Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [Planejando a Jornada] Nimue.

    Compartilhe
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Sab Jul 01, 2017 11:33 am


    Nimue tinha acordado com a sensação de ter feito parte de algo maravilhosamente grande. E agora, sentia-se ainda mais impelida a continuar essa jornada: sabia que o próximo passo era exatamente aquele, fazer parte de uma matilha. O convite da noite anterior, do Presas de Prata de juntar todos os filhotes parecia sensato e ela gostava da ideia também...

    Mas ainda tinha as dúvidas, não era? Não sabia exatamente como se formava uma matilha. Conhecia os Totens, sabia que eles abençoavam matilhas, Seitas, Caerns... Mas sabia que a jornada por um Totem podia não ser tão fácil quanto parecia e que era necessário um Theurge experiente para tal. E ela ainda não era esse Theurge, mas conhecia alguém que podia ser, assim, com esses pensamentos, Nimue rumou para onde sabia que encontraria Aine.

    A caminhada não era muito longa, quando feita em quatro patas e Nimue conhecia muito bem o caminho até lá. O Caern era algo mais "natural", comparado aos demais da região, portanto a presença de Parentes humanos ali era praticamente nula, ainda que existisse numa área mais afastada que chamavam de "área comunal", as partes mais selvagens do caern ficavam para os Parentes lupinos, Nimue encontrou alguns deles em sua caminhada, mas sabia que, apesar de ser uma lupina, sua amiga não estaria por ali: Aine, apesar de lupina, tinha um Parente humano, em algo que Nimue ficou sabendo se chamar "casamento", e portanto passava alguma parte do seu tempo na companhia dele.

    Quando chegou a área comunal (que lembrava uma espécie de vila ou pequenos sítios) Nimue observou a movimentação dos Parentes: ali eram criados animais e plantações, e viviam relativamente bem, apesar de não em total contato com a natureza. Sem precisar ir muito longe, Nimue pode localizar a casa onde Aine e o Parente viviam.

    Quando chegou ao pequeno portão de maneira, pode ver a amiga de pé ali, aparentemente recolhendo as ervas na horta que usava em seus rituais, Aine voltou-se para Nimue, o cenho franzido levemente, a jovem Fianna foi até o portão e o abriu, deixando que a lupina entrasse. - Olá, Nimue. - Falou, ao retornar aos seus afazeres. - Teve boa caçada?
    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Sab Jul 01, 2017 5:28 pm

    Entre todos os lugares que Voz-dos-Espíritos tinha aprendido que viviam homens e mulheres comuns, vilas como aquela eram as opções que pareciam mais razoáveis para a Lupina. Em um ambiente como aquele Nimue se espelhou em jovens simples para tomar emprestada sua forma de vestir e aparência geral.

    Diante de Aine, em uma manhã bonita depois de uma noite tão cheia de acontecimentos, a Fúria estava em paz e se sentia segura, mesmo com o rápido passar das horas e a lembrança constante da próxima tarefa. - A caçada, assim como toda a noite, foi incrível, Aine!

    A conversa ali, na área externa do lar que a Fianna dividia com um Parente, houve algum silêncio entre as Theurge. A participação de Nimue em uma matilha representaria uma mudança importante para ela, assim como provavelmente aumentaria a distância entre as duas. Claro que a filha de Sussurra-no-Vento sabia disso e possivelmente sabia dos próximos passos da sua ex-protegida.

    - Eu e os outros Cliath mais jovens formar uma matilha, Aine. Uma matilha misturada. Essa noite entraremos na Umbra. E eu ser Theurge, não é? Mas preciso muito de ajuda, Aine. Preciso de ajuda em saber como conquistar Totem. Você ajuda?
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Dom Jul 02, 2017 1:09 pm

    Aine voltou a recolher suas ervas, jogando-as em uma cesta feita de palha. Limpava a terra, retirando as impurezas que poderiam de alguma forma serem prejudiciais ao crescimento do que estava plantado ali, mas prestava atenção em Nimue também. A jovem Fianna sorriu: ali ela vestia-se muito diferente do que na mata e em momentos mais cerimoniais como na assembleia: usava um vestido simples e tinha os cabelos trançados, o rosto limpo também revelava, assim como Nimue, uma beleza simples.

    - Eu lembrar primeira grande caçada. Sensação de liberdade e comunhão. - Falou, moveu a cabeça, compreendia como Nimue se sentia naquele aspecto.

    Aine sabia que a viagem de Nimue por aquele mundo tinha apenas começado e que sua etapa como tutora tinha, ao seu modo, chegado ao fim, mas também sabia que poderia ajudar em uma coisa ou outra. Ela voltou a sorrir. - Formar matilha é muito bom, Nimue. Matilha parte essencial de quem somos. Aine ajuda sim, vocês precisar de um Theurge mais experiente que eu ou você para o Ritual da Matilha, mas Aine ajudar na Umbra, Aine vai com vocês. - Ela terminou de colher as ervas, e pegou a cesta nas mãos.

    - Vamos lá dentro. Conversar melhor enquanto Aine termina algumas coisas. - E indicou a casa simples, começando a andar para lá. Aine abriu a porta, para uma sala bastante simplicista, apesar de confortável e arruma. Um homem terminava de por algumas coisas em cima de uma mesa de madeira - Nimue reconhecia algumas delas, como os talheres e copos - assim como o cheiro do café fresco. Nimue tinha visto o sujeito uma vez ou duas e sabia tratar-se do Parente humano de Aine - muito tempo atrás, a lupina tinha lhe explicado que, apesar de terem nascido na forma de lobo, uma vez passada pela mudança, elas precisavam deixar algumas coisas para trás - uma delas era seu relacionamento com os Parentes Lupinos, era mal visto pela Nação que Garou acasalassem com os lupinos.

    O homem, diferente de Aine e Nimue estava relativamente bem vestido, com uma camisa social e uma gravata, calças jeans novas e sapatos sociais. Ele terminou de por a mesa, pegou uma pasta num sofá e se aproximou delas.

    - Olá, Nimue, parabéns pela conquista. - Disse, então deu um beijo na testa de Aine. - Preciso ir trabalhar, meninas, se comportem, até mais tarde. - Aine assentiu com a cabeça e respondeu um 'até', antes de deixá-lo sair pela porta. Ela colocou a cesta de ervas num canto e rumou para a mesa, indicando que Nimue se sentasse também. Serviu aquele liquido preto que Nimue soube um tempo atrás chamar-se 'café', e depois colocou pão para as duas.

    - Vocês saber que Totem querem? - Perguntou a Theurge.
    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Seg Jul 03, 2017 2:21 pm

    A satisfação de Nimue ao ouvir que Aine vai acompanhá-la na Umbra foi evidente. Com a alegria estampada no rosto, ela conseguiu relaxar e agir naturalmente antes de entrar na casa de Aine e seu Parente. - Agradeço de verdade, Aine! Muito bom ter você junto.

    - Obrigada e bom trabalho para você.
    - A Garou já era contida com os Parentes. Toda sua iniciação promoveu algum sucesso nesse sentido. Aquela sociedade não era mais um mistério para ela, ainda que nem tudo parecesse natural.

    A alimentação da jovem Fúria, porém, ainda era um desafio social. Ela demorou a se lembrar da palavra café, mas não foi difícil relacionar aquele líquido preto com uma queimadura em sua língua, semanas antes. Ao ver a cesta de pães, também não se animou muito. Nimue era adepta de carnes e apreciava isso em grande quantidade. Por sorte, aprendeu a negar cordialmente quando lhe ofereciam algo para comer, que raramente era uma costela gorda de um animal qualquer, infelizmente.

    - Não Aine, nós não saber. Não conversamos sobre nada disso ainda. E não sei se todos saber o que Totem ser, entende? - Ela parecia meio sem jeito em não conhecer tão bem tudo o que deveria fazer. Sentia medo de falhar com os Garou, especialmente com sua nova matilha. - Antes de ir para Mundo Espiritual, a matilha tem que conversar bem. Pode não ser fácil, Aine.
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Qua Jul 05, 2017 11:00 am

    Aine serviu-se, e depois se sentou enquanto retirava uns pedaços do pão e molhava no liquido preto e começava a comer, seus olhos voltaram-se para Nimue enquanto a jovem Fúria falava com ela, a Theurge movia a cabeça aqui e ali, compreendendo parte da apreensão de Nimue. Ela mastigou e depois engoliu. Achava uma das pequenas maravilhas do mundo humano, aquela coisa de cozinhar os alimentos.

    - Vocês tem que decidir primeiro o que vão buscar, Nimue. Mais fácil quando sabem o que querem do que andar a esmo atrás de algum espírito. Algo que seja harmonioso com todos os futuros membros da matilha, entende? - Enfiou outro pedaço de pão na boca e mastigou antes de continuar.

    - Aine esperar enquanto vocês decidir e depois ir com vocês para a Umbra. - Ela fez uma pausa, enquanto olhava para Nimue. - Vocês tem que decidir a qual caern servir também, Nimue. Não é vital, mas é um passo importante para uma matilha iniciante. Você só conhecer esse caern, mas há outros na Irlanda.

    Ela baixou a xícara de café, pensativa, tinha visto os outros filhotes na Assembleia e sabia que eram do mais diversos estilos e tipos. - Talvez Nimue tenha que ir à cidade às vezes, também. E cidade é uma selva, só que com pedras. - Então olhou para Nimue. - Nimue preparada para todas as mudanças que estão para acontecer?
    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Qua Jul 05, 2017 2:27 pm

    Nimue ouviu a outra Lupina com atenção e até com admiração, pela ótima adaptação de Aine à sociedade humana. Ela até sentiu curiosidade sobre o que a amiga comia, mas não teve coragem ou verdadeira vontade.

    Sobre o que Aine disse, a jovem Fúria não mostrou nenhuma reação contrária. - Aine, você estar certa. Hoje todos se encontrar e conversar, sim. - Mas uma dúvida a surpreendeu. - Escolher Caern, Aine? Não esperar isso! Será que não ser o nosso?

    Era razoável a confusão da nova cliath que mal conhecia outra região. Ela se sentia pertencente dali e jamais tinha pensado em estar vinculada a outro lugar.

    - Da cidade não ter medo, sabe? Pode ser difícil, mas mudanças ser importante, não é?
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Sex Jul 07, 2017 12:55 pm

    Aine terminou seu café e se levantou levando a louça até a pia. Ela parecia pensativa sobre aquelas coisas que Nimue falava. Muitas coisas estavam acontecendo naquele pequeno período de tempo. Tanto para Nimue quanto para todo o Caern e toda a Seita. Aine suspirou, após lavar a louça.

    - Vocês não precisar morar todos no mesmo lugar. Mas é bom ter Caern como referencia, sabe? E saberem como se encontrarem rápido. - Ela deu de ombros levemente, haviam matilhas que não serviam exatamente a qualquer Caern, mas não achava que seria o caso de Nimue.

    - É bom que não tema. Mas tenha cuidado ao ir a cidade. É bom ter cautela. - Completou ela, pensativa. Particularmente não gostava muito da cidade, mas às vezes era preciso ir até lá também.

    - Você será a única Theurge, não? Talvez seja bom aprender algumas coisas novas, também, Nimue. Que horas vocês vão se encontrar?

    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Sex Jul 07, 2017 10:58 pm

    Nimue era incapaz de descrever todas as transformações que ela viveu nos últimos tempos. Se tornar uma Cliath era incrível, claro, mas a Fúria ainda se impressionava com os humanos, criaturas tão frágeis e poderosas ao mesmo tempo. Ver Aine ali, tão diferente da figura de sua mentora na Sociedade Garou e na Umbra, fazia a jovem Theurge acreditar que ela também conseguiria se integrar com os novos mundos diante dela.

    Mas não pertencer àquele Caern era uma opção que ela não tinha considerado, nem pretendia considerar. - Eu saber a importância da matilha e de pertencer a grupo, sabe Aine? Só esperar que novos companheiros viver bem em volta daqui. - Ela não queria ser egoísta e desconsiderar as necessidades dos demais, só se sentia insegura em pensar em não contar com tudo e com todos que ela vinha conhecendo. Se for direcionada a outro Caern, ela certamente crescerá muito, mas ela considera que ainda há muito para crescer por ali. E acredita de coração que todos podem crescer muito também.

    - Na cidade, Aine, agora não estarei só, não é? Veja menino Samuel e todos os outros! Eles ser meus bons guias lá, não acha? - O sentimento de matilha já é forte na Garou. - Nós vamos encontrar no início da noite. Conversar bastante... - Nimue não imagina como eles vão conseguir chegar em algum consenso sobre o que procurar no mundo espiritual.

    - E sim, eu ser única Theurge, sim. Esperar ser bem... Eu achar que Garou mais experiente apontar caminho para matilhas novas, Aine. - Nimue Voz-dos-Espíritos espera contar muito com ajuda da amiga Fianna. - Saber o papel de cada um aqui é importante e estar começando entender bem. Mas entender papel da matilha nova para nosso mundo e saber o que fazer? Esperar ser bem! - Um suspiro, dando espaço para Aine terminar seus afazeres dentro da casa. - Você saber que eu gostar aprender, não é? O que pensar ensinar?
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Seg Jul 10, 2017 11:38 am

    Aine secava as mãos em um pano, enquanto Nimue falava, ela tinha pequenas tarefas a serem feitas na casa antes de realmente conseguir se concentrar nas suas outras tarefas, então apenas pedia que Nimue lhe acompanhasse enquanto executava tudo aquilo: Nimue foi guiada a um pequeno "tour" pela casa de Aine, no quarto a Theurge recolheu as coisas, arrumou a cama e abriu as janelas para o vento e o sol que se negava a aparecer entrar e renovar os ares da casa, também acendeu alguns incesos ali, perfumando e purificando o ambiente.

    - Não há problema em você ficar aqui e sua matilha em outro lugar. É claro que vocês precisam conversar sobre todas essas coisas e depois encontrarem um meio prático de se manterem em contato. - Tinha lhe dito, enquanto fazia as coisas.

    - Não estará, isso é bom, sabe? A cidade pode ser bem assustadora para nós que não nascemos sobre duas pernas. Mas com a ajuda da sua futura matilha, será mais fácil sim, Nimue. - Aine se encantava bastante pelo modo como Nimue encarava tudo aquilo, era bom, ela achava, muito bom.

    O próximo passo tinha sido separar a roupa suja: geralmente alguém lavava as roupas para Aine, alguma outra Parente ou até mesmo o próprio marido, mas ela as separava de qualquer forma e assim ela foi abrindo as janelas da casa, acendendo seus incensos e fazendo suas preces e oferenda aos espíritos - Aine era de muitas formas, uma "religiosa" nesse sentido. Quando finalmente terminou seus afazeres as duas sentaram-se no quintal do fundo da casa, que dava para uma horta e atrás da horta era possível ver o inicio da floresta que estendia-se frente a elas e que ambas sabiam guardar segredos que os homens mal imaginavam.

    - As matilhas recém formadas recebem tarefas diretamente dos caerns, Athros ou Anciões, geralmente coisas simples como investigações ou vigias... Até vocês ganharem mais experiência é assim que funciona, já que as matilhas mais velhas estão ocupadas em outras frentes, é uma corrente, sabe, Nimue? Um elo. - Aine amassava algumas ervas secas, transformando-as em pó.

    Diante da pergunta da jovem Theurge, Aine olhou-a por um momento, antes de sorrir. - Talvez eu devesse ensinar alguns Rituais a você, coisas úteis para sua matilha, vocês precisaram dessas coisas, acredito eu. Fale-me um pouco sobre os outros. Já imagina quem reivindicará o manto de Alfa? E o Beta?
    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Ter Jul 11, 2017 1:06 pm

    Nimue acompanhava Aine naquelas tarefas do dia a dia da casa com real interesse. Aquilo era muito diferente das aulas que teve com os Parentes humanos, que pareciam definitivamente menos naturais.

    - Aine, nada foi conversado ainda. Eu sinto que o que ser de longe, da Rússia, ser bem intencionado e ter iniciativa de propor matilha. Alfa? Talvez. Outros não sei.

    A jovem fica pensativa e aproveita o repouso no jardim. Nimue conversou pouco com todos, mas é uma observadora atenta e que confia em seus instintos.

    - Eu sentir mais que conversar, entende? Sentir que estamos ligados como grupo. Ligados pela Lua. Saber que temos papéis diferentes e existe papel para líder,  não é?

    Por fim, ela não escondia a animação em poder aprender mais. - Eu quero fazer bem meu papel e ajudar bem nosso mundo. Você sempre ajudar, Aine. Se puder ensinar mais, vou ser bem feliz.
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Sex Jul 14, 2017 8:37 pm

    Aine ficou em silêncio enquanto Nimue expunha suas percepções a respeito dos outros que com ela formariam uma matilha. Ela gostava de escutar antes de falar, assim conseguia absorver as ideias alheias para tecer suas próprias ideias.

    Pessoalmente, a Theurge não tinha lidado com nenhum deles por muito tempo, portanto não tinha tantas percepções quanto Nimue.

    Ela moveu a cabeça aqui e ali. - O Presas de Prata. É possível. Eles gostam de liderar. - Comentou, pensativa enquanto observava o horizonte. - Mas mais do que os outros, eles precisam de suporte, pois às vezes se perdem, Nimue. Fique atenta a isso.

    Suspirou, voltando-se para a amiga ali. - Rituais levam algum tempo para que sejam aprendidos e terei de pensar no que poderei ensinar a tu. Então deixamos para depois da sua caçada ao Totem. Hoje tu vem comigo na vigília e depois vamos encontrar os teus. Que acha?
    voorhees
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 153
    Reputação : 8

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por voorhees em Dom Jul 16, 2017 12:32 pm

    Nimue ficou pensativa e mal ouviu o comentário de Aine sobre os Presas de Prata. Isso não é comum para ela, sempre tão vigilante, mas o futuro estava roubando sua atenção. Como aquele grupo se sairia enquanto matilha? Qual seria o papel de cada um? Nada mudava o fato de que eles ainda eram praticamente desconhecidos.

    - Ser ótimo ir com você, com certeza! Quer me preparar para a noite de hoje sem pensar tanto nela. Atenção à vigília ser muito bom!
    Rosenrot
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 368
    Reputação : 34

    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Rosenrot em Qua Jul 19, 2017 10:10 pm

    Aine concordou com Nimue, então assim que terminou o que fazia, as duas rumaram para os limites do caern, deixando a área comunal para trás, assim como os Parentes humanos. Em pouco tempo, ambas estavam em suas formas lupinas e juntaram-se aos outros Vigias para correr.

    A Vigília, como Nimue sabia, basicamente se resumia aos três ou quatro Garou correndo: os vigias eram divididos em dois grupos, e cada grupo seguia para um lado, para cobrir todas as extensões de limites do Caern, era atribuídos a eles a tarefa de manter as fronteiras seguras, identificar possíveis inimigos ou invasores ou sinais da corruptora.

    Nimue e Aine se juntaram a mais um sujeito, que ela soube chamar-se O-Defensor-Habilidoso, um Ahroun Fostern Fianna. Os três correram por uma boa parte de horas. O caern era relativamente grande, não um dos maiores claro, mas ainda sim estava em uma área extensa.

    Elas "perderam" boa parte do dia e tarde naquela vigília, pois quando chegavam ao ponto de encontro com o outro grupo, eles trocavam informações e trocavam de lado, essa corrida entre as fronteiras foram feitas três vezes. Ao fim, passaram o posto da vigília para outra matilha.

    Aine e Nimue foram caçar, pois a vigília dava fome em ambas e juntas caçaram algo na floresta e dividiram o quinhão. Após isso, as duas rumaram em direção ao local acordado entre os cliaths para aquela noite.

    Era fim de dia, o sol ainda estava se pondo.

    Aine caminhava em sua forma lupina, observando os últimos raios de sol começarem a sumir no horizonte. - Não estamos muito longe, agora.

    Comentou, e realmente não estavam. Além do que viam ali, podiam ver um sujeito parado, um pouco longe de onde estavam.

    Continua aqui
    Conteúdo patrocinado


    Re: [Planejando a Jornada] Nimue.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Ago 22, 2017 12:24 am