Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Compartilhe
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1562
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Gakky em Seg Ago 14, 2017 8:39 pm

    Bloo estava inconsolável, Chui tentou acalmá-lo, mas não deu muito certo. Ray deu um abraço apertado no menininho e disse algumas palavras de cuidado e consolo. Também lançou palavras para Awin, que sorriu simpático em resposta. Depois que o Rei apareceu, Bloo ainda chorava, Awin pegou no colo e o alienígena esticou os bracinhos em direção a Rhaenee ainda chorando e dando gritinhos de tristeza. Mas não teve jeito, os grupo precisou partir e deixar o pequeno para trás.

    A princesa ainda falou algumas palavras de boa sorte antes de entrarem em Seleucia. A viagem duraria um dia e meio, Rosso estava animado por entrar de novo em sua nave, porém também apreensivo com a missão. Com ajuda de Rhaenee como sua co-piloto, vocês decolam do asteroide em direção a Primus dessa vez. Primus havia sido o ponto de partida da missão, e agora seria o último. As roupas e armamentos que iriam usar durante a investida no palácio, estavam empacotados no lounge. Porém tudo parecia mais vazio sem Gail e sem Bloo. A metade do dia passou monótona. Até mesmo o comandante não deixou que Chui se comunicasse com a irmã agora, pois qualquer informação vazada, era um risco ainda maior e colocaria tudo a perder. Mesmo que fosse triste o caçador não poder falar com Ashanti. O braço de Rhaenee estava bem melhor e quase curado, apenas alguns movimentos causavam dor, ela podia ficar sem usar o curativo agora.

    Rosso reuniu o grupo no lounge para vestirem os disfarces, não eram as roupas do teatro, mas do artista que representariam ser e isso requeria mudanças de cor do cabelo, uso de óculos e vestiário diferente do de militar. O comandante foi entregando os acessórios de acordo com o que tinham que fingir ser. Para Rhaenee uma presilha modificadora de cor do cabelo, deixaria seus cabelos loiros, além de uma roupa diferente do uniforme de guarda-costas. Para Chui, óculos, ele teria que colocar gel no cabelo para modificar o penteado e também deveria usar novas roupas. Marin usaria um boné e uma peruca de cabelos compridos além das roupas novas. Até mesmo Rosso precisava fazer parte disso, vestiria roupas que pareciam ser de um diretor de cinema. Também deveria colocar um boné e óculos espelhados. Também precisaria do acessório de mudança de cor do cabelo, que passaria para o ruivo.

    - Eu sei... Isso é incomodo, mas valerá a pena quando retomarmos Primus - Disse Rosso - Devem vestir essas coisas amanhã de manhã, continuem estudando suas falas e identidades o máximo que puderem. Devemos comer saudável hoje também. Chui, se quiser pode gravar uma mensagem para sua irmã e programá-la para ser enviada depois de missão.

    Apesar da tensão no ar, tudo estava indo conforme o planejado até que um alarme tocou por toda nave, uma voz feminina e robótica dizia:

    - Intruso, Intruso, localização no Hangar.

    Rosso se levantou apreesivo e usou o datapad para ter mais informações, porém a nave não conseguia reconhecer o rosto do invasor, que estava de máscara.

    - Fiquem armados, isso não era o esperado. Temos que impedir que esse intruso saia da nave sem informações e também torcer para que ele não tenha um comunicador. Vamos...  

    O grupo segue o comandante até o andar inferior, o Hangar. Depois de descerem as escadas vocês encaram uma garagem silenciosa e vazia. Onde estaria esse intruso? Seria uma armadilha? Rosso caminha na frente lentamente até que para ao ouvir um barulho vindo das caixas de armamento, o alvo estava atrás das caixas. O comandante fez sinal para o que o grupo rodeasse o alvo.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Luxi em Seg Ago 14, 2017 9:04 pm

    Rhaenee não gostou nada de ter que se vestir como "Katla Larchika", a artista de circo, mas ficou curiosa e quis testar seus novos cabelos, procurando ver seu reflexo, um pouco desconfiada. Precisavam de um pouco de diversão, agora que estavam sem os dois mais bagunceiros tripulantes.


    (peguei do mesmo desenho, para o traço ficar parecido. É a mais loira que tem la)

    - Então é assim que "ela" se parece... Até que não é ruim.

    Ela desativou a presilha, para ser ela mesma por pelo menos mais um dia e o alarme disparou.

    - Não acredito. Já??? - ficou tensa, buscando a pistola. - Sim, senhor comandante.

    Ela foi logo atrás de Rosso, armada e bem tensa. Da última vez que algo assim tinha acontecido, o comandante acabou envenenado por uma criatura asquerosa. Que tipo de bandido perigoso se esconderia sozinho? Ela foi rápida em cercar a caixa com os demais.

    - Você foi pego. Saia logo daí com as mãos para cima

    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 349
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Tsumai em Seg Ago 14, 2017 10:41 pm

    Depois de conseguirem finalmente se despedir, entraram na "Empress", que por dentro não tinha sofrido modificações muito aparentes. Era bom voltar ali para dentro, apesar de que a ansiedade não os deixaria tranquilos - embora quase nunca estivessem. O lugar parecia estranhamente silencioso e vazio, talvez por Bloo e Gail não estarem ali, sendo os dois os mais falantes e "bagunceiros" do grupo.

    Quando já estavam no piloto automático, Rosso levou o grupo para o lounge para começar os preparativos dos disfarces, mesmo que fossem usá-los apenas no dia seguinte. Chui viu as bugigangas e figurinos de todos, e constantemente olhava para o datapad para ler sobre sua "história de vida". Ter que decorar duas personalidade era absurdamente mais do que ele era capaz de fazer.

    - Alguém tem alguma dica de como decorar esse monte de coisa? Olha o nome desses personagens! "Logy Malier". Vou acabar me enrolando. Acho que vou inventar um sotaque... se bem que eu já tenho sotaque de Locus.

    Mal prestava atenção no figurino de Ray, e isso era bom para não ter vontade de rir de novo. Mesmo que não conseguisse evitar as gargalhadas ao ver Marin de peruca. E teve um ataque de riso inacreditável, chegando a derrubar o datapad no tapete.

    - .... ai ai... desculpa Marin, mas é muito bizarro te ver de peruca...

    Mas a graça terminou assim que o alarme de intruso soou. Chui sério tão rápido quanto podia, e imediatamente equipou-se com o seu rifle sobre a mesa. Já estavam com problemas antes da hora? Não era um bom sinal. O caçador saiu junto dos outros para onde ele estava, compartilhando das preocupações de segurança com a informação. Se estava evitando falar com a irmã, para que não vazasse nada, o que alguém de dentro de Seleucia poderia fazer?

    Quando chegaram a avistaram o sujeito atrás dos caixotes, Ray deu voz de comando, e Chui seguiu apontando o rifle para a mesma direção. A arma estava destravada e seu dedo próximo do gatilho.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Pallando em Ter Ago 15, 2017 11:18 am

    Marin olhou com estranheza para as peças do novo visual que deveria adotar durante boa parte da missão. Não estava acostumado a usar acessórios, ainda mais na cabeça, entretanto não poderia arriscar ser reconhecido, afinal, apesar de ser muito improvável, talvez Montalban reconhecesse o evo sem o disfarce. Depois de vestir a peruca e o boné, olhou para Ray e Chui e mal os reconheceu, mas divertiu-se com a situação e com Chui também se divertindo por causa da peruca. Por um curto momento, chegou a esboçar um sorriso. Foi quando ouviram o alerta.

    O evo demorou um pouco para agir com os outros, pois foi realmente surpreendido pelo alerta. A invasão só poderia ter acontecido enquanto estavam na estação. Depois de alguns segundos de atraso, Marin seguiu o comandante até o andar inferior e todos depararam-se com uma garagem aparentemente vazia. Quando ouviram um barulho próximo das caixas de armamento, Rosso sinalizou para que o grupo cercasse o alvo.

    Marin empunhou a espada e agiu junto da guarda costas e o caçador, cercando quem quer que fosse o intruso.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1562
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Gakky em Ter Ago 15, 2017 6:28 pm

    Depois de um breve momento de deconstração no lounge por causa dos disfarces, o grupo precisou descer por causa do Invasor. Vocês cercam os caixotes apreensivos, Rhaenee á a primeira a gritar para que o inimigo se revelasse. Rosso apontou a espada na direção do alvo e lançou um olhar para o grupo.

    - Você ouviu ela, mãos para cima ou vamos atacar sem piedade.

    Logo uma figura encapuzada se levanta de trás dos caixotes, estava com as mãos para cima. O comandante usou a ponta de uma de suas espadas para empurrar o capuz do invasor para trás. Quando isso aconteceu, foi revelado os cabelos do alvo, eram prateados e salpicados. Ele parecia um rapaz, usava uma máscara elegante cobrindo os olhos, suas roupas tratavam-se de uma capa comprida preta por cima de uma roupa nobre, como de um guarda.

    - Desculpem, não foi minha intenção invadir. Eu vim para o ser o guarda-costas da nova princesa, como é mesmo o nome? Katla.

    A voz do invasor parecia muito familiar para Rhaenee, ou melhor, para todos eles. Aquele rosto redondinho e branco, os lábios bem desenhados, a estatura de adolescente, só podiam pertencer a uma pessoa.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Luxi em Ter Ago 15, 2017 9:58 pm

    - Eu acabei de esquecer meu sobrenome também, Chui! Quem foi que inventou isso? - olhou para trás e cobriu a boca para não rir junto do caçador, mas se deixou levar porque o evo também estava sorrindo, o que era algo muito raro.

    (...)

    Ray soltou um gritinho. Antes, estava nervosa e até indiferente para o que aquele garoto estava falando, mas aquela voz, os cabelos e... ah essa não!!!

    - GAIL???? - abriu e fechou a boca várias vezes - - Você... você não pode!!! Você não estava na.... Gail!! Isso não é brincadeira. Nós vamos para uma missão séria. Você não ouviu que isso era uma missão suicida?? - embora estivesse dando bronca, ela não conseguia parar de sorrir.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 349
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Tsumai em Ter Ago 15, 2017 10:34 pm

    Chui continuava mirando certeiramente para o intruso. Porém, sua firmeza se foi ao ouvir a voz do sujeito e ver seus cabelos platinados; com um sorriso, baixou a arma, deixando-a pender pela bandoleira, e olhou para Ray e Rosso, atento à expressão de cada um. Como era esperado, Rhaenee bancou a chefe tentando dar um sermão em Gail, sendo traída pelo próprio sorriso.

    - Vamos, Ray, deixe disso... coitado do Gail, eu teria feito o mesmo no lugar dele. - então em um tom mais baixo, falou pra garota. - Vai lá abraçar ele!

    Não sabia se surtiria efeito, mas disse assim mesmo ainda sorrindo tranquilamente. Era bom ver a equipe reunida novamente, ainda que, agora, também sentisse falta do bagunceiro do Bloo.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Pallando em Qua Ago 16, 2017 12:53 pm

    Ray foi a primeira falar com o intruso. Rosso reforçou a ordem para que o desconhecido se rendesse e então ele o fez, se levantando de trás dos caixotes com as mãos para cima. Assim que o comandante tirou-lhe o capuz, os cabelos prateados já indicaram a identidade do invasor. Assim que ele começou a falar, sua voz soou familiar para todo o grupo e Ray logo o reconheceu. A guarda costas até tentou, mas sua alegria por ver o príncipe ali era evidente.

    Marin então relaxou e guardou a espada. Era bom ver Gail ali mais uma vez, longe de onde provavelmente o teriam deixado trancado até que tudo acabasse. As chances de sucesso pareciam ter aumentado com o retorno do membro que faltava.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1562
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Gakky em Qua Ago 16, 2017 9:59 pm

    O grupo logo notou quem era o mascarado, depois de seus comentários, Rosso também ficou surpreso e preocupado, embora os amigos do príncipe estivessem felizes por vê-lo, mesmo Rhaenee tentando dar um sermão. O comandante abaixou suas espadas e disse sério:

    - Como conseguiu escapar com toda aquela segurança? Você não pode estar aqui, é como levarmos a pessoa que Montalbán quer matar para onde ele está!

    Gail sorriu tranquilo, tirou a capa com capuz, por baixo, a roupa de guarda tinha um tipo tecido branco sobre os ombros. Em seguida deu um salto por cima do caixote e chegando perto de Ray, a abraçou e sussurrou:

    - Eu disse que ia voltar...

    Mas não demorou muito para não deixar ela constrangida, logo colocou o braço ao redor do pescoço de Chui e disse enquanto tirava a máscara com a outra mão:

    - Eu fugi, é bom ver vocês de novo.

    Se afastou e deu um tapinha de leve no ombro de Marin por amizade dizendo:

    - Marin, eu soube que você foi ótimo com a espada lá, eu vou querer ver esse poder em prática.

    Em seguida respondeu a pergunta do comandante:

    - Até parece que eu ia deixar meus amigos irem numa missão suicida sozinhos, principalmente minha amiga! De jeito nenhum! Eu aprendi com Chui que com algumas mentiras e com alguns disfarces, dá para convencer as pessoas de uma alguma coisa... Foi então que consegui chegar aqui. Esperei para aparecer porque não queria que desse tempo de me levarem de volta. Sei que parece loucura, mas não vou ficar fora disso. Começamos juntos e vamos terminar juntos. Se o pior acontecer... A família real ainda tem minha irmã e os meus pais... Mas vamos conseguir!

    Rosso olhava incrédulo para tudo aquilo, suspirou fundo nervoso e disse:

    - Quando eu acho que ele era doido, suas ações ainda conseguem superar o que eu imaginava. A partir daqui não tem volta, mas você sabe o que fazer quando chegarmos? Estamos todos prontos para um teatro, como vai fazer para fazer parte disso? Não esperava por isso não é mesmo?

    - Eu sei o que fazer - Respondeu Gail - Vou ser o guarda-costas da princesa, conseguia até essa roupa de guarda, só precisamos acrescentar umas falas. Eu sou um ótimo ator. Eu nunca fiz teatro, mas eu sei que sou bom - Sorriu o príncipe orgulhoso - Fingia vida inteira que estava feliz em conhecer várias pessoas, eu sei dar um ótimo sorriso falso. Peguei até essa máscara, você gostou da máscara Ray? Foi assim que cheguei aqui, atuando! Ninguém sabe que sai do meu quarto ainda, mas tem um guarda desmaiado lá dentro.

    Rosso surpirou mais um vez e pediu que todos fossem para o lounge resolver isso. O comandante andava de um lado para o outro e parecia estressado, enquanto que o príncipe estava sorridente e orgulhoso do seu feito. Rosso se sentou no sofá e começou:

    - Vai ser um problema quando o Rei descobrir que seu filho fugiu! Pior ainda que ele esta na missão suicida... Ah, vai ser um caos. O que devemos fazer? Avisar ou esperar que descubram? Vocês me metem em cada uma... Sei que estão felizes com essa loucura, conheço vocês... Já que apoiam, é bom ajudarem agora a pensar num meio de melhorar essa situação! Vamos ajudem, sei que para fazer caos adoram, agora precisam pensar em como consertar também!

    O comandante espera que o grupo participe da decisão sobre como proceder com a presença do príncipe.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Luxi em Qua Ago 16, 2017 10:17 pm

    - Que isso, Chui!!? - acabou dando risada de sua sugestão e finalmente relaxou a expressão, mas Gail a abraçou com confiança, e ela ficou mais mansa, apesar de envergonhada, retribuindo o abraço.

    - Você pegou minha presilha favorita à toa, pode fazer o favor de devolver. - falou baixinho para ele e o observou fazer graça com os outros.

    - Guarda-costas? - ficou surpresa e riu. - Ora, seu imitão. Mas achei boa a sua máscara. Gostaria de trocar de figurino. Isso nem é justo. VOCÊ FEZ UM GUARDA DESMAIAR? Gail, a princesa vai ficar louca atrás de você. Ah, caramba, você é louco. - riu mais. - Mas agora que está aqui eu acho que já sei em quem vou me inspirar para a Ka... Katia... Kala... Karla... Katla!

    Viu o comandante todo preocupado, mas ela não estava nem um pouquinho. Achava mais perigoso era deixá-lo com aquela gente, embora sua familia estivesse lá. Sentia também a falta de Bloo e uma real preocupação de terem abandonado o pequeno na mão de um monte de estranhos. Agora definitivamente ele não conhecia ninguém e devia estar sofrendo.

    - Calma, comandante. Deixa que eles descubram. E se tiver algum infiltrado no meio deles? Já pensou nisso? Hm? Hm? Gail é nossa arma secreta. Ninguém pode saber que está com a gente ou a informação pode vazar. Sei que a princesa ficaria preocupada, mas acho que ela sabe onde ele está. Vamos, Gail aprendeu a lição e não vai se meter em problemas como da última vez.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 349
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Tsumai em Qui Ago 17, 2017 7:12 pm

    Chui estava genuinamente contente com a aparição de Gail. Por mais que pudesse ser perigoso para ele, não deixava de gostar da presença do amigo, que demonstrava a união do grupo e o inspirava mais. Sorriu para ele depois do cumprimento, mas logo notou que Rosso não estava nem um pouco animado, muito pelo contrário: estava enfurecido. Era compreensível, mas nem mesmo a expressão de fúria do comandante não intimidou Chui, que prestou atenção na conversa entre o príncipe e Rosso. Ficou lisonjeado com a ideia de que influenciar nas atitudes de Gail, mas também um tantinho culpado por isso ter sido o estopim para sua ideia de fuga; por sorte, a culpa não era maior que a fagulha de orgulho que sentia dele.

    Depois da explicação de Gail - que certamente não convenceu o comandante - o grupo todo foi para o lounge, onde poderiam debater a situação. Rosso pediu a opinião de todos, e Ray foi a primeira a se manifestar e apoiou o príncipe, ainda que contasse com o pressuposto de que o mesmo não cometeria nenhuma besteira como fugir da nave sozinho. Depois que ela acabou de falar, Chui tomou a palavra.

    - Olha, eu concordo com Ray. - afirmou o caçador, seguro de si e dos argumentos que apresentaria. - E também, Gail é um combatente, e um legítimo habitante de Primus e também príncipe daquela nação. Nada mais justo que um nobre de Primus lute pela liberdade do planeta, afinal não é para isso que são treinados em batalha? Se quer efeitos mais práticos, o quão bom não seria para a família real quando o príncipe retornar da missão da liberdade? Além do mais, nós sempre funcionamos melhor juntos, e seria injusto deixar Gail preso vendo todos com quem se importa se sacrificando por um ideal que também é dele. - Chui fez uma pausa. - O senhor não teria feito o mesmo, comandante? Se fosse o príncipe, teria ficado enclausurado enquanto os outros lutavam? Apoio incondicionalmente o Gail na equipe.

    O caçador estava sendo um tanto atrevido, mas sempre fora assim, motivo pelo qual não acreditava em suas capacidades na carreira militar. Agora, tinha inspirado a rebeldia no príncipe, questionado Rosso e o feito desacatar indiretamente ordens da princesa. Era só esperar o sermão chegar.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Pallando em Qui Ago 17, 2017 7:55 pm

    Mesmo que a missão fosse suicida e aquilo contrariasse as vontades da própria família do príncipe, Marin não via motivo algum para reprovar as ações de Gail. Quando o assunto era sua própria vida, sua decisão final deveria estar acima de quaisquer vontades alheias. Na visão do evo, nem o rei e muito menos a princesa tinham o direito de priva-lo de fazer suas próprias escolhas. O comandante talvez pensasse da mesma forma, embora no momento estivesse enfurecido com a surpresa e os "problemas" que isso causaria para a família real. Gail cumprimentou a todos e explicou-se, feliz por estar ali e os outros felizes por tê-lo naquela que talvez fosse a última viagem do grupo.

    Marin não se pronunciou até que chegassem ao lounge. Na verdade sequer sabia realmente o porquê de Rosso estar tão preocupado quando o que deveria ser feito, pelo menos para o evo, era bem óbvio. Depois que comandante falou e resmungou um pouco, Ray e Chui argumentaram em favor do príncipe de modo bem convincente. Estavam certos, afinal. Gail era um bom amigo e junto dele o grupo nunca havia falhado, além de que seria muito injusto se ele tivesse permanecido trancado enquanto os outros agiam.

    - Também concordo. Sobre avisar ou esperar... acho melhor ignorar. Agora que o Gail já está aqui, eles ficarão preocupados se avisarmos e também se não avisarmos... acho que isso não importa agora.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1562
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Gakky em Sab Ago 19, 2017 10:50 pm

    Gail ouviu a reclamação de Rhaenee sobre a presilha, colocou a mão no bolso e retirou dele o item que havia emprestado para Ray, em seguida devolveu e disse:

    - Eu sempre cumpro minhas promessas, eu disse que ia devolver. E não foi à toa.

    (...)


    No lounge, Rosso esperava responsabilidade dos seus soldados, queria ouvir como eles sugeriam que tudo deveria ser resolvido. Gail também os observava, estava feliz pelos amigos o defenderem, finalmente não se sentia mais solitário. Depois que até Marin o defendeu, o príncipe também quis argumentar, e fala todo elegante, até se levanta para ficar em uma postura mais da realeza:

    - É a primeira vez que sinto que estou no lugar certo e que sei o que estou fazendo. Passei a maior parte da minha vida confuso com a minha função, eu queria algo, mas não sabia o que era. Tudo parecia tão sem sentido, sentia como se eu estivesse preso e o obrigado a agir como os outros queriam. Eu não queria me tornar uma máquina. Agora eu sei que estou no caminho certo, eu sei que meus súditos estão em Primus, e um príncipe deve lutar pelos seus súditos e protegê-los. Minha irmã sempre disse que a vida de um príncipe era para servir o povo. É assim que quero servir a Primus, dignamente. Não estou louco comandante, na verdade agora posso enxergar claramente o meu destino. Estou com pessoas que me apoiam, trabalhamos bem juntos, com essa força, sei que vamos retomar Primus.

    Gail olha para os amigos e completa:

    - Depois que retomarmos Primus, não vou parar meu caminho. Quando estive esperando no asteroide, aproveitei o tempo para planejar o meu futuro. Vou lutar para diminuir o poder dos nobres. Quero que o povo de Primus consiga os cargos por mérito e não por causa de suas famílias. Sei que vai ser difícil, mas eu sou audacioso, e tenho coragem e amigos para me apoiarem nessa causa.

    Rosso ficou ouvindo todos aqueles argumentos em silêncio. Ele coçou o queixo, depois passou a mão pelos cabelos, uma mania que tinha quando estava nervoso. Olhou para cada um do grupo e depois de suspirar disse:

    - Vocês sabem mesmo o que querem. Então agora é oficial, vocês todos são soldados do comandante Rosso, até você Gail. Soldados de Rosso não falham em missão. Vamos retomar Primus e fazer história. Não devemos perder tempo, vamos treinar essas falas, fazer as modificações e sem descanso!

    O príncipe ficou surpreso quando Rosso voltou a chamá-lo pelo nome, em seguida sorriu olhando para Ray. Durante o resto do dia, o grupo passa treinando as estratégias da missão e a cena de teatro. No dia seguinte, a nave "Empress" chega a uma estação de Primus, todos estavam disfarçados e Rosso respondeu a torre como um diretor de teatro. Era o grande dia da nomeação de Montalbán. Empress consegue pousar sem problemas na estação do palácio Arkadia, onde Gail morava. O palácio era enorme e possuía uma salão aberto e amplo para festividades e eventos da realeza como uma nomeação. Vários nobres estavam presentes no evento. O grupo passa despercebido e são guiados até o camarim para se arrumarem para a peça. Rosso aconselha que vocês não olhem nenhum conhecido nos olhos, para evitar serem descobertos, mas que se fossem estranhos, que olhassem nos olhos como pessoas normais, para não criar suspeita. Suas armas estavam escondidas em baixo de suas roupas, e por todo caminho foram ajudados a entrar por aliados da família Arkadia.

    Imagem- Corredor do palácio:


    Havia guardas por toda parte nos corredores, por sorte os disfarces de vocês funcionava bem. Chegando no camarim, havia dois compartimentos que eram vestiários, um para mulheres e um para homens. O local possuía dois sofás confortáveis e azuis, cortinas longas e azuis nas janelas e no chão belos tapetes, tudo muito luxuoso. Em cima de mesinhas brancas com detalhes em ouro, havia cestos com frutas e alimentos frescos. Vocês abrem as malas com o figurino da peça teatral, Gail vestiria o uniforme de guarda-real. Rhaenee tem uma surpresa ao ver que seu figurino não era mais o vestido rosa, lembrou que Esha disse que estava costurando outro, já que o rosa havia rasgado, dessa vez era um azul. Depois que a guarda-costas se trocou e saiu do vestiário, Gail a olhou surpreso e sorriu corado. Rhaenee não estava usando o vestido rosa extravagante, agora era um azul que possuía várias camadas de tecido, porém muito mais fino e elegante que o rosa. Também tinha luvas brancas que iam até o cotovelo e um chale felpudo branco. Era incrível ver a guarda-costas desse jeito, estava tão diferente e bonita. Todos do grupo podem notar isso.

    Vestido da princesa Rhaenee:


    - Ray... Você está... - Tentou comentar o príncipe quase sem palavras, riu sem jeito de si mesmo e continuou pasmo- Não pode mais dizer que não combina com uma princesa... Pode não acreditar, mas você é a princesa mais bonita que eu já vi...  

    Rosso já tinha se vestido também e até ele se surpreendeu ao ver a guarda-costas, seus olhos arregalaram-se espantados, mas disfarçou com outro assunto:

    - Temos só mais trinta minutos, não errem as falas, mas se acontecer, improvisem ou pulem as falas que esquecerem. Todos estão se sentindo bem? É agora que devemos atuar e não podemos cometer erros, se é que me entendem.




    OFF: Rolem vontade CD8 para sabermos como foi a atuação de vocês. Very Happy Menor que 7 vocês eram alguma fala! Mas eu irei descrever só no próximo. É para ver se vencem o nervosismo. (Já que não tem atributo social...)
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 349
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Tsumai em Dom Ago 20, 2017 10:23 pm

    Chui observou, e era a vez de Gail de complementar os argumentos que ele, Ray e Marin usaram para convencer Rosso. Ele falou bonito e parecia ter convencido o comandante, pois apesar de ele estar com uma expressão séria, ele coçou o queixo, suspirou e disse algumas palavras encorajadoras. Chui sorriu e se empolgou, parecia que eram uma equipe novamente.

    - Aeeee! Equipe Seleucia junta de novo!

    O dia passou com mais treinos e preparações, pois agora teriam que incluir também falas para Gail e preparar situações em que poderiam improvisar. Isso confundiu a cabeça do caçador, que já estava tendo problemas para decorar as falas todas e se lembrar da personalidade que teriam que interpretar fora dos teatros. Mas não tiveram escolha. No dia seguinte, ancoraram a Empress em Primus, e apesar de todo o disfarce que estavam usando, Rosso ainda fez recomendações para evitarem ser percebidos. Nesse momento, o nervosismo de Chui voltou a crescer... estava dependendo de uma habilidade que ele não possuía.

    Eles chegaram em suas acomodações dentro do castelo. Chui lembrava da construção quando chegou para o festival, mas que parecia levemente diferente. O grupo caminhou para os aposentos onde se preparariam para o teatro. Se olhando no espelho, o caçador se achava muito esquisito com o disfarce, mesmo que não mudasse tanta coisa assim. Os garotos se prepararam e saíram, então Ray apareceu com um vestido belíssimo, que deixou Chui e Gail boquiabertos. O caçador logo sorriu, e elogiou a amiga bastante respeitoso, e lançando um olhar para o príncipe:

    - Nossa, Ray, você está linda!

    Logo em seguida, Rosso chegou e fez os últimos avisos. Era chegada a hora.
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Luxi em Seg Ago 21, 2017 8:54 am

    Rhaenee estava muito orgulhosa de ver Gail falando daquela maneira. Tinha crescido bastante em pouco tempo e demonstrado que não era mais aquele príncipe mimado. Ainda havia muito que ele precisava aprender, mas parece que uma curta temporada com eles já o tinha feito mudar. O sonho dele era ambicioso e difícil, mas ela apoiava aquela forma de pensar. Devolveu o sorriso.

    No dia seguinte, a garota estava pronta para vestir várias camadas de roupas... mas a surpresa é que seu novo figurino era muito menos incômodo do que o outro. Mesmo assim, era muito esquisito andar por aí daquele jeito. Nem que quisesse olharia alguém nos olhos, porque achava que a qualquer momento alguém a descobriria, por seu jeito de andar ou até de respirar.

    Pegou Gail olhando para ela naquelas roupas e se viu corando também.

    - O quê? - ficou muito surpresa pela resposta. - E-eu discordo completamente. Esse tipo de roupa é tão... - não sabia direito como agir, ficando sem graça com os elogios. - Obrigada... - cedeu, envergonhada. - Mas não fique achando que eu vou usar essas coisas - apontou o dedo para Gail, falando só para ele essa última parte. - Er..digo. Agora eu sou uma artista de circo.... Estou bem, eu acho. Ou melhor, não tem outro jeito, não é?

    Ela já estava bem nervosa por usar roupas diferentes do habitual, mais ainda com o elogio de Gail e muito ansiosa de aparecer na frente de um monte de gente. Não era de muita ajuda para ela quando diziam que "não podia falhar". A pressão já a fazia suar.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Pallando em Seg Ago 21, 2017 5:12 pm

    Depois de ouvir o restante do grupo e o próprio príncipe, Rosso parecia ao menos não estar mais furioso. Houve silêncio e tempo para que ele olhasse para cada um do grupo antes de responder. Marin imaginou que o comandante fosse resmungar a respeito mais um pouco, mas Rosso aceitou bem o que havia escutado e até voltou a chamar Gail pelo nome. Tudo havia voltado ao normal na Seleucia, e a confiança do evo para aquela missão continuava a crescer. Ao fim daquela reunião, o resto do dia pareceu passar rápido na percepção de Marin. Treinaram a cena do teatro e sobre as estratégias da missão em si.

    No dia seguinte chegaram na estação do palácio Arkadia em Primus. Sem levantar suspeitas, o grupo foi guiado até o camarim para que se arrumassem para a peça. O evo estava um pouco ansioso, mas não teve problemas em seguir as instruções do comandante. No camarim, Marin arrumou-se com certa pressa e repassou mentalmente cada passo. Esforçava-se para estar pronto para qualquer contra-tempo. Prestou atenção aos outros para ver se estavam seguros a respeito do que logo teriam que fazer. Assim como os outros, estranhou um pouco quando viu o quão bem Ray ficou no vestido, embora ela com certeza não estivesse gostando de usar aquilo.

    Quando Rosso começou a dar alguns últimos avisos, Marin usou aquele tempo para tentar manter o foco. Estava mais ansioso do que havia imaginado que poderia.
    Gakky
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1562
    Reputação : 149
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Gakky em Ter Ago 22, 2017 8:35 pm

    Não demorou para chegar o momento de entrarem no palco, Rosso conferiu se todos estavam bem e os mandou para suas posições. Havia música tocando como trilha sonora. Porém na vez de Rhaenee atuar, ela esqueceu todas as falas, por sorte Gail interviu e se saiu muito bem, ele tomou a frente da princesa e falou por ela como se fizesse parte da peça (Imaginem que o cabelo dele está em um tom de loiro):

    - Eu vim para proteger a princesa, meu dever é saber se tu és realmente um príncipe digno que possa casar com ela! Prove seu valor em um duelo de espadas! - Disse cheio de entonação a carisma para Marin, que era o príncipe.

    Rhaenee acabou servindo apenas de enfeite para o ato. Marin apesar de não ser expressivo, conseguiu se lembrar de todas as falas. O público aplaudia para cada fala do guarda-costas, era realmente incrível como Gail tinha esse poder mesmo disfarçado, os olhos das moças nobres estavam todos no ator desconhecido do guarda-costas valente. Quando chegou a vez de aparecer Chui nas sombras planejando o mau contra o casal principal, o caçador esqueceu também a maioria das falas e precisou improvisar. Ficou algo confuso ao público, mas pelo menos encerravam o primeiro ato. Assim que voltaram para o camarim, Rosso estava os esperando com um semblante apreensivo:

    - Temos pouco tempo, devemos seguir pelos corredores como vimos no mapa, mas deve ter guardas no caminho, irei distraí-los e vocês passam para não sermos visto em um grupo muito grande. Lembrem-se, quando entrarmos no aposento de Montalbán, devemos tentar tirar os artefatos. Vamos! Sejam furtivos!

    O grupo sai do camarim e percorre os corredores, Rosso ia na frente assegurando de distrair os guardas com conversas mentirosas e desculpas bem planejadas. Tudo ia bem até chegarem em um corredor em forma de "T". A direita se localizava o alojamento de Montalbán, onde ele fazia um intervalo em seu camarim antes de voltar a ver a peça. Porém no caminho a forma como os guardas estavam, era difícil de passar despercebido. Além disso, dentro do camarim do próprio Montalbán deveriam ter mais guardas e seus assessores. Rosso olhou para vocês e disse em voz baixa:

    - Vai ser difícil evitar um confronto agora, estejam preparados. Lá dentro deve ter outros guardas, Marin foque Montalbán quando o encontrarmos, pois você tem a espada que pode lutar contra ele. Os outros ataquem os assessores e guardas. Rhaenee, acho que esse vestido pode acabar te atrapalhando.

    Mapa de Ajuda:

    "Segunda porta a direita - Camarin de Montalbán

    O príncipe ouvia atento a tudo e não ficou muito satisfeito com comentário do comandante sobre sua amiga. Entretanto também sabia da seriedade da missão e estava focado.

    - Talvez ainda tenha um modo de passar despercebido por aqui, o que acha Chui? Você é o mestre das caçadas. Talvez algum de nós tenha alguma ideia.... Ou talvez tenhamos que sair atacando mesmo... Só que temos que ser rápidos para eles não ligarem o alerto de intruso.




    Trilha Sonora: (Momento de tensão nos corredores)
    Luxi
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1373
    Reputação : 270
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Luxi em Qui Ago 24, 2017 6:17 pm

    Rhaenee tentou não entrar em pânico em cena, mas ela olhou em volta, procurando por alguma ajuda. Talvez isso parecesse uma encenação de verdade para alguém na plateia. Eis que Gail apareceu com aquelas frases e ela admirou o talento artístico da família real... assim como sua beleza. Sorriu, tentando pelo menos parecer-se com uma princesa, embora fosse difícil. Ficou tensa com Chui errando as falas também, mas pelo menos não estava sozinha.

    Quando sairam de cena, soltou um suspiro alto.
    - Não aguentava mais fazer isso.. Nossa, você totalmente nos salvou ali dentro, Gail.

    - É, eu sei, eu mal conseguia respirar naquele outro cheio de laços, mas lembrem-se que eu já lutei usando um braço só. Vou ficar bem pelo vestido. Se pelo menos eu pudesse me movimentar melhor... De quaquer forma, se fizermos muita bagunça logo de início, vão ligar o alerta e fugir com Montálban. Perderemos as nossas chances. Se vamos atacá-los, temos que tentar derrubá-los com certeza e de uma vez. -
    procurou a arma entre aqueles tecidos. - Se ninguém tiver uma ideia melhor, espero que a sorte esteja do nosso lado.
    Pallando
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 895
    Reputação : 21

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Pallando em Qui Ago 24, 2017 7:41 pm

    Voltando ao camarim, Marin já sentia-se grato pelo simples fato de nada fora do planejado ter acontecido. Felizmente a boa performance de Gail deve ter ajudado para que as pessoas não reparassem na inexpressividade do príncipe e o nervosismo da princesa e o vilão. Rosso aguardava o grupo e repassou as instruções sobre o que fariam a partir dali. O evo assentiu e seguiu o comandante pelos corredores, cada vez mais ansioso por estar tão perto de resolver tudo. Sua confiança aumentava a cada guarda que Rosso conseguia enganar para que o grupo passasse despercebido.

    Quando chegaram no corredor antes da porta do quarto onde Montalban estava, Rosso mais uma vez parou para alertar os outros. Provavelmente a hora da ação estava próxima, visto que seria muito difícil enrolar os guardas por ali. O evo ouviu seus companheiros, e também só via uma saída para aquele impasse.

    - Acho que nocautear esses homens não será um problema para nós.
    Tsumai
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 349
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Tsumai em Sex Ago 25, 2017 10:13 pm

    Como era esperado pelo caçador, ele e Ray não se deram bem durante a execução do primeiro ato da peça. Enrolaram falas, se perderam, esqueceram, e foi tudo aos tropeços. Surpreendentemente Marin foi razoavelmente bem; talvez por não ter tanta expressividade assim, não passara a sensação de estar soando falso ou nada do tipo. Mas o grande trunfo da equipe foi Gail, que com todo seu porte e nobreza, e também seu talento, os salvou com uma bela performance. Quem sabe o que teria acontecido se o grupo tivesse falhado totalmente.

    - Valeu, Gail, salvou o dia...

    No camarim, depois das recomendações de Rosso, seguiram para a hora da verdade. Chui montou seu rifle - que estava dividido em partes para se manter oculto na roupa - e seguiu com o grupo, caminhando apreensivo pelos corredores. Suas mãos suavam, mas ele estava surpreendentemente confiante. Pelo menos até virem a bifurcação onde teriam que se decidir, e por mais que pensasse em algo, não conseguia ver um modo de chegar a Montalbán sem alertar os guardas.

    - Não sei como chegar despercebido. São muitos guardas e patrulha... só consigo pensar em atrair a atenção deles e alguns de nós entrarem no aposento de Montalbán. Acham que conseguiremos isso?

    Chui olhou para os outros e para Rosso.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capítulo 5 - Soldados de Rosso

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 8:51 pm