Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Sex Maio 03, 2019 3:50 pm

    Quando vê Alm voltar com a água e a face aflita após a ordem recebida, Nabooru aponta pro lenço manchado e explica que a água era pra limpar aquele pano e não seu rosto. Alm obedecia, mas ainda parecia estar confuso. Nabooru segura o queixo do servo com leveza e com um olhar sizudo, vira o rosto dele pra si. O clérigo então sorri e dá um selinho nos lábios do servo, dizendo que ordenou aquilo por preocupação com o bem estar dele. Se a mancha de sangue não sumisse, então o lenço deveria ser jogado fora. Alheios ao seu redor durante a troca de olhares afetuosos, os dois não percebem o vulcão em erupção que estava Celica naquele momento. A demoniazinha volta a si e certificando-se da boa índole de Nabooru, decide falar com ele, mas não demora até que Celica os alerte da situação. Mestre do improviso, Nabooru ordena que Alm voltasse pra dirigir a carruagem que ele voltaria pra dentro junto com aquela garota. Nabooru coloca a garota em seu aposento e diz pra ela se deitar no piso, ficando escondida. Ele promete que iria fazer de tudo pra despistar aqueles homens.

    A carruagem volta a seguir seu caminho normalmente, a janelinha aberta e Nabooru com um braço e cabeça do lado de fora observando a paisagem. Havia colocado o lençol que cobria o banco por cima da fugitiva. Se interrompidos pelos homens que procuravam a demônia, ele iria interceder.
    - Bom dia, meus queridos. Eu me chamo Nabooru, e sou enviado da Lady Domina para uma visita a cidade de Wyvernia. Espero não estar muito longe do meu destino. Por sinal, não sei se é seguro vocês estarem andando a esmo por essas estradas. Faz alguns minutos que vi um vulto passar voando a toda velocidade pela minha carruagem. Por um instante achei que fôssemos ser atacados. Não é verdade, meus criados? (Diz Nabooru esperando confirmação de Celica e Alm). Acredito que tenha ido naquela direção. (Diz Nabooru apontando de onde veio).


    Off: Magia Esplendor da Águia +4 em Carisma por 5 minutos.
    Blefar.
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Sex Maio 10, 2019 4:29 pm

    O clérigo então sorri e dá um selinho nos lábios do servo, dizendo que ordenou aquilo por preocupação com o bem estar dele. Se a mancha de sangue não sumisse, então o lenço deveria ser jogado fora.

    Alm volta a ter sua expressão de tranquilidade, mesclada com alivio. “Por um momento pensei ter visto Lady Domina a minha frente... Fico feliz em saber que foi tudo um mal-entendido”, comenta, face-a-face, indeciso em dar outro beijo.

    Celica revira os olhos, pensa “mas isso é hora?”, e avisa sobre os problemas. Nabooru é rápido e já põe em execução seu plano, escondendo a fugitiva. A carruagem entra em movimento com Alm e Celica comandando os arreios, e como se era esperado, são parados no meio da estrada pelos homens suspeitos.

    Celica, a mais esquentada do grupo, logo reclama da intromissão dos desconhecidos na viagem, porém os homens estavam armados e não tinham caras de bons amigos. “Só quero ter uma palavrinha com o senhor de vocês, coisa rápida”, diz o chefe.

    - Bom dia, meus queridos. Eu me chamo Nabooru, e sou enviado da Lady Domina para uma visita a cidade de Wyvernia. Espero não estar muito longe do meu destino. Por sinal, não sei se é seguro vocês estarem andando a esmo por essas estradas. Faz alguns minutos que vi um vulto passar voando a toda velocidade pela minha carruagem. Por um instante achei que fôssemos ser atacados. Não é verdade, meus criados? (Diz Nabooru esperando confirmação de Celica e Alm). Acredito que tenha ido naquela direção. (Diz Nabooru apontando de onde veio).

    Off: Blefe.
    Off: Bem-sucedido.

    Nabooru, usando de suas técnicas aliado com a benção divina de Mitz para cara-de-pau, dá uma explicação bem plausível, acreditada plenamente pelo chefe dos estranhos. De fato sua representação e charme é tão grande que acaba conquistando o interlocutor, que fica meio sem graça. “Ah sim, senhor Nabooru, espero que o senhor esteja gostando da viagem... Desculpe interromper, mas, sim, é perigoso estas paragens, se o senhor quiser, posso acompanha-lo até Wyvernia, enquanto meus homens vão atrás dessa fugitiva perigosa... A proposito, meu nome é Korn Slaker, e faço a segurança aqui da região.”
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Sab Maio 11, 2019 11:56 am

    Nabooru recusa a oferta fazendo um bocejo despreocupado, olhando pro horizonte.
    - Na verdade, prefiro que você e seus homens concluam seu trabalho. Não quero ser o responsável por fazê-lo voltar pra cidade e ter que explicar porque voltaram com as mãos abanando. Mas olha só. Procure-me na cidade pra conversarmos depois. Você parece bem apessoado... pra um capitão? *piscadela de olho*


    Considerando que finalmente foram embora...

    O elfo suspira aliviado e dá dois tapinhas na porta da carruagem pra que continuassem seu trajeto e toca no ombro da garota, alertando-a de que estava segura, por enquanto...
    - Olha moça, isso foi tudo o que eu pude fazer por você. Obviamente não posso te levar pra cidade e já fiz os mercenários seguirem pra direção contrária de onde estamos seguindo. Acho melhor você seguir seu caminho pra longe daqui por uns tempos...

    Nabooru explica que adoraria ter conhecido a moça em outra situação, mas no momento estava em uma missão diplomática para sua Condessa e se meter numa situação dramática iria atrapalhar MUITO a sua situação. Ele diz que iria relevar o fato dela ser uma escrava fugitiva, pois sua intenção era de encerrar conflitos e mudar a cabeça das pessoas para uma relação de paz e amor ao invés de guerra e ódio. A demônia provavelmente se beneficiaria disso no futuro.
    - Eu mesmo sou um escravo da Lady Domina. Mas a convenci ou pelo menos acredito que o fiz, que fazer seus súditos lhe servirem por amor era mais frutífero que pelo medo.

    Certificando-se de que a área estava limpa, Nabooru pede que Ysperia siga seu caminho e lhe deseja boa sorte, fazendo uma pequena prece em nome de Mitz antes que ela partisse.


    Off: Não encontrei cura de veneno no livro e usei Curar Doenças. Na 5a edição, Restauração Menor (2 círculo) engloba cegueira, surdez, paralisia, veneno e doença.
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Seg Maio 20, 2019 10:30 pm

    - Na verdade, prefiro que você e seus homens concluam seu trabalho. Não quero ser o responsável por fazê-lo voltar pra cidade e ter que explicar porque voltaram com as mãos abanando. Mas olha só. Procure-me na cidade pra conversarmos depois. Você parece bem apessoado... pra um capitão? *piscadela de olho*
    O chefe daqueles homens fica encantado com a graça daquele elfo, e acaba concordando com tudo o que ele diz. “Não teria problema nenhum acompanha-lo até Wyvernia, mas se prefere assim, tudo bem... E vou cobrar nosso encontro depois, mal espero capturar essa delinquente, para podermos nos ver”, diz com um grande sorriso Slaker.

    Ele então se despede e chama seus capangas, prosseguindo na direção indicada por Nabooru. A carruagem então prossegue seu caminho pela estrada. Aliviado por terem se livrado daquele incomodo, o elfo explica para a jovem que não poderia ajuda-la, pois já tinha muito o que fazer. Ysperia fica visivelmente desapontada, quase a ponto de chorar, mas ela segura as lagrimas e agradece. “O senhor já fez muito por mim, e longe de mim pedir por mais... Vou seguir meu caminho, e torcer para que tudo de certo na sua missão de tornar Karzek um melhor lugar para todos!”, diz segurando com firmeza nas mãos de Nabooru. O elfo sente uma força razoável nos dedos, e verifica que aquela moça até que era fortinha.

    Depois de deixa-la em uma encruzilhada e invocar uma prece curativa, muito bem recebida por sinal, Nabooru continua sua viagem até Wyvernia. Uma indicação de que estavam chegando era a presença nos céus de cavaleiros montando wyverns, enormes lagartos voadores. Eles cruzavam os ares, algumas vezes em voos rasantes, e faziam a patrulha da região.

    Wyvernia ficava ao sopé de uma montanha, ao lado de um paredão que continha uma grande quantidade de buracos, locais de onde os wyverns entravam e saiam. Ao chegarem nos portões da cidade, Nabooru é recebido por uma dupla de guardas, idêntica aos que prestavam vigilância na entrada de Karzek.

    Gemeos:

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Saga_e11

    Estavam em reluzentes armaduras douradas, e pedem a documentação de entrada. Alm entrega para o guarda, que o le com olhos interessados. “Hmm, enviado de Lady Domina. Sim, fomos informados, sua passagem esta liberada,” diz, devolvendo o documento. “A proposito, vocês em sua viagem pela estrada por algum acaso encontraram alguma jovem de aparência draconica?”, pergunta casualmente. Parecia que ele o fazia para todo viajante que entrava na cidade.
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Qua Maio 22, 2019 2:52 pm

    Nabooru acredita estar tendo um Déjà vu quando vê aqueles gêmeos e o encara por alguns instantes até que um deles estale os dedos pra quebrar o hipnotismo momentâneo.
    - Oh, perdoem-me pela desatenção. É que eu tive a impressão de já tê-los visto quando atravessei a fronteira de Avalon com Karzek. Vocês foram realocados?

    Depois da resposta, Nabooru responde a pergunta anterior:
    - De facto, encontrei-me com criatura de tal descrição, porém, como não me cabia ir atrás de tal exótica espécime, aproveitei que um grupo mercenário vagava por aquelas bandas e apontei-lhes o caminho. Agora se me permitem, gostaria de prosseguir, pois tenho que arranjar uma reunião com o lorde da cidade.

    Nabooru sopra um beijinho pros guardas e segue em frente se permitido. Omissão era melhor que mentira. Não queria arriscar ser alvo de uma possível mágica de detecção, numa cidade visivelmente em estado de alerta para fuga de escravos. O clérigo observa tudo ao seu redor, formato e disposição dos prédios, pessoas e suas vestes, distinção de pobres e ricos, escravos e comerciantes, limpeza do ambiente e percepção geral das pessoas. Precisava saber se as pessoas viam sua carruagem com curiosidade ou desprezo. Sua vontade era de descer e fazer o trajeto a pé, mas tinha receio de ser mal visto ou mal interpretado numa cidade diferente. Seria mais esperto falar com o prefeito primeiro e certificar-se de seu reconhecimento oficial pelas autoridades. Ademais, tivesse apoio dele e da Lady Domina já era um grande passo dado. Quando o trio chega ao seu destino e saem da carruagem em direção ao palácio do lorde local, a aparência deles chama atenção, não apenas pelas roupas de empregadinha, como pelo rabo de gato enfiado em suas bundas.

    Celica e Alm sentiam especial vergonha e apenas seguiam Nabooru com cabeças baixas e faces avermelhadas. As pessoas observavam a passagem deles fazendo comentários baixinhos e distribuindo sorrisos, mas sempre mantendo o "respeito" até onde era possível. Uma criança pergunta a mãe por quê havia dois rapazes vestidos de mulher, mas a mulher apenas cobre os olhos da menina e diz que eles eram estrangeiros. Nabooru parecia estar completamente a vontade, andando faceiro e devolvendo os sorrisos e acenos.


    (Celica) - Mestre, eu achava que a gente só precisaria andar com essa coisa na bunda, em casa! Eu estou morrendo de vergonha!
    (Alm) - Pelo menos você é mulher! Devia achar normal.
    (Celica) - Cala a boca Alm. É normal pra uma puta! Eu não aceitei esse trabalho pra ficar passando vergonha na rua!

    Nabooru para, fitando Celica nos olhos com olhar sério, até zangado pros padrões dele (o que faz Celica gelar na espinha) e diz tranquilo:
    - Você quer pedir demissão?

    O coração de Celica batia super acelerado. Não podia acusar Nabooru de estar sendo intimidador ou grosseiro. Ele estava sendo empático com as emoções dela. Ela olha pra Alm e pra todas as pessoas ao redor que começavam a cercar o trio observando com curiosidade o desfecho daquela situação e dá um forte suspiro desanimado.

    - Não senhor, mestre... Perdão, eu apenas me exaltei e não vai acontecer de novo... iiiirk!

    Celica sente o rabinho dela ser puxado váras vezes de leve, mas o consolo tinha um formato de gancho que impedia que escorregasse sem ser puxado com força. A saia dela é levantada, fazendo a moça ranger os dentes e arregalar os olhos. Ela ouve elogios sobre a bunda perfeitinha e olha pra trás com os punhos cerrados, na ânsia de socar a pessoa, mas Nabooru pigarreia e ela se controla.
    - Veja querida que bunda bonita dessa jovem!
    - Não sei, o rabinho meio que atrapalha a vista...

    O homem humano na casa dos cinquenta anos, olha pra Nabooru por cima do ombro de Celica como quem pedisse maior permissão e o clérigo consente com um polegar positivo. Ele fica cócoras e abre a bunda da moça afastando a cauda e exibindo uma correntinha enfiada no ânus dela. A esposa dele, uma dondoca de vestido vermelho, colar de pérolas e um leque com desenhos de Asamura, concorda e elogia a vista, dizendo que precisavam de uma escrava obediente assim. Uma pena que aquela ali não estava a venda.
    - Você tem muita sorte de já ter um mestre, menina, mas se quiser pedir demissão, sua liberdade não vai durar cinco segundos por aqui hehehe.

    Celica engole em seco e espera parar de ser bolinada, pra voltar pro lado de Nabooru. O velho da uma fungada forte no ânus de Celica e dá umas lambidas na vagina dela por trás. O emblema da Condessa no seu peito fazia com que todos os transeuntes lhe dispensassem respeito e acenos cordiais. Do outro lado, Alm parecia estar se divertindo. Um grupo de moças em vestidos semitransparentes acenavam pra ele, enquanto ele fazia poses galantes. O fato de ter um consolo enfiado na bunda, não parecia o incomodar, exceto pelo fato de que não conseguia controlar a dureza de seu membro. Talvez o fato de Nabooru estar na mesma situação e ter demonstrado apreço por ele, o fizesse respeitar quaisquer decisões tomadas pelo elfo. Alm volta pra perto de Nabooru e eles seguem em frente.

    O cão demônio de Domina, capaz de se polimorfar em virtualmente qualquer coisa, havia se transformado num laço borboleta que adornava a cauda do clérigo. Não havia como alguém desconfiar de sua presença a menos que ele quisesse. Possivelmente surgiria de forma fantasmagórica por trás de Nabooru, numa situação de emergência pra intimidar, mas até o momento pra ele, o elfinho parecia estar representando sua senhora de maneira exemplar.
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Ter Maio 28, 2019 12:16 am

    Nabooru observa fascinado para os gêmeos, e pergunta:

    - Oh, perdoem-me pela desatenção. É que eu tive a impressão de já tê-los visto quando atravessei a fronteira de Avalon com Karzek. Vocês foram realocados?

    Os gêmeos olham um para o outro e subitamente riem fininho. Um deles põe a mão sobre sua própria face e diz, “ah, já vejo que não andou muito pelo reino dos dragões do norte, sim? Somos clones, tolinho... Réplicas de um dos mais belos e hábeis guerreiros de nossa historia”.

    O outro gêmeo da um cutucão no colega, repreendendo-o. “Não fale assim com o elfo, não está vendo que é um enviado de Lady Domina? Tenha mais respeito...”.

    - De facto, encontrei-me com criatura de tal descrição, porém, como não me cabia ir atrás de tal exótica espécime, aproveitei que um grupo mercenário vagava por aquelas bandas e apontei-lhes o caminho. Agora se me permitem, gostaria de prosseguir, pois tenho que arranjar uma reunião com o lorde da cidade.

    Os guardas apreciam a colaboração de Nabooru, anotando a informação e liberando passagem. “Tenha uma boa estadia, gatinho”, diz o guarda abusado. O colega o cutuca novamente, dando risada.

     O clérigo observa tudo ao seu redor, formato e disposição dos prédios, pessoas e suas vestes, distinção de pobres e ricos, escravos e comerciantes, limpeza do ambiente e percepção geral das pessoas. Precisava saber se as pessoas viam sua carruagem com curiosidade ou desprezo.

    A cidade de Wyvernia tinha seus prédios com os telhados em V invertido bem angulosos para evitar o acumulo de neve, pois o reino dos dragões do norte era um dos mais frios de Karzek. As pessoas em geral vestiam roupas mais pesadas, com exceção de uma ou outra que fazia uso de alguma magia de controle do frio. Haviam pobres também, mas eram poucos. Tratava-se de uma cidade ate mais bem cuidada do que algumas que Nabooru tinha visitado em Avalon, desmentindo a percepção de que as cidades do reino do mal fossem todas recantos de perversidade e podridão.

    A passagem da carruagem de Nabooru chamava a atenção, ainda mais pelo emblema indicando ser proveniente do Condado de Domina. Parecia que a mestra do elfo das areias tinha um certo prestigio dentro da sociedade do reino dos dragões do norte, afinal de contas.

    Depois de descerem próximo da residência do prefeito, num local mais reservado a alta sociedade de Wyvernia, que Nabooru, Celica e Alm puderam ter contato com um pouco de depravação, afinal de contas estavam em um reino de Karzek. A situação era mais constrangedora para Celica, acostumada com a privacidade que tinha dentro da mansão de Domina, e de sua posição de dominadora.

    Nabooru, que não queria causar caso com os moradores da alta sociedade, controlava a sua serva, que apesar de envergonhada com aquela situação, começou a se excitar com a bolinação. O velho nobre somente não deu um desfecho naquilo, porque o elfo estava com pressa para falar com o prefeito. A dondoca de vestido vermelho consola seu marido decepcionado, acariciando seu membro por cima da calça.

    Alm, que estava com o grupo de jovens que admirava seu físico esguio, retorna todo feliz, e percebe o laço borboleta no rabo do clérigo. Ele coça a cabeça e dá de ombros, duvidando do senso estético de seu mestre.

    Depois de passar por um portão em que dois enormes wyverns azuis montavam guarda, eles avistam a mansão, uma verdadeira obra de arte.

    Spoiler:
    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Mansio10

    Mas os três não precisaram entrar na mansão para encontrar o governador. De uma das janelas da residência sai um vulto voando, iluminado por seu cajado vermelho flamejante. Ele da duas voltas no ar e aterrissa bem em frente do grupo, sendo que Alm e Celica se escondem atrás de Nabooru.

    Tratava-se de um ancião de barbas brancas e longas, de vestes compridas e esvoaçantes, e tendo seu livro de magias a tiracolo. Vento rodopiava a seu redor.

    Spoiler:
    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Giorgi10

    “Nabooru, enviado de lady Domina. Um elfo das areias? Hmm... Interessante, um contraste com a senhora do frio... Seja bem-vindo, sou Giorgi, prefeito de Wyvernia. A que devo a sua visita?”, pergunta com a voz rouca.
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Ter Jun 04, 2019 8:27 pm

    Ao contrário de seus servos medrosos, Nabooru observa com curiosidade a aproximação daquele senhor e permanece em silêncio por alguns segundos enquanto o fitava fixamente de cima pra baixo e pros lados.
    - Sim... é um prazer conhecê-lo também prefeito Giorgi, mas me diga uma coisa... O senhor tem uma aparência meio familiar. Será que não já vi o formato do seu cajado em alguma porta de pirâmide em Al-Khamal? Ou talvez na capa de algum livro? E os símbolos na sua cabeça... O senhor não seria natural de lá né?

    O fato daquele senhor reconhecer Nabooru com facilidade e surgir tão solícito intrigava o clérigo, mas se o homem negasse tudo, o elfo não iria insistir, apenas coçaria o queixo de leve e mudaria de assunto.
    - Então, eu vim aqui a pedido da Lady Domina para que pudéssemos conversar a respeito de muitas coisas, envolvendo a sociedade como um todo, legislação e... lealdade.

    Nabooru mela a ponta do indicador na boca, passa no lóbulo da orelha e aponta pro velho, de maneira rápida e sutil. Se o homem entendesse que o elfo queria falar a sós num lugar mais reservado, teria certeza que era um Al-Khamaliano. Caso contrário ele apenas suspiraria e pediria a audiência num lugar privado.
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Ter Jun 11, 2019 3:38 pm

    Off: vou rolar um teste de conhecimento(arcano) para ver se faz sentido as observações de Nab. Rolando... 5. Nada feito.

    Nabooru tenta puxar de memoria alguns fatos arcanos a respeito do prefeito, mas acabam sendo apenas confusões com figuras parecidas que tinha visto anteriormente. O velho balança a cabeça negativamente, “não, meu caro elfo das areias, meu cajado é um presente do Pashah Efretti Suleman dos planos elementais, enquanto minhas tatuagens são de Prahna.”

    Pelo visto o conhecimento de Nabbie nas artes arcanas precisaria ser aprimorada, caso quisesse impressionar Giorgi.

    - Então, eu vim aqui a pedido da Lady Domina para que pudéssemos conversar a respeito de muitas coisas, envolvendo a sociedade como um todo, legislação e... lealdade.

    Off: ainda pode ser que Giorgi seja de Al-Khamal... Vou fazer uma rolagem de sorte de 50%, usando 1 ponto de Ero de Nab. Rolando D20... 16! Deu sorte!

    O sinal secreto das areias é compreendido pelo prefeito, que leva a mão em forma de punho em frente da boca e tosse. Ele então retira um barbante de uma algibeira, e depois de dizer palavras arcanas, a mesma se torna uma corda, que permanece esticada para cima. O velho põe as mãos na corda e sobe, desaparecendo em pleno ar! Nabooru faz o mesmo, e logo se encontra dentro de um pequeno espaço extra-dimensional, onde mais adiante encontra Giorgi sentado em posição de lótus.

    “Muito bem, Nabooru, vejo que realmente não esqueceu os costumes de nossas terras... Porém gostaria de saber o porque de conversarmos em local reservado, principalmente no que se refere ao quesito de LEALDADE... fique tranquilo, estamos a salvo de qualquer escuta ou possibilidade de rastreamento”, diz em tom serio o velho mago.
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Qua Jun 12, 2019 4:38 pm

    Offtopic: Me fez esperar muito, vou compensar escrevendo muito... Very Happy

    Nabooru diz aos seus criados para lhe aguardarem ali e que caso fossem molestados, dessem total permissão, afinal, eles estavam ali como embaixadores e não poderiam mostrar descortesia aos anfitriões. O elfo faz olhos cerrados em direção a Celica demonstrando que tava de olho especialmente nela, mas tão logo ela demonstra concordar com os termos, ele lhe dá um beijinho na bochecha e diz que tudo dará certo. No fundo, ele já esperava que os dois seriam estuprados em sequencia, mas... bem vindos a Karzek não é...?
    - Não se preocupem, eu não devo demorar.

    Nabooru sobe a corda, mas em meio ao esforço sua cauda escorrega, mas ele não volta pra pegar, pedindo pra que seus criados a guardassem. Celica e Alm se entreolham na indecisão de quem iria guardar o objeto, mas Celica o pega guardando no bolso do vestidinho. Finalmente lá em cima e entrando no local, Nabooru fica extasiado com o ambiente. Parecia um pequeno quarto, mas com tapetes, almofadas e cortinas estilosas e por alguns instantes ele se sente em casa o suficiente pra deixar uma lágrima rolar.
    - O senhor tem muito bom gosto, Sr. Giorgi. Mas irei direto ao ponto...

    Nabooru faz um "breve" longo resumo de como sua vida virou de cabeça pra baixo desde o dia em que estava com as futas de Al-Khamal e fatidicamente indo parar na fronteira de Avalon com Karzek, até chegar ali. Al-Khamalianos apreciavam histórias "das arábias", então sabia como contar sem aborrecer seu interlocutor, incluindo gestos e expressões faciais para as situações mais dramáticas. Obviamente não poupou a afronta que fez pra Senhora dos Sonhos, pros nobres de Brookland e culminando com a Lady Domina. A meio caminho da história, Giorgi já se encontrava deitado de lado com o  cotovelo no chão, uma mão apoiando a cabeça e a outra batendo uma punheta. Seu pau gigante de 25cm latejava de desejo, parecendo uma cobra naja hipnotizando o rapaz. Com todo o contexto entregue, que levara cerca de pouco mais de uma hora pra contar, Nabooru finalmente chega ao motivo de pedir pra falar a sós. Àquela altura, o clérigo já estava sob o prefeito em posição 69, lambendo o cacete dele enquanto a língua de Giorgi, que se alongava como uma serpente abria caminho no ânus de Nabooru, deixando-o em êxtase profundo. Com um tapinha na bunda do elfo, Giorgi fica deitado de costas, seu pau em riste e Nabooru começa o processo de sentar naquela rola enquanto rebolava. Era a visão do paraíso para o prefeito. Nabooru foi realmente capaz de enfiar tudo no cu até o talo. Seus olhos já reviravam de prazer. De cócoras, ele leva algumas estocadas, dor e prazer se misturando de forma igual. Com poucas metidas, Nabooru acaba ejaculando, seu corpo desabando sobre o prefeito, sua língua de fora e os olhos revirados.


    - Gostou danadinho? Sentiu falta das pirocas de Al-Khamal não é? Nunca vi alguém rivalizar com o meu. Aliás, você é realmente uma joia rara. É o único Al-khamaliano que conheço que tem um pinto minúsculo. Chegou a ser divertido vê-lo girando enquanto você rebolava e gozava. Acho que você quase nasceu mulher... Mas continue de onde parou por favor. A história estava encantadora.

    Giorgi alisava os cabelos de Nabooru com carinho e o meio-elfo volta a si, olhando sorridente pro seu macho. Em seguida o meio-elfo deita de costas enquanto Giorgi o penetra por cima. Ele então diz finalmente compreendeu os sonhos que recebia. Diz que viera a Karzek pra livrar aquelas terras da opressão de Shadowlady. Encontrara em Domina, uma dominadora cruel, a pessoa certa pra lhe ajudar. Mitz em sua forma futanari, tinha o pênis reto, mas gozava em linhas tortas. O fizera passar por varias atribulações a fim de testar sua fé e ali estava ele, mantendo-se firme em sua missão divina. Nabooru pergunta se Giorgi era fiel a alguma das deusas. Imaginava que fosse Solaris, mas certamente não tinha cara de ser a deusa das trevas.
    - Eu estou num processo de convencer a Lady Domina de que governar com o amor das pessoas por ela, era muito melhor que pelo medo. Que era melhor ela ter aliados fiéis do que pessoas que podem mudar de lado assim que virem alguém mais forte. E eu quero provar minha teoria fazendo justamente isso: Depondo Kawaii Val de seu trono.

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 I9zbYrB

    Nabooru sente o jato quente da gozada invadir suas entranhas com força e em quantidade equiparável as futas do deserto. Não apenas sente vazar pelas laterais como quase sente vontade de regurgitar, mas mantém a boca fechada. O esperma do velho chega a sair pelo seu nariz, fazendo Nabooru engasgar e cuspir um pouco da porra. Ele arregala os olhos não aguentando mais e desmaia. Logo uma grande quantidade de porra vaza de seu ânus bastante prolapsado. Giorgi se afasta e urra de prazer como há muito não sentia, chegando a gargalhar com seu pênis amolecido depois de anos.


    - CARALHO, ELFO... Há dois anos eu usei uma magia em mim mesmo, fazendo com que meu esperma acumulasse um litro por ano pra ser solto no dia que eu experimentasse meu melhor sexo. Eu acabei de gozar dois litros em você, quase enfartei! Você queria me matar, PUTINHA? Haaaaaaahahahaha! Huff, huff, huff, aaaaah, por favor conta essa de novo que eu não ouvi direito... você quer destronar QUEM??

    Na verdade era Nabooru que estava a beira da morte, sufocado com aquele esperma todo. Giorgi estala um dedo, limpando o pulmão do meio-elfo que volta a respirar e acorda tossindo em meio a toda aquela porra no chão. Prostrado Nabooru olhava agora pra um Giorgi musculoso e desnudo, pica respingando e olhar inquisitivo. Precisava ter certeza de que o rapaz falava sério. Nabooru sempre honesto e "homem" de fé, repete a sentença:
    - Quero depor Kawaii Val de seu trono! Cof! E colocar a Lady Domina no lugar. Cof! cof!

    Nabooru aguarda a resposta. Naquela situação, não fazia a menor ideia se o Giorgi era um potencial aliado esperando o momento certo pra se unir a uma nova causa, ou se acabara de revelar seu plano pra algum inimigo lambe-botas da Imperatriz Negra. Esperava ser o primeiro caso.


    Enquanto isso do lado de fora...
    Celica e Alm olhavam pra cima no aguardo de seu mestre, quando de repente o buraco dimensional se fecha e a corda vira purpurina. Eles olham pra trás e se veem observados por sete homens negros musculosos e nus, masturbando levemente seus pênis. Percebendo melhor, um deles que parecia o líder e estava no meio, tratava-se de um minotauro. Ele fala com os servos:
    - Sou o Capitão da Guarda Xerxes III e convoquei meus melhores homens para dar a vocês dois as nossas boas vindas...

    O casal engole em seco paralisados de medo e sem tirar os olhos daqueles homens, Celica diz:
    - Vo-você pega o mi-minotauro?

    Celica e Alm não têm muito tempo de reação. Xerxes III agarra Alm e rasga as roupas dele puxando o rabo de gato sem cerimônias e erguendo-o pelo pé. Sentindo aquela boca bovina enorme sugar sua genitália enquanto a língua invadia seu ânus, deixa o rapaz sem vontade de reagir. Era agora uma fêmea para aquele monstro e ninguem viria lhe salvar. A rola monstruosa do capitão batia em seu rosto, mas o êxtase deixara seus músculos amolecidos.

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 JsUGAXI

    Quando considera o femboy lubrificado o suficiente, o minotauro o coloca de quatro e como um verdadeiro cavaleiro, introduz um dedo (enorme) no ânus de Alm, fazendo o rapaz gemer e pedir pra ser penetrado. Xerxes põe a cabecinha devagar, pra depois enfiar o mastro por completo. Alm estava de olhos arregalados pois a dor era quase insuportável. Pra sua sorte, o minotauro era civilizado e tentava no limite do possível não partir sua fêmea ao meio. Seria uma experiência que ele jamais esqueceria. Sua visão estava quase apagando, mas ele ainda conseguia ver a alguns metros a sua frente, a pobre Celica sendo sêxtupla penetrada pelos demais guardas do prefeito. Naquele momento, os dois só conseguiam imaginar se não teria sido melhor terem escolhido o lugar do outro. Os guardas super flexíveis e habilidosos na arte erótica, penetravam Celica por todos os seus orifícios sexuais. Dois no ânus, dois na buceta e dois na boca. Era tanto esperma que ela imagina que o cheiro jamais largaria do seu corpo nem com dezenas de banhos.

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 ETfCcY2

    Pertinho dali no meio da calçada, a gravatinha borboleta observava com ira o fato de Nabooru ter conseguido sair do seu campo de visão...
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Qua Jun 19, 2019 8:13 pm

    - Quero depor Kawaii Val de seu trono! Cof! E colocar a Lady Domina no lugar. Cof! cof!

    Giorgi observa um Nabooru que com tanto esperma parecia ter sido atacado por algum slime branco. O velho passa a mão cuidadosamente pela barba branca, e o abdômen bem formado estava contraído. Não era possível saber se era uma ilusão, ou se o ancião realmente malhava todo dia.

    O cheiro de Nabooru começou a incomodar as narinas do mago, que com outro estalo de dedo invocou um servo invisível para limpar aquela porra toda. “Não sei se você é doido por ter esta ideia, ou se por contar para um servo da Imperatrix Kawaii Val, jovem!”, comenta em tom neutro. “Mitz deve ser a sua deusa da sorte, pois não sou seguidor de Shadowlady, e sim de Solaris... Não morro de amores pela Imperatrix, se quer saber...”

    Antes que o elfo das areias pudesse se animar, Giorgi aponta o dedo em riste no nariz de Nabbie. “Isto não quer dizer que a odeie... Afinal de contas, o reino dos dragões do norte é deixado relativamente em paz pela Imperatrix, e podemos governar nossas terras da maneira que bem entendemos... Criamos nossos clones, nossos wyverns, nossas magias, sem ninguém nos encher a paciência, falando se algo é ético ou não. Trabalhamos em nome da arte da magia, e Kawaii Val nos permite isto... Quem garante que Lady Domina fará o mesmo?”

    Com uso de telecinese ele puxa uma cadeira e se senta. “E só lembrando que o reino dos dragões do norte é apenas um entre muitos que fazem parte de Karzek. Vou enumerar para você os outros que voce vai ter que contar com o apoio: Keldonia, com o Warlord Keldon e seu vasto exercito; os imprevisiveis vikings das Terras Geladas; os desconfiados Duergar das Profundezas Sombrias; os gigantes de 4 braços e os nagas de Veda; as leais futas de Dahl Mallos; e finalmente o rico reino de Roterdã, comandado por Caine.”

    Giorgi da uma gargalhada alta, e continua rindo ate limpar uma lagrima do olho. “Desiste desta ideia, meu elfinho... Desista de Lady Domina e fique do meu lado. Não perca seu tempo com uma ideia que não dará certo...”, diz, fazendo o convite.
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Qua Jun 19, 2019 10:03 pm

    Nabooru ouve todas aquelas palavras de Giorgi com os olhos marejados. No fundo ele sabia que era uma missão impossível pra ele. Não fazia a menor ideia do porquê recebera aquela missão. Fazendo um retrospecto de tudo o que ele passou, diria que os sonhos que recebera em Al-Khamal nunca fora um chamado da Deusa. Tava mais pra alguma influência maligna querendo abusar dele. Desde que deixou sua terra natal, perdeu amigos, foi traído, abusado, escravizado e servido gente maligna.
    - Diga-me prefeito Giorgi, o que foi que eu fiz pra merecer isso? Quando entrei em Karzek senti a presença da Deusa diminuir, mas uma diaba me convenceu a seguir em frente. Acho que nem é mais ela que me confere meus poderes atualmente. Eu estou a serviço do mal...

    Nabooru segura seu símbolo sagrado, caindo de joelhos e começa a chorar copiosamente.
    - Lady Domina tem um demônio fiel a ela que a obedece. Se eu ousasse me voltar contra ela, ele me devoraria. Ficar aqui vai apenas atrair a ira dela pra você. Você pode não temê-la, mas eu prefiro não criar tensões entre vocês.

    O elfo se senta recostado a cama, olhando para o chão, braço solto, seu amuleto quase escorregando da mão.
    - No caminho pra cá me deparei com uma demônia fugitiva. Não sabia o motivo dela estar fugindo, mas a ajudei a escapar de seus caçadores. Eu a invejei naquele momento. Queria encontrar alguém como eu, que me ajudasse a escapar. Mas parece que minha deusa da sorte não consegue me encontrar aqui. Tudo o que eu queria, prefeito Giorgi, era voltar pra Al-Khamal. Morro de saudades de casa. Eu não me vejo com vida pelos próximos dias, o que é uma pena. Nada mais triste pra um Al-Khamaliano morrer longe de casa...

    O clérigo se prepara pra descer pela corda. Sua primeira missão pra Lady Domina havia falhado. Não sabia nem como iria dizer isso a ela.
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2403
    Reputação : 148
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Hellkite em Ter Jun 25, 2019 11:02 am

    - Diga-me prefeito Giorgi, o que foi que eu fiz pra merecer isso? Quando entrei em Karzek senti a presença da Deusa diminuir, mas uma diaba me convenceu a seguir em frente. Acho que nem é mais ela que me confere meus poderes atualmente. Eu estou a serviço do mal...

    Giorgi ouve aquele momento de desabafo e fraqueza, e se lembra de seu passado pobre e judiado, uma criança escrava em Al-Khamal. Ele se aproxima de Nabooru e passa a mão em sua cabeça carinhosamente. "Assim como eu já fiz, voce se pergunta sobre o que as deusas decidiram em seu destino... Neste momento o conselho que eu te dou é que se volte para as suas origens... Conhecendo seu passado pode te dar uma base firme para ver seu papel no presente”, diz, em tom simpático.

    - Lady Domina tem um demônio fiel a ela que a obedece. Se eu ousasse me voltar contra ela, ele me devoraria. Ficar aqui vai apenas atrair a ira dela pra você. Você pode não temê-la, mas eu prefiro não criar tensões entre vocês.

    O prefeito acena com a cabeça. “Tambem não quero entrar em conflito com a Condessa... Já tenho dores de cabeça demais com a administração da minha pequena cidade de Wyvernia.”

    - No caminho pra cá me deparei com uma demônia fugitiva. Não sabia o motivo dela estar fugindo, mas a ajudei a escapar de seus caçadores. Eu a invejei naquele momento. Queria encontrar alguém como eu, que me ajudasse a escapar. Mas parece que minha deusa da sorte não consegue me encontrar aqui. Tudo o que eu queria, prefeito Giorgi, era voltar pra Al-Khamal. Morro de saudades de casa. Eu não me vejo com vida pelos próximos dias, o que é uma pena. Nada mais triste pra um Al-Khamaliano morrer longe de casa...

    Parecia que essa informação muito interessou Giorgi, pois o mesmo arregalou os olhos e esfregou as palmas das mãos. “Hmm, interessante, quer dizer que ela não está muito longe... Mas fique tranquilo, quando a encontrar, tratarei muito bem dela... E para você darei um presente, muito em breve, descobrira qual...”, diz enigmaticamente.

    O elfo das areias se despede, e Giorgi reponde com um simples aceno de mão. “Se as deusas permitirem, nos encontraremos de novo, meu jovem...”

    Nabooru inicia então sua descida pela corda, mas escorrega e cai. O elfo se prepara para o impacto, porém para sua surpresa ele aterrissa em uma coisa fofa, e sai rolando para baixo, numa ladeira... Conforme vai rolando, ele ve os grãos de areia girando com ele... Areia?

    Ao final da queda, ainda tonto, se levanta cambaleando... Estava no sopé de uma grande duna de areia!
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Ter Jun 25, 2019 1:21 pm

    Nabooru olha incrédulo pro horizonte e se belisca acreditando estar num sonho. Será que havia retornado pra o Reino da Senhora dos Sonhos? Ele se ajoelha, segura um punhado daquela areia quente e deixa o vento levar. Era bom demais pra ser verdade. Não demora pra que ele começasse a rir e chorar de alegria ao mesmo tempo. Ele logo se deita e começa a agitar os braços como se tivesse nadando, mesmo parado no lugar.
    - Estou em casa! ESTOU EM CASA! Obrigado Deusa! Eu sabia que não havia me esquecido! Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!

    O elfo volta a ficar de joelhos, ainda sorridente, mas então assume uma expressão séria. Quantas pessoas ele havia conhecido, algumas boas, outras más. Sentia pena de Alm e Celica, mas eles já tinham uma dona e infelizmente não poderia trazê-los consigo. Já Arlequina... quem diabos se importa? Descobrir que ela era uma pessoa má cortou todos os laços de simpatia que o clérigo tinha por ela. A despeito dos percalços que teve em Avalon, ele admite que havia sido sua melhor temporada fora de casa. Lady Amy e Argus ficarão pra sempre em seu coração e espera revê-los um dia. Pergunta-se se sua carta havia chegado ao Papa a essa altura e que tipo de atitude ele tomaria.
    - Ai ai... hora de voltar pra casa... (diz Nabooru se levantando e começando a andar na direção que o vento empurrava).
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi
    Sailor Paladina
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 295
    Reputação : 12

    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Sailor Paladina em Sex Jun 28, 2019 1:47 pm

    Nabooru caminhava alegremente pelas areias escaldantes embaixo daquele calor. Para alguém nativo de Al-Khamal, aquele era um dia normal e refrescante. Ver a silhueta de sua cidade natal ao longe apenas lhe dava mais vontade de continuar andando em sua direção.
    - Finalmente estou voltando pra CASA!


    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 TRxvnu2

    De seu trono, Lady Domina observava seu aquário de areia, acompanhada de seu cão-demônio. De cada lado, com bandejas nas mãos, estavam Alm e Celica, despidos e ajoelhados. Ambos em coleiras de ferro, exibindo marcas de chicotadas por todo o corpo.
    - Este é o destino daqueles que me traem. A sorte de vocês dois é que só fizeram falhar...


    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Yr5NXju

    Fim das aventuras do Nabooru.
    Conteúdo patrocinado


    Nabooru (HK) - Sailor Paladina - Página 6 Empty Re: Nabooru (HK) - Sailor Paladina

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Jul 17, 2019 11:59 am