Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    | MANUAL DE INICIAÇÃO DOS VAMPIROS |

    Compartilhe
    Brujah Girl
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 577
    Reputação : 16

    | MANUAL DE INICIAÇÃO DOS VAMPIROS |

    Mensagem por Brujah Girl em Sab Jul 22, 2017 9:59 am






    Conhecendo sua nova condição...






    OS PERIGOS:





    SOL:



    Não é possível andar a luz do sol

    Quando o sol surge no horizonte os vampiros sentem um sono sobrenatural ao qual não podem lutar e só despertam na noite seguinte.


    O FOGO:



    O fogo é um inimigo mortal e pode levar a morte-final se o vampiro receber muito danos das chamas.
    Apenas vampiros que desenvolvam a disciplina FORTITUDE adquirem uma resistência maior as chamas, mas todo o dano por fogo é agravado, e mesmo que o vampiro sobreviva, levará um certo tempo para se recuperar.

    Sistema: O mesmo de Vampiro A Máscara.




    ESTACAS /BALAS DE MADEIRA:


    Ao contrário da crença popular, uma estaca ou balas de madeira não é capaz de matar um vampiro, mas uma estaca bem colocada no coração de um vampiro, fará com que ele seja imediatamente colocado em um estado de total imobilidade, tornando-se assim presa fácil para o inimigo, que terá completa possibilidade de “finalizar o trabalho” e matar o vampiro.
    Assim, todo cuidado é pouco, e fique longe das estacas ou balas!

    Sistema: O mesmo de Vampiro A Máscara.






    TORPOR:


    A falta de sangue ou o excesso de ferimentos poderá levar o vampiro a um estado de torpor, um sono de duração indeterminada capaz de fazer com que alguns vampiros passem séculos sem despertar.

    Sistema: O mesmo de Vampiro A Máscara com alguns possíveis ajustes ainda não determinados.




    ALIMENTAÇÃO:



    Os vampiros precisam de sangue para sobreviver, animal ou humano. É o sangue que mantém sua condição sobrenatural, e sem ele, eles podem se tornar animais selvagens, sucumbindo ao frenesi.


    SANGUE ANIMAL:



    Embora o sangue animal seja fraco e não seja capaz de sustentar o vampiro por muito tempo, além de, a longo prazo, pelo que alguns dizem, crie alguns efeitos colaterais em quem insiste em se alimentar de sangue animal. Alguns falam em demência, outros em caraterísticas animais deformando o corpo e mais alguns outros boatos que podem ou não ser verdade. Geralmente, todos os vampiros que um dia experimentaram o sangue animal, acabaram por deixar de lado quando notaram que não era possível sobreviver apenas com aquilo.


    SANGUE HUMANO:



    O verdadeiro elixir da vida eterna, porém, nem tudo são rosas e é necessário tomar alguns cuidados para não fazer com que cada alimentação deixe para trás um rastro de sangue e morte.


    Como se alimentar?


    Quando se alimentam, os vampiros tem que se esforçar para não "machucar" as pessoas, e quando fazem isso, dão um prazer sobrenatural as vítimas, mas quando começam a "beber" mais do que deveriam, a presa começa a sentir dor.

    Sistema: Em termos de jogo, aqui faço um mix das duas fontes de nossa crônica  (Vampiro A Máscara e The Originals), ou seja, para se alimentar e dar prazer ao mortal é necessário gastar 1pt de FDV.




    Quanto Posso Beber?


    Os mortais resistem bem até 3pts de sangue, se um vampiro ultrapassa esta quantidade de sangue em sua alimentação, vai causar dor e dano no mortal, neste ponto o prazer é quebrado, fazendo com que o mortal tente resistir ou gritar, e dependendo da quantidade que seja retirada, poderá levar a vítima à morte, por isso, sejam cuidados pois corpos espalhados pela cidade, não são bem visto pela comunidade vampírica.

    Vampiros com humanidade igual ao superior a 8 nunca conseguem se alimentar machucando os humanos, por isso, sempre irá gastar o ponto de FDV, pois do contrário não poderá se alimentar.


    Elimine As Provas:


    Após terminar a alimentação, uma lambida na ferida é o suficiente para fazer com que a marca da mordida “desapareça sobrenaturalmente”, mas atenção: se o vampiro consumir mais do que 5pts de sangue, nem mesmo a lambida será capaz de apagar as “marcas do crime”.


    Para Os Gulosos:


    Vampiros que consomem mais sangue do que realmente precisam, começam a expelir o excesso de sangue por seus olhos, nariz, ouvidos e demais orifícios até que o nível de sangue se normalize, portanto, consumam com moderação ou poderão “quebrar A Máscara”.




    INGERIR COMIDA:



    Vampiros não precisam se alimentar como os humanos, mas podem fazê-lo se assim desejarem, porém para fazê-lo tem que fazer um esforço sobrenatural, ou possuir a qualidade INGERIR COMIDA. Embora desnecessário, é bastante útil para manter as aparências, especialmente para os que preferem estar entre os humanos.

    O que acontece se o personagem se alimentar e não tiver nem a qualidade e nem fizer o uso de FDV?
    Vomita imediatamente, fazendo uma triste figura na frente de todos. Não seja tolo a este ponto!

    Como se ingerir alimentos para os que não tem a qualidade?

    Sistema:
    Gastar 1pt de FDV
    Duração: Cada nível de vigor do personagem, garante 1 hora de duração.
    Ou seja, se tem 2 de vigor, durante 2 horas o personagem pode se alimentar sem problemas, o corpo vai processar os alimentos, portanto, idas ao banheiro como em seus tempos de mortal acontecerão.






    ANATOMIA:



    Mais forte, mas não indestrutível!


    Um vampiro é uma criatura forte e que pode resistir a uma grande quantia de ferimentos, mas se for decapitado (ter a cabeça arrancada do corpo), encontrará a morte final.


    Cuidado ao chorar!


    Vampiros choram lágrimas de sangue o que pode ser uma visão bastante aterradora, mas por outro lado, revela que apesar de tudo, vampiros ainda tem sentimentos verdadeiros.


    Frios como o gelo!


    Quando despertam ou não se alimentam de sangue, seus corpos são frios e pálidos.
    Apenas o sangue é capaz de trazer um aspecto de vivo ao vampiro, fazendo seu corpo "trabalhar normalmente", mas os efeitos são sempre imprecisos, pode durar poucas horas ou até mesmo pela noite inteira. A razão ninguém sabe. Alguns vampiros entretanto, parecem ter escapado a esta maldição (os que tem a qualidade Rubor de Saúde)

    Sistema:
    Sempre que se alimentar, 1d10 será rolado em segredo para determinar por quanto tempo o aspecto humano será mantido. A narração informará quando o “aspecto humano” passar.



    Forever Young:


    Vampiros não envelhecem, eles mantém sempre a mesma aparência de quando foram transformados. Exceção para os cabelos que continuam crescendo normalmente.


    Reconhecendo os iguais:


    Os vampiros sempre se reconhecem de forma sobrenatural. É até mesmo possível sentir quando um vampiro é bem mais velho. Este "sentir" traz ao vampiro mais novo, uma forma de aviso e uma sugestão ao respeito quando encontrar os de sua espécie.


    Nervos à flor da pele!


    Um dos pontos mais interessantes e enlouquecedor da nova condição é que logo ao despertar em sua nova condição, o vampiro ganha sentidos aguçados, ainda que descontrolados!

    Eles passam a ouvir os sons dos corações das pessoas, enxergar a centenas de metros além do que podiam, sentir os cheiros e sabores intensos, tudo isso sem controle! Imagine o quão difícil isso deve ser!

    Como se não bastasse as emoções ficam à flor da pele. Tudo relacionado ao emocional e ao desejo é ampliado, muitas vezes podendo levar o vampiro a cometer atos que não faria por vontade própria, cedendo aos impulsos da besta e podendo até mesmo colocar a sua própria existência em perigo!

    Em relação ao emocional e desejos, é comum a todos, e pode acontecer de forma aleatória, nessas ocasiões algum teste será feito, provavelmente de autocontrole, mas isso não significa que todo teste o vampiro vai sair matando, vai depender de qual seja a situação do momento. Por exemplo, alguma situação levou um vampiro a desejar alguém ou fazer algo, ele pode tentar resistir ao desejo ou simplesmente ir lá e fazer sem que, cada vez que isso aconteça, um banho de sangue precise acontecer, mas quanto menor a quantidade de sangue no corpo e o seu nível de humanidade, mais propenso aos frenesis os vampiros estão.


    Sistema:
    Em termos de mecânica de jogo, todos os vampiros "nascem" com os sentidos aguçados, mas enquanto não possuírem o nível 1 de Auspícios não tem qualquer controle sobre isso, que acontece em momentos variáveis, de acordo com a narração.
    Ou seja, até que o primeiro nível de Auspícios seja adquirido, é uma bagunça só. Exceção para os vampiros que vem com Auspícios de afinidade, neste caso assim que instruídos por seus senhores, poderão começar a controlar a nova habilidade de forma mais rápida e desta forma “sofrer menos” com os inconvenientes dos sentidos aguçados.

    OBS: O auspícios só controla os sentidos. De forma que, as emoções embora melhor controladas com o passar do tempo, sempre serão mais intensas em um vampiro do que nos humanos e por vezes, poderão levar ao descontrole (à cargo da narração).






    APARÊNCIA DOS VAMPIROS:



    Quando estão em sua natureza de vampiro, sua aparência física muda:

    Suas presas se projetam, com os caninos superiores e inferiores tornando-se sobrenaturalmente afiadas e capazes de causar dano agravado.

    Sua face fica deformada, especialmente na zona dos olhos e bochecha onde veios negros elevados surgem, criando um aspecto animalesco.

    Seus olhos adquirem um tom de vermelho diabólico, toda a região fica avermelhada, mas a íris é a que mais se destaca, chegando a emitir uma pequena luminosidade que alguns acreditam ser a prova de que os vampiros são seres infernais.

    As unhas de suas mãos crescem cerca de 1cm.

    OBS: O vampiro pode tornar suas unhas em pequenas lâminas afiadas capazes de causar dano letal com o gasto de 2pts de sangue e duração de uma cena.



    Devido as características citadas, os vampiros devem ser bastante discretos quando se alimentam, pois certamente isto não é algo que passa despercebido.




    OS INIMIGOS



    Os vampiros possuem muitos inimigos, desde os sobrenaturais, como lobisomens e bruxos, até mesmo os mortais, homens e mulheres, que se tornaram caçadores do que consideram uma aberração e uma ameaça a humanidade. Alguns destes caçadores são temidos pelos vampiros, pois alegadamente possuem características sobrenaturais capazes de ameaçar vampiros mais velhos, por isso, cuidado! Não despreze os humanos, pois eles também podem ser perigosos!

    Alguns vampiros também acreditam até mesmo em demônios e muitos antigos dizem já ter vivido demais para duvidar que isto não fosse possível, enquanto outros acreditos que a própria condição vampírica deve ter algo relacionado aos seres infernais. Seriam os vampiros crias do próprio demônio?

    Sobre os lobisomens, o que se sabe de forma básica é que são inimigos bastante perigosos e que sua mordida pode levar um vampiro ao torpor ou a morte-final.

    Sobre os bruxos, estes tem poderes capazes de atordoar, ferir e até mesmo matar os vampiros.

    Sobre os demônios, se eles existem, não seja tolo para se envolver com eles.

    Sobre os caçadores, seja discreto para não atrair suas atenções e tome cuidado, apesar de serem mortais, estes não devem ser desprezados.




    Posso ter me esquecido alguma coisa sobre a anatomia e mecânica de jogo, de forma que novas informações podem ser adicionadas posteriormente e conforme o jogo e as situações forem surgindo. Em caso de dúvidas, basta questionar-me.

    Sugestões são sempre bem-vindas e serão avaliadas! Este jogo é de e para todos!












      Data/hora atual: Seg Dez 18, 2017 10:41 am