Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


Knov - Knov

Compartilhe
Hellkite
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 742
Data de inscrição : 01/07/2016

Knov - Knov

Mensagem por Hellkite em Ter Jun 13, 2017 8:56 pm

Foi no bater da porta que Knov acordou em um pulo... Onde ele estava ?

“- Que cheiro horrível ! Onde estou? Como vim parar aqui?”

Tais perguntas resumiam a vida de Knov nos últimos 5 anos, ladrão, bêbado, suas memórias após aquela noite, haviam sumido. Até mesmo o nome de sua irmã, e o que havia acontecido com ela, sumiram de sua memória.

Ao se levantar, se deparava com uma vala cheia de corpos em decomposição, o cheiro e a quantidade excessiva de bebida barata que havia ingerido o faziam vomitar. Como Knov havia parado ali? Provavelmente algum roubo mal sucedido, um de seus braços, quebrado, dores pelo corpo inteiro parecia ter sido atropelado por um urso atroz. Mas ele merecia isso, não conseguiu cumprir nem um simples pedido de seu pai..
“- Cuide de sua irmã...”

***

As palavras ecoavam na mente de Knov, ainda atordoado com sua nova situação. Seu braço doia muito, a ponto de quase faze-lo desmaiar. O ladino olha para os lados, e nota que a vala não era grande, porem era profunda, os primeiros raios-de-sol mal podiam entrar naquela podridão. De onde estava ate a borda deviam ter uns 3 metros, mas escalar a parede da vala com um braço quebrado não seria algo fácil.
Knov Shadowstep
Forasteiro
avatar
Forasteiro

Mensagens : 6
Data de inscrição : 09/06/2017

Mental Breakdown

Mensagem por Knov Shadowstep em Qua Jun 14, 2017 9:25 am

Knov movia-se lentamente em direção a parede da vala, ao chegar frente a mesma, a fitava por alguns segundos, a dor que sentia parecia não ter fim, até que inesperadamente o ladino caia de joelhos.

Naquele momento, morrer ali parecia tentador…

“Teria eu … Serventia maior para este mundo de que servir de fertilizante ao solo ?”

No momento em que tal pensamento passava em sua cabeça, uma lágrima escorria do canto de seu olho esquerdo.

Parecia ser o fim, os braços da morte eram tão acolhedores, e aceita lá dessa forma o deixava tão aliviado… Até que … Repentinamente Knov era tomado por uma vontade de viver… Tal vontade que o tirava de situações semelhante a essas todas as vezes, vontade que nem mesmo o ladino sabia de onde surgia. Mas diante desse sentimento parecia que sua mente se clareava, e a dor intensa que sentia, sumia por alguns segundos.

Mais do que rápidamente, Knov tomava em suas mãos sua bolsa, e dela tirava seu virote contendo 10 flechas.

O plano era, criar um caminho de flechas o qual seria possível subir com facilidade mediante a sua situação. Mas para tal plano correr como esperado, e tirá-lo dali, ele usaria duas flechas em vez de uma, e sempre cravaria as flechas mais da metade no interior da parede, a fim de garantir uma firmeza maior, para que as flechas suportem o seu peso.

Para se equilibrar sobre às flechas o ladino utilizaria de suas habilidades acrobáticas, e a medida que fosse avançando iria fincando novas flechas ao seu alcance.

Hellkite
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 742
Data de inscrição : 01/07/2016

Re: Knov - Knov

Mensagem por Hellkite em Sex Jun 16, 2017 8:15 pm

Apesar da situação desesperadora, Knov tem a calma necessária para elaborar um plano. Fincando duas flechas com seu braço bom, o ladino verifica com satisfação que a terra era firme o suficiente para garantir sua sustentação... Mas será que as hastes aguentariam seu peso?

Com cuidado Knov se apoia, tentando diminuir ao maximo o peso nos apoios. Era algo difícil, exigindo calma e paciência, e alem do que a dor em seu braço quebrado era outro entrave para o seu plano. Os minutos se acumulam, e o avanço é lento. O cansaço provocado pelo esforço cobra seu preço, e a ânsia de se ver livre faz com que cometa um erro fatal, deslocando todo seu peso nas ultimas hastes, que se quebram.

O susto gera uma grande adrenalina, e como um gato ele se agarra na borda. Porem a dor no braço ferido faz com que perca sua força aos poucos, os dedos segurando o limite da vala tornando-se fracos para manter a sustentação.

A queda seria dolorosa...

... não fosse uma mão firme, surgida de repente, segurando seu pulso!

Knov sente-se puxado para cima, e vai ao chão, respirando com dificuldade. Tinha saído da vala.
A sua visão parecia turva, devido ao esforço, e somente depois de alguns minutos pode reconhecer seus salvadores.

Eram três: um elfo utilizando roupas exóticas e de cabelos brancos.



Um rapaz de cabelos ruivos longos usando roupas folgadas.



E um bardo com seu bandolim e roupas bem cuidadas e cheias de estilo.



“E ai, rapaz, voce esta bem?”, diz o bardo, segurando a ponta de seu chapéu.
Knov Shadowstep
Forasteiro
avatar
Forasteiro

Mensagens : 6
Data de inscrição : 09/06/2017

Re: Knov - Knov

Mensagem por Knov Shadowstep em Sab Jun 17, 2017 2:36 pm

Por um momento Knov respirava aliviado por ter saído daquele foça, mas ao mesmo tempo sentia-se um inútil, um fardo, mas isso se dava ao fato de que como sempre fora sozinho não estava acostumado a receber ajuda de outros.

- Agradeço a ajuda meus caros, mas seria melhor terem me deixado cair, acredito não ser o tipo de pessoa que mereça ser salva.

Sentado sobre as pernas, Knov retirava seu cantil e bebia como quem não beberá há dias, provavelmente consequência da quantidade excessiva de álcool que havia ingerido no dia anterior.
Hellkite
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 742
Data de inscrição : 01/07/2016

Re: Knov - Knov

Mensagem por Hellkite em Seg Jun 19, 2017 3:27 pm

O rapaz ruivo vai em direção da fossa, e fica horrorizado com a presença dos cadáveres decompostos, chamando os outros. O bardo da uma rápida olhada, e depois se dirige a Knov. “Não diga isto, ninguém merece tal destino... A menos que voce tenha alguma responsabilidade nisto. Mas longe de mim querer julgar alguma coisa. Por que esta vala aberta esta aqui? E por que você estava la? Você não está doente, está?”, diz, e fecha as narinas, abanando o odor emanando do ladino, “precisa de um banho, fedes enormemente!”.

O elfo olha ao redor. “Os ancestrais quiseram que nós o encontrássemos, e assim foi feito. Ajudaremos no que for possível, estranho. Onde fica a vila mais próxima?”, pergunta em tom objetivo e seco.
Conteúdo patrocinado


Re: Knov - Knov

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex Jun 23, 2017 2:14 pm