Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [Juntando a Trupe]

    Compartilhe
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 345
    Reputação : 31

    [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Rosenrot em Qui Jun 29, 2017 12:02 pm





    Juma e Jasper
    Natalie Ursa
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Natalie Ursa em Qui Jun 29, 2017 3:04 pm

    Jasper


    - Acho que podemos tentar. - Ele disse, em sua voz bestial, mas relativamente doce. Estendeu a grande mão para Jasper, parecia um sujeito gentil. - Hamu, eu cuido para que vocês tenham refeições quentes todos os dias, a cozinha é minha jurisdição, já trabalho em alguma cozinha antes, Jasper? - Perguntou, antes de virar-se para o lado, indicando a moça com ele.

    Com olhos arregalados, Jasper ficou encarando o sujeito musculoso, depois seus olhos dourados desceram para sua grande mão estendida e voltaram para o rosto.

    Para outras pessoas o sujeito deveria ser realmente intimidador, com todos aqueles músculos e dentes expostos, mas Jasper estava mais curioso em como o homem à sua frente podia ser verde.
    Depois de uns instantes o encarando quase de modo rude, Jasper achou que Hamu não lhe parecia ameaçador, só um pouco grande mesmo. O jovem finalmente estende a mão para o ogro, com um esboço de um sorriso no canto dos lábios.


    - Jasper, como o cachorro - Akemi - acabou de dizer. - olhou para ela pelo canto dos olhos.

    Pelo menos esse tal de Hamu não era mais um cachorro… Ou um touro... Jasper se sentia um pouquinho mais à vontade em falar com ele.

    - Se eu trabalhei em uma cozinha… - repetiu pensativo, lembrando-se do tempo em que morou no bordel e passava a maior parte do tempo na cozinha porque era a parte mais quente daquele recinto, no entanto não chegou a aprender muitas coisas por lá - Nãããooo… - respondeu de forma meio preguiçosa, enquanto fazia uma careta, pois a conversa de cozinha o fez lembrar que já deveriam ter se passado umas 12 horas desde a última vez que comera algo. O jovem estava com bastante fome, mas não pretendia pedir comida como se fosse um mendigo batendo na porta deles apenas para conseguir um prato de refeição.

    - Essa é Juma, acabou de chegar para se juntar a nós, também, estava indo mostrar os alojamentos para ela. Você gostaria de vir conosco?


    Ele inclinou a cabeça horizontalmente, olhando na direção da moça felina e ela chamou ainda mais atenção do que Hamu. A fitou diretamente nos olhos, que pareciam ser os de um gato. Jasper já estava começando a se sentir a criatura mais normal que tinha naquele lugar, o que reforçava ainda mais sua decisão de não se envolver com apresentações, afinal ele não tinha nada muito “exótico” para prender a atenção e curiosidade das pessoas que assistiam aos espetáculos.

    Pelo menos a moça felina e Jasper compartilham algo em comum: Ambos tem o rosto marcado por várias manchinhas.

    - Oi.... Juma… - repetiu o nome, sem saber direito o que dizer e concluindo que jamais o ouvira antes. Era a terceira criatura que conhecia ali e o terceiro nome que lhe soava estranho.

    Voltou-se para Hamu, para lhe responder:

    - Sim. Também quero conhecer esse lugar aí. - e apenas agora ele se deu conta de que tinha ouvido Hamu chamar Akemi de “ela” quando falava do cachorrinho para Juma - Mas espere! Esse cachorro é, na verdade, uma menina!? - exclamou alto, apontando para Akemi e lançando-lhe um olhar como se fosse a primeira vez que estivesse vendo-a.
    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Bastet em Qui Jun 29, 2017 11:23 pm


    A revelação de que ali ninguém batia nos animais, não tinham jaulas e nem maltratavam para aprender truques e afins deixou Juma estupefata. Desde que se lembrava, a menina aprendera a viver daquela forma, com surras, lugares apertados e desconfortáveis, e pessoas lhe dizendo o que fazer. Não era uma boa vida, é claro... Mas era o que esperava de um ambiente de humanos. Nem mesmo na selva tinha tanta bondade, afinal, estava sempre caçando o que comer e se escondendo de possíveis predadores. [...] Após terminar de ser vestida e se acostumar minimamente com a roupa, seguiu o grandalhão. Ele não condizia com o tamanho, a onça pensou, acreditando que a personalidade dele parecia mais de algo pequeno e gostoso, como um coelho. Se estivessem em ambiente selvagem, Hamu seria um possível predador pra ela, com sua força e tamanho... Apesar de Juma certamente ganhar na velocidade e precisão de ataque. “É como uma vaca”, pensou “Forte e grande... Mas não consegue correr”. Ao concluir o pensamento, lambeu o “focinho”, chegando a salivar com a lembrança de caçar, mas sacudiu a cabeça. Não podia comer ele agora. Ele estava sendo bonzinho.

    [...]

    -Eu não tenho coisas – disse, quando o homem falou sobre guardar as coisas no quarto. Mas a ideia de ter um cantinho para si mesma era bem interessante. Não teve tempo de comentar mais nada, pois, quando saíram da tenda, já encontraram outras pessoas. As mãos de Juma se contraíram, com as garras evidentes e a expressão tranquila de outrora mudara. Apesar disso, se manteve atrás de Hamu. Não era de seu feitio atacar gente... Até que viu o pequeno cachorrinho, que lembrava mesmo um coelho ou algo gostoso.

    A garota rosnou alto, atrapalhando a conversa deles, tendo de se controlar, ao máximo para não o atacar. Apesar disso, Akemi podia reparar no olhar sedento da menina, suas presas e os dedos, que terminavam em grandes garras, inquietos. Não chegou nem a reparar direito nas apresentações e nas conversas. Só se distraiu de Akemi quando Jasper falou com ela. Juma o olhou com a mesma expressão mortal, mas logo a suavizou um pouco, sempre dando olhadelas para ver se a “presa” não havia se afastado. Mas a semelhança de Jasper com ela fez a menina ficar curiosa. Ele não cheirava exatamente igual, mas, assim como os outros, tinha aquele cheiro semelhante ao dela.

    Ela deu um grunhido com a apresentação, contorcendo levemente um dos cantos dos lábios. – Oi... – disse, o observando e olhando para a cachorrinha, que por acaso, era mulher, segundo eles.

    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 345
    Reputação : 31

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Rosenrot em Sex Jun 30, 2017 1:37 pm


    - Mas terá, em breve, acredito eu. - Disse Hamu, quando Juma dissera que não tinha "coisas", bom, ela as teria. Roupas, apetrechos e tudo que fosse necessário para viver ali e para fazer seu próprio número.

    Ele ficou em silêncio por um momento, enquanto todos eles se acostumavam uns aos outros, deu uma olhada em Juma, quando ela começou aquela... Coisa e depois olhou Akemi. - Não acho que seja uma boa ideia, Juma. - Hamu começou. - Akemi é bem maior do que você, acho. E não gosta muito de que fiquem rosnando para ela. Na verdade, aqui não ficamos rosnando uns para os outros, entende? É mau educado. As pessoas podem não gostar. - Tentou explicar e deu-se por feliz por Akemi aparentemente está ignorando Juma e seus rosnados, o lobinho lambia uma das patas e não parecia prestar atenção neles.

    - Bom, Jasper. Nada que não se possa aprender, se quiser.

    Diante da exasperação do jovem Jasper sobre Akemi, Hamu apenas ficou em silêncio, dando de ombros. - Akemi é muitas coisas, eu acho. - Falou, e ia começar a se mover, quando mais alguém se aproximou.

    - Ah, olá, Ox. - Disse Hamu, quando Ox se aproximou. - Eu estava indo levar Juma e Jasper para conhecerem o lugar, quer se juntar a nós? - Ele perguntou, educadamente. - Esse é Ox, ele se juntou a nós há algumas semanas... É um bom garoto. Esses são Jasper e Juma, Ox. - Akemi não parecia interessada na conversa e se levantou, começando a se afastar do grupo sem responder as perguntas de Jasper.
    Natalie Ursa
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Natalie Ursa em Sex Jun 30, 2017 3:15 pm

    - Cachorrinho mau-educado… - resmungou Jasper em meio à uma careta de descontentamento ao ver Akemi indo embora sem ter sanado sua questão.

    Mas na verdade Jasper já estava mais interessado no rosnado que a garota de olhos de gato emitiu do que a pequena criatura falante. Ali, aparentemente, cachorros falavam e garotas rosnavam. E aquela garota ali parecia estar com tanta fome quanto ele, pelo jeito nada amistoso com o que tinha olhado para Akemi. O olhar fez Jasper lembrar-se dos vários gatos de rua que já encontrara em sua vida. Era igual a quando eles ficavam observando um ratinho se mover de longe, em meio ao lixo, esperando o momento mais oportuno para atacar.

    Se tinha se arrependido de vir para este lugar no momento em que chegou ao portão de entrada, agora já achava que tinha feito uma boa escolha. As coisas ali pareciam mais interessantes, bem mais surreais do que nas ruas, e olha que as ruas às vezes traziam acontecimentos bem esquisitos.

    O jovem ouviu Hamu falar sobre Akemi ser bem maior do que Juma… Claro! Mas é claro que aquele comentário fazia todo o sentido… Pelo menos por ali. Já que, por enquanto, várias coisas ali pareciam estar ao contrário. Até mesmo o grandalhão cuidar da cozinha lhe parecia um tanto "não usual".

    Ele nem tinha prestado atenção no que Hamu lhe respondera, tinha apenas meneado positivamente com a cabeça para o que quer que o homem tivesse dito. Sua cabeça estava em outro lugar, mais precisamente em outra criatura.

    Jasper não tirou os olhos de cima de Juma, tentando entender se ela era realmente como um gato, se apresentava mais alguma característica felina. A estranheza da possibilidade tinha prendido toda a atenção do adolescente. Tinha até aberto a boca para comentar algo, que talvez fosse até rude, mas algo enorme pareceu se aproximar e projetar uma sombra sobre eles, o que tomou totalmente a atenção do rapaz.


    Era a criatura enorme e de chifres a qual Akemi lhe apontara antes. Ele era bem maior assim, de perto.

    Sim, definitivamente Jasper devia ser um dos seres mais “humanos” que ele encontraria ali, o jovem pensou ao admirar o tamanho daquele… Garoto? Tinha percebido que Hamu se referia ao sujeito como um bom “GAROTO”. Era simplesmente o maior GAROTO da face da Terra!

    - Oi, gar… err… Ox? - cumprimentou, com grandes olhos surpresos, mas de sobrancelhas retesadas, talvez lhe conferindo um semblante levemente hostil. O garoto se enrolou na fala enquanto ficava encarando aqueles chifres bem no topo da criatura colossal... Como será que se fazia crescer chifres na cabeça de alguém? o jovem se perguntava.

    Ele ficou tanto tempo olhando para cima que acabou ficando com vontade de espirrar. Então baixou a cabeça e cobriu o rosto com o braço. O estranho foi a leve brisa de ar que soprou um pouco mais intensa no mesmo instante do espirro e bateu de frente com quase todos que estavam ali perto, só que aparentemente irradiada de um único ponto.

    - Perdão. Estou um pouco doente. - esfregou levemente a ponta do nariz com as costas da luva.
    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Bastet em Ter Jul 04, 2017 3:40 pm


    Juma não estava pensando muito racionalmente, mas grunhiu, descontente com a repreensão. Hamu parecia um grande “pai”, com todas aquelas atitudes cheias de carinho e pulso firme, o que lembrou à onça as “famílias” que tivera na selva. Ela se esfregou de leve no grandalhão, o olhando com a cara típica de felinos ao fazerem algo errado. – Desculpa... –  fez um beicinho, mas, vez ou outra, ainda olhava o bichinho peludo, até que ele saiu. Lambeu os lábios, mas acabou ficando quieta, enquanto Hamu e Jasper conversavam. Começou a lamber a penugem leve dos braços.

    Juma ficou em alerta ao sentir o chão tremer um pouco.  Parou com o banho e começou a olhar em volta, vendo um menino gigante se aproximar. Ela se escondeu atrás de Hamu, nunca tendo visto alguém como ele.  Não chegou a ver que a leve brisa vinha de Jasper, mas espiou os dois, na fenda entre o braço e o corpo de Hamu.  

    Dark Tiger
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 65
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Dark Tiger em Ter Jul 04, 2017 6:47 pm

    Hamu impediu a calamidade. No instante em que ouviu a voz do pequeno cozinheiro, o menino-touro parou de imediato e ficou vítreo, virou-se com um sorriso suave no rosto retalhado pelas profundas cicatrizes. Ox gostava de Hamu. Hamu era bom para Ox. E Ox se sentia bem ajudando pessoas que eram boas para ele. Então ele percebeu uma coisa: gente nova. É claro, ele gostava de pessoas novas... Quanto mais pessoas menos trabalho, ele repetiu em sua mente novamente. Mas Ox não sabia lidar com gente nova. Ele ficava nervoso. Hiperativo.

    Seu problema verdadeiro era o da linguagem, veja bem, ele não era burro, os seus "Companheiros na Desgraça" o ensinaram á ler e escrever muito bem nas minas. Ele era fluente em sua língua-materna, o grego, em árabe, que aprendeu com um Djinn e em alemão, que aprendeu com um arlequim(palhaço-demônio), ambos trabalhadores das minas. Ele vinha aprendendo falar inglês e francês, por garantia, mas ele não era lá tão bom, conseguia entender, mas não sabia colocar as palavras em ordens corretas. Isso deixava o baixinho bem irritado.

    Respirou fundo. O seu corpo deixava um cheiro característico de ozônio no ar e pequenos raiozinhos e faíscas corriam por seu corpo conforme seu nervosismo, seus olhos ficaram azul-estática como relâmpagos com seu nervosismo. Ele ergueu a mão lentamente e tentou mover a boca presa em seu sorriso estático para soletrar as letras da palavra mais difícil que poderia pensar em dizer naquele momento. Infelizmente ele esqueceu o significado momentaneamente...

    - BANANA! - ele gritou em saudação abanando a mão e sorrindo.

    Um pequeno raio escapou de sua pele e botou fogo em um pedaço do seu saiote vermelho. Ele imediatamente tentou apagar, até que percebeu que as faíscas de eletricidade de suas mãos apenas serviam para aumentar as chamas, ele nem se importava com isso, afinal o fogo não era um problema pra grossura de sua pele. Pelos velhos deuses, que vergonha! Maravilhosa primeira impressão, pensou ele... Mas a pequena chama logo sumiu com uma brisa repentina. Ele voltou-se um pouco vermelho para os recém-chegados para tentar amenizar a cena, e percebeu que a brisa viera do garoto branquelo. Ele pegou os dois pelos ombros erguendo-os no alto como filhotinhos de gato. Ele olhou para o garoto que espirrara.

    - DJINN-BAIXINHO! - ele exclamou orgulhoso por reconhecer, depois olhou para a figura felina co um sorriso bondoso. - Na... Na... Nag... Ox não lembra. Vou chamar menina gato-grande.

    Ele colocou os dois no chão amigável e infantilmente, com um sorriso coberto de inocência.

    - Menina Gato-Grande ser México? - ele perguntou desorganizadamente. - Ox acompanha. Ox gosta de gente nova. Gente nova bom.
    Natalie Ursa
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Natalie Ursa em Qui Jul 06, 2017 11:11 pm

    Jasper ficou olhando para o gigante, perplexo. Ele estava pegando fogo??? Já não bastava ser enorme entrava sozinho em combustão? E parecia uma micro tempestade de raios ambulante... O rapaz tentava entender o que estava acontecendo ali.

    - Ba...Nana...? - Jasper repetiu confuso. Nunca ouvira a palavra antes.

    Será que era uma espécie de cumprimento???

    - Pra você também....
    - respondeu, coçando a cabeça e deixando o cabelo emaranhado ainda menos apresentável.

    Do nada, o adolescente foi surpreendido com o gigante lhe segurando pelos ombros e ERGUENDO do chão, como se fosse um boneco de pano e não pesasse nada. Ele ficou tão chocado que nem viu que a moça chamada Juma tinha sido igualmente suspensa no ar. Os músculos do corpo de Jasper se enrijeceram e ele cerrou os dentes com força, extremamente irritado com aquilo, mas ao mesmo tempo tão surpreso que foi incapaz de reagir imediatamente. Se Ox não houvesse lhe soltado logo teria reagido da pior maneira e não estava nem aí se era ou não capaz de lidar com um brutamontes daqueles. Jasper não era conhecido por medir o perigo das situações em que se metia. Quando o jovem foi colocado no chão ele rapidamente deu um salto para trás, um que um humano normal provavelmente teria dificuldade de fazer, mas talvez um humano-gato o executasse com perfeição, pois do modo com que ele saltara, ficou parecendo que Jasper que era o felino do grupo.

    Numa posição defensiva, com o corpo curvado, como se estivesse se preparando para sair correndo em direção à Ox, Jasper rangeu os dentes e grunhiu suas próximas palavras:

    - Não ouviu o outro ali!!? - gritava furiosamente em meio a respiração pesada, ruidosa, enquanto apontava para Hamu - Meu nome é Jasper!!! Não Jim!!! JAS-PER!!! - como nunca tinha ouvido aquela palavra antes,o adolescente realmente achava que se tratava de um mal entendido com seu nome - E eu não sei de onde você veio, mas aqui você NÃO PODE erguer pessoas do chão sem nem ao menos avisá-las antes!! - tinha os punhos fortemente cerrados, mas era mais para tentar voltar a se controlar do que algum desejo de iniciar uma briga.

    Embora estivesse passando um sermão em Ox, toda sua concentração estava em não perder o controle e, o mais importante, não causar um distúrbio nos ventos. Ele simplesmente não podia... Por Margaret!

    - E eu não sou baixinho!!! Eu sou--! - parou repentinamente, e olhou para Hamu, depois de volta para Ox... Embora não fosse baixo para um humano, definitivamente perto daqueles dois ele era - Mas que inferno!!! - gritou outra vez - Eu sou baixo!!!!
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 345
    Reputação : 31

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Rosenrot em Sab Jul 08, 2017 9:59 pm

    Hamu parecia... Confuso, com tudo que estava acontecendo a sua volta de maneira bastante repentina. Observou Juma se esfregar nele como um felino e não tinha certeza se deveria ou não fazer um carinho na menina-gata. Preferiu não arriscar, dando um leve suspiro diante do olhar da felina...

    Então Ox chegou e chegou do jeito que sabia melhor: causando estardalhaço. Hamu gostava do garoto, apesar dos pesares, na verdade era possível que Hamu gostasse de todo mundo, caso a pessoa não fosse um completo idiota. E então Ox ergueu as pessoas, Hamu pareceu despertar de seu pequeno transe. Ouviu o jovem Jasper se irritar por ter sido chamado de outra coisa, mas não foi isso que preocupou Hamu, mas sim o que Ox fazia.

    - Ox, não, não. Ponha eles no chão...- Começo, ouvindo os protestos de Jasper e provavelmente os de Juma muito em breve. - O que já falamos para você sobre pegar os outros, Ox?! - Questionou Hamu, ouvindo e com razão os protestos de Jasper.

    - Acalmem-se todos, vamos. - É... Ia ser um dia daqueles.
    Bastet
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Bastet em Dom Jul 09, 2017 2:56 pm


    Juma continuou escondida, observando aquele grandalhão esquisito, até que foi puxada em um abraço muito apertado e desconfortável. Se havia achado o tal de OX perigoso e estranho antes, agora, teve a confirmação disso.  Tentou se soltar, evitando ao máximo agir como Hamu reprovara, mas logo estava rosnando e arranhando o menino, e, quando viu que nada dera resultado, tentou o morder. Apesar disso, o “couro” dele parecia mais duro que de jacaré, e a sua potência de mordida naquela forma humanoide era substancialmente menor.  

    Assim que o garoto dera uma brecha, os soltando, a menina deu um pulo, se transformando em onça e dando um “rugido” alto, de dor pela transformação e territorial, na direção do menino. Se livrou dos panos que penderam pelo seu corpo anatomicamente diferente, mostrando os dentes. Estava lado a lado com o menino Jasper e viu ele vociferando daquela forma. Mas, apesar de tudo, sabia que se Ox quisesse, esmagaria os dois com um movimento de punho.

    Deu uma cabeçada no Djin, se esfregando de leve nele e indicando com a cabeça para ele seguir Hamu. Sua pelagem era linda e seu tamanho era impressionante. Era uma superpredadora na natureza, como onça, mas ali, as coisas pareciam diferente. Se o menino insistisse em brigar, grunhiria e daria outra cabeçada nele, o empurrando na direção em que Hamu andava.


    Dark Tiger
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 65
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Dark Tiger em Seg Jul 10, 2017 7:01 pm

    - Hum. Desculpe.

    Era tudo que ele tinha á dizer. Ou mais ou menos. Observou calmamente as expressões que os dois novatos faziam: claramente de ódio. Ele entendia, afinal, ele ficava irritado em determinadas e variadas situações com certa facilidade. Ele apenas observou com um sorriso impassível. Um rugido como aquele, mais baixo do que o ruído de um trovão distante, não poderia se quer fazer os pelos de seu corpo se eriçarem. Ele se virou e seguiu Hamu dando pulinhos de alegria. Menos trabalho para o Ox! Enquanto saltitava tremores pequenos se ouviam e poeira caía das estruturas. Em um determinado momento, ele não sabia se havia cortado a fala de alguém, não estava prestando muita atenção, Ox achou necessário dizer em voz baixa, segredando para o pequeno garoto pálido:

    - D-J-I-N-N. - soletrou calmamente. - Não Jim. Djinn. Espírito do... Hum. - ele esperou a tradução certa para o que queria dizer surgir em sua mente. - Destino vinculado. Caminho a seguir. De um lugar ou de alguém. Nome ter poder, eu não gosto de chamar os outros pelo nome. Ox não tem nome. Ox não tem poder. Por isso tem cuidado com quem tem.

    Ele estava orgulhoso de sua tradução! Quase perfeita! Bateu no peito orgulhoso de si mesmo. Nenhum garoto da sua idade acreditaria numa tradução tão boa! Na verdade nenhum garoto da sua idade jamais acreditaria que ele tem tal idade, Ox até pôde sentir Rafi querendo brincar com isso, mas não estava notando o ratinho, possivelmente ele saíra correndo, ou coisa do tipo. Ele estava quieto demais. Ao olhar para baixo Ox notou que Juma parecia desconfortável, possivelmente poderia ser invasivo, mas á sua mente veio que aquele tipo de mudança podia causar muita dor devido o esforço em modificar a estrutura óssea e muscular do corpo inteiro. Ele sabia um remédio para isso... Nas minas um velho licantropo sempre sentia muita dor na lua cheia, então quando o menino tinha três anos decidiram colocá-lo para cuidar do velhinho. Abaixou-se e passou a mão no pelo da felina que se eriçou com a eletricidade liberada. Ele sabia que ela possivelmente não gostaria disso, então explicou:

    - Raio faz parar de doer. - simples lei da cinética muscular, eletricidade relaxa os músculos e neurônios, em grande quantidade pode apagar alguém ao mínimo contato, mas um leve toque como aquele seria suficiente para sua função: tirar a dor e o estresse causados pela transformação. - Menina gato-grande ser da pirâmide de pedra no México?

    A pergunta era mais uma curiosidade sobre as criaturas sobre as quais estava lendo. O povo jaguar que vivia em harmonia com os astecas. Onças e jaguares são um mesmo animal chamado de forma diferente, pra ele fazia sentido perguntar algo assim para ela. Ele só estava conversando pois não gostava dos trailers, ele não se importava de dormir ao relento, não sentia frio devido á sua pele grossa... E qualquer coisa era melhor do que dormir em um lugar fechado como... Bem, como a caverna de uma mina.
    Natalie Ursa
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 5

    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Natalie Ursa em Ter Jul 11, 2017 6:20 pm


    Jasper estava tão concentrado em se acalmar que só voltou a ter melhor noção do que acontecia à sua volta quando sentiu algo roçar contra ele. Quando o rapaz abaixou os olhos e se deu conta do gato gigante ao seu lado, sobressaltou, surpreso em como não vira aquele peculiar animal antes. Mas quando percebeu que o vestido que a jovem chamada Juma vestia estava no chão e se lembrou do que o grandalhão tinha a chamado - a "menina gato-grande"- além das óbvias características felinas, se deu conta de que o GATO era a MOÇA!! Àquela altura sua cabeça já estava girando com tantas informações! Eram estranhezas demais para um dia só! Como uma menina virava um gato... ENORME!?

    O adolescente não sabia nada sobre gatos gigantes, mas se fossem parecidos com os pequenos, então ela estar se esfregando daquele jeito nele não era algo ruim. Eles faziam isso quando queriam comida? Ou atenção?? Jasper não tinha muita certeza, mas já que ele não tinha nenhuma comida, talvez fosse a segunda opção?? Ele estava tão intrigado com aquele ser que já tinha esquecido completamente o pequeno desentendimento que acabara de ter e agora tentava decifrar o que a gata gigante queria. Quando era humana, embora só tivesse trocado uma palavra com ele, parecia que sabia falar e entendia o que ele lhe dissera.

    - Você quer... Que eu ande...? - era bem estranho estar fazendo essa pergunta para um animal, mas ele acabara de ter uma conversa esquisita com outro há pouco... Então o rapaz parou e ficou imaginando se Akemi, já que era capaz de falar, também era capaz de “ser” humana como Juma era há instantes atrás... Hamu não tinha dito algo sobre Akemi ser maior que Juma??? Talvez agora isso fizesse algum sentido, por mais absurdo. Mas então, se realmente fosse isso, por que a menina gato não falava o que queria, assim como a cachorrinha?

    O cérebro de Jasper já estava dando outro nó quando Juma lhe deu uma cabeçada indicando o caminho e, aparentemente, desta vez o jovem pareceu entender para onde ela queria que ele fosse e como já tinha ouvido o pedido de Hamu, ficava ainda mais fácil.

    - Entendi, entendi! - apesar da testa franzida, não estava incomodado em seguir a criatura, tampouco tinha medo dela. Para ele era como um gato enorme, com uma boca, dentes e unhas bem maiores, mas ela estava tão perto dele que se quisesse já tinha o ferido antes mesmo de Jasper ter percebido a proximidade.

    Na verdade estava mais preocupado era com outra criatura, da qual logo ouviu o pedido de desculpas.

    Ele voltou um olhar ainda contrariado na direção de Ox, enquanto fazia questão de manter uma distância segura entre os dois, para que aqueles longos braços musculosos não lhe alcançassem com facilidade novamente.

    Os pulinhos do gigante deixavam o adolescente meio nervoso, pois não gostava da sensação do chão sacudindo sob seus pés. Pelo menos não era tão desagradável quanto o frio invadindo seu corpo. Aquilo sim era a pior sensação de todas! Só de pensar no frio já tinha a sensação de que iria espirrar outra vez, entretanto pressionou a palma da mão contra o nariz e conseguiu reprimir a vontade.

    E então Ox voltou a falar e Jasper entendeu menos ainda. Era confuso e o sotaque não ajudava muito, mas pelo que entendeu, agora tinha sido chamado de espírito!?

    - Espírito...? - coçou a cabeça enquanto voltava para perto de Hamu e Juma. Espíritos não eram pessoas mortas meio transparentes? Não tinha certeza, já ouviu pessoas falando sobre o assunto, mas nunca tinha prestado muita atenção. E de repente, ele percebeu uma coisa. Ele tinha uma habilidade em que, segundo as poucas descrições que tinha sobre espíritos, fazia ele parecer um. Será que era disso que Ox falava? Mas como ele poderia saber se a última vez que Jasper fez isso foi há... Ele nem se lembra mais há quantos anos, mas ainda era pequeno e Margaret tinha o repreendido severamente depois. Aquela era, com certeza, a "peculiaridade" que ele menos gostava de ter. Era simplesmente horrível, mal dava tempo para se fazer algo com aquilo, talvez atravessar uma parede? Sem falar que não era nada divertido quando as próprias roupas atravessavam seu corpo como se nem existisse! Só de pensar no frio………...

    Jasper deixou aquilo de lado e prestou mais atenção ao final da frase do gigante:

    - Ox não é um nome? - estreitou os olhos na direção de Ox, perplexo com a afirmação. Mais um com problema com nomes? - Se é como lhe chamam então é o seu nome. - deu de ombros, desistindo de entender o grandalhão e ainda bastante desconfortável em conversar com ele. Não queria mais falar sobre nomes depois da conversa que teve com Akemi.

    Sinceramente, continuar conversando já estava deixando o jovem irritado de novo, talvez fosse melhor só seguir Hamu e pronto. Muito embora seu olhar curioso vez ou outra pairasse sobre Juma-gato-gigante, enquanto ele tentava imaginar como aquela brusca mudança de forma seria possível.



    [/quote]
    Conteúdo patrocinado


    Re: [Juntando a Trupe]

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Jul 25, 2017 3:43 pm