Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Compartilhe
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Andrew Milles

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Jun 18, 2017 1:06 pm










    ⚜ ANDREW MILLES ⚜







    | Quinta-feira, 05 de abril de 2012 | 19:35 | Lan House Strike Force |



    O último e provável cliente do dia pagava sua conta e deixava a Strike Force. Andrew estava sozinho naquele dia e já estava no horário de fechar as portas. Sabia que era muito improvável que mais alguém entrasse por aquela porta naquele dia. Alguns clientes já haviam pedido para que o horário da Lan House fosse ampliado para que eles pudessem fazer uma rodada de jogos madrugada adentro, mas apesar de terem tentado, a prefeitura não liberava a licença para funcionamento além das 19:30h.  

    Ultimamente, com o aumento dos smartphones e wi-fi público em muitos locais, os negócios começavam a ser afetados. Os gamers de verdade tinham seus próprios equipamentos em suas casas e resumidamente, a Lan House tinha como público principal turistas e os adolescentes de famílias mais pobres da cidade, que não podiam ter seus próprios computadores e vez ou outra cismavam em pedir por mais 1 ou 2 horas grátis, coisa que muitas vezes Andrew se sentia tentado a proporcionar, visto que era um cara gente boa.

    Andrew resolve encerrar o expediente e se dirige até a entrada para trancar a porta, mas quando estava quase chegando lá, um homem entra apressado, e no instante em que vê uma arma apontada para ele, Andrew sente seu sangue gelar: aquilo era um assalto.

    O sujeito apontava a arma para Andrew enquanto dizia:


    – Mãos pro alto ou eu estouro seus miolos, man!


    Andrew não conseguia ver a cara do sujeito, que estava todo de preto, usava um moleton com capuz, óculos escuros e um lenço cobrindo nariz e boca, mas definitivamente era um homem de cor branca, que tinha por volta de 1,75m e era magro, usava luvas de couro sem dedo e segurava a arma de forma firme. Aquela era uma situação completamente inesperada e definitivamente Andrew não tinha o menor tipo de preparação para aquilo. Talvez umas aulas de defesa pessoal no passado viessem a calhar agora, mas Andrew nunca fizera estas aulas pois não fazia o tipo que lutava com o corpo mas sim com a sua mente, e dela uma mensagem bem clara vinha: “Não tente bancar o herói.”






    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 253
    Reputação : 1

    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Nazamura em Dom Jun 18, 2017 4:55 pm

    - Deu $ 15,00 - dizia Andrew ao ultimo cliente da noite enquanto registrava no sistema e lançava o dinheiro no caixa.

    Jonas não estava com ele naquela noite e o movimento foi relativamente fraco, já que quinta feira ainda era dia letivo e não havia tanto fluxo de jovens na lan-house como costumava ter alguns anos atrás

    Também com o movimento fraco desse jeito, logo ele teria que ter "aquela conversa" com Jonas sobre rever a parceria e talvez diversificar, propor união com fliperamas, mudar o ponto para o um shopping e assim não perder o negócio.

    Ainda era 19:10h e a Lan-House estava vazia, as pessoas passavam na rua pra lá e pra cá e parecia que ninguém iria entrar na Strike Force, e Andrew aproveitou para dar uma sondada (stalkeada) no facebook de Mayara...

    - Pfff.. eu sou um idiota mesmo - dizia sentindo-se inferiorizado - Ela tirando fotos com o pessoal da sala, cerveja, animada, e eu aqui, jamais conseguirei sequer estar ao lado dela, quem dera eu ser aquele cara ali atras no bar - e apontava pra foto de forma melancólica

    A Lan-House estava vazia mesmo, e isso dava a Andrew a oportunidade de falar consigo mesmo, mas dizem por ai que quando você emite um impulso negativo pro universo, ele acaba voltando pra vc, e não seria diferente naquela noite



    19:30h...

    Andrew resolve encerrar o expediente e se dirige até a entrada para trancar a porta, mas quando estava quase chegando lá, um homem entra apressado, e no instante em que vê uma arma apontada para ele, Andrew sente seu sangue gelar: aquilo era um assalto.

    – Mãos pro alto ou eu estouro seus miolos, man!

    "Otimo, essa agora... oh vida, oh azar.." a alusão ao pensamento do Hard-Har-Har e a Hiena do desenho animado lhe viera a mente. Bem como começou a observar todos os detalhes tentando memorizar o máximo de visual que conseguira daquele sujeito que ainda estava visível, altura, traços da silhueta, qualquer coisa que fosse ajuda-lo em um possível retrato falado com a policia. "tomara que a câmera da entrada esteja registrando toda a cena" - pensava

    - Calma, calma - dizia levantando os braços e colocando-os por sobre a cabeça - Não... er... não vou reagir - dizia de forma acanhada e com voz mais baixa.

    Sua repentina coragem logo se esvai e ele olha para o chão, seu complexo assume os sentidos e ele pensa "Atira logo, ai não vou precisar ficar sofrendo por não conseguir falar com Mayara, pelo menos sei que não vou fazer falta no mundo mesmo..." - deixava balançar a cabeça como um sinal de negativa de leve
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Andrew Milles

    Mensagem por Brujah Girl em Sex Jun 23, 2017 1:24 pm










    ⚜ ANDREW MILLES ⚜







    | Quinta-feira, 05 de abril de 2012 | 19:35 | Lan House Strike Force |


    Aqueles eram momentos em que, por mais que se pensasse mil vezes como seria a reação se algo do tipo acontecesse, ninguém saberia dizer, até que se realizasse. Andrew resolve colaborar, o que era a atitude mais sábia quando alguém apontava uma arma na sua cara.

    O jovem tinha os olhos voltados para o chão, mais percebe quando o bandido fecha a porta atrás de si, trancando-a e em seguida dá um empurrão em Andrew para que eles se afastassem da entrada.  


    – Anda, rápido! Direto pro balcão, direto pra porra do balcão!


    Andrew sente o toque gelado do cano da arma em sua nuca, empurrando sua cabeça para a frente. Um pequeno deslize e seus miolos realmente poderiam voar pelos ares. Estava à mercê de um desconhecido que poderia dar um fim a sua vida a qualquer momento. Se morresse naquele instante, será que Mayara sequer perderia tempo em ir ao seu enterro? Já estava diante do balcão. O bandido, diz:


    – Com a mão na cabeça abaixa tua cara no balcão! Já! Onde tá a grana? Rápido! Rápido!


    E aguardava que Andrew fizesse o que fora ordenado.




    OFF::

    Por favor, não usar citações das minhas narrativas nas respostas. Faça a sua narrativa de forma direta.






    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 253
    Reputação : 1

    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Nazamura em Sab Jun 24, 2017 8:17 pm

    - Calma, calma, tem que abrir a caixa registradora ali atrás

    Dizia Andrew enquanto caminhava da portaria até o balcão, sendo empurrado, ele tinha apenas uma chance de acionar o alarme silencioso que estava abaixo do balcão, mas o bandido parecia mais esperto, mandou que ele colocasse ambas as mãos na cabeça e mante-se a cabeça por sobre o balcão, impossibilitando de ativar o botão do alarme silencioso abaixo do caixa

    - É só girar a chavinha que a gaveta abre - Andrew não conseguia reagir, começou a deixar algumas lagrimas saírem de seu rosto, agindo como covarde, incapaz de reagir ao assalto, ele pensava em Mayara, se morresse, ela nem iria vê-lo, já que nem sequer conseguira beija-la, então eles ainda não eram nada, nem casal, nem namorados, só amigos... amigos...

    Tentou lembrar-se do pouco que vira do momento que fora surpreendido até ser rendido por sobre o balcão, sua memória resgatara as imagens em câmera lenta, a roupa, possíveis detalhes na jaqueta, marcas no rosto como covinhas, qualquer coisa que fora possível ver nos segundos da ação até agora, tinha que continuar vivo, tentava memorizar o som da voz do bandido, o numero do calçado

    "Ah se eu pudesse reagir, se fosse um super-herói dos quadrinhos, eu acabaria com esse animal" - pensou com raiva, mas ficara mais com raiva era de si mesmo tendo que obedecer a ele.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Brujah Girl em Dom Jun 25, 2017 3:59 pm










    ⚜ ANDREW MILLES ⚜







    | Quinta-feira, 05 de abril de 2012 | 19:38 | Lan House Strike Force |



    Andrew não precisaria de muitos esforços para deixar marcada em sua memória todos os detalhes daqueles momentos de temor e impotência. Às vezes, ter uma memória tão poderosa como a sua poderia ser uma maldição, especialmente naquela situação, em que por mais que procurasse focar em detalhes para tentar identificar o meliante mais tarde quando estivesse na delegacia.

    A jaqueta era bastante comum, sem qualquer emblema ou pins que pudessem identificar uma gangue ou algo do gênero, marcas no rosto não via, afinal, com óculos escuros e o lenço que cobria sua face, Andrew nem conseguia ver a pele do sujeito e só sabia que ele era branco por causa dos dedos que conseguia ver, seus pés eram de acordo com a sua altura e talvez ele calçasse entre 42-44. A voz do homem não tinha nada de especial, seu sotaque era local, talvez se voltasse a ouvi-lo no futuro pudesse reconhecer, mas só por ouvir não tinha como determinar nada de especial.

    Andrew faz o que é ordenado e agora não podia mais enxergar, mas é um alívio sentir a ponta do cano da arma desgrudando de sua nuca. Entre lágrimas, ele podia ouvir o bandido se encaminhando para a registradora e logo a seguir começando a tirar o dinheiro lá de dentro, mas não parecia ser o suficiente, pois logo ele volta a dizer:


    – É só essa merda desses trocados que tem aqui?! Onde tem mais?!


    E novamente Andrew sente o cano da arma, só que desta vez, bem sobre o topo do seu crânio, uma vez que ele estava curvado sobre o balcão com a cara enfiada nele e seu agressor estava do outro lado e já tinha terminado de esvaziar o caixa.






    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 253
    Reputação : 1

    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Nazamura em Ter Jun 27, 2017 9:22 am

    Em desespero, Andrew deixa o pior de si aparecer ... um garoto chorão

    -É só isso cara, eu juro ... - dá uma "snifada com o nariz" - - O movimento anda fraco esses dias, ninguém mais vem em Lan-Houses..

    Andrew já se despedia mentalmente da vida, dos amigos, da Mayara, morreria ali, imprestável, um garoto que vivia uma desilusão de um beijo que nunca existira, e sem beijo, sem vinculo e sem vinculo, ela nem iria ao seu enterro.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Andrew Milles

    Mensagem por Brujah Girl em Qui Jun 29, 2017 10:20 am










    ⚜ ANDREW MILLES ⚜







    | Dia: ??? | Hora: ??? | Local: ??? |



    O bandido parece ficar nervoso, pois empurra mais a arma na cabeça de Andrew que sentia que seus últimos momentos estavam diante de si, e ele, impotente, não poderia fazer nada para reverter o quadro. Morreria nas mãos de um ladrão por causa de uns poucos dólares.


    – Tem mais nada não, seu filho da puta?! Pra que merda você serve então?!


    E de repente Andrew leva uma pancada forte na cabeça e mais outra... suas últimas lembranças são dele perdendo a consciência. [...]




    Andrew desperta em um ambiente completamente escuro. Tinha uma dor de cabeça bem intensa e a nuca dolorida. Podia sentir o cheiro de sangue, provavelmente, o seu. Ele tenta se mexer quando sente que seus braços, que estavam para trás do seu corpo, estavam presos. Suas pernas também estavam amarradas, de forma que ele não conseguia se levantar do que, aparentemente era o chão, bastante gelado. Ele tenta falar quando descobre que estava amordaçado. Não tinha ideia de quanto tempo tinha se passado, onde estava, ou se estava sozinho, mas após alguns instantes, consegue notar que tudo estava silencioso demais.

    O ponto positivo era que ainda estava vivo, o negativo é que era um prisioneiro em completa escuridão. A situação não era nada favorável, mas talvez com algum esforço o jovem pudesse sair daquela. Tantas vezes revertera más situações no tabuleiro de xadrez, quem sabe, se conseguisse mover as peças certas não poderia evitar o xeque-mate que parecia mais e mais iminente?







    Nazamura
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 253
    Reputação : 1

    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Nazamura em Seg Jul 03, 2017 10:38 am

    -MNmmnn... ! - de nada ia adiantar gritar ou pedir por ajuda, a voz simplesmente não ia sair.

    Estava em um lugar frio, amarrado, com cheiro de sangue e a cabeça doendo. De uma hora para outra havia perdido a lan-house e a dignidade. Que situação humilhante para Andrew, que já estava acostumando ao seu sofrer por auto-piedade.

    Mas ainda estava vivo, e se assim o foi, ainda tinha alguma chance de encontrar Mayara pela ultima vez, dizer que lhe amava e isso acaba por temporariamente inflar sua auto-confiança, a ponto dele notar que tinha que fazer alguma coisa pra se soltar das cordas

    foi quando ele se lembrou da aula de física, toda corda pode se arrebentar se for tensionada em arco, girando o pulso. uma vez que tentar a força não iria resolver, mas com essa técnica quem sabe.
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    Narração | Andrew Milles

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Jul 08, 2017 3:21 pm










    ⚜ ANDREW MILLES ⚜







    | Dia: ??? | Hora: ??? | Local: ??? |



    Quando Andrew resolve começar a tentar se livrar das cordas, é que repara que o que lhe prendia não era exatamente cordas. Ele não podia ter certeza do que era o que estava prendendo ele, mas pelo que sentia era algo pegajoso, o que fazia com que ele imaginasse sem fita adesiva, daquelas largas, provavelmente.

    Andrew ia tentando, ao seu jeito, sair daquela enrascada, o que não era simples e exigiria alguma paciência, mas ele ia se esforçando, até que ouve barulho de uma porta se abrindo, em seguida passos de alguém se movimentando no ambiente exterior, não muito distante do lugar onde ele estava.

    Seria o bandido que agora voltava para terminar o trabalho?

    Enquanto tentava se soltar, Andrew constata que as coisas poderiam ser resolvidas mais facilmente, se ele fosse mais forte, porém ele sentia que seus esforços poderiam surtir o efeito pretendido, mas levaria ainda um bom tempo, e aparentemente, Andrew já não tinha tanto tempo assim.



    OFF:

    2017-07-08 12:13:15 Andrew Milles rolls ? die to testando a sorte (Diff 7) [1 success]







    Conteúdo patrocinado


    Re: [PRÓLOGO] - ANDREW MILLES

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 8:57 am