Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Kaliel - Zignon

    Compartilhe
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Sab Jul 22, 2017 8:05 pm

    Devidamente acomodado em uma posição segura, Kaliel presta atenção no que esta acontecendo no interior. Ele reconhece bem as meninas, Vicky e Lynn, e as duas estão abraçadas com um mulher mais velha. Ela tinha os cabelos brancos longos, preso com uma fita vermelha e com duas grandes mechas de cabelos acomodadas a frente das orelhas.



    Lynn estava toda animada, sorrindo. “Norma, Norma, estávamos com saudades de voce! Faz tempo que não temos nossas aulas! Fizemos os treinos como voce pediu!”, diz em tom alegre.

    Vicky logo troca o sorriso por um biquinho. “Mas temos uma péssima novidade. Papai chamou um tutor pra ficar de olho na gente. E o cara tem um olhar safado... Acredita que ele viu a gente pelada? Haha, e depois ele vem querer dar uma de bonzinho!”, retruca, batendo o pé.
    A irmã nega com a cabeça. “Não é verdade Vicky, foi um mal-entendido. Ele só veio falar que papai teve um daqueles ataques, só coincidiu da gente estar trocando de roupa...”

    “Tá, e você acredita nisto? Você é muito inocente, acho que até acredita que os bebes nascem em repolhos...”, tira sarro Vicky. As duas começam a puxar os cabelos uma da outra, até que a mulher chamada Norma intervem.

    “Parem com isto, vocês duas! Voces já estão na parte final do treinamento, e não temos muito tempo. Mostrem o que vocês sabem fazer!”, ordena a professora, que então se afasta e senta-se num monte de feno.

    Antes de dançar, Vicky permanece com as mãos na cintura, encarando a professora. “Por que a gente tem que se vestir deste jeito? Nossos peitos estão quase saindo pra fora, e nossa saia está tão curta que sinto frio até a minha alma! Não é a toa que papai briga com a gente!” Lynn da uma risadinha com o palavreado da irmã, mas acena com a cabeça. “E o que esta dança tem a ver com tudo o que a gente aprendeu ate agora?”, completa Vicky.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    a professora

    Mensagem por zignon em Sab Jul 22, 2017 11:26 pm

    Kaliel fecha um olho para focar melhor a cena, as meninas estão ali, seminuas, com as microssaias e microtops, roupas muito sensuais e reveladoras, o tesão volta a me atormentar, mas vejo um jovem de seus 25 a 27 anos no centro da área central, com roupa de professora, bem formal e cabelos brancos com longas mechas a frente das orelhas, ela é muito bonita, mas devido as roupas parece mais velha do que realmente é. Dá para ver que tem um bonito corpo, com bunda arrebitada, pernas grossas e seios médios.

    As meninas abração a moça chamando ela de Norma e Lynn fala que está com saudade e que faz tempo que não tem aula de treino da dança e que tem treinado bastante para praticar e a Vicky faz uma cara de poucos amigos e lembra a professora que elas têm um problema, o pai arrumou um tutor que é muito bonito e atraente, mas tem cara de safado e já as viu nuas, nesse ponto a Lynn a interrompe para dizer que não bem assim, que foi tudo um mal intendido.

    A Vicky faz gozação com a irmã e as duas começam a puxar os cabelos umas da outra, para alegria de Kaliel, pois os peitinhos de ambas saem dos tops e ficam balançando para lá e para cá, até que a professora, dá um gritinho de basta e manda as duas parar, falando que não tem tempo a perder e quer que elas mostrem o progresso dos seus treinos e vira-se mostrando sua bundinha gostosa com um leve rebolado e senta-se num monte de feno para assistir à audição das duas.

    Kaliel fica encucado com o porquê deste encontro na madrugada, muito estranho essa professora erotizar essas jovens garotas embora eu não tenho nada contra e a seriedade dela contrasta com a alegria da Lynn, não parece ser, digamos, uma amiga das meninas, mas sim usando as meninas para um propósito, Kaliel acha que ela não está sendo totalmente honesta com as meninas e lança um detectar magia para ver se a mestra está enfeitiçando as gêmeas.

    Nisso a Vicky antes de dançar coloca as mãos na cintura e questiona porque elas têm que usar essas roupas tão curtas e provocantes, e arruma os seios dentro do top, - Papai está fulo da vida conosco e esse tutor vai ficar na nossa cola. A doce Lynn ri do linguajar da irmã e arrumando os peitinhos também e concordando com a irmã pergunta o que a dança tem a ver com o que elas vêm aprendendo com a mestra.

    Kaliel aumenta seu grau de preocupação, seu pênis lateja que até dói, mas a preocupação não deixa curtir a nudez parcial das meninas, pois agora ele ouviu que provavelmente está tendo uma doutrinação em cima delas, será que essa dança é um ritual? E a lavagem cerebral é feita como se fosse uma aula? Será uma bruxa ou um ser do mal disfarçado? Essas perguntas só podem ser respondidas se ele continuar a sua observação para ver mais indícios e que tipo de dança as meninas praticarão e qual a resposta que a professora norma dará para as meninas e se é que dará?

    Kaliel olha para o seu texugo e faz sinal de silencio para ele e continua na sua observação com sua mente a mil e os olhos extremamente focados e atentos a toda área da cena!
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Seg Jul 24, 2017 7:06 pm

    Kaliel continua escutando interessado aquela conversa, ao mesmo tempo que se delicia ao ver os belos atributos das meninas, vestidas com aqueles trajes sumários que pouco escondiam. A professora Norma também era muito sensual, com um belo corpo violão de traseiro arrebitado.
    A professora faz um sinal para que as garotas se aproximem.

    “Vicky, Lynn, entre as 7 deusas de nosso mundo, a mais poderosa de todas é Erotika, deusa da sensualidade. E ela é uma deusa bem presente, que ouve as preces de cada um e dá a sua benção. Nós todas oravamos no inicio das minhas aulas para que Erótica ajudasse vocês no aprendizado, algo que ela nos concedeu. O que vocês vão fazer agora é um ritual para Erótika, em agradecimento ao rápido aprendizado, na forma de uma dança sensual,” diz, em tom professoral.

    Kaliel, que ouvia aquelas palavras, não sabia realmente dizer se tudo aquilo era verdade, talvez por que estivesse por demais distraído vendo os decotes das irmãs. Porém aquilo convenceu as meninas, que se prepararam para iniciar a dança. Norma pegou então seu alaúde e começou a dedilhar as notas de uma melodia rítmica e serena.

    Elas começaram então a fazer suas performances, que envolviam postura, movimento com as mãos e alongamentos. Kaliel mal podia acreditar, vendo aqueles seios juvenis balançando e a forma de suas xaninhas pelo tecido fino de suas calcinhas. Porém a partir de um certo momento a musica ganha mais ritmo, e então elas começam a rolar e a girar, passando uma pelas costas da outra, e depois a realizar movimentos acrobáticos envolvendo saltos mortais e estrelas. Eram coisas que elas não tinham feito antes na beira do rio, e que provavelmente elas deveriam ter treinado bastante para chegar naquele nível de habilidade.

    Ao final elas se curvam em uma reverencia a Norma, que bate palmas. “Parabens, meninas, parabéns! Falta muito pouco para concluírem seus treinamentos... Agora...”, começa a dizer, porém ela interrompe e fica em estado de alerta.

    “Ouvi sons... Fiquem quietas, meninas!”, diz a professora, deixando o bandolim de lado e olhando ao redor do barracão.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Seg Jul 24, 2017 11:07 pm

    Kaliel observa como a professora domina fácil as garotas e logo as controla e fugindo das perguntas afirma que a deusa Erotika é a maior entre as sete deusas e que elas precisam honram e agradecer a deusa com a dança que ensaiaram.

    Kaliel fica satisfeito de saber que a professora serve a deusa Erotika e que aquela dança é um ritual de agradecimento pela graça do aprendizado que a deusa concedeu as gêmeas, bem que devia ter desconfiado que aquela professora só podia ser uma serva da deusa, com aquela roupinha apertada, corpo de violão, seios apetitosos e uma bunda que era uma tentação, com esses pensamentos Kaliel relaxa e começa a ter uma ereção enquanto a professora pega seu alaúde e inicia os primeiros acordes.

    O que Kaliel começa a ver supera suas expectativas, as meninas iniciam movimentos como gatas se espreguiçando, movimentos repletos de erotismo e começam a se contorcer como cobras no cio, e uma evolução de peitos para cima e para baixo e calcinhas finas delineando cada detalhe dos seus púbis e vulvas inchadas de tesão, e começas a se esfregar uma na outras e a dar movimentos mais rápidos e acrobáticos que se tornam hipnóticos e Kaliel sente um jorro de esperma em sua vestes, que o chamou de volta a realidade e mais relaxado.

    As meninas tinham evoluído com perfeição e fizeram vários movimentos que não tinham feito na ocasião do banho de rio e ao terminarem de forma primorosa recebem o elogio da professora que se distraí e com as pernas entreabertas deixa Kaliel ver seu sexo protuberante e rosáceo e perdido nesta visão que nosso anjo vê a professora se recompor e levantando-se faz um gesto de silencio para as meninas e fala sussurrando, obrigando Kaliel a apurar sua audição para ouvir ela fala que ouviu um barulho  e fica olhando em volta procurando a origem.

    Kaliel raciocina, que o barulho não pode ser seu e olha ao redor para ver se seu texugo tinha feito algum som que despertasse a professorinha do seu transe e se prepara para agir caso necessitasse...
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Ter Jul 25, 2017 1:55 pm

    Kaliel quase explode de tesão ao observer os corpos deliciosos e juvenis das meninas ao realizar o rito de agradecimento a Erotika. E permanecia em duvida se deveria acompanhar as irmãs, ou o corpo fenomenal da professora Norma.

    Porém o som repentino quebra a mágica do momento, fazendo com que mesmo Kaliel ficasse preocupado procurando pela origem daquele som.

    Não demora muito e entram por 1 fresta do celeiro abandonado 3 homens mal-encarados e brutos. Eles se dispõe lado a lado encostados na parede, com seus membros duros para fora da calça.

    Norma vai para trás em direção das meninas para protege-las. Vicky e Lynn se encolhem atrás da professora, com medo e envergonhadas por verem os penis daqueles homens. A professora fica indignada, e fala em voz alta, “que desrespeito é este? Como se atrevem a ficarem mostrando seus órgãos para nós?”

    Um homem barbado e gordo cutuca o colega do lado. “Não disse que tinha umas mulheres gostosas dançando de noite por aqui? Já bati varias pra elas vendo, mas acho que isto não é o suficiente...”

    Um outro que era magrelo e dentuço da uma risada nervosa. “Pois é, Brok, são boas mesmo...

    Achamos uma mina de ouro neste reino... Quer dizer que debaixo desta roupa toda tem mulheres gostosas por aqui, Art...”

    O terceiro era alto e forte. “Chega de papo, Kob. Meninas, tem um pra cada uma de vocês... É só escolher...”
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    tensão na noite

    Mensagem por zignon em Ter Jul 25, 2017 3:35 pm

    Kaliel observa em volta e vê uma movimentação de sombras nas frestas opostas do prédio, pela alternância de luz e sombra são três pessoas grandes e conjuro armadura arcana e pego meu arco e me posiciono aguardando o pior como o arco mirando na cena.

    Porem quando chegam os elementos é pior que parece, três homens nus com os pênis exposto saem das frestas e se perfilam na parede, as meninas estão a seis metros de mim, a professora encontra-se a nove e os tarados a doze metros, a professora recua para junto das meninas e as abraça repreendendo os homens pela falta de respeito e compostura.


    Os homens manipulam seus órgãos sexuais e estão despidos e não apresentam nenhuma arma aparente e comentam jocosamente o banquete que tem a frente e já dividem uma para cada um, o gordo e barbudo cutuca o magro e dentuço enquanto o alto e forte faz menção de ir em direção as garotas e quando isto acontece aproveito a surpresa deles não saberem da minha presença e coloco a cabeça postada no buraco entre duas tabuas e remeto um jato de ácido no mais forte e alto que estava em atitude mais agressiva e após o ataque dou um passo e adentro ao recinto sem fazer barulho.


    mecânica:
    vou rolar 2d6 para saber o dano do sopro dracônico, relexo diminui para metade se ele não estiver surpreso (cd 14) e vou rolar 1 d20+1 como iniciativa se voce considerar que eles não estão mais surpresos.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Qui Jul 27, 2017 10:23 pm

    Buscando a força arcana de sua herança draconica, Kaliel invoca o poder ancestral na forma de uma baforada acida. Sua boca começa a salivar, e sua saliva se torna extremamente vitriolica, com o sabor de um vinagre de máxima acidez. O jato de ácido expelido pela boca sai em linha reta, gotas caindo ao solo e emitindo um vapor verde.

    O homem alto e forte percebe o ataque e tenta se desviar, mas ainda assim parte do liquido se espalha sobre seu peito. Fumaça começa a emergir numa névoa branca e verde, o som de algo escaldando em agua fervente sendo ouvido junto com seus gritos. Seu peito fica todo deformado, cheio de bolhas e feridas, a carne meio derretida.

    A cena é chocante, provocando a surpresa em todos ali presentes. Somente depois que se passaram aqueles primeiros instantes que as irmãs gritam em uníssono: “Kaliel?”

    NRPG: Resistiu em reflexo, 3 de dano no bandido chefe.
    NRPG: Iniciativa Mulheres 19, Bandidos 12, Kaliel 6

    A barda coloca a mão sobre os ombros de Vicky e Lynn, que se viram para encara-la. “Esta é a hora de mostrarem sua coragem e colocar em pratica os ensinamentos que lhes dei... Lutem!”, ordena com a voz firme Norma.

    As duas meninas, apesar do medo estampado em seus rostos, acenam com a cabeça e cada uma pega um pedaço de pau que estava caído no chão e avançam em direção dos bandidos. Norma observa suas pupilas, enquanto dedilha em seu alaúde uma melodia de inspiração.

    NRPG: Inspirar coragem +1 ataque e dano

    O bandido gordo e o magro olham para as meninas e balançam a cabeça. “Tsk, tsk, meninas... Vocês acham que conseguem machucar a gente com estas madeiras? Vem ca, vem...”, chamam, fazendo sons depreciativos.

    Vicky cospe na cara do gordo. “Não consigo nem ver seu pau no meio desta gordura toda, babaca! E o do outro é mais fino que um palito!”, diz com desprezo.

    Enraivecidos, os dois investem contra as meninas.

    NRPG: AdO 13, 19 Arma Improvisada -4 ataque 1d4 dano. Dano 4+1 e 3+1.

    E de tão enlouquecidos pelos insultos eles se lançam totalmente sem precaução em direção das duas irmãs. Em um movimento sincronizado, ditado pelos acordes da música, elas dão um passo para trás e giram suas tábuas, e cada qual atinge um lado da cabeça dos meliantes, que com a força dos impactos fazem com que um bata na cabeça do outro, multiplicando em 2 a violência dos golpes. Um jorrar de sangue e sons de ossos se quebrando e dentes voando indicam que para aqueles dois, os dias de abuso e violência tinham chegado ao fim. As meninas primeiramente se assustam com o resultado, mas logo se animam, batendo uma na mão da outra e fazendo um sinal de ok para Norma, que acena com a cabeça em aprovação.

    Porém o chefe deles estava alheio a tudo isto. A dor em seu peito o cega de tal maneira que ele só tem um alvo e objetivo: matar Kaliel. Com as mãos prontas para estrangula-lo, ele corre em sua direção.

    NRPG: Arco não permite AdO. Ataque de toque. OK. Teste Forca. Venceu. 3 de dano não-letal.

    Sua fúria é tanta que Kaliel mal teve tempo de se defender. O impacto faz com que os dois vão ao chão, fazendo as costas do herói ficarem doloridas. O aasimar tenta segurar as mãos do bandido, mas a força do oponente é maior, e logo sente o toque de seus dedos envolvendo seu pescoço. Por um breve instante a visão do herói se turva, prostrado no chão e com o ser maligno rindo maniacamente.

    NRPG: Acao de Kaliel. Kaliel esta agarrado, o que limita suas ações.
    NRPG: ação Kaliel é sopro

    Tomado pelo desespero, Kaliel faz novamente uso de seu sopro. O acido jorra de sua boca e toma a face inteira do inimigo, que não tem tempo de gritar. A cabeça se desfaz com o liquido gosmento caindo todo sobre a cara do aasimar.

    NRPG: Fim de combate.

    Kaliel respira com dificuldade e tomba o cadáver por cima de si para o lado. Mal podia ver, e teve que limpar a carne liquefeita do bandido para poder enxergar.

    E deitado ele viu Norma, Vicky e Lynn, de pé ao seu lado. Norma tinha o alaúde e Vicky e Lynn tinham os porretes nas mãos, sendo que Vicky balançava o dela ameaçadoramente.

    A mulher de cabelos brancos se agacha e pergunta, “Kaliel? Este é seu nome? O que diabos você estava fazendo aqui?”
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Qui Jul 27, 2017 11:11 pm

    Kaliel vê o jato do seu sopro avançar no espaço rumo ao corpo do bandido alto e forte, ele havia decidido atacar ele por seu potencial de perigo ser maior e pela sua aparente liderança. O jato o acerta no peito, queimando e dilacerando a sua carne e só não foi maior o dano por ele ter se desviado de última hora, resguardando partes vitais do seu corpo. A professora pega o seu alaúde e grita para as meninas atacarem com haviam treinado e elas o fazem, pegado os dois outros bandidos de surpresa, por subestimarem a capacidade das garotas e caem nesta primeira carga.


    O meu oponente enlouquecido pela dor do meu ataque vem em desabalada carreira o que me proporciona atingi-lo com um golpe seco do meu punho e que não é suficiente para para-lo e com sua força e vigor agarra o meu pescoço e não me deixa outra opção que ataca-lo pois estou ficando sem ar e a visão começa a ficar turva.


    O jato sai da minha boca com violência pois seu rosto está a centímetros da fonte do jato e seu rosto se desmancha ao contato do ácido e se mistura a ele num misto de carne, sangue e ácido, com um cheiro horrível de carne queimada ele morre quase instantaneamente caindo por cima de mim com todo o seu peso quase me esmagando contra o chão.


    Não consigo enxergar nada por um momento e preciso passar a mão para tirar aquela lama pútrida e gosmenta do meu rosto e vejo as meninas e a professora olhando para mim, pasmas com a minha providencial presença e representando este pensamento inquisitivo a Vicky balançando seu porrete na mão pergunta ameaçadoramente: - O que... a professora a interrompe e fala com o alaúde na mão: - Kaliel, este é seu nome, não é? O que diabos você está fazendo aqui? E coloca a mão livre na cintura.

    Estou no chão, com seis longas pernas ao meu redor, que terminam em duas minúsculas calcinhas transparentes e um púbis depilado e rosinha, essa visão celestial me embriaga e deixa-me por alguns segundos parado no tempo me deliciando com ela, porem urge responder ao bater nervoso do porrete da Vicky na palma da sua mão.

    - Vocês estão bem? Alguma de vocês se machucou? Desculpem, não pude evitar de ouvir os passos de vocês duas na porta do celeiro, onde o senhor Karson me permitiu dormir e me preocupei com vocês e as segui, depois vi uma luz irradiando de dentro desta construção abandonada e vejo a professora as recepcionando e a dança maravilhosa que vocês ofertaram a minha deusa, foi quando ouvi passos se esgueirando pela lateral do prédio e os facínoras adentrando no prédio e as ameaçando, não pensei em outra coisa que protege-las meninas, e tudo por fim deu certo, graças a Erotika!

    - Por favor me ajudem, o grandão aí era bem forte, ajudem-me a ir ao rio me lavar, esse cheiro é horrível e quase não consigo enxergar com essa gosma no rosto, lá poderemos conversar melhor... Olho no rosto da mestra, e reafirmo: - Garanto, em nome de Erotika, a quem sirvo, que estou aqui só para ajudar, acredite...
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Seg Jul 31, 2017 6:30 pm

    De sua posição vantajosa, ou desvantajosa, dependendo do ponto de vista, Kaliel explica seu lado da historia, sendo acompanhado pelos ouvidos atentos das três.

    Ainda batendo o porrete na mão, Vicky diz, “não falei que ele era um tarado, Lynn? Veio atrás de nós só pra ver a gente dançar... É igualzinho estes três bandidos safados!”

    Lynn balança a cabeça, e ao olhar para Kaliel, fica vermelha. “Não ouviu o que ele disse, Vicky? Ele estava preocupado com a gente e nos protegeu! Ele matou o grandão!”

    A professora Norma olha nos olhos de Kaliel, reflete por alguns instantes, e oferece a mão para ergue-lo. “Voce arriscou sua vida por nós, e por isto eu agradeço. No entanto, ainda tem muito a explicar... Primeiro, vamos ajudar a limpar esta sujeira toda em cima de voce, porque seu cheiro esta insuportável!”

    As três acompanham Kaliel ate o riacho, ajudando-o a se banhar. A agua estava bem fria, o frio devido a baixa temperatura e ao vento que soprava de madrugada. Vestidas como estavam, Vicky e Lynn batiam os dentes e tremiam, e mesmo Norma acabou se molhando.

    Depois de pegarem suas coisas no barracão abandonado, o grupo foi ate o celeiro da fazenda das irmãs. Lá Norma mandou as meninas irem para seus quartos, enquanto ela tinha uma conversa seria com Kaliel.

    Norma fecha a porta do celeiro com uma trava e se volta para Kaliel. Depois de se molhar no rio, a barda tinha colocado uma nova roupa, que era um vestido vermelho que pouco fazia para esconder suas formas generosas. Pouco abaixo do busto estava uma grande fita vermelha atada em um nó simples.



    Ela se senta confortavelmente em um monte de feno e pergunta, “Kaliel... Seu nome me é familiar... Em minhas andanças por estas terras, ouvi historias a respeito de um belo homem com linhagem draconica, profundo conhecedor e devoto da deusa Erótika... É voce este homem?”
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Seg Jul 31, 2017 10:36 pm

    Kaliel em seu coração fica grato tanto com a defesa de Lynn, quanto da mão amiga da bela professora, apoiado nas duas, manca em direção ao riacho onde se despe em se acocorando recebe as mãos carinhosas das duas, era revigorante aquelas mãos suaves passando pelo seu corpo. Lynn evita seus genitais mais a professora não, e as duas logo se encharcam com aquela agua fria que deixa as suas roupas coladas no corpo e bastante reveladoras com os mamilos protuberantes, quase rasgando as suas roupas.

    Vicky, alheia a essa lavagem geral que recebo das duas, fica pulando na agua divertidamente e completamente molhada, tira a calcinha e a espreme para tirar o excesso da agua, sua buceta, fica completamente exposta para mim e ela nota e provocativamente, separa os lábios vaginais me olhando e dando o dedo médio enquanto sorri sarcástica. A Lynn também tira a calcinha e vejo que sua bunda é mais arrebitada que a da Vicky e quando sua vulva fica exposta na minha direção ela imediatamente fecha as pernas e fica com as bochechas coradas, e espreme a calcinha discretamente.

    Porém a professora, sai da agua e caminha até sua bolsa e se despe completamente na minha frente, que peito, que coxas, que bunda, que olhos, que lábios... é uma escultura de perfeição e se abaixa para pegar algo na bolsa e sua buceta inchada se avoluma com essa flexão e seus peitos durinhos se projetam sensualmente. Neste momento, a lembrança dela lavando cuidadosamente meu pênis, quase que o masturbando me deixa prestes a um orgasmo, mas me seguro ao vê-la começar a vestir um vestido vermelho sem nada por baixo e amarrado apenas por um precário e frouxo laço vermelho.

    Partimos rumo ao celeiro que agora é minha casa e lá a professora despede as meninas para os seus quartos e entra comigo e trava a porta logo atrás dela, senta-se confortavelmente num monte de feno que eu tinha arrumado e fala que meu nome não lhe é estranho, que nas suas andanças por essa região ouviu falar de um belo homem com linhagem dracônica, profundo conhecimento e grande devoção pela deusa Erotika. E olhando para me com os olhos sedutores, pergunta-me se eu sou este homem de quem ela ouviu.


    Balançado afirmativamente a cabeça, Kaliel diz que sim, e a lembra que como bom devoto e conhecedor da ritualística da devoção da deusa, devem fazer o ritual da tríplice gratidão a deusa, agradecendo pelo livramento, pelas dádivas sexuais e por conhecer novos adoradores e tocando no laço do seu vestido, o laço se desfaz revelando o corpo nu da professora e tirando sua túnica e a jogando de lado, oferece seu pênis em riste para aquela boca entreaberta que o fita.


    A professora se ajoelha a sua frente e abocanha o seu falo que após algumas idas e vindas daquela boca de seda, ejacula abundantemente na sua cavidade oral, a professora olhando nos seus olhos espoe sua linha repleta de seus esperma e o engole completamente, ficando com um brilho do seu poder na boca e novamente engole seu membro e o lambe de cima a baixo e beija e lambe seus testículos voltando a chupar gostosamente seu pênis até que ejacula novamente e novamente ela expõe sua língua cheia do seu sêmen, e estalando a língua e a virando de um lado para o outro, engole tudo enquanto revira seus olhos e volta a engolir o mastro pulsante de Kaliel e tocando nos seus seios se masturba enquanto sua boca faz um frenético vai e vem até que um terceiro jato de esperma, enche sua boca, mela todo seu rosto e cabelo e ainda sobra várias gotas nos  seus seios. Kaliel espalha o esperma pelo tórax da professora acariciando seus mamilos e diz para ela: A deusa por enquanto está satisfeita, antes de fazermos a nossa entre ritualística de união dos corpos, precisamos conversar...


    Kaliel a olha com muito carinho no olhar e diz: -É um imenso prazer encontrar uma serva da deusa tão talentosa e bela como você, sabe, fez um ótimo trabalho com as meninas e preciso que me ajude a ajuda-las, não me lembro de nada que se passou de ontem para trás, apenas sei que amo Erotika e sei todos os seus rituais, mais não me lembro como cheguei a este reino, mas quando vi as meninas sabia que minha missão estava relacionada a elas e conquistando a confiança do pai das meninas me tornei o tutor delas e agora podemos continuar as aulas delas com minha proteção, você mora sozinha na vila? Os treinos são em sua casa? Você acha que seria melhor eu morar contigo e as meninas irem se encontrar comigo lá? Que você acha? São tantas perguntas... pense enquanto terminamos o ritual da entrega dos corpos, deite-se ao meu lado enquanto nossos corpos se fundem e depois me dê as respostas... E me deito enquanto seguro a sua mão.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Ter Ago 01, 2017 10:50 am

    A professora participa de todos aqueles momentos íntimos com Kaliel com muito prazer e tesão, utilizando de suas técnicas para proporcionar prazer de diferentes maneiras, e manifestando uma certa surpresa ao presenciar a resistência e rápida recuperação do aasimar. “Tres vezes? Erotika realmente o abençoou, Kaliel, normalmente os homens aguentam no máximo duas”, diz, enquanto limpa o rosto com a mão, chupando o resto do liquido seminal ainda em seus dedos. “Hmm, e o gosto do seu esperma é delicioso.”

    Kaliel a olha com muito carinho no olhar e diz: -É um imenso prazer encontrar uma serva da deusa tão talentosa e bela como você, sabe, fez um ótimo trabalho com as meninas e preciso que me ajude a ajuda-las, não me lembro de nada que se passou de ontem para trás, apenas sei que amo Erotika e sei todos os seus rituais, mais não me lembro como cheguei a este reino, mas quando vi as meninas sabia que minha missão estava relacionada a elas e conquistando a confiança do pai das meninas me tornei o tutor delas e agora podemos continuar as aulas delas com minha proteção, você mora sozinha na vila? Os treinos são em sua casa? Você acha que seria melhor eu morar contigo e as meninas irem se encontrar comigo lá? Que você acha?

    Norma volta a se sentar sobre o monte de feno, e agora em sua nudez escultural Kaliel pode constatar o quanto aquele vestido vermelho escondia. E apesar de seu falar um tanto quanto direto, tinha uma face quase que angelical.

    18+:

    “Vejo que voce tem a benção de Erotika, e tem o desejo de ajudar... Nossa deusa o guiou para cá, para que juntos possamos ensinar as meninas a se tornarem fortes e independentes. Sua falta de memoria deve fazer parte de sua missão, e tentarei ajuda-lo na medida do possível...”, diz, seu olhar se voltando para o membro ereto, a língua molhando os lábios. Ela suspira fundo e continua. “As aulas são dadas na minha casa da vila, e é melhor que continue a morar aqui no estabulo, pois o pai da Vicky e da Lynn não gosta muito de mim. Agora vem pra perto de mim, que estou muito afim de transar...”

    Ela subitamente avança sobre Kaliel, fazendo-o deitar no chão com seu membro ereto. Norma se apoia sobre ele, beijando-o com voracidade, fazendo relar seus mamilos duros de excitação sobre seu peito, roçando seu monte de vênus sobre o falo rijo do amante. A barda então vai descendo, beijando seu pescoço, fazendo passear sua língua áspera e molhada por seu peito, mordiscando de leve. O contato de sua pele quente com seu corpo faz o aasimar ficar louco de tesão, aguardando o próximo movimento da mestra.

    Norma então apoia as mãos sobre o peito de Kaliel, e com calma prende seus cabelos em um rabo de cavalo. Apoiada no chão com a ponta dos pés ela permanece de cócoras, e descendo o quadril guia o cacete para a sua entrada mágica. Era tão mágica a entrada que somente ao relar a cabeça de seu pênis nos lábios o feiticeiro ve estrelas coloridas na sua mente. Deslizar para dentro dela então parecia o mesmo que subir no paraiso e estar ao lado de Erotika, um estado de extase que somente não era o melhor do mundo, porque só estava começando.

    Norma estava extremamente molhada, seu suco descendo pelo membro de Kaliel deixando-a totalmente escorregadia. O vai-e-vem começa devagar, aumentando a intensidade conforme o tesão se tornava mais insuportável. O suor desce pelo seu corpo pingando, pingando de seus bicos duros de excitação e de sua face. Ela solta um gemido gostoso, a boca aberta que deixa escapar sua saliva.

    18+:
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Ter Ago 01, 2017 4:11 pm

    Kaliel vai as nuvens enquanto a professora Norma cavalga no seu mastro em riste e em movimentos alucinantes o gozo segui em um crescente até que num jato quente ele inunda aquela gruta de prazer e após ambos tremerem em espasmos de prazer, ele a segura pelo ombro e sem tirar o pênis de dentro da sua vagina, se coloca por cima dela flexionando as pernas dela de encontro ao corpo expondo seu sexo delicado para estocadas mais profundas... Norma revira os olhos e começa a gemer , como se um mantra aquilo fosse e não demora para que um novo jato lave em enxurrada a sua vagina, vulva e coxas.


    Não satisfeito, pois Erotika se exulta com o terceiro gozo e com a terceira forma e pegando-a pelo rabo de cavalo se vira um pouco e sem tirar novamente o pênis ainda ereto a coloca de quatro e aumenta o ritmo das estocadas o que faz sua bundas das pequenos movimentos em ondas o que o leva a dar palmadas em ambas o que faz norma dar pequenos gritos de prazer pedindo para que ele meta mais fundo que é a melhor foda da vida dela e ela não quer perder nenhum momento daquele banquete de prazer e pede que ele goze na sua barriga, seios e rosto, quando está prestes a gozar ele a rotacional para inunda-la da forma solicitada, o que a quase deixa sem folego.


    Por fim Kaliel ainda de pau duro, fala que irá fode-la da terceira forma, para honra e gloria de  Erotika e para dar gozo para aquela deusa da beleza e prazer que está a sua frente... E novamente a pega pelo quadril e a coloca novamente de quatro e mete na sua buceta com força para lubrificar o anelzinho que falta explorar e colocando um dedo em seu cuzinho, vai estocando os dois orifícios de forma ritmada e depois coloca dois dedos  e quando Norma menos espera, aquela cabeçorra começa a alargar as suas pregas anais... e de tão lubrificada está a área que seu pênis entra apertado, mas sem muita dor e com jeitinho começa o ritmo de um boa foda anal e os olhos de norma reviram e com a sua mão direita ela se masturba falando palavras incompreensíveis...


    E Kaliel sem tirar o pênis daquele cuzinho apertado, gozou uma, duas, e finalmente três vezes e ambos caem abraçados e norma o beija convulsivamente, falando que a deusa está com ele pois seu vigor a deixou exausta, com a buceta inchada, a bunda em brasa e o cu esfolado. Mas nunca gozei tanto e se tivesse forças fuderia mais e mais...


    Kaliel diz que terão tempo para isso, mas o pouco tempo que tem, precisam conversar sobre o futuro das meninas, e ela concorda enquanto dá pequenos beijinho na sua glande. Kaliel diz: - Preocupo-me com a Vicky, sua rebeldia ainda dificulta em me aceitar como amigo e tutor, isso pode atrapalhar o seu progresso e amanhã à tarde, irei com as meninas a sua casa e falei para o senhor Karson que lhe convencerei a fazer das aulas de dança, aulas de aprender rituais para a deusa Mitz e este será o álibi para que continuemos as aulas sem que o seu Karson coloque empecilhos ao nosso trabalho. Que você acha deste plano? E se quiser dar mais uma trepada temos que ser rápidos pois em poucas horas terei que estar de pé para trabalhar e ri feliz, olhando para aquele corpo perfeito e aquela buceta e cuzinho piscando e pedindo mais uma metida gostosa...
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Sex Ago 04, 2017 7:21 pm

    Louco de desejo, Kaliel da vazão a toda a sua luxuria e junto com Norma despeja sobre ela seu leite repetidas vezes, deixando-a exausta. Ao final ela permanece com seu sêmen coberto por todo seu corpo, pingando de sua boca e de sua vulva inchada.

    18+:

    - Preocupo-me com a Vicky, sua rebeldia ainda dificulta em me aceitar como amigo e tutor, isso pode atrapalhar o seu progresso e amanhã à tarde, irei com as meninas a sua casa e falei para o senhor Karson que lhe convencerei a fazer das aulas de dança, aulas de aprender rituais para a deusa Mitz e este será o álibi para que continuemos as aulas sem que o seu Karson coloque empecilhos ao nosso trabalho. Que você acha deste plano? E se quiser dar mais uma trepada temos que ser rápidos pois em poucas horas terei que estar de pé para trabalhar

    A barda ainda esta arfando, recuperando seu folego depois de tantas atividades sexuais non-stop. “Arf, arf... Você acaba comigo, Kali... Não se preocupe com Vicky, ela pode parecer rebelde, mas tem bom coração. Amanhã conversamos melhor com ela em casa... Quanto ao seu plano, ele esta de acordo, só precisamos de mais algumas aulas para terminarmos com esta fase, e depois explico melhor o que planejo fazer com elas...”

    Depois de mais algumas homenagens a Erotika, Norma se veste e sai do estabulo com as pernas arriadas e quase se arrastando.

    **

    Quando Kaliel se prepara para dormir, ele escuta batidas na porta. Toc, toc, toc.

    Era o Sr Karson, com uma banquinho de madeira e um balde na mão. “Sua cara esta péssima, filho... Não conseguiu dormir de noite não?”, comenta, arqueando uma sobrancelha.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    a manhã de trabalho

    Mensagem por zignon em Sex Ago 04, 2017 8:24 pm

    Após uma noite de sexo alucinante, Norma acalma Kaliel em relação a rebeldia de Vicky dizendo que ela tem um bom coração e que o plano de Kaliel é muito bom e a tarde ela lhe revelará os propósitos dos ensaios, e depois de mais algumas trepadas maravilhosas, Kaliel se despede de Norma que quase se arrasta de volta para casa, e quando senta no seu colchão de feno se preparando para dormir, batidas firmes na porta o despertam para a realidade...


    - Kaliel, o galo cantou nos chamando pala a lida... Kaliel dá um pulo e corre para abrir a porta para seu Karson, que o espera com um banquinho de madeira e um balde... – Nossa parece que você não pregou o olho.... Uma pena porque o trabalho não espera e se virando nos calcanhares ruma em direção as suas vacas.


    Kaliel corre atrás do seu Karson e já emenda: - Realmente eu estranhei o colchão de feno, estava fofinho, mas acontece, primeira noite é assim mesmo, amanhã terei melhor sorte e toma o banquinho e o balde e já começa a preparar a vaca para a ordenha e o seu Karson dá um sorriso satisfeito.


    Após algumas vacas e várias linhas de terreno capinado, o grito da Lynn chamando para o almoço, me tira da minha concentração, termino em alguns minutos a tarefa que estava fazendo e passo no córrego onde dou um rápido mergulho para me refrescar, visto-me rapidamente e o cheiro saboroso do almoço me guia até a mesa, onde os três membros da família me esperam chegar, o senhor Karson pede para Lynn fazer a oração e com sua voz doce agradece a Mitz, o alimento que está a mesa e logo partimos para o ataque.


    Durante o almoço, o senhor Karson elogia a dedicação de Kaliel e do seu empenho naquela manhã e fala que podem partir para a vila logo após as meninas limparem a cozinha, e que estejamos de volta para o jantar que ele mesmo fará, que não nos preocupemos. Kaliel Respira aliviado por estar dando tudo certo como combinou com Norma, as meninas começam a arrumar a cozinha e ele vai no seu quarto pegar suas coisas e olha no quarto das meninas, e vê as suas mochilas onde guardam suas roupas de dança, está tudo indo bem, apenas o seu sono que não foi agraciado. Logo estarão a caminho da casa da linda Norma...
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Seg Ago 07, 2017 10:40 am

    Realmente eu estranhei o colchão de feno, estava fofinho, mas acontece, primeira noite é assim mesmo, amanhã terei melhor sorte e toma o banquinho e o balde e já começa a preparar a vaca para a ordenha e o seu Karson dá um sorriso satisfeito.

    “Sim, sim, é assim que se faz. Quanto a cama, vou ver se acho alguma coisa decente. Já fiz muito isto de dormir em estábulos, e isto acabou com minhas costas,” diz o pai das meninas.

    Após algumas vacas e várias linhas de terreno capinado, o grito da Lynn chamando para o almoço, me tira da minha concentração, termino em alguns minutos a tarefa que estava fazendo e passo no córrego onde dou um rápido mergulho para me refrescar, visto-me rapidamente e o cheiro saboroso do almoço me guia até a mesa, onde os três membros da família me esperam chegar, o senhor Karson pede para Lynn fazer a oração e com sua voz doce agradece a Mitz, o alimento que está a mesa e logo partimos para o ataque.

    Todos conversam sobre os afazeres enquanto almoçam, e embora Vicky não dirija a palavra diretamente para Kaliel, ela brinca e fala normalmente com os outros.

    Durante o almoço, o senhor Karson elogia a dedicação de Kaliel e do seu empenho naquela manhã e fala que podem partir para a vila logo após as meninas limparem a cozinha, e que estejamos de volta para o jantar que ele mesmo fará, que não nos preocupemos.

    “Faz muito tempo que não terminamos com a tarefa tão cedo, não é meninas? Tudo tem sido muito difícil, desde quando a mãe de vocês se foi...”, diz, mas logo se arrepende, depois de ver o efeito que estas palavras tinham causado em Vicky e Lynn. Ele tosse um pouco e completa,”deixe estar, sua presença aqui é importante, e com a crença em Mitz e seus ensinamentos Kaliel, tudo dará certo!”.

    Kaliel Respira aliviado por estar dando tudo certo como combinou com Norma, as meninas começam a arrumar a cozinha e ele vai no seu quarto pegar suas coisas e olha no quarto das meninas, e vê as suas mochilas onde guardam suas roupas de dança, está tudo indo bem, apenas o seu sono que não foi agraciado. Logo estarão a caminho da casa da linda Norma...

    As duas meninas, usando os vestidos longos do dia-a-dia e morrendo de calor, esperam por Kalliel na porta do estabulo com suas mochilas na costa. No portão da fazenda eles acenam para o Senhor Karson, e iniciam a caminhada para a vila. Pela estradinha o trajeto durava meia hora, e Vicky e Lynn cruzaram com alguns rapazes indo em direção inversa. Depois de um breve cumprimento, Vicky ainda mandou alguns beijinhos e piscadelas, enquanto Lynn ficava vermelha como um tomate.

    Vicky se aproxima e cutuca a irmã. “Que há de errado? Aqueles rapazes são muito gatos, viu os músculos dele? Trabalhar na roça deixa os homens muito gostosos!”, exclama mordendo os lábios de tesão.

    Lynn fica ainda mais vermelha. “Me deixa em paz! Não é certo falar assim! E tenho muita vergonha!”

    Vicky revira os olhos. “Por Erotika, como voce consegue viver travada deste jeito?”, diz, e se vira para Kaliel, ”ei, senhor tarado, fala ai que a vida tem que ser aproveitada! Eu vi que voce e a Norma ficaram la no estabulo, devem ter fodido muito, ne não?” A garota balança as sobrancelhas esperando pela resposta.

    NRPG: Só lembrando que Vicky e Lynn tem 18 anos e são gemeas, kkk! E não estão interessadas em Kaliel. Não no momento.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Ter Ago 08, 2017 7:47 am

    Kaliel, ouve os passos das meninas na porta do seu quarto e logo abre a porta para encontra-las, pegam a estradinha para a vila assim que atravessam o portão da fazenda, as meninas acenam para o pai e Kaliel também o cumprimenta e continuam pelo caminho. Alguns rapazes cruzam o caminho e a reação de cada gêmea é diferente, enquanto Vicky é toda sorrisos, acenos e piscadelas, a Lynn mal os cumprimenta, e cada vez que isto acontece a Vicky pega no pé da irmã dizendo que ela é muito travada e que Erotika deseja que tenhamos uma maior interação e rapazes bonitos e sarados é para olhar mesmo, o que deixa a Lynn muito desconfortável.


    O calor está muito insuportável e logo depois que cruzamos com mais dois rapazes e aquela cena dos acenos de Vicky e mais alguns dos seus comentários eia que a Vicky se dirige a Kaliel pedindo sua opinião sobre a questão e acrescenta o adjetivo de Senhor tarado e pergunta se quando eu fiquei com a professora Norma no estábulo, se tínhamos fodido muito. O feiticeiro se surpreende com a agressividade da pergunta e da falta de respeito com a sua mestra, porem decide responder com calma e sabedoria como sua deusa faria.


    - Meninas estou aqui na fazenda, porque Erotika me deu a missão de ajuda-las a terminar o seu treinamento com a professora Norma e conseguir que vosso pai não impeça o treinamento de vocês, sou do lado de vocês e não contra, quanto a sua pergunta Vicky, passamos muito perigo ontem à noite e foi Erotika que me inspirou a acompanha-las para protege-las e eu e a professora fizemos rituais de agradecimento a Erotika e pedimos a proteção dela para que nada atrapalhe o treinamento de vocês duas. Estes sentimentos que você sente Vicky são dados por Erotika e são normais, mas temos o livre arbítrio de segui-lo ou não, no caso da Lynn seu momento chegará mas precisamos respeitar seu momento e saber que Erotika é quem decide o tempo, o importante é sermos discretos até terminarmos o treinamento pois esses jovens conhecem seu pai e podem comentar sobre sua atitude e ele me questionar fazendo eu perder a credibilidade com ele e atrapalhar nosso treinamento, pois lembre-se que as pessoas nesta região são adoradoras de Mitz e são bem travadinhas mesmo, compreende Vicky? Temos que ser sábios e tolerantes com as diferenças de opinião.


    Logo após uma curva as primeiras casas da vila começam a aparecer e logo vemos a professora Norma, acenando para nós e seguimos em sua direção e ela nos abraça com muita alegria e pergunta: -Estão prontas para começar? As meninas balançam a cabeça afirmativamente e Kaliel pergunta se tem algum lugar para se refrescar pois está muito quente e ela dá uma piscadinha marota para ele.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Qua Ago 09, 2017 5:27 pm

    As explicações de Kaliel para Vicky apenas a fazem revirar os olhos e balançar a cabeça como se não quisesse escutar nada daquilo, enquanto Lynn acena em concordância com as palavras do feiticeiro. A jovem fica brava com Vicky, e diz, “você sempre foi assim, toda rebelde! Não ve que Kaliel só esta tentando nos ajudar? Precisamos terminar nosso treinamento, e se dependesse de papai nós viveríamos na fazenda ate o resto de nossas vidas! Por isto que mamãe sempre brigava com você!”

    Ao ouvir o nome da mãe Vicky arregala os olhos, e depois fecha a cara como se tivesse comido algo muito amargo, continuando assim até chegarem na casa de Norma.

    A barda já esta esperando por suas pupilas e as recebe com festa, dando uma piscada para Kaliel. Enquanto o feiticeiro se refresca, Norma e as meninas se trocam para iniciar o treinamento, e aparecem todas vestidas com minusculos tops e biquínis, Vicky e Lynn revelando suas formas esbeltas e esguias, enquanto Norma deixa a mostra a exuberância de seu belo par de peitos e coxas grossas.



    O treinamento tem inicio, e as meninas junto com a professora fazem uma coreografia diferente da do dia anterior, envolvendo mais saltos acrobáticos e agilidade. Além disto faziam uso também de adagas, que eram lançadas contra bonecos-alvos próximos e distantes.

    Ao final do treino, todas suadas e cansadas, elas sentam-se em frente de Kaliel. Orgulhosa das meninas, Norma passa a mão na cabeça delas. Ela se vira para o feiticeiro e diz, “não estou treinando elas para serem dançarinas... Estou treinando as irmãs para lutar!”
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    O lago

    Mensagem por zignon em Qua Ago 09, 2017 11:45 pm

    Kaliel sai do banho e vê as meninas e Norma acabando de se vestir, corpos sarados, esbeltos e a Norma bastante suculenta e compara as coxas e os peitos das três, concluindo que a norma é bem mais gostosa que as meninas, e enquanto elas cobrem os seios com os tops iniciam a dança que desta vez é bem mais acrobática e mais atlética, com peitos e xoxotas se expondo de vez enquanto devido aos esforços bem mais extensos e a diminuição das peças de roupa, porem nem tudo é excitação e estímulos visuais e sexuais, mesmo excitadíssimo, Kaliel observa bonecos alvos próximos e distantes onde após rolamentos, saltos e estrelas são arremessadas adagas nos alvos e com um grande percentual de acerto.


    Kaliel lembra-se que Norma prometera lhe revelar os seus planos futuros e seus planos para os estudos de dança das meninas, mas pelo visto não era só dança, era luta e ataque e defesa. O calor está imenso e as meninas e a sua barda estão super suadas á ponto de suas roupas estarem transparentes e coladas no corpo não lhe escondendo mais nada e lembra que elas merecem receber as dádivas de Erotika por seu intermédio, mas precisa uma conversa em particular com Norma sobre os planos e projetos.


    As garotas se perfilam diante de Kaliel, a professora no meio e as meninas nas pontas e se curvam o cumprimentando. Kaliel as aplaude calorosamente não economizando os elogios e a professora Norma fala: - As meninas se superaram, todos merecemos um pouco de lazer agora, vamos ao meu lago secreto nos refrescar e divertir, Kaliel compartilhará conosco as dádivas e o néctar de Erotika, vamos e fala no ouvido de Kaliel, sei que está cheio de perguntas, lá poderemos conversar um pouco mais calmamente e seguem por uma trilha e após uns 30 minutos estão as margens de um lago paradisíaco com praias de areia fina e águas transparentes e Norma se despe e mergulha, seguida das meninas que mergulham como vieram ao mundo, Kaliel se despe e dá um salto mortal dentro da água esperando descobrir os planos da professora... Olha para aquelas beldades ao natural e não sabe como pode haver tanta beleza em um mesmo lugar e seu pênis lhe lembra das suas responsabilidades com Erotika.
    Hellkite
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1467
    Reputação : 98
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Hellkite em Sex Ago 11, 2017 10:42 pm

    As garotas se perfilam diante de Kaliel, a professora no meio e as meninas nas pontas e se curvam o cumprimentando. Kaliel as aplaude calorosamente não economizando os elogios e a professora Norma fala: - As meninas se superaram, todos merecemos um pouco de lazer agora, vamos ao meu lago secreto nos refrescar e divertir, Kaliel compartilhará conosco as dádivas e o néctar de Erotika, vamos

    Vicky ajeita o top que cobre seus seios e faz um bico, cerrando o sobrecenho. “Fale por voce professora, não quero dadiva nenhuma de Kaliel, pois os rapazes da vila já me dão o que eu quero...”, diz em tom desafiante. Lynn nada diz, limitando-se apenas a ficar vermelha como um pimentão. Norma olha para Vicky para dar uma resposta atravessada, mas respira um pouco para recuperar a calma. “Você que sabe, pequena...”, diz, e se prepara para sair.

    Ao chegarem até o belo lago, os quatro se despem e começam a se refrescar na agua refrescante e cristalina. Após o mergulho, Kaliel senta-se na margem e admira aquelas mulheres que estavam com ele. Norma, com seu corpo escultural, se aproxima com o corpo molhado e arrumando os seus longos cabelos para trás.

    18+:

    A barda se acomoda a frente de Kaliel e diz, “quando cheguei na vila e vi as duas meninas, vi que tinham muito potencial. Elas são bonitas, ágeis, e tem um objetivo: encontrar a mãe desaparecida. Voce já percebeu que a mãe de Vicky e Lynn não esta na fazenda, e que o pai delas trata como se estivesse morta. Mas na realidade ela foi capturada por escravistas, e as irmãs estão afim de procura-la. E eu vou acompanha-las nesta jornada. E voce Kaliel, esta dentro?”
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2617
    Reputação : 87
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por zignon em Sab Ago 12, 2017 11:01 am

    Kaliel observa aquelas três mulheres esculturais e silenciosamente agradece a sua deusa, por aquela oportunidade e momento alisa seu membro duro e pede calma a ele, que logo ira trabalhar, e após brincar de prender o folego com as três, nota que todas relaxam bastante inclusive a nervosinha da Vicky está amável com ele durante a brincadeira e nenhuma das duas se preocupam mais em esconder os seus dotes físicos e as vezes se esfregam nele na hora dos agarra agarra da brincadeira de afogar o outro.


    Kaliel dá uma piscadinha para Norma e se dirige para a margem do lago e fica admirando aquele espetáculo de peitos, budas, xoxotas e rostos bonitos e fica divagando até que a professora nua, para em pé a sua frente e toca no seu ombro, e senta-se na posição de lótus a sua frente com sua vagina entreaberta e os seios rígidos apontando para ele, é difícil se concentrar com essa visão e seu pênis responde à altura, porém a barda quer conversar algo importante.


    -Kaliel, meu amor, quando cheguei na vila, logo vi o potencial destas gêmeas, eram bonitas, espertas, talentosas e tinham um objetivo: Achar a mãe delas. Você notou que o seu Karson se refere a mãe das meninas como uma pessoa morta? Na verdade, ela está viva e foi levada cativa por um grupo escravagista e estou ajudando as meninas a se preparar para resgata-la e vou com elas, agora me responda com sinceridade, você vai conosco nesta missão?


    Kaliel fica com mil perguntas na cabeça, havia imaginado todas as possibilidades, menos esta, mas resoluto responde: - Claro, sempre o que for melhor para as meninas, pois Erotika me colocou como guardião delas e não me separaria de você por nada, você sabe disto, nossas almas agora são gêmeas. E confuso dispara algumas perguntas: -Qual grupo a sequestrou? Como aconteceu? Porque o seu Karson finge que ela está morta? As meninas sabem do plano? Para onde a levaram? E como faremos para acha-la e resgata-la? Agora vejo o quanto elas e você precisam do néctar de Erotika que possuo, vamos precisar de todo o reforço e dádiva da deusa! E fico admirando seu corpo nu aguardando ansioso pelas respostas...
    Conteúdo patrocinado


    Re: Kaliel - Zignon

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Jan 17, 2018 9:30 pm