Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Compartilhe
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Brujah Girl em Ter Jun 13, 2017 4:43 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | 05 de abril de 2012 | 20:38 | Hospital Central de New Orleans |




    A subida apressada pelas escadas do necrotério até o quarto andar deixara Rebecca um tanto quanto ofegante. Ela ainda tinha a sensação dos comprimidos que recém tomara deslizando seco por sua garganta. A ideia de ter que se consultar com o psiquiatra do hospital, o dr. Timothe Lightman, não agradava a jovem médica-legista, que passara por um dia tenso e do qual gostaria de esquecer. Aliás, se não tivesse sido o congestionamento desta manhã, Rebecca talvez nem tivesse se recordado do maior pesadelo que já vivera.

    Apesar de ter acontecido há um ano atrás, ainda podia sentir como se tivesse sido ontem, e a mera lembrança da “quase tragédia” para ela, fazia com que Rebecca sentisse que poderia perder o controle a qualquer instante. Realmente, por mais que não lhe agradasse, precisava resolver este problema antes que este tomasse maiores proporções e afetasse ainda mais o seu dia-a-dia e quem sabe até mesmo acabasse por comprometer seriamente o seu trabalho... a mão enfaixada era a confirmação que isso já começava a acontecer.

    Rebecca abria a porta das escadas na saída do 4º andar quando seu celular começa a tocar. Pegando o aparelho, ela veria que era o detetive Francesco quem ligava. Poderia atender a chamada antes de chegar até a porta do consultório do dr. Lightman, que ficava, à direita, ao fim do corredor onde se encontrava ou simplesmente ignorar a chamada. Era apenas uma questão de escolha.






    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Ter Jun 13, 2017 8:45 pm


    A mão estava latejando, mas ela não tomou outro remédio para dor. A cada degrau, ela sentia a ansiedade querendo lhe subir pela garganta... Teve de parar em determinado momento, pensando que iria de fato vomitar. Os remédios ansiolíticos estavam demorando demais para fazer efeito... Provavelmente, já nem faziam, pelas doses cavalares que ela tomava por conta e risco. Naquele dia mesmo, após o pequeno acidente, havia tomado mais que um paciente normal tomaria em uma semana. Incluindo os três, que tomara nas escadas.

    Três, seis, nove...Três, seis, nove... Três, oito...merda” ia contando mentalmente, para distrair a mente.  Números ímpares eram agradáveis aos sentidos dela, principalmente os múltiplos de três... Mas, por uma infelicidade do destino, os lances de escada possuíam apenas 29 degraus, interrompendo o fluxo de contas e permitindo pensamentos ruins entrarem em sua mente, ao invés de um outro nove.  “Eu sou louca? Sou, não sou? Tem de ir no médico pra isso. Vamos subir, subir. Três, seis... LOUCA! Por que tenho de falar da minha vida para um desconhecido? Eu to bem. Desliguei o gás quando saí de casa? Não... Não devo ter desligado. Merda. Se eu correr, posso chegar antes que algo exploda. Médico! Tenho de ir no médico. Ele vai perguntar da minha mão. Tá doendo. Três... seis... nove... Logo vai acabar no oito. Odeio números redondos. Tenho de comprar pão sírio, falando nisso. Eu gosto. Mas não quero parar no mercado... Muita gente. Muito trânsito pra chegar. Odeio trânsito. Odeio trânsito. Odeio trânsito. Merda. Devia ter marcado esse médico mais cedo, pra não pegar trânsito. Se eu for embora agora, não vou pegar... Devo ir? Mas e se tiver engarrafado novamente... Três... Três... Merda,  pulei um degrau. Vou voltar... Vou voltar pra casa” o fluxo de pensamento confuso a fizera demorar pra subir, sendo interrompido pelo toque do celular, que a fez parar o caminho de volta que estava tomando e voltar ao seu trajeto primário. Suspirou. Era Francesco... Ele sabia que ela detestava falar no telefone... Mas detestava, mais ainda, ter de caminhar até o consultório sem uma distração.

    -Weisz – atendeu o telefone, tão formal quanto pra qualquer outra pessoa. Apesar de serem bem amigos e amantes, sometimes, a jovem não era de carinhos ou intimidades. Continuava caminhando, abrindo a porta da escada e entrando no corredor do quarto andar. Tinha de andar um pouco até o consultório do médico.

    Estava torcendo para ser notícias de que, em breve, poderia voltar a trabalhar com o  detetive. Eram uma boa dupla... A outra médica legista de lá não era tão competente... E Francesco devia ter percebido aquilo.

    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Sex Jun 23, 2017 4:25 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:40 | Hospital Central de New Orleans |




    O detetive responde tão logo ouve a voz de Rebecca:



     – Hey, Weiz! Eu precisava falar contigo sobre algumas coisas. Pode se encontrar comigo por volta das 22h? Eu posso te buscar...


    E aguardava a resposta da legista.





    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Sab Jun 24, 2017 11:57 am


    Rebecca ouviu a voz do detetive no outro lado da linha e olhou no relógio, 20:40, estava atrasada para a sua consulta. Continuava andando na direção do consultório, tomando o caminho mais longo, por entre os corredores da ala da pediatria.  Quanto menos tempo no consultório era melhor... Logo estaria livre.

    - Tenho um compromisso agora, mas acredito que nesse horário estarei livre –  disse e pensou, ficando em silêncio por alguns segundos. Ela estava de carro, mas não tinha certeza se era uma boa ideia dirigir, devido aos acontecimentos – Me pegue na entrada do hospital. Estou de blusa vermelha – disse em tom sério, mas uma brincadeira, claramente. Na primeira vez que saíram juntos, ele havia demorado algum tempo para a encontrar em um bar, tendo a doutora de falar como estava vestida para ele a localizar em uma das mesas dos fundos. Se despediu e desligou o telefone, não dando muita opção para ele discordar.

    [...]

    Suspirou e ficou parada na frente da porta do consultório, ao chegar lá.  Logo bateu na porta e abriu.

    -Dr. Lightman?

    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Jun 25, 2017 2:26 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:42 | Hospital Central de New Orleans |




    Francesco confirma e também se despede. Apesar do atraso, finalmente Rebecca estava diante da porta do consultório. Ela batia para logo em seguida abrir e chamar pelo dr. Lightman, que responde-lhe, revelando um sotaque britânico:


    – Não, não, não! Isto não está certo! Não se mexa! Não fale nada!


    Rebecca fica sem entender nada e talvez a surpresa tenha deixado-a sem reação. Ela ouve passos apressados aproximando-se da porta que então é aberta. Um homem branco, de estatura mediana, por volta dos seus 50 e poucos e anos, olha-a rapidamente e diz de forma um tanto quanto ríspida:


    – Dra. Weisz, eu suponho, right? Vou fechar a porta e a Dra. vai bater de novo e voltar a chamar-me, porém, desta vez, sem abrir a porta, por favor!



    Ele faz uma cara de certo desgosto e então fecha a porta de forma sonora na cara de Weisz. De forma abafada ela ouve ele resmungando do lado de dentro: ”Onde está a educação destes jovens, for God’s sake!?!”



    Dr. Lightman:







    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Dom Jun 25, 2017 5:13 pm


    Ao chegar e ver todo aquele teatro do psiquiatra, Rebecca suspirou. Não impediu que ele fechasse a porta, embora pudesse ter feito, apenas revirou os olhos, ouvindo o Doutor resmungar lá dentro. Aquilo fez ela duvidar, ainda mais, da eficácia daquela área da medicina... “Como pode um psiquiatra ser mais sistemático que seus pacientes?”, se perguntou, olhando a porta ainda fechada a sua frente.

    Pensou em ir embora várias vezes, naqueles poucos segundos. Chegou até a pegar o telefone para mandar uma mensagem para Francesco, dizendo que o encontraria mais tarde em algum bar, mas se lembrou o motivo de estar ali. Se não fosse aprovada por Lightman, não poderia voltar a trabalhar. Guardou o celular e limpou o óculos, que estava um pouco sujo, o colocando de volta no rosto.

    Esperou um pouco e bateu novamente na porta, três batidinhas curtas.

    - Dr. Lightman?

    Repetiu, de má vontade. Quando ele abrisse a porta, faria uma breve mesura.

    -Com sua licença, meu senhor

    Não conseguiu controlar o sarcasmo, indo para onde ele indicasse.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Qui Jun 29, 2017 9:57 am










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:42 | Hospital Central de New Orleans |




    Mesmo contrariada, Rebecca faz conforme Lightman determina. Ele não abre a porta, apenas diz que a porta estava aberta e ela podia entrar. Quando ela abrisse a porta, veria primeiramente uma ante sala, com algumas poltronas para espera e uma mesa para secretária, onde não havia ninguém, cerca de 3 metros à frente, uma grande parede em vidro separava a sala de espera da sala do psiquiatra. Ele diz:


    – Feche a porta e venha para cá, Dra. Weisz, please!


    A porta de vidro estava aberta e tão logo ela cruzasse a mesma ele diria para ela fechar aquela também.

    A sala de Lightman era bem moderna e clean. Todos os móveis eram na cor branca e com madeira clara. A mesa dele era simples e em vidro. Ele estava digitando algo em seu notebook e indica a cadeira para ela sentar-se. Quando Rebecca estivesse sentada, ele pararia de digitar e começaria a falar com ela:

     – Dra. Weisz, nice to meet you... Embora eu saiba que o mesmo é improvável, não é? Afinal, quem gosta de ir ao psiquiatra?! Oh, minha cara, nossas especialidades são traiçoeiras, ninguém gosta de nós... A sua sorte é que seus “pacientes” não tem como te dizer isso. Lucky bastard!

    Contrariando todas as expectativas, Lightman dá uma risada bem alta após seu comentário e após alguns instantes volta a falar antes que Rebecca se manifestasse:

     – Well, a conversa está ótima mas temos trabalho a fazer e seu relógio já está contando desde às 20:30h, o que é péssimo já que são... * Parecia que ele ia olhar o relógio, mas ele faz um gesto de deixa pra lá e volta a dizer: * - Isso não faz diferença agora, so... Como posso te ajudar, Dra. Weisz?

    Agora, com um olhar bastante sério, ele observava Rebecca e aguardava por sua resposta.



    Consultório:








    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Sex Jul 07, 2017 9:59 pm


    Rebecca suspirou e entrou, quando o médico assim permitiu. Como imaginara, o consultório tinha uma sala de espera... E, geralmente, era ali que as pessoas esperavam, e não na porta.  Observou o local, que era muito bem iluminado e tinha uma decoração bem clean... Era bonito, de fato.  A menina fechou as duas portas e entrou, um pouco distraída. Estava pensando em como os ambientes de trabalho eram diferentes, mesmo os dois tendo boa parte da formação similar. Deu uma pequena risada, sem indicar o motivo, se sentando na cadeira indicada. Provavelmente, o tipo de trabalho que os médicos escolheram indicasse, de fato, a personalidade de ambos.

    Ela ouviu o que ele dizia, sem sentir vontade de participar daquela enrolação. Sabia que ele queria fazê-la se sentir confortável, mas a Dra. não estava disposta a conversas sem sentido. Nem mesmo queria estar ali, pra falar a verdade. Ela ergue uma sobrancelha com a risada dele, mas nada diz, tirando um papel da bolsa, em seguida, para responder a pergunta dele.

    - Preciso que me libere para voltar a trabalhar – entregou, com a mão enfaixada, e logo se ajeitou na cadeira. Era difícil dizer o quão desconfortável ela estava... Ou se se importava em ele a estar analisando. Mas, no fundo, só achava uma bobeira aquilo, sempre soubera resolver os seus problemas sozinha – Tem de assinar nas duas vias.

    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Jul 08, 2017 4:16 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:48 | Hospital Central de New Orleans |




    Dr. Lightman pega o papel que Rebecca passa para ele, olha-o rapidamente e em seguida amassa e joga no cesto de lixo:





     – Parece bem simples pelo seu ponto de vista, Dra. Weisz, mas que tipo de médico eu seria se eu fizesse isso? Os seus pacientes não tem como reclamar por um trabalho mal feito, mas eu não posso me dar a este tipo de displicência, e nem quero! Se eu não faço um bom trabalho e em consequência disso os meus pacientes fazem merda, eu sei que parte da culpa é minha e isso é algo que, enquanto profissional, eu não posso jamais admitir.

    Lightman faz uma breve pause e prossegue:




     – Se a Dra. não está confortável em estar aqui ou se acha isso tudo algo completamente desnecessário, não é da minha conta e sinceramente, eu não estou nem aí, mas tenha em mente que enquanto a Dra. não me convencer que pode prosseguir com seu trabalho, eu serei algo que você terá que engolir, se quiser prosseguir com a sua carreira, por isso, deixe de lado a sua postura de quem está pouco se lixando e comece a aproveitar o seu tempo comigo, ou então levante a sua bunda e saia já do meu consultório porque não estou aqui para perder o meu tempo com quem não tem humildade para reconhecer que precisa de ajuda.

    Ele termina de falar e olha para o seu relógio de pulso, apontando com o indicador e dizendo para Rebecca: “Tic Tac.”






    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Dom Jul 09, 2017 4:36 pm


    Rebecca se surpreendeu um pouco com a fala dele. Embora só tivesse dado o papel, sem dizer nada sobre o que sentia em estar ali, ele reparou que ela estava desconfortável. Aquilo deixava o sentimento de estar ali ainda pior. Ela revirou os olhos com o faniquito do doutor, se recostando na cadeira.

    - Você sabe que só você pode me dar essa porcaria de permissão, então sabe muito bem que não irei sair daqui. Sabe doutor, quer saber o que me faz realmente bem? Trabalhar... e você e o hospital estão me impedindo de fazer isso. – disse, sem se alterar muito, mas muito firme em suas palavras – Sobre “me ajudar”, você certamente já tem tudo o que aconteceu comigo aí no seu computador. Eu sei como as coisas funcionam no hospital. Qual a necessidade de ficar falando disso? – perguntou, se recostando no assento. Logo continuou, respondendo à afirmação inicial dele.

    - Não gosto de lidar com pessoas. Mas elas não falarem não torna o trabalho mais fácil,  o torna desafiador – deu um sorriso, como se realmente gostasse daquilo que fazia. – Mas se eu não faço o meu trabalho direito, muita gente sofre... E algumas pessoas ruins – apertava a mão ferida com a mão boa, tendo um leve movimento involuntário nos olhos, pela dor – podem ficar a solta para fazer mais coisas ruins. O você já ficou frente a frente com a morte, doutor? Eu fico todos os dias.


    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Jul 09, 2017 6:56 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:50 | Hospital Central de New Orleans |






     – Já, dra. Weisz, muito mais vezes do que gostaria...

    Ele respondia a pergunta final de Rebecca, enquanto anotava algo em um bloco de notas de capa de couro castanho escuro. A anotação é rápida e logo em seguida Lightman voltava a observar a jovem por alguns instantes e volta a falar:



     – Use o comprometimento que tem com o seu trabalho como combustível para ultrapassar esta experiência a qual tanto reluta em passar, mas que precisará, sendo do seu agrado ou não. Compreendo que não goste de lidar com pessoas, não é a primeira e nem será a última, mas se não fizermos um bom trabalho juntos, tudo o que já está acontecendo contigo só vai agravar-se, e vai chegar em um ponto, em que toda as esferas da suas vida ficarão comprometidas. Se valoriza o seu trabalho e não quer ver sua carreira desmoronar, eu sugiro que encontre forças para começar a se olhar no espelho e enfrentar seus temores. Eu serei o seu espelho e vou te ajudar a trazer de volta o melhor que há em você. Basta você permitir.

    Ele faz uma curta pausa, mas sem dar tempo para Rebecca falar, e prossegue:



     – Arquivos com informações são apenas arquivos. Sem conhecê-la, sem compreender a sua realidade, os seus sentimentos e emoções, eles se tornam imprecisos, uma via de mão única. Você busca nos corpos de seus “pacientes” as respostas para compreender as razões que os levaram até a sua morgue e assim realizar o seu trabalho, eu estou apenas buscando o mesmo.

    Ele para e encarando-a de forma séria questiona:



     – Podemos iniciar o nosso trabalho agora, dra. Weisz?

    Aguardava pela decisão de Rebecca que sentia que não conseguiria o que queria de forma tão simples. Dr. Lightman parecia empenhado em realizar o seu trabalho e para Rebecca restava a decisão de colaborar ou não.






    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Bastet em Dom Jul 09, 2017 8:46 pm





    Ela ouviu o médico atentamente, sem interromper. Na verdade, ele não havia dado muitas oportunidades de ela falar, dando um pequeno discurso sobre trabalho e problemas que as pessoas enfrentavam. A mulher tinha de reconhecer que ele tinha um ponto. Apesar de não querer ajuda e nem mesmo falar sobre as coisas que costumava guardar para si, aquilo estava começando a influenciar negativamente no seu trabalho. Não diretamente, ainda, mas até quando essa interferência continuaria indireta?

    Suspirou, apenas assentindo à pergunta dele  e pensando.  Não tinha certeza se aquilo daria algum resultado, ou se tinha alguma comprovação científica, mas, por fim, só conseguiria o que queria daquela forma, então resolveu cooperar.

    - Muito bem – disse, não parecendo muito feliz, mas entendendo que seria assim que o barco tocaria – Mas assine minha autorização. Me comprometo com essas sessões caso possa voltar a trabalhar -  disse, aguardando a resposta dele e indo até o divã, onde ele indicara pra ela sentar. Apenas se sentou, sem deitar – As pessoas se sentem confortáveis mesmo nisso? – perguntou, aguardando ele iniciar.



    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Rebecca Weisz

    Mensagem por Brujah Girl em Ter Jul 18, 2017 9:14 pm










    ⚜ REBECCA SANCHES WEISZ ⚜







    | Thursday, 05/April/2012 | 20:50 | Hospital Central de New Orleans |



    Por fim Rebecca aceita que teria que passar por aquilo se quisesse ser liberada para retornar a execução de suas atividades de forma plena. Dr. Lightman ouve o pedido da legista e quando ela se acomoda no divã, sem deitar-se, ele responde:

     – Eu assinarei quando tiver plena certeza de que a dra. está apta a retomar suas atividades. Até lá, terá que aguardar e enquanto isso, iremos conversando.

    Ele então senta-se na larga poltrona que ficava próxima ao divã e responde a última pergunta:

     – A maioria das pessoas sim. Posso supor que é a primeira vez que passa por este tipo de consulta, certo?

    Ele, que tinha em mãos o bloco de notas que Rebecca havia visto antes, inicia agora a “consulta” de Rebecca após esta confirmar que era a primeira vez:

     – Muito bem, vamos começar de forma simples e a dra. verá que não é nenhum bicho-papão. Que tal começarmos falando sobre qualquer coisa que você quiser?

    Por um instante Rebecca se questiona se era assim mesmo que as consultas aconteciam ou se dr. Lightman estava agindo daquela forma para que ela se descontraísse, de qualquer forma, poder começar falando o que ela quisesse era bom, pois dava a sensação de que sua privacidade não estava sendo ameaçada de imediato, afinal ela teria a possibilidade de compartilhar o que achasse melhor.





    Conteúdo patrocinado


    Re: [PRÓLOGO] - REBECCA SANCHES WEISZ

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Dez 12, 2017 9:32 pm