Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Lux - Kether

    Compartilhe
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qui Nov 30, 2017 7:27 pm

    O alçar das sobrancelhas do Daimyo revelou sua surpresa. Devolver o item? Não sabia se havia sido mal-interpretado, de qualquer maneira havia honradez naquela ação, e isto só fez aumentar a admiração de Oyama-sama por aquele estrangeiro.

    E o pedido para que os guardas deixassem a sala somente foi aceito devido a esta singular circunstancia. Apesar de uma breve relutância, a ordem do Daimyo de Himeji não poderia ser contestada, e com uma mesura eles se retiram, permanecendo o senhor feudal, Lux e as duas garotas. Tanto Bashuk como Sora estavam confusas e curiosas, felizes da vida por poderem estar ali, por serem dignas da confiança tanto de seu amado como do próprio Daimyo.
    - Muito bem, Lux-san, diga-me em que consiste esse seu plano – diz em tom firme o oriental.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Sex Dez 01, 2017 8:49 am

    Lux aguardou que todos saíssem e assim que estavam apenas os quatro ele colocou o colar sob a mesa próximo ao Daymio dizendo.

    - Bashuk e Sora, me desculpem mas para que meu plano dê certo eu preciso que mesmo meus aliados não saibam de todo o plano. Apenas aquilo que for o necessário. Por isso mesmo, Oyama-sama por favor utilize o colar pois irei contar o meu plano para o senhor.

    Lux aguardou o Daimyo colocar o item mágico e então começou a falar em celestial.

    - Me perdoe Oyama-sama por todo este meu cuidado. Mas até mesmo o fato de estarmos apenas os quatro reduz a possibilidade de uma falha. 

    Ele espera um instante para ver se o Daimyo compreendia o que ele falava, e a resposta afirmativa com um aceno de cabeça foi a confirmação para que ele continuasse.

    - Acredito que alguém na sua corte esteja envolvido com tudo o que está acontecendo. Pode tirar o medalhão Oyama-sama, dizendo que concorda com os meus termos e que faremos sim o negócio. 

    Lux então volta a falar em comum.

    - Oyama-sama eu gostaria que Sora pudesse ser uma serva em sua casa com livre acesso as suas concubinas, caso as tenha. E também tenha livre acesso as dependências da sua residência. Eu também gostaria que fosse declarada que eu fui declarado Conselheiro do Tesouro do Daimyo, e que eu consegui esta condição depois de fecharmos um importante acordo comercial.

    Lux observa atentamente a reação de Sora e Bashuk, então se vira para a meio orc.

    - Bashuk eu precisarei de sua ajuda. E já lhe adianto que você não vai gostar. Eu gostaria que você se reaproximasse de seu pai.

    Lux planejava que Bashuk se aproximasse de seu pai e de seus sócios e adversários para saber quais deles haviam aumentado seus ganhos e quais haviam perdido muito de suas riquezas com estes ataques. Sora na residência do Daimyo, pudesse descobrir com as concubinas as maquinações políticas e quem poderia estar ganhando com os ataques. Por fim, ele sendo reconhecido como Conselheiro do Daimyo e com uma grande caravana a caminho, seria o alvo para os futuros ataques e algum dos possíveis envolvidos iria se aproximar dele para tentar descobrir mais sobre a tal caravana.

    Além disso Lux iria ter "poder" para poder fiscalizar as contas de todos os nobres e comerciantes para verificar se todos estavam pagando os impostos devidos.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Ter Dez 05, 2017 3:19 pm

    - Bashuk e Sora, me desculpem mas para que meu plano dê certo eu preciso que mesmo meus aliados não saibam de todo o plano. Apenas aquilo que for o necessário. Por isso mesmo, Oyama-sama por favor utilize o colar pois irei contar o meu plano para o senhor.

    Obedientemente as duas garotas acenam com a cabeça. A meia-orc tapa os ouvidos, enquanto a oriental apenas leva a mão a testa. Como as meias-orcs tinham que ser tão densas!

    Oyama-sama ergue as sobrancelhas, mas coloca o colar como foi pedido.

    - Acredito que alguém na sua corte esteja envolvido com tudo o que está acontecendo. Pode tirar o medalhão Oyama-sama, dizendo que concorda com os meus termos e que faremos sim o negócio.  

    O daimyo acena em concordância. Os ataques haviam sido muito precisos.

    - Oyama-sama eu gostaria que Sora pudesse ser uma serva em sua casa com livre acesso as suas concubinas, caso as tenha. E também tenha livre acesso as dependências da sua residência. Eu também gostaria que fosse declarada que eu fui declarado Conselheiro do Tesouro do Daimyo, e que eu consegui esta condição depois de fecharmos um importante acordo comercial.

    Oyama-sama pensa durante alguns instantes, e aceita os termos.
    - Posso providenciar a entrada de Sora facilmente no minha residência, pois ela é muito bela e educada, como se fosse uma concubina. Quanto a sua nomeação, eu vou provavelmente enfrentar uma grande oposição por parte dos meus três outros Conselheiros, especialmente porque já existe um, Saito-san, que trata das finanças. Tera um grande problema pela frente, Lux-san.

    Lux observa atentamente a reação de Sora e Bashuk, então se vira para a meio orc.

    - Bashuk eu precisarei de sua ajuda. E já lhe adianto que você não vai gostar. Eu gostaria que você se reaproximasse de seu pai.

    Sora estava visivelmente animada, diante da possibilidade de frequentar o castelo da província. Agora a meia-orc não tinha gostado nada de sua função, e somente por estar na presença do senhor feudal que a fez se controlar, caso contrario Lux teria recebido uma bordoada só por te sugerido aquilo.

    O daimyo então da por encerrada a reunião.
    - Muito bem. Como parte do plano, vou oferecer estadia em meu castelo para vocês três, como uma maneira de aliviar a perda causada pelo ataque a caravana de Bashuk. Conversem com meu senescal, Akihito, ele providenciara as acomodações.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qua Dez 06, 2017 1:38 pm




    - Posso providenciar a entrada de Sora facilmente no minha residência, pois ela é muito bela e educada, como se fosse uma concubina. Quanto a sua nomeação, eu vou provavelmente enfrentar uma grande oposição por parte dos meus três outros Conselheiros, especialmente porque já existe um, Saito-san, que trata das finanças. Tera um grande problema pela frente, Lux-san.

    Lux sorri ao ouvir a resposta do nobre e responde:

    - Eu já suspeitava que existiria alguém com o posto Oyama-sama. E eu espero que isso ocorra e também que eu possa ter livre acesso para fazer reuniões públicas e sigilosas com o senhor.

    Lux faz uma mesura para o nobre quando ele se retira. E fala para Bashuk.

    - Sei que deve estar querendo me matar pelo meu pedido. Mas eu preciso que você se reaproxime de seu pai e mais do que isso, dos parceiros comerciais dele. Preciso de nomes para poder fazer minhas pesquisas. Tenho outro pedido ainda para fazer para você Bashuk. Nós teremos que nos separar momentaneamente. Todos deverão pensar que você me quer morto, isso fará com que as pessoas que ficarão incomodadas com o meu crescimento e notoriedade no reino se aproximem de você pois será uma inimiga declarada.

    Lux olha para Bashuk, que apesar de ser uma pessoa sem muito refinamento, era esperta.

    - Posso contar com você? E claro... só precisaremos começar nossa farsa amanhã. Esta noite desfrutaremos das acomodações no Castelo. Sora, você conhece este senescal?


    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Seg Dez 11, 2017 12:48 pm

    Bashuk não tinha gostado em nada daquele plano, e isso ficou bem claro para Lux depois que eles saíram da audiência. Do lado de fora da sala de reuniões, repentinamente a meio-orc pega Lux pelo colarinho e o levanta facilmente, para surpresa dos servos que andavam pelos corredores. Sora ainda tentou acalmar os ânimos, mas uma ombrada a fez deslizar pelo piso como se este estivesse coberto de cera.

    Estar a 5 centimetros acima do chão não era sensação agradável, mesmo que sendo seguro por uma bela mas feroz Bashuk!
    - Voce sabe como eu e meu pai estamos, e voce ainda propõe isso? Tem sorte de gostar de voce, já quebrei as pernas de muita gente por menos que isso!

    - Sei que deve estar querendo me matar pelo meu pedido. Mas eu preciso que você se reaproxime de seu pai e mais do que isso, dos parceiros comerciais dele. Preciso de nomes para poder fazer minhas pesquisas. Tenho outro pedido ainda para fazer para você Bashuk. Nós teremos que nos separar momentaneamente. Todos deverão pensar que você me quer morto, isso fará com que as pessoas que ficarão incomodadas com o meu crescimento e notoriedade no reino se aproximem de você pois será uma inimiga declarada.

    O bardo sente o ar fervendo saindo pelas narinas da comerciante. A meia-orc o larga, Lux sentindo terra firme sob os pes novamente. Com o dedo em riste na frente de seu nariz, ela diz:
    - Estou querendo te matar, e não preciso fingir isto.

    Bashuk então da um grande empurrão em Lux, que cambaleia e cai em seu traseiro alguns passos para tras. Os servos comentam entre si sobre aquela briga que estavam presenciando, e certamente iriam contar para todos seus conhecidos. A meia-orc abandona o palácio com fogo saindo pelas ventas.

    Sora se levanta e oferece a mão para que o bardo se levante. A oriental estava visivelmente atordoada com tudo aquilo.
    - Bem, não sei se Bashuk representa muito bem, mas cheguei a ficar com medo... – diz meio insegura.

    - Mas o que esta acontecendo aqui! O que vocês estão bisbilhotando? Vamos, vamos, cada um para os seus afazeres! – diz um homem velho de aparência singular. Tinha uma barba enorme branca e espessa que ia ate o chão, e vestia de azul, se assemelhando muito a uma baleia azul.



    Ele faz uma mesura e se apresenta.
    - Eu sou o senescal do castelo Akihito, e fui informado que devo leva-los ate suas acomodações. Se desejam algo por favor me digam, que providenciarei o mais rápido possível dentro de minha capacidade.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qua Dez 13, 2017 3:47 pm



    A reação de Bashuk não havia amendrontado Lux, não senhor, ele ficou apavorado! Afinal era uma mulher muito forte, ele já havia presenciado Bashuk derrubar 3 homens apenas com uma cadeira nas mãos.

    Sora se levanta e oferece a mão para que o bardo se levante. A oriental estava visivelmente atordoada com tudo aquilo.
    - Bem, não sei se Bashuk representa muito bem, mas cheguei a ficar com medo... – diz meio insegura.

    Lux pega a mão da jovem e levanta respondendo:
    - Ela está furiosa realmente comigo. 

    Então ele ajeita as roupas e coloca o colar que o Daimyo havia lhe dado, então olha para o excêntrico homem com uma barba gigantesca, enquanto pensava como ele não tropeçava naquela coisa.

    - Eu sou o senescal do castelo Akihito, e fui informado que devo leva-los ate suas acomodações. Se desejam algo por favor me digam, que providenciarei o mais rápido possível dentro de minha capacidade.

    - Sou Lux Phebos e esta é minha companheira Sora. Acredito que como todos aqui, o senhor Akihito viu o que aconteceu. E acredito que será necessário que um soldado seja destacado para a minha proteção. Mas por hora, acho que algumas costureiras para que eu e minha companheira possamos ter algumas roupas novas, uma vez que acredito que minha querida Bashuk tomada por sua fúria irá acabar com as minhas. 

    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Ter Dez 19, 2017 2:24 pm

    Era bem claro o amor que o senescal tinha por aquela barba, dada a maneira como ele acariciava e manejava a mesma para não pisa-la. Ele acena com a cabeça, e diz:
    - Sim, já estou sabendo... Uma pena, mas os meio-orcs do reino vizinho, ou melhor, os humanoides de maneira geral, tem esse temperamento. Apesar de estar seguro aqui no palácio, providenciarei a guarda pedida, senhor Conselheiro do Tesouro. As roupas serão também providenciadas.

    O velho da barba gigante então lidera o caminho pelos intermináveis corredores, atravessando espaços em aberto e seteiras. Akihito explica que a arquitetura do castelo foi feita para que o mesmo pudesse ser defendido por dentro, caso algum inimigo passasse pelos portões.

    Após atravessarem um jardim, eles são levados até as acomodações dos hospedes, que eram bem perfumadas e luxuosas.

    Akihito se despede, e então Sora se joga na cama, sem conter um sorriso e um suspiro de satisfação.
    - Quem poderia imaginar algum dia que eu estaria aqui, deitada, dentro do castelo do Daimyo. E isto tudo eu devo a voce, meu querido... – diz, batendo com a mãozinha a cama para que Lux se sentasse ao lado dela – Quis as deusas que assim fosse...

    Delicadamente ela abaixa as alças de seu vestido, ficando com seus belos e firmes seios a mostra.

    18+:

    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qui Jan 11, 2018 12:46 pm

    Lux se aproxima da bela musicista, sua forma humana era maravilhosa e ainda um corpo não explorado por ele. Mas desta vez ele queria ser carinhoso e não ter uma coisa mais bruta. Ele então toca com leveza o rosto de Sora com as costas da mão direita, seguindo até o pescoço onde segura com firmeza os longos cabelos negros dela puxando sua cabeça para trás e lhe beija os lábios com volúpia enquanto sua outra mão lhe percorre com a mesma leveza do toque de uma pluma o corpo descendo do rosto até o seio onde ele começa a brincar com os mamilos, por vezes passando a mão suavemente, noutas apertando deixando-os ainda mais enrijecidos.

    Lux a levanta da cama como se estivessem dançando uma dança lenta e extremamente erótica ainda sem separar os lábios. Lux tinha prazer com Bashuk ele gostava dela isso era um fato. Mas Bashuk era uma força da natureza, o sexo era brutal, extremo. Mas Sora... Sora era diferente, ele tinha algo mais com a jovem. Talvez ele visse nela o seu primeiro amor, mas com certeza ela despertava algo mais profundo nele.

    Então ele enfim para de beijá-la a boca e seguia com os lábios úmidos percorrem o rosto de Sora seguindo em direção ao pescoço depois até a orelha esquerda, onde ele deixa um suspiro escapar junto com uma mordiscada no seu lóbulo e suas mãos ágeis que agora estavam em sua cintura a rodava deixando-a de costas para ele que lhe comprimia juntando sua pélvis fazendo com que ela sentisse sua ereção.

    - Eu quero você sempre, Sora... - ele sussurra.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qui Jan 18, 2018 4:15 pm

    Sora apreciava cada instante do toque carinhoso do aasimar, mordiscando levemente os lábios ao sentir em sua pele os dedos ágeis do bardo. Já tinha sofrido muito na vida, desde pequena escondendo sua identidade e vivendo em um mundo cruel, por vezes comendo os restos de comida deixados no lixo da estalagem. Estar ali no castelo do Daimyo era uma benção, uma graça divina, ainda mais acompanhada do seu amor.

    Ela sente o toque em seus seios, e sabe que aquele momento era especial, feito com alguém que gostava muito. Sentia que Lux estava excitado, e isto também a deixava excitada.
    - Eu também te quero sempre, Lux..., murmura baixinho

    Vagarosamente ela vai descendo a cabeça até chegar ao membro do aasimar, olhando-o como se fosse a primeira vez que estava fazendo aquilo.

    Mas Lux sabe que isto não é verdade, dada a sua maneira erótica e habilidosa, tocando nos pontos sensíveis e fazendo um movimento de vai-e-vem irresistível. Seus lábios vermelhos envolvem seu falo, comprimindo-o de tal maneira que o aasimar sentia que estava próximo do paraiso.

    NRPG: Sora Perform (sex) 18
    NRPG: Se Lux quiser resistir ao orgasmo, CD é 20.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Seg Jan 22, 2018 1:02 pm




    Lux até tentou retardar o orgasmo, mas talvez pela maestria de Sora ou pelo sentimento que tinha por ela foi impossível ele se controlar. Ele começou a sentir as pernas perderem as forças e uma sensação de formigamento que começava dos dedos da mão e pés e percorriam-lhe o corpo até que ele goza fartamente na boca e rosto de Sora.

    18+:



    Lux acaba de gozar e enquanto se deliciava com a imagem de sua companheira limpando o rosto com a mão e levando seu esperma para a boca, ele a puxa para si e lhe beija a boca com gosto de seu gozo. Então ele a deita na cama e lhe abre as pernas, toca gentilmente sua buceta com o dedo indicador que percorre toda a racha seguindo da parte inferior até o grelo e depois na direção oposta onde sente toda a sua lubrificação.

    Com o dedo sujo ele leva até a boca para sentir seu maravilhoso gosto. Ele então começa a retribuir o sexo oral e explora a buceta de Sora com a lingua, por vezes lambendo, outras lhe penetrando com a língua ou com um ou dois dedos e quando o faz ele chupa o grelo da jovem isto enquanto se toca para acelerar a rigidez do pau.

    Lux levanta as pernas da jovem para poder ter acesso a seu cu, e assim como fazia na buceta ele também lhe dava beijos gregos, deixando o cuzinho de Sora babado e o alargava enfiando um, dois até três dedos para reduzir a dor do sexo anal que ele planejava ter com ela.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qui Jan 25, 2018 5:19 pm

    Sora sente que Lux era muito habilidoso com a língua, sentindo ela deslizar pelos seus pequenos lábios molhadinha pela saliva, provocando uma sensação gostosa e irresistível. Seu corpo já estava quente, e de repente seu calor estava tão alto que parecia que iria ferver naquele quarto. Nua, ela rapidamente abre a janela do quarto, sem se importar se alguém poderia vê-los, para logo ficar de quatro para seu amado.

    NRPG: Perform Anal Sex Lux, passou.

    Com certa surpresa e apreensão ela nota o interesse de Lux por seu cuzinho, mas o amor que sentia traz um desejo de agradar tão grande que não recusa. Alem disso, a maneira como o bardo a preparava fazia com que sentisse uma certa curiosidade em saber como seria o sexo anal. Sentiu uma certa dor no começo, tendo que tapar a boca com a mão para não gritar, mas a medida que as estocadas avançavam ela foi relaxando e aos poucos a dor foi desaparecendo. Era uma coisa diferente, e seu clitóris estava tão entumescido que imediatamente passou a massagea-lo com os dedos em movimentos circulares.

    A combinação de estímulos resultou num grande orgasmo, um grito saindo de sua boca que ecoou pelos corredores do castelo, fazendo com que os serviçais se entreolhassem e trocassem risadinhas safadas.

    Sora sentiu seu corpo amolecer, e sem forças desabou por sobre a cama.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Sex Jan 26, 2018 4:34 pm




    Lux demora mais alguns segundos para o seu orgasmo que vem com um urro gutural fazendo-o largar o corpo suado sobre o corpo de Sora.

    Ele arfava recuperando o fôlego enquanto dizia palavras desconexas em seu idioma natural, o celestial, enquanto sorri realmente feliz por estar com Sora. Seu membro amolece dentro de Sora e preguiçosamente ele vai saindo fazendo com que os corpos se separem enquanto Lux, ainda tomado pelas sensações do orgasmo saia de cima da companheira, ficando deitado abraçado a ela e beijando as costas e pescoço ele murmura.

    - Você é incrível...

    Ela sorri para Lux e ele fica de barriga para cima puxando-a para que se aninhasse em seu peito, enquanto ele ficava acariciando o corpo de Sora como se fossem um casal de noivos recém casados.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qui Fev 01, 2018 10:30 pm

    Sora, sentindo-se segura e feliz, adormece com a cabeça sobre o peito de Lux, e ambos ficam juntos abraçados até o raiar do novo dia...

    **

    São os pássaros chilreando dos galhos de uma cerejeira que despertam do sono profundo Lux. Ele espreguiça e ve que já era de manhã, e o dia estava bonito e ensolarado. Uma ótima maneira de começar o dia.

    Sora também acorda e da um beijo apaixonado em seu amado, dizendo que aquela tinha sido a melhor noite de sua vida. Ambos se vestem e se preparam para o desjejum, servido num pequeno salão.

    Depois de tomarem uma sopa e comerem um biscoito de arroz torrado, surge Akihito, o senescal bizarro de longa barba e vestes azuis. Ele parece flutuar sobre o chão tamanha a suavidade com que pisava e do seu lado estavam dois guardas em armadura oriental e espadas embainhadas.

    - Bom dia, senhor e senhora. Espero que tenham tido um bom descanso esta noite. Aqui está a guarda que o senhor requisitou, Lux-sama. Eles irão acompanha-lo dia e noite. E ah sim, o ex-Conselheiro do tesouro, Saito-sama, deseja encontrar com o senhor para discutir sobre a situação financeira da província.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Sex Fev 02, 2018 9:57 am



    O sorriso e o olhar de felicidade era fácil de ser notado no bardo naquela manhã enquanto aproveitava o desjejum com Sora. Lux usava seu colar por baixo da roupa de modo que ficasse escondido. A conversa matinal, no idioma natal de Sora, e as brincadeiras do casal ainda lembravam noivos em lua de mel até que Akihito chega acompanhado pelos guardas.

    Por um instante, talvez por ato reflexo ou por puro costume condicionado ao ver guardas, Lux se interpõe entre eles e Sora. Quando o senescal diz que os guardas eram a guarda pessoal de Lux ele relaxa.


    - Akihito-buchou*, sua habilidade me surpreende! - disse com uma voz neutra, ele não queria insultar o homem tampouco demonstrar que estava satisfeito. Na verdade o que Lux tem em mente é tirar todos da sua zona de conforto e até que o homem estranho fosse investigado e tirada as suspeitas de ser um traidor ele iria agir numa forma respeitosa mas autoritária. - O meu antecessor pode esperar, tenho outras averiguações a serem feitas primeiro.

    Lux se levanta e fala:

    - Sora-chan*, termine seu desjejum com calma e acredito que Akihito-buchou* irá acompanhá-la depois até onde Ojou-sama*. Eu vou entrevistar os guardas e resolver alguns assuntos com o meu antecessor.

    Ele fica de costas para os outros numa posição que somente Sora o visse. E então lhe manda um beijo, afinal como ela já havia explicado para ele neste reino não era normal ter demonstração de sentimento público. Até pela "timidez" ou "reserva" do povo. Ele então se vira para os demais.

    off - Alguns pronomes de tratamento:

    -San, Han
    Forma em japonês, respectivamente: -さん, -はん
    San é um dos pronomes de tratamento mais comuns. Ele indica respeito e distância. Já Han é a forma pronunciada quando no dialeto de Quioto. 
    Você o usaria com:
    Um colega de classe com quem você nunca conversou direito.
    Ex: “Sakura-san, poderia me emprestar seu apontador?”
    Um vizinho de quem você nunca foi muito amigo.
    Ex: “Ohayou, Tenzin-san.”
    “Ohayou, Natsumi-san.”
    Um colega de trabalho com quem você não é extremamente próximo.
    Ex: “Heiji-san, poderia entregar este documento para Seiko-sama?”




    -Chan
    Forma em japonês: -ちゃん
    Chan foi um pronome de tratamento criado recentemente. É um pronome carinhoso, geralmente utilizado para chamar uma garota, mas também pode ser usado como forma de deboche para garotos. Ele é usado para se referir a garotas mais novas, entre garotas amigas, entre namorados, o professor para uma de suas alunas, garotas ídolos.
    Você o usaria com:
    Amigas. 
    Ex: “Eru-chan, não vai acreditar no que acabei de ouvir!”
    “O quê, Sayaka-chan?”
    Sensei para aluna.
    Ex: “Touko-chan, poderia entregar estes deveres para Mabuchi-kun? Estou preocupado, já que ele tem faltado tanto por conta da doença...”
    Senpai para kouhai.
    Ex: “Yumi-chan, espere!”
    Ídolos. 
    Ex: “Remi-chan é tão incrível! Adorei o show dela ontem!”
    Amizade entre garotos e garotas.
    Ex: “Ne, Sakura-chan, não vai mesmo me emprestar seu dever?”
    Namorados.
    Ex: “Futaba-chan, te amo.”



    Ojou-chan, Ojou-san, Ojou-sama
    Forma em japonês: お嬢, お嬢, お嬢-様
     “Ojou” é uma figura de respeito feminina e jovem. Pode ser usado para se referir a uma nobre, assim como o vendedor pode se referir à garota que sempre faz compras em sua loja. Tudo depende do “chan”, “san” e “sama”. 
    Exemplos: “Ojou-chan, o que vai levar hoje?”
    “Ojou-san, como vai?”
    “Aquela ojou-san sempre passa por aqui.”
    “Ojou-sama, estava preocupado!”




    -Buchou
    Forma em japonês: -部長
    “Buchou” significa coordenador de uma seção. Pode ser de um clube escolar, de um seguimento em uma empresa, qualquer coisa. Entretanto, por mania, é comum utilizarem “Kaichou” para clubes, por serem presidentes, apesar de o termo mais acurado ser “Buchou”.
    Exemplo: “Buchou, estamos com pouco dinheiro!”
    “Houtarou-buchou, te enviaremos os arquivos logo.”





    Uma lista com muitos outros aqui.
     
     - Akihito-buchou, leve Sora-chan até Ojou-sama e depois avise o meu antecessor que esteja a postos para me atender assim que eu puder para a prestação de contas. Mais uma coisa, os guardas sabem onde fica meu gabinete?

    Caso os guardas saibam ele vai pedir que os guardas o dirijam até o gabinete, senão ele vai pedir que Akihito primeiro o leve até o gabinete, que vá levar Sora até a mulher do Daimio e depois avise o antigo conselheiro, sendo enfático na sequência das ordens.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Seg Fev 12, 2018 10:33 am

    - O meu antecessor pode esperar, tenho outras averiguações a serem feitas primeiro

    Akihito acena com a cabeça, sem deixar transparecer em seus gestos ou face o que pensava sobre o assunto, limitando-se a apenas um “como desejar, Lux-sama”.

    - Sora-chan*, termine seu desjejum com calma e acredito que Akihito-buchou* irá acompanhá-la depois até onde Ojou-sama*. Eu vou entrevistar os guardas e resolver alguns assuntos com o meu antecessor.

    Sora esconde com as mãos seu sorriso de felicidade, sendo tratada assim com tanto respeito pelo seu amado. Ela acena timidamente com a cabeça e da um selinho envergonhado no aasimar, temendo pela quebra de protocolo.

    Após isso, os guardas acompanham o novo conselheiro do tesouro para o seu gabinete. Era um local amplo, com vários armários contendo pergaminhos, paredes com mapas da província dividida em áreas fiscais, instrumentos de calculo espalhados pelas mesas.



    Uma área que chamou a atenção de Lux foi um espaço destinado a reuniões, bem confortável, com travesseiros e iluminado com velas. E sentada num dos sofás estava uma garota.



    Ela se levanta e se curva respeitosamente. Sua voz era suave como a de uma menininha.

    - Lux-sama. Prazer em conhece-lo. Meu nome é Fujiwara Chin, e era a assistente pessoal de Saito-sama. Estou aqui para atender todas as suas necessidades.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qui Fev 15, 2018 3:21 pm

    Lux observa o seu gabinete e tudo aquilo lhe era muito luxuoso, nem mesmo casa onde fora criado possuíam tanto conforto. As sociedades e culturas eram realmente muito diferentes. A Teocracia de sua terra natal, mesmo sua família sendo membro da nobreza uma vez que toda sua linhagem era composta por leais Paladinos de Mitz os grandes bastiões de sua fé e doutrina. 

    O prazer de conhecer novas culturas o distanciava ainda mais de sua terra natal Yelena, com sua rígida sociedade. Rigidez essa que Lux pensara existir também neste Reino pelo que havia ouvido dizer durante a viagem. Mas até então havia tido nos dois últimos dias noites tão agitadas quanto em sua estada em Karzec com suas tieflings e diabas. Se bem que por algumas vezes ele passou por maus bocados devido a sua origem celestial. 

    Ele ria de suas lembranças, quando uma beldade saiu das sombras e se apresentou

    - Lux-sama. Prazer em conhece-lo. Meu nome é Fujiwara Chin, e era a assistente pessoal de Saito-sama. Estou aqui para atender todas as suas necessidades. 

    Aquela jovem tinha a voz ainda de menina, e se o seu antecessor era tão depravado quanto o pai de Bashuk...


    - Claro que irá... - murmurou analisando completamente a menina.

    Ele então fez um gesto para que a jovem retornasse para o local onde ela estava anteriormente, se voltou para os dois guardas que durante o caminho já havia descoberto os nomes, Bunmei e Daigo.

    - Bunmei e Daigo, para a minha guarda pessoal eu necessitarei de mais dois homens e duas mulheres. Estas irão fazer a guarda de minha companheira e devem ser completamente discretas. Para tal, é imprescindível que eles sejam seus familiares. E cada um de vocês irá ter um soldo extra de mais 1 po. Ou seja, elevarei a glória das suas famílias enquanto forem todos leais a mim. Portanto nesta parte da manhã eu peço que vão até as vossas casas e tragam antes do almoço seus irmãos, irmãs ou parentes muito próximos. 

    Ele observa os dois homens e lhe faz um gesto liberando-os para que fossem buscar as pessoas. Então ele se vira para a jovem.

    - Então minha jovem... Me diga tudo, absolutamente tudo, em detalhes o que você fazia com meu antecessor.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qua Fev 21, 2018 5:22 pm

    - Bunmei e Daigo, para a minha guarda pessoal eu necessitarei de mais dois homens e duas mulheres. Estas irão fazer a guarda de minha companheira e devem ser completamente discretas. Para tal, é imprescindível que eles sejam seus familiares. E cada um de vocês irá ter um soldo extra de mais 1 po. Ou seja, elevarei a glória das suas famílias enquanto forem todos leais a mim. Portanto nesta parte da manhã eu peço que vão até as vossas casas e tragam antes do almoço seus irmãos, irmãs ou parentes muito próximos.

    Bunmei e Daigo fazem uma reverencia, e sem mudar a expressão no rosto, seguem as ordens de seu novo mestre. Mas por dentro eles estavam muito contentes, pois o aumento no soldo seria algo muito bem-vindo, além da garantia de emprego para outros de suas famílias.

    A assistente novamente vai para o sofá onde estava sentada e aguarda obedientemente pelas instruções.

    - Então minha jovem... Me diga tudo, absolutamente tudo, em detalhes o que você fazia com meu antecessor.

    Ao ouvir essas palavras ela fica vermelha como um pimentão, levando a mão até a boca para recuperar seu próprio folego.

    - E-e-eu ajudava Saito-sama buscando livros-caixa, escrevendo relatórios, ajudando com as contas de entrada e saída, relacionando as porcentagens devidas pelas transações entre os mercadores. Assim como verificando pagadores de impostos e valores a serem pagos por abertura de novas companhias de comercio. Tambem preparava o chá, recebia visitas e...

    Chin fica vermelha novamente e volta seu olhar para o chão.

    - E-e-e é só, Lux-sama... Deseja saber mais alguma coisa? – pergunta, esboçando um sorriso fraco.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qua Fev 21, 2018 6:20 pm

    Lux olhou para a jovem seu olhar era inexpressivo, porém as palavras saíram num tom mais severo do que ele mesmo havia pensado.

    - Decepcionante, mesmo sendo testemunha de minha benevolência, ainda falta com a verdade.

    Lux balançou a cabeça em negativa.

    - vou dar mais uma chance. Conte-me em detalhes o que você fazia com o meu antecessor. Acho que não fui claro o suficiente, você me disse o seu trabalho e não o que fazia com ele.

    Lux deu as costas para a jovem e caminhou até uma almofada onde se sentou e olhou para a garota.

    - Só existe uma coisa que me faria condená-la. E seria mentir ou ocultar coisas pertinentes ao meu trabalho para mim. Vou deixar que você decida. Conte tudo com riquezas de detalhes o que fazia para meu antecessor ou levante e vá embora que serei misericordioso contigo. De toda a forma o que não disse fala muito mais do que tudo o que me falou até agora.

    Lux fica quieto e observa a jovem em seu embate moral...
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1629
    Reputação : 111
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Hellkite em Qua Fev 28, 2018 4:35 pm

    O aasimar lança seu ultimato para a assistente, cujos olhos se enchem de lagrimas. Ela escorrega do sofá para o chão, e de joelhos diz, desolada:

    - Por favor, Lux-sama, não me faça dizer as coisas horríveis que tive que fazer com Saito-sama... Elas me enchem de vergonha... E ele me disse que seria castigada caso viesse a contar meus segredos... Por favor...

    Chin continua ajoelhada, mas o agora conselheiro do tesouro se mostrava resoluto. A jovem então se recompõe, pede desculpas, e volta a se sentar.

    Com o rosto corado, ela começa:

    - Saito-sama ordenou que não usasse nada por por baixo do meu kimono. Muitas vezes tive que passar meus relatórios sentada em seu colo, enquanto ele... me penetrava. Ele dizia que tinha que me concentrar, não podia ficar gemendo enquanto falava... mas era difícil.

    A senhorita Fujiwara tira uma mecha de seu cabelo que estava no rosto para coloca-lo atrás da orelha. Agora já não parecia tão indignada com os abusos causados pelo seu ex-mestre.

    - Em algumas reuniões eu tinha que ficar abaixo da mesa, chupando o pênis de Saito-sama e de todos os outros convidados, na maioria os chefes das casas de comercio. Algumas prostitutas também eram chamadas, e nós ficávamos de quatro sendo abusadas por eles, cada um com sua garota, enquanto continuavam falando de negócios. Saito-sama ainda pedia para eu beijar a que ficava na minha frente, que vergonhoso!

    A jovem passa a língua nos lábios, mas logo se recompõe.

    - Creio que isso já seja o suficiente para mostrar o caráter libidinoso de Saito-sama, e espero que Lux-sama compreenda que não tive como recusar tais atos...
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1085
    Reputação : 33
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Kether em Qui Mar 01, 2018 8:24 pm

    Lux ouvia a jovem, com certeza ela havia alterado algum ponto ou outro. Mas ela deixou escapar algumas informações importantes como os mercadores que participavam das festinhas que o antecessor dele fazia nas reuniões no Castelo. Também deixou escapar que acompanhantes eram convidadas para estas mesmas festas.

    - Senhorita Fugiwara, parece que você ou quer muito manter este trabalho. Mas até onde você estaria disposta a ir para mantê-lo?

    O jovem aasimar se levanta e caminha lentamente até a jovem oriental. A segura no queixo com a mão esquerda e vira o rosto dela de um lado para o outro a observando cuidadosamente.

    - Você era leal ao meu antecessor, mas na primeira pressão feita você contou os segredos mais escusos ou vergonhosos que poderia contar. Até que ponto isso é verdade? Eu sou conhecido por ser um amante das mulheres, talvez tenham até uma visão de homem insaciável ou libertino. O que sua história poderia me excitar e pular direto em você e arrancar-lhe as vestes.

    Ele se afasta dando as costas para ela.

    "Nossa eu queria fazer muito isso!" - ele pensava.

    - Mas... - ele se vira para a mulher. - Quando foi a última vez que esteve com Saito Sama? Eu ainda quero os nomes dos chefes que mais tinham livre acesso a Saito. E também os que nunca vieram. Quais eram as prostitutas e seus cafetões e cafetinas que serviam Saito e quero esta lista neste exato momento. Não sairá daqui sem estes nomes e por fim...

    Lux se virou para a jovem e ajeitou o pênis dizendo:

    - Você veio vestida hoje como se fosse trabalhar para Saito-sama?

    Ele para observando-a e antes que ela respondesse ou abrisse o kimono ele fala:

    - Se veio, nunca mais venha sem as roupas de baixo. Minha companheira pode vir aqui e se lhe encontrar sem as roupas de baixo eu não faço ideia do que possa acontecer.

    Ele pega um pergaminho, tinta e pincel (ou pena) e entrega para a jovem.

    - Pode começar, leve o tempo que precisar eu ficarei aqui o tempo que for preciso contigo para que se lembre de todas as informações que eu pedi. Enquanto escreve, eu quero que você me diga onde ficam os livros com o numerário. E onde está o livro de controle das contas dos mercadores mais próximos a Saito. Se eles participavam destas orgias. Existe este livro. Caso não esteja aqui, nós pessoalmente iremos até a casa de Saito buscá-los com os meus guardas...

    Lux precisava de um bode expiratório e Saito e sua conduta libertina era um alvo e tanto. A queda dele iria causar uma polvorosa, e os mercadores iriam ver que não seria com apenas uma bela jovem e sexo que iriam dobrar Lux.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Lux - Kether

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Abr 23, 2018 6:48 am