Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Compartilhe
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Fev 01, 2013 11:57 pm



    Vau Ashaben era a maior cidade do Vale da Névoa, com quase dois mil habitantes. Sua base foi construída às margens do Rio Ashaba, que era utilizado como sustento e rota de transporte. Era ali que a Grande Final do Torneio dos Vales ocorreria, e era para lá que Janus e Grimlock partiram após terem vencido suas respectivas partes na primeira fase da competição em Lua Alta. Agora, em Vau Ashaben, seriam reunidos mais seis competidores vindos das cidades da Ponte do Arco, Cachoeiras da Adaga e da Cidade de Vale do Rastelo. Eram eles:

    Zankharon, um humano barbudo e de cara feroz, alto e musculoso, com um peitoral de aço negro e uma espada de lâmina larga. Léya, uma humana bonita de rosto rosado, usando poucas roupas e com cabelos soltos provocantes. Os dois eram os representantes das Cachoeiras da Adaga.

    Blankór, um minotauro de mais de três metros de altura, usando uma armadura branca da cor do leite e um machado de dupla face. Theckon, um humano de idade avançada, barba curta e bem cuidada, sempre carregando um cajado de madeira. Os dois eram os representantes da Cidade do Vale do Rastelo.

    Sir Haffin Dayan, um humano de porte cavalheiresco, pele morena e um cavanhaque perfeitamente aparado. Serynden, um elfo misterioso, usando roupas pretas meio rasgadas e pouco comunicativo. Os dois eram os representantes da Ponte do Arco.

    Grimlock e Janus seriam os representantes de Lua Alta.

    A pequena cidade estava apinhada de pessoas para assistir à Grande Final. Tendas foram armadas de monte ao longo do rio em curso, porém todas elas estavam apenas de um lado. O lado da cidade propriamente dita. O outro lado do rio estava reservado a uma imensa plataforma de 3 metros de altura e muitos de comprimento e largura. E era ali que os duelos aconteceriam, proporcionando uma boa visão a quem estava do outro lado do rio devido ao desnível que havia no terreno. Além disso, a Estalagem do Cervo Branco também ficava desse lado do rio, e toda a estalagem fora reservada apenas para os que iriam competir no torneio. Enquanto o dia da verdade não chegava, os oito finalistas passariam às noites nesta estalagem, cujo dono era um aventureiro aposentado de nome Holfast Escudo-Hárpaga.

    Janus e Grimlock haviam acabado de chegar à cidade. Já o seu amigo, Athanor, resolvera voltar para Evereska tratar com os seus superiores. Após receberem informações dos realizadores do evento, eles foram convidados para entrar no Cervo Branco.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Ter Fev 05, 2013 9:32 pm

    Fayer caminhava atravéz das árvores de Cormanthor com um lindo vestido de seda branca, que dançava sob o vento e delineava de forma sublime o corpo esguio e perfeito da elfa. Janus brincava com Alfador ás margens de uma pequena poça d'água; o garoto arrastava um pequeno galho com folhas secas enquanto Alfador o perseguia, curioso. Fayer sorri ao ver a cena e, caminhando de uma forma tão graciosa que parecia que ela naverdade levitava, se aproxima de Janus, pousando-lhe uma mão sobre a cabeça. O garoto para e olha para a elfa, majestosa, linda, e sorri o sorriso sincero das crianças. Alfador havia alcançado seu alvo e agora rolava pela terra da floresta engalfinhado com o galho.

    - Está na hora, Janus. Você nos leva até lá desta vez? - A voz de Fayer era doce e soava como música ao pequeno rapaz.

    - Sim, I’osu!

    Janus estala os dedos e um portal amplo e claro surge no meio da floresta, em frente aos dois. Fayer caminha na direção da luz, seguida pelo pequeno Janus.

    - Vamos, Alfador!

    Ao atravessarem o portal, Fayer, Janus e Alfador abandonam a beleza verdejante de Cormanthor para adentrarem em uma caverna inóspita, seca e árida. O chão, as paredes, o teto, tudo era feito de uma pedra dura e vermelha como o sangue, com estalagmites e estalactites que mais lembravam as presas de uma besta ancestral. O calor era sufocante e um vento severo castigava aquele lugar, fazendo os olhos lacrimejarem diante da poeira que escaldava os olhos.

    No fundo da caverna, enrolado em si próprio, um magnífico dragão vermelho é despertado de seu nome pela chegada dos inesperados visitantes. O dragão ergue sua cabeça na direção de Janus e Fayer e sorri. Seus olhos pareciam dois rubis e seus dentes presas de prata.

    - NÃO!

    Sem que ninguém percebesse, o dragão se levantou e surgiu a poucos metros de Janus. Fayer havia sumido e o garoto começava a verter sangue por nenhum corte, mas sim pelos póros, pelos olhos, nariz e boca. Janus gritava, mas sua voz não saia. O garoto conseguia apenas tossir e engasgar com o sangue.

    - Humao arrogante e ganancioso - A voz poderosa do dragão ecoava na caverna e labaredas faiscavam e dançavam em sua boca enquanto falava - Eu lhe disse para nunca mais voltar aqui! - Janus então viu Fayer onde antes o dragão dormia, suspensa sob um lago de lava. O dragão gargalhava diante do desespero do homem.

    - I’OSU!

    A caverna parecia girar e Janus estava tonto, fraco, seu sangue fervia nas veias e queimava todo o seu corpo e a pedra onde caia. Esseanthalyx ergue sua cabeça e urra para o mago.

    - Tomarei tudo o que é seu, plythu munthrek! - Esseanthalyx crava suas garras no coração de Fayer, arremesando a elfa para o alto e agarrando-a com a poderosa boca envolta em chamas. O dragão gargalhava diante da miséria de Janus, que estava prostrado no chão, soluçando.

    - Você me matou, E’E’Sum. Você me matou...


    - I'OSU!

    Janus acordou num sobresalto e olhou ao redor. Grimlock dormia profundamente e Alfador, que acordou com a agitação de seu mestre, levantou a cabeça, olhou para o mago e logo voltou a dormir. Cenwyr olhou pela janela da carruagem em que viajavam, viu que ainda era noite e já sabia que sua mente ficaria obscurecida pelo pesadelo que tivera pelo resto do dia. Janus ainda tentou voltar a dormir, mas não conseguiu. Retirou da bolsa seu grimório e ficou o resto da viagem estudando feitiços e as melhores táticas para vencer seus novos adversários.

    Qunado o feral acordou, Janus lhe deu um breve bom dia e continuou sua preparação. Vau Ashaben era uma cidade agradável e Janus tentaria aproveitar os dias antes do torneio recomeçar. Depois de conhecerem os realizadores, Janus entra no Cervo Branco e busca uma mesa para ele, Alfador e Grimlock.

    - Uma jarra de vinho, pães, algumas frutas e vegetais, por favor. E uma tigela de leite. - Janus se volta para seu companheiro. - É curioso como eles nos colocaram para passar estes dias junto de nossos adversários, não? Isto pode causar algumas... Animosidades.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Qui Fev 07, 2013 3:56 am

    Grimlock vencera seu último duelo de forma incomum. Não queria lutar propriamente com Athanor, mas também não queria ser um vencedor ilegítimo. Conhecia suas capacidades e Athanor também. Contentou-se em achar que a amizade que forjara e também a visão de suas habilidades afastaram da mente de Athanor qualquer necessidade de combate.

    Viajara para Vau Ashaben com Janus e a companhia do mago o incomodava de certa forma. Por um lado era um aliado valoroso que lutara ao seu lado no Palácio do Gigante idiota. Por outro lado não confiava em seus métodos. Suas magias tendiam em ser heréticas e isso o preocupava. Ainda mais pelo fato de ele não dialogar sobre...

    Aproveita o longo caminho para colocar o sono em dia. Nada incomoda seu sono. Nem o balançar da carruagem, nem os sonos perturbados de Janus. Certamente um preço a pagar por suas heresias...

    Não achava uma boa idéia os competidores ficarem no mesmo local, mas já que estavam ele estudou minuciosamente quaisquer detalhes que eles pudessem ter deixado passar. Usando seu dom para reconhecer o mal em todos os competidores. Não que um competidor bom o deixasse desmotivado, mas seria mais normal lutar contra um maligno.

    Sentou-se à mesa com Janus e ouviu o comentário.

    - Carne. Traga-me carne, por favor. Em boa quantidade.
    Sim. Também acho estranho que nos peçam de ficar junto aos outros competidores. Mas o que fazer? Tem idéia das novas regras? Ouvi falar que algo mudaria.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Qui Fev 07, 2013 7:17 pm

    Era dia quando Janus e Grimlock fizeram a porta da Estalagem do Cervo Branco ranger ao passarem por ela. O local era limpo e razoavelmente grande, com cadeiras e mesas bem dispostas e uma lareira acesa aos fundos, onde havia alguns sofás descansando à sombra das chamas. A cabeça de um cervo entalhado jazia acima da lareira, justificando assim o nome recebido pela estalagem.

    O minotauro que, Janus e Grimlock sabiam, se chamava Blankór estava toscamente sentado numa cadeira em frente ao balcão, e a cadeira parecia propensa a se quebrar a qualquer instante. Ele estava vestindo sua armadura branca como se a Final do Torneio fosse acontecer dentro de alguns minutos. Sentado às mesas encontravam-se Sir Haffin Dayan, mexendo distraidamente a colher num chá que tomava, e, em outra mesa, Léya, que batucava os dedos na superfície de madeira da mesa, como se estivesse ansiosa ou nervosa. O estalajadeiro não se encontrava em lugar algum, mas um rapaz pequeno e franzino, não aparentando mais do que 12 anos, veio atender aos pedidos do mago e do feral.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Sex Fev 08, 2013 1:01 am

    - Sinceramente, eu não prestei muita atenção no que os representantes de Vau Ashaben disseram, mas se as regras mudaram, com certeza eles irão repeti-las para nós.

    Janus comia enquanto observava os outros competidores. Por um momento Cenwyr imaginou como seria lutar com o minotauro ao invéz do elfo, do velho ou da garota irritantemente inquieta, mas logo essa idéia se desvaneceu. A surpresa de um duelo arcano era um dos prazeres em ser um praticante da Arte, e o mago ficava feliz em não ser refém da obviedade dos músculos.

    Depois de passar algum tempo observando o minotauro, que de fato tinha uma armadura peculiar, Janus voltou sua atenção para a garota. Era, sem dúvida nenhuma, uma mulher bonita, mas como pode ser uma usuária de magia? Ela claramente não tem a paciência e os modos necessários para se levar à sério o delicado estudo da Arte. Poucas foram as vezes que Cenwyr julgou um adversário ou inimigo apenas pelo rosto ou por suas vestes, ou a ausência delas, mas o velho e o elfo devem representar um desafio muito maior que ela.

    - Grimlock, estamos à alguns dias da final e uma pergunta é inevitável. Duas perguntas, na verdade. - Janus toma um pouco do vinho antes de fazer sua pergunta, queria que ela soasse bem - Você tem medo de perder?

    Janus e Grimlock nunca conversaram de fato desde que se conheceram, a não ser nos momentos em que o feral chamou o mago de 'herege'. Cenwyr então decide se esforçar para tentar conhecer um pouco mais seu companheiro de torneio.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Sex Fev 08, 2013 2:37 am

    Grimlock escuta aquilo com um sorriso nos lábios ferais. A simples menção disto provava que o mago tinha medo. Apesar de tudo, Janus era um companheiro que sobrevivera a um destino mortal com o Feral. Não que o Gigante fosse grande coisa, longe disso. Mas aquelas armadilhas e enigmas poderiam tê-los matado facilmente não fossem as magias da dupla e o raciocínio do Mago. O Feral não tinha a menor intenção de roubar sua glória. Ele pensara nos enigmas e não Grimlock. Isto fazia do mago no mínimo um aliado valoroso. Depois, ele podia ser a cruzada de conversão que Grimlock buscava.

    Ele procura falar o mais baixo possível para que seus adversários não usassem isso em seu favor.

    - Não há o que temer, mago. Sou um homem da fé, se assim posso dizer. Vejo você olhando os adversários e estudando-os. Também já o fiz, mas considerei uma inutilidade. A não ser que obtenhamos alguma informação confiável de seus duelos nada é crível.
    Àquele Minotauro parece um bom adversário, mas apenas por sua natureza bestial, como a minha. Não menosprezo adversários. Isto pode matar-nos.
    Mas fique tranquilo. Coragem não é a ausência do medo. É a ação de fazer o que é preciso, mesmo que o medo queira impedi-lo.


    Ele levanta bem a cabeça procurando o menino com sua comida.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Sex Fev 08, 2013 3:36 am

    - Não teria dito melhor; acredito que sua confiança em particular seja fruto de seu contato maior com o que chama de fé. Perder é, inevitavelmente, um dos dois resultados possíveis, mas eu não tenho medo deste resultado. Talvez decepção e frustração definam melhor como eu me sentirei se perder o torneio.

    Assim que o garoto volta com a comida de Grimlock, Janus faz um novo pedido.

    - Eu gostaria de dois peixes. Um assado e o outro cru.

    Cenwyr torna e encher sua taça com vinho e o oferece à Grimlock, estendendo-lhe a jarra.

    - Agora minha segunda pergunta, e admito que estou curioso quanto a isso desde o início do torneio, e o desfecho de sua 'luta' com Athanor apenas atiçou ainda mais minha curiosidade. Já está claro que você não está participando do torneio pelo ouro ou pelas glórias, então pelo quê você está lutando?
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Qui Fev 14, 2013 12:49 pm

    Grimlock olha para uma faísca na lareira.

    Lua Alta. Salão de reuniões de Lorde Ulath. Duas semanas atrás.

    - Então, senhor. Como vamos lidar com a ameaça que paira sobre os Vales?

    - Já lhe disse, Grimlock. Ainda não encontramos sinal do Dragão que você disse estar ameaçando os vales. Me entenda bem, não estou dizendo que está mentindo, apenas que esta é uma notícia que exige uma apuração mais profunda e, como vê, estou com outros afazeres aqui. Preciso reconstruir Lua Alta.

    - Lorde Ulath, com todo respeito, mas se não der a devida atenção a este assunto pode não haver Lua Alta para reconstruir.

    - Já disse que entendo o que você está falando, Grimlock, mas só posso cuidar de uma coisa por vez e agora são as casas das pessoas que as perderam. Também tenho que resolver como fazer para as mulheres que perderam seus maridos possam sustentar suas famílias. Isto é uma coisa mais emergencial.

    - Então eu vou me preparar para ajudar na construção das casas. Fazer uma contagem das viúvas e dar consolo às suas almas. Tudo para que o senhor possa se voltar para a ameaça o quanto antes.

    - Servo de Bahamut. Escute. Deixe que eu me preocupo com a reconstrução. Veja, o torneio continuará. Que tal se você trouxesse conforto aos habitantes de Lua alta, ganhando o torneio? Você é um herói para muitas dessas pessoas. Que tal se você voltasse suas mentes para algo diferente do que a morte de seus amigos e familiares. Dê-lhes um motivo para ter esperança. Me será muito mais útil desta forma.

    - Lorde Ulath. Temos coisas mais importantes que esse torneio. Se o Dragão atacar Lua Alta não sobrará ninguém para se lamentar.

    - Você não aceita "não" como resposta. Vamos fazer um trato. Em alguns dias as finais do torneio local começarão. E logo haverão as finais dos vales. Vá, vença o torneio e retorne aqui. Certamente quando regressar eu estarei melhor informado e iremos lidar com este problema. Agora não posso lidar com ele.

    - O senhor tem minha palavra. Mas quando retornar retomaremos isto imediatamente. Rezarei para que Bahamut segure o inimigo até lá.


    Piscando novamente os olhos, Grimlock volta a realidade. A taverna, a comida, Janus.

    - Sim. O motivo? Foi um pedido de um amigo... E você? O ouro?
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Sex Fev 15, 2013 1:17 am

    - E que é amigo é este?

    Janus ouve a resposta breve de Grimlock e imagina que ele não tenha falado o nome do amigo de propósito, mas o mago queria provocar o feral. Ao ouvir a pergunta dirigida a ele, Janus é breve, mas nitidamente muda seu tom de voz, ficando mais sério.

    - Estou participando do torneio porque quero me provar um mago capaz. Acredito que estou indo bem.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Seg Fev 25, 2013 8:58 pm

    Antes de Grimlock responder a pergunta de seu amigo feral, a porta de Cervo Branco rangiu ao ser aberta abruptamente por um humano de peito largo e cara feroz. Só podia ser Zankharon. Seu nome foi muito comentado por aqueles que acompanharam seus duelos nas Cachoeiras da Adaga. Ele não entrou sozinho na estalagem. Seryndem, o elfo de olhar misterioso e roupas extravagantes, veio logo atrás dele. Zankharom deu uma boa olhada no ambiente, observando cada um dos presentes. O elfo fez o contrário. Ignorou qualquer olhadela para o seu arredor e se dirigiu para o balcão, onde fez um pedido ao atendente. Ele parecia desinteressado de qualquer coisa, e logo começou a brincar com uma moeda em suas mãos.

    O minotauro olhou para o elfo a poucas cadeiras de distância, mas ao ver seu olhar não sendo correspondido, ele voltou sua atenção para a refeição de carne e legumes que estava posta à sua frente. Já Zankharom continuou encarando o restante dos competidores, até que cada um tivesse sua atenção. Léya respondeu o olhar com um sorriso, querendo demonstrar despreocupação mas revelando justamente o contrário. Sir Haffin Dayan ergueu o copo de sua bebida para o recém-chegado e indicou sua mesa, convidando-o a se sentar e beber com ele. Blankor bufou, fazendo fumaça sair pelas suas largas narinas. O bárbaro pareceu gostar do desafio, e sorriu, revelando dentes sujos e tortos.

    - Então vocês são os meus novos oponentes no torneio. Acho que está faltando gente, mas não importa. Sou Zankharom, filho de Tankhur, e honrarei o grande guerreiro que foi meu pai nos campos da arena. Espero que vocês deem o seu máximo, pois eu não aliviarei para ninguém, nem mesmo para as mulheres. - Ele novamente abriu seu feio sorriso, desta vez dirigindo seu olhar para Léya, a única mulher presente no recinto.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Seg Fev 25, 2013 10:48 pm

    Grimlock olha para Janus pronto a não responder novamente. Era treinado na arte da oratória e sabia muito bem dizer sem dizer... E queria não dizer. Quando o homem chegou e falou ele agradece ao fato de ser interrompido. Janus concluiu com insegurança.

    - Ânimo, Janus. Você já provou que é capaz. - O Sacerdote queria perguntar sobre as magias que usavam o sangue do mago, mas pensou nas alternativas e nas respostas. Achava que nada de bom poderia surgir destes questionamentos então apenas olhou para o homem e tentou sorrir o máximo honesto sem parecer pretensioso ou desafiador. Gostava da idéia de um homem que honrasse a memória de sua família.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Ter Fev 26, 2013 2:12 pm

    - Não estou de forma alguma desanimado. Não se preocupe quanto à isso.

    Janus retribui o sorriso de Grimlock, mas a conversa entre os dois é interrompida de forma nada elegante pelo guerreiro de Cachoeiras da Adaga, que tenta impor-se diante dele e de todos os outros compatidores. Janus notou que agora estavam todos os compatidores ali, e também o motivo do nervosismo da Léya. Por algum motivo a garota parecia ter medo de Zankharom, ou então do que ele pudesse fazer. Com a mão, Janus pede licença à Grimlock, e volta sua atenção ao brutamontes.

    - Me desculpe, mas você não precisa se preocupar em ser derrotado por uma mulher, já que ela não irá duelar com você.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Sex Mar 01, 2013 8:09 pm

    - Como não? - grunhi o bárbaro em referência ao comentário do Janus, e logo em seguida solta uma ruidosa e empolgada risada. - Acho que você não está por dentro do novo regulamento do torneio. Todos nós enfrentaremos uns aos outros. Apenas um pode ser o Campeão dos Vales, e esse título e essa glória pertencerão a mim. - Notava-se que confiança era uma característica forte em Zankharon. Ele se vira para o garoto atendente. - Moleque, cadê o taverneiro? Bom, não importa, me traga um barril de cerveja, e rápido.

    Zankharon então se dirige ao balcão e senta-se ao lado de Serynden. Mal ele terminou de sentar no banco, Léya havia se esgueirado para a mesa de Grimlock e Janus. Ela indica Zankharon com a cabeça e sussurra:
    - Não gosto desse tipo de pessoa... Ele parece ser daquelas que fará tudo que for possível para vencer o torneio, até mesmo coisas sujas. E confio menos ainda no elfo amigo dele... Creio que ambos podem estar tramando em debilitar os outros competidores do torneio. - Ela falara tudo muito rápido e de forma ansiosa. - Infelizmente não pude acompanhar as lutas de Zankharom nas Cachoeiras - estava muito ocupada com os meus próprios duelos - mas as pessoas disseram que foram brutais, e ele chegou a arrancar a cabeça de um dos competidores.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Dom Mar 03, 2013 11:18 pm

    Janus pagava o preço por sua distração. Não que o mago se importasse em ter sua atenção chamada quando estava errado, mas não se sentia muito confortável quando um brutamontes fazia isso. Cenwyr olha para Zankharon com a mesma cara de alguém que acabou de chupar um limão. Quando o homem se senta ao lado do elfo, Janus começou a pensar se ele teria que entrar no arena junto com Grimlock, e se no final poderia ter que enfrentar o companheiro. Isso seria ruim... Janus não sabia de seus oponentes, mas já tinha visto o feral em batalha.

    Quando a moça irritante começou a falar, o mago tomou um leve susto. Janus não fez uma cara simpática, mas ouviu o que ela tinha a dizer. Até certo ponto, ela poderia ter razão. Cenwyr também não tinha simpatizado com aqueles dois.

    - Ouvi dizer que uma competidora em Ponte do Arco, depois de vencer uma das lutas decisivas, teve sua cabeça decepada. Claro que disseram que quem fez isso foi o próprio derrotado, mas ninguém tem certeza sobre isso. - Janus mantinha o tom de voz baixo o suficiente para que não saisse daquela mesa - Mas não se preocupe quanto à tentativas em te debilitarem antes dos duelos. Fique atenta e nada demais irá lhe acontecer.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Seg Mar 04, 2013 9:42 am

    Grimlock ouve o que o homem dissera com surpresa. Não era assim que queria que fosse a final. Não queria mesmo lutar contra Janus. Ainda que discordasse de seus meios, isso não configurava um motivo para entrar em combate com ele. Depois olhava sua constituição e achava que o homem não suportaria tal situação. Rapidamente pensou em todas as situações. Lógico que com essas regras haveria alguma aliança, a não ser que fosse expressamente proibido e ainda assim seria possível. Com a presença da mulher ali não iria comentar isto, mas sabia ser inevitável.

    - Não sabia desta mudança nas regras, caro colega. Tudo bem. É uma pequena mudança nos planos.- Virando-se para Janus.- O que acha?
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Ter Mar 05, 2013 12:32 am

    - Tudo tende a ficar muito mais complicado e difícil. - Janus menea a cabeça, pensando em como os organizadores do evento conseguiram pegá-los de surpresa - Foi um jogo de palavras astuto, mas que ninguém esperava. Desde o início todos sabíamos que apenas um seria o campeão dos Vales. Eu espero que possamos lutar lado a lado antes do duelo final.

    Voltando-se para a mulher ao seu lado, Janus sorri um sorriso não muito sincero.

    - Meu nome é Janus Cenwyr, encantado em conhecê-la.
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Ter Mar 05, 2013 4:46 pm

    - Não é uma questão de ficar atenta... - disse Léya após o conselho de Janus. Ela abriu a boca para completar seu raciocínio, mas bufou e desistiu, como se não valesse apena tentar explicar uma coisa tão óbvia. Quando Janus e Grimlock engataram uma conversa entre eles, Léya voltou a batucar na mesa e ainda apoiou sua cabeça na mão, como se tivesse achando tudo aquilo muito chato. Por fim Janus voltou a dar atenção a ela e apresentou-se. - Você parece ser um cara inteligente, então você deve saber que me chamo Léya, afinal sou a única mulher que restou no torneio. Você... - ela estava prestes a fazer alguma pergunta ou comentário quando novamente se ouviu o ranger da porta.

    Desta vez quem entrou foi um homem um pouco mais alto do que o padrão, vestindo roupas elegantes azuis-marinhas com um bordado finamente trabalhado em roxo. Suas botas de cano longo eram tão lustradas que se podia ver o reflexo do chão e para completar usava na cabeça um chapéu enfeitado com uma pena roxa. Ele não parecia em nada um participante do torneio. A figura parou à soleira da entrada, e sorriu a todos ali presentes. Seu sorriso era bonito, cativante e implacável.

    - Olá senhores, e é claro, senhorita - disse lançando um olhar um pouco mais demorado em Léya. Janus não pôde deixar de se sentir um pouco incomodado ao ver que a moça tinha se derretido pela forma que o homem dirigiu-lhe as palavras. - Deixe-me me apresentar. Sou o barão Árthminos, e estou aqui para entretê-los enquanto o Grande Dia não chega. Vocês não sabem da alegria que tive quando fui convocado pelos representantes dos Vales a participar deste evento que marcará as nossas terras. Mas não estou aqui para falar de mim. - O homem gasta pouquíssimos segundos contando o número de participantes. - Tá faltando alguém... Ah, sim, Theckon. Ele deve estar ocupado estudando aqueles grossos livros de magos... Teremos que começar sem ele. Pypp, diga ao Holfast que ele pode começar a preparar o banquete. - O jovem atendente saiu às pressas em direção a uma porta dos fundos. Arthminós voltou-se novamente aos competidores presentes. - Rápido, vamos juntar algumas mesas e cadeiras para que possamos todos se servir do banquete e que ao final dele possamos brindar em favor dos maiores guerreiros dos Vales.

    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 6055
    Reputação : 6
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Soviet em Qui Mar 07, 2013 9:43 pm

    Janus não respondeu nada à Léya, não havia nada a ser dito. Assim que Arthminos entra na taverna, com toda a sua pompa e provavelmente um ego enorme, Janus se observou o homem com calma. Não, não era o último competidor. Era estranho Theckon ser o único a não estar aqui, o lugar designado para os competidores, e agora que Janus soube das novas tudo começava a ficar mais estranho ainda, com leves toques de paranóia.

    Janus, apesar do incomodo com a reação de Léya às palavras de Arthminos, logo deixa isso de lado. Não havia motivo para o mago se incomodar com isso. Assim que o Barão Arthminos pede para que juntem-se as mesas, Janus se levanta e dá espaço para que os músculos trabalhem, ficando distante o suficiente para que a perna de uma cadeira não o acerte.
    anderson
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2907
    Reputação : 0

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por anderson em Dom Mar 10, 2013 9:30 pm

    Grimlock ouve o homem falar e, como de costume, testa o coração do homem. Ele estuda cuidadosamente cada palavra que ele diz como que desconfiado. Depois do anúncio que só pode haver um vencedor tudo poderia acontecer. Devido a todo este trabalho mental ele também apenas se levanta e abre espaço.

    Spoiler:

    Sentir motivação +17:
    anderson efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
    9
    Ativando detectar o mal.
    Não me lembro como funciona nesta campanha, então fis no spoiler
    Elminster Aumar
    Administrador
    avatar
    Administrador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Elminster Aumar em Seg Mar 11, 2013 9:43 pm

    O feral sente que não havia maldade no coração de Arthminos. Aproveitando a oportunidade, ele estende seus poderes de detecção aos outros participantes presentes: Léya, Sir Haffin, e até mesmo o elfo misterioso Serynden, também não possuíam indícios de maldade. Já os corações do minotauro e de Zankharon eram negros como a noite sem lua, principalmente o do bárbaro que buscava honrar a memória de seu pai na arena do torneio.

    Enquanto Grimlock e Janus abriam espaço para a arrumação de mesas, Blankór se aproximou e sem nenhuma delicadeza começou a jogar mesas ao centro da taverna. Sir Haffin Dayan ficou encarregado de ajeitar os descuidos do minotauro e arrumar as cadeiras. No fim, quatro mesas em fila - juntas - formavam uma longa mesa retangular, bem propícia a um banquete. O jovem atendente retornara com o pano, pratos e talheres.

    O dito barão Arthminos sentou-se numa das extremidades da mesa, e parecia bastante confortável em sua posição, olhando amistosamente para todos os outros competidores. Léya sentou-se numa cadeira próxima a ele, enquanto Sir Haffin ocupou uma mais ao centro. Zankharon não parecia muito disposto a se juntar ao banquete, mas foi convencido pelo elfo a se sentarem na extremidade oposta do Arthminos, com o bárbaro bem de frente ao barão. Blankór não quis se arriscar e usou duas cadeiras para apoiar seu traseiro.

    DISPOSIÇÃO:

    Arthminos
    Vago - Léya
    Blankór - Sir Haffin
    Blankór - Vago
    Serynden - Vago
    Zankharon

    O taverneiro Holfast Escudo-Hárpaga só saiu das portas aos fundos para trazer a comida que seria servida no banquete. Era um homem de quarenta e poucos anos, com um rosto experiente daqueles que não se daria para enganar facilmente e ao mesmo tempo aparentando ser uma pessoa agradável. Arthminos e Holfast se cumprimentaram com entusiasmo.

    - É bom revê-lo, meu amigo - disse o taverneiro.

    - O prazer é meu, sr. Holfast. Saiba que pode contar sempre comigo - falou o barão. - O sr. não gostaria de se juntar a nós ao banquete? Com a ausência de Theckón nos sobra uma cadeira.

    - Não, tenho coisas a fazer na cozinha, e de qualquer forma o velho mago pode chegar a qualquer momento. Apreciem a comida do Cervo Branco feita especialmente para vocês. - O taverneiro então se retira da sala, deixando apenas o moleque para atendê-los com algo a mais se fosse preciso.

    O banquete tinha tudo que era seu direito. Carne da melhor qualidade, legumes, frutas, cerveja, vinho. Arthminos ia dirigir a conversa aos competidores, mas antes disso Sir Haffin se ergueu com a sua taça de vinho levantada na mão direita.
    - Por favor, barão Arthminos, antes de começarmos gostaria de propor um brinde à todos. Afinal nós já somos campeões só de termos chego até aqui. - Ele sorri, erguendo ainda mais sua taça. - E que o melhor vença a grande final que vem pela frente.

    Arthminos e Léya foram os únicos a brindar com Sir Haffin.
    - Muito bem, foi muito oportuno o brinde, Sir, embora estivesse guardando-o para o final - disse um Arthminos sorridente, ignorando a falta de educação de Blankór, Zankharon e Serynden. - Agora enquanto nos servimos deste delicioso banquete (Holfast é um dos melhores cozinheiros que já conheci!) poderemos ter uma conversa bastante agradável para nos conhecermos melhor. Dividiremos nossas histórias e faremos com que este torneio tenha um significado maior do que meramente lutas de gladiadores sedentes por sangue. Vejamos... Senhor Janus, que tal começarmos por você? Parece-me que você tem boas histórias para nos contar a seu respeito.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Vau Ashaben - A Grande Final do Torneio

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Nov 17, 2017 11:01 pm