava se manter firme e fingir ser um menino, mesmo com tantos abdomens e braços definidos ao seu redor.

    Min-ki surge ao seu lado, ele estava combinado com o conceito sexy. Ela fala um pouco tímida e abaixa a cabeça ao sentir suas bochechas queimando.

    - Dangsin-eun aleumdabda
    Você está bonito


    Enão ela desconversa o assunto e mostra a blusa para o loiro.

    - Naneun ... naneun ... naneun tumyeong mwongaleul sayonghal su eobs-seubnida.
    Eu...eu...não posso usar algo assim transparente.



    Persephone
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 335
    Reputação : 90

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Persephone em Seg Jul 24, 2017 3:09 pm

    Shin-Hee teve um caminho tranquilo até o provador. Parecia que tudo transcorreria na mais absoluta paz enquanto ele trocava suas roupas normais pelo terninho de Sorry, Sorry. Dobrou sua roupa e retirou o boné antes de sair das cortinas. O único acessório que manteve foi seu relógio no pulso esquerdo. Estava ajeitando as mangas da camisa, antes de colocar o blazer quando saiu e se deparou com aquele pequeno problema de Eu Se.

    Apenas por olhar a blusa e ver o desespero da garota, ele soube que ela estava enrascada. Teve que pensar rápido e foi enquanto mexia no relógio que teve a ideia. Suas roupas estavam debaixo do braço e o blazer por cima do braço que mexia no objeto. Aproximou-se de modo distraído de Eu Se e Minki quando...simplesmente fingiu tropeçar. Esbarrou na menina e passou o pino do relógio com tudo sobre a costura da blusa. Os dois ouviriam o caracteristico som de tecido rasgado. Shin não parou até se livrar do tecido. Encarou Eu Se naqueles breves segundos, mas depois fez.

    - Eita! Nossa, foi mal! Tá apertado aqui, né?

    O estrago da blusa ficaria por conta deles depois. Shin não queria passar a impressão que tinha prejudicado o grupo de proposito, por isso não criou alardes também. Ele se ajeitou e pediu desculpas enquanto dava suaves batidas no ombro de Eu Se e se aproximava do espelho. Colocou suas roupas em cima da penteadeira e começou a colocar o cabelo para trás.

    Tommy logo se aproximou, fazendo aquela brincadeira que arrancou suaves risadas de Shin. As risadas morreram quando ele sugeriu aquilo.

    - Ahm...Acho que não vai dar certo, Tommy. Ela pareceu bem resoluta quando disse que estava ocupada.

    Pareceu um pouco triste, mas não tiveram muito tempo para conversarem porque a estilista logo entrou no camarim. Concordou com as palavras dela sobre o estilo de Sorry, Sorry ser bem simples, mas tinham certeza de que conseguiriam se destacar com a apresentação que bolaram. As medidas foram retiradas e parecia tudo bem. Até que foi a vez do grupo de Eu Se. Shin se posicionou de modo que pudesse ver e o ouvir o que aconteceria ali. O sermão de May valia para ele também.

    Sem que percebesse, passou a mão pelo braço esquerdo e ponderou sobre as surpresas que o programa reservava.

    Não sabia se teria boas ideias sempre...E começava a temer por isso.

    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 510
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Jul 24, 2017 3:51 pm

    Enquanto ela conversava com Min-ki, Shin sai do vestiário e ela acena para o rapaz, mas ele vinha caindo em sua direção e seu braço enroscou na blusa. Ela escuta o barulho do tecido se rasgando e olha assustada para Shin.

    Ela olha incrédula para o rapaz. Ele tinha feito aquilo de propósito? Depois de se desculpar ele caminha em direção ao seu grupo e Eu Se fica com a blusa rasgada na mão, até que a estilista chega. Então ela mostra o rasgo na lateral.

    - Ihu beullauseuga jjij-eo. dangsin-eun daleun syeocheue daehan geolae hal su ??
    Já que a blusa está rasgada. A senhora poderia trocar por outra camiseta??


    Depois mandaria um SMS para o Shin, o agradecendo pelo acidente com a blusa.

    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 86
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Gakky em Seg Jul 24, 2017 5:50 pm

    Quando Minsoo diz que daria os ingressos para ela, Yuki fica surpresa, isso era tão gentil, mas ao mesmo tempo preocupante. Saber que ele não se sentia confiante com a família a fazia sentir pena dele. Para se despedir, Yuki responde:

    - Entendo... Vai me dar ingressos? Ual, você é mesmo gentil. Mas eu me sentiria mal de ficar com os ingressos da sua família... Talvez eles queiram te ver. Ahn... Acho que já falei muito, vou te cansar. Tenha um bom dia, obrigada por tentar me ajudar, até amanhã! E fighting! Ou no caso dos japoneses, ganbatte!

    (...)

    Por sorte Euntak havia se afastado, mesmo que se sentisse a vencedora. Yuki observa Eun-ji responder a Yieun, e sentiu que ela falou tudo que estavam pensando. O pior era que começava uma fofoca no local, ainda bem que May encerrou isso. Porém teve algo que incomodou Yuki, a garota que começou a filmar, ela não sabe porque, mas isso a preocupou. De qualquer forma, conseguiu se trocar atrás das paredes feitas pelas amigas, não era bom arriscar se trocar na frente delas, alguém podia agir com má intenção.

    - Não se preocupe Eun-ji, é melhor não nos defendermos, isso só vai nos prejudicar. Mas eu sei que dói ouvir esses comentários, então me desculpe por ter atraído a Euntak para perto de vocês. Ah, bola de neve? Quer dizer que as coisas vão piorando conforme passa o tempo, como se a gente se defende e ela ataca mais forte, e vai indo assim, até ficar bem ruim ou estourar uma briga física. Eu não quero isso, imagine como seria péssimo perder o concurso por causa delas.

    Quando Eun-ji fala que ela era uma asquerosa, Yuki a repreende:

    - Eun-ji, Deus não faria isso. E você não errou em nada, você é uma garota pura.

    Na hora de se trocarem, Yuki agradece:

    - Obrigada, vocês são ótimas.

    Na vez de Yuki as proteger, ela também fica bem olho e não fica reparando na amiga que estiver se trocando atrás da tenda improvisada. Logo a estilista veio vê-las também, Yuki ficou sem jeito quando recebeu um elogio de May sobre seu rosto ser delicado. Sorriu e ficou corada. May parecia entender muito dessas coisas.

    Depois de se trocar Eun-ji tinha ficado muito bonita, ela tinha um corpo bonito. Na hora de ir para o palco, Yuki ficou nervosa e tentou se esforçar para fazer o certo. Ela procurou com o olhar pelos garotos, principalmente por Minsoo, será que ele estava lá? Mas só viu garotas, então se perguntou se os rapazes iriam vir depois ou se treinariam separadamente.

    - Acho que vamos conseguir passar essa etapa, pelo menos tenho esperança - Diz Yuki ao seu grupo - Agora, e os garotos, quando eles vão apresentar? Será que vai ser separado?

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1232
    Reputação : 172
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Luxi em Seg Jul 24, 2017 9:05 pm

    //DIA 5//

    ♪ Yuki ♪ e ♪ Eun-Ji ♪

    - Mas eu também torci por você… bem..deixa quieto.. - a expressão pesada de Yieun atenuou um pouco, para algo mais pensativo.

    As meninas de Nobody comentavam o ocorrido sem maldade proposital como era o caso de Euntak, mas queriam ajudar a colega de grupo.Elas respeitaram o pedido da líder e não reagiram muito ao choro da garota, mas foi possível ouvir últimos comentários.

    - Pelo menos ela parece que tem consciência. - comentou Hayoon. - Talvez não seja uma pessoa ruim…
    - Pra mim é tudo falsidade. É fácil fazer besteira e ficar chorando depois, botando Deus no meio - Na Chanseong tinha uma visão mais dura das coisas.
    - … Talvez eu mereça isso… Eu contei mesmo as coisas delas… - Yieun suspirou.
    - Um erro não justifica o outro, Yieun. A gente sabe que você também tem as suas questões e por que falava com a cobra da Tak... - Rhee Hyeko a apoiava. - Agora já chega. Não quero arrumar briga com ninguém. A gente tem que focar na prova, só isso. Vai, tá na sua hora de fazer maquiagem.

    Zhenzhen parecia aborrecida com alguma coisa, então apenas cruzou os braços e assistiu. Chae Soo se aproximou de Eunji e deu tapinhas nas costas dela.
    - Ei, que besteira. Você tava parecendo um leão agora há pouco e vai se deixar abater? Nada disso, você tem que olhar pra frente sempre. É normal a gente cometer erros. Depois você e a Yieun podem conversar. Ela também parece arrependida. Né?
    - … As pessoas adoram falar. Vai ser impossível agradar todo mundo, Eunji. Eu sei disso por experiência. Nunca consegui fazer com que minhas colegas parassem totalmente de falar mal de mim. Acho que é só como as coisas funcionam e era exatamente isso que a Euntak queria.

    Peach e as amigas estavam em um mundo paralelo. A atriz não se importava nem um pouco com o que acontecia ali no canto, e as garotas de “Hate” também estavam mais preocupadas em se vestir.

    Passado o susto, quando May se aproximou e foi questionada, ela ficou olhando Eunji por mais tempo do que seria normal, sem querer perdendo-se nos cabelos da garota, com um tipo de fascínio profissional, talvez, mas voltou a prestar atenção.

    - Má pessoa? Do que está falando? Por causa de uma roupa? De jeito nenhum! Quem é que disse uma besteira dessas para você? - a estilista franziu a testa, parecendo confusa com a reação da ruiva. -  É a primeira apresentação de vocês no palco, não é? Vão se acostumando, a competição é assim mesmo. Bem, se está bem usar a roupa desse jeito, fico muito feliz que aceite desafios. Vou usar como exemplo positivo da próxima vez que algum artista mimado quiser mexer no meu figurino. Eu escuto cada argumento que vocês não acreditariam! Vão aparecer muitos desafios vocês sejam aprovadas, pensem nisso… e guardem as lágrimas, estraga a maquiagem. - piscou para elas e virou para alguém da equipe. - Ghim, use um pouco de dourado nos olhos dela. Vai realçar o cabelo. - anunciou antes de enviá-las para as maquiagens. - Você deveria usar mais maquiagem. Parece tão comum no meio das pessoas, mas realçando agora noto como seus cílios são bonitos.  - comentou depois para Yuki.

    (...)
    - Acho que não...quer dizer, não sei. Eu queria tanto ver a apresentação do Zhang… - comentou Zhenzhen
    - Eles têm que deixar a gente assistir né? Não sei como vão fazer…. Vou é comprar um ingresso pra mim e ver os oppas - Chae Soo brincou.

    ♪ Eu Se ♪ ♪ Shin-Hee ♪

    Quan Lei notou a tristeza de Shin, mas, novamente, não quis incomodá-lo. Trocou um olhar com Tommy e os dois decidiram respeitá-lo.

    - Está com vergonha de usar a roupa transparente? Ué… é porque você é magrinho e não tem nada pra mostrar, né, Mi Nam? Você é delicado como uma garota. HAHAHA. Mas tudo bem, a gente vai treinar junto na academia. Pode deixar!

    A estilista interrompeu o discurso para olhar o material de perto. Ficou até um pouco envergonhada.
    - O quê!? Ah, não acredito em uma coisa dessas...deve ter sido na hora de transportar. Vou ter que dar um jeito nisso e em tão pouco tempo… Aish... GHIM! - gritou com um membro da equipe e saiu de perto para discutir com eles. O rapaz pediu muitas desculpas, assumindo a culpa pelo tecido rasgado.

    Amihan deu um sorriso para Shin, compreendendo que ele tinha tentado ajudá-la, de alguma maneira. Em seguida, May voltou.
    - Muito bem, vou ver o que eu posso fazer por você, vou ter que anotar suas medidas. Não posso errar. Venha aqui.  - Ela começou a rodeá-la por fita métrica até que parou, olhou de forma confuso e perguntou - Por acaso você… está usando mais de uma blusa? - esperou pela resposta dela, sem desgrudar os olhos, e ficou em silêncio por algum tempo. - … Entendo. Está bem. Vou arrumar outra roupa para você.


    ♫ TODOS ♫

    Após as marcações de palco e o ajuste de figurino dos rapazes, os grupos estavam liberados para irem para casa, se quisessem, ou treinassem nas salas. A maioria preferiu voltar para os treinos, para aperfeiçoar os novos ajustes e novamente estavam separados. Todos tiveram de devolver as roupas.


    A senhora Bora aconselhou Eunji a conversar com Yieun depois da competição, para resolverem os problemas entre elas, pois considerava ser um mal entendido iniciado por outra pessoa. Ela disse que já tinha comprado um ingresso para assisti-la.

    Na casa de Yuki, a garota ouviu um carro estacionar na porta de sua casa antes de seu irmão entrar. Ele apenas disse que tinha vindo de carona. A mãe da menina queria saber se ela já sabia sobre os ingressos, mas essa notícia só viria no dia seguinte.

    Eu Se recebeu uma mensagem da mãe, perguntando se estava tudo bem, pois tinha visto a foto do amigo dela na televisão e que as pessoas estavam especulando quem seria a moça misteriosa.

    A mãe de Shin o aguardou para fazer uma pergunta: ele gostaria que ela comparecesse no dia de sua apresentação? Seulbi não queria constrangê-lo, então decidiu saber de antemão o que ele achava.

    //DIA 6//

    O vídeo do vestiário feminino estava na internet e nos próximos dias seria repercurtido. Sob título “O que acontece por trás das câmeras no KPOP SHINE“, já tinha centenas de curtidas e comentários dos mais diversos. Na internet, fãs de Peach acusavam Eunji de praticar bullying com outros participantes e dar em cima de outros garotos. Já o fã clube das Red Heads atacavam todo mundo contra os haters, dizendo que acreditavam nela e que outras pessoas tinham provocado. Parte dos Tenshi achava que a polêmica prejudicava Yuki, mas a maioria dizia que confiava no julgamento da japonesa sobre suas amizades. Os demais fã clubes não se meteram com propriedade, mas as Beautiful4You tinham raiva do boato das flores, pois Shin-Hee já tinha alguém. No mais, havia gente irritada com o fato de o vídeo ter sido divulgado, pela suposta falta de segurança do lugar, e outros notavam que provavelmente tinha sido editado, pois Eunji não poderia ter dito tudo aquilo de repente.

    O dono da KPOP Shine deveria estar feliz, já que o programa bombava nos assuntos mais comentados e havia uma pequena batalha na internet para ver quem compraria mais ingressos para dar votos a favor de seu favorito.

    A internet também não se esquecia das fotos da Senhorita Beautiful, e as fãs já tinham reconhecido a sacada como sendo do hotel Hwarang e começaram a supor que o evento tinha sido o coquetel da mãe de Tae.

    No blog de Myeon, havia informações sobre o sistema de votação da plateia e um perfil básico sobre cada grupo. Ela apostava as fichas no grupo de “Fiction” e, no feminino, apostava em “Gee”, pela força da popularidade das garotas no grupo e a ausência de polêmicas em torno de seu nome.  Escreveu que Tae estava apagado e havia muita controvérsia em seu grupo, por isso não apostava nele como vencedor. Mas a parte talvez mais interessante para Shin era a seguinte linha: “seria a ‘Senhorita Beautiful’ apenas um jogo de marketing? Esperamos que o ‘príncipe’ não esteja apenas iludindo o coração de suas fãs.” Pelo menos agora as pessoas tinham acalmado os dedos para xingar a garota.

    Naquele dia, a notícia de que ninguém teria direito a um ingresso para acompanhante gratuitamente foi oficializada pelo diretor. Isso se devia, segundo ele, ao número de pessoas dos grupos que não era igual, então fatalmente alguns grupos receberiam um voto a mais ou a menos. No entanto, nenhuma regra foi estipulada para as vendas.

    Todos voltaram para os ensaios no palco. Enquanto as garotas foram encaminhadas a um estúdio para gravar suas partes na música, os rapazes treinavam no palco e isso foi alternado, então os dois grupos não se encontraram novamente. A gravação seria lançada no site do programa e também em aplicativos de música. Além disso, poderiam ter uma base no palco, caso algo saísse muito errado, como algum deles perder a voz. Novamente, os grupos femininos quase não se cruzaram com os masculinos e os treinos eram a prioridade da grande maioria.

    //ÚLTIMO DIA//


    ♪ Yuki ♪

    Pela manhã do último dia que precedia a apresentação final, o pai e o irmão de Yuki já trabalhavam na peixaria, enquanto a mãe se arrumava para partir também. A menina esperava pela carona de Bora, quando a campainha tocou, revelando Minsoo, em um simples jeans e camiseta, mas bastante cheiroso.
    - Bom dia, senhora Shimada. - fez uma reverência. - Eu vim levar a Yuki para o treino de hoje, está tudo bem?
    - Yuki, seu amigo está aqui…  Ah, não vai dar muito trabalho? Quanta gentileza~ Mas… aquela senhora costuma levá-la com a amiga...
    - Eu mandei uma mensagem para a senhora Bora e pedi para levar hoje. Você se importa? Bem, de qualquer forma, isto aqui é para a senhora. - ele entregou um envelope para a mãe de Yuki.
    - Minha nossa! Mas pensei que parentes não podiam assistir à apresentação!
    O envelope revelava três ingressos brilhantes em papel roxo.
    - Espero que possam prestigiar nosso grupo também - fez uma reverência.



    ♪ Shin-Hee ♪

    Quando chegou ao café naquele dia, o gerente se aproximou dele com um saco plástico.
    - Toma, é pra você. É de ontem e hoje.
    Dentro do saco havia quatro bichinhos de pelúcia, dezenas cartões, três flores, faixas e cartazes de boa sorte…. E bonés. Oito bonés.
    - Amanhã vamos exibir o programa especialmente na televisão. Eu disse que você estaria aqui no dia depois do programa para dar autógrafos. Acho que não tem problema, não é? -  chefe alargou o sorriso. - Falando nisso, qual sua comida favorita? Pensei em incrementar o cardápio… O que acha de trazer a sua namorada para cá no seu primeiro encontro?  

    A respeito dos boatos da “Senhorita Beautiful”, algo curioso acontecera: seu pai não tinha surtado sobre isso. Em momento algum. Pelo contrário, repórteres já tinham tentado até mesmo entrevistar o senador Yoon em busca de respostas, mas a resposta dele era algo como “não comento a vida pessoal de minha família, ainda mais em um assunto tão incipiente”. Isso acendeu as expectativas da imprensa, que começava a cogitar que talvez a família do rapaz conhecesse e aprovasse a senhorita Beautiful (ou pelo menos não a reprovasse completamente). Isso fazia as fãs mais furiosas em busca de nomes famosos que poderiam ser donos daquele cabelo e vestido.


    ♫ TODOS ♫

    O ensaio final era uma simulação do dia seguinte, e para tal, os grupos ficavam esperando na coxia, aguardando sua vez de entrar. Um funcionário os indicava, ensaiando exatamente como aconteceria no dia seguinte, através das coxias. Dentro dos camarins, havia uma televisão desligada, para evitar espionagem, mas seria por ali que todos assistiriam às apresentações.

    Os ensaios ocorreram completos, em luz e figurino, exceto no caso de Eu Se, que continuava à espera de sua roupa “surpresa”, que ainda estava sendo confeccionada. Outra diferença crucial era que todos os instrutores e jurados assistiram juntos às apresentações e fizeram pequenos ajustes  e conselhos finais.

    Para o grupo de “Come Back Home”, o diretor exigia mais carisma de Eunji, por ela ser o centro, ela teria que atrair atenções para si. Bonnie lembrou a todas elas para cantarem com todo o coração. A coreógrafa disse para dançarem com bastante energia.

    Para “Mirotic”, Bonnie reforçou com Eu Se para “não se conter” no dia seguinte e dar tudo de si. Kim Sohee queria ousadia e interpretação, ponto reforçado pelo produtor também.

    Para “Sorry, Sorry”, o diretor disse que não queria ver uma cópia de “Super Junior” e que esperava que as “surpresas especiais” deles também não estragassem a música. Bonnie elogiou os rapazes, e a coreógrafa recomendou que todos descansassem muito, especialmente Shin Hee.

    ♪ Eu Se ♪

    O grupo de Eu Se tinha decidido se encontrar após os ensaios finais para relaxarem. Amihan recomendou que ninguém se esforçasse demais para não estressarem o corpo para o dia seguinte. A ideia de tomarem um sorvete para aquele dia de verão foi prontamente aceita e tão logo foram liberados, os amigos decidiram se juntar em uma sorveteria próxima.

    Enquanto estavam lá, Go Mi Nam verdadeiro lhe enviou uma mensagem, era a foto de um ingresso e uma mensagem.
    ”Já tem o meu voto!
    Vou gritar feito menininha para o seu grupo.
    Até amanhã. FIGHTING”


    Minki parecia mais quieto, depois de não ter falado com Rin naqueles dias, tinha se escondido atrás das desculpas dos ensaios e isso o tinha distraído da confiança verdadeira.
    Na realidade, todos estavam um pouco tensos.

    - Então, alguém que vocês conhecem vem ver vocês? - Amihan começou o assunto.
    - Não, meus velhos moram longe… A viagem ficaria pesada. E é bem caro, não é? - Minki não tinha cogitado a ideia.
    - Acho que vem um pessoal da minha escola - Park Byunchul olhava o celular para ver as confirmações.
    - Da minha também… - Ji Kwon não parecia tão empolgado, também estava tenso. - Eu chamei uma menina…
    - Uhhh. Falando nisso, sua “namorada” rica vem? - perguntou a Eu Se.

    ♫ TODOS ♫
    À noite, uma nova edição do programa iria ao ar, mas sem grandes revelações.  Naquele episódio, Eunji foi mostrada com trilha sonora bonitinha distribuindo flores e remédios por aí, como contraponto ao que elas estavam passando na sala de aula. Todos os gritos de Kim Sohee foram exibidos contra Yuki e a edição fazia até parecer que ela tinha errado muito mais (ou tinha sido isso mesmo?) e isso tomou muita parte da edição. Nesse quesito, as meninas de Abracadabra também levaram muitos xingos da coreógrafa e ficou claro que a explosão dela com Yuki estava muito mais relacionada à raiva acumulada do outro grupo.

    Foi exibido também o surto de Shin,mas retratado como acidente após treino extenso, o que chamou uma série de trapalhadas de todos os candidatos, que caíam ou erravam passos. Ali estava também Bae, campeão de quase cair nos ensaios. Rin também era mostrada com hematomas pelo corpo, revelando seus treinos excessivos e também as faixinhas que usava nas amigas.

    Eu Se foi mostrada se esforçando para conseguir seu agudo. O curioso é que nenhum candidato foi mostrado nessa edição fazendo algo realmente impressionante. Era uma narrativa que construía as dificuldades deles e o episódio focava nos choros copiosos das meninas de “Nobody”, as brigas de “Fantastic Baby” e desafinadas de todos, quando começavam a anunciar mais uma vez os ingressos finais.

    Antes de encerrar, a história da senhorita Beautiful voltou para a tela, com Shin anunciando que cantaria para “ela”. O programa usou isso como gancho para dizer que essa revelação seria amanhã.

    ♪ Eun-Ji ♪

    Nas redes sociais, o clube dos Red Heads continuava firme, enviando muitas mensagens amorosas para ela. Os haters não a xingavam diretamente, apenas falavam entre si, mas comentários seguiam a mesma linha. Era curioso como a internet abrigava totalmente vários tipos de opiniões divergentes com o mesmo peso. Era democrático como nunca tinha visto em sua escola, com o bônus de ter pessoas que a apoiavam quase incondicionalmente.

    Distraída com o celular e suas possibilidades, Eunji se deparou com uma janelinha de mensagem nova que apareceu em sua tela. Não era Yuki, Dam ou Bora… era um número não adicionado que lhe enviava mensagem:

    “Hoje nós completaríamos 500 dias. Ainda uso o nosso anel.
    Sempre choro ouvindo a música que cantou para mim
    Não há um único dia que eu não sinta a sua falta
    Odeio não poder voltar no tempo.
    Eu pediria perdão para sempre, mas queria que soubesse que vou tentar reparar meu erro. ”
    Persephone
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 335
    Reputação : 90

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Persephone em Seg Jul 24, 2017 10:33 pm

    Shin estava um pouco distraído, ponderando sobre seus segredos e quanto tempo conseguiria mantê-los escondidos daquele jeito, até que percebeu que havia um olhar sobre si. Voltou a atenção para Amihan e Eu Se, vendo as expressões de gratidão. Deu um sorriso, piscando suavemente um dos olhos para os dois. Para os outros parecia que só tinha entrado um cisco em seu olho, mas eles entenderiam que foi um "não precisa agradecer". Seu plano deu certo, de modo que Eu Se se livrou, temporariamente, daquela roupa. Não sabia se depois viria uma pior do que aquela, mas agora pelo menos ela estava preparada. Talvez devesse investir em segunda-pele, essas coisas. Shin-Hee não fazia ideia mesmo de como ela conseguiria esconder aquele "detalhe" de seu corpo.

    Depois das marcações os grupos foram liberados e sua propria equipe resolveu seguir para mais algumas horas de ensaio. Era fácil ser líder de um grupo assim, que se entendia muito bem e respeitavam os limites e as propostas um dos outros. Quando conversaram sobre as marcações, eles decidiram colocar adiante as mudanças na musica e inserir o solo de Quan Lei. Kim e Zhang também teriam seus momentos de dança, na frente de todos. Infelizmente, Zhang acabou ficando com pouco o que cantar, mas ele não pareceu chateado com isso, visto que Shin e Minsoo faziam um excelente trabalho em suas partes e o resto parecia bem distribuído. Até mesmo uma certa parte "estranha" por conta do timbre de um certo candidato, tinha ficado legal. Mostraria que todos estavam se esforçando e o time não tinha só uma estrela e sim 6, quase que uma constelação.

    O grupo se despediu e cada um tomou seu caminho. Antes, contudo, Shin agradeceu a Quan Lei pela amizade dele. Não tinha muito tempo para explicar a situação, mas prometia que em breve colocaria tudo à limpo. Só dizia que aquele comportamento dele era realmente importante e que, independente do resultado final, já se sentia vitorioso porque sairia, pelo menos, com a amizade dele e de Tommy.

    Em casa, Shin foi surpreendido com aquela pergunta da mãe. Há alguns dias eles não se falavam direito e a mãe perceberia que o filho não estava magoado com ela, mas sim envergonhado consigo mesmo. Diferente do que ela imaginava, o filho respondeu que ficaria extremamente honrado com a presença dela. E comentou que talvez fosse legal levar a Srª Ming, porque ela torcia sempre e poderia conhecer pessoalmente os meninos. Os dois encerraram aquele momento com um gostoso abraço, mas logo seguiram seus proprios caminhos.

    [Deixarei um espaço nesse dia para responder ao SMS da Eu Se, no próximo turno]

    [#Dia 6]


    Durante a manhã, quase todos ficaram sabendo sobre um vídeo polêmico que rapidamente estava se espalhando pelas redes sociais. Shin-Hee considerou uma atitude lamentável, mas foi procurar a opinião de quem realmente estava crescendo com todo aquele grupo. Foi numa folga de seu trabalho que ele leu o blog de Myeon pelo celular e o choque ficou evidente em sua expressão. Bufou meio aborrecido e começou a digitar um texto naquele comentário, mas logo apagou.

    Preferia ser direto e falar com quem de fato. Puxou a conversa com Myeon - que ainda só tinha aquela ultima, onde eles encerraram sem muito mais papo e disse.

    "Vejo que sua preferência pelo Tommy vem aumentando a cada dia que passa.
    Ele é realmente talentoso, mas se eu fosse você, veria com os próprios olhos a apresentação de meu grupo.
    Certamente você mudará de ideia...=)
    Bom trabalho pra você. Fighting!"


    No fim, ele ficou desapontado com o que disse, porque ao invés de soar "absolutely putaço", ele pareceu...fofo. Não queria ter passado essa impressão, mas não tinha como deletar agora.

    Desligou o celular, como vinha fazendo, para evitar as respostas dela e focou-se em seu dia. Seria mais um intenso dia de ensaio no palco e na sala dos espelhos.

    [#Ultimo Dia]


    Lá estava Shin, servindo café gatinho quando seu chefe aparece com uma bolsa cheia de presentes. Ele o encarou com uma das sobrancelhas arqueadas e deu uma espiada.

    - O que são essas coisas? - Arregalou os olhos e apontou para si mesmo quando o chefe explicou que era pra ele. - Nossa, quanto você cobrou pra guardar? O senhor pegou alguma coisa, né? Tsc, tsc, tsc...

    Visto que o chefe estava tirando um bom lucro por conta da fama momentanea dele, Shin também implicava com o mesmo. Viu os presentes e deu um sorrisinho. Ouviu seus comentários e ponderou por um tempo.

    - Obrigado pelo apoio sincero. - Sabia que tinha motivo$ oculto$, mas agradeceu mesmo assim. - Farei melhor do que isso. Talvez eu traga alguns participantes aqui, no dia seguinte. Trarei no sábado, mas não direi o horário. Quero um pouco de privacidade com meus amigos e se eu disser o horário, sei que o senhor vai lotar isso aqui. Minha comida favorita é Naengmyun, ficarei feliz se o senhor colocar no cardápio, mas eu sou um quase idol, to ficando com o paladar exigente. - Ainda usava um tom descontraído. - E trarei sim, quando tiver uma.

    E, parando pra pensar, era um fato bem curioso...O pai não estava contrariado com aquela exposição, muito pelo contrário. Isso só comprovava a teoria de que ele tinha planos para Shin e Eu Se. Preferiu não pensar mais nisso. Tinha que ensaiar muito naquele dia, não podia se chatear agora.

    O ensaio foi proveitoso e eles continuaram guardando o trunfo. O diretor não queria uma cópia e eles dariam algo bem original mesmo. No fim do dia, Shin convidou Quan Lei, Tommy e os meninos dos dois times - Fiction e Sorry, Sorry - para comerem alguma coisa e assistirem ao programa. Como o grupo era misto e não queria chamar atenção, eles colocaram roupas discretas e ficaram numa tenda bem simples num parque de Seul, comendo comida barata e vendo o programa numa tv pequena.

    Foi mais divertido do que ver no lugar mais confortável do mundo. Eles implicaram um com o outro, mas tiveram um tempo sem nenhuma rivalidade. Não exageraram na comdia, porque queriam estar bem no dia seguinte, inclusive passarma numa loja de conveniencias depois para comprarem remedio para azia. Ali, o trio foi reconhecido por uma sortuda que pediu foto e saiu no meio dos três oppas. Também ganhou autografos e deve ter tido a noite mais feliz da vida.

    Eles se despediram e bom...

    Precisavam estar prontos para o palco.

    A expectativa só aumentava, assim como a possibilidade da Srta. Beautiful estar lá.

    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1315
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por shamps em Seg Jul 24, 2017 11:16 pm

    Eun-Ji só ouvia as palavras de Yuki com tristeza. As duas sofriam tanto na escola, como elas podiam achar a quilo normal? Ela por fim suspirou.

    - Me desculpe, unnie!

    As amigas de YeEun ainda continuavam com seus comentários e a ruiva ainda permanecia triste. Ela achava a moça do alongamento muito confusa, até chata, mas nunca desejou o mal dela. Como agora suas palavras se voltavam contra ela? Ela que só queria ajudar e ser gentil? Foi doloroso para ela.
    Rin e Chae foram adoráveis ao tentar consolar a jovem e ela sorriu para as amigas.

    - Obrigada vocês duas... sim Chae unnie, sempre defenderei vocês, só não consigo suportar e enfrentar quando é comigo... eu... revivo tudo que passo na escola... só faltam as agressões físicas - nisso ela se referia a tudo, desde dos colegas maldosos aos açoites da mãe. Ela engoliu em seco ao se lembrar disso. Voltou a falar com elas - você não merece nada disso, sunbae Rin.

    Ao menos as palavras doces de May tiraram a atenção da jovem da catástrofe anterior.

    - As outras meninas falaram - respondeu a May - eu vou me esforçar sim. Obrigada. As pessoas famosas não deveriam ser doces? Como podem importunar a senhora? - depois ela sorriu - competições são dolorosas então. Vou evitar as lágrimas, senhora.

    ...

    Ela evitou Dam e os outros quando voltou para o carro, só estava com Yuki porque a senhora Bora lhe daria carona.

    - Será que ela vai me ouvir? - estava temerosa em conversar com YeEun novamente. Quando Bora falou que comprou ingresso, a jovem sorriu - ah, que alegria. Vou me sentir mais confiante agora, professora. A senhora Sonja também comprou? Fala para ela comprar... vai ser muita alegria.

    ...

    Ler tantos comentário na internet deixou a jovem confusa e com medo. Estava sendo agredida como no colégio. Ela não tinha mesmo direito a felicidade. Só não suportava que falassem mal de sua amiga. Postou no grupo dos RH.

    "A Yuki é minha melhor amiga e eu a defenderei com unhas e dentes, nem que isso custe minha integridade."

    Mesmo tendo escrito aquilo, ela jogou o celular para longe e chorou.

    Na casa de Bora disse para ela que não queria mais fazer parte daquilo e entregou o celular a ela.

    - Mentira atrai mentira. Eles mentem sobre mim nessa internet. Eu não quero mais isso... não quero ir mais para o programa. Vou quebrar a promessa que fiz para o oppa. Ninguém merece ser amigo de alguém que mente. Já avisei o oppa e a Yuki que não quero mais vê-los - de fato ela tinha mandado uma mensagem dizendo que não iria mais para o programa.

    ...


    A ruiva foi convencida a voltar e no palco, nem sinal do brilho dos dias anteriores. Mal ouvia o diretor ou Bonnie. Evitou as menias e agradeceu por não conseguir ver Dam naquele dia. Sentia-se péssima. Não sabia de onde tiraria aquele carisma que Song queria, já que ela se sentia um lixo.
    Ficaria só até aquela apresentação por que as meninas precisavam dela, depois desistiria.

    ...

    Naquela noite só tinha pego no celular para ver o programa, já que Bora tinha insistido muito. Ela não sorriu quando se viu distribuindo flores, pois aquilo lhe trouxe lembranças ruins. Era ruim ser bom. Chorou copiosamente quando via Yuki levando as broncas de Sohee, se condenando por aquilo. Ela queria um abraço agora e cogitou correr até o quarto da mãe, mas não saberia como seria recebida por ela. E se apanhasse? Ela talvez merecesse umas surras naquela hora. Sua mãe já estava dormindo e ela ficaria muito furiosa se fosse acordada pela jovem e com um motivo tão torpe. Chorou abraçada em uma de suas amigas de pano.
    Viu que ainda recebia apoio de seu RH e sorria confusa com o ódio e o amor que rodavam pelas páginas das redes sociais.
    Ela já tinha largado o celular quando viu a mensagem de um número desconhecido. Leu e ficou sem entender o que era. Ela poderia receber mensagens de quem ela não conhecia? Deveria perguntar quem era a pessoa? Deveria perguntar para Dam se isso era possível? Resolveu responder a pessoa, pois ela deveria querer conversar algo importante com alguém e tinha o direito de saber que ela não era essa pessoa.

    "Desculpe, quem é você? Acho que mandou sua mensagem para a pessoa errada. Lamento muito. Espero ter ajudado."

    Depois mandou uma mensagem para Dam, para perguntar sobre o ocorrido.

    "É possível eu receber mensagens de pessoas que não conheço no celular?"

    Foi direta mesmo em sua pergunta, já que tava evitando-o.

    "Recebi uma mensagem que não é para mim. Será que é alguém que me odeia? Estou com medo"

    "Eu não quero mais esse celular. Venha buscar ela agora!"

    "Te espero no portão de casa. Venha logo, por favor!"


    Ela se esgueirou pela casa, pois já era tarde e todos dormiam. Sabia que era seguro ir até o portão. O portão de sua casa era bem cuidado, por isso não fazia barulho quando era aberto. Esperou que ele fosse mesmo e aguardou por ele um pouco longe de sua casa, abraçada em sua boneca, mostraria a mensagem assim que ele chegasse.
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 510
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Larissa Aprill em Ter Jul 25, 2017 9:37 am

    Eu Se escuta o comentário inocente do Min-ki e sente seu coração disparar no peito. Ela dá um soquinho em seu ombro, uma maneira masculina de disfarçar o quanto ficou constrangida com o comentário.

    A estilista e a equipe assumem o erro pelo rasgo na blusa e parecia um milagre, aquele acidente havia a salvado. Então quando estavam um pouco afastadas e a mulher colocou a fita ao redor do seu busto, Eu Se mordeu o lábio inferior e confirmou num sussurro quando lhe perguntaram sobre a roupa de baixo.

    -  Ye...
    Sim...


    Após ensaiaram até tarde, o quarteto volta ao hotel. Antes de dormir ela responde a sua mãe.

    안녕하세요 어머니. 어떻게 지냈어?
    저녁 식사 이후 나는 상원 의원의 아들과 연락을 유지. 그러나 나는 우리의 사진을 그냥 오해라고 생각합니다.
    나는 포옹을 보낸 아빠에게.
    나는 당신을 사랑합니

    Oi mãe. Como tem passado?
    Desde o jantar eu mantenho contato com o filho do senador. Acredito que nossas fotos é apenas um mal entendido.
    Diga ao papai que eu mando um abraço.
    Te amo.


    // DIA 6//

    No dia da gravação no estúdio, Eu Se estava ansiosa. Primeiro porque não havia decidido sobre seu timbre de voz, depois era os rumores sobre a Sra. Beautiful, que ela sabia que não era com ela. Mas de alguma maneira de sentia responsável pela foto. Era uma pena que não encontrou Shin, pois queria lhe ajudar a esclarecer as coisas. Pelo que ele falou no dia da prova do figurino, havia uma menina que ele estava interessado.

    Depois de gravar e fazer a passagem do palco, a menina e seu grupo voltou a ensaiar a dança.

    // DIA 7 //

    Era o último dia de ensaio. Os grupos foram levados para o palco para fazer os últimos ajustes. Eu Se ainda não sabia que roupa usaria, só rezava para que fosse algo mais discreto. Ela ficou pensando no último aviso da Bonnie.

    Depois que foram liberados, decidiram ir numa sorveteria próxima.  Ela respondeu a mensagem de Go Mi Nam com alegria, era bom saber que teria alguém torcendo por ela na plateia.

    Enquanto tomava seu Sunday, o grupo começa a conversar e Min-ki pergunta sobre sua namorada.

    - Ani, geunyeoneun ol sueobsneun ...hajiman nae chingu li yong ol geos-ida

    Não, ela não pode vir... mas meu amigo Lee Jong virá.


    Eu Se respira fundo e olha os meninos ao seu redor. Era hora de ser sincera com eles.

    - Naeil-e daehae dangsin-ege mwongaleul malhago sip-eossda. naneun choeseon-eul jegong hal geos-ibnida. i dangsin-ege isanghage deullil sudo issjiman, naega geudeul-eul haechil sip-eohaji anhneundaneun geos-eul algoissda. uliga eotteon munjega issdamyeon, naega lideoloseo, binan-eul bad-ayahandamyeon ....

    Eu queria falar algo com vocês sobre amanhã. Eu vou dar o meu melhor. Mesmo que isso possa soar estranho para vocês, saibam que eu nunca quis prejudica-los.

    E se...se a gente tiver algum problema, eu assumirei a culpa, como líder.


    Era difícil de falar desse assunto, até por que ela não queria se expor e nem desanima-los.

    - Naega malhagoissneun geos-eun uli moduga choeseon naeil-eul jegonghalyeogohandaneun geos-ibnida. naneun uliga munjeleul gajigo yeolsimhi eum-ag-ui seontaeg-ieossda algoissda. hajiman amudo uli geulub-eul midneun-eobsneun gyeong-uedo ... aju jalhaessda ... geulaeseo. ulineun joh-eun syoleul hal uimuga issseubnida.

    O que eu tô querendo dizer é que vamos todos tentar dar nosso melhor juntos. Sei que tivemos problemas, foi uma escolha de música difícil. Mas vocês se saíram muito bem...por isso...mesmo que ninguém acredite no nosso grupo. A gente tem a obrigação de fazer um bom show.


    A menina olha para os rapazes. Principalmente para Amihan e Min-ki, por quem ela tinha mais amizade e carinho.

    - Ije uliga jal hal su-issneun il-eul boyeo deulijyo?

    Vamos mostrar para eles do que somos capazes, certo?


    Depois de tomarem o sorvete, ela foi para o hotel. A noite o programa foi exibido na TV. Pelo menos dessa vez não teve nenhuma revelação. A menina demorou a pegar no sono por causa da ansiedade da apresentação e teve o sono agitado. Pois em seus sonhos o diretor estava rasgando sua blusa e mostrando para todo mundo e para as câmeras que ela era uma mulher.

    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1232
    Reputação : 172
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Luxi em Ter Jul 25, 2017 11:48 am

    ♪ Eun-Ji ♪

    - Tem certeza de que vai fazer isso, querida? O seu grupo depende de você. Suas amigas estão contando com isso e também seriam eliminadas se você desistisse tão de repente. Você ficaria triste se isso acontecesse, não é? Sei que não faria isso. Está chateada agora, mas precisa trabalhar sua ansiedade. - a professora sorriu. - Já falamos sobre isso: nunca aja por impulso quando estiver se sentindo triste ou ameaçada. É só uma defesa natural do corpo tentar sair correndo, mas você deve respirar fundo quando isso acontecer e depois pensar nas consequências antes de tomar uma decisão. O que está sentindo agora é medo. Só isso. Medo é normal. Ele existe em todos os lugares. No seu celular, no programa, na escola, em um trabalho, em casa… Você nunca poderá fugir completamente dele. Cada vez que conseguir encará-lo, pense que é um momento a mais que está te fazendo crescer, tornar-se mulher e uma pessoa melhor. Nem sempre eu ou alguém confiável estaremos com você no momento certo para ajudá-la a seguir em frente, então quero que aprenda que você é forte, precisa acreditar nisso. Lembre-se de como sempre foi corajosa para proteger seus amigos… em como tantas pessoa estão tentando fazer com que dê certo. Yuki ficaria muito triste por perder você. Tenho certeza que seu amigo Dam também, mas você já sabe disso, só que às vezes esquece e tenta se culpar ou ver o pior lado de tudo. Pense nos momentos bons. Você já teve vários até agora, percebe como sua vida está engatinhando para melhor? Quando for assim, pense também em mim e na senhorita Sonja, que sempre torcemos por você.

    A senhora Bora a apoiaria caso ela quisesse mesmo deixar o programa, mas sabia que naquele momento ela só estava insegura por causa das mensagens. A internet era mesmo amedrontadora, mas ela tentou fazê-la ver as boas coisas em ter o celular, como o apoio de seus fãs, as fotos recebidas e até mesmo a independência para assistir ao programa. Aquele também era seu argumento final, para tentar ajudá-la a amadurecer aos poucos.

    Em relação à mensagem enviada para Dam, o rapaz enviou um sucinto: “Já chegamos longe demais para desistir”.

    (...)

    O diretor não foi mais gentil com ela por estar chateada, pelo contrário. Ele reforçou como todos os artistas bem sucedidos enfrentavam seus dias dolorosos, mesmo fisicamente, para estar no palco e dar um espetáculo para o público. Depois disso, como ela insistiu em ficar desanimada, Song Yeonim simplesmente desistiria de dar instruções específicas para ela. As garotas estavam tensas para treinar e a responsabilidade de não eliminar as amigas pelo menos a motivava a seguir com a apresentação.
    (...)

    Eunji esperava por Dam na porta de casa. Era tarde da noite e ele ainda não tinha dado sinal de resposta. Passou mais de meia hora com a garota parada na frente de casa quando ela viu uma moto se aproximando, mas não era a de dam. Era um modelo simples, de seu vizinho, que ela não sabia o nome. O homem estacionou o veículo e começou a desenroscar as correntes do portão. Ele fez uma reverência para a filha dos Wong e adentrou a casa.

    O celular vibrou, com a mensagem:
    ”Estou indo”

    Passados mais alguns minutos, a moto do rapaz estacionou algumas casas para frente e o rapaz se aproximou com as mãos enfiadas nos bolsos da jaqueta. Seus cabelos estavam desarrumados e ele tinha olheiras fortes no rosto de quem tinha acabado de acordar. Ele a viu, olhou em volta e esfregou o rosto.

    - O que aconteceu? - perguntou com a voz rouca  e estendeu a mão para recolher o celular e entender qual era o problema.  Quando o rapaz bateu o olho na tal da mensagem misteriosa, demorou para ergueu os olhos novamente, mas ele encarou algum ponto imaginário atrás dela.




    Eu escrevi tb do Shin e da Eu Se, mas acho que não vai render dois posts! Então por isso adiantei esse, ta bem?
    shamps
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1315
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por shamps em Ter Jul 25, 2017 12:27 pm

    As palavras de Bora sempre vinham para acalentar o coração atormentado da jovem. Como aquele ser humano podia ser tão maravilhoso?

    - Obrigada senhora Bora – disse abraçando-a com força, sentia-se muito segura ao seu lado – eu vou me esforçar mais. Desculpe por ser uma fracote.  Fico feliz por ter a senhora por perto. Vou me desculpar com meus amigos e seguir em frente, está bem?

    A Dam ela só respondeu um simples “Tem razão”.
    ...

    Ela refletiu com as palavras do diretor sobre o esforço dos artistas e se lembrou das faixas e dos hematomas de Rin, e dela mesmo treinando com os joelhos doloridos e se esforçou em dar um aceno com a cabeça concordando com suas palavras. Novamente ela estava sendo fraca e tinha que se esforçar mais, se não por ela, pelas amigas que confiavam nela. Depois disso ela deu uma melhorada.

    - Senhor diretor, o que o senhor espera por carisma? Ajude-me a entender, por favor. Outros já me falaram sobre esse carisma, mas não entendo o que é. Obrigada.

    ...

    Sentada no meio fio, a garota estava abraçada em sua boneca e segurava com força o telefone. Olhava constantemente para os lados com medo de ver uma multidão com tochas e pedras para apedreja-la. Tremia ao pensar nessas coisas.
    Viu a moto de seu vizinho se aproximar e o cumprimentou. Ela nem sabia que tinha um vizinho com moto. Se o viu, foi uma vez ou outra, já que só saia de casa para ir à missa e a escola.
    Estava com o coração apertado, mas sentiu alívio ao ver o rapaz que tinha chamado.

    - Desculpe te chamar tarde da noite – entregou o celular para ele – você acha que são pessoas mal intencionadas? Estou com medo, oppa!

    Vendo a expressão dele, a garota ficou mais assustada ainda, aquilo parecia sério e seu medo se transformou em lágrimas que brotavam no canto olho.

    - É mesmo ruim, não é? E se descobrirem onde moro e vierem atrás de mim com pedras? Eu não quero ser linchada, oppa – ela estava tremendo, coração acelerado e a respiração ofegante. Olha paranoicamente para todos os lados – você não está seguro aqui oppa, não quero que se machuque por minha causa. Eu jamais me perdoaria! – ia se afastando lentamente, andando de costa rumo ao portão de sua casa, aflita, seu olhar ia dele para as esquinas.
    Gakky
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1469
    Reputação : 86
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Gakky em Ter Jul 25, 2017 8:32 pm

    No vestiário, Yuki concordava com ChaeSoo:

    - Ela tem razão Eun-ji, depois podemos ajeitar as coisas com a Yieun, se não der certo, tudo bem, pelo menos teremos a consciência limpa por termos tentado.

    A japonesa fica feliz por Eun-ji estar conseguindo lidar bem com a roupa. E também ouviu o conselho de May, já que não sabia muita coisa de maquiagem, precisava prestar atenção nisso. Quando falavam sobre os garotos, Yuki ficou um pouco triste por não ver os garotos, Chae estava animada para comprar os ingressos e ver os oppas.

    - Será que teremos que comprar para ver os oppas? Quer dizer, os garotos... Isso seria ruim... Podia ser de graça...

    (...)

    Em casa, Yuki ficou surpresa pelo seu irmão ter tido carona, isso era bom, pois deveria significar que ele estava com algum bom amigo. No dia seguinte, o vídeo do vestiário estava na internet, Yuki havia sentido que a gravação da garota daria problemas, esperava que não fosse expulsa por isso. Por sorte, não havia aparecido sem roupas, se fosse o caso, seria terrível demais. E logo Yuki soube que os ingressos teriam que ser pagos, ninguém teria direito a um acompanhante gratuito. Yuki se sentia mal por isso, sua família estava sempre sendo excluída dos eventos por falta de dinheiro, no final das contas, ter dinheiro era realmente importante. Isso a deixou desanimada.

    Na manhã doque precedia o último dia, sua mãe se arrumava Yuki estava muito animada com isso, pelo menos sua mãe estaria por perto. Ainda assim, se sentia mal por sua família ter tantas restrições. Queria muito mudar isso um dia, nascer pobre significa ser tratado como alguém inferior, ela sentia isso na pele todos os dias. Ela se arrumou e checou se estava bem cheirosa, não queria passar vergonha. Esperva pela carona da senhora bora, quando a campainha tocou, achou que era ela. Mas para sua surpresa, não era a senhora Bora. Quando ouviu aquela voz familiar seu coração saltou, sua mãe a chamou. Yuki se aproximou corada e com os olhos muito surpresos. "O que está acontecendo? Por que ele está aqui? Ele vai me levar? Eu estou sonhando? - Se perguntava em pensamento.

    - Minsoo... Me levar? - Disse Yuki ainda confusa, seu coração parecia querer sair pela boca. Ele estava tão bonito e cheiroso, como era possível um príncipe estar na porta de sua casa.

    Mas as coisas ficaram ainda mais inacreditáveis, Minsoo entregou um evelope a sua mãe, quando Yuki viu o que tinha dentro, seus olhos se arregalaram. Agora realmente parecia um sonho. Minsoo tinha feito mesmo isso para ela? Mas eram tão caros os ingressos, pensava Yuki mal acreditando. Olhou para o garoto com as bochechas coradas, mas logo desviou o olhar e disse com voz baixo:

    - Minsoo... Eu não sei o que dizer... Isso é para minha família? - Ela abriu um largo sorriso, daquele jeito encantador que sabia fazer quando estava muito feliz - Gomawo! Você é tão legal!

    Ela faz uma reverência para ela, meio atrapalhada, mas faz. Depois se vira para mãe e a abraça dizendo:

    - Vocês vão poder ver minha apresentação! Todos vocês! Isso parece até um sonho...

    Depois volta para Minsoo e diz:

    - Não estou sonhando, estou? Ahn... E você vai mesmo me levar?? - Na última frase ela ficou corada novamente - Uaww, fico te devendo esse favor.

    No caminho até o treino, Yuki vai perguntar ao Minsoo se o treino dele estava indo bem. Também vai dizer que torcerá por ele, não só ela, mas pediria para toda sua família fazer o mesmo.

    - Também vou levar meu amuleto para a apresentação, eu tenho ensaiado muito - Diz ao Minsoo no caminho - Gomawo mais uma vez! Eu já estava com saudade de ver você... Quer dizer, ver os garotos... Os meus amigos! É, meus amigos! Que é você também...  Quero também ser útil e te ajudar, se precisar conversar pode me chamar, ou ligar. Sou boa ouvinte!

    Vai aproveitar para fazer algumas perguntas também:

    - Minsoo... Tem algum lugar que gosta de ir? Eu por exemplo, adoro ir ver o mar. Quando eu entro na água, é tudo tão silencioso e tranquilo, eu queria ser uma sereia quando era mais nova. Posso fazer uma pergunta? Quando você começou a gostar de música?

    Yuki disse que quando criança gostaria de ser uma sereia, mas a verdade é que ainda gostava dessas coisas, quando nadava se imaginava como uma sereia e gostava de pensar como seria uma vida no mar. Mas era muito bobo para dizer que ainda fazia isso. Depois agradeceu mais um vez pelos ingressos e perguntou:

    - Obrigada mais um vez pelos ingressos. Eu estava um pouco deprimida por isso... Eu tenho até vergonha de não poder pagar por eles... No final, o dinheiro acaba sendo importante... Não se pode fazer muita coisa sem ele. Eu fico pensando como deve ser não se preocupar com o valor das coisas, e como deve ser as pessoas não me olharem como alguém que deve ser evitado. Você foi muito legal de ter importado. Meus colegas da escola sempre se afastavam quando viam que eu não podia segui-los nos passeios ou em lugares mais caros. Como deve ser poder sair com os amigos e não ter vergonha de não poder pagar as coisas... Como um restaurante, ou algo assim... Mas também penso, será que eu faria o mesmo que meus colegas fizeram comigo se eu tivesse nascido em uma família menos pobre? Bom se fosse para eu ser assim, acho que preferia ter nascido mesmo como estou.

    (...)

    Durante o ensaio final, Yuki dará tudo de si. Ela guardou as dicas de Bonnie sobre cantar com todo seu coração, então pensaria em sua família quando tivesse apresentando e em tudo que queria para eles. Também pensaria em Minsoo. E se lembrou que queria falar com Shin mais tarde, tinham assuntos a tratarem. No último episódio do programa, Yuki ficou preocupada quando mostraram a coreógrafa lhe dando sermões, tinha medo da sua família não gostar, por isso quando assistiu, tentou demonstrar que não ligava para isso.

    Conteúdo patrocinado


    Re: 3º passo - Alianças

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Set 21, 2017 2:02 am